Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Livros : Prémio Nacional Ilustração 2020 e outros prémios !

 

 

hei-big-bang-cap.jpg

 

 

Hei, Big Bang ( Ninguém disse que era fácil!)

Isabel Minhós Martins

illustração: Bernardo P. Carvalho

Planeta Tangerina

https://www.miudabooks.co.uk/

 

O ilustrador Bernardo P. Carvalho venceu o Prémio Nacional de Ilustração 2019 com o livro Hei, Big Bang! (Ninguém disse que era fácil), foi revelado no dia 18 de Novembro 2020, pelo Ministério da Cultura.

 

Hei, Big Bang! (Ninguém disse que era fácil) com texto de Isabel Minhós Martins e Bernardo P. Carvalho (illustração), foi editado em 2019 pela Planeta Tangerina, editora da qual os dois autores são co-fundadores.

 

 

hei-big-bang-livro1a.jpg

 

 

Hei, Big Bang ( Ninguém disse que era fácil!)

Isabel Minhós Martins

illustração: Bernardo P. Carvalho

Planeta Tangerina

https://www.miudabooks.co.uk/

 

É a segunda vez que Bernardo P. Carvalho conquista o "Prémio Nacional de Ilustração", depois de ter sido distinguido em 2009 com Depressa, devagar, também de Isabel Minhós Martins.

 

Em Hei, Big Bang! (Ninguém disse que era fácil), o protagonista é um cavalo, o Big Bang, que um dia acorda desassossegado e cheio de perguntas, com qualquer coisa no pensamento, que “esvoaçava como uma borboleta, como um grão de pó inquieto, como o princípio de uma canção”, lê-se nas primeiras páginas.

 

 

hei-big-bang-livro1.jpg

 

 

Hei, Big Bang ( Ninguém disse que era fácil!)

Isabel Minhós Martins

illustração: Bernardo P. Carvalho

Planeta Tangerina

https://www.miudabooks.co.uk/

 

É a segunda vez que Bernardo P. Carvalho conquista o "Prémio Nacional de Ilustração", depois de ter sido distinguido em 2009 com Depressa, devagar, também de Isabel Minhós Martins.

 

Prof. Stephen Hawing : Olhando as estrelas !

 

 

stephen-hawking6.jpg

 

 

Stephen Hawking

créditos: NASA/ Paul Alers

https://www.nasa.gov/

 

Hoje ficámos todos mais pobres. Stephen Hawking morreu esta madrugada, dia 14 Março 2018, aos 76 anos. Um dos raros que conseguem ver o que está lá mas mais ninguém vê.

 

Aos 21 anos pensou que apenas viveria mais dois. Fora-lhe diagnosticada uma doença degenerativa que, de forma progressiva, lhe paralisou os músculos.

 

 

stephen-hawkings.jpg

 

 

Stephen Hawking

Wikipedia

https://pt.wikipedia.org/

 

Stephen Hawking, o físico britânico que revolucionou a forma como olhamos o Universo. Os filhos do cientista, Lucy, Robert e Tim, publicaram num comunicado: O nosso pai foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos”.

 

"Este não seria um grande universo se não fosse a casa das pessoas que amamos"

Stephen Hawking

 

 

stephen-hawking2.jpg

 

Stephen Hawking

créditos: Autor não identificado

via Porto Canal

 

Hawking é um dos cientistas com maior destaque desde o físico alemão Albert Einstein. A sua obra "Uma Breve História do Tempo" é um dos livros mais vendidos no mundo.

 

Doutor em Cosmologia, foi professor lucasiano emérito na Universidade de Cambridge, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

 

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: David L. Ryan / The Boston Globe / Getty Images

https://www.newyorker.com/tech/

 

Foi, pouco antes de morrer, director de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica (DAMTP) e fundador do Centro de Cosmologia Teórica (CTC) da Universidade de Cambridge

 

Nada fez parar o físico britânico que fica conhecido como a estrela da física ou o 'embaixador da ciência' segundo grandes cientistas das actualidade.

 

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: ZERO-G/ Steve Boxall

https://www.bbc.com/news/

 

Alguns dados biográficos:

 

Stephen William Hawking nasceu a 8 de Janeiro de 1942 em Oxford, Oxfordshir (Reino Unido), exactamente no aniversário de 300 anos da morte de Galileu.

 

Filho de Frank Hawking, um biólogo pesquisador que trabalhava como parasitólogo no Instituto Nacional de Pesquisa Médica de Londres, e Isabel Hawking.

 

Hawking foi sempre interessado pela ciência. Durante a infância foi um bom aluno, mas não considerado excepcional.

 

Entro em 1959 na University College, Oxford, onde pretendia estudar matemática. Como não existia essa área em Oxford, optou então por física, licenciando-se em 1962.

 

 

stephen-hawking4.png

 

 

Stephen Hawking & Jane Hawking 

créditos: Stephen Hawking

https://www.facebook.com/stephenhawking/

 

Casou pela primeira vez em Julho de 1965 com Jane Hawking com quem teve três fillhos. Separou-se em 1991. 

 

Em 1985, uma grave pneumonia deixou-o a respirar por um tubo, forçando-o, desde então, a comunicar através de um sintetizador de voz eletrónico. Mas Hawking continuou a desenvolver as suas pesquisas na área da ciência, a aparecer na televisão.

 

Casou com sua enfermeira Elaine Mason 1995. Divorciou em 2006, devido a maus tratos que esta lhe infligiu ao longo dos anos que viveu com o cientista.

 

Doutorou-se na Trinity Hall,Cambridge em 1966, de onde era um membro honorário. Depois de obter doutorado, passou a ser pesquisador e, mais tarde, professor no Gonville and Caius College.

 

Depois de abandonar o Instituto de Astronomia em 1973, Stephen entrou para o Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica tendo, entre 1979 e 2009, ano em que atingiu a idade limite para o cargo, ocupado o posto de professor lucasiano de Matemática, cátedra que fora de Newton, tendo sido professor lucasiano emérito da Universidade de Cambridge.

 

Hawking continuou sua investigação em física teórica, ao mesmo tempo com vasto programa de viagens e conferências apoioado na vida em família junto dos três filhos e três netos.

 

Em 2007 Stephen Hawking embarcou num Boeing 727 modificado em Kennedy Space CenterNASA, na Florida (Estados Unidos), que então realizou arcos parabólicos onde a aeronave está em queda livre, permitindo que o Hawking experimentasse momentos de gravitação no espaço, imitando assim flutuar no espaço e que é usado para treinar astronautas.

 

stephen-hawking-cartoon.jpg

 

Stephen Hawking

tributo caricatura William Medeiros

 

Livros:

 

Entre o legado imenso que nos deixa, estão os livros. A Minha Breve História e Breve História do Tempo entre outros.

 

 

 

 

Breve História do Tempo

Stephen Hawking

edições Gradiva

https://www.fnac.pt/

 

Breve Hsitória do Tempo de Stephen Hawking foi publicado em 1988. Tornou-se uma referência incontornável da divulgação científica, com mais de 9 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

 

Sinopse: actualizada

 

Essa edição encontrava-se no limiar do que era então conhecido acerca da natureza do universo. Mas a última década tem assistido a avanços extraordinários na tecnologia de observação dos mundos micro e macroescópicos, confirmando muitas das previsões teóricas do professor Hawking.

 

Com o intuito de incluir os novos conhecimentos revelados por essas observações no texto original, o cientista escreveu uma nova introdução, actualizou os capítulos originais e acrescentou um capítulo inteiramente novo sobre o tema fascinante dos buracos negros e das viagens no tempo.

 

A Breve História do Tempo conduziu habilmente os não-cientistas de todo o mundo na busca contínua dos segredos escondidos no coração do tempo e do espaço. Esta edição mostra claramente o motivo pelo qual o eloquente clássico do professor Hawking transformou a nossa visão do universo.

 

Nota: Livro recomendado pelo PNL para o Ensino Secundário.

 

 

 

 

George e a Caça ao Tesouro Cósmico

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Hawking também escreveu para crianças em parceria com sua filha Lucy Hawking. Uma trilogia sobre o espaço que incentiva os mais novos a apaixonar-se pela ciência.

 

 

 

 

George e a Chave Secreta para o Universo

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

 

 

 

George e o Big Bang

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Emocionantes histórias de aventuras, que nos levam de volta ao momento em que surgiram o espaço e o tempo. Recheado de voltas e reviravoltas, por buracos de minhoca até ao limiar do conhecimento.

 

Incluem ensaios de alguns dos mais importantes cosmologistas, enredos emocionantes e uma série de entradas científicas de fácil leitura. Incluindo um conjunto de fotografias a cores, ilustrando as maravilhas do cosmos, George e o Big Bang, o volume final da trilogia, encerra as aventuras de George pelo universo.

 

Nota: Livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura , 3º Ciclo. E por que não 2º ciclo?

 

 

 

 

A Teoria de Tudo

Stephen Hawking

https://www.fnac.pt/

 

 

  • Biopic: livro & filme:

 

Livro/ Sinopse:

 

Hawking acreditava que os avanços da física teórica deviam «poder ser compreendedidos pelo grande público, e não apenas por alguns cientistas». Neste livro, propõe a extraordinária aventura da descoberta do cosmos e do nosso lugar nele.

 

Em sete lições, responde à curiosidade de todos aqueles que já olharam fascinados para o firmamento e se perguntaram o que há lá em cima e como foi lá parar.

 

 

 

 A Teoria de Tudo

James Marsh, 2014

 

 

Filme:

 

Um filme autoibiográfico sobre o amor e capacidade de superação. A Teoria de Tudo adapta a obra biográfica Travelling to Infinity: My Life with Stephen, onde Jane Wilde Hawking descreve os anos ao lado de Stephen.

 

Suponho que todos nós vimos este filme tão dramático, mas belo e muito inspirador.

 

 

 

 

The Simpson

série televisão

https://giphy.com/gifs/

 

 Actividades:

 

  • Fica ao critério de cada professor a introdução da vida e obra de Stephen Hawking. Os recursos educativos são muitos.
  • Biografia, conversas em conferências, livros, filmes séries de televisão The Simpson e a Teoria de Big Bang. Os alunos também deverão contribuir com as suas próprias sugestões.
  • Um projecto transcurricular será muito enriquecedor dada a riqueza desta personalidade carismática da ciêcnia e da Cosmologia.

 

 "Mesmo que a vida pareça difícil, há sempre algo que podemos fazer para ter sucesso nela."

 

Stephen Hawking

 

A Professora GSouto

 

16.03.2018

 

Licença Creative Commons

O Incrível Rapaz que Comia Livros : sugestão de leitura

 

 

incredible-boy.books.jpg

 

 

The Incredible Book Eating Boy

Oliver Jeffers

http://www.amazon.com/

 

Esta pausa lectiva, dediquei os meus poucos tempos livres à leitura. Percorri alguns espaços de livros como a livraria Leitura (Bom Sucesso) e a livraria Almedina (Arrabida). E comprei livros, em lugar de comprar ovos de chocolate e amêndoas de Páscoa.

 

Ao mesmo tempo, aproveitei para buscar novas propostas de leituras para os meus alunos.

 

 

incredible-boy.books2.jpg

 

 

O Incrível Rapaz que Comia Livros

Oliver Jeffers

http://www.bulhosa.pt/

 

O Incrível Rapaz que Comia Livros. O titulo pareceu-me sugestivo! Logo eu que sou uma leitora compulsiva. Gosto, gosto muito de livros. Mas comer, não os como. Cheirar? Sim, gosto do cheiro do papel dos livros, quando os abro. 

 

 

 

 

 

Saber +

 

Passei os olhos pelo texto e pelas ilustrações, deveras interessantes, e com uma contra-capa deliciosa, onde se pode ler:

 

AVISO 

 

Por favor NÃO tentem COMER este LIVRO em casa

 

 

 

 

The Incredible Book Eating Boy

Oliver Jeffers

www.amazon.co.uk

 

É uma história divertida, que poderá incentivar os novos "caloiros" mais renitentes à leitura, a adquirir o gosto pelos livros. Não de os comer, é claro! Isto da polissemia....

 

Sinopse:

 

Esta é a suculenta história de um rapaz com um apetite insaciável... por livros. O Henrique adorava livros… mas não exactamente como nós adoramos livros. O Henrique adorava comer livros! Primeiro uma palavra, depois uma frase, e não tardou já se empanturrava com três ou quatro livros de uma vez só. Quanto mais livros comia, mais esperto ficava. Até que um dia as coisas começaram a correr mal… 

 

Um livro tão tentador que já houve quem não resistisse a dar uma dentada na contracapa!

 

 

 

incredible-boy.books1.jpg

 

 

 

The Incredible Book Eating Boy

Oliver Jeffers

www.amazon.co.uk

 

O Incrível Rapaz que Comia Livros recebeu o prémio de Melhor Livro Infantil 2007, atribuido pelo Irish Book Awards, é o único título de Oliver Jeffers traduzido em Português. Pertence à Colecção Orfeu Mini, da Orfeu Negro, uma chancela da editora Antígona.

 

 E para terminar, o video de apresentação para vos prender ainda mais : A versão áudio-livro em Inglês e em Português:

 

 

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Poderás ler online (versão inglesa) aqui
  • Se tiveres curiosidade, visite o website de Oliver Jeffers para explorar outros livros do autor.

 

Hum! Espero que vos agrade ! Este é deveras um livro delicioso para fazer parte da vossa biblioteca-

 

Se algum de vós achar que é demasiado infantil (sim, porque já há 'crescidos' ... que tal lerem-no a um dos irmãos mais novos? Muito bem.

 

 

A Professora GSouto 

 

 

15.04.2009

 

Nota: O livro faz actualmente do PNL

 

20.04.2013

 

 Licença Creative Commons