Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

As Memórias de Marnie, filme a explorar nas escolas

-

marnie1.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

As Memórias de Marnie, o filme do japonês Yoshiaki Nishimura, produzido pelos estúdios Ghibli estreou ontem, quinta-feira, nas salas portuguesas.

 

As Memórias de Marnie foi um dos nomeados ao Óscar de Melhor Filme de Animação em 2016.

 

Foi o vencedor da 15ª edição do Grande Prémio Monstra, o Festival de Animação de Lisboa que teve lugar no Cinema São Jorge durante o mês de Março 2016.

 

As Memórias de Marnie do realizador Yoshiaki Nishimura foi considerado uma obra prima do cinema de animação de 2014. Conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 15ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

É também a nova animação do conceituado estúdio Ghibli, do galardoado realizador japonês Hayao Miyazaki. Ninguém esquece o Conto da Princesa Kaguya que apresentei aqui em Maio 2015: Conto da Princesa Kaguya: um filme a explorar

 

O Conto da Princesa Kaguya, tradução de The Tale of the Princess Kaguya, do realizador Isao Takahata foi considerado uma obra prima do cinema de animação em 2013. Conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 14ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

 

 

 

 Saber+

 

As Memórias de Marnie, tradução de When Marnie Was There é uma longa-metragem animada, realizada pelo japonês Yoshiaki Nishimura em 2014. “Mostra-nos a natureza dos laços humanos, com um uso inteligente do tempo, um ritmo da natureza que nos conduz para a harmonia“, salientou o júri da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

 

marnie6.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Sinopse:

 

"A história de Anna, uma jovem de 12 anos que, por razões de saúde, vai passar o verão a Kushiro, uma cidade à beira-mar na província de Hokkaido. Anna sempre foi muito solitária e nunca fez amigos. Acredita estar fora do círculo mágico invisível a que a maior parte das pessoas pertencem e por isso isola-se de todos os que a rodeiam. E é durante um dos seus passeios solitários pelo pântano que Anna descobre uma mansão isolada onde mora Marnie. Anna nunca pensou ter uma amiga como Marnie que não a julga por ser como é. Mas ao mesmo tempo que descobre a beleza da amizade, Anna começa a perceber que Marnie pode não ser bem aquilo que aparenta."

 

 

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

https://38.media.tumblr.com/

 

As Memórias de Marnie, longa metragem de animação, conta a história de uma adolescente fascinada por uma mansão, onde descobre Marnie, uma amiga "mágica",

 

"O mais fascinante é o modo como se apodera de nós uma perfeita indefinição entre o que será realidade ou fruto da imaginação da protagonista: quem é Marnie? De onde vem? Ficamos sob o seu feitiço."

 

DN | Artes

 

marnie3.png

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Curiosidades:

 

O filme vencedor da Monstra 2015 foi, como sabemos, O Conto da Princesa Kaguya, também saído dos estúdios Ghibli e igualmente nomeado para o Oscar de Melhor Filme de Animação.

 

marnie4.jpg

 

When Marnie Was There

Joan G. Robinson, 1967

http://ecx.images-amazon.com/

 

O filme é baseado no livro When Marnie Was There (não encontrei referências da tradução do livro em português), um clássico da literatura juvenil escrito pot Joan G. Robinson. uma escritora e ilustradora inglesa com vasta obra publicada. Morreu em 1988. Suponho When Marnie Was There só está disponível em língua inglesa, e em tradução para língua japonesa.

 

Poderá ouvir um excerto do livro em Listening Library aqui

 

 

marnie2.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Sugestões pedagógicas:

 

As Memórias de Marnie é um filme animado encantador que reflecte a realidade de muitos adolescentes, a natureza dos laços humanos, a solidão na adolescência.

 

Uma reflexão sobre sentimentos e afectos na fase da adolescência. Uma importante históra de aprendizagem.

 

A protagonista/ personagem principal, Anna é uma jovem adolescente muito solitária que se fecha, como tantos jovens, num mundo imaginário irreal. A sua fuga do mundo real é o desenho.

 

Partindo do aspecto da narrativa intimista e efabulada, As Memória de Marnie descreve com incrível realidade a solidão imensa que assola, tantas vezes, algumas crianças e adolescentes.
 
 
Os professores são, regra geral, aqueles que mais rapidamente detectam sintomas de depressão e solidão nos jovens que frequentam as escolas. E são eles, regra geral, que apoiam estes adolescentes, alertando também os pais e educadores e encaminhando-os para os serviços de Psicologia na escolas.
 
 

Actividades: 

 

  • Rever género literário: a Narrativa;
  • Fazer estudo comparado da literatura infantil e juvenil;
  • No caso de aluno/aluna que já ultrapassaram situações de depressão e/ou solidão, apelar para o seu testeiunho (mediante conversa prévia para saber se os alunos estáo disponíveis para o fazer) em sala de aula.
  • Experienciar sentimentos de solidão por parte dos alunos por escrito (diário);
  • Antes ou depois da exploração de algumas destas actividades, segundo o tempo de exibição em salas de cinema, agendar uma visita de estudo: ida ao cinema ver As Memórias de Marnie.
  • Posterior debate em sala de aula. 
  • Possível projecto transcurricular: Lingua Portuguesa, Educação Visual, Música.

 

Nota: Não aconselhável a alunos cujo nível etário seja inferior a 9/10 anos se não forem previamente preparados para a temática do filme.

 

A Professora GSouto

 

15.04.2016

 

Licença Creative Commons

 

Escolas : Boyhood, um filme a explorar !

Boyhood_film.jpg

 

 

Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Ao longo dos anos, sempre me preocupei em divulgar neste blogue filmes que pudessem enriquecer a experiência vivencial e cultural dos alunos.

 

Deixar de escrever sobre um filme fascinante Boyhood realizado por Richard Linklater ser-me-ia impossível.

 

Há muito aguardado nas salas de cinema, está em exibição há algum tempo. Trata-se de um filme cativante que nos envolve de uma ponta à outra. Nele percorremos dozes anos da vida de Mason (Ellar Coltrane). 

 

Uma biografia devastadoramente plausível de um adolescente 'real'. Diante de nossos olhos, a criança tornou-se um homem num lapso de tempo. O filme desenvolveu-se naturalmente como a vida, Na verdade, é uma história de vida. Mas vamos então à história:

 

Boyhood_film6.jpg

 

 

Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Rodado ao longo de quase 12 anos, BoyHood- Da Infância à Juventude é um 'road movie' no qual a estrada é o tempo. Fazemos aqui e ali pequenas paragens, conhecemos novas personagens e situações e, depois, seguimos em frente, modificados.

 

Drama ficcional, mantendo o mesmo grupo de actores durante 12 anos, e filmado entre 2002 e 2013. Uma viagem única, ao mesmo tempo épica e intimidante, através da alegria da infância, dos problemas e oscilações de uma família moderna, próprios da passagem do tempo.

 

Boyhood_film5.jpg

 

 

Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

O filme acompanha Mason (Ellar Coltrane), de 6 anos, ao longo da década mais importante da sua vida - infância e adolescência - pelo meio vão acontecendo um turbilhão de mudanças, controvérsias familiares, casamentos instáveis, segundos casamentos mal resolvidos, novas escolas, primeiros amores e amores perdidos. Tempos memoráveis e tempos assustadores e uma constante miscelânea de desgostos e deslumbramentos acompanham Mason.

 

Boyhood_film3.jpg

 

 

Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Mason é um menino sonhador que se confronta com a importante decisão da sua afectuosa e lutadora mãe, Olivia (Patricia Arquette), de refazer a vida em Houston, no momento em que o pai, Mason Senior (Ethan Hawke), há muito tempo ausente, regressa do Alasca, e volta a entrar no seu mundo.

 

Boyhood_film7.png

 

 

Mason| Ellar Coltrane

 Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Entre pais e padrastos, raparigas, professores e patrões, perigos, anseios e paixões, Mason emerge para seguir o seu caminho.

 

É um filme que compreende que somos o resultado de um conjunto de instantes mais ou menos memoráveis e que, portanto, somos seres fluidos por natureza. Acompanhar todas estas mudanças é uma jornada fascinante.

 

 

Boyhood_film4.jpg 

 

Mason & Mason Senior

 Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Não há, aqui, o drama de um pai ausente para sempre, de uma mãe desatenta, mas sim o drama do quotidiano, não menos impactante, de tentar andar para a frente, mesmo diante de problemas financeiros, de brigas com os vários padrastos, e de pequenos percalços quase triviais, como o embaraço de ter que ir para a escola com um corte de cabelo desastroso ou ser repreendido por um adulto pouco amistoso.

 

 

 

 

 

Recheado de um humor doce que, frequentemente, nasce das interacções da família carinhosa que ocupa seu centro, BoyHood também é capaz de mostrar pedaços de vida dolorosos que são concebidos cuidadosamente. Por exemplo, perceber como o problema do segundo marido de Olivia é inicialmente sugerido de forma subtil, quando o mesmo evita beber diante dos filhos (dois dele e dois de Olivia) , até ao instante em que sua ira alcoolizada explode durante um almoço no qual não faz questão de esconder a sua adição.

 

Boyhood_film10.jpg

 

 

Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Porém, o mais recompensador neste belíssimo filme é perceber como Mason, apesar de todos os dramas ou pequenos traumas que enfrenta, se torna um jovem adulto tão fascinante. Dono de um tom de voz sereno,gentil, de gestos carinhosos, e de uma personalidade repleta de curiosidade pelo mundo, Mason (interpretado por um actor carismático) jamais deixa que esqueçamos o garotinho que se equilibrava afoitamente no baloiço, quando o vemos já jovem adulto, prestes a partir para a faculdade, atormentado por ansiedades em relação ao futuro.

 

Boyhood_film8.jpg

 

 

 Boyhood

Richard Linklater, 2014

http://www.imdb.com/

 

Vê-lo crescer é tão emocionante como acompanhar o envelhecimento de seus pais, já que, inevitavelmente, isto nos leva a reflectir sobre a nossa própria trajectória. A sensação é a de que tudo passou tão rápido, tanto quanto as quase três horas deste filme maravilhoso.

 

Informações:

Boyhood, site oficial, teve cinco nomeações para os Golden Globes, foi premiado em três categorias: Melhor Filme, Melhor Actriz Secundária, Patricia Arquette, e Melhor Realizador.

Tem seis nomeações para os Oscars 2014.

 

Actividades:

  • Organizar uma visita de estudo transdisciplinar : ida ao cinema com grupo/turma;
  • Prévia pesquisa sobre dados do filme: história, banda sonora, actores, realizador;
  • Posterior debate em sala de aula (após ter visto o filme), individual e/ou trabalho de grupo;
  • Avaliar compreensão, sentido crítico, reacções;
  • Desenvolver actividades de escrita criativa.

 

Para quem convive diariamente com adolescentes, sabe como os dozes anos da vida de Mason se assemelham à maioria dos nossos alunos, suas crises 'normais' de crescimento, famílias monoparentais ou disfuncionais, Boyhood só pode ser considerado um recurso educativo riquissimo a explorar nos curriculos.

 

A todos aconselho vivamente. A todos os níveis. De uma imensa riqueza humana e sensorial. O tema musical Hero é lindo!

 

A Professora GSouto

 

04.02.2015

 

Licença Creative Commons

 

Dia Internet Segura 2009

 

  

http://ec.europa.eu

 

A 6ª edição do Dia da Internet Segura decorreu no dia 10 de Fevereiro 2009 com o patrocínio de Vivianne Reding, Comissária da "Information Society and Media". Foi celebrado com mais de 500 eventos, em 50 países.

 

A edição deste ano teve como principal missão a segurança dos jovens nos espaços sociais web. Foi desenvolvida uma campanha junto dos adolescentes entre 12 e 17 anos, alertando-os para os riscos que correm quando estão online, se não tomarem as devidas precauções.

 

 

 

 

Este vídeo produzido pela Comissão Europeia tem como finalidade erradicar o cyberbullyng. Evidencia o facto da informação online que muitos jovens publicam com ingenuidade, ou por falta de atenção, pode ser copiada e distorcida. Ao mesmo tempo, demonstra o impacto que isso pode causar.

 

Apesar de termos trabalhado, no ano lectivo anterior, este tema tão importante para a vossa segurança na Internet,  e de participarmos no Concurso  Internet Segura 2008, nunca é demais repetir os cuidados a ter, sobretudo quando se frequentam espaços como MSN, MySpace, Hi5, Facebook Tagen Lifezone e outros.

 

O tema de Safer Internet Day 2010 é :

 

"Respeita-te e respeita os outros !"

 

Mesmo que tenhamos tendência para esquecer, a vida em linha é bem real e extremamente pública. E os cuidados devem ser redobrados.

 

Sê consciente dos teus direitos. Sê criativo. Sê tu prórprio! Mantém-te seguro(a)!

 

Ah! Podes aprender divertindo-te, ao visitar o sítio web SeguraNet aqui

 

Um internauta avisado vale por dois. Não esqueças !

 

A Professora GSouto

 

15.02.2009

  

Licença Creative Commons