Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Ciência : Primeira foto de Black Hole ! Parabéns cientista Katie Bouman !

 

Google Doodle celebra a 1ª imagem de um Black Hole

doodler: Nate Swinehart 

https://www.google.com/doodles/

 

Hoje, dia 11 Abril 2019, Google celebra a primeira imagem de um Buraco Negro/ Black Hole com um Doodle criado literalmente 'feito em cima do joelho' por um dos criativos/doodlers da Google.

 

Habitualmente, estas criações são o resultado de várias semanas (ou até meses) de planeamento e rascunhos.  Mas este foi em cima do acontecimento. Ciente da importância científica deste feito, o criativo/doodler Nate Swinehart não perdeu tempo e criou todo o conceito deste Doodle no seu carro, enquanto ia para o trabalho. Parabéns!

 

doodle-black-hole.jpg

 

 

rascunho do Doodle

doodler: Nate Swinehart 

@unlevelednate

 

Google Doodle:

 

O Doodle começa por nos apresentar as palavra Google com um quadrado em branco ao centro, onde é apresentada a fotografia do buraco negro após um 'flash'.

 

Depois de tirada a fotografia, aparece o evento característico dos buracos negros. O centro da fotografia começa a 'aspirar' todos os conteúdos da imagem, acabando por se consumir a si próprio.

 

Nate Swinehart não é um novato neste tipo de criações. Foi responsável por vários Doodles referentes a astros. Para Swinehart, este tipo de eventos são uma excelente oportunidade para criar algo que deixe as pessoas interessadasa neste tipo de acontecimentos.

 

 

black-hole-katie-bouman2.jpg

 

Programadora Katie Bouman

responsável pelo algorítmo que revelou imagem

via  Facebook

 

 

Programadora Katie Bouman:

 

E quem foi a responsável pela prineira foto do buraco negro? Chama-se Katie Bouman, tem 29 anos e foi graças a ela que o mundo assistiu a um marco histórico ontem, dia 10 Abril: a divulgação da primeira fotografia de sempre de um buraco negro.

 

 

 

 

1ª fotografia de Black Hole

https://eventhorizontelescope.org/

 

A jovem cientista foi quem liderou a criação de um algoritmo que permitiu captar a imagem real nunca antes vista pelo Homem, e que veio comprovar a Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein, divulgada há mais de um século, isto é, em 1915.

 

 

black-hole-katie-bouman1.jpg

 

Programadora Katie Bouman

via Facebook

 

Foi em Junho que Katie Bouman e outros investigadores viram pela primeira vez o resultado de vários anos de trabalho e investigação: um “anel de fogo”, criado pela deformação do espaço-tempo, formado pelas ondas de luz que não foram sugadas pelo buraco. Mas Bouman e os colegas tiveram de guardar este segredo durante muito tempo.

 

A imagem foi revelada ao mundo ontem, dia 10 Abril e Bouman pode, finalamente, partilhar o feito publicamente. No Facebook, a investigadora publicou uma fotografia do momento em que assistiu ao processamento da imagem pela primeira vez.

 

 

black-hole-katie-bouman.png

 

Programadora Katie Bouman

via Facebook

 

A cientista explicou ao MIT News que tentar tirar uma fotografia de um buraco negro é como “tentar fotografar uma laranja na Lua, mas com um radiotelescópio”.

 

"Imaginar algo tão pequeno significa que precisamos de um telescópio com 10 mil quilómetros de diâmetro, o que não é prático porque o diâmetro da Terra não chega a 13 mil quilómetros”

 

Katie Bouman

 

Por isso, não foi usado apenas um, mas vários radiotelescópios, localizados em diferentes pontos do globo.

 

Ora, o algoritmo de Bouman foi decisivo no processamento final da imagem, rendendo os dados recolhidos pelos vários radiotelescópios.

 

 

black.hole-margaret-hamilton.jpg

 

 

Programadora Margaret Hamilton

créditos: NASA

https://www.nasa.gov/

 

O MIT comparou mesmo o algoritmo de Bouman ao código da cientista Margaret Hamilton, que permitiu a viagem do Homem à Lua.

 

Apesar da importância do seu contributo, Bouman realça o esforço colectivo desta investigação, o projecto Event Horizon, que envolveu uma equipa de 200 investigadores de todo o mundo, entre astrónomos, engenheiros e matemáticos.

 

 

black-hole-katie-bouman3.png

 

 

via Katie Bouman

Facebook

 

Bouman admitiu que se questiona sobre formas de envolver mais mulheres na ciência.

 

"Às vezes penso sobre isso. Como podemos envolver mais mulheres? Um ponto-chave pode ser mostrar que o trabalho em ciências da computação ou em engenharia não é só sentar no laboratório e montar um circuito ou escrever código no computador. (…) É trabalhar com pessoas de todo o mundo, é ir a telescópios que estão a mais de 4.000 metros de altitude. É trabalhar para captar a primeira fotografia de um buraco negro.”

 

 

Bouman é agora professora assistente de computação e ciências matemáticas no Instituto de Tecnologia da California, em Pasadena, mas diz que vai continuar a trabalhar com o projeto Event Horizon.

 

A Professora GSouto

 

11.04.2019

 

Licença Creative Commons

 

Conhece a matemática Emmy Noether ? Recursos

 

Noether.jpg

 

 

Amalie Emmy Noether

http://upload.wikimedia.org/

 

Emmy Noether foi uma matemática alemã, conhecida pelas suas contribuições de fundamental importância nos campos de física teórica e álgebra abstracta. Considerada por David Hilbert, Albert Einstein, Hermann Weyl e outros, como a mulher mais importante na história da matemática.

 

Emmy Noether, cujo percurso impressionou o físico Albert Einstein, foi a primeira mulher a ser admitida como professora universitária, numa época em que a maior parte das mulheres nem sequer podiam matricular-se no ensino universitário.

 

Google Doodle:

 

doodle-emmy-noether.jpg

 

 

Google Doodle Emmy Noether

Doodler : Sophie Diao

https://www.google.com/

 

Hoje, dia 23 Março 2015, o motor de busca Google celebra o 133.º aniversário do nascimento da matemática alemã Emmy Noether com um Doodle.

 

Emmy Noether, o génio mais criativo no campo da matemática, que fez contribuições inovadoras nos campos da álgebra abstracta e da física teórica, e que ao mesmo tempo que superou o sexismo profundamente arraigado na sua área de investigação.

 

Saber +

 

Emmy Noether nasceu a 23 Março de 1882, na Baviera, Alemanha, numa família dedicada aos números.

 

No início da sua vida escolar, quis ser professora de inglês e francês, mas em 1909 seguiu os passos da familia e especializou-se em Matemática na Universidade de Gottinger.

 

 

emmy-noether5.jpg

 

Emmy Noether

créditos: Sam Falconer

https://www.sciencenews.org/

 

Obteve os primeiros conhecimentos aprofundados na ciência exacta assistindo clandestinamente às aulas de seu pai, Max Noether, que era professor universitário.

 

Pouco depois conseguiu matricular-se e começou a liderar conferências, após o convite do professor David Hilbert, mesmo contra a maioria dos professores que se manifestaram contra esta nova actividade da matemática.

 

noether_postcard_1915.jpg

 

 

Emmy Noether, postal, 1915

http://upload.wikimedia.org/


A carreira de Emmy Noether, enquanto professora, começou depois de concluir a sua tese, quando foi substituir seu pai, cargo que preencheu durante sete anos, mesmo sem receber ordenado.

 

Após este período, Emmy Noether foi convidada por David Hilbert e Felix Klein a integrar o departamento de Matemática da Universidade de Göttingen, um dos mais prestigiados centros mundiais daquela ciência.

 

 

noether2.png

 

 

Emmy Noether

http://www.thephysicsmill.com/

 

A Matemática foi revolucionada com as suas teorias sobre álgebra abstracta. Na Física também deixou a sua marca com um teorema que tem o seu próprio nome e defendeu que "cada simetria corresponde a uma lei de conservação e vice-versa".

 

Ao todo, Emmy Noether deixou-nos 45 trabalhos de investigação. Foi também a inspiradora de grandes referências da Matemática como Max Deuring, Hans Fitting, Chiungtze Tsen e Olga Taussky Todd.

 

 

 

Emmy Noether

http://www.amt.edu.au/

 

Amalie Emmy Noether mudou-se para o Bryn Mawr College, na Pensilvânia, Estados Unidos, em 1933, depois de a Alemanha nazi ter destituído os judeus de quaisquer cargos universitários.

 

Emmy Noether morreu em 1935, aos 53 anos,  nos Estados Unidos. A causa da morte da matemática alemã terá sido uma infecção pós-operatória quatro dias depois de uma intervenção cirúrgica.

 

Albert Enstein defendeu que Emmy Noether foi "a mulher mais importante da história da Matemática". Ela simboliza a mulher que enfrentou o preconceito, o totalitarismo, abraçando a ciência como a sua paixão.

 

 

emmy-noether-book.jpg

 

 

La Extraordinaria Emmy Noether

conto criado pela Universidade do Chile

ilustrações: Paloma Valdivia

https://mujeresconciencia.com/

 

 

Livro:

 

Leitura digital : Informações sobre o conto La Extraordinaria Emmy Noether (castelhano) criado em equipe do Núcleo Milenio Modelos Estocásticos de Sistemas Complejos y Desordenados de la Universidad de Chile e Pontificia Universidad Católica de Chile, com ilustrações de Paloma Valdivia. Ler aqui

 

 

 

 

La Extraordinaria Emmy Noether

conto criado pela Universidade do Chile

ilustrações: Paloma Valdivia

https://mujeresconciencia.com/

 

Actividades:

 


  • Partir do Doodle, para motivar os alunos a conhecer esta mulher matemática, precursora na área da ciência, nomeadamente álgebra e física, currículos que oferecem algumas dificuldades a alguns alunos;

 

  • Motivar as alunas para as áreas da ciência e da matemática, através do diálogo;

 

  • Pesquisa em sites da especialidade, validados pelos professores curriculares.

 

  • Depois da leitura digital do conto de literatura juvenil, La Extraordinaria Emmy Noether (castelhano) abrir o debate sobre a mulher no campo das ciências e da matemática

 

  • Debate sobre o papel da mulher na ciência e na carreira docente. 

 

É frequente haver hoje em dia nas turmas, jovens alunas com uma aptência nata para as matemática. Há que valorizar e incentivar a seguir a área das Matemáticas aplicadas, mesmo enfrentando, ainda hoje, sérios constrangimentos, sobretudo na carreira de investigação ou carreira docente universitária.

 

Este será um excelente momento para alertar alguns educadores de modo a apoiar o mais possível o percurso escolar das alunas.

 

Para alunas mais dotadas na área de Matemática, incentivar à leitura de livros biográficos, e/ou baseados nas teorias desta mulher matemática de finais do séc. XIX e início do séc. XX.

 

A Professora GSouto

 

23.03.2015

 

Licença Creative Commons

Dorothy Hodgkin, sabe quem foi ? Prémio Nobel da Química : recursos

 

 

dorothy1.jpg

 

 

Química  Dorothy Hodgkin

http://www.rsc.org/diversity/

 

Dorothy Hodgkin foi uma cientista britânica, na área da Química, que desenvolveu um trabalho aprofundado sobre 

as estruturas tridimensionais das moléculas, o que a levou a receber o Prémio Nobel da Química em 1964.

 

Doodle:

 

 

 

 

 

Google doodle 104º Aniversário de Dorothy Hodgkin

https://www.google.com/doodles/

 

Google homenageia hoje, dia 12 de Maio, o104º aniversário de Dorothy Hodgkin, dedicando-lhe um Doodle que remete para as estruturas tridimensionais das moléculas. Foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Química em 1964.

 

 

dorothy2.jpg

 

Dorothy Hodgkin

créditos:  J.S. Lewinski

 National Portrait Gallery, London

https://www.npg.org.uk/collections/

 

Dados biográficos:

 

Dorothy Mary Crowfoot Hodgkin nasceu no Cairo, Egipto, a 12 de Maio de 1910. Tinha a nacionalidade britânica, apesar das suas origens egípcias, filha de um arqueólogo, director da Escola Britânica de Arqueologia de Jerusalém.


Sua mãe acompanhava o marido nos trabalhos de arqueologia e dedicava-se também à botânica. Mas Dorothy Hodgkin nunca se sentiu atraída pela arqueologia. Desde a adolescência sentiu-se mais vocacionada para a química.
 

Teve aulas privadas, tendo em vista a aprovação no exame de admissão à Universidade de Oxford, na área de Química, na unidade feminina daquela instituição. E Dorothy Hodgkin conseguiu  entrar em Oxford, em 1928, com apenas 18 anos de idade.

 

 

 

 

Dorothy Hodgkin

http://upload.wikimedia.org/

 

Depois de concluir o curso, Dorothy prosseguiu os estudos na Universidade de Cambridge, onde conclui o doutoramento, em 1937, ano em que se casa com o historiador Thomas Lionel Hodgkin. É nesta altura que a química britânica se começa a notabilizar.

 

O reconhecimento mundial ocorreu em 1964, quando foi distinguida com o Prémio Nobel da Química, que reconhece a valia do seu estudo sobre a estrutura das proteínas. Dorothy Hodgkin conseguiu determinar a estrutura da vitamina B12.

 

A cientista aprofundou os estudos na área das biomoléculas, determinandi a sua estrutura tridimensional, através da cristalografia de raios X.

 

Do encontro com inúmeros investigadores, nasceu, em 1947, a União Internacional de Cristalografia, que tem Dorothy Hodgkin como principal impulsionadora.

 

Ao longo de 35 anos, Dorothy Hodgkin fez investigações sobre a estrutura da penicilina e também da insulina - esta última considerada extremamente complexa na época.

 

 

 

 

Modelo molecular da  Penicilina de Dorothy Hodgkin c 1945

http://upload.wikimedia.org/

 

É pois este seu estudo que inspira o Google doodle de hoje. Se fosse viva, completaria 104 anos. A idade do cineasta português, Manoel de Oliveira.

 

A partir de 1969, Dorothy percorre o mundo para  participar em palestras onde abordava a importância da insulina na diabetes.

 

 

 

 

Dorothy Hodgkin celebrada com um selo no Reino Unido

http://www.chemheritage.org/

 

Mesmo com a saúde debilitada, devido a uma artrite reumatoide, Dorothy Hodgkin prosseguiu o seu trabalho, ao longo de anos. Morreu em Ilmington, a 29 de Julho de 1994, vítima de um AVC.

 

Mais um exemplo de mulher dedicada à ciência,  tornando-se uma inspiradora para muitas jovens e mulheres que seguem a Quíimica. Tal como Grace Hoper, a primeira mulher programadora que teve também direito a doodle. Estou convencida que Google aprecia as mulheres que se notabilizam em qualquer área. E com razão.

 

 {#emotions_dlg.meeting}

Actividades:

 

Curiosos ? Nada como investigar o percurso desta cientista. Estou convicta que vão querer saber mais sobre esta cientista que valorizou o estudo da Química.

 

Links úteis:

 

Chemical Heritage Foundation | Dorothy Hodqkin

http://www.chemheritage.org/ 

Nobel Prize Dorothy Hodqkin (Biographical)

http://www.nobelprize.org/ 

The Nobel Prize in Chemistry 1964

http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/chemistry/laureates/1964/  

The Royal Society | Dorothy Hodqkin

https://royalsociety.org/grants/schemes/dorothy-hodgkin/

 

 

A Professora GSouto

 

12.05.2014

 

 Creative Commons License