Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Ler, sempre ! Kenneth Grahame : O Vento dos Salgueiros : em Português e Inglês

    O Vento nos Salgueiros Kenneth Grahame Relógio d'Água, 2017   Resumo: No dia em que fazia quatro anos, o filho de Kenneth Grahame chorava desconsoladamente. Para acabar com o choro, o pai prometeu-lhe contar todos os contos que ele quisesse, permitindo-lhe escolher os protagonistas. O resultado de muitas noites de narrativas foi O Vento nos Salgueiros, publicado em 1908. Na margem do rio, o Toupeira, o Rato, o Sapo, o Texugo e o Lontra levam uma vida tranquila, mas discutem sobre (...)

Ler em férias : Hello LightHouse, livro em Inglês LE

      Hello LightHouse Sophie Blackall https://www.amazon.com/   As férias começaram. E muitos alunos partem de férias com família ou em grupo de amigos.   Praia e costa são dos destinos mais procurados para usufruir do mar. Eis um livro que pode levar à descoberta de faróis.   O livro pareceu-nos uma bela homenagem a todos os que, de forma bem solitária, durante anos, (...)

Ler em férias : Hello LightHouse, livro em Inglês LE

      Hello LightHouse Sophie Blackall https://www.amazon.com/   As férias começaram. E muitos alunos partem de férias com família ou em grupo de amigos.   Praia e costa são dos destinos mais procurados para usufruir do mar. Eis um livro que pode levar à descoberta de faróis.   O livro pareceu-nos uma bela homenagem a todos os que, de forma bem solitária, durante anos, (...)

PNL - A Ilha na Rua dos Pássaros de Uri Orlev - 6I

     A Ilha na Rua dos Pássaros Uri Orlev https://www.ambar.pt    "A nossa rua não foi baptizada por causa das aves que andavam no quarto piso, mas a minha mãe disse-me donde lhe viera o nome. Há muito, muito tempo, antes de haver automóveis, havia uma avenida de árvores no meio da rua debaixo de cujos ramos as carruagens puxadas por cavalos passavam. Já fora há tanto tempo que a minha mãe não se lembrava disso. Só a avó (...)