Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Prof. Stephen Hawing : Olhando as estrelas !

 

 

stephen-hawking6.jpg

 

 

Stephen Hawking

créditos: NASA/ Paul Alers

https://www.nasa.gov/

 

Hoje ficámos todos mais pobres. Stephen Hawking morreu esta madrugada, dia 14 Março 2018, aos 76 anos. Um dos raros que conseguem ver o que está lá mas mais ninguém vê.

 

Aos 21 anos pensou que apenas viveria mais dois. Fora-lhe diagnosticada uma doença degenerativa que, de forma progressiva, lhe paralisou os músculos.

 

 

stephen-hawkings.jpg

 

 

Stephen Hawking

Wikipedia

https://pt.wikipedia.org/

 

Stephen Hawking, o físico britânico que revolucionou a forma como olhamos o Universo Os filhos do cientista, Lucy, Robert e Tim, publicaram num comunicado: O nosso pai foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos”.

 

"Este não seria um grande universo se não fosse a casa das pessoas que amamos"

 

Stephen Hawking

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: Autor não identificado

http://portocanal.sapo.pt/

 

Hawking é um dos cientistas com maior destaque desde o físico alemão Albert Einstein. A sua obra "Uma Breve História do Tempo" é um dos livros mais vendidos no mundo.

 

Doutor em Cosmologia, foi professor lucasiano emérito na Universidade de Cambridge, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

 

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: David L. Ryan / The Boston Globe / Getty Images

https://www.newyorker.com/tech/

 

Foi, pouco antes de morrer, director de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica (DAMTP) e fundador do Centro de Cosmologia Teórica (CTC) da Universidade de Cambridge

 

Nada fez parar o físico britânico que fica conhecido como a estrela da física ou o 'embaixador da ciência' segundo grandes cientistas das actualidade.

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: ZERO-G/ Steve Boxall

http://www.bbc.com/news/

 

Alguns dados biográficos:

 

Stephen William Hawking nasceu a 8 de Janeiro de 1942 em ]Oxford, Oxfordshir (Reino Unido), exactamente no aniversário de 300 anos da morte de Galileu.

 

Filho de Frank Hawking, um biólogo pesquisador que trabalhava como parasitólogo no Instituto Nacional de Pesquisa Médica de Londres, e Isabel Hawking.

 

Hawking foi sempre interessado pela ciência. Durante a infância foi um bom aluno, mas não considerado excepcional.

 

Entro em 1959 na University College, Oxford, onde pretendia estudar matemática. Como não existia essa área em Oxford, optou então por física, licenciando-se em 1962.

 

 

 

 

Stephen Hawking & Jane Hawking 

créditos: via Facebook

https://www.facebook.com/stephenhawking/

 

Casou pela primeira vez em Julho de 1965 com Jane Hawking com quem teve três fillhos. Separou-se em 1991. 

 

Em 1985, uma grave pneumonia deixou-o a respirar por um tubo, forçando-o, desde então, a comunicar através de um sintetizador de voz eletrónico. Mas Hawking continuou a desenvolver as suas pesquisas na área da ciência, a aparecer na televisão.

 

Casou com sua enfermeira Elaine Mason 1995. Divorciou em 2006, devido a maus tratos que esta lhe infligiu ao longo dos anos que viveu com o cientista.

 

Doutorou-se na Trinity Hall,Cambridge em 1966, de onde era um membro honorário. Depois de obter doutorado, passou a ser pesquisador e, mais tarde, professor no Gonville and Caius College.

 

Depois de abandonar o Instituto de Astronomia em 1973, Stephen entrou para o Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica tendo, entre 1979 e 2009, ano em que atingiu a idade limite para o cargo, ocupado o posto de professor lucasiano de Matemática, cátedra que fora de Newton, tendo sido professor lucasiano emérito da Universidade de Cambridge.

 

Hawking continuou sua investigação em física teórica, ao mesmo tempo com vasto programa de viagens e conferências apoioado na vida em família junto dos três filhos e três netos.

 

Em 2007 Stephen Hawking embarcou num Boeing 727 modificado em Kennedy Space CenterNASA, na Florida (Estados Unidos), que então realizou arcos parabólicos onde a aeronave está em queda livre, permitindo que o Hawking experimentasse momentos de gravitação no espaço, imitando assim flutuar no espaço e que é usado para treinar astronautas.

 

stephen-hawking-cartoon.jpg

 

Stephen Hawking

tributo caricatura William Medeiros

 

Livros:

 

Entre o legado imenso que nos deixa, estão os livros. A Minha Breve História e Breve História do Tempo entre outros.

 

 

 

 

Breve História do Tempo

Stephen Hawking

edições Gradiva

https://www.fnac.pt/

 

Breve Hsitória do Tempo de Stephen Hawking foi publicado em 1988. Tornou-se uma referência incontornável da divulgação científica, com mais de 9 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

 

Sinopse: actualizada

 

Essa edição encontrava-se no limiar do que era então conhecido acerca da natureza do universo. Mas a última década tem assistido a avanços extraordinários na tecnologia de observação dos mundos micro e macroescópicos, confirmando muitas das previsões teóricas do professor Hawking.

 

Com o intuito de incluir os novos conhecimentos revelados por essas observações no texto original, o cientista escreveu uma nova introdução, actualizou os capítulos originais e acrescentou um capítulo inteiramente novo sobre o tema fascinante dos buracos negros e das viagens no tempo.

 

A Breve História do Tempo conduziu habilmente os não-cientistas de todo o mundo na busca contínua dos segredos escondidos no coração do tempo e do espaço. Esta edição mostra claramente o motivo pelo qual o eloquente clássico do professor Hawking transformou a nossa visão do universo.

 

Nota: Livro recomendado pelo PNL para o Ensino Secundário.

 

 

 

 

George e a Caça ao Tesouro Cósmico

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Hawking também escreveu para crianças em parceria com sua filha Lucy Hawking. Uma trilogia sobre o espaço que incentiva os mais novos a apaixonar-se pela ciência.

 

 

 

 

George e a Chave Secreta para o Universo

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

 

 

 

George e o Big Bang

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Emocionantes histórias de aventuras, que nos levam de volta ao momento em que surgiram o espaço e o tempo. Recheado de voltas e reviravoltas, por buracos de minhoca até ao limiar do conhecimento.

 

Incluem ensaios de alguns dos mais importantes cosmologistas, enredos emocionantes e uma série de entradas científicas de fácil leitura. Incluindo um conjunto de fotografias a cores, ilustrando as maravilhas do cosmos, George e o Big Bang, o volume final da trilogia, encerra as aventuras de George pelo universo.

 

Nota: Livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura , 3º Ciclo. E por que não 2º ciclo?

 

 

 

 

A Teoria de Tudo

Stephen Hawking

https://www.fnac.pt/

 

 

Biopic: livro & filme:

 

Livro/ Sinopse:

 

Hawking acreditava que os avanços da física teórica deviam «poder ser compreendedidos pelo grande público, e não apenas por alguns cientistas». Neste livro, propõe a extraordinária aventura da descoberta do cosmos e do nosso lugar nele.

 

Em sete lições, responde à curiosidade de todos aqueles que já olharam fascinados para o firmamento e se perguntaram o que há lá em cima e como foi lá parar.

 

 

 

 A Teoria de Tudo

James Marsh, 2014

 

 

Filme:

 

Um filme autoibiográfico sobre o amor e capacidade de superação. A Teoria de Tudo adapta a obra biográfica Travelling to Infinity: My Life with Stephen, onde Jane Wilde Hawking descreve os anos ao lado de Stephen.

 

Suponho que todos nós vimos este filme tão dramático, mas belo e muito inspirador.

 

 

 

 

The Simpson

série televisão

https://giphy.com/gifs/

 

 Actividades:

 

  • Fica ao critério de cada professor a introdução da vida e obra de Stephen Hawking. Os recursos educativos são muitos.
  • Biografia, conversas em conferências, livros, filmes séries de televisão The Simpson e a Teoria de Big Bang. Os alunos também deverão contribuir com as suas próprias sugestões.
  • Um projecto transcurricular será muito enriquecedor dada a riqueza desta personalidade carismática da ciêcnia e da Cosmologia.

 

 "Mesmo que a vida pareça difícil, há sempre algo que podemos fazer para ter sucesso nela."

 

Stephen Hawking

 

A Professora GSouto

 

16.03.2018

 

Licença Creative Commons

Dia Mundial da Criança : A Minha Vida de Courgette : explorar em sala de aula

 

 

 

 

 

A Minha Vida de Courgette

Claude Barras, 2016

http://cinecartaz.publico.pt/ 

 

A Minha Vida de Courgette está nas salas portuguesas. Um filme de animação do suiço Claude Barras. Foi nomeado para os Oscars 2017, na categoria de Melhor Filme de Animação.

 

No Dia Mundial da Criança, um fime que fala de algumas crianças em perigo, vítimas de maus tratos, mas com uma ternura que tocará os alunos. 

 

 

courgette2.jpg

 

 

A Minha Vida de Courgette

Claude Barras, 2016

http://www.rts.ch/fiction/

 

 

Sinopse

 

Courgette é uma alcunha curiosa para um rapaz de nove anos. Porém, a sua história única é surpreendentemente universal. Após a morte acidental da sua mãe, uma alcoólica violenta, Courgette torna-se amigo do polícia Raymond, que o acompanha ao orfanato, cheio de outros jovens da sua idade. Crianças vindas de famílias desfeitas pela droga, pela violência, pelo abandono ou pelo desleixo.

 

No início, tem de lutar para encontrar o seu espaço nesse ambiente estranho e por vezes hostil. Mesmo assim, com a ajuda de Raymond e dos seus novos amigos, Courgette acaba por aprender a confiar e pode ser que encontre o verdadeiro amor.

 

 

courgette4.jpg

 

 

 Claude Barras

A Minha Vida de Courgette, 2016

http://www.c7nema.net/

 

"Quando tinha 10 anos li um livro o qual achei muito bom (Autobiographie d'une courgette), que me remetia às séries de órfãos como Nobody's Boy: Remi ou a Heidi. Hoje em dia há menos diversidade de filmes para crianças, não há muitos filmes realistas ou que simplesmente falam da realidade para os mais novos. Foi por isso que decidi adaptar o livro.

 

Courgette é um pouco diferente dos outros filmes. Em vez de ser um filme para crianças, é um filme sobre crianças.

 

É uma abordagem realista sobre a infância na animação, a dirigir-se também às crianças e com a estrutura de um conto."

 

Claude Barras, excerto entrevista C7nema

 

 

courgette3.jpg

 

A Minha Vida de Courgette

Claude Barras, 2016

http://www.rts.ch/fiction/

 

Saber +

 

Não parece ser tema para um filme de animação, mas é. Fala de coisas muito sérias que implicam os adultos e as crianças, sem perder humor e ternura.

 

A Minha Vida de Courgette, é uma produção franco-suíça, a primeira longa-metragem do realizador suíço Claude Barras, escrito pela também realizadora e argumentista francesa Céline Sciamma, com base no livro Autobiographie d’une Courgette, de Gilles Paris.

 

 

courgette-livre.jpg

 

 

Autobiographie d'une Courgette
Giles Paris, 2001
http://livre.fnac.com/

 

Foi nomeado para o Óscar de Melhor Filme de Animação (longa-metragem). Ganhou, entre muitos outros prémios, o Cristal de Prata e o Prémio do Público do Festival de Annecy,  Festival d'Angoulême, o Prémio de Cinema Europeu para a Melhor Animação, o César da respectiva categoria em Les César, bem como a Monstra 2017 (programação Pais e Fillhos).

 

 

 

 

 

Claude Barras neste filme inventivo, subtil, melancólico e afetuoso, que pega no que é delicado e complexo e o troca – literalmente — por miúdos de forma simples e eficaz, conseguindo tocar e envolver os mais pequenos e os mais crescidos. Mostra com poesia o dia-a-dia de um orfanato.

 

 

courgette6.jpg

 

 

A Minha Vida de Courgette

Claude Barras, 2016

http://www.rts.ch/fiction/

 

Educadores:

 

A Minha Vida de Courgette é, sem dúvida, um recurso digital extremamente rica no processo de aprendizagem para a vida sob e ponto de vista pedagógico. 

 

Uma reflexão sobre sentimentos e afectos crianças em perigo e perante situações adversas - sem pais para os acarinhar, e a viver em casas de acolhimento que, algumas vezes não oferecem as melhores condições estruturais. Uma importantee comovedora históra de aprendizagem.

 

Adoro filmes de animação. Eu muitas vezes integro-os como recursos educacitovos nos currículos escolares. 

 

Lembro mais recentemente, As Memórias de MarnieO Conto da Princesa Kaguya entre outros (currículos Língua Portuguesa, currículos Língua Francesa LE).

 

Os resultados pedagógicos junto dos alunos são magníficos. Dão uma certa frescura aos programas curriculares imprimindo uma dinâmica viva e criativa.

 

 

courgette7.jpg

 

A Minha Vida de Courgette

Claude Barras, 2016

http://www.rts.ch/fiction/

 

Actividades: 

 

  • Rever género literário: a Narrativa;
  • Fazer estudo comparado da literatura infantil e juvenil;
  • No caso de aluno/aluna que já ultrapassaram situações de perigo e/ou orfandade, apelar para o um testemunho (mediante conversa prévia para saber se os alunos estáo disponíveis para o fazer) em sala de aula.
  • Exprimir por escrito (diário) sentimentos de solidão, abandono, orfandade, maus tratos, por parte dos alunos.
  • Antes ou depois da exploração de algumas destas actividades, segundo o tempo de exibição em salas de cinema, agendar uma visita de estudo: ida ao cinema verA Mnha Vida de Courgette.
  • Posterior debate em sala de aula. 
  • Possível projecto transcurricular: Lingua Portuguesa, Educação Visual, Música, Tenologias.

 

Nota: Não aconselhável a alunos cujo nível etário seja inferior a 9/10 anos se não forem previamente preparados para a temática do filme.

 

A Professora GSouto

 

102.06. 2017

 

Licença Creative Commons

 

Livros : Harry Potter e a Criança Amaldiçoada edição em português

 

harry-potterlivro.jpg

 

http://www.fnac.pt/

 

Lembram o lançamento do novo livro Harry Potter and the Cursed Child? Foi um imenso sucesso em Portugal e no mundo. Esgotadas as primeiras edições. Embora muitos leitores se manifestassem um pouco desiludidos. 

 

Já quanta à peça de teatro em cena em Londres, todos se rendem e elogiam com muito apreço.

 

Pois agora surge a versão portuguesa do texto integral de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, de J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne. É editada no dia 24 de Setembro, segundo a Editorial Presença, que chancela a obra.

 

"A edição especial do guião da peça de teatro, em Portugal, tem data de publicação prevista para o próximo dia 24 de Setembro, proporcionando assim a leitura da oitava história de Harry Potter a todos os fãs portugueses que não tenham a possibilidade de ver a peça, de Jack Torne, num dos palcos de Londres".

 

Presença/  Lusa

 

harry-potter-cursed-child-lello2.jpg

 

Fã Harry Potter | Livraria Lello

Harry Potter and The Cursed Child

créditos: Livraria Lello

https://www.facebook.com/LivrariaLello/

 

A nova história "do mais famoso feiticeiro do mundo", Harry Potter, foi traduzida para português por Marta Fernandes e Helena Sobral, e surge dezanove anos depois da primeira aventura.

 

Uau! Tempo passa. Lembro como se fosse hoje quando lemos Harry Potter e a Pedra Filosofal nas nossas aulas curriculares de Língua Portuguesa. Que excitação este livro nos trouxe! Dessa leitura sairam actividades muito criativas que nos encheram de orgulho.

 

Mas voltemos ao oitavo livro agora publicado em Português. A peça é "baseada numa história original" de J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne.

 

Resumo:

 

"A oitava história. Dezanove anos depois. Baseada numa história original de J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne, "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" - a nova peça de teatro de Jack Torne -, cuja estreia mundial decorreu no West End em Londres no passado dia 30 de Julho, é a primeira história oficial de Harry Potter a ser apresentada em versão teatral.

 

Foi sempre difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele se tornou num muito atarefado funcionário do Ministério da Magia, casado e pai de três crianças em idade escolar.

 

Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar para trás, o seu filho mais novo, Albus, tem de se debater com o peso de um legado familiar que nunca desejou. Quando o passado e o presente se cruzam, pai e filho confrontam-se com uma desconfortável verdade: por vezes as trevas vêm de lugares inesperados."

 

 

 

 

J.K. Rowling é a autora, como bem sabemos, da saga Harry Potter que veio dar uma lufada de ar fresco à literatura juvenil. Foi com esta saga que ganhou o Prémio Hans Christian Andersen, considerado o Prémio Nobel da Literatura Infantil.

 

Constituída por sete volumes, publicada entre 1997 e 2007, com mais de 450 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, presente em mais de 200 territórios e traduzida para 79 línguas, deu origem a oito grandes produções cinematográficas.

 

Seguimos tudo isto com entusiasmo: livros, filmes. Não perdemos nenhum desses momentos. Quer lendo os livros quer indo ao cinema ver os filmes que nos empolgaram até final. Cada livro, cada filme, uma autêntica aventura de magia.

 

 

Harry-Potterlivro4.jpg

 

http://www.fnac.pt/

 

A autora escreveu ainda três livros cujas receitas revertem a favor de instituições de solidariedade: O Quidditch através dos tempos e Monstros fantásticos e onde encontrá-los, cujas vendas contribuem para a Comic Relief, associação criada pelo comediógrafo Richard Curtis e o actor Lenny Henry, para combater a fome na Etiópia, a app Harry Potter and the Deathly Hallows de apoio à associação Children in Neede Os contos de Beedle, o bardo, a favor da Lumos, uma associação de protecção da infância. Também foi lido em Ler +.

 

Em 2012, J.K. Rowling criou o site Pottermore, através da qual os fãs vão encontrando textos mais recentes e, ao mesmo tempo, "aprofundando a sua experiência no mundo da feitiçaria".

 

 

 

 

 

Além desta sua colaboração em "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada", J.K. Rowling estreia-se como argumentista no filme Monstros fantásticos e onde encontrá-los, cuja estreia está prevista para Novembro próximo. Aguardamos com ansiedade, verdade?

 

E tal como se esperava, ontem ao bater das 24 badaladas, as livrarias foram invadidas por centenas de fãs de todas as idades. Da geração que cresceu com Harry Potter até aos recentes leitores.

 

 

harry-potter-crianca-amaldicoada1.jpg

 

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

créditos: Filipe Amorim/ Global Imagens

http://static.globalnoticias.pt/

 

Várias livrarias associaram-se ao momento abrindo fora de horas com programas especiais de animação que os leitores da saga facilmente associaram à mesma.

 

Actividades:

 

  • Estar atentos ao dia 24 Setembro! Publicação do livro em língua portuguesa. Procurar na vossa livraria favorita.
  • Perante o conteúdo deste post, tenho a certeza que muitas actividades vão desenvolver até ao início das aulas, já na próxima semana.
  • E por que não propor à vossa professora curricular alguma actividade baseada nas informações aqui divulgadas?

 

A Professora GSouto

 

09.09.2016

 

actualizado 24.09.2015

 

 Licença Creative Commons

 

Oububro Rosa : Vamos participar na escola ?

 

 

 

Hoje, 30 de Outubro é Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama. Em Portugal são detectados anualmente cerca de 5000 novos casos de cancro da mama e 1500 mulheres morrem vítimas desta doença.

 

Apesar da gravidade dos números, a taxa de mortalidade tem vindo a diminuir ao longo dos anos o que enche de alegria.

 

Há no entanto um outro dia dedicado a esta terrível doença. Dia 4 de Fevereiro é Dia Mundial de Luta Contra o Cancro.

 

O objectio do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro é desmistificar algumas das ideias pré-concebidas sobre o cancro e informar sobre factores reais da doença e apoiar todos os que estão sofrendo de uma doença que tem feito muitod progressos na cura.

 

 

Pink-Out-Loud-paul-mitchel.jpg

 

Saber +

 

A celebração do Dia Mundial baseia-se na Carta de Paris, aprovada em 4 de fevereiro de 2000, na Cimeira Mundial Contra o Cancro para o Novo Milénio.

 

A Carta apela à aliança entre investigadores, profissionais de saúde, doentes, governos e parceiros da indústria no âmbito da prevenção e tratamento do cancro

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 40% de todos os cancros podem ser prevenidos e outros podem ser detetados numa fase precoce do seu desenvolvimento, tratados e curados.

 

Este post é a nossa homenagem a todos os nossos alunos que possam ter sofrido uma perda na família e com quem nos cruzamos no dia-a-dia na escola, nas nossas aulas.

 

Assunto delicado, mas que deve ser introduzido nas áreas curriculares, de modo a ajudar todos os jovens que enfrentam a doença pessoalmente ou na pessoa de um familar, pai ou mãe ou até em alguns casos irmãos.

 

Objectivo:

 

Desmitificar o preconceito, desfazer medos, apoiar todos os que sofrem com os familiares.

 

 

A Culpa é das Estrelas, 2014

The Fault In Our Starts

http://www.imdb.com/

 

Proponho A Culpa é das Estrelas - filme, livro - a explorar em sala de aula.

 

A Culpa é das Estrelas, tradução de The Fault in Our Stars, foi realizado por Josh Boon, e  estreou em Portugal em Junho de 2014.

Nivel etário: 12 anos.

 

culpa-das-estrelas.jpg

 

John Green | A Culpa é das Estrelas

Edições ASA

http://www.fnac.pt/

 

Baseado no livro A Culpa é das Estrelas de John Green conta a história de dois adolescentes Augustus e Hazel que frequentam a mesma escola e um dia chocam um com o outro nos corredores.

 

Em Janeiro 2013, esta novela de Green The Fault in Our Stars foi aclamado pela crítica da especialidade e chegou a ser um best-seller da lista de vendas do jornal The New York Times

 

Não é um livro alegre, embora tenha passagens divertidas e cheias de ternura. Mas é um livro de histórias de vida que vai encantar e comover.

 

Talvez muitos tenham visto a sua adaptação ao cinema. Passou nas salas durante os meses de verão de 2014. Eu fui vê-lo. E adorei. Vi muitos adolescentes acompanhados pelos pais.

 

Todos saimos muito comovidos, embora tenhamos rido e chorado ao longo do filme. É uma lição de vida que fala de dois adolescentes que viveram intensamente os últimos meses das suas vidas.

 

 

 

 

 

Resumo:


Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Jovens com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente rescrita...

 

Perspicaz, arrojado, irreverente, mas real. A Culpa é das Estrelas é a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado na adolescência.

 

 

 

 

A Culpa é das Estrelas, 2014

The Fault In Our Starts

http://www.imdb.com/

 

Será, neste mês de Outubro dedicado à prevenção do cancro em Portugal, uma bela e sensível homenagem a todos os jovens e crianças que são atingidos pela doença, mas que vivem com alegria e esperança até ao último instante. É o caso de Augustus, e foi o caso da Princesa Nónó que nos encantou durante a sua curta vida, com os seus sorrisos que enchem as nossas almas.

 

 

 

 

A Culpa é das Estrelas, 2014

The Fault In Our Starts

http://www.imdb.com/

 

Actividades:

  • Informar-se na bibliteca da escola se o livro em vários exemplares faz parte dos livros adquiridos, para distribuir pelos alunos da turma. Se não houver, o que duvido, dado que foi um livro, a partir do filme que chamou a atenção de pedagogos e adolescentes. Mas se for o caso, a professora poderá apresentar uma Ficha formativa de leitura orientada com excertos do livro de John Green.
  • Se a mediateca da escola não tiver adquirido The Fault In Our Starts (video), poderão dirigir-se previamente a clube de video e depois projectar na sala de aula, não sem antes fazer uma preparação do grupo/turma.
  • “O verdadeiro amor nasce em tempos difíceis.” (Pág. 31) : deixar os alunos expressar-se sobre esta frase do livro.
  • Dar a palavra aos alunos : há alunos que já leram o foram ver o filme com os pais que gostarão de expor as suas opiniões sobre as duas personagens adolescentes, seus comportamentos diversos face à mesma doença. Haverá alunos que poderão conectar esta história com suas vivências pessoais.
  • Propor a criação de letras para uma canção de esperança que poderá ser posteriormente musicada com o apoio dos curriculos de Música.
  • Também em transdiscplinaridade, propor aos professores de Educação Física a organização de uma Corrida Rosa (alunos, professores, pais, auxiliares de educação

 

 A razão deste meu post ? Apoiar os alunos a  lidar com os mais variados lados da vida. A mensagem é forte, mas muito terna.

 

Sei que apesar de tudo. vão gostar. E se viram o filme, vão gostar de ler ou reler. Encantador, humano, tremendo, comovente. Uma lição de vida.

 

Professores podem convidar os alunos a visitar sobre o mesmo tema, o BlogSdiz (FrançaisLE) Octobre Rose : On participe au collège et lycée ? que apresenta ums outra leitura que poderá incentivar os alunos

 a apresentar um outro livro ou filme que tivessem gostado.

 

A Professora GSouto

 

30.10.2015

 

 Licença Creative Commons

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

 

ISLMonth-school-library.jpg

 http://iasl-online.mlanet.org/

 

"Escrevendo ou lendo nos unimos paraalém do tempo e do espaço, e os limitados braços se põem a abraçar o mundo; a riqueza de outros nos enriquece a nós. Leia."

 

Professor Agostinho da Silva

 

Outubro é Mês Internacional das Bibliotecas Escolares. Em todo o mundo, este mês é portanto dedicado a reforçar a visibilidade das bibliotecas escolares - lugar privilegiado nas escolas - e consciencialização do seu valor na comunidade escolar e no reforço dos currículos nas aprendizagens dos alunos.

 

Desde 2007, o IALS passou a denominar Mês Internacional da Biblioteca Escolar de modo a permitir que professores responsáveis pelas Bibliotecas Escolares, em todo o mundo, possam escolher um dia, durante o mês de Outubro, que melhor se adeque à sua comunidade escolar, para celebrar a importância das bibliotecas nas escolas.

 

O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares decidiu, este ano, declarar o dia 27 de Outubro como o Dia das Bibliotecas Escolares, permitindo assim que as escolas preparassem atempadamente as actividades específicas a realizar nesse dia, independentemente das acções que possam levar a efeito em outros dias do mês.

 

ISLM-Cartaz MIBE 2014.jpg

www.google.com/images

 

O tema para 2014 proposto pela International Association of School Librarianship (IASL) é "A tu bibiloteca escolar : um mapa de ideias", tradução livre da RBE, de "Your School Library : Mind-Map Central", bem como um conjunto de projectos nos quais as bibliotecas escolares em transdisciplinaridade com os professores de Línguas e Literatura podem participar:

 

  • Skype Project : alunos e escolas que pretendam contactar com outras escolas, de vários países, inscrevem-se no site do IASL que coordena o projecto.

 

  • Bookmark Project : alunos com apoio dos professores criam marcadores para livros que poderão ser trocados com outras escolas.

 

  • What people are donig for ISLM 2014 : as actividades desenvolvidas ao longo do mês, ou do dia 27 Outubro podem ser inscritas no site oficial do IASL que posteriormente as divulgará.

 

A RBE está, desde 1 Outubro, a divulgar cartazes alusivos ao Mês Internacional das Bibliotecas Escolares enviados por escolas. Vejam aqui como os alunos e professores podem ser criativos !

 

dia-biblioteca-escolar-soaresdosreis.jpeg

 Cartaz Escola Soares dos Reis

http://fotos.sapo.pt/redebibliotecas/

 

Eu escolhi o cartaz da Soares dos Reis. Muito criativo, original, com sentido estético que resume bem o tema deste ano.

 

O Gabinete da RBE pretende assim distinguir actividades das escolas que promovam a visiblidade das suas bibliotecas de uma forma atractiva, simples, criativa ,"qualquer que seja o público-alvo : alunos, professores, pais, comunidade educativa, e/ou parceiros."

 

Bom, mas como é hábito fazer ao longo do ano, e muito especialmente neste dia, vou deixando sugestões para novas leituras.

 

Desta vez, seleccionei A Culpa é das Estrelas de John Green. A razão? Encerra múltiplas mensagens que podem ajudar alguns jovens a lidar com os mais variados lados da vida.

 

Não é um livro alegre, embora tenha passagens divertidas e cheias de ternura. Mas é um livro que vos vai encantar, embora triste. Talvez muitos tenham visto a sua adaptação ao cinema. Passou nas salas durante os meses de verão. Eu fui vê-lo. E adorei. Saí muito comovida com esta lição de vida de dois adolescentes que viveram intensamente os últimos meses das suas vidas.

 culpa-das-estrelas.jpg

John Green | A Culpa é das Estrelas

Edições ASA

http://www.fnac.pt/

 

Resumo:


Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Jovens com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente rescrita...

 

Perspicaz, arrojado, irreverente, mas real. A Culpa é das Estrelas é a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado.

 

outubro-rosa1.jpeg

 

Será ao mesmo tempo, neste mês dedicado à prevenção do cancro, uma bonita homenagem a todos os jovens e crianças que são atingidos pela doença que vivem com alegria e esperança até ao último instante.

 

Não podemos esquecer a Princesa Nónó que nos encantou até ao longo dos últimos meses e o seu sorriso permanece para sempre.

 

 

 

 

Sei que apesar de tudo. vão gostar. E se viram o filme, vão gostar de ler ou reler. Encantador, humano, tremendo, comovente, mas uma lição de vida autêntica.

 

A biblioteca continua a ser um espaço de descoberta: descoberta de um livro que nos leva a aventuras inesperadas; descoberta de um poema que nos toca e responde aquele pensamento que bailava no nosso espírito desde 'a semana passada'; descoberta de que, afinal, não estamos sós no mundo e que há alguém que pensa como nós...

 

Bom, de certeza que a vossa biblioteca escolar estará bem animada no dia 27 Outubro. E que muitas surpresas, actividades a vão tornar ainda mais um espaço de descoberta, de encontro, de partilha, de convívio. 

 

Não deixem de ler todos os dias, ir à biblioteca da escola nos tempo livres para ficarem a conhecer as novidades e requsitar um novo livro,ou o último e-book adquirido, Também podem sempre ler online

 

Boas leituras! 

 

A Professora GSouto

 

25.10.2014

 

blogdoscaloiros88x31.png

 

 

 

Literatura juvenil : Moby Dick e outras histórias de Herman Melville

 

 

Google doodle 161º Aniversário da 1ª publicação de Moby Dick

https://www.google.com/doodles/

 

Google, vosso motor de busca favorito, Google, celebra hoje o 161º aniversário da primeira publicação de 

Moby Dick, o romance mais famoso do escritor norte-americano Herman Melville.

 

Moby Dick foi publicado pela primeira vez há 161 anos. Para os que não leram o livro que faz parte do Plano Nacional de Leitura, esta obra é considerada o romance mais importante da literatura norte-americana.

 

 

 

 

Moby Dick

Herman Melville

https://www.amazon.com/

 

 

Saber +

 

Falemos um pouco do seu autor. Herman Melville nasceu em 1819 em Nova Iorque, filho de uma família aristocrata. Mais tarde, partiu com os pais para Albany.

 

A morte do pai, dois anos depois, marcou o fim da sua educação e o início das sua aventuras marítimas. Melville embarcou em 1839 num navio mercante com destino a Liverpool e em 1841 partiu no baleeiro Acushnet em direcção aos mares do Sul.

 

 

 

 

 Herman Melville

 Oil painting by Joseph Oriel Eaton, 1870

https://en.wikipedia.org/

 

Abandonou o barco nas ilhas Marquesas e ficou a viver com os nativos do vale Typee, durante algum tempo.

 

 

 

 

Typee

 Herman Melville

https://www.bibliovault.org/

 

Este episódio inspirou a narrativa do seu primeiro livro, Typee , publicado em 1846.

 

Um baleeiro australiano levou-o posteriormenr ao Taiti, onde Melville esteve preso na sequência de um motim a bordo. Escapou da prisão pouco depos e passou algum tempo na ilha viajando pelo Pacífico. Registou esta aventura no seu segundo livro, Omoo (1847).

 

Regressou a Nova Iorque em 1844. As suas primeiras obras já escritas depois do seu regresso a bordo do navio de guerra norte-americano, constuíram um sucesso imediato.

 

 

mobydick.jpg

 

 

Moby Dick

Herman Melville 

Edições Relógio d'Água

 

 

 

Ir + longe

 

'Moby Dick' ou 'A Baleia Branca' foi publicado em 1851. O romance, o mais importante da sua carreira literária, é um clássico da literatura norte-americana e mundial. Foi escrito durante a permanência do escritor na quinta que adquiriu perto de Pittsfield, Massachusetts.

 

Trata-se de uma história passada no mar, cheia de alegorias e que contém uma mensagem filosófica não muito fácil de identificar pelos leitores mais jovens. Moby Dick ou The Whale é uma obra profunda, simultaneamente realista e simbólica, que traduz uma visão trágica do homem e da sua luta pela sobrevivência.

 

Sinopse

 

Moby Dick conta as aventura alucinante pelos mares, em busca da terrível baleia branca, empreendida por marinheiros-caçadores de baleias, sob o comando do capitão Ahab. A tripulação, sob a influência deste homem, parte no baleeiro Pequod para um confronto com Moby Dick. um confronto feroz ente Homem e Natureza.

 

Os detalhes contados com o realismo de um escritor que viveu em barcos baleeiros, são capazes de transportar o leitor ao ambiente descrito e suas sensações. O romance foi inspirado no naufrágio do navio Essex, comandado pelo capitão George Pollard, quando este foi atingido por uma baleia e afundou.

 

O livro foi praticamente ignorado na altura do seu lançamento, talvez pela profundidade da obra. Este facto quase levou o escritor a abandonar o género literário 'romance' nos últimos anos da sua vida.

 

 

moby-dick-livro1.jpg

 

 

Moby Dick | Edição do 150º aniversário da obra

Herman Melville  

http://indiereaderhouston.com/

 

Procurou então dedicar-se à poesia, publicando alguns volumes em verso inspirados na Guerra Civil (1861-1865): Battle-Pieces and Aspects of War (1866), Clarel: A Poem and Piligrimage to the Holy Land (1876), John Marr and Other Sailors (1888) e Timoleon (1891).

 

 

 

 

Billy Bud & other tales

Herman Melville  

https://www.amazon.in/

 

Escreveu também contos na década de 1850. Destacam-se Benito Cereno e Bartleby (1853). Melville deixou inacabado o livro Billy Bud, que foi descoberto só em 1919 e publicado em 1924. Morreu em 28 Setembro 1891.

 

O reconhecimento da obra e do génio de Herman Melville só ocorreu na 2ª década do século XX, altura em que Moby Dick foi considerado uma obra-prima da literatura norte-americana e o romance mais importante da obra literária de Melville.

 

Herman Melville tornou-se o primeiro escritor a ter suas obras publicadas pela Biblioteca da América.

 

Moby Dick teve várias adaptações ao cinema, a primeira em 1956 e a mais recente em 2010.

 

 

 

 

Moby Dick

Trey Stokes, 2010

http://www.imdb.com/

 

 Teatro: Lingyagem Gestual

 

Em 2007, o Teatro São Luiz (Lisboa) começou a apresentar espectáculos com interpretação em língua gestual, numa colaboração com a Federação Portuguesa das Associações de Surdos.

 

Este serviço iniciou com a anteestreia da peça "Moby Dick" de Herman Melville, encenada por António Pires. O espectáculo contou ainda com duas sessões com interpretação em língua gestual portuguesa, uma para escolas e outra para o público em geral. 

 

Bom, espero ter despertado em alguns a curiosidade de ler Moby Dick. Recomendado a partir do 9º ano pelo Plano Nacional de Leitura.

 

Convençam a vossa professora/professor de Lingua Portuguesa a inseri-lo nas aulas curriculares de Língua e Literatura. Uma história de vida que vos fará pensar.

 

Se tiverem dúvidas sobre a interpretação da obra, peçam apoio aos professores de Línguas.

 

 

Para todos, boas leituras, sempre!

 

A Professora GSouto

 

18.10.2012

 

Licença Creative Commons

Eragon 4 : Inheritance, o final da saga ! Recursos digitais !

 

 

eragon-Inheritance.jpg

 

 

Inheritance

Christopher Paolini, 2011

http://www.randomhouse.com/

  

 

A espera tem sido longa! Desde o final de 2008 que a legião de fãs espera a saida do último volume da saga Eragon de Christopher Paolini.

 

Saber +

 

Tudo começou com Eragon em 2004. Seguiram-se mais dois volumes. E chega finalmente este ano, em Novembro, a tão aguardada conclusão.

 

 

eragon4.jpg

 

 

 Eldest (edição em português)

Christopher Paolini

https://www.fnac.pt/Eldest-Christopher-Paolini/

 

 

Resumo: Tomo 2

 

Cai a escuridão... impera o desespero... reina o mal... Eragon e o seu dragão, Saphira, acabam de salvar o estado rebelde da destruição pelas forças poderosas do Rei Galbotorix, cruel governante do Império. Eragon deverá rumar agora a Ellesmera, terra dos Elfos, onde treinará ainda mais os seus poderes de Cavaleiro do Dragão: a magia e a destreza no manejo da espada.Muito em breve estará a caminho, na viagem da sua vida: os seus olhos abrem-se a novos lugares e a personagens terríveis, os seus dias enchem-se de novas aventuras. Mas o caos e a traição espreitam a cada esquina, e nada é o que parece ser. Não tarda, Eragon deixa de saber em quem confiar.Entretanto, o seu primo Roran terá que travar uma nova batalha - uma batalha que colocará Eragon num perigo maior. Será a mão obscura do rei capaz de estrangular toda a resistência? Eragon poderá não escapar com vida.

 

 

eragon3.jpg

 

 

 Brisingr (edição em inglês)

Christopher Paolini

https://www.fnac.pt/The-Inheritance-Cycle-Book-3-Brisingr-Christopher-Paolini/

 

 

A Random House, editora da saga, anunciou em Nova Iorque que o desfecho da série criada por Christopher Paolini, seu ultimo livro, terá como título Inheritance que tem por missão de encerrar a história fantástica e as aventuras do mundo de Alagaësia.

 

 

 

 

 

 

Eragon, filme 

Stefen Fangmeier, 2006

http://www.imdb.com

 

 

Ir + longe:

 

Entretanto, vieram as adaptações ao cinema de Eragon ao cinema, lembram-se? E foi um grande sucesso!

 

Embora, tenhamos constatado que não era propriamente uma adaptação do livro. Apenas uma possível leitura visual do realizador Stefen Fangmeier.

 

Muitos de nós fomos ver! Eu também, pois claro! E adorei, apesar de tudo. O filme remete, de qualquer modo, para o mundo encantado dos 'dragões'.Trocámos as nossas impressões na sala de aula dos currículos de Língua Portuguesa. 

 

E escreveram as suas críticas que gostei muito de ler!

 

 

 

 

 

Tempos bons esses que podia debater convosco, em ensino presencial, os livros que líamos!

 

Lembram-se do "Cantinho da Leitura"? Acesas conversas,  divertidas risadas, doces emoções. Foram tempos fantásticos.

 

Bom, tenho uma novidade para os fãs 'eragonianos'. Um jogo! Wow! Entusiasmados, já? E um e-book?

Só novidades boas!

 

 

Recursos digitais:

 

 

Jogo:

 

 

Voltemos, então, a Eragon! Depois dos livros, o filme e agora os jogos! Para os apreciadores, eis aqui o vídeo oficial de apresentação do jogo Eragon:

 

 

 

 

 

 

Hum! Tentador, não é mesmo? Já sei que vão aderir de imediato!

 

 

Quanto à saga em livro impresso, o último volume, Inheritance chegará às livrarias americanas no dia 08 de Novembro 2011. Em Portugal, tal como já escrevi, está prevista a chegada às livrarias também em Novembro. Não sabemos se será um lançamento mundial.

 

Ebook/ Audiobook:

 

Ah! Ao mesmo tempo, será lançada a versão para ebook e audiobook. Isto para os felizardos que já possuam um destes leitores electrónicos.

 

Mas atenção! Nada substitui a magia de um livro impresso. Não esqueçam nunca! Um livro não avaria... o dispositivo sim!

 

 

eragon-Inheritance1.jpg

 

 

Jude Palencar (ilustrador) & Christopher Paolini (escritor)

 http://images.wikia.com/

 

 

John Jude Palencar, o ilustrador das capas anteriores, volta para ilustrar o belíssimo dragão verde que estampa a capailustrada de Inheritance, logo no início deste post.

 

 

heranca.jpg

 

  

Herança

Christopher Paolini, 2011

https://www.fnac.pt/Heranca-Christopher-Paolini/

 

Sinopse:

 

Ainda sem sinopse oficial em português, e já em pré-venda americana, poderão ler um curto texto de apresentação (versão inglesa). Só para ficarem mais curiosos...

 

Bem, a pior parta já passou. O tempo de espera. Agora é  só aguardar uns dias pelas 704 páginas - Wow! - e descobrir que destino está reservado a Safira e Eragon.

 

Fica para já a capa original. A capa da versão portuguesa manteve-se muito próxima da original.E agora, o resumo em português:

 

Resumo:

 

Há pouco tempo atrás, Eragon - Aniquilador de Espectros, Cavaleiro de Dragão – não era mais que um pobre rapaz fazendeiro, e o seu dragão, Safira, era apenas uma pedra azul na floresta. Agora o destino de toda uma sociedade pesa sobre os seus ombros. Longos meses de treinos e batalhas trouxeram esperança e vitórias, bem como perdas de partir o coração. Ainda assim, a derradeira batalha aguarda-os, onde terão de confrontar Galbatorix. E, quando o fizerem, têm de ser suficientemente fortes para o derrotar. São os únicos que o podem conseguir. Não existem segundas tentativas. O Cavaleiro e o seu Dragão chegaram até onde ninguém acreditava ser possível. Mas serão capazes de vencer o rei tirano e restaurar a justiça em Alagaësia? Se sim, a que custo? Este é o final da Saga da Herança, muito aguardado em todo o mundo por uma legião de fãs ansiosos.

 

 

 

 81º Feira do Livro do Porto

 

 

Ups! A propósito, é já para a semana (26 Maio) que tem início a 81ª edição da Feira do Livro do Porto. Se não leram os três volumes da saga, aproveitem para comprar a um preço mais acessível!

 

 

Bons livros fazem sempre boas leituras! Por aqui, continua-sea paixão profunda pela leitura! Não me deixem ficar mal! Por favor!

 

 

 

 

 A Professora GSouto

 

18.05.2011

 

 Licença Creative Commons

 

Portugueses e o Facebook : estudo

 

 

 

 

www.facebook.com

 

Os utilizadores portugueses do Facebook divulgam muita informação pessoal e profissional, revela um estudo da Universidade de Coimbra.

 

"A preocupação das pessoas sobre a privacidade na Internet é praticamente nenhuma. Analisámos mais de 78 mil perfis do Facebook e todos têm acesso completamente público", disse à agência Lusa Francisco Rente, do Centro de Investigação em Sistemas (CISUC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC), no dia 04 Janeiro 2011.

 

Um estudo que avalia o índice de segurança da Internet em Portugal,  e que analisou 47 características presentes em 78.320 perfis. Concluiu que os utilizadores portugueses optam pela "total ausência de protecção" de dados pessoais.

 

"As fotografias são públicas, qualquer um as pode ver. A maioria revela pormenores de relações e um quarto das pessoas a sua entidade patronal", exemplificou ainda o estudo.

 

facebook-jovens.jpg

 foto: Alamy

http://www.geekaco.com/

 

Ora, nós sabemos muito bem, dado que falamos tantas vezes nas nossas aulas de Língua Portuguesa, qual a conduta a ter na Internet e nas Redes Sociais! Lembram-se do que escrevi no post Rede Social, o filme

 

Corremos perigos que dificilmente compreendemos. E já alguns jovens têm sido vítimas de tal procedimento, no nosso país e em vários outros países.

 

O Reino Unido, por exemplo, integrou um botão de alerta* para proteger as crianças e adolescentes que acedem ao Facebook.

Em Portugal. as pessoas e os jovens continuam a não levar a sério as questões de privacidade. E os pais nem sempre estão atentos ou informados.

 

 comics

 

A ânsia de ser 'popular' e 'fazer muitos amigos' no Facebook é ilusória. Os pais devem estar atentos, dar o exemplo e visitar frequentemente o perfil dos filhos, orientando-os na questão de privacidade.

 

Todos nós utilizadores devemos ser responsáveis, estar atentos, ter cuidados redobrados com o que publicamos. É regra importante para uma Internet Segura! Sobretudo para os mais jovens.

 

 A Professora GSouto

 

06.01.2011

 

Licença Creative Commons

 

Referência: EconómicoSapo



Saga Twilight : Eclipse, filme & livro

 

 

twilight2010a.jpg

 

Twilight Eclipse

http://www.eclipsethemovie.com/

 

Já chegou a Portugal o filme da saga Twilight Eclipse para alegria de todos os fãs. O terceiro episódio da série adaptada dos romances de Stephenie Meyer estreou a nível mundial,  quarta-feira, dia 30 Junho.

 

 

twilight2010b.jpg

 

Eclipse, 2010

http://www.imdb.com/

 

Sinopse:

 

"Bella volta a estar no centro do perigo quando Seattle é devastada por uma série de mortes misteriosas e um vampiro rancoroso continua a persegui-la em busca de vingança. É neste cenário que Bella terá de escolher entre o amor por Edward e a amizade com Jacob – sabendo que a sua decisão irá inflamar a eterna batalha entre vampiros e lobisomens. Com a aproximação do dia da sua graduação, Bella é confrontada com a decisão mais importante da sua vida..."

 

 

twilight2010.jpg

 

 Bella e Edward

Robert Pattinson/ Kristen Stewart

Twilight Eclipse

http://www.eclipsethemovie.com/

 

Saber + 

 

Eclipse tem todos os ingredientes necessários para levar os espectadores ao cinema, sejam eles seguidores da saga Twilight ou não.

 

Existe um triângulo amoroso, acção, mistério, vampiros e lobisomens. Os protagonistas pertencem a três universos diferentes, mas os seus caminhos entrelaçam-se. Têm inimigos em comum e sentimentos semelhantes.

 

Fica-se com a certeza que lidar com o amor no mundo dos vampiros e dos lobisomens é tão complicado como no mundo dos humanos. Tudo pode acontecer!

 

Para quem já leu o livro, sabe que vai reencontrar os seus heróis! Para os mais fiéis seguidores, poderão sempre actualizar-se em Twilight Portugal.

 

 

twilight2010d.jpg

 

Eclipse, Stephenie Meyer

http://stepheniemeyer.com/

 

O realizador David Slador conseguiu retirar o essencial do terceiro livro da saga de Stephenie Meyer, o que resulta num filme que arrastou já multidões às salas de cinema do mundo.

 

Os números estão a atingir o patamar dos recordes. Em Portugal, já atingiu 51 mil espectadores, e nos Estado Unidos, receitas ímpares. A banda sonora é de Howard Shore, o mesmo compositor da saga O Senhor dos Anéis.

 

 

Twilightf.jpg

 

Robert Pattinson/ Kristen Stewart/ Taylor Lautner

apresentação de Eclipse

http://www2.pictures.zimbio.com/

 

Não admira. A saga foi lida antes e portanto os leitores de Twilight não perderiam a oportunidade de rever os seus hérois, desta vez em carne e osso, isto é interpretados pelos jovens actores Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner.

 

 

 

 

 
 

Actividades:

 

  • Relero livro Eclipse, antes de verem o filme, para podermos comentar e fazer estudo comparativo entre livro-filme nos currículos de Língua Portuguesa.
  • Ver os dois filmes anteriores Twilight et Lua Nova para melhor compreenderem a sequência e até fazer uma análise crítica.

 

Sei quanto amam esta saga! Os livros que têm lido e os vossos comentários entusiásticos são prova disso.

 

Só posso desejar-vos uma excelente sessão de cinema!

 

 

A Professora GSouto

 

05.07.2010

 

 Licença Creative Commons

 

O Rapaz do Pijama às Riscas : livro & filme

 

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

John Boyne, 2008

https://www.fnac.pt/

 

"As barreiras podem dividir-nos... mas a esperança vai unir-nos."

 

 

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

Mark Herman, 2008

http://www.imdb.com/ 

 

Baseado no livro de John Boyne, estreou esta semana o filme baseado no livro e com o mesmo título: O Rapaz do Pijama às Riscas.

 

 

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

Mark Herman, 2008

http://www.imdb.com/ 

 

 

Saber +

 

Há quem tenha considerado o livro de Boyne de má qualidade literária. Não vou contestar. Mas foi best-seller do jornal New York Times. 

 

Não podemos esquecer que é um livro de literatura juvenil, e os critérios literários podem ser diferentes, defendendo eu que a qualidade literária deve ser tão exigente como qualquer outro género de literatura.

 

Mas o livro teve muito sucesso. E os alunos apaixonaram-se pela sua leitura. Em todo o mundo.

 

 

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

John Boyne, 2008

edições ASA

https://www.fnac.pt/

 

 

Ir + longe: 

 

Publicado no Reino Unido em 2006, simultâneamente em edições para jovens e para adultos, O Rapaz do Pijama às Riscas encontra-se actualmente traduzido em 32 línguas e tem suscitado o interesse da crítica e dos leitores um pouco por todo o mundo.

 

A prová-lo está a sua adaptação ao cinema, num filme dirigido por Mark Herman, conceituado realizador inglês.

 

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

John Boyne, 2008

edições ASA

https://www.fnac.pt/

 

 

Vencedor de dois prémios literários na Irlanda “Children’s Book of the Year” e o “Listener’s Choice Book of the Year”, bem como do “Bisto Children’s Book Award”. 

 

Foi nomeado para mais de 15 prémios literários internacionais, entre os quais o “British Book Award” no Reino Unido, o “Premio Paolo Ungary” em Itália, o “Prix Farmiente” na Bélgica, e o “Borders Original Voices Award” nos Estados Unidos. Foi ainda nomeado para a “Carnegie Medal” de 2007.

 

Na contracapa pode ler-se:

 

"Esta é uma história especial e muito difícil de descrever. Embora fosse normal incluir aqui algumas pistas sobre o conteúdo, entendemos que neste caso isso iria prejudicar a experiência da leitura.

 

Pensamos, de facto, que é importante começar a ler esta obra sem saber do que ela trata e, para os mais curiosos, avançamos apenas isto: quem ler este livro vai embarcar numa viagem com um rapaz de nove anos chamado Bruno; e, mais cedo ou mais tarde, vai chegar com o Bruno a uma vedação...

 

Vedação como essa, existem um pouco por todo o mundo. Oxalá o leitor nunca encontre nenhuma igual."

 

Edições Asa

 

Também eu! Espero sinceramente que nunca nas vossas vidas encontrem vedações destas! Em parte alguma do mundo.

 

Deixo o vídeo do filme para que possam começar a saborear a próxima ida ao cinema. Mas... continuamos a ler o livro.

 

 

 

 

 

Os alunos que viram o filme com os pais ou amigos ficaram muito impressionados e pediram para ler o livro nas aulas de Língua Portuguesa.

 

O debate e todas as actvidades inerentes, desde a investigação, ao termo de comparação com o livro já lido, O Diário de Anne Frank bem como as propostas de escrita criativa tornaram o tema muito envolvente, visto por adolescentes que desconhecem o que pode ser uma infância ou juventude atravessada pela guerra.

 

Nota:

 

Mais tarde, O Rapaz do Pijama às Riscas foi incluido no programa Ler + do Plano Nacional de Leitura, livro recomendado, 3º Ciclo, Leitura autónoma.

 

A nossa leitura fo feita nos currículos de Língua Portuguesa, 2º ciclco, 6º ano. Os alunos fizeram a leitura autónima, acompanhada de fichas pedagógicas e debate nas aulas curriculares.

 

A Professora GSouto

 

02.02.2009

 

 Licença Creative Commons