Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Alice do Outro Lado do Espelho : conto literário

 

 

 

 

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

 

 

 

Johnny Depp/ O Chapeleiro

Alice do Outro Lado do Espelho

créditos: Johnny Depp

http://static.globalnoticias.pt/

 

E cá temos o famoso actor Johnny Depp e a sua personagem O Chapeleiro, na ocasião do lançamento de Alice do Outro Lado do Espelho, de James Bobin, que estreou nas salas portuguesas esta semana, dia 25 de Maio.

 

 

alice-outro-lado-espelho.jpg

 

 

Alice no País das Maravilhas

Tim Burton, 2010

http://www.imdb.com/

 

O segundo filme da Disney é baseado num livro de Lewis Carroll. O livro Alice no País das Maravilhas festejou 150 anos da sua publicação em 2015. Mas as celebrações continuam.

 

Em Março de 2016, a British Library apresentavas ainda uma exposição Alice in Wonderland.

 

Depois de Alice no País das Maravilhas, de Tim Burton, 2010, temos agora Alice do Outro Lado do Espelho, realizado por James Bobin. Mesmo elenco, encabeçado por Johnny Depp, Mia Wasikowska e Helena Bonham Carter, interpretando as mesmas personagens.

 

 

 

 

Alice do Outro Lado do Espelho

James Bobin, 2016

http://www.imdb.com/

 

Também com a mesma argumentista (Linda Woolverton), o mesmo responsável pela música (Danny Elfman), mas com mais efeitos digitais do que Alice no País das Maravilhas.O elenco continua brilhante e os cenários mágicos.

 

Saber + 

 

De novo mesmo, temos Sacha Baron Coen no papel do 'Tempo'.  Ele é o 'Tempo', quem controla os minutos e os segundos, quem decide quem tem de morrer. É um vilão que, no fundo, tem um coração mole. Faz tudo para conquistar a insuportável Rainha Vermelha e, no fim, ainda se sacrifica pelo grupo. 

 

 

 

Tempo/ Sacha Baron Coen

http://filmes.disney.pt/

 

O realizador, desta vez, não é Tim Burton, mas sim James Bobin.Tim Burton é apenas o produtor. Mas não se nota assim tanto a alteração do realizador. Bobin segue a mesma linha de Burton.

 

Os cenários continuam profuso em pormenores e cor, os efeitos visuais ganham ainda mais destaque em 3D e a componente mágica é magnífica na maioria das cenas.

 

 

 

 

Alice

Lewis Carroll

http://www.mat.uc.pt/

 

Há uma ligação relativa ao livro homónimo, o que Burton manteve no primeiro filme. Alice do Outro Lado do Espelho é um filme fantástico que pode ser visto em 3D ou 2D. Tem uma história que nos faz perder a cabeça por duas horas, o tempo que é central à sua intriga.

 

A história corre apressada com viagens ao passado, dentro de viagens ao passado e, se se distrair, corre o risco de já não perceber nada do que se passa.

 

Diz-se que há indícios de um certo plágio da 'Cronosfera', a máquina em que Alice viaja no tempo, quase em tudo semelhante à do professor Mortimer em A Armadilha Diabólica, e de A Máquina do Tempo do filme de George Pal baseado no clássico de H.G. Wells.

 

 

 

 

O Chapeleiro/ Johnny Depp

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Em Alice do Outro Lado do Espelho, o 'Chapeleiro' perdeu muita da alegria do primeiro filme, mas revela um lado mais humano e vulnerável desta personagem, quase a morrer de desgosto, convencido de que ninguém acredita nele, quando afirma que a sua família ainda está viva.

 

Johnny Depp é cativante neste género de papéis carregados de adereços e maquilhagem.

 

 

 

 

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Sinopse:

 

Desta vez, as aventuras de Alice Kingsleigh seguem-na pelos oceanos, mas mais precisamente no seu retorno a Londres. Ela depara-se com um espelho mágico e regressa ao fantástico mundo subterrâneo, onde voltará a rever os velhos amigos Coelho Branco, a lagarta Absolem, O Gato Risonho e o Chapeleiro Maluco. Este último parece ter perdido de vez a sua insanidade.

 

Então Mirana – a Rainha Branca – envia Alice numa viagem em busca da Cronosfera, um globo metálico que fica dentro da câmara do Grande Relógio que controla todo o tempo. De volta ao passado, ela reencontra amigos mas também inimigos numa luta contra o tempo para salvar o Chapeleiro. 

 

 

 

 

 

Ir + longe:

 

Uma reflexão sobre o tempo e os seus paradoxos. Este Alice do Outro Lado do Espelho tem uma vantagem sobre Alice no País das Maravilhas: estrutura menos episódica e uma outra unidade narrativa.

 

 

alice-outro-lado-espelho1.jpg

 

 

Rainha de Copas/ Helena Boham

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Comparando com o livro original de Lewis Carroll (sabemos que foi feita uma grande adaptação do livro para chegar ao filme) esta vence na descrição das personagens: o Chapeleiro Louco está melhor explorado e a Rainha de Copas de Helena Bonham Carter tem mais piada.

 

Claro que se esvanece a novidade da estética de explosão cromática digital, mas, no geral, Bobin consegue um filme mais sólido, segundo as críticas, só aqui e ali traído pela necessidade cumprir prazos de blockbuster de Hollywood.

 

 

 

O Chapeleiro/ Johnny Depp

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

Johnny Depp adorou voltar à sua personagem de Chapeleiro Louco, conforme afirmou na apresentação do filme.

 

"Os filmes tornaram-se o meu emprego diário e agora poder voltar a ser o Chapeleiro é mesmo um presente do caraças! Um ator pensa sempre que pode fazer mais ou menos pelas suas personagens e agora tive essa oportunidade." (...) "Basicamente, este filme leva o Chapeleiro a um estado ainda mais louco e de perdição. Foi desafiante".

 

Johnny Depp

 

 

 

 

Rainha Branca/ Anne Hathaway

Alice do Outro Lado do Espelho, 2016

http://www.imdb.com/

 

 Actividades:

 

  • Rever Alice no País das Maravilhas na sala de aula para que os alunos possam compreender melhor Alice do Outro Lado do Espelho.

Esta actividade deve ser acompanhada com a leitura integral do livro Lewis Caroll.

  • Visita de estudo: ida ao cinema com os alunos para ver o novo filme, Alice do Outro Lado do Espelho.

A leitura do livro original poderá ser feita em currículos de 8º/ 9º anos, depois da visita de estudo.

  • Revisão do Conto Literário

 

 A Professora GSouto

 

28.05.2016

 

Licença Creative Commons

Alice no País das Maravilhas de Tim Burton : um chá com Alice ?

 

 

Alice2.jpg

 

 Alice in Wonderland

Tim Burton, 2010

http://www.imdb.com/

 

Pois, todos nós nos lembramos das leituras da nossa infância e adolescência. E Alice no País das Maravilhas de Lewis Carrol foi um dos livros que mais nos encantou. Era uma delícia seguir a leitura das aventuras de Alice. Nal respirávamos. 

 

 

Mad Hatter & Alice

Tim Burton, 2010

http://www.imdb.com/

 

E depois o filme, um clássico dos estúdios mágicos de Walt Disney. Tantas vezes fomos ao cinema ver o filme Alice in Wonderland.

 

Doces momentos. Sentados frente ao ecrã seguíamos com os olhos maravilhados Alice no País das Maravilhas, o Chapeleiro Louco, o Coelho Apressado e a Rainha Vermelha.

 

E o que mais adorávamos era o chá com Alice. Delicioso!

 

 

 

 

Ainda hoje, sempre que passa Alice no País das Maravilhas em qualquer canal de televisão, lá estamos todos, miúdos e graúdos a seguir as aventuras de Alic em filme de animação.

 

Mas eis que chega, quase sessenta anos depois, um outros filme animado de Alice in Wonderland, desta vez de Tim Burton.

 

 

 

Red Queen, Alice

Tim Burton, 2010

http://www.imdb.com/

 

Realizado por Tim Burton para a Walt Disney, Alice no País das Maravilhas estreou em Portugal a semana passada e é já um êxito de bilheteira nos Estados Unidos, ultrapassando o fantástico filme Avatar.

 

Filmado  no formato 3D, com uma fusão de imagem real e animação foto-realista, o filme parece ser um verdadeiro deslumbramento para o olhar!

 

 

Alice in Wonderland

Tim Burton, 2010

http://www.imdb.com/

 

Alice in Wonderland, título original de Alice no País das Maravilhas é uma adaptação bem ao estilo gótico de Tim Burton, da obra de Lewis Caroll que todos conhecemos tão bem!

 

O realizador, apesar de nos dar uma versão muito pessoal, manteve-se fiel ao mundo feérico e maravilhoso descrito por Lewis Caroll.

 

 

 

 

 

 

Conhecendo tão bem a história de Alice no País das Maravilhas, estamos pois muito curiosos para ver esta nova versão, desta vez de Tim Burton que, a avaliar pelas imagens, deve ser uma obra de arte e de encantamento

 

Actividades:

 

  • Estudo de Contos Literários:

 

Não esqueçam que vamos fazer a revisão dos contos tliterários infantis e juvenis, depois de vermos o filme. Claramente, não vamos fazer uma visita de estudo ao cinema, só para ver Alice. Vamos sim, para desenvolver posteriormente actividades, e ler ou reler o livro de Carrol.

 

Vão pondo essa cabecita a fervilhar de ideias, para eu ficar mais uma vez encantada com as vossas sugestões e actividades.

 

Grande expectativa!.

 

 

A Professora GSouto

 

 

 

11.03.2010


Licença Creative Commons
 

Leituras à solta: O mais pequeno livro Alice no País das Maravilhas

 

 

 

min_alice_ap_joerg_sarbach_25_10_05.jpg

 

créditos: Joerg Sarbach/AP

http://news.yahoo.com/photos

 

Uma miniatura (38mmx53mm) do livro de Lewis Carroll "Alice no País das Maravilhas" foi apresentada na "57ª Feira do Livro de Frankfurt" pela conceituada editora alemã Miniaturbuchverlag.

 

 (tradução livre), visitado em 23 Out. 2005

 

 


 

 

 Atenção caloiritos! l

 

Qual o livro que mais gostaram de ler até hoje? Decidam-se para abririmos debate na próxima aula.

 

 Actividade :

 

  • Elaborar um curto texto, explicando as razões da escolha. Não esquecer de ilustrar com a imagem da capa do livro!
  • Também poderão passar por aqui, e deixar as vossas sugestões em Comentários.

 

 Esta a 'dica' digital da semana!

 

 Professora GSouto

 

 11.11.2005

 

Licença Creative Commons