Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Vamos ficar todos bem ! Andrá tutto bene !

 

 

https://adsccl.pt/

 

A ideia é originária da Itália ou de Espanha, e está a ser difundida por muitos países. Reino Unido e Portugal também já aderiram

 

 A ideia é dar esperança, e tem resultado na Itália. Uma revista Happy Kids, uma revista para miúdos, quer continuar a iniciativa em Itália. Pede às pessoas que criem um cartaz com o arco-íris e a mensagem “Vamos todos ficar bem”.

 

Esta mensagem positiva poderá ajudar a superar o isolamento, cada vez que algum “vizinho” olhe para a sua janela.

 

 

 

Miguel Geraldes, 4 anos

https://www.regiaodeleiria.pt/

 

O objectivo é realizar esta actividade com os miúdos, para se entreterem durante este período de quarentena em casa, e depois afixar o resultado na janela, de forma a enviar uma mensagem positiva para todos os vizinhos.

 

 

vamos-todos-ficar-bem.jpg

 

 

Desta forma, as crianças têm mais uma coisa para fazer em casa, numa altura em que as escolas estão fechadas, e os miúdos e mais graúdos habituados a sair todos os dias, ficam fechados em casa pelo menos duas semanas.

 

Vamos aderir a esta ideia? Não esqueçam : hashtag  #vamostodosficarbem.

 

 

 

 

Também um cantautor Flávio Cristóvam, açoreano, natural da ilha Terceira, e vencedor do International Songwriting Competition, em 2018, foi o criador deste projecto que contou com a ajuda do realizador lisboeta, e amigo, Pedro Varela — tudo à distância, e a partir de suas casas.

 

Tornou-se viral e é da autoria destes dois portugueses, o cantor e compositor Flávio Cristóvam e o realizador Pedro Varela. Chama-se “Andrà Tutto Bene”, ou “Vai Ficar Tudo Bem” (em português) e é um videoclip que já conta com mais de 140 mil visualizações em quatro dias.

 

No vídeo viral é possível ver imagens a preto e branco de cidades vazias, desinfecção de ruas, pessoas com máscaras e uma rapariga, em casa, que mostra folhas brancas com partes da letra do tema, em várias línguas.

 

A música é cantada maioritariamente em inglês, mas há excertos noutras línguas como português, italiano ou castelhano.

 

“Isto é para os que estão em casa e sobretudo e em especial para os que estão lá fora… a proteger-nos”, escreveu o realizador no Instagram, partilhando o videoclip.

 

Vamos todos ficam bem

 

A Professora GSouto

 

29.03.2020

 

Licença Creative Commons

 

 

As Memórias de Marnie, filme a explorar nas escolas

-

marnie1.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

As Memórias de Marnie, o filme do japonês Yoshiaki Nishimura, produzido pelos estúdios Ghibli estreou ontem, quinta-feira, nas salas portuguesas.

 

As Memórias de Marnie foi um dos nomeados ao Óscar de Melhor Filme de Animação em 2016.

 

Foi o vencedor da 15ª edição do Grande Prémio Monstra, o Festival de Animação de Lisboa que teve lugar no Cinema São Jorge durante o mês de Março 2016.

 

As Memórias de Marnie do realizador Yoshiaki Nishimura foi considerado uma obra prima do cinema de animação de 2014. Conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 15ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

É também a nova animação do conceituado estúdio Ghibli, do galardoado realizador japonês Hayao Miyazaki. Ninguém esquece o Conto da Princesa Kaguya que apresentei aqui em Maio 2015: Conto da Princesa Kaguya: um filme a explorar

 

O Conto da Princesa Kaguya, tradução de The Tale of the Princess Kaguya, do realizador Isao Takahata foi considerado uma obra prima do cinema de animação em 2013. Conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 14ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

 

 

 

 Saber+

 

As Memórias de Marnie, tradução de When Marnie Was There é uma longa-metragem animada, realizada pelo japonês Yoshiaki Nishimura em 2014. “Mostra-nos a natureza dos laços humanos, com um uso inteligente do tempo, um ritmo da natureza que nos conduz para a harmonia“, salientou o júri da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

 

marnie6.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Sinopse:

 

"A história de Anna, uma jovem de 12 anos que, por razões de saúde, vai passar o verão a Kushiro, uma cidade à beira-mar na província de Hokkaido. Anna sempre foi muito solitária e nunca fez amigos. Acredita estar fora do círculo mágico invisível a que a maior parte das pessoas pertencem e por isso isola-se de todos os que a rodeiam. E é durante um dos seus passeios solitários pelo pântano que Anna descobre uma mansão isolada onde mora Marnie. Anna nunca pensou ter uma amiga como Marnie que não a julga por ser como é. Mas ao mesmo tempo que descobre a beleza da amizade, Anna começa a perceber que Marnie pode não ser bem aquilo que aparenta."

 

 

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

https://38.media.tumblr.com/

 

As Memórias de Marnie, longa metragem de animação, conta a história de uma adolescente fascinada por uma mansão, onde descobre Marnie, uma amiga "mágica",

 

"O mais fascinante é o modo como se apodera de nós uma perfeita indefinição entre o que será realidade ou fruto da imaginação da protagonista: quem é Marnie? De onde vem? Ficamos sob o seu feitiço."

 

DN | Artes

 

marnie3.png

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Curiosidades:

 

O filme vencedor da Monstra 2015 foi, como sabemos, O Conto da Princesa Kaguya, também saído dos estúdios Ghibli e igualmente nomeado para o Oscar de Melhor Filme de Animação.

 

marnie4.jpg

 

When Marnie Was There

Joan G. Robinson, 1967

http://ecx.images-amazon.com/

 

O filme é baseado no livro When Marnie Was There (não encontrei referências da tradução do livro em português), um clássico da literatura juvenil escrito pot Joan G. Robinson. uma escritora e ilustradora inglesa com vasta obra publicada. Morreu em 1988. Suponho When Marnie Was There só está disponível em língua inglesa, e em tradução para língua japonesa.

 

Poderá ouvir um excerto do livro em Listening Library aqui

 

 

marnie2.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Sugestões pedagógicas:

 

As Memórias de Marnie é um filme animado encantador que reflecte a realidade de muitos adolescentes, a natureza dos laços humanos, a solidão na adolescência.

 

Uma reflexão sobre sentimentos e afectos na fase da adolescência. Uma importante históra de aprendizagem.

 

A protagonista/ personagem principal, Anna é uma jovem adolescente muito solitária que se fecha, como tantos jovens, num mundo imaginário irreal. A sua fuga do mundo real é o desenho.

 

Partindo do aspecto da narrativa intimista e efabulada, As Memória de Marnie descreve com incrível realidade a solidão imensa que assola, tantas vezes, algumas crianças e adolescentes.
 
 
Os professores são, regra geral, aqueles que mais rapidamente detectam sintomas de depressão e solidão nos jovens que frequentam as escolas. E são eles, regra geral, que apoiam estes adolescentes, alertando também os pais e educadores e encaminhando-os para os serviços de Psicologia na escolas.
 
 

Actividades: 

 

  • Rever género literário: a Narrativa;
  • Fazer estudo comparado da literatura infantil e juvenil;
  • No caso de aluno/aluna que já ultrapassaram situações de depressão e/ou solidão, apelar para o seu testeiunho (mediante conversa prévia para saber se os alunos estáo disponíveis para o fazer) em sala de aula.
  • Experienciar sentimentos de solidão por parte dos alunos por escrito (diário);
  • Antes ou depois da exploração de algumas destas actividades, segundo o tempo de exibição em salas de cinema, agendar uma visita de estudo: ida ao cinema ver As Memórias de Marnie.
  • Posterior debate em sala de aula. 
  • Possível projecto transcurricular: Lingua Portuguesa, Educação Visual, Música.

 

Nota: Não aconselhável a alunos cujo nível etário seja inferior a 9/10 anos se não forem previamente preparados para a temática do filme.

 

A Professora GSouto

 

15.04.2016

 

Licença Creative Commons