Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Mickey Mouse : 90 anos ? História & recursos do mítico rato !

 

mickey-mouse90.jpg

 

Mickey Mouse  1928 - 2018

via eBay

https://www.ebay.com/

 

Mickey Mouse faz 90 anos? Imagine-se! O primeiro filme de animação protagonizado pelo Mickey, o rato mais famoso do mundo chegou às salas de cinema a 18 de Novembro de 1928. Noventa anos depois, Mickey Mouse é um ícone da cultura pop.

 

É possível? Há 90 anos, nascia a personagem de animação com mais sucesso em todo o mundo. Mickey Mouse. Walt Disney e Ub Iwerks, os seus criadores, quiseram que o ícone do estúdio de animação fosse esse divertido rato.

 

 

mickey-mouse90b1.jpg

 

 

Mickey Mouse

Steamboat Willie, 1928

 

Em 1928, chegou a preto e branco.E mudo. Foi sofrendo transformações e a ele se juntou um  grupo de amigos. 

 

Nove décadas depois, o rato mais famoso do mundo já não é só uma personagem infantil. É mesmo um ícone cultural e um símbolo mundial.

 

 

 

 

Saber +

 

Produzida pela Walt Disney na Primavera de 1928, a personagem animada fez a sua primeira aparição no filme Steamboat Willie, uma curta-metragem de animação com menos de oito minutos, realizada por Ub Iwerks e pelo próprio Walt Disney.

 

Mais do que a estreia oficial de Mickey e da sua namorada, Minnie, o filme foi também a primeira animação com som sincronizado produzida pelos estúdios.

 

 

mickeymouse90c.jpg

 

 

Mickey Mouse & Minnie

Disney Channel

 

Ir + longe:

 

Mas a história do Mickey começa meses antes. Embora tenha chegado ao grande público através do filme de Novembro de 1928 — para todos os efeitos, a sua estreia oficial — o famoso rato já tinha protagonizado uma outra curta-metragem, em Maio desse mesmo ano. 

 

 

 

 

Plane Crazy, um filme de animação mudo com seis minutos. Minnie já aparecia no papel de coprotagonista. A curta animação chegou a ser apresentada em sala de cinema, mas não despertou o interesse de nenhum distribuidor.

 

 

mickeymouse90d.jpeg

 

 

Walt Disney

Disney Channel

http://time.com/

 

Walt Disney terá canalizado a sua frustração na produção de uma segunda curta-metragem, The Gallopin’ Gaucho. Também mudo, o filme foi finalizado em Agosto de 1928. Não conseguiu distribuidor, acabando por ser relançado numa versão sonorizada, já depois de Steamboat Willie. O mesmo aconteceu com Plane Crazy, que em Março de 1929, chegou ao grande ecrã já com som.

 

 

mickeymouse90f.jpg

 

 

Walt Disney: envelope da empresa com o auto-retrato de Walt Disney, 1921

https://en.wikipedia.org/

 

Em todos eles, Walt Disney deu voz a ambas as personagens.

 

Provavelmente, sem Oswald não haveria Mickey. As personagens com figura de animais estavam claramente na moda. Felix the Cat aparecera em 1919 e Krazy Kat, do cartoonista George Herriman, começara a aparecer nas páginas dos jornais em 1913.

 

 

mickeymouse90e2.jpg

 

Oswald the Lucky Rabbit

in Trolley Troubles

credits : Walt Disney productions

https://en.wikipedia.org/

 

Mais gatos? Não! Desenhado por Walt Disney e por Ub Iwerks, Oswald the Lucky Rabbit apareceu pela primeira em setembro de 1927 e ficou para a história como a primeira personagem animada do Walt Disney Studio. As semelhanças são flagrantes. Oswald e Mickey são praticamente iguais, só muda a forma das orelhas.

 

O sucesso foi imediato, logo com a banda desenhada de estreia, com o título Trolley Troubles.

 

Depois de alguns problemas tentativa de colaboração com o seu distribuidor, Charles Mintz, foi relançada pelos Universal Studios, que inicialmente haviam encomendado Oswald à dupla de criativos. Foi no esforço de substituir o famoso coelho que Disney e Iwerks criaram Mickey nesse mesmo ano (1928).

 

 

 

 

Mickey Mouse

personagem animada

créditos: Luigi Portugal

 

Durante o processo de desenvolvimento da nova personagem, foram muitas as tentativas, antes de chegar ao Mickey que hoje conhecemos. Os primeiros esboços ficaram a cargo de Iwerks. Mas foi o rato de estimação de Walt Disney a inspirar Iwerks.

 

Quando estava tudo pronto para baptizar a nova personagem com o nome Mortimer, foi Lillian, a mulher de Walt, a insistir para que o nome fosse mudado. Mickey acabou por surgir como ideia mais unânime. 

 

Mickey já passou por algumas transformações. Essas modificações foram para fazer dele uma personagem cada vez mais carismática. Em 1929, no filme The Opry House, aparece, pela primeira vez, com luvas brancas, possivelmente porque se vê a tocar piano. Também houve evolução com os dedos de Mickey. E nas orelhas.

 

 

mickeymouse-christmascarol.jpg

 

 

Mickey’s Christmas Carol, 1983

© Disney Channel

 

Com os 90 anos vem a natural celebração. Mickey é uma figura apetecível. Inúmeros eventos em comemoração do 90º aniversário do Mickey Mouse acontecem no mundo.

 

As homenagens a Mickey fazem por todo o mundo e nas mais variadas áreas. Incluem eventos especiais, cinema, editoras, empresas jogos, colaborações com artistas plásticos, designers, fotógrafos, músicos, actores e celebridades.

 

Os jogos não poderiam ficar de fora! Eis que Kingdom Hearts se junta a esta efémeride.

 

 

mickeymouse90-game.jpg

 

 

mickeymouse90-game1.jpg

 

 

Kingdom Hearts 3

 ðŸ‘‘

King Mickey & Riku

via @KINGDOMHEARTS

 

Jogo:  Kingdom Hearts 3

 

Os fãs de Kingdom Hearts 3 irão ser levados numa viagem ao longo da vida de Mickey Mouse. Apesar de a personagem se ter estreado como um rato a preto e branco, desenhado manualmente na curta animação do americano Walt Disney em 1928, transformou-se num ícone internacional. E é definitivamente notável. A tecnologia associa-se à arte da banda desenhada.

 

Fica aqui o trailer: 

 

 

 

 

Square Enix não divulgou muitos pormenores sobre como Mickey Mouse se vai encaixar na narrativa de Kingdom Hearts 3. É sabido que Mickey e Riku viajam para o Mundo das Trevas para tentar e resgatar Aqua do controle do Mestre Xehanort, mas será tarde demais. 

 

Muitos fãs esperam que a Square Enix forneça mais detalhes, até porque o Kingdom Hearts 3 está previsto para ser lançado no início do próximo ano. O editor e o criativo têm tempo de sobra para explicar aos fãs tudo o que está para vir.

 

Data:  Janeiro 29, 2019 para PlayStation 4 and Xbox One. Agora? É esperar...

 

A Professora GSouto

 

18 Novembro 2018

 

Licença Creative Commons

 

Fontes: Disney / Wikipedia/ Kingdom Hearts

Dia Mundial da Asma : Vitinho está de volta & sugestões leitura

 

 

 

Vitinho/ Dia Mundial da Asma

Campanha Que a Asma não te Páre

https://www.facebook.com/pg/Que-a-asma-

 

Para quem nasceu nos anos 1970 ou 1980, o Vitinho dispensa apresentações. Faz parte do imaginário de uma geração que se habituou a vê-lo antes de ir para cama, aceitando os seus conselhos para uma noite descansada.Aliás, Vitinho celebrou 30 anos em 2017.

 

 

 

 

Vitinho

créditos:José Miaria Pimentel

 

Para os mais novos, ficam os registos que a Internet não deixa esquecer. Ainda bem !

 

 

 

 

 

 

Pois, desta vez, a personagem animada criada por José Maria Pimentel, está de volta, agora com conselhos sobre a asma no Dia Mundial da Asma que tem lugar no dia 1 Maio.

 

O Instituto Mundipharma devolveu o Vitinho à ribalta, na nova edição da Campanha Que a Asma não te Pare, que visa sensibilizar os doentes para a importância de ter a doença controlada.

 

 

Vitinho vem para dar a cara pela campanha Que a Asma não te Pare, num vídeo que visa sensibilizar os doentes para a importância de ter a doença controlada

 

 

 

 

 

 

Saber +

 

Asma

 

Nove em cada 10 doentes têm perceção errada nesta matéria. O Presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão, estima que a asma afecte 700 mil doentes, sendo que do total, 175 mil são crianças e adolescentes, "a grande maioria ainda com a percepção errada do seu estado de saúde e de como pode viver melhor, a começar pela autoavaliação dos sintomas". 

 

Vários estudos indicam que mais de 50% da população em idade pediátrica não tem a asma controlada. Nos adultos, estimam-se 43%.

 

De tão ou maior importância, é a correcta inalação porque grande parte dos asmáticos ainda a faz de forma ineficaz, explica o especialista: "muitas vezes chegam aos consultórios, depois de anos convictos de que estão a usar correctamente os inaladores e nem sequer estão a inalar qualquer medicação".

 

 

Vitinho/ Dia Mundial da Asma

Campanha Que a Asma não te Páre

https://www.facebook.com/pg/Que-a-asma-

 

Ajudar a mudar estes números é a tarefa do Vitinho, numa campanha que inclui um vídeo animado, onde são descritos alguns dos sintomas da doença e a importância da criação de hábitos para a adesão à terapêutica.

 

É que a asma, quando controlada, não tem que ser sinónimo de restrições ou limitações, não tem que impedir idas à escola ou ao trabalho, a prática de atividades desportivas ou uma vida normal.

 

No Dia Mundial da Asma, que se assinala hoje, dia 1 Maio, vem alertar para uma doença respiratória crónica que afecta 700 mil portugueses, e 300 milhões em todo o mundo.

 

 

vitinho6.jpg

 

José Maria Pimentel

 Imagem cedida pelo autor

http://expresso.sapo.pt/

 

História do Vitinho:

 

No início da década de 1980, o 'designer' José Maria Pimentel desenhou o menino de chapéu de palha e jardineiras amarelas, com um V ao peito como os super-heróis, para a agência de publicidade onde trabalhava, a pedido de uma marca de cereais, pensando que ao fim de seis meses se livraria dele.

 

Mas o "miúdo", como José Maria Pimentel se refere a Vitinho, autonomizou-se dessa publicidade e a 16 de Outubro de 1986, o Vitinho saltou para os ecrãs de televisão com a rubrica "Boa Noite", que acabaria por marcar uma geração.

 

"Está na hora da caminha, vamos lá dormir! / Vê, lá fora as estrelas dormem a sorrir" eram os primeiros versos de uma música repetida diariamente no canal 1 da RTP, numa altura em que em Portugal, havia apenas dois canais de televisão.

 

 

 

Vitinho. Um dia vou ser grande

José Maria Pimentel

edições Dom Quixote

https://www.fnac.pt/

 

Ir + longe:

 

Em 2017, no 30º aniversário, Vitinho voltou, mas dessa vez em livro para os mais novos. O regresso do boneco no formato de colecção de livros surgiu então por se ter uma vertente pedagógica. Os dois volumes da coleção de livros para crianças foram editados pela D. Quixote.

 

 

 

 

Vitinho. É a dormir que se cresce!

José Maria Pimentel

edições Dom Quixote

https://www.fnac.pt/

 

Além da colecção de livros para crianças, José Maria Pimentel decidiu fazer um livro a pensar nos "miúdos que iam deitar com o Vitinho, a geração Vitinho, que são pais dos miúdos de agora". E assim surgiu, em 2017, ano do 33º aniversário, "O Grande Livro do Vitinho", também editado pela D. Quixote.

 

 

vitinho5.jpg

 

 O Grande Livro do Vitinho

José Maria Pimentel

https://www.fnac.pt/

 

O livro é uma "recolha do que foram os 30 anos de Vitinho".Nesta visita guiada aos bastidores do Vitinho, o autor aproveita para homenagear todos aqueles que foram tornando possível esta prolongada epopeia de produções.

 

"Aqueles, afinal, a quem o Vitinho (paradoxalmente) obrigou a passarem noites e noites em claro…"

 

Actividades:

 

  • Vídeo e informações sobre a Asma que devem fazer parte de uma campanha nas escolas. Inserir em actividades curriculares e transcurriculares.
  • Liiteratura infantil: Livros com vertente pedagógica a inserir nos currículos do ensino Pré-Primário e Primário (1º ano.)

 

A Professora GSouto

 

01.04.2018

 

Licença Creative Commons

 

 

Dia Internacional da Dança : A celebrar nas escolas !

 

 

 

 

Qartett4/ Bela Bartok

Coreografia : Anne Teresa de Keersmaeker

Opéra de Paris

https://www.operadeparis.fr/

 

Hoje, dia 29 de Abril celebra-se o Dia Internacional da Dança ou Dia Mundial da Dança. Criado pela UNESCO (1982) que celebra assim Jean-Georges Noverre

 

Jean-Georges Noverre foi um dos grandes nomes da dança. Bailarino francês, nascido a 29 Abril 1729 é considerado o precursor do "ballet d'action"

 

 

 

 

Jean-Georges Noverre

Perronneau, 1764, Louvre

https://en.wikipedia.org/

 

Jean-George Noverre:

 

Mestre da Ópera-Comique, Jean Georges Noverre (1727-1810) propôs um um retorno da dança à Natureza, à alma, e à simplicidade. Termos esses que encontramos nas famosas páginas de Lettres sur la Danse et sur les Ballets“.

 

O belo, segundo Noverre, exige a "razão, em vez da imbecilidade, o espírito, em vez de golpes de força, a expressão em vez de dificuldades técnicas, a graça, em vez de gracejos, o sentimento, em vez de rotinas de passos, o jogo característico da fisionomia, em vez de máscaras inexpressivas." (...)

 

Criado em 1982 pelo Comité Internacional da Dança da UNESCO como uma homenagem ao criador do ballet moderno, Jean Georges Noverre (1727-1810), o dia tem por objectivo chamar a atenção do público em geral para a importância da dança, incentivarndo ao mesmo tempo o apoio por parte das entidades educativas governamentais para esta arte.

 

 

 

 

5 Messagens/ 5 Autores 
Salia Sanou/Georgette Gebara/Willy Tsao/Marianela Boan/Ohad Naharin

 

Todos os anos, a Unesco homenageia uma personalidade ligada ao mundo da dança. Este ano, para celebrar o 70º aniversário do International Theatre Institut, e para sublinhar o aspecto culturai e internacional desta linguagem comum - a dança - o Conselho Executivo bem como  ITI  selectionaram cinco autores para a mensagem: um de cada cinco regiões da UNESCO:  África, Américas, países árabes, Ásia- Pacífco e Europa.

 

 

 

 

A Meio da Noite/ Olga Roriz

créditos: EPA

http://rr.sapo.pt/noticia/

 

Em Portugal, os espetáculos começam na sexta-feira e estendem-se a todo o país. Grupos de dança, escolas e associações realizam espectáculos e oficinasl, com o objectivo de festejar uma arte cuja universalidade é incomensurável.

.

A nova coreografia de Olga Roriz "A meio da noite" teve antestreia no Festival de Música de Leiria. E tem estreia marcada para dia 28 no Teatro Nacional São João, com repetição no sábado e no domingo.

 

"O título reenvia-nos para a hora do lobo, essa hora entre a noite e o dia, quando todos os fantasmas se libertam, quando mais pessoas morrem e mais pessoas nascem. Eco ou reminiscência de A Hora do Lobo (1968), um dos mais impressivos títulos da filmografia de Ingmar Bergman, em cuja obra Olga Roriz mergulha agora em busca de inspiração e diálogo."

 

 

 

 

Este teatro continua com dias dedicado à dança com o Festival DDD - Dias da Dança 2018 com vários espectáculos ao longo do mês de Maio, a iniciar a 2 Maio, com Impro Sharana.

 

Em Lisboa, a Companhia Nacional de Bailado apresenta a peça Impromptus, de Sasha Waltz, coreógrafa alemã de 55 anos que colabora pela primeira vez com a CNB, com a apresentação desta peça, estreada em 2004.

 

"*Impromptus* fala da beleza e da vulnerabilidade do corpo humano. Sasha Waltz, coreógrafa reconhecida mundialmente, é presença regular em Portugal desde 1997. Este momento marca o primeiro contacto de Sasha Waltz com a CNB, com a promessa de novos desafios no futuro."

 

Sobe ao palco do Teatro Camões às 16h00. A música é de Franz Schubert, a cenografia de Thomas Schenk e Sasha Waltz, o desenho de luz de Martin Hauk e os figurinos de Cristine Birkle.

 

Até 5 Maio 2018

 

 

 

Passo/ Ambra Senatore

http://www.cnb.pt/eventos/

 

Escolas:

 

A coreógrafa italiana Ambra Senatore, actual directora do Centre Chorégraphique National de Nantes, é convidada a remontar uma das suas obras mais emblemáticas, Passo*, de 2010, e a fazer uma nova criação para a CNB.

 

Local: Teatro Camões

 

Quando: 23 Maio 2018

 

Preço: 3€

 

Nível etário : + 6 anos

 

"Questões como a partilha e o encontro são, para a coreógrafa, elementos essenciais do espetáculo ao vivo. O humano atravessa todo o seu trabalho e a sua dança vai sempre ao encontro das pessoas. Entre a dança, o teatro e as artes visuais, Ambra Senatore explora as fronteiras entre ficção e realidade, entre “o dentro e o fora da ação”.  As suas criações alimentam-se de elementos como a teatralidade, as ações e os gestos do quotidiano, cujos detalhes ela observa à lupa, antes de os transpor para um universo surreal."


Ambra Senatore pretende, com as suas peças, tocar as pessoas, propondo uma relação humana, deixando espaço para a fragilidade, a dúvida, o sentido crítico, a partilha e o humor.

 

A Professora GSouto

 

29.04.2018

 

 Licença Creative Commons

Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz

 

 

 

 

Dia Internacional do Desporto para 

o Desenvolvimento e a Paz

créditos: UNESCO

https://en.unesco.org/

 

Celebra-se hoje , dia 6 Abril o Dia  Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz. Em Agosto 2013, a Assembleia Geral das Nações Unidas tomou uma decisão histórica ao aprovar a criação de um Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz.

 

A data será assinalada a 6 de Abril, dado ter sido o dia da cerimónia de abertura dos primeiros jogos da era moderna em 1896, em Atenas, pelos estados-membro das Nações Unidas.

 

 

 

créditos : ONU Brazil

 

No âmbito desta decisão, a AG das Nações Unidas relembrou ainda o papel fulcral que o Comité Olímpico Internacional desempenha na promoção de estilos de vida saudáveis e na criação de acesso ao desporto ao maior número de pessoas possível em todo o mundo.

 

Valores:

 

O desporto é simultaneamente um esforço individual e colectivo, é uma actividade individual e uma prática colectiva; baseia-se nos princípios do respeito, compreensão, integração e diálogo, e contribui para o desenvolvimento e a realização pessoal do indivíduo, independentemente da sua idade, género, origem, das suas crenças e opiniões. Por tudo isto, o desporto assume um lugar privilegiado de acção e reflexão no processo de transformação das nossas sociedades.

 

 

 

Desporto, porquê?

 

O desporto tem desempenhado historicamente um papel importante em todas as sociedades, seja na forma de desportos competitivosactividades físicas ou jogos. Mas alguém pode perguntar-se:

 

O que tem o desportp a ver com as Nações Unidas? De facto, o desporto apresenta uma parceria natural para o sistema das Nações Unidas (ONU), incluindo a UNESCO:

 

  • O desporto ou actividades desportivas são direitos humanos que devem ser respeitados e aplicados em todo o mundo;

  • O desporto tem sido cada vez mais reconhecido e usado como uma ferramenta de baixo custo e alto impacto nos esforços humanitários, de desenvolvimento e construção da paz, não apenas pelo sistema das Nações Unidas, mas também por organizações não-governamentais (ONGs), governos, agências de desenvolvimento, desportos. federações, forças armadas e meios de comunicação;

  • O desporto não pode mais ser considerado um luxo em qualquer sociedade, mas sim um investimento importante no presente e no futuro, particularmente nos países em desenvolvimento.

 

 

 

 

Plano de Acção de Kazan

créditos: UNESCO

https://en.unesco.org/

 

Ir + longe:

 

A UNESCO desempenha um papel de liderança neste processo. O Plano de Acção de Kazan é disso um bom exemplo. Aprovado na Rússia, em 2017, pelos Ministros responsáveis pela Educação Física e Desporto, promove uma maior cooperação internacional em matéria de políticas desportivas e tem como objectivo permitir a vinculação directa entre políticas desportivas e os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030.

 

Goals-poster-pt.jpg

 

Objectivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030

https://en.unesco.org/

 

É nesse espírito que a UNESCO celebra no 6 de Abril, pelo quinto ano consecutivo, o Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz.

 

sportday2018e.jpg

 

 

Projecto Gogolf Europa

créditos : Comité Olímpico de Portugal

olimpicoportugal.pt/

 

Actividades:

 

Ao longo do dia, vai ser levar a cabo uma forte mobilização on-line, para a qual todas as escolas estão convidadas a participar, nomeadamente através das hashtag #IDSDP2018 e #Sport2030 e da partilha de eventos e actividades em plataformas como a Sportanddev.org.

 

Registo das actividades aqui

 

"Os valores do desporto são valores de universalidade e concordância. Neste dia unamos as nossas forças e entusiamo para que, através do desporto, contribuamos para a construção de um mundo de respeito, de partilha e de paz."

 

Audrey Azoulay, Directora-Geral UNESCO (excerto mensagem)

 

A Professora GSouto

 

06.04.2018

 

Licença Creative Commons

Escolas : Dia Intl da Não Violência e da Paz nas Escolas : recursos

 

 

 

 

créditos: Biblioteca EBI/ II Correeira

http://bibcorreeira.blogspot.pt/

 

No 30 de Janeiro é assinalado o Dia Internacional da Não Violência e da Paz nas Escolas. Hoje relembra-se portanto o Dia Internacional da Não Violência e Paz nas escolas, instituído em 1964 através de uma iniciativa do poeta espanhol Lorenzo Vidal.

 

Saber +

 

Esta data, que coincide com o dia da morte de Mahatma Ghandi, pretende alertar a sociedade, pais, professores e alunos para valores “como o respeito, a cooperação, a solidariedade, a não violência e a paz”. as escolas.

 

 

 

 Mahatma Ghandi

https://en.wikipedia.org/

 

Objectivo:

 

Alertar alunos, pais, professores e toda a sociedade para valores como o respeito, a cooperação, a solidariedade, a não violência e a paz.

 

 

 

 

A temática da violência nas escolas é cada vez mais frequente, sendo o bullying uma problemática prioritária a resolver e alvo de preocupação por parte de especialistas que actuam na área da educação.

 

Nesta data procura-se igualmente sensibilizar para valores a tolerância, paz e respeito pelos direitos humanos, considerados bastante significativos no contexto actual.

 

 

 

créditos: Autor não identificado

http://www.youtube.com

 

Valores:


A educação com valores e para os valores desempenha um papel fundamental na formação dos adolescentes, devendo ser prioritária e tranversal a todos os currículos escolares.

 

Objectivos: Formador


• Estar atento;

 

• Estabelecer diálogos com as crianças, e adolescentes sobre conflitos que possam surgir;

 

• Manifestar compreensão e respeito pelas crianças, e adolescentes;


• Saber ouvir;

 

• Ter bom humor;


• Criar um clima de segurança, afectividade, empatia, alegria, harmonia e Paz 

 

A APAV associa-se à celebração deste dia recordando a música “Vais Conseguir (Bullying)” do jovem músico D8, que alerta para a problemática do "bullying".

 

 

 

 

Bullying: 

 

Bullying é a prática de actos violentos, intencionais e repetidos que podem causar danos físicos e/ou psicológicos, à vítima.

 

Esta prática é frequente em ambientes escolares, influenciando a aprendizagem dos alunos, segundo revelam profissionais da área.

 

 

 

Bullying escolas

http://aceofgeeks.net/

 

bullying não é apenas uma situação de uma briga entre crianças ou adoescentes.. O bullying importuna, persegue a vítima, a nível psicológico e/ou físico. É uma situação que se pode arrastar durante muito tempo.

 

Traz, consequências muito graves para o desenvolvimento psicoemocional dos jovens vítimas de bullying, que, por vezes, acabam em suicídio.

 

  

 

 

Ben

Disconnect, 2012

http://www.imdb.com/

 

"Há uma vítima, pode haver mais do que um agressor e há depois toda a comunidade escolar que assiste e que, nos dias de hoje, filma e divulga nas redes sociais”.

 

Helena Costa, APAV

 

Apesar de ser um fenómeno frequentemente falado nos últimos anos, esta prática é antiga, existindo casos reportados há cerca de 40 anos.

 

Em 2015, o número de estudantes envolvidos em casos de bullying em Portugal rondava os 240 mil, segundo Susana Carvalhosa, responsável do Centro de Investigação e Intervenção Social.

 

Estou certa que os números actuais devem ter em muito aumentado, no que concerne sobretudo ao ciber-bullyuing.

 

As redes sociais têm aspectos muito louváveis, mas há um outro lado que deve ser encarado com muita seriedade. E nesse campo, educadores (pais e professores) terão um papel fundamental.

 

 

 

Ben 

Disconnect, 2012

http://www.imdb.com/

 

Actividades:

 

Disconnect é um filme que recomendo para ser integrado nos currículos escolares 3º ciclo,e Secundário e que retrata o ciber-bullying com muita autenticidade em diversos contextos. Um deles é o ciber-bullying escolar.

 

Será acompanhado de várias actividades que os professores preparão previamente, após visionamento do mesmo, e adaptadas ao nível ensino/etário que leccionam.

 

A Professora GSouto

 

30.01.2017

 

Licença Creative Commons

Dia Mundial da Sida : educação para a sexualidade !

 

 

sida5.jpg

 

http://www.aefpceup.pt/

 

Hoje, dia 1 de Dezembro é o Dia Mundial de Luta contra a Sida. Este ano, o tema é "My Health My Rights"- Minha Saúde, Meus Direitos - de modo a luta contra novas infecções com HIV, e de evitar de mais mortes relacionadas com SIDA

 

Este dia visa alertar as populaçõesa nível mundial para a necessidade de prevenção e de precaução contra o vírus da SIDA. Este vírus ataca o sistema sanguíneo e o sistema imunológico dos pacientes.

 

 

sida7.jpg

 

 

Tema 2017:

 

"Minha Saúde, Meu Direito."

 

 

Saber +

 

Este ano, a campanha do Dia Mundial da SidaMy Health, My Rights (lUNESCO), é focada para o direito à saúde, o direito de todos de terem direito a uma boa saúde física e mental. O nível mental é de extrema importância para o resultado de todos aqueles que já foram atingidos pelo vírus HIV.

 

campanha lembra que o direito à saúde é muito mais do que o acesso a serviços de saúde e medicamentos de qualidade, mas depende de uma série de salvaguardas importantes, como o acesso à educação sexual. CSE e ambientes de aprendizagem seguros e inclusivos.

 

A escola tem aqui um papel muito importante na informação e divulgção de meios para os jovens defenderem a sua sáude.

 

 

sida6.jpg

 

 

http://www.espacolusofono.org/dia-mundial-da-luta-contra-a-sida/

 

Ir + longe

 

Este dia tem ainda como objectivo lembrar todas as vítimas que morreram ou estão infectadas com o vírus HIV.

 

A SIDA ou VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana) foi descoberta em 1981 e já matou mais de 30 milhões de pessoas em todo o mundo. 

 

Pelo menos 2,5 milhões de pessoas contraíram o VIH em 2017 ano em que se calcula que viviam, em todo o mundo, 36,7 milhões de pessoas infectadas (2016), 20.9 milhôes de pessoas infectadas mas com tratamento até Julho 2017. 1,8 milhôes de pessoas ingectadas pela primeira vez (2016).

 

Os números são da agência das Nações Unidas para a Sida (ONU/AIDS).

 

 

sida8.jpg

 

 

É amplamente sabido que o sucesso da educação depende muito do estado de saúde dos alunos, bem como factores que a influenciam, como comportamentos relacionados à saúde, situações de risco ou o uso de serviços de prevenção.

 

Estudos têm mostrado que as meninas adolescentes que recebem educação sexual de qualidade,associada com o apoio de profissionais treinados, têm 40% menos de risco para lidar com gravidez precoce ou indesejável e 30% de possibilidade adicional de concluirem o ensino secundário.

 

Actividades: 

 

  • Alunos:

Se pretendes informação e até apresentar um trabalho sobre o vírus da Sida, podes consultar os seguintes sítios web:

 

Word Aids Day 2017 | UN

http://www.un.org/en/events/aidsday/

Word Aids Day 2017 | UNESCO

https://en.unesco.org/themes/health-education/world-aids-day

UNAIDS

http://www.unaids.org/en/resources/campaigns/right-to-health

http://www.unesco.org/new/en/hiv-and-aids/our-priorities-in-hiv/educaids/

 

  • Professores:

UNESCO dispõe de vários recursos a serem consultados aqui e aqui (Right to Health);

 

Em Portugal, o Programa Nacional para a Infecção do VíH/SIDA aqui ou aqui (videos)

 

 

"Minha Saúde, Meu Direito."

 

A Professora GSouto

 

01.12.2017

 

 Licença Creative Commons

Ler Agustina Bessa Luís : ensino básico e secundário !

 

agustina1.png

 

Agustina Bessa Luís

créditos: Autor não identificado

https://ionline.sapo.pt/

 

" Escrever é isto: comover para desconvocar a angústia e aligeirar o medo, que é sempre experimentado nos povos como uma infusão de laboratório, cada vez mais sofisticada."

 

Agustina Bessa Luís, 

in Contemplação Carinhosa da Angústia

 

Agustina Bessa Luís celebrou no passado dia 16 Outubro, 95 anos. Na impossibilidade de parabenizar a autora pessoalmente. ficam aqui os votos de parabéns através de alguns dos livros que lemos ao longo dos anos nos currículos de Língua Portuguesa e também nos currículos de Literatura (secundário).

 

Já escrevera neste blog sobre o desaparecimentos de outros dois grandes escritores portugueses: Luisa Dacosta e Manuel António Pina mas por acontecimentos tristes ligados ao seu desaprecimento

 

Hoje escrevo para celebrar a vida.  O 95º aniversário de Agustina Bessa Luís.

 

Admiro Agustina, não só pela obra como pela pessoa que tive o imenso privilégio de conhecer e dialogar, por mais do que uma vez.
 
 
Dois dos seus livros que lemos nos curriculos escolares : 2º e 3º ciclos:
 
 
 

agustina-amoras.jpg

 

 

Vento, Areia e Amoras Silvestres

Agustina Bessa Luís

https://img.bertrand.pt/

 

 

Vento, Areia e Amoras Bravas de Agustina Bessa Luís, obra recomendada para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma, pelo Plano Nacional de Leitura.

 

Resumo:

 

«Vento, Areia e Amoras Bravas» é um título dançarino. Todo ele mexe e convida a dançar e arrasta o movimento da juventude que depois vai conduzir à idade consular. A toga vai suceder à sandália e o cinto desatado, que correspondem à história radiosa de Lourença.

 

 

agustina-amoras1.JPG

 

Vento, Areia e Amoras Silvestres

Agustina Bessa Luís

https://img.bertrand.pt/

 

Lourença não quer esquecer a infância nem o vento furibundo que tenta dispersar os pequenos sinos da salvação mais espirituosa, a salvação da descoberta.

 

Volta Dentes de Rato como uma gota de azougue imóvel na palma da mão. Estará imóvel ou apenas encantada? Veremos. Veremos… que as histórias são para explicar estas coisas. A leitura fez-se para encher o silêncio de mágica.

 

Livro encantador que remeteu para a minha própria infância e que li com turmas de 8º e 9º anos nas aulas curriculares de Língua Portuguesa.
 
 
Foi uma das nossas conversas na livraria onde nos encontrámos na livraria da cidade. E como já o tinha lido, solcitei à escritora se o autografava, pedido de imedito aceite. Uma dedicatória muito afectuosa que partilhei com os alunos.
 
 
 

agustina-dentes-de-rato3.jpg

 

Dentes de Rato

Agustina Bessa Luís

https://www.fnac.pt/

 

 

Sinopse:

 

Lourença tinha três irmãos. Todos aprendiam a fazer habilidades como cãezinhos, e tocavam guitarra ou dançavam em pontas dos pés. Ela não. Era até um infeliz para aprender,tinha algumas dificuldades, e admirava-se de que lhe quisessem ensinar tantas coisas aborrecidas e que ela tinha de esquecer o mais depressa possível.

 

O que mais gostava de fazer era comer maçãs e deitar-se para dormir. Mas não dormia. Fechava os olhos e acontecia-lhe então uma aventura bonita, e conhecia gente maravilhosa...

 

 

agustina-dentes-de-rato1.jpg

 

Dentes de Rato

Agustina Bessa Luís

ilustrações: Mónica Baldaque

https://www.wook.pt/livro/

 

Assim começa este livro que Agustina Bessa-Luís escreveu para os leitores mais novos. Se lermos um pouco mais, ficamos a saber por que razão Lourença era conhecida como «Dentes de Rato» e muitas outras coisas.

 

As ilustrações são de Mónica Baldaque, neta da escritora. O livro é um clássico da literatura infantil e juvenil portuguesa. 

 

Nota:

 

Livro Recomendado pelo Plano Nacional de Leitura 7º Ano de Escolaridade como Leitura Orientada na Sala de Aula - Grau de Dificuldade II.

 

Lemos Dentes de Rato nos currículos de Língua Portugesa, do 6º ano (2º ciclo) e do 7º ano (3º ciclo). dependendo das turmas leccionadas.

 

Um livro muito interessante de literatura infanto-juvenil que os alunos gostaram de ler, mesmo aqueles alunos mais 'avessos' a ler. As aventuras de Lourença assemelham-se às dos alunsos e muitos identificavam-se com Lourença, mesmo os rapazes.

 

 

agustina2.jpg

 

 

Agustina Bessa Luis

créditos: Autor não identificado

https://www.dn.pt/artes/

 
 
Relembrar Agustina faz parte do meu mundo afectuoso ligado aos livros. Encontreia escritora com freqência numa livraria que encerrou, embora reabrisse posteriormente noutro espaço.
 
Lemos A Sibila no curso de Literatura Portuguesa (ensino secundário) na Escola Profissional de Música do Porto, fundada pela Professora Hélia Soveral.
 
Agustina foi convidada para uma pequena cerimónia literatura-música a que compareceu e participou de um diálogo muito enriquecedor.
 

 

A Sibila

Agustina Bessa Luís

https://www.wook.pt/livro/

 
 
A Sibila é um romance que olha de frente para o ser humano, sem o subtrair aos costumes, às tradições enraizadas - família, comunidade, religião - e ao preconceito em que cada ser se molda.
 
É através deste olhar que surge Quina, a Sibila, uma personagem única na sua complexidade, onde "o humano é exemplo desse redemoinho de forças, através do qual se abre um conflito - o conflito de estar vivo e o que isso implica de luta, aceitação e incomunicabilidade."
 
 
O romance venceu o Prémio Delfim Guimarães e o Prémio Eça de Queiroz.
 
 
 

 

 
 
Saber +
 
 
Agustina Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de Outubro de 1922. A sua infância e adolescência foram passadas nessa região, cuja ambiente marcará fortemente a obra da escritora.
 
Estreou-se como romancista em 1948, com a novela Mundo Fechado, tendo desde então mantido um ritmo de publicação pouco usual nas letras portuguesas, contando até ao momento com mais de meia centena de obras. 
 
É em 1954, com o romance A Sibila, que Agustina Bessa-Luís se impõe como uma das vozes mais importantes da ficção portuguesa contemporânea.
 
 
Agustina Bessa-Luís foi distinguida com os prémios Vergílio Ferreira 2004, atribuído pela Universidade de Évora, pela sua carreira como ficcionista, e o Prémio Camões 2004, o mais alto galardão das letras portuguesas.
 

 

 

Agustina Bessa Luís

créditos: Autor não identificado

 

 
Actividades: 
 
 
Três sugestões, algumas de leitura obrigatória (discordo desta noção) para ler em diferentes níveis etários e diferentes níveis curriculares de Língua e Literatura Portuguesa.
 
Cabe aos professores seleccionar as obras a ler, segundo os currículos que lecciona e perfil dos alunos/ turma.
 
Acima de tudo, é ano de festejar Agustina através dos seus livros e de actividades que podem ser desenvolvidas.
 
 
A Professora GSouto
 
11.11.2017
 
 
Licença Creative Commons
 
 

Oh ! Astérix e a Transitálica : novo álbum com os Lusitanos ? Português & Mirandês !

 

 

asterix-novoalb.jpg

 

 

Astérix e a Transitálica

R. Goscinny/ A Uderzo

Jean-Yves Ferri/ Didier Conrad

https://www.fnac.pt/

 

Asterix e a Transitálica é o novo título de uma colecção com mais de 50 anos. Saiu dia 19 Outubro. É verdade! A mais recente aventura de Astérix foi apresentada no passado dia 19 Outubro 2017, em Portugal e a nível mundial.

 

As personagens criadas pelos dois génios da banda desenhada, Albert UderzoRené Gosciny estão de volta! Depois de Astérix O Papiro de César (que no nosso país foi publicado em português e mirandês), Astérix entre os Pictos, Astérix e Obélix regressam em Astérix e a Transitálica, o novo álbum agora assinado pelos talentosos Jean-Yves Ferri e Didier Conrad.

 

Os autores estiveram em Portugal e, em entrevista, falaram sobre Goscinny, pregões em latim e lusitanos, esses "vencedores".

 

 

 

 

Astérix e a Transitálica

R. Goscinny/ A Uderzo

Jean-Yves Ferri/ Didier Conrad

http://www.asterix.com/a-coleccao/os-albuns/

 

Saber +

 

Famosos pelas suas numerosas viagens através do Mundo Conhecido, Astérix e Obélix vão desta feita descobrir os povos da península italiana: os Itálicos!

 

Por muito que isso desagrade a Obélix, nem todos os habitantes da Itália antiga são Romanos. Pelo contrário! Os Itálicos prezam muito a sua autonomia.

 

 

asterix-novoalb4.png

 

 

Astérix e a Transitálica

R. Goscinny/ A Uderzo

Jean-Yves Ferri/ Didier Conrad

http://www.asterix.com/a-coleccao/os-albuns/

 

Em Astérix e a Transitálica, Astérix e Obélix embrenham-se numa grande aventura à descoberta dessa surpreendente Itália antiga!

 

O álbum saiu em França e Portugal em simultâneo e, por essa razão, a dupla dos actuais criadores - que sucede a GoscinnyUderzo - veio a Lisboa promover este novo álbum, excepcionalmente.

 

 

asterix-transitalia-mirand.jpg

 

 

 Asterix an Eitália

edição em mirandês

http://www.asterix.com/a-coleccao/os-albuns/

 

Sinopse:

 

Astérix e Obelix estão de regresso em Astérix e a Transitálica, o novo álbum assinado pelos talentosos Jean-Yves Ferri e Didier Conrad. Apesar do que Obelix possa pensar, os itálicos, habitantes de Itália, não são todos romanos, pelo contrário! Os itálicos, tal como os irredutíveis gauleses, pretendem preservar a sua autonomia e vêem com maus olhos as veleidades de conquista de Júlio César e das suas legiões. Uma aventura emocionante à descoberta de uma Itália surpreendente e antiga!

 

Versão em mirandês:

 

Tal como o anterior álbum Astérix O Papiro de César vai ser também publicado em mirandês. Quarto título da série em mirandêsAsterix an Eitália será lançado em Novembro de 2017, após o lançamento mundial (Outubro 2017) da versão original (francês) e de outras versões linguísticas, entre as quais em português e mirandês.

 

 

asterix-novoalb3.jpg

 

 Coronavirus, novo personagem em

Astérix e a Transitálica

R. Goscinny/ A Uderzo

Jean-Yves Ferri/ Didier Conrad

http://www.asterix.com/a-coleccao/os-albuns/

 

Curiosidades:

 

Seguiu-se a publicação em mais 23 países, somando novos milhões aos 370 já impressos desde que em 1959 este herói foi criado para sair na revista Pilote e dois anos depois reproduzido no nosso país na revista Foguetão. Só em 1967 o primeiro álbum, Astérix, o Gaulês, saiu em português.

 

 

asterix-transitalia1.jpg

 

 

Astérix e a Transitálica

R. Goscinny/ A Uderzo

Jean-Yves Ferri/ Didier Conrad

http://www.asterix.com/a-coleccao/os-albuns/

 

No novo Astérix e a Transitálica, Astérix e Obélix competem com Etruscos, Lígures e Normandos pelo prémio de melhor auriga do mundo. Com uma novidade. Os grandes protagonistas da corrida são, sem dúvida, os Lusitanos. Wow!

 

Numa corrida aberta a todos os povos do Mundo Conhecido, junta romanos e bárbaros, bem como os povos aculturados - uns mais do que outros, mas todos muito pouco! - entre os quais uma dupla… lusitana. Com presença recorrente e um inesperado protagonismo final.

 

 

 

 

Astérix e a Transitálica

R. Goscinny/ A Uderzo

Jean-Yves Ferri/ Didier Conrad

http://www.asterix.com/a-coleccao/os-albuns/

 

Ir + longe:

 

Cumprindo a regra de alternar uma aventura caseira com uma viagem, desta vez Astérix e Obélix rumam à Península Itálica, de que até agora apenas conheciam Roma, que visitaram em Astérix Gladiador (1964) e Os Louros de César (1972).

 

O pretexto? A participação numa corrida de quadrigas, organizada por Júlio César para provar a excelência das vias romanas - cujo estado, então como hoje, deixa muito a desejar, apesar de conduzirem sempre a Roma. A abertura aos povos do Mundo Conhecido, vai congregar, para além dos gauleses, godos, persas, bretões e outros, entre os quais uma dupla lusitana, com aparições recorrentes e um inesperado protagonismo final.

 

Depois de os retratarem, os autores do novo álbum vieram conhecê-los. Jean-Yves Ferri e Didier Conrad, respectivamente os novos argumentista e desenhador, observaram a edição portuguesa com toda a atenção.

 

Gostaram do que viram e estavam bem-dispostos para a primeira conversa sobre o seu terceiro Astérix. 

 

Actividades:

  • A Banda Desenhada faz parte dos curriculos de Lingua Portuguesa. Partindo dos vários posts em BlogdosCaloiros  e BlogSkidz  (FrancêsLE) poderão levar os alunos ao estudo da BD, bem como à comparação dos vários álbuns ( álbuns, e filmes) ao longo dos anos.
  • É evidente que não devem deixar de referir o site oficial Astérix  para que os alunos alarguem  conhecimentos sobre este fenómeno da banda desenhada francesa.

 

A Professora GSouto

 

02.11.2017

 

Licença Creative Commons

Mês da Biblioteca Escolar : Concurso Ligando Comunidades e Culturas

 

 

mes-inter-bibliot-escolar2017.jpg

 

Mês da Bilbioteca Escolar 2017

https://www.facebook.com/biblioteca.avp/

 

O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabeleceu o dia 23 de Outubro 2017 como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal.

 

Tema 2017:

 

"Ligando Comunidades e Culturas"

 

O tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).

 

 

mes-inter-bibliot-escolar2017b.jpg

 

 Cartaz de escola

 

 

Durante o mês de Outubro, as bibliotecas escolares têm elaborado cartazes que assinalam o chamado MIBE, Mês Internacional da Biblioteca Escolar.

 

Pode ver os diferentes cartazes nas redes sociais seguindo a hashtag #MIBE2017

 

 Mas há um outro desafio colocado aos alunos. O concurso de ideias “Ligando comunidades e culturas”

que é uma iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE. 

 

Claro que este desafio só poderá ter sucesso se os alunos gostarem de ler e assim chegar até diferentes culturas.

 

 

 

Mês Internacional das Bibliotecas

http://blogue.rbe.mec.pt/

 

Objectivo:

 

O objetivo principal é fomentar um debate em torno do tema "Ligando Comunidades e Culturas". Desse debate surgirão as ideias-chave e as estratégias para que a biblioteca se apresente como o lugar onde se ligam comunidades e culturas.

 

O desafio consiste na criação de um jogo original que permita aos utilizadores da biblioteca abordar a temática proposta para o MIBE, de uma forma sugestiva e lúdica. 

 

Os participantes deverão seguir com rigor  o Regulamento e orientações disponível no site da RBE.

 

 

 

 

 

Prazo:

 

Até 3 de Novembro 2017.

 

Os alunos são desafiados com o apoio de seus professores curriculares a reflecir, pôr a sua criatividade em acção e apresentar uma ideia.

 

Ficha de Inscrição:

 

A ficha de inscrição deverá ser preenchida aqui

 

 

 

Teresa Calçada ex-coordenadora da RBE

https://www.bad.pt/

 

Ideia vencedora

 

À melhor ideia será atribuído o Prémio Teresa Calçada.

 

Além deste desafio, as bibliotecas devem também aproveitar as propostas da IASL que constam da página dedicada ao ISLM (International School Library Month): Skype project; Bookmark Exchange Project; GiggleIT e partilha de atividades (What people are doing for ISLM).

 

Para todos, muito força e criatividade que é uma capacidade que não vos falta!

 

A Professora GSouto

 

21.10.2017

 

 Licença Creative Commons

 

15ª Mostra da U.Porto : Informar, experimentar, descobrir

 

Mostra_UP2017a.jpeg

 

 

Mostra da U.P. 2017

https://noticias.up.pt/

 

Está a decorrer a nova Mostra da Universidade do Porto, no Palácio de Cristal. Informar, experimentar e descobrir, são as três palavras-chave da edição 2017 da Mostra da Universidade do Porto.

 

De 20 a 23 de Abril,a U.P. convida miúdos e graúdos a deslocarem-se até ao Pavilhão Rosa Mota para conhecer o que de melhor se faz na U.Porto.

 

Durante quatro dias, a UPorto mostra-se ao público com as suas catorze faculdades, uma escola de negócios (Porto Business School) e muitos dos mais importantes centros de investigação nacionais.

 

Saber +

 

À espera dos visitantes vão estar mais de uma centena de actividades interactivas de experimentação e demonstração científica, bem como a oportunidade única para esclarecerem dúvidas sobre os cursos da U.Porto e o acesso ao Ensino Superior.

 

 

Mostra_UP2017c.jpg

 

Mostra U.Porto 2017

Pavilhão Rosa Mota

créditos: U.Porto

https://universidadejunior.up.pt/

 

Na Mostra, os alunos do ensino básico e secundário poderão encontrar respostas a diversas questões, como saídas profissionais, plano de estudos, organização curricular ou simplesmente sobre o quotidiano académico.

 

Naquela que é a maior montra do trabalho realizado por toda a comunidade da U.Porto, estudantes, pais, professores vão poder assistir e participar em actividades que vão desde simulações de julgamentos a aulas práticas de desenho e de pintura, à possibilidade de jogar xadrez com um robô, passando pela procura de sinais de trânsitos planetários a partir de dados reais da missão Keppler, da NASA.

 

 

Estudantes na Mostra U.Porto 2016

https://www.mostra.up.pt/

 

Actividades:

 

Das mais de 100 actividades ao dispor, os visitantes da Mostra podem também interagir com o robô REDI, que vai andar a “passear” pelo recinto da Mostra ou ficar a saber como se produz etanol e qual o microrganismo utilizado para se fazer iogurte.

 

Haverá também uma piscina insuflável onde todos podem experimentar um jogo dinâmico, bem como as demonstrações de videojogos.

 

 

 

Mostra U.Porto

https://noticias.up.pt/

 

Durante quatro dias, cerca de 300 docentes, investigadores, técnicos e estudantes da Universidade do Porto mudam-se de “malas e bagagens” para o Pavilhão Rosa Mota, num evento que vai contar com a presença das 14 faculdades, da Porto Business School e de alguns dos mais reputados centros de investigação da U.Porto.

 

 Informaçoes úteis:

 

Actividades, Programa, e outros eventos podem ser consultados no site oficial da Mostra U:Porto 2017

 

Entrada: livre

 

Horários:

 

Quinta e sexta-feira das 10h00 às 19h00; Sábado das 11h00 às 20h00; Domingo das 11h00 às 19h00.

 

 

Mostra da U.P. 2017

https://noticias.up.pt/

 

Grupos escolares:

 

Devem preencher o Formulário de Inscrição disponível no site oficial. O restante público não carece de qualquer inscrição.

 

Estudantes, docentes e investigadores universitários estão à tua espera… Com a tua escola, amigos ou família, visita a Mostra U:Porto 2017

 

A Professora GSouto

 

20.04.2017

 

Licença Creative Commons