Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Páscoa : Ovos & tradições ? Recursos

 

 

 

easter17c.jpg

 

 

créditos: Autor não identificado

via Google imagens

 

E chega Páscoa, multiplicando-se os votos de saúde e prosperidade que se associam aos ovos de chocolate.

 

Esta tradição antiga, anterior mesmo ao Cristianismo, associa-se a deuses pagãos. Antes de se instituir a Quaresma, os ovos já eram trocados nas festas do equinócio da Primavera, em tributo à renovação da natureza. 

 

Povos do Oriente têm também o hábito de colorir ou pintar ovos, embora em outras festividades.

 

 

pascoa2019a.jpg

 

 

créditos: AFP

via Viagens Sapo

 

O ovo encarado como talismã, era susceptível de dar sorte, amor e dinheiro a quem os recebia. Ovos coloridos com corantes naturais, em infusões de beterraba, lírio roxo, açafrão, sumo de espinafre. Um delicado trabalho artesanal. 

 

Em muitos países europeus, crê-se que comer ovos no Domingo de Páscoa traz saúde e boa sorte durante todo o ano.

 

 

 

 

créditos: Autor não identificado

via Goolge images

 

Uma antiga crença, afirma que se o ovo for posto na Sexta-Feira Santa, afastará as febres. Em regiões rurais francesas, as mulheres comem os ovos postos pelas galinhas na Quarta-Feira de Cinzas, estando os de Sexta-Feira reservados aos homens.

 

Recomenda-se, ainda, aos casais que partilhem um ovo posto no dia de Páscoa. Assegurará a felicidade na união.

 

 

 

 

 

créditos: Autor não identificado

via conmihijos

 

A oferta de ovos às crianças só surge no século XV, na Alsácia, dai difundindo à restante Europa.

 

No século XVI, o Velho Continente, iniciou o fabrico de ovos de chocolate, beneficiando com a chegada do cacau do Novo Mundo, a bordo das caravelas.

 

 

 

Bettys

https://www.bettys.co.uk/

 

Os Ovos da Páscoa viriam a ser adoptados pelo Cristianismo. Em França, já no século XIX, eram uma especialidade da confeitaria e dos grandes pasteleiros.

 

Outras tradições:

 

Na Hungria, a tradição popular da Páscoa manda que na Segunda-feira de Páscoa, os homens borrifem a cabeça das mulheres com perfume ou água e em troca recebam um beijo. Antigamente acreditava-se que esse ritual tinha um efeito purificador e curativo.

 

 

 

 

Haux, França

créditos:  Remy Gabalda / AFP - Getty Images

https://www.nbcnews.com/news/

 

Na França, cidade de Haux, é confeccionada uma omelete gigante. Mais de 4 000 ovos. A omelete, servida na praça principal da cidade, deverá alimentar 1 000 pessoas. A tradição terá começado quando Napoleão e o seu exército pararam na cidade e o imperador ordenou que os habitantes recolhessem todos os ovos e servissem uma omelete gigante às suas tropas.

 

Na Bulgária, a Páscoa é celebrada com lutas de ovos. Quem conseguir sair desta batalha 'oval' com um ovo intacto, será declarado vencedor.

Outra tradição búlgara é tingir de vermelho os ovos de Páscoa. O primeiro ovo tingido simboliza saúde e boa sorte para a família e deverá ser guardado até à Páscoa seguinte.

 

Sempre bom saber as tradições que tantas vezes estão associadas às nossas celebrações.

 

Boa Páscoa. E boas férias!

 

A Professora  GSouto

 

19.04.2019

 

Licença Creative Commons