Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Billy Elliot : filme a explorar em currículos escolares !

 

billy-elliot1.jpg

 

 

Billy Elliot

Stephen Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

 

"Flutua como uma borboleta e pica como uma abelha."

  

Sarah Bayling - ELLE Magazine

 

Billy Elliot retrata a história de um garoto de 11 anos, Billy Elliot, que vive numa pequena cidade inglesa, onde o principal meio de sustento são as minas da cidade.

 

 

billy-elliot2.jpg

 

 

Billy Elliot

Stephen Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

Sinopse:

 

A vida de um garoto de onze anos, Billy Elliot, filho de um mineiro do norte de Inglaterra muda para sempre, quando durante um treino de box semanal, depara com uma aula de bailado que o atrai irresistivelmente, fazendo-o desistir do box e começando a ter aulas de bailado sem que o seu pai, mineiro severo nos costumes e tradições do género masculino.

 

 

 

 

Billy Elliot

Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

O jovem actor de 14 anos Jamie Bell, bailarino na vida real, sofreu na pele os preconceitos que um rapaz tem de enfrentar ao querer ser bailarino e não boxista, karateca ou jogador, encarnando assim de corpo e alma a personagem Billy.

 

 

billy-elliot3.png

 

 

Billy Elliot

Stephen Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

Saber +

 

O jovem actor de 14 anos Jamie Bell, é bailarino na vida real, e sofreu na pele os preconceitos que um rapaz tem de enfrentar ao querer ser bailarino e não boxista, karateca ou jogador de futebol. Interpretou assim de corpo e alma a personagem Billy.

 

O filme realizado em 2000 por Stephen Daldry continua a prender com encanto jovens e adultos ao acompanhar intensamente a luta deste jovem para quebrar as intolerâncias e convencões de sociedades fechadas em preconceitos desajustados.

 

 

billy-elliot.jpg

 

 

Billy Elliot/ Jamie Bell

Stephen Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

Billy Elliot teve três nomeações para os 'Oscars' em 2001. Fez parte da Selecção de Filmes do 'Festival de Cannes' em 2000.

 

Ir + longe:

 

 

 

 

 

Billy Elliot, The Musical

http://upload.wikimedia.org/

 

Em Maio de 2005, Stephen Daldry levou à cena Billy Elliot, The Musical no Victoria Palace, em Londres, com música de Elton John.

 

O musical Billy Elliot The Musical foi considerado pelo jornal The Telegraph o "o melhor musical inglês". 

 

 

 

 

Billy Elliot The Musical

http://showandstay.s3.amazonaws.com/

 

 

Utilização de filmes em sala de aula:

 

Biilly Elliot encerra uma mensagem pedagógica muito interessante. É um excelente recurso digital a ser explorado em sala de aula para introduzir a igualdade de género de rapazes em áreas artísticas tradicionalmente mais frequentadas por raparigas.

 

 

billy-elliot4.jpg

 

 

Billy Elliot/ Jamie Bell

Stephen Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

Objectivos:

 

  • Preconceitos: Igualdade de género (masculino) : bailado e outras áreas artísticas.
  • Ensino de Música : Bailado.

 

 

billy_elliot_ziyue_com_movies_25_02_06.jpg

 

 

Billy Elliot/ Jamie Bell

Stephen Daldry, 2000

http://www.imdb.com/

 

 Exploração pedadgógica: Valores

 

A exploração pedagógica do filme Billy Elliot nos curriculos de Língua Portuguesa teve como objectivo debater problemas associados a preconceitos que estavam a causar alguma instabilidade no grupo/turma. 

 

A turma incluia alunos rapazes que aprendiam música e bailado e que eram alvo de discriminação por parte de certos elementos/rapazes da turma.

 

O resultado foi excelente. A partir do visionamento do filme, apoiado em fichas pedagógicas, seguido de debate sobre os vários aspectos da mensagem implícita no filme, a cordialidade entre todos os elementos masculinos tornou-se uma realidade. O respeito e a compreensão pelas opções individuais de cada um, e a escolha de actividades pedagógicas e culturais que são comuns aos dois géneros : masculino/feminino.

 

Os alunos adoraram ! O grupo/turma passou a funcionar como um todo. Os preconceitos esbateram-se, a aceitação da individualidade tornou-se a tónica dominante.

 

A Professora GSouto

 

25.02.2017

 

 Licença Creative Commons

70 Anos Libertação Prisioneiros Campo Auschwitz : Relembrar o Holocausto

 

 

Auschwitz3.jpg

 

 

Campo de Concentração de Auschwitz, Birkenau

foto: EPA

http://expresso.sapo.pt/

 

Passam hoje 70 anos sobre a libertação dos prisioneiros de origem judaica do Campo de Concentração de Auschwitz.

 

Por todo o mundo celebra-se essa libertação num recolhimento profundo sobre  a dor de todos os que foram mortos ou torturados nesse campo da morte.

 

As Nações Unidas estabeleceram em 1 de Novembro 2005, o dia 27 de Janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Hoje, assinala-se assim o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto mas também os 70 anos sobre o dia libertação27 Janeiro 1945 do campo de extermínio de Auschwitz pelas tropas russas, no final da 2ª guerra mundial.

 

O tema 2015 para estas celebrações é : "Liberdade, Vida e Legado dos Sobreviventes do Holocausto"

 

Auschwitz5.jpg

 

 

Campo de Concentração de Auschwitz

foto: Joel Saget /AFP/Getty Images

http://contents.impresa.pt/

 

Estima-se que seis milhões de pessoas tenham sido exterminadas na Europa durante a Segunda Guerra Mundial, às mãos do regime hitleriano. Do campo de concentração foram libertados 7 000 sobreviventes, homens, mulheres e crianças.

 

 

Auschwitz6.jpg

 

 

 Campo de Concentração de Auschwitz

foto: Christopher Furlong/Getty Images

http://contents.impresa.pt/

 

Mais de 300 sobreviventes comemoram hoje os 70 anos da libertação do campo e voltaram ao campo onde foram prisioneiros. a maioria crianças e jovens na época. Os seus testemunhos são muito emotivos. 

 

Hoje, dia em que passam precisamente 70 anos da libertação, é um momento especial:

 

"Temos de dizer de forma clara: é o último grande aniversário que podemos comemorar com a presença de um grande grupo de sobreviventes"

 

Piotr Cywinski, director do Memorial Auschwitz

 

 

anne-frank.jpg

 

 

 Anne Frank

http://www.annefrank.org/en/


E é assim que relembramos uma adolescente corajosa que não teve a sorte de sobreviver, mas que nos deixou um legado único de esperança. 

 

Anne Frank cujo Diário lemos e partilhámos com emoção nas aulas de Língua Portuguesa.

 

Actividades:

  • Pesquisa de dados históricos e recursos educativos disponibilizados por UN e UNESCO
  • Consulta da Cronologia sobre a Libertação de  Auschwitz | Expresso
  • Leitura de excertos de O Diário de Anne Frank; O Mundo em que Vivi (Ilse Losa); O Rapaz do Pijama às Riscas
  • Visionamento de filmes, documentários, vídeos, outros
  • Debate sobre os temas trabalhados 

 

Hoje, ao olhamos para algumas formas de radicalismo, a nível mundial, eduquemos os nossos alunos para que nenhum tipo de genocídio se possa mais repetir.

 

A educação tem um papel vital a desempenhar na promoção de uma cultura de prevenção, o que combate o preconceito, a promoção do co-existência pacífica, cultivar o respeito por todos os povos e pelos direitos humanos.

 

A Professora GSouto

 

27.01.2015

 

blogdoscaloiros88x31.png