Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Sesame Street : Julia, a menina autista

 

 

Sesame Street

http://i.telegraph.co.uk/

 

A Rua Sésamo que todos conhecem da vossa infância criou uma personagem autista. Julia é uma menina como tantas outras que apenas se diferencia em pequenas coisas. O objectivo é sensibilizar a sociedade e ajudar crianças e pais.

 

 

Julia / Sesame Street

http://p3.publico.pt/

 

Julia tem cabelo laranja, olhos verdes, e é autista. A nova personagem da Rua Sésamo tem um papel de destaque na série. Quer mostrar às crianças "o que todas têm em comum e não as suas diferenças”.

 

A iniciativa Sesame Street and Autism: See All in Amazing Children alerta para o autismo entre os mais novos e quer ser uma ajuda para crianças e família.

 

No show televisivo, Elmo fala aos seus amigos de Julia.

 

"O pai de Elmo disse a Elmo que Julia tem autismo," diz ele.
"Assim, ela faz coisas um pouco diferentes. Por vezes Elmo fala com Julia usando poucas palavras e repete algumas vezes."

 

 

 

 

Saber +

Desenvolvido pela Sesame Workshop, o programa educacional, feito em parceria com 14 instituições, está disponível através do computador ou de uma aplicação descarregada para o "smartphone". Há livros de histórias, vídeos e vários recursos audiovisuais para ajudar as famílias e as crianças em rotinas diárias.

 

A opção pelo mundo digital tem uma explicação: “A maioria dos familiares dos jovens com este tipo de deficiências gravita em conteúdos digitais, daí ter-se criado a Julia digitalmente”, disse à revista People, Sherrie Westin, vice-presidente executiva dos impactos globais e filantropia.

 

As crianças com autismo "têm cinco vezes mais probabilidades de serem vítimas de 'bullying'", disse à mesma fonte a vice-presidente da Sesame Workshop, Jeanette Betancourt, sublinhando que, como as outras, as "crianças com autismo partilham a alegria pelas brincadeiras, por terem amigos e fazerem parte de um grupo".

 

 

 http://autism.sesamestreet.org/

 

Através da hashtag #SeeAmazing, a Rua Sésamo está a incentivar os utilizadores a partilharem histórias, vídeos e fotografias que abordem este tema.

 

Recursos educativos:

 

Livro : We're amazing 1,2,3!  um livro digital audivel que pode ser lido e folheado online

 

 

http://autism.sesamestreet.org/

 

Apps, Videos, livros, jogos

 

Nivel ensino : Pré-Primário ; Primário (1º e 2º anos)

 

Actividades:

 

Alunos poderão desenvolver várias actividades:

 

  • Histórias : elaboradas na sala de aula, ficcionadas ou não;
  • Fotografias : Sempre de grupo, e com consentimento dos pais e encarregados de educação);
  • Videos:  Desenhos alusivos ao autismo (elaborados na sala de aula com apoio de professores no canal YouTube.

 

A Professora GSouto

 

07.11.2915

Licença Creative Commons

 

Dia Internacional da Criança : Direito à Educação !

 

 

dia-da-criança2010.jpg

 

 

UNICEF

 UNICEF Pakistan/2010/Marta Ramoneda

https://www.flickr.com/photos/unicefpakistan/

 

Celebra-se hoje o Dia Internacional da Criança. E um dos direitos da ciriança é o Direito à Educação.

 

Mesmo que o número de crianças que nunca frequentaram a escola diminua, estima-se que 77 milhões de crianças e adolescentes, dos quais 55% raparigas, não aprendem a ler nem a escrever.

 

Na sua maioria, estas crianças são oriundas das comunidades muito pobres de cada país ou então de países com uma longa história de guerras.

 

 

 

 

Unicef

Foto: Marta Ramoneda

www.e4conference.org

 

 

Em muitos países, as crianças inscrevem-se nas escolas, mas ou nunca as frequentam ou abandonam-nas no final do ensino primário. O que efectivamente não as prepara para uma vida melhor.

 

É tempo de acabar com tamanho atropelo dos Direitos das Crianças.

 

 

 

 

 

 

 Actividades:

 

  • Ensinar aos alunos os Direitos das Crianças. Covidá-los a trabalhar cada direito numa actividade individual e em grupo.
  • Debate nas aulas curriculares. 
  • Convidade os alunos a acrescentar um outro direito que não esteja contemplado e que consideram ser essencial, segundo a sua visão de criança/ adolescente.

 

Fundamental para o bem estar físico e intelectual de todas as crianças, respeitar os Direitos das Crianças com equidade, a nível mundial.

 

 

dia-da-criança2010a.jpg

 

 

UNICEF

Educação para as meninas

© UNICEF Pakistan/2010/Marta Ramoneda

https://www.flickr.com/photos/unicefpakistan/

 

É necessário proteger as crianças. A educação pode mudar muitas mentalidades. Ter atenção à educação das meninas, que em muitos países em vias de desenvolvimento não têm o direito de ir à escola.

 

A Professora GSouto

 

01.06.2010

 

Licença Creative Commons

 

A maior lição do Mundo - 23 Abril

 

www.campaignforeducation.org
 

A Semana de Acção Global pela Educação (SAGE) decorre em todo o mundo de 21 a 27 de Abril. 
 
 
Saber + 
 
Sob o lema “Mais Educação, Menos Exclusão ! - Educação de qualidade para acabar com a Exclusão”, são propostas várias actividades escolares e ainda A Maior Aula do Mundo, com a participação de políticos e responsáveis pela educação.
 
 
 

 

 

Para contribuir para o objectivo da Educação Para Todos, a CGE organiza desde 2001 a Semana de Acção Global para a Educação (SAGE) na última semana de Abril.

 

As organizações parceiras nesta coligação trabalham em conjunto para chamar a atenção dos representantes políticos, membros das comunidade educativa, meios de comunicação social e da sociedade em geral, sobre a necessidade de tornar real e efectivo o direito a uma educação básica de qualidade.

 

Em 2008, a SAGE tem lugar de 21 a 27 de Abril e nela trabalharão milhões de pessoas em todo o mundo. Sob o lema “Mais Educação, Menos Exclusão ! - Educação de qualidade para acabar com a Exclusão”, propõem  várias actividades escolares e ainda um regresso à escola, protagonizado pelos políticos e responsáveis pela educação.  

 

Será a Maior Aula do Mundo, a realizar dia 23 de Abril.

 

shakira-global-campaign-education.jpg

 

Shakira

 
 
Shakira, a cantora pop latina foi a embaixatriz desta gigantesca campanha de mérito : A maior lição do mundo. 
 
 
Actividades:
 
 
  • Muitas são as metas a atingir até 2015. Vamos então participar nesta semana cheia de bons acontecimentos. 
 
  • Mãos e e cabecitas em acção ! Há muito a fazer para mudar o Mundo! E para apoiar todas as crianças a saber ler e escrever, tendo acesso à Educação.
 
 
A Professora GSouto
 
 
21.04.2008
 
 
Licença Creative Commons

Crianças sem Natal : direitos das crianças

 

unicef_cr_carenciadas_mund_unicef_shehzad_noorani_handout_reuters_14_12_05.jpg

 

 

Crianças recolhen alimentos em lixeira

 http://www.unicef.org/

 

Exclude & invisible é título do Relatório de The State of the Word's Children 2006 que pode encontrar no sítio web da Unicef.

 

 

Leeda, 14 anos, Camboja

http://www.unicef.org/

 

Since her mother left, Leeda has been in charge of the household. Every day she cooks, cleans and takes care of her brothers. A phone number to contact her mother in case of emergency is carved on one of the house's wooden beams. 

 

Queres conhecer melhor Leeda? Lê aqui

 

Diante de nossos olhos, perpassam fotografias de oito crianças, entre as quais Leeda, que nos contam as suas histórias plenas de privação física e moral.

 

 

Para conheceres as histórias de Keabetswe (Botswana), Ali (Jordão), Himal (Nepal), Martha (Serra Leoa), Ishen (Reino Unido), Nodira (Urbequistão), Yuleini (Venezuela), poder ler no site da Unicef aqui

 

E questionámo-nos perplexos, doridos:

 

- Que é feito da Convenção dos Direitos das Crianças?

 

Nesta época de grande alegria, muito carinho e tanto afecto, para muitos, não podemos esquecer as crianças que, tal como estas dos testemunhos, não têm Natal, vivendo excluídos  e invisíveis e abaixo de condição humana.

 

Para todos os meninos e meninas indefesos, com fome, sem Natal, vai o nosso pensamento cheio de ternura.

 

Que o Novo Ano altere substancialmente as suas vidas! E lhes dê o direito de ser crianças!

 

A Professora GSouto

 

19.12.2005

 

Licença Creative Commons