Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Hora Planeta : Não esquecer ! Desliga as luzes e liga-te ao Planeta !

 

earth-hour-unesco-fb.jpg

 

Hora do Planeta

créditos: UNESCO

https://www.facebook.com/unesco/

 

É hoje, dia 30 Março que todos nós estaremos empenhados em respeitar a Hora do Planeta, entre as 20:30 e as 21:30, hora local.

 

Hora do Planeta é uma iniciativa global ambiental em parceria com a WWF. Empresas, governos, comunidades, cidades e cidadãos  são convidados a desligarem as suas luzes durante uma hora neste sábado, dia 30 de Março de 2019 às 20:30 para apoiar a acção ambientalmente sustentável.

 

 

 

 

Saber +

 

10 anos depois a Hora do Planeta tornou-se num movimento de sustentabilidade global com mais de 3.5 mil milhões de pessoas em 188 países a mostrarem o seu apoio a esta causa ao desligarem simbolicamente as suas luzes.

 

Os principais monumentos internacionais e nacionais apagam as luzes por uma hora no último sábado do mês de Março, o número de municípios aderentes no nosso país já chegou aos 120. Este ano esperamos superar este número.

 

 

hora-planeta2019b.jpg

 

 

Hora do Planeta/ LigateAoPlaneta

via CM Cabeceiras de Basto

 

 

Ir + longe:

 

Vivemos uma época em que se somam os anos mais quentes da história, com fenómenos meteorológicos extremos cada vez mais frequentes e migrações populacionais devido aos efeitos das alterações climáticasque levam à perda de biodiversidade.

 

Porque está tudo ligado, porque são dois lados da mesma moeda, a Hora do Planeta quer ligar milhões de pessoas em todo o mundo para que ajam contra as alterações climáticas e a perda de biodiversidade.

 

Em 2019, a Hora do Planeta pede uma vez mais a união de todos, cidadãos, municípios, empresas e organizações, para apagarem a luz. Não faltam razões para o fazermos.

 

 

 

 

Hora do Planeta/ Caminhar pelo Planeta

via Museu da Oliveira e do Azeite/ Mirandela

 

 

Actividades:

 

A Hora do Planeta, movimento global criado pela WWF para travar as alterações climáticas e a perda de biodiversidade, celebra-se este ano em Portugal com uma Pedalada pelo Planeta, a decorrer em Lisboa. 

 

Mas muitos outros municípios colaboram com actividades, para além de desligar as luzes dos seus principais monumentos.

 

Procura os eventos mais próximos de ti aqui

 

Não esqueças! É hoje 30 Março que as luzes se deligam entre as 20:30 horas e 21:30 horas (hora local).

 

A Professora GSouto

 

30.03.2019

 

Licença Creative Commons

 

Hora Planeta : Vamos aderir, claro !

 

 

hora-planeta2017.jpg

 

 

Hora do Planeta 2017

http://www.wwf.pt/

 

Amanhã, 25 Março, chega a Hora do Planeta, entre as 20:30 e as 21:30, hora local.

 

A Hora do Planeta é uma iniciativa global ambiental em parceria com a WWF. Cidadãos, empresas, governos e comunidades são convidados a desligarem as suas luzes durante uma hora no sábado, dia 25 de Março de 2017 às 20:30 para apoiar a acção ambientalmente sustentável.

 

 

 

 

Hora do Planeta 2017

 http://www.wwf.pt/

 

Saber + 

 

Conhecida globalmente como Earth Hour, é uma iniciativa global da rede WWF a favor da adopão de novos hábitos e maneiras de se relacionar com o meio ambiente.
 
 
Teve início em Sidney, Austrália, em Março de 2007 e tornou-se numa celebração mundial que já envolve um bilião de pessoas em mais de 7 mil cidades, 178 países e territórios, mais de 8.000 cidades e vilas e conseguiu que mais de 12.700 monumentos desligassem as luzes. 
 
 
Ir + longe:
 
 
A missão da WWF é travar a degradação do ambiente natural do planeta e construir um futuro no qual os seres humanos vivam em harmonia com a natureza, pela conservação da diversidade biológica do mundo, garantindo que a utilização dos recursos naturais renováveis seja sustentável e promovendo a redução da poluição e do desperdício.
 
 
 
 

 

 

créditos: Earth Hour 2016

http://greensavers.sapo.pt/

 
 
Como uma das primeiras campanhas acerca das alterações climáticas, a Hora do Planeta tem crescido a partir de um evento simbólico numa única cidade, Sydney, para o maior movimento do mundo em defesa do ambiente.

A Hora do Planeta em 2016 chegou a 178 países e territórios, a mais de 9000 cidades e vilas.

Em Portugal, 110 municípios aderiram e centenas de monumentos emblemáticos nacionais ficaram às escuras, como a Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos, o Cristo Rei, em Lisboa e o Convento de Cristo, em Tomar.

 

 

 

 

Earth Hour 2017

https://www.earthhour.org/

 

Em 2017, a Hora do Planeta pretende aproveitar o poder dos seus milhões de adeptos em todo o mundo para mudar o rumo das alterações climáticas.

 

Mobilizando milhares de milhões de pessoas em mais de 7.000 cidades, vilas em 163 países e territórios.

 

 

HoraPlaneta-2017-lx.jpg

 

 

Hora do Planeta Lisboa

 

 

A celebração da Hora do Planeta, que pretende pôr o mundo às escuras entre as 20:30 e as 21:30 de amanhã, sábado, assinala dez anos, depois da primeira vez em Sidney, Austrália, em 2007, e já abrange mais de 8.000 cidades, em 170 países, sendo "reconhecida como a maior acção pelo ambiente e contra as alterações climáticas.

 

Em Portugal, estão já inscritos 140 municípios. Um número recorde. E a cidade do Porto não poderia faltar. 

 

 

 

 

 

E porque a Música tem a força unificadora de chegar a todas as pessoas, em Portugal vai ser assinalardo o momento com um concerto único à luz das velas, no Parque Eduardo VII.
 
 
 

 

 

Hora do Planeta

Concerto à Luz das Velas

Lisboa

http://www.wwf.pt/

 

No concerto solidário à luz das velas poderá ouvir: Raquel Tavares, Matias Damásio, Tiago Bettencourt, André Sardet, Tito Paris, Samuel Úria, Enoque e Janeiro.


 
Entrada: 10,00€
 
 
 
 

 

 

 
Os lucros desta concerto reverterão a favor dos projectos WWF. Se estiveres por Lisboa, não faltes!
 
 
Actividades:
 
 

Este ano, as escolas poderão aderir dado que estamos em período de aulas lectivas. A Páscoa é um pouco mais adiante.

 

  • O Tema Hora do Planeta foi explorado ao longo das duas últimas semanas, na sensibilização dos alunos para participar neste acontecimento mundial, complementado com actividades curriculares.
  • Adiram! E não esqueçam que podem enviar as vossas fotos para o site oficial Earth Hour 2017 ou WWF Portugal.

 

A Professora GSouto

 

24.03.2017

 

Actualizado 25.03.2017

 

 Licença Creative Commons

 

Dia Mundial das Crianças : Falemos dos direitos das crianças !

 

 

 

Dia Universal das Crianças

créditos: Unicef Portugal

https://medium.com/@UNICEF_Portugal/

 

Assinala-se hoje, dia 20 Novembro, o Dia Universal da Criança. O Dia Universal da Criança foi criado em 1954 e é celebrado todos os anos no dia 20 Novembro afim de promover o respeito pelos direitos das crianças.

 

Saber +

 

O dia 20 Novembro assinala o dia da adopção pela UN da Declaração dos direitos da criança [A/RES/1386(XIV)] em 1959, e da Convenção relativa aos direitos das crianças, assinada em 1989.

 

Desde 1990, o Dia Universal das Crianças marca igualmente o aniversário da adopção da Declaração da Convenção relativa aos direitos das crianças.

 

Em 20 de Novembro de 1990, Portugal ratificou a CDC, o tratado de direitos humanos mais rapida e amplamente ratificado do mundo. A Convenção estabelece um padrão universal básico para uma infância saudável, protegida e digna para todos os seres humanos.

 

 

Crianças desalojadas devido a inundações nas Filipinas

  EPA/Francis R. Malasig

http://static.globalnoticias.pt/

 

Seis milhões de crianças continuam a morrer no mundo todos os anos devido a causas evitáveis, segundo dados da UNICEF a propósito do Dia Universal da Criança, que hoje se assinala.

 

Apesar dos progressos alcançados nas últimas décadas, a UNICEF recorda que as crianças dos agregados familiares mais pobres têm duas vezes mais probabilidade de morrer antes dos cinco anos do que as crianças dos meios mais ricos.

 

 

dia-univ-dir-crianc1.jpg

 

créditos: Unicef 

https://www.facebook.com/UNICEF.Portugal/

 

Ir + longe:

 

São quase 385 milhões as crianças a viver em situação de pobreza extrema e mais de 250 milhões de crianças em idade escolar não estão a frequentar a escola ou a aprender.

 

Há ainda perto de 50 milhões de menores que foram obrigados a abandonar as suas casas e estão actualmente desenraizadas.

 

"Os direitos das crianças encurraladas em zonas sob cerco - nomeadamente na Síria, no Iraque, no norte da Nigéria - estão ainda mais ameaçados, pois as suas escolas, hospitais e casas têm sido alvo de ataques.

 

 

childrens-day-syria.jpg

 

Crianças na Síria reunem lenha 

créditos: REUTERS

http://www.telegraph.co.uk/

 

A nível global, perto de 250 milhões de crianças vivem em países afectados por conflitos", refere a UNICEF num comunicado em que assinala o Dia Universal da Criança.

 

"É absolutamente necessário pôr fim a estas violações, investindo mais para chegarmos às crianças mais vulneráveis, ou pagaremos o preço de um crescimento mais lento, de maiores desigualdades e menor estabilidade"

 

Directora Unicef Portugal

 

Em Portugal, a UNICEF reconhece os progressos alcançados desde a década de 1990, com especial destaque para a redução da mortalidade infantil.

 

 

 

Pobreza infantil

créditos: Reuters

http://www.iol.pt/

 

Mas outros problemas agravaram-se ou persistem nos últimos anos, como a pobreza infantil, que afecta perto de um quatro das crianças em Portugal.

 

"A pobreza e as privações na infância, na esmagadora maioria dos casos, condicionam não apenas o presente das crianças mas também o seu futuro e o futuro da sociedade",

 

UNICEF Portugal

 

 

dia-da-criança2016.jpg

 

 

Desastres naturais

créditos: AFP

https://www.star2.com/

 

Actividades:

 

  • Solicitar alunos para pesquisa sobre pobreza em Portugal, países com conflitos armados, países com desastres provocados pelas alterações climáticas;
  • Alertar para o problemas das crianças refugiadas na Europa, devido à guerra na Síria.
  • Rever Direitos das Crianças, formular questões, elaborar curtos relatórios.
  • Organizar uma pequena exposição na biblioteca da escola ou um jornal de parede (sala de aula) para alertar para os riscos de pobreza em Portugal.

 

A Professora GSouto

 

20.11.2016

 

Licença Creative Commons

 

Sismo no Japão, uma tragédia !

 

 

 

Sismo Japão

REUTERS| Yomiuri 

http://l.yimg.com/

 

O terramoto de magnitude 8,9 na escala de Richter que atingiu o Japão foi seguido de um tsunami. Este sismo registado às 14:46 locais (05:46 Lisboa) já fez, pelo menos, 280 mortos e 350 desaparecidos, segundo o último balanço oficial difundido pela polícia japonesa. 

 

Para além destes dados, as autoridades avançaram que já foram contabilizados mais 241 feridos. No entanto, os números oficiais continuam a ser actualizados.

 

"Os danos são tão grandes que levará muito tempo para reunir mais dados" - afirmou a polícia.

 

A União Europeia  manifestou já a solidariedade europeia para com o Japão, na sequência deste devastador sismo que atingiu o país, garantindo que a União Europeia está pronta a prestar toda a assistência necessária.

 

"Estamos profundamente preocupados com as notícias do devastador sismo que abalou o Japão, causando numerosas vítimas e graves danos materiais”

 

Presidente UE

 

Durão Barroso expressou a solidariedade e apresentou condolências da União Europeia ao povo e governo japonês. A Europa está pronta a assistir as autoridades japonesas de todas as formas que o puder fazer, em caso de necessidade.

 

 

 

Terramoto Japão

 REUTERS/ Kyodo (Japan) 

http://news.yahoo.com/

 

 Os dirigentes dos 27 países da União Europeia prometeram mobilizar toda a ajuda necessária, num comunicado publicado durante a cimeira extraordinária a decorrer.

 

"Tomámos conhecimento com grande preocupação de que um devastador terramoto atingiu o Japão e a região pacífica", afirmam os chefes de Estado e de Governo. "Nós pedimos à alta representante da UE para as Relações Externas (Catherine Ashton) e à Comissão Europeia para mobilizar toda a ajuda necessária para o Japão", acrescenta o texto.

 

Também o Presidente Obama já ofereceu o apoio dos Estados Unidos.

 

 

 

 

O vídeo é bem demonstrativo da dimensão da tragédia! O número de mortos, em função da violência do sismo e do tsunami não é superior, pelo facto de o povo japonês está preparado para este tipo de catástrofes.

 

No Haiti, por exemplo, o sismo que se abateu em 2010 sobre o país foi de menor intensidade, e como todos sabemos, causou vítimas em muito maior número.

 

O alerta foi dado para vários países no Pacífico que poderão sofrer nas próximas horas sismos semelhantes ao acontecido no Japão.

 

 

 

 

 

Hoje, 11 Março 2016, cinco anos depois, o Japão presta homenagem aos seus mortos. A catástrofe deixou 18.500 mortos e provocou a crise nuclear de Fukushima, cujos efeitos ainda são visíveis.

 

Esta sexta-feira, dia em que se assinala o quinto aniversário do desastre, o Japão recorda as vítimas e pede fim à energia nuclear.

 

 

créditos : © AFP or licensors

http://mb.web.sapo.io/

 

(...)

Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra

(Beijo-te, corpo meu, todo desilusão! (...)

 

Cecília Meireles, Despedida

 

 

 

 A Professora GSouto

 

11.03.2011

 

actualizado 11.03.2016

 

Licença Creative Commons

 

Créditos: video The Lede/ NYTimes

 

 

 

 

Dia da Terra : 40 anos de cidadania ambiental

  

earthday2010.jpg

 

www.earthday.org

 

40 anos depois da primeira celebração do Dia da Terra, o planeta corre perigo! As alterações climáticas são o grande desafio do presente, daí a enorme oportunidade de construir um mundo mais saudável, próspero, com energias mais limpas.

 

Google Doodle:

 

 

doodle-earthday2010.jpg

 

 

Google Doodle Dia da Terra 2010

https://www.google.com/doodles/

 

Google não esqueceu de celebrar esta actividade cívica com um Doodle que faz referência à biodiviersidade.

 

Recursos: Fotografias de satélite da NASA:

 

Também a agência espacial americana NASA compilou as suas melhores fotografias de satélite e disponibilizou-as online. As 50 fotografias seleccionadas pelos especialistas da NASA mostram imagens únicas da Terra e os mais ínfimos lugares do planeta. Aqui poderás ver as imagens

 

 

 

 

Dagzo Co, inland lake, Tibete

http://earthobservatory.nasa.gov/

 

Mas para além de lugares especiais, a agência espacial americana presenteia os visitantes do seu site com imagens de momentos únicos, impressionantes, vividos nas últimas décadas, como o furacão Katrina, o terramoto no Haiti, a entrada em erupção do Vulcão Alaska, a queda das Torres Gémeas, em Nova Iorque entre outros.

 

 

 

 

Créditos: NASA

http://sunearthday.nasa.gov/

 

Do mesmo modo vos oferece esta imagem que poderão descarregar aqui em formato papel parede/ commputador ou marcador para livros.

 

A capacidade do Planeta de nos oferecer recursos suficientes e de absorver a poluição que produzimos é muito inferior à quantidade de recursos que gastamos.

 

Que estas imagens nos sirvam de reflexão! O panorama da pegada ecológica é muito negativo, segundo a Quercus.

 

A Professora GSouto

 

22.04.2010

 

Licença Creative Commons

Dia da Terra : 40 anos

  

earthday2010.jpg

www.earthday.org

 

40 anos depois da primeira celebração do Dia da Terra, o planeta corre perigo! As alterações climáticas são o grande desafio do presente, daí a enorme oportunidade de construir um mundo mais saudável, próspero, com energias mais limpas.

 

A agência espacial americana NASA compilou as suas melhores fotografias de satélite e disponibilizou-as online. As 50 fotografias seleccionadas pelos especialistas da NASA mostram imagens únicas da Terra e os mais ínfimos lugares do planeta. Aqui poderás ver as imagens

 

 

 

Dagzo Co, inland lake, Tibete

http://earthobservatory.nasa.gov/

 

Mas para além de lugares especiais, a agência espacial americana presenteia os visitantes do seu site com imagens de momentos únicos, impressionantes, vividos nas últimas décadas, como o furacão Katrina, o terramoto no Haiti, a entrada em erupção do Vulcão Alaska, a queda das Torres Gémeas, em Nova Iorque entre outros.

 

 

Créditos: NASA

http://sunearthday.nasa.gov/

 

 Recursos:

 

Do mesmo modo vos oferece esta imagem que poderão descarregar aqui em formato papel parede/ commputador ou marcador para livros.

 

A capacidade do Planeta de nos oferecer recursos suficientes e de absorver a poluição que produzimos é muito inferior à quantidade de recursos que gastamos.

 

Que estas imagens nos sirvam de reflexão! O panorama da pegada ecológica é muito negativo, segundo a Quercus.

 

A Professora GSouto

 

22.04.2010

Licença Creative Commons

 

Fontes:

tvi24.iol.pt/tecnologia

 

Hora do Planeta 2010 : vamos aderir ?

 

 

 

 

Hora do Planeta

www.earthhour.0rg

 

 

Hoje, 27 Março, pelas 20:30, todos os Portugueses são convidados a participar na Hora do Planeta, um movimento mundial que reúne milhões de pessoas pelo mundo em favor do ambiente e do aquecimento climático.

 

Apagar as luzes por uma hora - a Hora do Planeta - é não só contribuir para a preservação do nosso Planeta, como fazer parte da maior plataforma voluntária de cidadãos contra as alterações climáticas.

 

www.wwf.pt

 

 

 

 

Hora do Planete 2010

http://farm3.static.flickr.com/

 

Pelo segundo ano consecutivo, Portugal aderiu à Hora do Planeta e os resultados ultrapassaram as expectativas!

 

Em 2009, durante uma hora, mais de 4 mil cidades, entre as quais 11 cidades portuguesas, de 88 países, 21 mil empresas e o estrondoso número de 1200 milhões de pessoas em todo o mundo deram o seu voto ao Planeta.

 

Este ano, 25 cidades portuguesas participarão na Hora Terra! Como podem constatar, o número duplicou de um ano para o outro, sinal que os Portugueses estão muito mais atentos aos problemas ambientais! E isso, só no pode encher de orgulho! Não é mesmo?

 

 

hora-planeta2010.JPG

 

Cartaz Hora do Planeta 2010

créditos: WWW Portugal

 

Este movimento, como bem se lembram, dado que aderimos desde 2008, foi uma iniciativa do WWF (World Wildlife Fund) apoiado, desde logo pelas associações ambientalistas não governamentais. Poderás saber quais as novidades deste ano aqui

 


Não esqueças! Marca a diferença e une-te mais logo, pelas 20:30 ao movimento mundial!

 

Eu já me inscrevi em 2008 e mais uma vez participarei nesta Hora do Planeta!

 

Nota: Não devem inscrever-se por serem menores de idade. Basta participarem!

 

 

A Professora GSouto

 

27.03.2010

 

 Licença Creative Commons

 

Dia Mundial sem Carros : 22 Setembro !

 

 

 

dia-mundial-sem-carros1.jpg

 

 créditos: Greenpeace

 

 

Todos os anos, o dia 22 de Setembro, é Dia Mundial Sem Carro. Pessoas do mundo inteiro juntam-se para promover alternativas ao abuso da ultilização de carros.

 

São propostas outros meios de transporte, tais como a bicicleta, andar a pé, e outras, para ajudar a melhorar a qualidade de vida nos diferentes países.

 

 

 

 http://www.worldcarfree.net/wcfd/index.php 

 

 

É pois altura de repensar nossos hábitos e de utilizar menos o carro para nos deslocarmos. Bem sei que a cidade do Porto é complicada, que a rede de tranportes é insuficiente, que o uso da bicicleta não é muito frequente. 

 

Mas, se pensarmos um pouco, é possível optar por situações que podem diminuir poluição. E  por que não convencer os pais que podem ir a pé para a escola, se a distância não for muita? E eu sei que há alunos que moram perto.

 

Vamos tentar! Nem que seja um dia por ano!

 

A Professora GSouto

 

21.09.2008

 

 

Licença Creative Commons

 

 

Dia Mundial do Ambiente 2007 : O degelo, um tópico quente !



dia-ambiente2007a.jpg

 

Dia Mundial do Ambiente

créditos: ONU

 

Celebra-se hoje, o Dia Mundial do Ambiente. Este ano, dedicado às alterações climáticas e ao degelo no pólos

 

Tema 2007:

 

"Meeting ice - a Hot Topic"

 

Tendo como slogan Meeting ice - a Hot Topic, as comemorações mundiais incidirão sobre o efeito das alterações climáticas que se prevê serão maiores nos pólos levando a um degelo importante.

 

 

dia-ambiente2007.jpg

 

 

créditos: ONU

 

Saber +

 

Note-se que, com o aumento da temperatura nos pólos, o degelo tem sido significativo e animais, como por exemplo os ursos polares, têm sido encontrados mortos devido ao facto de não encontrarem massas de gelo e terem de nadar grandes distâncias. Também algumas populações de pinguins têm visto o seu número diminuir.

 

Apesar de as cerimónias incidirem sobre os pólos, as alterações climáticas far-se-ão sentir em todo o mundo e o degelo das calotes polares, para além de poderem fazer subir o nível do mar, poderão ter outros efeitos a nível climático, afectando zonas muito distantes. 

 

 (texto com supressões) *

 

  

dia-ambiente2007c.jpg

 

 

Ano Polar Internacional 2007

http://t0.gstatic.com

 

Saber+ 

 

Visita o sítio web da UNEP e visiona o filme apresentado pela organização Greenpeace.

 

  • Ao entrar no site, atenta na fita que percorre a parte superior da página principal, clica em Green TV ou acede directamente aqui.
  • Comenta com teus amigos, e mostra-o aos teus familiares.
  • Aproveita as próximas aulas de  Formação Cívica e Língua Portuguesa para debater o que tens estudado sobre o aquecimento global e o evento Ano Polar 2007.

 

Assim, poderemos desenvolver com mais consciência e conhecimento as actividades a que nos propusemos para celebrar o Ano Polar Internacional 2007/2008

 

 A Professora GSouto

 

05.06.2007

 

Licença Creative Commons

* Referências:

Instituto da Conservação e da Biodiversidade