Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Monstrinha 2017 : festival de animação para escolas & famílias

 

 

Monstrinha2017a.jpg

 

 

Monstrinha 2017

ilustração: Rosana Urbes

http://www.monstrafestival.com/

 

Este ano, a MONSTRINHA completa 16 edições! 

Ao longo destes 17 anos, cerca de 500 mil crianças, jovens e famílias vieram à MONSTRINHAe contactaram com o mundo mágico do cinema de animação.

 

Em 2017 a Monstrinha quer continuar o trabalho de disseminação do cinema de animação junto do público infantil e juvenil, criando ou aumentado o hábito de ver cinema de animação alternativo à televisão e cinema comercial.

 

 

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

Saber +

 

Para além de sessões de cinema, a MONSTRINHA leva às escolas workshops para crianças, jovens e professores e organiza ateliers para pais e filhos, de forma a que todos possam aprender as bases da arte de bem animar.

 

A Ilustração para  MONSTRINHA desta edição foi pensada e desenhada pela realizadora brasileira Rosana Urbes.

 

A programação da MONSTRINHA 2017, para escolas, Pais e Filhos, que se realiza entre 16 e 26 de Março foi divulgada.

 

 

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

Programa divide-se:

 

 

A programação é extensa. Consultar por nível etário.

 

  • Pais e Filhos: São vários os filmes animados. A ver aqui

 

 

monstrinha.jpg

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

 Inscrições:


Inscreva a sua turma, para assistir ao melhor de cinema de animação a não perder, antes que esgote!

 

Para inscrever a sua escola ou turma use este link

 

 

 

 

Ma vie de Courgette
Claude Barras
http://www.allocine.fr/

 

 

O filme suíço Ma Vie de Courgette (My Life as a Zucchini), de Claude Barras, é uma co-produção franco-suissa. E é um dos grandes destaques da edição deste ano.

 

Ma vie de courgette está na programação para Pais e Filhos. No entanto, aconselho-o vivamente a professores e alunos.

 

Nível etário: + 10 anos.

 

Ciclos: 2º ciclo; 3º ciclo.

 

 

 

 

Sinopse: 

 

Courgette é uma alcunha intrigante para um rapaz de 9 anos. Contudo a sua história única é surpreendentemente universal. Depois da morte súbita da sua mãe, Courgette torna-se amigo de um amável polícia, Raymond, que o acompanha para a sua nova casa adotiva, cheia de outros meninos órfãos da sua idade. Courgette luta no início para encontrar o seu lugar neste ambiente estranho, e às vezes hostil. Mas com a ajuda de Raymond e os seus novos amigos, Courgette aprende a confiar, encontrar o verdadeiro amor e uma nova família só para si.

 

 

 

 

Ma vie de courgette

Claude Barras, 2016

http://www.monstrafestival.com/

 

O filme animado foi nomeado para os Oscars 2017, na categoria de Melhor Filme de Animação. Já tm muitos outros prémios. E continua em digressão de festivais.

 

O filme A Minha Vida de Courgette", de Claude Barras, venceu o Grande Prémio Monstra, bem como o Prémio do Público

 

A cerimónia de anúncio e entrega dos prémios do Festival aconteceu sábado, dia 25 Março, à noite em Lisboa, com o realizador suíço a ser distinguido com o prémio máximo "pela sensibilidade e capacidade de expressar o espírito das crianças, através de um trabalho de uma animação subtil". 

 

Os filmes vencedores podem ser vistos domingo, dia 26 Março, no Cinema São Jorge e na segunda-feira, 27 Março, apenas as curtas premiadas no Cinema Ideal.

 

 

 

 

Molly Monster/ Molly, a Monstrinha

Ted Sieger, 2016

http://www.monstrafestival.com/

 

Vai estar em Competição Internacional de Longas-Metragens, juntamente com Molly Monster, filme realizado por Ted Sieger, uma coprodução Suiço-alemã-sueca.

 

Sinopse:

 

A Monstrinha Molly está a viver algo novo. Ela deixou de ser o centro das atenções na sua família. O foco é agora o ovo, que a mamã entregou ao papá para chocar. Os pais de Molly deixaram completamente de ter tempo para ela. Na Monstrolândia os pais levam os ovos para a ilha para poderem chocá-los. Molly, contudo, deve ficar em casa sob os cuidados do seu tio. Além do mais, Molly tricotou um belo chapéu para o novo bebé monstro e agora os seus pais esqueceram-se dele em casa. Molly parte para uma longa e difícil viagem até à ilha dos ovos.

 

 

 

 

Estes dois filmes de animação são estreias absolutas no nosso país!

 

No ano em que a Itália é o país homenageado, para Pais e Filhos a MONSTRA organiza seis programas distintos durante os fins-de-semana do Festival:

 

  • Retrospetiva de filmes italianos;
  • Filmes da escola italiana Csc Animazione;
  • Curtas 8 ½;
  • Competição de curtas; duas longas-metragens;
  • Baby Monstra!

 

Uma das novidades deste ano é o Cabify Baby, que resulta de uma parceria com a Cabify e permite que os pais usem este serviço com um desconto de 10% para se deslocarem com os seus filhos de forma segura ao Cinema São Jorge.

 

Para as Escolas, a MONSTRINHA apresenta três programas, com filmes produzidos, na sua grande maioria, em 2016, premiados em vários festivais, e alguns com estreia nacional na MONSTRA.

 

Ainda é possível inscrever a sua escola aqui.

 

 

 

 

Monstrinha 2017

ilustração: Rosana Urbes

http://www.monstrafestival.com/

 

 

Informações úteis:

 

Bilhetes: 4€

 

Bilhetes com desconto: 3.5€ (estudantes; + 65 anos e desempregados)

 

Sessões Monstrinha para escolas: 1€

 

Sessões Pais e Filhos: adultos 4€, crianças 1€ (até um máximo de 3 crianças acompanhadas por cada adulto)

 

Baby Monstra: entrada livre

 

Voucher 5 bilhetes: 15€ – à venda na loja MONSTRA (apenas podem ser usados no Cinema São Jorge e Cinema City Alvalade)

 

Bilhetes Cinemateca:

 

Geral: 3.20€

 

Amigos da Cinemateca, Estudantes de cinema, Desempregados: 1.35€

 

Estudantes, Cartão Jovem, + 65 anos, Reformados: 2.15€


Reservas: Sessão “Monstrinha”: apoio@monstrafestival.com


A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.

 

 

 

 

Monstra 2017

Festival de Cinema de Animação

http://www.monstrafestival.com/

 

A MONSTRA e a MONSTRINHA tornaram-se um motivador espaço de criação e aprendizagem para muitas crianças, jovens, adultos, profissionais, professores e familias.

 

Não percam! Desfrutem deste programa diversificado, enriquecedor para todos. As experiências pedagógicas serão uma mais valia para os currículos escolares.

 

 

A Professora GSouto

 

15.03.2017

 

Actualizado 25.03.2017

 

Licença Creative Commons

 

 

Sesame Street : Julia, a menina autista

 

 

Sesame Street

http://i.telegraph.co.uk/

 

A Rua Sésamo que todos conhecem da vossa infância criou uma personagem autista. Julia é uma menina como tantas outras que apenas se diferencia em pequenas coisas. O objectivo é sensibilizar a sociedade e ajudar crianças e pais.

 

 

Julia / Sesame Street

http://p3.publico.pt/

 

Julia tem cabelo laranja, olhos verdes, e é autista. A nova personagem da Rua Sésamo tem um papel de destaque na série. Quer mostrar às crianças "o que todas têm em comum e não as suas diferenças”.

 

A iniciativa Sesame Street and Autism: See All in Amazing Children alerta para o autismo entre os mais novos e quer ser uma ajuda para crianças e família.

 

No show televisivo, Elmo fala aos seus amigos de Julia.

 

"O pai de Elmo disse a Elmo que Julia tem autismo," diz ele.
"Assim, ela faz coisas um pouco diferentes. Por vezes Elmo fala com Julia usando poucas palavras e repete algumas vezes."

 

 

 

 

Saber +

Desenvolvido pela Sesame Workshop, o programa educacional, feito em parceria com 14 instituições, está disponível através do computador ou de uma aplicação descarregada para o "smartphone". Há livros de histórias, vídeos e vários recursos audiovisuais para ajudar as famílias e as crianças em rotinas diárias.

 

A opção pelo mundo digital tem uma explicação: “A maioria dos familiares dos jovens com este tipo de deficiências gravita em conteúdos digitais, daí ter-se criado a Julia digitalmente”, disse à revista People, Sherrie Westin, vice-presidente executiva dos impactos globais e filantropia.

 

As crianças com autismo "têm cinco vezes mais probabilidades de serem vítimas de 'bullying'", disse à mesma fonte a vice-presidente da Sesame Workshop, Jeanette Betancourt, sublinhando que, como as outras, as "crianças com autismo partilham a alegria pelas brincadeiras, por terem amigos e fazerem parte de um grupo".

 

 

 http://autism.sesamestreet.org/

 

Através da hashtag #SeeAmazing, a Rua Sésamo está a incentivar os utilizadores a partilharem histórias, vídeos e fotografias que abordem este tema.

 

Recursos educativos:

 

Livro : We're amazing 1,2,3!  um livro digital audivel que pode ser lido e folheado online

 

 

http://autism.sesamestreet.org/

 

Apps, Videos, livros, jogos

 

Nivel ensino : Pré-Primário ; Primário (1º e 2º anos)

 

Actividades:

 

Alunos poderão desenvolver várias actividades:

 

  • Histórias : elaboradas na sala de aula, ficcionadas ou não;
  • Fotografias : Sempre de grupo, e com consentimento dos pais e encarregados de educação);
  • Videos:  Desenhos alusivos ao autismo (elaborados na sala de aula com apoio de professores no canal YouTube.

 

A Professora GSouto

 

07.11.2915

Licença Creative Commons

 

Mês Internacional da Biblioteca Escolar : vamos tweetar ?

 

 

mes-inter-bibliot-escolar2015.png

 

http://rbe.mec.pt/

 

Como sempre, Outubro é Mês Internacional das Bibliotecas Escolares. Em todo o mundo, este mês é portanto dedicado a reforçar a visibilidade das bibliotecas escolares - lugar privilegiado nas escolas - e consciencializar do seu valor na comunidade escolar e no reforço dos currículos nas aprendizagens dos alunos.

 

 

 

Desde 2007, o IALS passou a denominar Mês Internacional da Biblioteca Escolar de modo a permitir que professores responsáveis pelas Bibliotecas Escolares, em todo o mundo, possam escolher um dia, durante o mês de Outubro, que melhor se adeque à sua comunidade escolar, para celebrar a importância das bibliotecas nas escolas.

 

É pois, mais uma oportunidade para as bibliotecas demonstrarem a importância que têm na vida das crianças e jovens alunos, pelo trabalho que desenvolvem nas áreas da leitura e das literacias, no acesso à cultura e no desenvolvimento da cidadania.

 

Tema 2015

 

O tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para 2015 é, segundo tradução adoptada pela Rede de Bibliotecas Escolares:

 

"A biblioteca escolar é super!"

 

O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabeleceu a data de 26 de Outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal, para 2015.

 

 

 

Desafios:

 

Para este ano, são propostos dois desafios:

  • Toca a Tweetar
  • Celebrando o MIBE

 

 

  • Toca a tweetar:

 

Os professores bibliotecários convidarão os elementos da comunidade educativa a escreverem tweets sobre o valor da biblioteca escolar (BE) no Twitter da BE, usando a hashtag #MIBE15.

 

Os alunos deverão ser devidamente enquadrados pelo(a) professor(a) bibliotecário(a), identificando no final do seu tweet, o ano e turma a que pertencem. Por exemplo: 9B.

 

 

 

Para reduzir caracteres, os adultos poderão apenas indicar no final do tweet em que qualidade escrevem, usando uma das seguintes iniciais:

 

• Professor(a) – P
• Encarregado de Educação – EE
• Assistente técnico – AT
• Assistente operacional – AO
• Autarquia – A
• Outro – O

 

A RBE está a selecionar frases/tweets que considera mais interessantes e tem publicado no seu portal, destaque que se manterá até final mês Outubro.

 

No final do mês distinguir-se-á a BE que conseguir mobilizar, entre a sua comunidade educativa, mais pessoas, entre alunos, professores, pais, auxiliares de educação, para tweetar e que componha os tweets mais criativos.

 

  • Celebrando o MIBE:

 

A RBE convida as bibliotecas escolares a enviar ao Gabinete (para o endereço mibe@bibliotecasescolares.pt) os programas que elaborarem para comemorar o MIBE (Mês Internacional da Biblioteca Escolar).

 

A partir do final do mês de Outubro, deverão divulgar, nas actividades do portal RBE, o relato de como concretizaram esses programas, podendo incluir links para os blogues e redes sociais que reflictam as iniciativas levadas a efeito.

 

Da conjugação da análise dos programas e respetivos relatos, será encontrada uma bibllioteca escolar a distinguir.

 

Os prémios atribuídos serão entregues às bibliotecas escolares pelo respectivo Coordenador Interconcelhio.

  

 

 

Bookmark Project

 

 Skype Project

 

Para além destes dois desafios, existem muitas sugestões de acções a desenvolver, tanto nas actividades do portal RBE, como na página do International School Library Month (ISLM) da IASL que continua a apelar à participação em dois projectos:

 

  • Bookmark Project
  • Skype Project.  

 

As bibliotecas escolares de todo o mundo são convidadas a enviar os seus testemunhos para a rubrica What people are doing for ISLM 2015.

 

 

Bookmarks/ Maracadores leitura

Escola Básica nº 2 Rio Tinto

http://www.iasl-online.org/

 

Há já escolas portuguesas que se registaram nestas duas actividades e têm as suas actividades publicadas no site da IASL.

 

Este foi apenas um dos projectos que vi e achei interessante por reflectir o tema "Bookmark Project".

 

Bom, estou certa que muitas outras actividades e projectos estão a ser desenvolvidos, não só nas BEs.

 

Tudo começa nos curriculos de Lingua Portuguesa. E são as professoras curriculares que, muitas vezes, propõem excelentes actividades desenvolvidas nas suas aulas.

 

Os projectos do MIBE deverão ser desenvovidos em  conjunto entre professoras bibliotecárias e professoras curriculares de Lingua Portuguesa.

 

Para todos, alunos e professores, um excelente #MIBE. Aos alunos, leiam livros, tweetem acerca das vossas preferências, dinamizem as redes sociais, falando de livros.

 

A Professora GSouto

 

25.10.2015

 

Licença Creative Commons

 

Referências : Os tweets apresentados neste post estão publicados na página da RBE

 

Festival Animação : Monstra na Casa das Artes

 

monstra2015.jpg

 

http://monstrafestival.com/

 

A aventura começou em 2000. Na altura, a ideia foi chegar com o melhor do cinema de animação produzido em todo o mundo às crianças, jovens e famílias.

 

O festival que arrancou em simultâneo em Lisboa e Almada, com sessões de cinema de animação, exposições, masterclasses, e workshops, percorre o país, entre 16 de Março e 26 de Julho, passando por Portalegre, Coimbra, Santarém, Porto, Ponta Delgada e Gouveia.

 

monstrinha.jpg

 

http://casadasartes.pt/

 

Com a Monstra, vem também a Monstrinha e as sessões para educadores, professores e pais.

 

A Monstrinha, isto é, a Monstra dos mais novos, é o momento de encontro da arte maior do cinema de animação com as crianças e adolescentes que adoram descbrir, aprender, sonhar, inventar o seu dia-a-dia.

 

"Estas Artes, que devem revestir todos os momentos de vida do ser humano, apresentam-se ainda mais evidentes, necessárias, emergentes, nos mais novos. A cada inspiração novas informações entram no nosso cérebro, enriquecendo e motivando aquilo de que é feito o conhecimento, abrindo espaço para a invenção e criação de novos saberes e práticas."

Casa das Artes


A Casa das Artes no Porto, com parceria do Cineclube do Porto prepara-se para receber a Monstra, de 26 a 28 Março 2015.

No dia 26 Março 2015, "Sessão Competição I", das 15:00 às 19:00 horas. Consultar programação aqui. E no dia 27 Março, "Sessão Competição II", das 15:00 às 19:00 horas, a consultar aqui

 

No dia 27 Março, "Sessão Monstrinha para Escolas", das 15:00 às 16:00 horas com a programação de várias curtas. A consultar programação aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

E no dia 28 Março, "Sessão Pais e Filhos", das 15:00 às 16:00 horas. Programação completa aqui

 

 

 

 

 

 

Hum! Promete esta curta passagem pelo Porto, por alguns dos filmes de animação que aqui publicamos, e que fazem parte dos programas dos dias 27-28 Março 2015, para escolas e famílias

 

Suponho que ninguém vai querer perder este festival de cinema de animação de encantadora criatividade. E que tal começarem já a preparar as visitas de estudo ou sessões com os pais?

 

Actividades:

 

A Monstra desafia-te a seguir no Twitter https://twitter.com/FestivalMonstra e enviar mensagens/ tweets, utilizando o tag ‪#‎festivalmonstra‬ para exprimir a tua opinião sobre as curtas animadas das várias sessões. 

 

 Isao Takahata

https://www.facebook.com/ThePrincessKaguya

 

Mas há mais! Para estudantes de arte, estudantes em geral, e fãs do cinema de animação,  a "Sessão Longa", dia 28 Março 2015, pelas 21:30 horas, passa o filme de Isao TakahataO Conto da Princesa Kaguya | The Tale of the Princess Kaguya, considerado uma obra prima do cinema de animação em 2013.

 

Actualização : O filme O Conto da Princesa Kaguya de Isao Takahata conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 14ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

O filme, considerado pelo júri como "uma obra-prima" feita por "um dos mestres da animação", conta a história de uma menina encontrada dentro de uma cana de bambu, que se transforma numa jovem requintada, criada por um cortador de bambu e sua mulher, que do campo passa à grande capital, cativando todos os que a encontram.

A não perder a sessão de 28 Março na Casa das Artes, pelas 21:30 horas.

 

Informações: 

 

Normal: 4.0€
Estudantes, + 65 anos, CCP, DRCN: 3,5€
Crianças: 1,0€ (Sessões “Monstrinha” e “Pais e Filhos”)


Reservas: Sessão “Monstrinha”: apoio@monstrafestival.com
A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.

 

A MONSTRA e a MONSTRINHA tornaram-se um motivador espaço de criação e aprendizagem para muitas crianças, jovens, adultos, profissionais, professores e familias.

 

Não percam! Desfrutem deste programa diversificado, enriquecedor para todos.

 

A Professora GSouto

 

17.03.2015

Actualização : 23.03.2015

Licença Creative Commons

Portugueses e o Facebook : estudo

 

 

 

 

www.facebook.com

 

Os utilizadores portugueses do Facebook divulgam muita informação pessoal e profissional, revela um estudo da Universidade de Coimbra.

 

"A preocupação das pessoas sobre a privacidade na Internet é praticamente nenhuma. Analisámos mais de 78 mil perfis do Facebook e todos têm acesso completamente público", disse à agência Lusa Francisco Rente, do Centro de Investigação em Sistemas (CISUC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC), no dia 04 Janeiro 2011.

 

Um estudo que avalia o índice de segurança da Internet em Portugal,  e que analisou 47 características presentes em 78.320 perfis. Concluiu que os utilizadores portugueses optam pela "total ausência de protecção" de dados pessoais.

 

"As fotografias são públicas, qualquer um as pode ver. A maioria revela pormenores de relações e um quarto das pessoas a sua entidade patronal", exemplificou ainda o estudo.

 

facebook-jovens.jpg

 foto: Alamy

http://www.geekaco.com/

 

Ora, nós sabemos muito bem, dado que falamos tantas vezes nas nossas aulas de Língua Portuguesa, qual a conduta a ter na Internet e nas Redes Sociais! Lembram-se do que escrevi no post Rede Social, o filme

 

Corremos perigos que dificilmente compreendemos. E já alguns jovens têm sido vítimas de tal procedimento, no nosso país e em vários outros países.

 

O Reino Unido, por exemplo, integrou um botão de alerta* para proteger as crianças e adolescentes que acedem ao Facebook.

Em Portugal. as pessoas e os jovens continuam a não levar a sério as questões de privacidade. E os pais nem sempre estão atentos ou informados.

 

 comics

 

A ânsia de ser 'popular' e 'fazer muitos amigos' no Facebook é ilusória. Os pais devem estar atentos, dar o exemplo e visitar frequentemente o perfil dos filhos, orientando-os na questão de privacidade.

 

Todos nós utilizadores devemos ser responsáveis, estar atentos, ter cuidados redobrados com o que publicamos. É regra importante para uma Internet Segura! Sobretudo para os mais jovens.

 

 A Professora GSouto

 

06.01.2011

 

Licença Creative Commons

 

Referência: EconómicoSapo



Um dia de silêncio...

 

 

 

Solitaire en silence

http://artpridenj.com

 

 

 Queridos alunos,

 Queridos Pais,

 

Preciso deste dia de silêncio, para ordenar um pouco as minhas emoções. A tristeza de deixar os alunos a 10 dias da Prova de Aferição, foi profunda. Por tão pouco...

 

Voltarei amanhã com uma mensagem de carinho para todos os meus alunos das turmasF/GH de 6º ano. E de simpatia para todos os Pais e Encarregados de Educaçãp que me apoiaram, compreenderam bem a minha visão inovadora do ensino, na procura constante de aproximar os currículos escolares da progressão de ciclos, e da  vida real,  em consonância com os interesses dos vossos filhos.

 

 Até amanhã!

 

A Professora GSouto

 

05.05.2009

 

Licença Creative Commons

 

 

Natal : Mensagens dos alunos

 

 

     

 

The Mill in the Forrest, montras Natal

Montreal, Canada

  http://www.flickr.com/photos
 
 

 Os nossos votos de um Santo e Feliz Natal para todas as crianças do Mundo, especialmente para aquelas menos favorecidas.

Que os ventos fortes lhes tragam o Amor, Paz, Amizade, Protecção.

Que os ambiciosos se tornem mais humildes e menos arrogantes, que os poderosos sirvam os mais fracos e não o contrário, que o Natal não seja apenas o mês de Dezembro, mas TODOS os meses do ANO.

 

Mensagem de:

Tiago Melo, 10 anos, 5ºH

Rui Melo, pai do Tiago

 

Os alunos das turmas G/ H/ I 5º ano escreveram mensagens de Natal muito afectuosas para crianças em regime de acolhimento de três Instituições de Infância e Mães Adolescentes. 

 
Os alunos do 5º H decidiram também escrever sensíveis mensagens para adultos em regime de internato num Lar Sénior. Um gesto lindo que não vamos esquecer!
 
Foram todas enviadas, como prometido! 
 
Seleccionei a mensagem do Tiago e seu Pai para ser publicada aqui, por considerar que contém um voto universalista.
 
Para todos os meus alunos... e são muitos este ano, para seus Pais e Avós, votos de um lindo Natal passado em família.
 
 

 

http://www.ap-cd.pt/

 

 
Que os valores de família perdurem e que vossa solidariede humanista chegue à Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas.
 
00053hy3
 
 
 A Professora GSouto
 
21.12.2007
 

Licença Creative Commons