Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia da Poesia e da Árvore 2013

 

 

http://www.iplb.pt/

 

Verdade! Já deveriam estar a pensar que ecquecera de assinalar o Dia Mundial da Poesia e da Árvore. Não, não me esqueci- impossível - mas regressei ontem ao final da tarde de Bruxelas e quase não tive tempo de coordenar novo ritmo horário e reoganização de tarefas.

 

Então, como já sabem, o Dia Mundial da Poesia celebra-se sempre a 21 de Março. O Dia Mundial da Poesia foi criado na XXX Conferência Geral da UNESCO em 16 de Novembro de 1999.

 

Dia Mundial da Poesia celebra a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, a  preservação da poesia oral, a criatividade e inovação.

 

A data pretende ser uma reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa e de cada povo. Por isso a UNESCO apela para a divulgação da poesia local a nível mundial.

 

" Nos últimos 30 anos tem havido uma forte revitalização do interesse pela poesia, com a proliferação de actividades poéticas no mundo e com um aumento no número de poetas."

 

A poesia contribui para a diversidade criativa, usando as palavras e os nossos modos de perceção e de compreensão do mundo.

 

Eu adoro poesia com sabem! E muitas foram as aulas que dedicamos à Poesia, quer lendo os nossos poetas - e como somos um país de bons poetas! - quer lendo poesia de poetas estrangeiros. quer escrevendo poesia. Até fizemos uma ficha digital sobre o texto poético, lembram?

 

E também criámos textos poéticos, como as quadras de S.João, os pequenos poemas partindo de letras do alfabeto, adivinhas, quadras populares, ou áreas temáticas, tudo isto em ambiente de aprendizagem com jogos.

 

O Dia de S Martinho também nos motivou a escrever curtos poemas que foram expostos em jornais de parede (salas de aulas, corresdores de acesso às salas), depois de lermos o livro digital Histórias de S. Martinho.

 

O ano passado, destacamos o concuros Faça lá um poema! colaboração do Plano de Leitura e do Centro Cultural de Belém, que este ano se repete. Poderão ver o cartaz das actividades propostas para este Dia Mundial da Poesia aqui

 

DiaPoesia13.jpg

 http://www.ccb.pt/

 

Convém não esquecer que hoje se celebra também o Dia da Árvore e o Dia Internacional da Floresta

 

A primeira comemoração do Dia da Árvore teve lugar em 1872, nos Estados Unidos. Depois, rapidamente se expandiu por muitos países a nível mundial. Em Portugal, comemora-se desde 9 Março 1913.

 

Todos nós gostamos muito de árvores. Elas são-nos imprescindíveis no nosso dia-a-dia. Tanto como a poesia.

 

Então para comemorar esta cumplicidade entre a poesia e as árvores, aqui vos deixo este poema de Ricardo Reis que como sabemos é um dos heterónimos de Fernando Pessoa:

 

Segue o teu destino,

Rega as tuas plantas,

Ama as tuas rosas.

O resto é a sombra

De árvores alheias.

 

A realidade

Sempre é mais ou menos

Do que nós queremos.

Só nós somos sempre

Iguais a nós própios.

 

Suave é viver só

Grande e nobre é sempre

Viver simplesmente.

Deixa a dor nas aras

Como ex-voto aos deuses.

 

Ricardo Reis

 

Leia poesia! E plantem uma árvore!

 

A Professora GSouto

 

21.03.2013

 

Licença Creative Commons

As árvores e os livros : Vamos festejar este dia especial !

 

 

 

créditos: Autor não identificado

www.google.pt/images

 

 

As árvores e os livros

  

As árvores como os livros têm folhas

e margens lisas ou recortadas,

e capas (isto é copas) e capítulos

de flores e letras de oiro nas lombadas.

 

E são histórias de reis, histórias de fadas,

as mais fantásticas aventuras,

que se podem ler nas suas páginas,

no pecíolo, no limbo, nas nervuras.

 

As florestas são imensas bibliotecas,

e até há florestas especializadas,

com faias, bétulas e um letreiro

a dizer: «Floresta de zonas temperadas».

 

É evidente que não podes plantar

no teu quarto, plátanos ou azinheiras.

Para começar a construir uma biblioteca,

basta um vaso de sardinheiras.

 

Jorge Sousa Braga, Herbário,Assírio & Alvim [1999]

 

 

 

Herbáreo

Jorge Sousa Braga

ilustrações: Cristina Valadas

Assírio & Alvim,1999

http://www.fnac.pt/

 

Sinopse:

 

As folhas de papel deste livro são preenchidas com outras folhas, as das árvores e das plantas que desconhecemos, mas que se tornam cada vez mais familiares, à medida que folheamos e descobrimos um novo poema e uma nova ilustração.

 

 

Herbáreo

Jorge Sousa Braga

ilustrações: Cristina Valadas

Assírio & Alvim,1999

http://www.fnac.pt/

 

Em Herbário, as palavras brincam umas com as outras, para nos responder a alguns "porquês": Por que é que o cogumelo usa um chapéu? or que é que o girassol olha para o Sol?Por que é que as ervas daninhas são tão infelizes?

 

As respostas encontradas não são cientificamente comprovadas, mas são com certeza as mais divertidas...

 

Prémio Gulbenkian de Literatura Infantil, 1999

 

PNL : Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura, 5º Ano de escolaridade - Leitura orientada na sala de aula - Grau de dificuldade II

 

Actividades:

 

Texto poétco:

 

  • Ler um poema extraido do livro para motivar os alunos para a leitura do mesmo;
  • Solicitar aos alunos que abram o livro e se detenham em alguns poemas que os atraia na comparação texto e imagem.
  • Cada grupo de alunos selecciona um poema para ler e trabalhar posteriormente na aula.
  • Emtranscurricular Língua Portuguesa/ Ciências Naturais, icncentivar os alunos a elaborar um herbáreo de turm projecto a.

 

E como hoje é Dia da Poesia e da Árvore, por que não convidar os alunos para um passeio no recinto da escola em que haja árvores. Depois, junto às árvores, os alunos poderão recitar curtos poemas.

 

A Professora GSouto

 

21.03.2009

 

Licença Creative Commons

  

Dia da Árvore 2007 : Projecto Internacional Jovens Repórteres para o Ambiente !

 

 

dia-arvore2007a.jpg

 

 

 créditos: Maria Rego

https://www.flickr.com/photos/mariarego/466465034

 

E estamos de novo a celebrar o Dia da Árvore! Um dos dias dias mais inspiradores do ano, já que as árvores são a nossa melhor companhia.

 

Saber + 

 

Vamos então aprender um pouco mais sobre as árvores:

 

A árvore é um dos temas simbólicos mais ricos e mais generalizados de todos os tempos e civilizações: 

 

  • símbolo de verticalidade estabelecendo a comunicação entre o mundo subterrâneo (pelas suas raízes), a superfície da terra (pelo tronco) e as alturas (através dos ramos e da copa);
  • símbolo da vida;
  • símbolo da transformação e evolução (ciclos anuais, morte e regeneração);
  • símbolo do sagrado - em certas religiões antigas, nomeadamente nas pré-helénica e Celtas havia árvores consagradas aos deuses; símbolo de uma família, de uma cidade, de um rei ou de um país (folha de ácer no Canadá, o cedro no Líbano, a palmeira de Cuba);
  • símbolo de fecundidade, da fertilidade, da vida (no deserto não há árvores);
  • símbolo da vida do espírito e do conhecimento;
  • símbolo de segurança (pela sua estabilidade) e de protecção (pela sua sombra).

 

(texto com supressões) 

 

Engº José Neiva Vieira, Direcção-Geral dos Recursos Florestais

 

E agora que já sabemos um pouco mais sobre a simbologia das Árvores, tenho uma proposta: 

 

 

dia-arvore2007b.jpg

 

https://www.yre.global/

 

Projectos Internacionais

 

Young Reporters é projecto internacional para o Ambiente (YRE) que envolve jovens ambientalistas. Está presente em 25 países.

 

Portugal está presente com FEE Portugal - Portugal/ Jovens Repórteres para o Ambiente

 

Que tal participares com uma fotografia sobre o ambiente? 

 

Informar

 

Young Reporters for the Environment

https://www.yre.global/

 

A Professora GSouto

 

21.03.2007

 

Licença Creative Commons

Dia da Árvore & Dia da Floresta ! Vamos poetar ?

 

 

 

Já temos  uma árvore

 

"Já temos uma árvore

para as nossas brincadeiras",

gritaram os miúdos

que andavam na rua.

"Que rico cherinho

já se faz sentir"

exclamou um senhor

muito perfumado.

(...)

A partir daí,

novas árvores vieram

fazer companhia

à outra mais crescida.

E foi assim,

senhoras e senhores

que a Cidade Amarelentada,

a pouco e pouco

passou a ser conhecida,

pela cidade florida. (...)

 

Fernando Bento Gomes,

in Que é do verde da minha rua, Editorial Caminho

 

(texto com supressões)

 

Saber +

 

Em Portugal, celebra-se o Dia da Árvore e Dia Mundial da Floresta, dia 21 Março, Dia Mundial da Poesia também.

 

Ir + longe: 

 

A primeira comemoração teve lugar nos Estados Unidos, na região do Nebraska, em 1872. A Festa da Árvore rapidamente se expandiu a muitod outros países do mundo.

 

Em Portuga, celebra-se desde 9 Março 1913. Em 1971 a Confederação Europeia de Agricultores propôs que se comemorasse o Dia Mundial da Floresta com o objectivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida no planeta Terra.

 

Assim, no dia 21 Março 1972, início da Primavera no hemisfério norte, foi celebrado o primeiro Dia Mundial da Floresta, em Portugal e em vários países.

 

 

Pesquisa:

 

Árvores e Arbustos de Portugal

https://www.100milarvores.pt/2013/08/um-pequeno-guia-das-arvores-nativas-de-portugal.html

Arborium : Lista de Espécies

http://arvoresdeportugal.free.fr/IndexArborium/index0arborium.htm

 

Actividades:

 

Poetar! Vamos lá criar alguns poemas sobre esta temática? A apresentar na próxima aula de Língua Portuguesa para elaborarmos um Arborium no Jornal de Parede.

 

A Professora GSouto

 

21.03.2006

 

Licença Creative Commons