Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

E veio o Outono ! Mais uma vez, com poesia !

      Serralves no Porto créditos: Autor não identificado via cldesignarquitectura   E lentamente o Outono chegou. Começa hoje, quinta-feira, dia 22 Setembro às 15:21 horas, e, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, 'as temperaturas máximas não devem subir acima dos 28 graus e o vento soprará fraco, com alguma nebulosidade'.      Google Doodle (...)

Novo ano, novas responsabilidades!

        Bom, meus queridos alunos... hoje, quando voltar aqui, já todos ou quase todos recomeçaram um novo ano que é também o início de um novo ciclo!     Não imaginam a tristeza que me invade. Esta manhã não subirei a escadaria, não percorrerei os mesmos espaços que vós, não poderei rever-vos, deixar o olhar poisar em cada um vós, para admirar como cresceram, sorrir convosco sobre algum episódio ou outro que vos tenha divertido durante as férias, delinear algumas (...)

Ficha Digital - Texto Poético

           Conto estrelas em ti colectânea de poemas ilustração : João Caetano Campo das Letras, 2003, 5ª edição, 2008 www.campo-letras.pt   Menção Especial do Prémio Nacional de Ilustração 2000 para João Caetano. Nomeado para a Lista de Honra do IBBY (International Board on Books for Young People ) 2002, pela qualidade das ilustrações.  (...)

As árvores e os livros : Vamos festejar este dia especial !

    créditos: Autor não identificado www.google.pt/images     As árvores e os livros    As árvores como os livros têm folhas e margens lisas ou recortadas, e capas (isto é copas) e capítulos de flores e letras de oiro nas lombadas.   E são histórias de reis, histórias de fadas, as mais fantásticas aventuras, que se podem ler nas suas páginas, no pecíolo, no limbo, nas nervuras.   As florestas são imensas bibliotecas, (...)