Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

A Hora de Plutão : actividades férias

...

créditos : NASA

https://instagram.com/

 

Hoje, dia 14 Julho 2015, a sonda New Horizons viajou até Plutão. Uma viagem que começou hà nove anos. Um acontecimento científico de grande relevo a que se juntou Google dedicando-lhe um doodle interactico que poderão descobrir na página de entrada do motor de busca.

 

 

Google doodle PlutoFlyby

doodler : Kevin Laughlin

https://www.google.com/

 

Pela primeira vez na história da astronomia, uma nave espacial não tripulada fez uma aproximação a Plutão, esta terça-feira, às 07h49 (12h49 em Lisboa), revelando detalhes da superfície do "planeta-anão", após quase uma década de viagem.


Talvez se lembrem que Plutão já fora o nono planeta do sistema solar mas, em 2006, foi despromovido a planeta anão.

 

 

PlutoFlyby

https://www.facebook.com/planetariodoporto/

 

Hoje os cientistas da NASA puderam constatar que Plutão é bem maior do que supunham.

 

A propósito deste acontecimento cientíco tão importante, o Jardim Botânico recebe amanhã, 15 de Julho, às 21h00, a abertura oficial das atividades do programa Ciência Viva no Verão, coordenadas pelo Planetário do Porto – Centro Ciência Viva.

 

Intitulada Vida na Hora de Plutão!, esta é uma acção conjunta do Planetário do Porto, com o Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO–InBIO) da U.Porto e com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

 

Numa evento multidisciplinar, Vida na Hora de Plutão! convida os participantes a descobrir "se ao meio dia em Plutão seria possível ler um livro apenas com a luz solar", passando depois à observação de insectos frequentadores de áreas verdes em ambiente urbano, à exploração das flores e plantas com actividade nocturna nesse mesmo ambiente, e finalmente, à observação do céu com telescópio.

 

pluto4.jpg

  

Nave espacial New Horizons

https://31.media.tumblr.com/

 

O mote da actividade é a passagem da sonda New Horizons (NASA) a apenas 12.500 quilómetros do planeta anão Plutão, hoje às 12h49m57s. Esta será a primeira vez que uma sonda espacial passa próximo de Plutão.

 

 

 

 http://solarsystem.nasa.gov/plutotime/

 

Para compreender melhor a distância a que Plutão se encontra (cerca de 32 unidades astronómicas), a NASA promove Pluto TimeA Hora de Plutão, uma actividade que convida o público a tirar fotos (que incluam um ponto de referência), sem flash, à mesma hora que aqui na Terra a iluminação é igual à de Plutão ao meio-dia.

 

No Porto, a Hora de Plutão corresponde à iluminação por volta das 21:12 horas, hora em que se iniciam as actividades.

 

Para transmitir algumas noções sobre a diversidade e ecologia das espécies que ocorrem em áreas verdes em ambiente urbano, serão montadas no Jardim Botânico fontes de luz artificial para atrair espécies de insectos presentes em jardins públicos e habitações, com especial ênfase nas borboletas, escaravelhos, moscas e vespas.

 

Será possível ainda observar a beleza e originalidade de flores e plantas com actividade nocturna digna de destaque, como por exemplo as flores de abertura nocturna dos Cereus no Jardim das Suculentas e o Choupo branco junto ao lago grande.

No final, os telescópios do Planetário do Porto – CCV estarão apontados para o céu, com particular destaque para a observação do planeta Saturno e dos seus anéis.

 

Informação :

 

Hora: 21:00

 

Duração : 3 horas

 

Idade mínima : 6 anos

 

Ponto de encontro:

Jardim Botânico do Porto (entrada).

Lista de Espera - Inscrição Obrigatória

 

Possível já não teres vaga. Mas inscreve-te de qualquer modo. Podem haver desistências de última hora.

 

Já viste como será ter acesso a todas estas actividades em espaço fantásticos como o Jardim Botânico e o Planetário do Porto?

 

Nota:

 

Bom, como todos os anos BlogdosCaloiros fará uma pequena pausa para férias no mês de Agosto. Durante este mês Julho, tempo de semi-férias, serão publicadas sugestões de leitura, cinema, ou então curiosiosidades, actividades tempos livros, cultura ou desporto.

 

 A Professora GSouto

 

14.07.2014

 

Licença Creative Commons

Bom Aniversário Sally Ride ! Homenagem à astronauta e pedagoga

 

 

sally-ride-nasa.jpg

 

 

Sally Ride

créditos: NASA

https://www.nasa.gov/

 

Sally Ride foi a  1ª mulher americana a ir ao espaço, voando em duas missões de naves espaciais. Teve um papel-chave na investigação da catástrofe do Challenger. E inspirou muitas pessoas. Sobretudo jovens raparigas a prosseguir os seus estudos na área das Ciências.

 

 

Google Doodle:

 

 

 

 

Google doodle Sally Ride 64e anniversaire

doodler: Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

E hoje mais uma mulher cientista a ser homegeada com um Doodle interactivo pela Google.

Sally Ride, a primeira mulher astronauta norte-americana, e uma das mais importantes cientistas do séc. XX.

 

Sally Ride nasceu em Los Angeles Estados Unidos, em 26 de Maio de 195. O Doodle celebra assim o seu 64º aniversário.

 

 

Sally_Ride.jpg

 

 

Sally Ride, missão Challenger 1983

http://upload.wikimedia.org/

 

 

Saber +

 

Apaixonada por ciência desde criança, Sally licenciou-se em física e inglês pela Universidade de Stanford. Foi seleccionada pela NASA entre 8 mil mulheres para fazer parte do primeiro grupo de astronautas femininas no programa espacial norte-americano.

 

Juntamente com Sally Rideforam também chamadas mais cinco mulheres: Anna Fisher, Judith Resnik, Kathryn Sullivan, Shannon Lucid e Rhea Seddon.

 

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

A missão de Sally ocorreu em 18 de Junho de 1983. A bordo da nave Challenger, a astronauta e restante tripulação colocaram em órbita dois satélites de comunicação.

 

Foram os primeiros astronautas a cumprir essa função, e também os pioneiros ao levar para dentro da nave espacial um satélite avariado. A missão STS-7 realizou ainda experiências com fármacos.

 

A doodler Olivia Huynh explica no vídeo “Behind the Doodle” (por trás do Doodle, ver mais abaixo) que Sally Ride quebrou diversas barreiras, pois além de ser uma das poucas mulheres cientistas na época, trabalhou mais tarde para incentivar jovens estudantes, especialmente meninas e minorias, a seguir carreira em STEM (sigla em inglês que resume o conjunto de estudos na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática)

 

 

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

No blogue oficial de GoogleTam O’Shaughnessy, colega de Sally e co-fundadora da escola Sally Ride Science,  homenageia a ex-colega e fala sobre sua incrível trajectória:

 

“Ao olhar para a Terra da janela da nave no espaço, Sally ficou comovida com a vista do planeta azul envolto em uma fina camada de atmosfera. Ela compreedeu então como era importante para todos nós cuidar de nosso lar no espaço, e tornou-se ambientalista."

 

 

Livros:

 

 

Sally_Ride2.jpg

 

 

Sally Ride

Tam O’Shaughnessy

https://sallyridescience.com/

 

 

Sally_Ride3.jpg

 

 

When I grow up

Sally Ride

 https://sallyridescience.com/

 

Também no site da escola Sally Ride Science é realçado com grande orgulho este doodle através de um artigo escrito.

 

Anos depois, ela escreveu livros para jovens e adultos sobre as mudanças climáticas no planeta Terra. Escreveu também livros sobre ciência.

 

 

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

Sally morreu em 23 de Julho de 2012 devido a um cancro no pâncreas. Segundo Tam, a ideia do doodle é homenagear e reaçar o espírito pioneiro de Sally, bem como a sua habilidade para inspirar os jovens.

 

Por isso, Olivia Huynh criou cinco GIFs em homenagem à cientista, e a doodler (designer de doodles) espera assim poder inspirar mais mulheres e jovens a perseguir um sonho em ciência ou qualquer outro campo, como a própria Sally escreveu.

 

 

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

A doodler Olivia Huynh explica no vídeo “Behind the Doodle” (por trás do Doodle, ver mais abaixo) que Sally Ride quebrou diversas barreiras, pois além de ser uma das poucas mulheres cientistas na época, trabalhou mais tarde para incentivar jovens estudantes, especialmente meninas e minorias, a seguir carreira em STEM (sigla em inglês que resume o conjunto de estudos na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática)

 

 

 

 

"Everywhere I go I meet girls and boys who want to be astronauts and explore space, or they love the ocean and want to be oceanographers, or they love animals and want to be zoologists, or they love designing things and want to be engineers. I want to see those same stars in their eyes in 10 years and know they are on their way!"

 

Sally Ride

 

 

Sally_Ride-doodle2017.jpg

 

 

Google Doodle Dia Internacional da Mulher 2017

https://www.google.com/doodles/

 

Google voltou a homenagear Sally Ride, no Dia Internacional da Mulher 2017, incluindo-a no seu slideshow de 13 mulheres em todo o mundo que fizeram história.

 

O Doodle mostra Ride no espaço dando um 'dá cá 5' a uma menina. Sally Ride fez história a bordo do space shuttle Challenger em 18 de Junho de 1983, tornando-se a primeira mulher dos Estados Unidos a ir para o espaço.

 

Mais tarde, tornou-se um referência na educação científica, especialmente para raparigas.

 

Actividades:

 

  • Visitar a página de entrada de Google : permitir que os alunos explorem os vários GIfs que formam o Doodle;
  • Solicitar informação sobre a vida e obras de Sally Ride através de pesquisa online ou vistando biblioteca da escola. Orientar os alunos mais jovens;
  • Neste blogue há dois posts sobre astronautas : 

Homem na Lua... foi há 40 Anos (Julho 2009)

Astronauta Chris Hadfield canta no Espaço (Maio 2013)

  • Solicitar aos alunos a leitura e informação através da caixa de de pesquisa (canto superior direito do blogue);
  • Debate sobre experiências no espaço, o avanço científico e futuro da humanidade;
  • Incentivar as alunas a seguir a área de STEM, partindo do exemplo de Sally Ride, e várias outras mulheres cientistas que poderão encontrar neste blogue.

 

A Professora GSouto

 

26.05.2015

 

actualizado: 26.05.2019

 

Licença Creative Commons

 

Astronauta Chris Hadfield canta no espaço

 

 

 Comandante Chris Hadfield | NASA

http://boasnoticias.sapo.pt/

 

Lembram-se do Comandante Chris Hadfield, astronauta da Estação Espacial Internacional? Sim! Esse mesmo que partilha regularmente através das redes sociais como Facebook, Twitter ou Google+, algumas das maravilhosas fotos que vai tirando do Planeta Terra.

 

Foi há 44 anos que as prmeiras imagens espaciais chegaram até nós via televisão! E agora todas as redes sociais servem de apoio visual a expedições no espaço. Evolução da tecnologia.

 

Pois bem! Chris Hadfield surpreende-nos de novo. Considerado por muitos o astronauta mais "cool" do universo, Chris Hadfield  tem-se tornado um fenómeno de popularidade graças à partilha online de imagens e experiências do quotidiano a partir do espaço, onde vive há vários meses.

 

  

 

Foto: Chris Hadfield | NASA

https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/

 

Está prestes a abandonar a Estação Espacial Internacional (ISS) e, como forma de despedida, decidiu gravar uma versão "espacial" de Space Oddity, de David Bowie.

 
O engenheiro de voo canadiano divulgou, este domingo à noite, o vídeo no qual canta e toca guitarra enquanto 'flutua' nas suas páginas no Twitter e no Facebook e, em poucas horas, este autêntico 'videoclip' soma já mais de meio milhão de visualizações no Youtube e centenas de comentários recheados de entusiasmo e admiração.
 
Também no Facebook as reações não se fizeram esperar: o vídeo arrecadou quase 11.000 gostos desde a noite de ontem e já foi partilhado mais de 8.000 vezes, além de merecer elogios e palavras sentidas de muitos dos que acompanharam a missão de Hadfield na ISS e confessam que terão "saudades" dos pequenos pedaços de ciência que partilhou com todos.
 

 

 

 

"Em honra do génio David Bowie, aqui está 'Space Oddity', gravada na Estação. Um último olhar sobre o mundo", escreveu, a propósito deste vídeo, Chris Hadfield, que, esta noite, regressará à Terra com os seus companheiros de tripulação, o comandante Roman Romanenko e o engenheiro de voo norte-americano Thomas Marshburn. 

 
"Quase hora de abandonar a Estação. É difícil expressar as minhas emoções, mas a que predomina é a gratidão. Vim para aqui em nome de tanta gente - obrigado", confessou o astronauta nas suas páginas do Twitter e do Facebook onde é seguido por milhares de pessoas.

 
Já esta manhã, Hadfield voltou ao Facebook para dizer bom dia à Terra. "Devíamos dormir até tarde para estarmos bem descansados para o voo desta noite em direção a casa, mas estou a ter dificuldade em dormir", confessou, pouco antes de partilhar mais uma das suas fotografias, desta feita de uma série de nuvens em forma de pássaro sobre a Crimeia.
 
 

 

Foto: Chris Hadfield | NASA

 https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/
 
 
Ao longo da sua missão na Estação Espacial Internacional foram muitas as experiências que o canadiano dividiu com os seus seguidores. Entre as mais apreciadas estão, por exemplo, um vídeo em que Hadfield mostra como as lágrimas (não) correm no espaço eoutro em que canta uma balada escrita por si, "Jewel In The Night", publicado por altura do Natal.
 
 
Durante a estadia no espaço e entre as centenas de imagens que partilhou destacam-se, ainda, várias fotografias aéreas impressionantes de Portugal, nomeadamente da ilha da Madeira e do estuário do Tejo, além de uma vista nocturna da cidade de Lisboa
 
 
Que regresse bem, Comandante! A sua alegria contagiou muitos de nós! E só podemos agradecer tudo o que partilhou connosco.
 
 
A Professora GSouto
 
13.05.2013
 
Licença Creative Commons
 
Referências: Boas Notícias.sapo.pt
 
 

Homem na Lua ? Parecia impossível, mas aconteceu !

 
 
 

 

 

Chegada à Lua dos primeiros astronautas 
créditos: NASA

http://astrogeology.usgs.gov

 

Passaram 40 anos e para muitos, esta imagem ainda não parece real! Na Terra, 450 milhões de pessoas seguiram pela televisão aquele acontecimento improvável. 

 

“A Águia pousou”. Foi com estas palavras que os astronautas Neil Armstrong, Edwin "Buzz" Aldrin e Michael Collins anunciaram o sucesso da primeira missão espacial tripulada a pousar na Lua.

 

Em Portugal eram quase 3 da manhã do dia 21 de Julho de 1969. Ninguém dormia. Todos agarrados ao televisor a ver a aterragem na Lua em directo.

 

 

homem-lua1.jpg

 

 

 Neil Armstrong pisa solo lunar

créditos: NASA

http://astrogeology.usgs.gov

 

O momento transmitido pela televisão foi visto por mais de 530 milhões de pessoas. Um acontecimento que ficou memorável em todo o mundo. 

 

A frase pronunciada por Neil Armstrong para descrever o momento – “Um pequeno passo para o homem, um grande passo para a Humanidade”  continua a ser usada em todo o Mundo para caracterizar grandes feitos.

 

Foi pois a 20 de Julho de 1969, o astronauta americano Neil Armstrong entrava para a História como o primeiro homem a pisar a Lua! Pois é, e esta semana celebra-se o 40º aniversário da chegada do Homem à Lua!

 

 

 

 

Neil Armonstrong, Michael Collins, Edward Buzz Aldrin

 créditos: NASA

http://thesuperslice.com/

 

Os astronautas deixaram uma placa na Lua, onde se lê: "Here Men From Planet Earth First Set Foot Upon The Moon. July 1969 A.D. We Came In Peace For All Mankind.A tradução : "Aqui os homens do planeta Terra pisaram pela primeira vez a Lua. Julho de 1969. Viemos em paz, em nome de toda a Humanidade."

 

 

Os astronautas Neil Armstrong e Edwin "Buzz" Aldrin foram os dois primeiros homens a pisar na Lua, em 20 de Julho de 1969, naquele "pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade", assim se ouviu dizer a Armstrong! Seu companheiro, Michael Collins, permanecera como piloto no comando da cápsula que os traria de volta à Terra.

 

 

homem-lua2.jpg

 

 

Neil Armonstrong, Michael Collins, Edward Buzz Aldrin a caminho da Apollo

 créditos: NASA

https://www.nasa.gov/

 

Para celebrar o aniversário, a Nasa divulgou no seu sitio oficial ários documentos inéditos: vídeos restaurados da missão Apollo 11, gravações de conversas entre os astronautas nunca ouvidas pelo público, imagens de seis locais de alunagem das missões Apollo captadas pela nova sonda lunar LRO (Lunar Reconnaissance Orbiter), lançada no dia 18 de Junho, para preparar a volta dos americanos à Lua até 2020.

 

 

 

 

Google Doodle 40º Aniversário de chegada à Lua

https://www.google.com/doodles/

 

Google associou-se a estas celebrações com um Doodle que faz referência ao aniversário da chegadado homem à Lua.

 

 

homem-lua4.jpg

 

 

 Presidente Obama e os três astronautas Apollo 11

Neil Armonstrong, Michael Collins, Edward Buzz Aldrin

créditos: Getty Images

https://www.gettyimages.ca/

 

Os três astronautas foram recebidos esta semana na Casa Branca pelo Presidente Obama que enalteceu o enorme feito para a Humanidade!

 

Nessa noite, teve lugar uma festa que reuniu no "Museu Nacional do Ar e do Espaço", em Washington, cerca de dois mil convidados, entre os quais  constavam a tripulação da Apollo 11, os demais astronautas de missões "Apollo" e tripulantes das actuais naves espaciais.

 

 

homem-lua5.jpg

 

 

Presidente Kennedy

"We choose to go to the Moon"

créditos: NASA

https://en.wikipedia.org/

 

Durante a cerimónia no museu foi conferido o título póstumo de "Embaixador da Prospecção" ao Presidente  John F. Kennedy  que incrementou a conquista humana da fronteira espacial e apressou a prospecção lunar.

 

fonte: EEE/AFP

 

 

homem-lua7.jpg

 

 

Apollo 11

créditos: NASA

https://history.nasa.gov/

 

Na manhã de 24 de Julho, a nave caíu em segurança amparada por três páraquedas, no meio do oceano Pacífico.

 

No total, os astronautas norte-americanos estiveram 8 dias, 3 horas, 18 minutos e 35 segundos no Espaço numa missão que cumpriu a meta proposta pelo Presidente John F. Kennedy a 25 de maio de 1961, quando, perante o Congresso dos Estados Unidos, afirmou que acreditava que “esta nação deve comprometer-se em alcançar a meta, antes do final desta década, de pousar um homem na Lua e trazê-lo de volta à Terra em segurança".

 

Actividades:

 

Visitar o site da NASA e explorar o material que lá poderão encontrar! Uma verdadeira aula viva de ciência e astronomia, neste "Ano Internacional da Astronomia".

 

E imaginem só! Até já foi lançado o vídeo Apollo 11 - Man on the Moon! Só para verem a magia da tecnologia:

 

 

 

 
  

As tecnologias têm sido a maior valia no século XX e XXI no desenvolvimento da ciência. E da educação, claro!

 

 Assistir a tudo isto pela televisão em directo é inesquecível. Um feito histórico para toda a Humanidade que pode ver minuto a minuto.

 

A Professora GSouto

 

24. 07.2009

 

 Licença Creative Commons