Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Alice do Outro Lado do Espelho : conto literário

 

 

 

 

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

 

 

 

Johnny Depp/ O Chapeleiro

Alice do Outro Lado do Espelho

créditos: Johnny Depp

http://static.globalnoticias.pt/

 

E cá temos o famoso actor Johnny Depp e a sua personagem O Chapeleiro, na ocasião do lançamento de Alice do Outro Lado do Espelho, de James Bobin, que estreou nas salas portuguesas esta semana, dia 25 de Maio.

 

 

alice-outro-lado-espelho.jpg

 

 

Alice no País das Maravilhas

Tim Burton, 2010

http://www.imdb.com/

 

O segundo filme da Disney é baseado num livro de Lewis Carroll. O livro Alice no País das Maravilhas festejou 150 anos da sua publicação em 2015. Mas as celebrações continuam.

 

Em Março de 2016, a British Library apresentavas ainda uma exposição Alice in Wonderland.

 

Depois de Alice no País das Maravilhas, de Tim Burton, 2010, temos agora Alice do Outro Lado do Espelho, realizado por James Bobin. Mesmo elenco, encabeçado por Johnny Depp, Mia Wasikowska e Helena Bonham Carter, interpretando as mesmas personagens.

 

 

 

 

Alice do Outro Lado do Espelho

James Bobin, 2016

http://www.imdb.com/

 

Também com a mesma argumentista (Linda Woolverton), o mesmo responsável pela música (Danny Elfman), mas com mais efeitos digitais do que Alice no País das Maravilhas.O elenco continua brilhante e os cenários mágicos.

 

Saber + 

 

De novo mesmo, temos Sacha Baron Coen no papel do 'Tempo'.  Ele é o 'Tempo', quem controla os minutos e os segundos, quem decide quem tem de morrer. É um vilão que, no fundo, tem um coração mole. Faz tudo para conquistar a insuportável Rainha Vermelha e, no fim, ainda se sacrifica pelo grupo. 

 

 

 

Tempo/ Sacha Baron Coen

http://filmes.disney.pt/

 

O realizador, desta vez, não é Tim Burton, mas sim James Bobin.Tim Burton é apenas o produtor. Mas não se nota assim tanto a alteração do realizador. Bobin segue a mesma linha de Burton.

 

Os cenários continuam profuso em pormenores e cor, os efeitos visuais ganham ainda mais destaque em 3D e a componente mágica é magnífica na maioria das cenas.

 

 

 

 

Alice

Lewis Carroll

http://www.mat.uc.pt/

 

Há uma ligação relativa ao livro homónimo, o que Burton manteve no primeiro filme. Alice do Outro Lado do Espelho é um filme fantástico que pode ser visto em 3D ou 2D. Tem uma história que nos faz perder a cabeça por duas horas, o tempo que é central à sua intriga.

 

A história corre apressada com viagens ao passado, dentro de viagens ao passado e, se se distrair, corre o risco de já não perceber nada do que se passa.

 

Diz-se que há indícios de um certo plágio da 'Cronosfera', a máquina em que Alice viaja no tempo, quase em tudo semelhante à do professor Mortimer em A Armadilha Diabólica, e de A Máquina do Tempo do filme de George Pal baseado no clássico de H.G. Wells.

 

 

 

 

O Chapeleiro/ Johnny Depp

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Em Alice do Outro Lado do Espelho, o 'Chapeleiro' perdeu muita da alegria do primeiro filme, mas revela um lado mais humano e vulnerável desta personagem, quase a morrer de desgosto, convencido de que ninguém acredita nele, quando afirma que a sua família ainda está viva.

 

Johnny Depp é cativante neste género de papéis carregados de adereços e maquilhagem.

 

 

 

 

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Sinopse:

 

Desta vez, as aventuras de Alice Kingsleigh seguem-na pelos oceanos, mas mais precisamente no seu retorno a Londres. Ela depara-se com um espelho mágico e regressa ao fantástico mundo subterrâneo, onde voltará a rever os velhos amigos Coelho Branco, a lagarta Absolem, O Gato Risonho e o Chapeleiro Maluco. Este último parece ter perdido de vez a sua insanidade.

 

Então Mirana – a Rainha Branca – envia Alice numa viagem em busca da Cronosfera, um globo metálico que fica dentro da câmara do Grande Relógio que controla todo o tempo. De volta ao passado, ela reencontra amigos mas também inimigos numa luta contra o tempo para salvar o Chapeleiro. 

 

 

 

 

 

Ir + longe:

 

Uma reflexão sobre o tempo e os seus paradoxos. Este Alice do Outro Lado do Espelho tem uma vantagem sobre Alice no País das Maravilhas: estrutura menos episódica e uma outra unidade narrativa.

 

 

alice-outro-lado-espelho1.jpg

 

 

Rainha de Copas/ Helena Boham

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Comparando com o livro original de Lewis Carroll (sabemos que foi feita uma grande adaptação do livro para chegar ao filme) esta vence na descrição das personagens: o Chapeleiro Louco está melhor explorado e a Rainha de Copas de Helena Bonham Carter tem mais piada.

 

Claro que se esvanece a novidade da estética de explosão cromática digital, mas, no geral, Bobin consegue um filme mais sólido, segundo as críticas, só aqui e ali traído pela necessidade cumprir prazos de blockbuster de Hollywood.

 

 

 

O Chapeleiro/ Johnny Depp

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Johnny Depp adorou voltar à sua personagem de Chapeleiro Louco, conforme afirmou na apresentação do filme.

 

"Os filmes tornaram-se o meu emprego diário e agora poder voltar a ser o Chapeleiro é mesmo um presente do caraças! Um ator pensa sempre que pode fazer mais ou menos pelas suas personagens e agora tive essa oportunidade." (...) "Basicamente, este filme leva o Chapeleiro a um estado ainda mais louco e de perdição. Foi desafiante".

 

Johnny Depp

 

 

 

 

Rainha Branca/ Anne Hathaway

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

 Actividades:

 

  • Rever Alice no País das Maravilhas na sala de aula para que os alunos possam compreender melhor Alice do Outro Lado do Espelho.

Esta actividade deve ser acompanhada com a leitura integral do livro Lewis Caroll.

  • Visita de estudo: ida ao cinema com os alunos para ver o novo filme, Alice do Outro Lado do Espelho.

A leitura do livro original poderá ser feita em currículos de 8º/ 9º anos, depois da visita de estudo.

  • Revisão do Conto Literário

 

 A Professora GSouto

 

28.05.2016

 

Licença Creative Commons

Oububro Rosa : Vamos participar na escola ? Recursos

 

 

pink-october1.jpg

 

 

Hoje, 30 de Outubro é Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama. Em Portugal são detectados anualmente cerca de 5 000 novos casos de cancro da mama e 1 500 mulheres morrem vítimas desta doença.

 

Apesar da gravidade dos números, a taxa de mortalidade tem vindo a diminuir ao longo dos anos o que nos enche de alegria.

 

Há no entanto um outro dia dedicado a esta terrível doença. Dia Mundial de Luta Contra o Cancro, 4 de Fevereiro.

 

O objectivo do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro é desmistificar algumas das ideias pré-concebidas sobre o cancro, informar sobre factores reais da doença e apoiar todos os que estão sofrendo de uma doença que, felizmente, tem feito muitos progressos na cura.

 

 

Pink-Out-Loud-paul-mitchel.jpg

 

Saber +

 

A celebração do Dia Mundial baseia-se na Carta de Paris, aprovada em 4 de fevereiro de 2000, na Cimeira Mundial Contra o Cancro para o Novo Milénio.

 

A Carta apela à aliança entre investigadores, profissionais de saúde, doentes, governos e parceiros da indústria no âmbito da prevenção e tratamento do cancro

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 40% de todos os cancros podem ser prevenidos e outros podem ser detectados numa fase precoce do seu desenvolvimento, tratados e curados.

 

 

pink-october.jpg

 

 

Este post é a nossa homenagem aos queridos alunos que perderam o combate, mas não deixaram de lutar. Um toque especial deixaram en nossas vidas. Na minha, em especial.

 

É também para os alunos que possam ter sofrido uma perda na família e com quem nos cruzamos no dia-a-dia na escola, nas nossas aulas.

 

Assunto delicado, mas que deve ser introduzido nas áreas curriculares, de modo a ajudar todos os jovens que enfrentam a doença pessoalmente ou na pessoa de um familar, pai ou mãe ou até em alguns casos irmãos.

 

Objectivo:

 

Desmitificar o preconceito, desfazer medos, apoiar todos os que sofrem em si ou com familiares.

 

 

 

 

A Culpa é das Estrelas, 2014

The Fault In Our Starts

http://www.imdb.com/

 

Proposta:

 

A Culpa é das Estrelas - filme, livro - a explorar em sala de aula. Diferentes áreas curriculares.

 

A Culpa é das Estrelas, tradução de The Fault in Our Stars, foi realizado por Josh Boon, e  estreou em Portugal em Junho de 2014.

 

Nivel etário: + 12 anos.

 

 

culpa-das-estrelas3.jpg

 

 

 A Culpa é das Estrelas

John Green

lEdições ASA

http://www.fnac.pt/

 

Baseado no livro A Culpa é das Estrelas de John Green, o filme conta a história de dois adolescentes - Augustus e Hazel - que frequentam a mesma escola e um dia chocam um com o outro nos corredores.

 

Em Janeiro 2013, esta novela de Green The Fault in Our Stars foi aclamado pela crítica da especialidade e chegou a ser um best-seller da lista de vendas do jornal The New York Times

 

Não é um livro alegre, embora tenha passagens divertidas e cheias de ternura. Mas é um livro de história de vidas que vai encantar e comover.

 

Talvez muitos tenham visto a sua adaptação ao cinema. Passou nas salas durante os meses de verão de 2014. Eu fui vê-lo. E adorei. Na sala, muitos adolescentes acompanhados pelos pais.

 

Todos saimos muito comovidos, embora tenhamos rido e chorado ao longo do filme. É uma lição de vida que fala de dois adolescentes que viveram intensamente os últimos meses das suas vidas.

 

 

 

 

 

 

Resumo:


Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Jovens com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente rescrita...

 

Perspicaz, arrojado, irreverente, mas real. A Culpa é das Estrelas é a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado na adolescência.

 

 

 

 

A Culpa é das Estrelas, 2014

The Fault In Our Starts

http://www.imdb.com/

 

Será, neste mês de Outubro dedicado à prevenção do cancro em Portugal, uma bela e sensível homenagem a todos os jovens e crianças que são atingidos pela doença, mas que vivem com alegria e esperança até ao último instante. É o caso de Augustus, e foi o caso da Princesa Nónó que nos encantou durante a sua curta vida, com os seus sorrisos que enchem as nossas almas.

 

 

 

 

A Culpa é das Estrelas, 2014

The Fault In Our Starts

http://www.imdb.com/

 

Actividades:

  • Informar-se na bibliteca da escola se o livro em vários exemplares faz parte dos livros adquiridos, para distribuir pelos alunos da turma. Se não houver, o que duvido, dado que foi um livro, a partir do filme que chamou a atenção de pedagogos e adolescentes. Mas se for o caso, a professora poderá apresentar uma Ficha formativa de leitura orientada com excertos do livro de John Green.
  • Se a mediateca da escola não tiver adquirido The Fault In Our Starts (video), poderão dirigir-se previamente a clube de video e depois projectar na sala de aula, não sem antes fazer uma preparação do grupo/turma.
  • “O verdadeiro amor nasce em tempos difíceis.” (Pág. 31) : deixar os alunos expressar-se sobre esta frase do livro.
  • Dar a palavra aos alunos : há alunos que já leram o foram ver o filme com os pais que gostarão de expor as suas opiniões sobre as duas personagens adolescentes, seus comportamentos diversos face à mesma doença. Haverá alunos que poderão conectar esta história com suas vivências pessoais.
  • Propor a criação de letra para uma canção de esperança que poderá ser posteriormente musicada com o apoio dos curriculos de Música.
  • Também em transdiscplinaridade, propor aos professores de Educação Física a organização de uma Corrida Rosa (alunos, professores, pais, auxiliares de educação).

 

 A razão deste meu post ? Apoiar os alunos a  lidar com os mais variados lados da vida. A mensagem é forte, real, mas muito terna.

 

Sei que apesar de tudo. vão gostar. E se viram o filme, vão gostar de ler ou reler o livro. Encantador, humano, tremendo, comovente. Uma lição de vida.

 

Professores podem convidar os alunos a visitar sobre o mesmo tema, o BlogSdiz (FrançaisLE) Octobre Rose : On participe au collège et lycée ? que apresenta uma outra leitura que poderá incentivar os alunos  a apresentar um livro ou filme sobre o tema, e que tivessem gostado.

 

A Professora GSouto

 

30.10.2015

 

 Licença Creative Commons