Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Ficha Digital - Texto Poético

 

 

 

 

 

 Conto estrelas em ti

colectânea de poemas

ilustração : João Caetano

Campo das Letras, 2003, 5ª edição, 2008

www.campo-letras.pt

 

Menção Especial do Prémio Nacional de Ilustração 2000 para João Caetano. Nomeado para a Lista de Honra do IBBY (International Board on Books for Young People ) 2002, pela qualidade das ilustrações. 

 

«Não esteja na lua

 desça à Terra.»

 

 E o menino a replicar:
 
 

 «Não me chega esta Terra.»

 «Seja realista, terra a terra.»

 «Mas eu sou do tipo ar, ar.»

 

 E os olhos do menino

 já eram balões quando a professora

lhe ordenou que saísse.

 

Despediu-se da colega e disse:

 

«Conto estrelas em ti.»

 

Ao sair, deixou na mesa da professora

mais bonito avião de papel

que se possa imaginar.

 

 Era uma prenda desesperada

 de um menino triste

 por não a poder contagiar.

 

 Na sala, um silêncio ficou suspenso

 por palavras que também quiseram

 voar."

 

Teresa Guedes, Conto Estrelas para ti, vários autores, 2003

 

Depois de ler com atenção o texto acima transcrito, responde adequadamente às perguntas:

 

A. Tipologia de textos.

Dados bibliográficos.

 

1. Estamos perante um texto poético? Justifica, enumerando algumas das suas características.

 

2. Identifica as referências bibliográficas.

 

B. Compreensão :

 

1. Por que razão a professora chama à atenção o menino. Justifca por palavras tuas.

 
 

2. Faz a caracterização psicológica do "menino". Justifica, transcrevendo algumas expressões do texto.

 

3. Comenta a atitude da professora perante a resposta do menino. 

 

4. "Seja realista terra a terra"

4.1. Explica por palavras tuas o sentido deste verso.

 

C. Funcionamento da língua.

 

1. "Não me chega esta Terra"

1.1. Reescreve a frase passando-a para a forma afirmativa.

1.2. Classifica morfologicamente a forma verbal da frase, na forma negativa.

 

2.  "... o mais bonito avião de papel..."

2.1. Identifica o grau do adjectivo "bonito".

 

3. Explica o uso das aspas « » em diversos versos deste texto poético.

 

4. "Na sala, um silêncio ficou suspenso"

4.1. Faz a análise sintáctica da frase acima transcrita.

 

5. Identifica o tipo e forma de frase dos versos (v.v.) 1 e 2

 

6. "E os olhos do menino

já eram balões"

 

6.1. Identifica o recurso expressivo presente nestes versos.

 

7. Este poema é composto por quantas estrofes?

7.1. Que nome têm as estrofes?

 

8. "lhe ordenou que saísse."

8.1. Qual a função sintáctica da palavra sublinha?

 

9. "Mas eu sou do tipo ar, ar"

9.1. Identifica o recuros expressivo presente neste verso.

 

10. Dá um título sugestivo a este texto lírico. Justifica a tua escolha.

 

11. Relê com atenção os últimos seis versos do texto e comenta a mensagem que os v.v. tentam transmitir.

 

 

 

 

Nota: 

A ficha digital de leitura deverá ser impressa e colocada no caderno diário para ser feita a correcção na próxima aula.

 

No entanto, se quiseres deixar um comentário, podes fazê-lo. De igual modo, se tiveres alguma dúvida, deixa em comentário que eu responderei.

 

Bom trabalho!

 

A Professora GSouto

 

03.04.2009

 

Licença Creative Commons

 

Ficha digital de leitura : Recados da Mãe

  

 

 

 Recados da Mãe

Maria Teresa Gonzalez

 Editorial Verbo

 

 «Pode ser que a Mãe tenha pedido a esse pássaro para ir ter contigo à tua sala, para te fazer companhia...

 

A ideia era boa de mais, mas tão apetecível que não resisti a perguntar: - Achas que a Mãe, agora, pode falar com os pássaros, Clara?...

 

- Porque é que não há-de poder? Ela não está no Céu? Os pássaros não andan lá também? Então?!

 

Os olhos encheram-se-me de lágrimas da mais pura alegria.»

 

 Maria Teresa Gonzalez, Recados da Mãe,Editorial Verbo,4ª edição, 2008*

 

 

recados-da-mae.JPG

 

 

Recados da Mãe

Maria Teresa Gonzalez

 Editorial Verbo

 

Ficha digital de leitura

 

1.

Obra literária

Dados Bibliográficos:


Nome do autor :
Título do Livro :
Editora do Livro :
Data da publicação : 
Número de páginas do livro :

Capa, contracapa : distingue capa e contracapa.

 

2.

Texto : Tipologia textual

 

3.

Compreensão

 

A. Quantos anos tinham Clara e Leonor quando a narrativa termina?

 

B. Que razão levou Clara a abraçar a vida missionária? Explica por palavras tuas.

 

C. Desde que Clara partiu para Moçambique, quantos anos se passaram?

 

D. A Avó Matilde continua viva? Justifica.

 

E. E o Pai? Alguma vez alterou a sua posição afectiva em relação às filhas? Justifica com frase(s) do texto.

 

F. Voltaram a encontrar-se?

 

G. Quem é a Fada Lili?

 

H. Sara é uma filha especial? De quem? Porquê? Justifica.

 

I. Por que motivo Leonor mandou pintar de cor-de-rosa a casa da Quinta do Chorão?

 

4.

Apreciação: 

Faz uma curta apreciação da obra lida. Não esqueças de justificar as tuas ideias. 

 

Nota:

 

A ficha digital de leitura deverá ser impressa e colocada no caderno diário para se poder fazer a correcção na próxima aula.

No entanto, se quiseres deixar uma curta apreciação como comentário, podes fazê-lo.

 

Maria Teresa Maia Gonzalez, autora da obra A Lua de Joana

 

Bom trabalho! 

 

A Professora GSouto

 

21.01.2009

 

Licença Creative Commons

 

PNL - A Ilha na Rua dos Pássaros - 6I

 

 

livro-ilha-passaros1.jpg

 

 

 A Ilha na Rua dos Pássaros

Uri Orlev

www.ambar.pt

 

 "A nossa rua não foi baptizada por causa das aves que andavam no quarto piso, mas a minha mãe disse-me donde lhe viera o nome. Há muito, muito tempo, antes de haver automóveis, havia uma avenida de árvores no meio da rua debaixo de cujos ramos as carruagens puxadas por cavalos passavam. Já fora há tanto tempo que a minha mãe não se lembrava disso. Só a avó se recordava. Ela dizia que essas árvores estavam carregadas de pássaros. Milhares e milhares deles. Por isso deram à rua o nome de Rua dos Pássaros." (...)

 

 Uri Orlev, A Ilha na Rua dos Pássaros, Âmbar Editora

(excerto)



 

 

Une île, rue des oiseaux

Uri Orlev

 https://livre.fnac.com/


Tradução do livro Une île, rue des oiseaux, que conta a história verídica de Uri Orlev na personagem Alex.

Alex, menino de onze anos, judeu polaco, vê o mundo cair à sua volta durante a II Guerra Mundial. 
 
 

livro-ilha-passarod-UriOrlev.JPG

 

 

Uri Orlev

https://pt.wikipedia.org/

 

Biografia: 

 

Uri Orlev, nome real, Jerzy Henryk Orlowski (em hebraico: אורי אורלב) é um escritor e tradutor hebraico de origem polaca.

 

Nasceu em Varsóvia, na Polónia. Passou os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial no 'Gueto' de Varsóvia. 

 

 

livro-illha-passaros-uri_orlev.jpg

 

 

Crianças a comer na cozinha do Gueto de Varsóvia, Polónia

Arquivo

https://photos.yadvashem.org/

 

Depois de conseguir fugir do gueto e ser escondido por famílias polacas, Orlev e o seu irmão seriam enviados para o campo de concentração de Bergen-Belsen. Libertados dois anos depois, imigraram para Israel.

 

Orlev já publicou 29 livros para crianças e jovens, bem como ficção para adultos. Também é  tradutor ( polaco/ hebraico).

 

Os seus livros estão traduzidos em 38 idiomas. Orlev ganhou o Prémio Hans Christian Andersen em 1996, entre outros.

 

Livro aconselhado pelo Plano Nacional de Leitura para leitura orientada.

 

Sabes que o livro A Ilha na Rua dos Pássaros aborda o acontecimento histórico tenebroso, que teve lugar durante a II Guerra Mundial, o Holocausto. Um assunto que estudámos e desenvolvemos actividades curriculares, ao lermos o livro O Mundo em que Vivi de Ilse Losa.

 

No próximo dia 27 Janeiro é Dia Internacional da Memória do Holocausto. Para que o mundo não esqueça os horrores de um dos acontecimentos mais trágicos da História da Europa.

 

 

A Ilha dos Pássaros

Uri Orlev

slide: Ana Paula Oliveira

http://image.slidesharecdn.com/

 

 Ficha Digital

 

A. Leitura

 1. Comenta a leitura feita em sala de aula, ao longo dos vários dias.

2. No final da leitura integral, regista neste post um curto excerto que mais te tenha impressionado.

 

B. Expressão escrita

 

 1. Dá um final diferente

2. Cria um novo capítulo (trabalho de grupo)

 
C. Comentário final

Comenta o horror que adolescentes da tua idade viveram durante a 2ª Guerra Mundial
(máximo 8 linhas)



 A Professora GSouto

 

 21.01.2007

 

Licença Creative Commons 

PNL - A Casa das Bengalas - 6C : Ficha Digital

 

 

 

 A Casa das Bengalas 

António Mota

http://www.gailivro.pt

 

"O avô estava sentado na borda da cama daquele quarto acanhado e a cheirar a mofo. E não retirava o olhar do quadro que decorava a parede branca, golpeada aqui e ali pela negrura da humidade. Encaixilhado em grossa moldura, onde os bichos da madeira já pastavam, o quadro, com vidro estalado, mostrava uma mulher rechonchudinha e quase sorridente, dona de duas formidáveis arrecadas penduradas cada uma em sua orelha pequenina.

(...)

Da cozinha, minha mãe gritou:

- Vá tomar banho, meu pai.

E eu ali de pé, em frente do avô. E eu ali de costas voltadas para os restos de sol daquela tarde de Outubro que entravam  pela janela de guilhotina. E eu ali, de braços cruzados, a olhar  para aquela cara lavrada de rugas e barba rala com mais de oito dias.

- Se deixasse crescer a barba, até lhe ficava bem.

O avô  fez de conta  que não ouviu. Aprendi  com ele a arte da surdez. O velho ensinou-me que não é importante ouvir tudo, o que é preciso é saber escutar o que nos interessa. Foge  de quem  muito fala e tudo sabe, dizia ele. (...)

 

António Mota, A Casa das Bengalas, capítulo 1, Edições Gailivro, 2002

(excerto)

 

Livro do Plano Nacional de Leitura : leitura fluente ;

Nível etário: 9-11 anos

 

 

antonio-mota-a-casa-das-bengalas2.jpg

 

 A Casa das Bengalas 

António Mota

https://www.fnac.pt/

 
 
Lembras quando o avô foi  para um lar de idosos, em Torna-O-Rego. Claro que ele detestou a ideia, mas ao longo do tempo foi-se acostumando, convivendo com os outros idosos que lá estavam.
 
 
E um dia pediu a Henrique (seu neto) que lhe trouxesse uns pezinhos de violetas, para que os pudesse plantar. 
   
 
A última frase, e a mais marcante foi “As violetas avisam os homens que estamos aqui de passagem, mas isso não impede que cheiremos bem enquanto por cá caminharmos”.
 
 

 

 

 

 

slide de Sara Matilde

http://image.slidesharecdn.com/

 

 Ficha Digital

 

A. Leitura

 

 1. Comenta a leitura feita em sala de aula, ao longo dos vários dias.

2. No final da leitura integral, regista nest post um curto excerto que mais te tenha impressionado.

 

B. Expressão escrita

 

 1. Dá um final diferente ao livro.

2. Cria um novo capítulo (trabalho de grupo)

 

C. Comentário final

 

Sabes que o livro trata de um problema humano (solidão na 3ª idade) e assunto familiar (o lugar dos Avós na família).

 

1. Comenta como o assunto foi tratado no livro. Lembra o excerto das violetas. 

2. Dá a tua opinião sobre o papel dos Avós na tua vida (8/10 linhas)




 A Professora GSouto

 

15.01.2007

 

actualizado 27.05.2019

 

 

Licença Creative Commons