Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Escolas : filmes animação : Hayao Miyazaki : algumas animações a explorar nos currículos !

 

 

 

Hayao Miyaaki no dia do 80º aniversário

créditos : Autor não identificado

via Sapo Mag


Hayao Miyazaki fez dia 5 Janeiro 2021, 80 anos: E nada mais bonito do que uma curta viagem por algumas das maravilhas animadas do lendário realizador japonês.

 

É um dos mais  celebrados realizadores da actualidade. Um ícone do cinema de animação.

 

Ao completar 80 anos, recordo algumas longas-metragens realizadas por Hayao Miyazaki, que fui postando nos dois blogs dos alunos, e no meu blog para professores.

 

Um caso ímpar da excelência, sem esquecer duas séries que também têm a sua assinatura.

 

 

 

 

Curta introdução:

 

Depois de trabalhar em animação de séries como Heidi e MarcoHayao Miyazaki estreou-se na série-juvenil para TV fabulosa, pós-apocaliptíca, um prodígio de imaginação: Conan, O Rapaz do Futuro (1978).

 

Não foi um grande sucesso internacional mas tornou-se uma das séries míticas para os jovens portugueses que cresceran na década de 90

 

myasiaki-asas-do-vento.jpg

 

As Asas do Vento

Hayao Miyaaki, 2013

https://www.imdb.com/

 

Ir + longe:

 

Inspirado pela obra do italiano Gianni Caproni (1886-1957), responsável pela criação de vários bombardeiros usado pelas frotas italianas, francesas, britânicas e americanas durante a I Grande Guerra, o jovem japonês Jiro Horikoshi quer aprender tudo o que esteja ligado a aviões. Como usa óculos desde pequeno, não pode ser aviador. Assim, dedica-se ao estudo de Aeronáutica.

 

 

As Asas do Vento

Hayao Miyaaki, 2013

https://www.imdb.com/

 

Depois de terminar os estudos superiores, consegue trabalho numa grande empresa da área. Por demonstrar grandes capacidades, é-lhe dada a liberdade para construir os seus próprios protótipos.

 

 

Jiro acaba por se tornar um dos mais importantes engenheiros de aeronáutica do seu tempo. Percorrendo os eventos mais representativos da vida desta personagem, o filme acompanha os grandes acontecimentos da História, recriando o sismo que teve lugar em Kantō (Japão) a 1 de Setembro de 1923, os terríveis anos da Grande Depressão, a epidemia de tuberculose ou a entrada do Japão na Segunda Grande Guerra.

 

É mais uma maravilha de criatividade, sensibilidade, beleza e espectacularidade, teve grande reconhecimento mundial. Foi anunciado como a último poema de Miyazaki.

 

myasiaki-musica-vale-do-vento1984.jpg

 

Nausicaä no Vale do Vento

Hayao Miyazaki, 1984

https://www.imdb.com/

 

Nausicaä no Vale do Vento (1984) foi a primeira longa mentragem independente de Hayao Miyasaki.

 

Sinopsis:

 

Após mil anos de uma guerra mundial catastrófica, o Vale do Vento é um últimos refúgios onde sobrevivem os seres humanos. É aqui que a princesa e grande guerreira Nausicaä vai travar uma batalha contra a destruição que ameaça não apenas o seu reino mas o futuro da humanidade. 

Após esses mil anos de uma guerra mundial, a humanidade sobrevive em pequenos reinos à beira de uma terra estéril, contaminada com gases tóxicos e insectos mutantes gigantes.

 

 

Nausicaä no Vale do Vento

Hayao Miyaaki, 1984

https://www.imdb.com/title/

 

Nausicaä no Vale do Vento é um reino minúsculo, rodeado de reinos mais poderosos e hostis. Nausicaä é a princesa do Vale do Vento, a única filha do rei e uma grande guerreira. Ela sente uma misteriosa afinidade com a natureza e procura encontrar um sentido para aquele lugar contaminado, negando-se a ver como inimigos os insectos, sobretudo os Ohms, artrópodes gigantescos e temíveis.

 

Mas a paz é quebrada quando o reino vizinho de Tolmekia, sob comando da princesa Kushana, invade o Vale do Vento, e Nausicaä se vê perante uma corrida contra o tempo para travar uma destruição maciça. 

 

 

 

O Castelo Andante

Hayao Miyazaki, 2004

https://www.imdb.com/

 

Sinopse:

 

Sophie, uma típica adolescente de 18 anos, vê a sua vida virada do avesso quando se cruza acidentalmente com o misterioso e belo feiticeiro Howl e, subsequentemente, é transformada numa mulher de 90 anos pela vaidosa e perversa Bruxa do Nada.

 

 

 

 

Ao embarcar numa incrível odisseia para quebrar a maldição, ela encontra refúgio no castelo andante onde conhece Markl, o aprendiz de Howl, e um impetuoso demónio de fogo, com o nome de Calcifer.

 

O amor e o apoio de Sophie vão ter um enorme impacto em Howl, que vai arriscar a sua vida para ajudar a trazer a paz ao reino.

 

 

myasiaki-viagem-de chiiro-poster.jpg

 

Spirited Away/ A Viagem de Chihiro

Hayao Miyazaki, 2001

https://www.imdb.com/

 

Sinopse:

 

Durante a mudança de sua família para os subúrbios, uma menina taciturna de 10 anos de idade vagueia por um mundo governado por deuses, bruxas e espíritos, onde os humanos são transformados em feras.

 

 

Foi galardoado em 2003 com o Oscar de Melhor Filme de Animação pela Academia de Cinema.

 

E finalmente, Kiki a Aprendiz de Feiticeira. Numa adaptação do conto juvenil de Eiko Kadono

 

 

myasiaki-kiki-poster.jpg

 

Kiki Delivery Service

Hayao Miyazaki, 1989

https://www.imdb.com/

 

Kiki Delivery Service ou A Aprendiz de Feiticeira, mais um filme de Hayao Miyazaki, é uma menina de 13 anos, que segundo a tradition, deve partir sozinha pour fazer a sua aprendizagem jovem bruxa. Kiki encontra-se num universo urbano onde tem que demonstrar a sua capacidade de integração e de independência.
 
 
 

museu-oriente-anim5.jpg

 

Kiki Delivery Service

Hayao Miyazaki, 1989

https://www.imdb.com/


Um testemunho sensível e terno da passagem da infância para a adolescência. Com a arte e a magia do mestre da animação.
 
 
Tornou-se um sucesso enorme.  Foi o filme japonês de maior sucesso do ano.
 
 
 

 
 
 
Actividades:
 
 
  • Têm aqui uma selecção de filmes de Hayao Miyazaki que facilmente poderão ser integrados nos currículos de Lingua Portuguesa.
 
  • Poderão trabalhar a Narrativa, bem como a Banda Desenhada - manga - tão do agrado dos alunos.
 
  • E por que não desenvover um projecto transcurricular com os currículos de Artes Visuais?
 
 
Vivam a poética do  grande criador e poeta da imagem, Hayao Miyazaki.
 
 
Feliz Aniversário Mestre! Esperamos a sua próxima animação em 2023. 
 
 
A Professora GSouto
 
 
08.01.2021
 
 
Licença Creative Commons

Natal em família : Um natal um pouco diferente este ano

 

natal2020a.jpg

 

Natal

decoração via Pinterest

 

Os festejos de Natal 2020 vão acontecer “com o máximo cuidado”. Deve-se estar à mesa “o mínimo de tempo possível”, passando o resto do tempo de máscara.

 

“Cada um de nós é um risco e o risco é tanto maior, quantos mais formos”

Primeiro Ministro

 

Apesar de não anunciar mais restrições para o Natal, apelou às famílias que se reorganizem de forma a minimizar os contágios.

 

 

 

https://endomarketing.tv/

 

A maior parte dos países europeus estabeleceu um número limite por família, para ceia de Natal. Portugal não. Mas sabemos como é importante cada família reunir os familiares que vivem sobretudo na mesma casa.

 

Quanto aos avós, é importante pô-los à mesa, em lugar à mesa destacado dos outros. Talvez nos topos da mesa? Para minimizar contágios.

 

E a propósito de avós, partilhem este video com vossos filhos, para que compreendam a importância afectiva dos avós...

 

 

 

 

E se de todo em todo não for possível os avós  juntarem-se à família, não esqueçam as redes sociais para os ver e partilhar a ceia de Natal via Zoom, videochamada via Facebook, ou WhatsApp para que não se sintam tão sós.

 

 

Jackas, o pai natal português

 

Quanto às crianças, passem o máximo de alegria e bem-estar. Não deixem de de dizer a 'mentirinha' que o Pai Natal existe,  aos mais pequenos. E para os outros?

 

 

maria-keil-noite-natal-sophia.jpg

 

A Noite de Natal

Sophia de Mello Breyner Andresen

illustrações: Maria Keil

edições Ática, 1959

 

Livros para lerem é uma boa opção! Relembrar dois contos clássicos que tão bem se adaptam ao tempo que estamos a viver. A Noite de Natal de Sophia de Mello Breyner e Um Conto de Natal de Charles Dickens.

 

maria-keil-noite-de-natal-pinheiro.jpg

 

A Noite de Natal

Sophia de Mello Breyner Andresen

illustrações: Maria Keil

edições Ática, 1959

 

Sinopse:

 

A consoada em casa de Joana é cheia de abundância e alegria. Contudo, a menina lembra-se do seu amigo Manuel, que nem vai ter presentes nem uma mesa farta nessa noite tão especial. Decide, por isso, ir ter com ele e dar-lhe o que recebeu. Guiada por uma estrela, Joana descobre, nessa noite, o verdadeiro Natal.

 

 

maria-keil-noite-natal-presepio.jpg

 

A Noite de Natal

Sophia de Mello Breyner Andresen

illustrações: Maria Keil

edições Ática, 1959

 

Um livro que nos transporta para uma época que se repete, neste ano de confinamento em que tantas crianças terão um Natal diferente devido às dificuldades dos pais, em tempos de pandemia.
 
 

natal2020-um-cantico-natal.png

 

Um Cântico de Natal

Charles Dickens

Relógio d'Água, 2016

 

Um Cântico de Natal é uma das histórias mais famosas da literatura e, sem dúvida, o conto de Natal por excelência. Um Cântico de Natal, tradução de Christmas Carol (1843) é talvez o mais dickensiano dos contos. 

 

É que só Charles Dickens poderia, a propósito do Natal, criar personagens como Scrooge, o pequeno Tim, e os três Espíritos do Natal Passado, Presente e Futuro, e acrescentar-lhes o Fantasma de Marley.

 

Este livro tem passado de geração em geração, acompanhado do desejo do autor de que "assombre as casas dos leitores de forma agradável, e que ninguém deseje apaziguá-lo".

 

 

A Christmas Carol

Charles Dickens

1ª edição, 1843

 

Dickens escreveu obras em que denunciavam a vida difícil dos operários na sociedade industrial emergente. A postura essencialmente sentimental expressou-se com muita nitidez nos seus contos de Natal.

 

"Um daqueles raros livros que deu expressão a algo enorme. Acredito que a própria vivência do Natal foi tocada por estas páginas.(…) Uma obra que nos faz pensar e que nos faz sentir. É por isso que continuará a ser lida, não importa quantos séculos passem. As questões que levanta nunca perderão atualidade (…)."


José Luís Peixoto in Prefácio

O livro Um Cântico de Natal, de Charles Dickens que fala do verdadeiro espírito da quadra natalícia, foi eleito pelo escritor José Luís Peixoto para integrar a coleção "Os Livros da Minha Vida"

É certo que há muitas histórias ligadas ao Natal ou não que podem oferecer aos mais novos, mas estes dois clássicos da literatura mundial devem ser incluidos nas leituras dos mais novos, neste Natal 2020.

 

Vai tudo correr bem! Partilhem alegria em família, levando em conta todas as recomendações para que as crianças não fiquem sejam o menos afectadas possível neste Natal diferente,

 

Volto brevemente! Para todos um Bom Natal!

 

A Professora GSouto

 

19.12.2020

 

Licença Creative Commons

Lembras ? O Ickabog, versão portuguesa já chegou ! Vencedores concurso de ilustração

 

 

Ickabog-livropt1.jpg

 

 

O Ickabog

J.K. Rowling

Editorial Presença 

https://www.presenca.pt/

 

E tal como estava previsto, acaba de ser publicada a versão portuguesa de The Ickabog. Com ilustrações de jovens portugueses.

 

Um livro incrível, solidário, e ainda tem uma, ou melhor, dezenas de participações muito especiais: de crianças de todo o mundo que ajudaram nas ilustrações.

 

The Winning Ilustrations

https://www.theickabog.com/competition/

 

 

Lista Mundial de Vencedores:

 

A lista e respectivas ilustrações dos jovens vencedores de todo o mundopode ser admirada no site The Ickabog, de J.K. Rowling.

 

A versão de cada país tem os seus 34 desenhos feitos pelos vencedores de cada país e, assim, o livro parece um pouco dos jovens também! Ainda para mais, é solidário. Com os lucros das vendas a serem destinados para projectos de ajuda a grupos afectados pela pandemia.

 

Ickabog-livro-ilustracao1.jpg

 

Vencedores Concurso de Ilustração Portugal

https://ickabogconcurso.pt/competicao

 

Pois, chegou agora às livrarias nacionais na versão em português. E nesta edição, lançada no passado dia 18 de Novembro. Nele vais encontrar desenhos de 34 pequenos ilustradores portugueses - dos 7 aos 12 anos - que foram os vencedores de um concurso online que aconteceu durante o verão até Outubro.

 

Quanto à história, o livro leva-te ao reino da Cornucópia, outrora o mais feliz do mundo. Tinha ouro, um rei com os melhores bigodes de sempre, padeiros e queijeiros cujas comidas faziam uma pessoa dançar de prazer ao comê-las. Até que veio o monstruoso Ickabog, que muitos pensavam ser apenas um mito. O que terá acontecido? Vais ter de ler para saber….

 

Ickabog-livro-ilustracao4.jpg

 

Vencedores Concurso de Ilustração Portugal

https://ickabogconcurso.pt/competicao

 

Sinopse:

 

"Tão alto como dois cavalos. Com olhos que brilham como duas bolas de fogo. E garras compridas e afiadas como navalhas. O Ickabog está a chegar? Em tempos, Cornucópia fora o reino mais feliz do mundo. Tinha ouro com fartura, um rei com o mais belo bigode que se possa imaginar e talhantes, pasteleiros e fabricantes de queijo, cujos produtos requintados faziam chorar de alegria quem os provasse. Era tudo perfeito ? com exceção dos Terrenos Pantanosos, uma zona lúgubre e enevoada que ficava no norte do reino e que, segundo rezava a lenda, era onde residia o monstruoso Ickabog..."

 

Ickabog-livro-ilustracao2.jpg

 

Vencedores Concurso de Ilustração Portugal

https://ickabogconcurso.pt/competicao

 

Vencedores do Concurso Nacional de Ilustração:

 

J.K. Rowling convidou as crianças de 7 a 12 anos a ilustrar os 64 capítulos que foram publicados no website da editora portuguesa até 9 de Outubro.

 

Ickabog-livro-ilustracao3.jpg

 

Vencedores Concurso de Ilustração Portugal

https://ickabogconcurso.pt/competicao

 

Os desenhos dos 34 vencedores fazem parte das ilustrações do livro de J.K.Rowling, O Ickabog. Os vencedores receberão uma cópia do livro publicado pela editora portuguesa, assim como um giftcard no valor de 30 euros em livros no website www.presenca.pt com a validade de um ano.

 

 

Ickabog-livro-ilustracao5.jpg

 

Vencedores Concurso de Ilustração Portugal

https://ickabogconcurso.pt/competicao

 

E agora admira a lista completa de vencedores que se encontra a seguir à galeria das ilustrações portuguesas vencedoras. Aqui, só publiquei algumas das ilustrações, escolhidas aleatoriamente.

 

Não esqueças! No final das ilustrações, tens os nomes dos 34 jovens portugueses que fazem parte desta edição em Português.

 

Parabéns aos vencedores! 

 

E boa leitura!

 

A Professora GSouto

 

25.11.2020

 

Licença Creative Commons

Hora de Inverno : E lá vamos nós, de novo !

 

muda-hora-inverno2020-gato-janela.png

 

Autor não identificado

via Google images

 

Esta madrugada 25 de Outubro 2020 muda a hora, de novo! É hora de Inverno. Uma mudança que vai tornar os dias mais curtos. Uma lástima.
 
 
Depois do equinócio de Verão que nos enche de boa disposição, dias longos, mais solarengos, volta a Hora de Inverno. Dias curtos, sombrios.
 
 

mudar-a-hora-inverno2020a.jpg

 

 
Em que dia e hora se muda?
 
 
Assim, às 02h00 da madrugada do dia 25 Outubro deve-se atrasar o relógio 1 hora no Continente e na Madeira. Nos Açores deve-se atrasar uma hora à 01h00 da manhã.
 
 

 

mudar-a-hora-inverno2020.jpg

 

 
Este é o dia mais longo do ano, com 25 horas, já que se atrasa uma hora nos relógios e se ganha uma hora. A partir desta data os dias começam a escurecer mais cedo.
 
 
"“A génese está relacionada com a poupança de energia, mas hoje já não há grandes poupanças, trata-se de uma questão de comodidade"
 
Rui Agostinho, director do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL)
 
 
Saber +
 
 
A mudança da hora acontece em  todos os países da União Europeia (UE), ao mesmo tempo, desde 1916, mas há países europeus (fora da UE) que escolheram seguir não mudar a hora. 
 
 
Países como a Arménia, a Bielorrússia, a Geórgia e a Rússia que não atrasam os relógios em Outubro nem em Março. Felizardos.
 
 
 

muda-hora-inverno2020.jpg

 

créditos: Bloomberg

 
Proposta CE para pôr fim a mudança hora bianual: 
 
 
A Comissão Europeia avançou com a proposta em 2019 que põe fim às mudanças de hora sazonais. Antes de ser oficial, esta medida foi aprovada pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho Europeu.
 
A consulta pública realizada por Bruxelas, esteve activa durante 43 dias e houve 4,6 milhões de respostas. Foi realizada depois de ter sido feita uma recomendação por parte do Parlamento Europeu precisamente para pôr fim à mudança do horário de Verão, que implica adiantar o relógio 60 minutos em Março, um horário que se prolonga até Outubro.
 
 
A alteração estava prevista para 2021, mas devido ao Covid-19, considerou-se melhor adiar para 2022.
 
 
A esmagadora maioria dos europeus defende que se acabe com a mudança de hora. E os portugueses não são excepção. 85% dos participantes portugueses no inquérito da Comissão Europeia CE votaram pelo fim da alteração dos relógios duas vezes por ano. Mesmo contra a vontade das entidades governamentais. 
 
 
 

muda-hora-inverno2020-galo.jpg

 

 Saúde:
 
 
Mas... afinal, estamos de novo a mudar hora. O nosso organismo ressente-se profundamente, reflectindo-se no sono (ou falta dele), sistema nervoso, e ritmo cardíaco, causando stresse
 
 
Sentimo-nos mais cansados, as nossas energias baixam. Bem como nossas defesas, constipações, gripes. 
 
Há estudos científicos que demonstram bem como é nociva esta mudança bianual para todos nós.
 
 
 

muda-hora2020-gripe.jpg

 

Autor não identificado
Google images
 
 

Vamos andar todos cansados, resmungões, durante as primeiras semanas até o nosso relógio biológico se adaptar, lá isso vamos.

 

Quando já estivermos adaptados, vem a mudança para a hora de Verão. E aí ninguém se queixa de menos uma hora de sono ! É que é tão bom acordar à luz do dia, e ter fins de tarde bem luminosos e longos.

 

 

banda desenhada manga

créditos: Autor não identificado

 

Dicas: Cuide da sua alimentação, faça exercício, e mantenha-se agasalhado!

 

Frutas, verduras e legumes são menos apetecíveis durante o Inverno, não é verdade? Chocolates e alimentos processados podem chamar mais atenção nesta estação do ano, mas é preciso ficar longe disso.

 

No Inverno, e em todas as estações do ano, é importante que mantenha uma alimentação equilibrada, opte por um prato sempre colorido, cheio de legumes e verduras, e adicione lanches pequenos durante o dia, com frutas. 

 

 

muda-hora2020-fruta.jpg

 

Alimentação equilibrada

via Pinterest

 

Manter uma alimentação saudável é muito importante e ajudará na batalha contra os germes, o virus Covid-19, pois o sistema imunológico ficará fortalecido e o corpo resistente.

 

E não esquecer! Beber muita água! Chás são uma excelente bebida nesta época do ano. O importante é hidratar!

 

muda-hora2020-desporto-casa-gettyimages.jpg

 

créditos: Getty Images

 

O desporto é imprescindível! Como não aconselhável ir ao ginásio, devido à pandemia, faça exercício em casa, ou ande a pé, quando não chover muito.

 

Segundo especialistas, andar 6 minutos ao ar livre aumenta em 30% a nossa boa disposição.

 

muda-hora2020-musica.jpg

 

créditos: © iStock

 

E a música? Imprescindível, claramente! Todo o ano, mas no Inverno eleva o nosso moral, evitando deprimir. E baixa a pressão arterial, e  estimula o nosso cérebro! 

 

Agora é esperar pela próxima mudança de horário que será feita daqui a cinco meses na madrugada de 28 de Março 2021, no último domingo do mês.

 

 Haja paciência, até lá. 

 

A Professora GSouto

 

24.10.2020

 
Licença Creative Commons
 

Mês das Bibliotecas Escolares : Descobrir caminhos para a saúde e bem-estar !

 

 

mes-bibliotescolar2020.png

 

Mês das Bibliotecas Escolares 2020

https://blogue.rbe.mec.pt/

 

No mês de Outubro, celebram-se as bibliotecas escolares. É o Mês das Bibliotecas Escolares, promovido pela International Association of School Libraries (IASL).

 

As escolas e suas bibliotecas escolares comemoram deste modo, a ligação entre os livros, a leitura, e as bibliotecas das escolas.

 

A saúde e o bem-estar estão em foco este ano em que o mundo atravessa uma pandemia devido ao coronavirus

 

unesco-kids-my-her-is-you (1).png

 

My Hero is You, how kids can fight COVID-19

ebook licença: CC BY-NC-SA 3.0 

Helen Patuc

ilustrations: Ario

https://en.unesco.org/

 

Este livro publicado em 31 de Março 2020, em formato e-book para download gratuito, inicialmente em Inglês, está agora disponível em quase todas as línguas. Fazer download em Português aqui.

 

covid-my-hero2.jpg

 

My Hero is You, how kids can fight COVID-19

ebook licença: CC BY-NC-SA 3.0 

text & illustration: Helen Patuck

https://en.unesco.org/

 

My Hero is You, How kids can fight COVID-19 (texto original) foi um projecto desenvolvido pelo Grupo de Referência sobre Saúde Mental e Apoio Psicossocial em Emergências Humanitárias do Comité Permanente Interagências (IASC GR SMAPS).

 

O projecto foi apoiado por especialistas de organizações globais, regionais e locais das agências integrantes do IASC GR SMAPS, além de pais, mães, cuidadores, professores e crianças em 104 países.

 

covid-my-hero3.jpg

 

My Hero is You, how kids can fight COVID-19

ebook licença: CC BY-NC-SA 3.0 

text & illustration: Helen Patuck

https://en.unesco.org/

 

Saber +

 

Realizou-se uma investigação global em inglês, italiano, francês, espanhol e árabe para avaliar a saúde mental e as necessidades psicossociais das crianças durante este surto de COVID-19.

 

Os resultados desta pesquisa foram utilizados para desenvolver uma estrutura de tópicos a serem abordados através da história contada neste livro.

 

O livro foi compartilhado através da narração para crianças em vários países afectados pelo COVID-19. Assim, o "feedback de crianças, pais, mães e cuidadores foi utilizado para rever e atualizar a história."

 

Nestes dias de incerteza, as bibliotecas escolares devem ser um espaço de reconforto e segurança e os seus livros companheiros inigualáveis!
 
 
Que nestes dias, a leitura seja um remédio, uma actividade terapêutica que traga a serenidade e o alento tão necessários.
 
 
A biblioteca escolar destaca-se neste dias como um espaço físico e digital aberto, onde todos são bem-vindos, desejavelmente em segurança, promovendo iniciativas de saúde mental e bem-estar, apoiando e promovendo práticas de leitura por prazer.
 
 
 
 

 

 International School Library Month 2020

https://iasl-online.org/

 

 
Tema 2020:
 
"Descobrir caminhos para a saúde e o bem-estar com a biblioteca escolar."
 
 
O tema foi definido pela International Association of School Libraries (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar 2020 que está ligado, precisamente, à pandemia mundial. E se reflecte em todas as escolas, já que os alunos voltaram às escolas para aulas presenciais.
 
 
Baseia-se no Objectivo de Desenvolvimento Sustentável ODSnúmero 3 da Agenda 2030 da ONU: Saúde de Qualidade.
 
 
 

mes-bibliotescolar2020-goal3.jpg

 

Objectivos de Desenvolvimento Sustentável 2030

Objectivo 3

https://unric.org/pt/

 

Saúde de Qualidade. 

 

A biblioteca escolar destaca-se neste dias como um espaço físico e digital aberto, onde todos são bem-vindos, desejavelmente em segurança, promovendo iniciativas de saúde mental e bem-estar, apoiando e promovendo práticas de leitura por prazer.

 

As bibliotecas escolares, assumindo a missão de servir a comunidade educativa, é convidada a celebrar os caminhos que vão descobrindo para ajudar a promover a saúde e o bem-estar ocupacional, emocional, físico, espiritual, intelectual e social das crianças e jovens.

livro-covid2020.jpg

 

Meu Herói és tu, como as crianças podem combater o COVID-19

IASC

ebook licença: CC BY-NC-SA 3.0 

texto & ilustrações : Helen Patuck

https://en.unesco.org/

 

O Meu Herói és Tu, agora em Portuguêsformato e-book tem download gratuito, disponível aqui.

 

Nota: “Meu Herói és Tu” deve ser lido pelo pai, mãe, cuidadores ou professores a uma criança ou um pequeno grupo de crianças.

 

Não é recomendável que as crianças leiam este livro independentemente, sem o apoio dos pais, mães, cuidadores ou professores, de modo a ajudar as crianças a gerenciar sentimentos e emoções, além de actividades complementares para as crianças, com base no livro.

 

mes-bibliotescolar2020-dgs-fb.jpg

 

Coronaskids

https://www.coronakids.pt/

 

Outros recursos:

 

A DGS tem um site Coronakds com vários livros infantis e juvenis sobre a temática. Nem todos são grartuitos.

 

 

 

A Culpa não é dos Morcegos

Assunção Duarte

ilustrações: Beatriz Braga

https://ideiascomhistoria.pt/

 

 "A importância da preservação da biodiversidade e o respeito pela vida selvagem."

 
Aos professores bibliotecários, aos professores, em geral, e a todos aqueles que, todos os dias, 'constroem' leitores nas e com as bibliotecas escolares, uma saudação especial no Mês Internacional das Bibliotecas Escolares.
 
 
 

mes-bibliotescolar2020-activ.jpeg

 

 

créditos: Autor não identicado
via RBE
 
Actividades:
 
 
No âmbito do MIBE, a International Association of School Libraries (IASL) lança os habituais projectos de:
 
  • Troca de marcadores de livros entre escolas de diferentes países - com a opção de realizar estas trocas por correio ou virtualmente - e propõe outras actividades a desenvolver.
 
Outras Actividades:
 

 

Propõem-se actividades de aprendizagem formal e informal que tenham significado para os jovens e que possam gerir e reforçar, no grupo e na comunidade, laços de pertença, empatia e resiliência.
 
 

Jogs de aprendizagem significativos, interactivos e práticos, nos quais os jovens serão os protagonistas, desafiados a:

 

  • Levantar problemas a respeito do contexto em que vivem actualmente - pandemia Covid-19 - e que os preocupam;

 

  • Tomar consciência da gravidade, do cumprimento das regras sanitárias, para não infectar avós, pais, ou a eles próprios:

 

  • Formar uma opinião com base no que ouvem nos meios de comunicação social, via DGS, lêem na internet, livros, noticiários;

 

  • Tomar a iniciativa, por exemplo, através da criatividade:  Imagina que tinhas poderes para melhorar a saúde e o bem estar,  de crianças, adolescentes, seniores, nesta época de pandemia. Escreve uma pequena frase e entrega-a na biblioteca da tua escola.

A professora bibliotecária fará a selecção das melhores e mais criativas e poderá organizar uma parede interactiva em que todos os alunos aprendem, expõem outros pontos de vista, acrescentam temáticas baseadas nas suas experiências em família, intergrupal, comunidade escolar e comunidade envolvente.

 

A Professora GSouto

 

17.10.2020

 

Licença Creative Commons

 

referências: IASL/ Unicef/ UNESCO/RBE

Dia Internacional da Música : Para celebrar !

 

dia-musica2020b.png

 

O Dia Mundial da Música é celebrado anualmente a 1 de Outubro, desde 1975. A data foi instituída em 1975 pelo International Music Council, uma instituição fundada em 1949 pela UNESCO, que agrega vários organismos e individualidades do mundo da música.

 

A primeira iniciativa foi do violinista e maestro americano Lord Yehudi Menuhin com o intuito de promover esta arte em todos os sectores da sociedade.

 

 

dia-musica2020.jpg

 

 

É também uma forma de realizar os ideais da UNESCO de solidariedade e paz entre os povos e de incentivo à troca de experiências e valores estéticos entre os mesmos.

 

Objectivos do Dia Mundial da Música:

  • Promover a arte musical em todos os setores da sociedade;
  • Divulgar a diversidade musical;
  • Aplicação dos ideais da UNESCO como a paz e amizade entre as pessoas, a evolução das culturas e a troca de experiências.

 

Neste dia decorrem vários concertos, em todo o país, de forma a celebrar o Dia Mundial da Música. Muitos destes concertos são de entrada livre. Este ano de pandemia, muito mais adequado.

 

Não deixes de partivipar em alguma actividade, concerto, no Dia Mundial da Música.

 

dia-musica-casa-musica2020.jpg

 

S'il vous plaît !

http://www.casadamusica.com/pt/

 

Comecemos pela Casa da Música. As Brigadas do Serviço Educativo Casa da Música estarão em vários pontos da cidade do Porto, para recolher testemunhos musicais em formato de histórias, a tocar um instrumento ou a cantar.

 

"Captar a música e a musicalidade das pessoas que andarão pela cidade no dia 1 de Outubro é a ideia base deste projecto. Para isso, iremos percorrer as ruas da cidade e incitaremos a população a expressar-se musicalmente. Cada pessoa poderá cantar uma canção da sua infância, do seu país, uma memória musical, o que lhe apetecer."

 

dia-musica-shutterstock2020.jpg

 

créditos: Shutterstock

 

Espaços:

🎶Casa da Música: 10:00 - 12:00
🎶Ribeira: 10:00 - 11:30
🎶Largo de São Domingos, Rua das Flores e Estação de São Bento: 11:30 - 12:30
🎶Rua de Cedofeita, Praça Carlos Alberto, Praça dos Leões, Clérigos e Miradouro da Vitória: 14:30 - 17:30
🎶Praça do Marquês, Rua de Santa Catarina, Mercado Temporário do Bolhão e Praça da Batalha: 14:30 - 17:30

 

Todo o conteúdo áudio e vídeo captado nesses momentos será depois trabalhado e apresentado online sob a forma de postais digitais, para que todos possam ver e ouvir,  podendo assim, uma vez mais, comprovar a "importância da música nas nossas vidas."

 

 

 

A Orquestra Clássica do Centro (OCC) assinala quinta-feira, 1 de Outubro, o Dia Internacional da Música, com um concerto pelo seu quarteto de cordas no Pavilhão Centro de Portugal em Coimbra.

 

 

dia-musica2020-coimbra.jpg

 

Dia Internacional da Música

https://www.noticiasdecoimbra.pt/

 

Programa:

 

Pelas 19h00, o quarteto vai presentear o público com obras de compositores com Ludwig van Beethoven, Wolfgang Amadeus Mozart, F. Schubert, M. Ravél, Schostakovich ou José Afonso.

 

O concerto contará com comentários do cirurgião Alexandre Linhares Furtado. A entrada é gratuita, mas sujeita a reserva prévia através do telefone ou email da OCC.

 

 

 

cartoon : Autor não identificado

 

 Escolas: Actividades musicais possíveis:

 

  • Convidar, um intérprete, cantor, grupo musical de uma Escola de Música para falar da importância da música nas suas vidas e no dia-a-dia; 
  • Passar um ou mais filmes que envolvam autobiografias de músicos, ou filmes musicais (todos os géneros);
  • Organizar convívio de alunos, pais que aprendem músca ou são músicos. Apoio com quizzes e jogos musicais;
  • Organizar uma exposição na biblioteca da escola, com apoio de professores currículos Música com instrumentos musicais reais, ou posters com instrumentos musicais, audição de Música adequado aos vários géneros musicais, fotografias e caricaturas de músicos, e outros;
  • Concerto com alunos da escola, várias turmas, e premiar o melhor grupo por categorias musicais;
  • Free concertos pais, estudantes, professores num ambiente descontraído e divertido.

 

dia-musica2020c.jpg

 

 

A Professora GSouto

 

01.10.2020

 

Licença Creative Commons

Novo Ano Escolar : um ano bem diferente ! Estejam atentos às normas !

 

ano-escola2020-peq.jpg

 

créditos: EPA/BBC

via BBC (língua portuguesa)

 

Arrancou ontem, dia 14 Setembro o novo ano lectivo 2020-2021. Foi dia de muitas crianças e adolescentes voltarem à escola. Desde Março que o ensino presencial foi substituido por ensino à distância via TV Escola para a maioria - 1º ciclo até 3º ciclo, 9º ano incluido- via Skype, WhatsApp e outras redes sociais, inclusive email. 

 

ano-escola2020--tv.jpg

 

Estudo em Casa/ TV Escolar

créditos: André Kosters / LUSA

 

Os estudantes de 11º e 12º anos e os do 2.º e 3.º anos dos cursos de dupla certificação do ensino secundário voltaram a ter aulas presenciais, no final de Maio, devido a exames nacionais. Só nas disciplinas em que tinham exame.

 

ano-escola2020-exam.jpg

 

créditos: Marchante/Reuters

 

E 10º ano? Os alunos ficaram ensanduichados. Sem TV Escolar, sem ensino à distância. E muito se lamentaram de ter pouco apoio por parte dos seus professores curriculares. Houve excepções! Professores que não abandonaram e deram apoio à distância, via redes sociais, sempre preocupados com seus estudantes.

 

ano-escola2020-marcelo1.jpg

 

Professor Marcelo Rebelo de Sousa escola EB E,3 de Gueifães, Maia

créditos: © Notícias Maia

 

"“Isto é uma tarefa nacional, todos estamos interessados em que o ano letivo corra bem, é uma missão nacional, não é a missão de um governo, de um partido, de um sindicato, de um patronato, de responsáveis de escolas, de pais, de alunos ou de autoridades sanitárias, é uma missão de todos”.

ProfessorMarcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República

 

 

ano-escola2020-distan.jpg

 

créditos: Autor não identicado

via Expresso.pt

 

Pois! Muitas crianças e adolescentes deste país, regressaram à escolas, após uma ausência de seis meses. Outros recomeçarão entre 15 e 17 Setembro.

 

O regresso foi feito com expectativa, tensão, e regras, muitas regras. Os alunos foram levados à escola, a pé ou de carro, por um dos pais. Os mais velhos deslocaram-se a pé, bicicleta ou skate, evitando transportes públicos.

 

Houve entradas por turno. Por exemplo, um quarto de hora mais cedo do que era costume, às 8:45 horas. Outros entraram às nove da manhã para evitar congestionamentos.

 

Ainda assim, a entrada para a escola foi atrasada, em alguns minutos, por uma longa fila, frente ao portão, formada por pais de máscaras e filhos quase silenciosos, outros ansiosos, também eles de máscara a partir do 5º ano.

 

 

créditos: LUSA

 

Os mais novinhos despediram-se dos pais no portão. Mas todos, miúdos e graúdos esfregaram a sola dos sapatos num tapete de higienização, e puseram gel desinfectante à entrada.

 

Pelo que ouvi dizer, o período de aulas decorreu normalmente, com 'notas exóticas' da professora falar 'atrás de uma placa transparente de acrílico' quando estava sentada à secretária e com uma máscara, quando se encontrava de pé.

 

A escola promete uma «nova normalidade» e tanto adultos como crianças anseiam pelo cumprimento da promessa. Vai correr tudo bem, se toda uma comunidade seguir as normas previstas.

 

ano-escola2020-gel.jpg

 

créditos: Autor não identifico

via TVI24

Novidades : Calendário ano lectivo 2020-2021

 

  • Todos os alunos regressam às escolas;
  • Ano lectivo vai ser mais longo;
  • Pausas entre períodos serão menores;
  • Uso de máscara obrigatório para professores e alunos a partir do 5º ano.
  • Distanciamento obrigatório de 1,5 metros nas salas de aula.

 

"O reforço de recursos humanos e meios para que a "recuperação e consolidação das aprendizagens" dos alunos possa acontecer, minimizando assim o atraso causado pela covid-19."

Tiago Brandão, Ministro da Educação 

 

Períodos lectivos:

 

  • 1º período lectivo começa, para todos os níveis de ensino, entre os dias 14 e 17 de Setembro e acaba a 18 de Dezembro.

 

As cinco primeiras semanas deste período serão destinadas à recuperação de aprendizagens, de modo a colmatar eventuais perdas que tenham acontecido no último ano lectivo, devido aos constrangimentos resultantes da Covid-19.

 

  • 2º período lectivo arrancará no dia 3 de Janeiro2021 e estende-se até ao dia 24 de Março.

 

  • 3º período lectivo iniciar-se-à a 6 de Abril, ficando concluído, consoante o nível de ensino, entre os dias 9 e 30 de Junho:

 

9 de Junho 2021: 9º,11º e 12º anos de escolaridade:

15 de Junho 2021: 7º, 8º e 10º anos  de escolaridade;

30 de Junho 2021: pré-escolar, 1º e 2º ciclos ensino básico.

 

Pausas letivas:

Três interrupções lectivas:

 

 

Nota: Face aos anos lectivos anteriores, verifica-se uma redução da pausa lectiva da Páscoa.

 

 

Calendário escolar 2020-2021

créditos: IAVE

 

Avaliações externas: Provas de Avaliação: consultar aqui

 

O calendário escolar do ano lectivo 2020-2021 volta a contemplar a realização das habituais provas de aferição para os 2.º, 5.º e 8.º anos, em Maio e Junho. Recorde-se que estas avaliações foram excecionalmente suspensas no último ano lectivo anterior, devido à Covid-19.

 

O objectivo das provas de aferição é aferir os conhecimentos adquiridos pelos alunos e, com base nessa informação, avaliar as escolas e colmatar as fragilidades detectadas.

 

Provas finais de ciclo: consultar aqui

 

Tal como as provas de Aferição, também as provas Finais de Ciclo do 9.º ano regressam ao calendário escolar, depois de terem sido interrompidas no último ano lectivo.

Estas avaliações, que têm um peso de 30% na nota final, serão realizadas em Junho e Julho.

 

Exames Finais Nacionais: consultar aqui

 

Os alunos dos 11.º ano e 12.º anos farão os habituais exames nacionais. Estas são as avaliações mais importantes da escolaridade obrigatória.

Contam para a média do ensino secundário e, em alguns casos, funcionam como provas de ingresso ao ensino superior. Os exames finais nacionais decorrerão entre Junho e Julho.

 

Bom ano lectivo a todos! Estudantes, professores, pais, educadores!

 

Aviso alunos! Cumpram as novas normas: máscaras, desinfecção gel, distanciamento social (por muitas saudades que tenham dos vossos amigos e colegas), nada de troca de materiais ou livros, e por que não levar a vossa lancheira de casa, previamente preparada para a alimentação.

 

Tudo vai correr bem!

 

A Professora GSouto

 

15.09.2020

 

Licença Creative Commons

Pausa férias : Correr por um Sonho, filme & livro baseado em factos reais

 

filme-race-girl-poster-pt.jpg

 

Correr por um Sonho

Rachel Griffiths, 2019

https://www.imdb.com/

 

Em 2015, a jóquei Michelle Payne tornou-se a primeira mulher a vencer a prestigiada corrida de cavalos australiana Melbourne Cup.

 

O filme Correr por um Sonho tradução de Ride like a Girl é baseado na história desta jovem jóquei australiana. Com Teresa Palmer no papel de Michelle Payne, e Sam Neill, no papel de seu pai, Paddy Payne conta  a história de Michelle e do seu pai, o treinador Paddy Payne, que ensinou a arte da equitação e corrida a todos os filhos.Uma famíla numerosa.

 

filme-race-girl-poster.jpg

 

Race Like a Girl

Rachel Griffiths, 2019

https://www.imdb.com/

 

Crescendo num rancho típico em Miners Rest, perto de Ballarat, no centro de Victoria, Austrália, Michelle é a filha mais nova de dez filhos de Paddy e Mary Payne. Tragicamente, a mãe de Michelle, Mary, morreu num acidente de automóvel quando Michelle tinha apenas seis meses de idade, deixando Paddy sozinho a criar os dez filhos.

 

Todos os imãos são treinados pelo pai, conhecido treinador. Mas um dia, uma das filhas morre numa corrida. E ele desiste de treinar os filhos, e não permite que Michelle, a mais nova, continue o sonho de entrar na Melbourne Cup. Mas Payne não é para se dar por vencida.

 

 

filme-race-girl-michelle-payne1a.jpg

 

Michelle Payne & Prince of Penzac

créditos: Getty Images

https://michellejpayne.com.au/

 

A verdadeira Michelle Payne:

 

Miichelle J. Payne, nascida no dia 29 Setembro 1985,  uma jóquei australina. Ela  ganhou a Taça de equitação Melbourne 2015, com o cavalo Prince of Penzanc, tornando-se  a  primeira jóquei feminina a ganhar esse grande evento.

 

A carreira de Michelle teve muitos desafios. Em 2004, com apenas 18 anos, Michelle sofreu um acidente no Handicap Torbek em Sandown. A 100 metros de vencer, o cavalo caiu e o acidente deixou Michelle com fracturas no crâneo que lhe causaram lesões cerebrais, deixando-a quase impossibilitada de andar em muito menos de voltar a montar e voltar às competições.

 

 

filme-race-girl-michelle-payne2.jpg

 

Michelle Payne & Stevie Payne

credits: Michelle Payne

https://michellejpayne.com.au/

 

Mas não desistiu,  recuperou com muita força de vontade, o apoio do pai e irmãos,  a ajuda do seu cavalo.Sobretudo de seu irmão Stevie Paynem com trissomia 21, o seu grande apoiante e companheiro.

 

Começou a sua recuperação com a ajuda de seu cavalo, também . E mais tarde voltou às competições, até que ganhou a Taça Melbourne 2015.

 

 

 

 

Sinopse filme:

 

Desde criança, Michelle Payne (Teresa Palmer) sonhava com o impossível: vencer a Melbourne Cup – uma duríssima corrida de cavalos de 3 quilómetros.
 
 
Filha mais nova de uma família de dez, Michelle é criada apenas pelo pai, Paddy (Sam Neill). Deixa a escola aos 15 anos para se tornar jóquei e depois de algumas dificuldades iniciais, consegue afirmar-se.
 
 
 

filme-race-girl4.jpg

 

 Michelle Payne (Teresa Palmer) & Paddy Payne (Sam Neill)

 

Correr por um Sonho

Rachel Griffiths, 2019

https://www.imdb.com/

 

 
Mas uma tragédia familiar –a que se segue uma queda de cavalo quase fatal – põe fim ao seu sonho. Contudo, apoiada no amor do pai e do irmão Stevie, Michelle não desiste. Contra o parecer dos médicos e apesar dos protestos dos irmãos, ela continua a montar e conhece Prince of Penzance.
 
 

filme-race-girl3.jpg

 

 Michelle Payne (Teresa Palmer) & Paddy Payne (Sam Neill)

Correr por um Sonho

Rachel Griffiths, 2019

https://www.imdb.com/

 

 
Juntos, ultrapassam obstáculos intransponíveis na luta pelo seu sonho: a corrida na Melbourne Cup de 2015, com apostas de 100 para 1. O resto? Passou a fazer parte da história das grandes competiçoes de cavalos.
 
E das mulheres que ultrapassam barreiras a nivel pessoal e geral.
 
 

 

filme-race-girl-michelle-payne-brother1-getty.jpg

 

 Michelle & Stevie Payne

créditos: Quinn Rooney/Getty Images

https://michellejpayne.com.au/

 
Importante realçar o apoio verídico, atento, de seu irmão Stevie Payne, com Trissomia 21, cuja sensibilidade o fazia entender melhor do que ninguém os cavalos e a ajudou na preparação de Prince of Penzance, acompanhando a irmã Michelle em todas as competições.
 
 

É a estreia da actriz Rachel Griffiths, como realizadora. Não sei se lembram ou viram a série televisiva Irmãos e Irmãs?  Pois é! Rachel fazia o papel de irmã mais velha. Uma série de qualidade.

 

filme-race-girl-book.jpg

 

Ride Like a Girl

Life as I Know It

Michelle Payne & John Harms

https://www.amazon.com.au/

 

O livro Ride Like a Girl, escrito por Michelle Payne com apoio de John Harms que deu origen ao filme não está traduzido em português. Talvez, brevemente, quem sabe?

 

Actividades de férias:

 

  • Ir ver o filme ao cinema - já estão a funcionar com todas as condições de higienização - com amigos ou família. Não esqueçam a máscara! É obrigatória! E que não fosse, já sabem que passou a ser uma medida de sgurança.

 

  • Também podem comprar o DVD ou alugar num clube de víseo da vossa operadora.

 

Também podem segui-la nas redes sociais Instagram ou Twitter.

 

  • Ler o livro em inglês. Podem comprar o livro ou e-book na vossa livraria. Ou encomendar online.

 

  • O ebook também está disponível para leitura digital em Ebooks.com : computador ou smartphone.

 

 

Bom, só posso desejar-vos boas férias. E preparados para retomar as aulas presenciais a partir de 14 de Setembro!

 

Nao esqueçam de visitar o blog em língua francesa

 

A Professora GSouto

 

05.08.2020

 

Licença Creative Commons

J.K. Rowling :The Ickabog, novo livro infantil online : Concurso Ilustração aberto a leitores portugueses

 

the-ickabog.jpg

 

https://www.theickabog.com/home/

 

Os primeiros 23 capítulos de The Ickabog, a nova história infantil de J.K. Rowling, têm já milhões de leitores. Cinco milhões de visualizações nas primeiras 24 horas e foram lidos por utilizadores oriundos de 50 países, revelaram os representantes da autora de Harry Pottercitados pela revista The Bookseller. O conto não está relacionado com a saga do jovem feiticeiro,

 

 

the-ickabog4.jpg

 

@jk_rowling

 

A primeira parte do conto está a ser publicada online de forma gratuita desde a última semana de Maio. Desde então, já foram disponibilizados outros vinte e um capítulos.

 

O Ickabog é um conto de fadas inédito destinado a crianças e jovens que pode ser apreciada por todas as idades. O conto terá 34 capítulos e  poderá ser lido até 10 de Julho. Em Novembro, sairá em livro, ebook e audiolivro.

 

the-ickabog1.jpg

 

https://www.theickabog.com/home/

 

Saber +

 

Rowling escreveu o primeiro rascunho de The Ickabog há cerca de dez anos para os filhos e tencionava publicar o “conto de fadas” depois de sair o sétimo livro da saga Harry Potter. Acabou por se envolver em outros projectos, nomeadamente nos romances que assina com o pseudónimo Robert Galbraith, e adiou a publicação.

 

Depois de muitos anos guardado no sótão, voltou a pegar no manuscrito e, depois de revisto, começou a disponibizá-lo gratuitamente num site The Ickabog, para que as crianças que estão em confinamento possam lê-lo.

 

the-ickabog-comp1.jpg

 

https://www.theickabog.com/competition/

 

Concurso internacional de ilustração:

 

Ao mesmo tempo, foi lançado um concurso de ilustração do conto. Um concurso aberto a crianças dos 7 aos 12 anos, sobre a história O Ickabog

 

A cada capítulo, Rowling vai dando sugestões para as ilustrações, mas a criativade e imaginação estará a cabo dos jovens leitores. Não será a autora a fazer a selecção das melhores ilustrações, mas sim as editoras de cada país em que o livro for publicado.

 

As melhores ilustrações de cada país integrarão as edições impressas e digitais locais, que serão lançadas no final do ano.

 

 

the-ickabog-comp.png

 

via The Competitions

 

Participantes:

 

As ilustrações devem ser submetidaw pelos pais ou educadores via site da editora que conterá a informação do Concurso. Será a editora a apreciar e seleccionar as entradas dos diferentes participantes.

 

Já ilustrações no site do Concurso The Ickabog que podes ver aqui

 

Não sabemos se  livro vai ser editado directamente em Portugal. Assim, para já, o Concurso de Ilustração do conto só está disponível em alguns países ligados a editoras do Reino Unido ou dos Estados Unidos.

 

Vamos aguardar um pouco mais, dado que J.K. Rowling diz no site do The Ickabog que "brevemente será aberto a outros países...*

 

Ickabog-Story-US-Print.png

The Ickabog

J.K. Rowling

https://www.theickabog.com/

 

O livro impresso, e em versão digital - tablet e smartphone - vai ser editado mundialmente em Novembro 2020. Em Portugal, em Novembro 2020 (versão portuguesa).

 

 

 

 

* E chegou a vez dos leitores portugueses. O livro vai ser editado em Portugal em Novembro. E o Concurso de ilustração abriu, hoje, dia 18 Agosto para os jovens fãs que queiram participar.

 

 

Ickabog-concurso-ilust.png

 

https://ickabogconcurso.pt/competicao

 

Concurso de Ilustração para jovens leitores portugueses:

 

O livro digital já pode ser lido online em português. E o Concurso está aberto a  crianças e adolescentes de 7 a 12 anos.

 

Estão convidados para ilustrar os 34 capítulos que irão ser publicados até 2 de Outubro no site da editora portuguesa.

 

Serão 34 as ilustrações vencedoras a fazer parte da versão impressa do livro O Ickabog, com publicação prevista pela Editorial Presença em Novembro de 2020.

 

Inscrições:

 

As inscrições estão abertas e o Concurso decorre até 9 de Outubro de 2020 às 18h, horário de Portugal Continental

 

Temas de Ilustração:

 

Consultar aqui

As condições gerais também devem ser lidas aqui

 

Envio de Ilustrações:

 

A preencher o Formulário online.

 

 

 

https://www.theickabog.com/home/

 

Ir + longe:

 

O Ickabog, a nova história de J.K. Rowling, foi escrita há 10 anos, quando suas filhas ainda eram pequenas e depois ficou guardada no sótão da sua casa.

 

Em função da pandemia do coronavírus, a autora decidiu voltar ao livro digital para distrair crianças e famílias em todo o mundo neste período de ainda isolamento social.

 

Posteriormente vai fazer a distribuição dos lucros dos direitos de autor por grupos e entidades ligadas a ajudae pessoas mais afectadas pelo vírus.

 

 

 

https://www.theickabog.com/info/

 

 

Actividades:

 


  • Podes ler online O Ickabog que foi ficando disponível todos os dias até atingir os 34 capítulos. Se vives ou és de um do países em que o Concurso de ilustração está aberto, participa.
  • Agora, já podes ler todos os capítulos em inglês. E ver as ilustrações de vários países. E tens já acesso aos vencedores internacionais.
  • E finalmente, a versão portuguesa online! Podes ler em Português, capítulos publicados aqui
  • E claro, já sabes! O concurso de ilustração está aberto a jovens leitores portugueses. Participa! Quem sabe se a tua ilustração poderá fazer parte da edição portuguesa?

 

A Professora GSouto

 

07.06.2020

 

actualizado: 18.08.2020

 

Licença Creative Commons

 

sources:

 

The Ickaborg site oficial

Literatura juvenil : Astrid Lindgren : Pipi das Meias Altas & outras histórias

 

astrid-lindgren-books.jpg

 

Astrid Lindgren

créditos: Astrid Lindgren Company

https://www.astridlindgren.com/

 

Astrid Lindgren foi uma autora sueca de literatura infantil, com livros traduzidos em 85 idiomas em mais de 100 países. 

 

Google Doodle:

 

doodle-pippi.jpg

 

65º Aniversário de Pippi longstocking

26 Novembro 2010

https://www.google.com/doodles/

 

Em 26 de Novembro 2010, Google festejou o 65º aniversário da personagem literária Pippi das Meias Altas. A menina, cujo nome completo, no original em sueco, é Pippilotta Viktualia Rullgardina Krusmynta Efraimsdotter Långstrump, é a personagem principal de três livros infanto-juvenís da autora sueca Astrid Lindgren, editados entre 1945 e 1948. É uma menina invulgar, "a mais forte do mundo", como está represntada no Doodlecom sardas no rosto e tranças ruivas. E claro, com meias altas!

 

Muitos de seus livros são baseados na sua família e memórias de infância. Todavia, Pippi das Meias Altas, a sua personagem mais famosa, foi inventada originalmente para entreter sua filha Karin de 7 anos, que estava adoentada.

 

 

Pippi das Meias Altas

Astrid Lindgren

Relógio d'Água

https://relogiodagua.pt/

 

Em 28 de Janeiro de 2002, aos 94 anos, Astrid Anna Emilia Lindgren morreu na sua casa em Estocolmo, ao lado de sua filha, Karin.

 

Aí morou desde 1941. E escreveu os seus 41 livros ilustrados. Ao saber da notícia, milhares de fãs foram até a residência, levando flores e velas.

 

astrid-lindgren-pippi-1968.jpg

 

Astrid Lindgren e pequena actriz

no papel de Pippi das Meias Altas, 1968

 

Saber +

Astrid Lindgren, autora da inesquecível personagem Pippi das Meias Altas, tem 165 milhões de livros vendidos, em 107 línguas e 77 países. Segundo a lista da UNESCO, é 18a autora mais traduzida do mundo.

 

 

 

O livro deu origem a uma série de televisão com o mesmo nome (1969), com adaptação do texto de Astrid Lindgren. Passou na televisão portuguesa uns anos mais tarde, em três temporadas. Está disponível em DVD

 

astrid-lindgren-book.jpeg

 

Astrid Lindgren’s Bullerbyboken 

(Byllerby Book), Jamtli, CC BY-NC-ND

https://www.europeana.eu/

 

Astrid Lindgren foi uma incansável lutadora pelos direitos humanos e pelos direitos das crianças, dos animais, da preservação da natureza, da literatura infantil e da paz, levando à mudança de muitas leis suecas.

 

astrid-lingdern-pippi- livro-sueco1.jpeg

 

Pippi Längstrump

Astrid Lindgren, 1945

https://en.wikipedia.org/

 

Pippi das Meias Altas, a garota sardenta, de cabelos ruivos e tranças, foi criada em 1941, a pedido da filha Karin, que estava doente e não podia ir à escola. O nome do livro foi escolhido por Karin.

 

astrid-lingdern-pippi- livro-sueco.jpg

 

Pippi das Meias Altas/ Pippi Longstocking

Astrid Lindgren

https://www.astridlindgren.com/

 

Pippi das Meias Altas:

 

Astrid fez o que poucos se atreveram na sua época. Muito antes dos direitos das mulheres, ela inventou uma personagem que podia tudo: tinha toda a força do mundo, enfrentava ladrões, fugia de polícias, vivia sem os pais – apenas com seu cavalo e um macaquinho –, era independente, ousada e muito confiante.

 

 

astrid-lindgren-pippi-livro2a.jpg

 

Pippi Longstocking, ebook

Astrid Lindgren

https://www.penguinrandomhouse.com/

 

Pippi das Meias Altas, a menina sardenta, de cabelos ruivos e tranças, criada em 1941, a pedido da filha Karin, quando impedida de tr à escola por estar doente.

Como o nome da personagem já era esquisito, Astrid imaginou que ela não deveria ser muito normal. E assim nasceu a irreverente Píppi. O manuscrito foi recusado pela primeira editora, com medo que o livro fosse uma má influência para as crianças.

 

astrid-lindberg-pippi.jpg

 

Estátua de Pippi Longstocking sentada num muro em frente do Cultural Center D’n Bogerd en Druten, Países Baixos, de Geert Peters

créditos: Hans Barten, Beelden van Gelderland, CC BY

https://www.europeana.eu/

 

Astrid, a menina corajosa e afoita: 

 

De certa maneira, Píppi carrega muito da infância e da coragem de Astrid. A autora nasceu em 14 de Novembro 1907, em uma pequena cidade sueca, chamada Vimmerby. Segunda filha de quatro, cresceu em uma casa vermelha, rodeada de macieiras, como certa vez contou, na propriedade rural chamada Näs.

 

astrid-lindgren-irmas.jpg

 

Astrid Lindgren e irmãos

créditos: Astrid Lindgren Company

https://www.astridlindgren.com/

 

Quando criança, ajudava os pais no trabalho com a fazenda e divertia-se em brincadeiras livres. Ela contava que, aos quatro anos, ao escutar sua primeira história, sentiu algo mágico acontecer na sua vida. Ler e ouvir histórias foi a forma de se transportar para outros mundos, vendo a sua cozinha ser invadida por bruxas, magos e criaturas imaginárias.

 

Entre seus livros preferidos estavam A Ilha do Tesouro (1883), de Robert Louis Stevenson, A Princezinha de Frances Hodgson Burnett (1905) e Papá das Pernas Altas de Jean Webster.

A coleção dos manuscritos originais de Astrid Lindgren na Kungliga Biblioteket, em Estocolmo, foi adicionada à lista de herança cultural da UNESCO em 2005.

 

 

 

Pippi das Meias Altas

Astrid Lindgren

illustração: Lauren Child

https://www.bertrand.pt/

 

Sinopse:

 

Pippi das Meias Altas está de volta, e continua engraçada, arisca e incrivelmente forte! O Tomás e a Anita estão fascinados pela sua nova vizinha, que vive sozinha, acompanhada apenas do seu cavalo de estimação e de um macaco, o Senhor Nelson. Os dois irmãos rapidamente percebem que ela é uma menina mesmo peculiar: ninguém lhe diz o que deve fazer, está sempre metida em sarilhos e peripécias, faz os seus próprios biscoitos e é mais forte do que qualquer outra pessoa do mundo.


Ela é a Pippi das Meias Altas. Vais adorar conhecê-la e viver as suas aventuras extraordinárias!

 

PNL :  Livro recomendado  para o 4º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

 

 

Escritora mundialmente famosa de literatura infantil Astrid Lundgren

com um exemplar de Pippi Longstocking em South Sea in 1995

créditos:  AP Images

 

O Prémio Literário Astrid Lindgren, conhecido como Astrid Lindgren Memorial Award, criado em 2002 pelo governo da Suécia, em homenagem à escritora Astrid Lindgren, foi atribuído este ano à ilustradora sul-coreana, Baek Heena.

 

Havia 240 candidatos de 67 países, entre os quais quatro autores portugueses: Catarina Sobral, Bernardo P. Carvalho, António Jorge Gonçalves e Maria Teresa Maia González.

 

Actividades:

 

  • Ler o livro Pippi das Meias Altas e passar alguns episódios da série televisiva, agora em DVD.

 

  • Solicitar aos alunos curtos textos sobre a personagem Pippi,expressando a sua opinião.

 

  • Reconto da história. 

 

Nota: Apoio para jovens professores do ensino básico

 

A Professora GSouto

 

16.05.2020

Licença Creative Commons