Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Prof. Stephen Hawing : Olhando as estrelas !

 

 

stephen-hawking6.jpg

 

 

Stephen Hawking

créditos: NASA/ Paul Alers

https://www.nasa.gov/

 

Hoje ficámos todos mais pobres. Stephen Hawking morreu esta madrugada, dia 14 Março 2018, aos 76 anos. Um dos raros que conseguem ver o que está lá mas mais ninguém vê.

 

Aos 21 anos pensou que apenas viveria mais dois. Fora-lhe diagnosticada uma doença degenerativa que, de forma progressiva, lhe paralisou os músculos.

 

 

stephen-hawkings.jpg

 

 

Stephen Hawking

Wikipedia

https://pt.wikipedia.org/

 

Stephen Hawking, o físico britânico que revolucionou a forma como olhamos o Universo Os filhos do cientista, Lucy, Robert e Tim, publicaram num comunicado: O nosso pai foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos”.

 

"Este não seria um grande universo se não fosse a casa das pessoas que amamos"

 

Stephen Hawking

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: Autor não identificado

http://portocanal.sapo.pt/

 

Hawking é um dos cientistas com maior destaque desde o físico alemão Albert Einstein. A sua obra "Uma Breve História do Tempo" é um dos livros mais vendidos no mundo.

 

Doutor em Cosmologia, foi professor lucasiano emérito na Universidade de Cambridge, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

 

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: David L. Ryan / The Boston Globe / Getty Images

https://www.newyorker.com/tech/

 

Foi, pouco antes de morrer, director de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica (DAMTP) e fundador do Centro de Cosmologia Teórica (CTC) da Universidade de Cambridge

 

Nada fez parar o físico britânico que fica conhecido como a estrela da física ou o 'embaixador da ciência' segundo grandes cientistas das actualidade.

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: ZERO-G/ Steve Boxall

http://www.bbc.com/news/

 

Alguns dados biográficos:

 

Stephen William Hawking nasceu a 8 de Janeiro de 1942 em ]Oxford, Oxfordshir (Reino Unido), exactamente no aniversário de 300 anos da morte de Galileu.

 

Filho de Frank Hawking, um biólogo pesquisador que trabalhava como parasitólogo no Instituto Nacional de Pesquisa Médica de Londres, e Isabel Hawking.

 

Hawking foi sempre interessado pela ciência. Durante a infância foi um bom aluno, mas não considerado excepcional.

 

Entro em 1959 na University College, Oxford, onde pretendia estudar matemática. Como não existia essa área em Oxford, optou então por física, licenciando-se em 1962.

 

 

 

 

Stephen Hawking & Jane Hawking 

créditos: via Facebook

https://www.facebook.com/stephenhawking/

 

Casou pela primeira vez em Julho de 1965 com Jane Hawking com quem teve três fillhos. Separou-se em 1991. 

 

Em 1985, uma grave pneumonia deixou-o a respirar por um tubo, forçando-o, desde então, a comunicar através de um sintetizador de voz eletrónico. Mas Hawking continuou a desenvolver as suas pesquisas na área da ciência, a aparecer na televisão.

 

Casou com sua enfermeira Elaine Mason 1995. Divorciou em 2006, devido a maus tratos que esta lhe infligiu ao longo dos anos que viveu com o cientista.

 

Doutorou-se na Trinity Hall,Cambridge em 1966, de onde era um membro honorário. Depois de obter doutorado, passou a ser pesquisador e, mais tarde, professor no Gonville and Caius College.

 

Depois de abandonar o Instituto de Astronomia em 1973, Stephen entrou para o Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica tendo, entre 1979 e 2009, ano em que atingiu a idade limite para o cargo, ocupado o posto de professor lucasiano de Matemática, cátedra que fora de Newton, tendo sido professor lucasiano emérito da Universidade de Cambridge.

 

Hawking continuou sua investigação em física teórica, ao mesmo tempo com vasto programa de viagens e conferências apoioado na vida em família junto dos três filhos e três netos.

 

Em 2007 Stephen Hawking embarcou num Boeing 727 modificado em Kennedy Space CenterNASA, na Florida (Estados Unidos), que então realizou arcos parabólicos onde a aeronave está em queda livre, permitindo que o Hawking experimentasse momentos de gravitação no espaço, imitando assim flutuar no espaço e que é usado para treinar astronautas.

 

stephen-hawking-cartoon.jpg

 

Stephen Hawking

tributo caricatura William Medeiros

 

Livros:

 

Entre o legado imenso que nos deixa, estão os livros. A Minha Breve História e Breve História do Tempo entre outros.

 

 

 

 

Breve História do Tempo

Stephen Hawking

edições Gradiva

https://www.fnac.pt/

 

Breve Hsitória do Tempo de Stephen Hawking foi publicado em 1988. Tornou-se uma referência incontornável da divulgação científica, com mais de 9 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

 

Sinopse: actualizada

 

Essa edição encontrava-se no limiar do que era então conhecido acerca da natureza do universo. Mas a última década tem assistido a avanços extraordinários na tecnologia de observação dos mundos micro e macroescópicos, confirmando muitas das previsões teóricas do professor Hawking.

 

Com o intuito de incluir os novos conhecimentos revelados por essas observações no texto original, o cientista escreveu uma nova introdução, actualizou os capítulos originais e acrescentou um capítulo inteiramente novo sobre o tema fascinante dos buracos negros e das viagens no tempo.

 

A Breve História do Tempo conduziu habilmente os não-cientistas de todo o mundo na busca contínua dos segredos escondidos no coração do tempo e do espaço. Esta edição mostra claramente o motivo pelo qual o eloquente clássico do professor Hawking transformou a nossa visão do universo.

 

Nota: Livro recomendado pelo PNL para o Ensino Secundário.

 

 

 

 

George e a Caça ao Tesouro Cósmico

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Hawking também escreveu para crianças em parceria com sua filha Lucy Hawking. Uma trilogia sobre o espaço que incentiva os mais novos a apaixonar-se pela ciência.

 

 

 

 

George e a Chave Secreta para o Universo

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

 

 

 

George e o Big Bang

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Emocionantes histórias de aventuras, que nos levam de volta ao momento em que surgiram o espaço e o tempo. Recheado de voltas e reviravoltas, por buracos de minhoca até ao limiar do conhecimento.

 

Incluem ensaios de alguns dos mais importantes cosmologistas, enredos emocionantes e uma série de entradas científicas de fácil leitura. Incluindo um conjunto de fotografias a cores, ilustrando as maravilhas do cosmos, George e o Big Bang, o volume final da trilogia, encerra as aventuras de George pelo universo.

 

Nota: Livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura , 3º Ciclo. E por que não 2º ciclo?

 

 

 

 

A Teoria de Tudo

Stephen Hawking

https://www.fnac.pt/

 

 

Biopic: livro & filme:

 

Livro/ Sinopse:

 

Hawking acreditava que os avanços da física teórica deviam «poder ser compreendedidos pelo grande público, e não apenas por alguns cientistas». Neste livro, propõe a extraordinária aventura da descoberta do cosmos e do nosso lugar nele.

 

Em sete lições, responde à curiosidade de todos aqueles que já olharam fascinados para o firmamento e se perguntaram o que há lá em cima e como foi lá parar.

 

 

 

 A Teoria de Tudo

James Marsh, 2014

 

 

Filme:

 

Um filme autoibiográfico sobre o amor e capacidade de superação. A Teoria de Tudo adapta a obra biográfica Travelling to Infinity: My Life with Stephen, onde Jane Wilde Hawking descreve os anos ao lado de Stephen.

 

Suponho que todos nós vimos este filme tão dramático, mas belo e muito inspirador.

 

 

 

 

The Simpson

série televisão

https://giphy.com/gifs/

 

 Actividades:

 

  • Fica ao critério de cada professor a introdução da vida e obra de Stephen Hawking. Os recursos educativos são muitos.
  • Biografia, conversas em conferências, livros, filmes séries de televisão The Simpson e a Teoria de Big Bang. Os alunos também deverão contribuir com as suas próprias sugestões.
  • Um projecto transcurricular será muito enriquecedor dada a riqueza desta personalidade carismática da ciêcnia e da Cosmologia.

 

 "Mesmo que a vida pareça difícil, há sempre algo que podemos fazer para ter sucesso nela."

 

Stephen Hawking

 

A Professora GSouto

 

16.03.2018

 

Licença Creative Commons

Ano bissexto : Dia do Pulo !

 

 

Google doodle : Ano bissexto

Doodler: Olivia Huynh

http://www.google.com/doodles/

 

2016 é um ano muito especial. E não apenas porque é 11111100000 em binário. Como já todos vimos hoje, ao aceder à página do motor de busca Google, o Doodle celebra um dia raro. O  Dia do Pulo em inglês Leap Day.

 

É então o ano que contém o Dia do Pulo que Google celebra com o Doodle interactivo que vimos no início deste post. Encantador.

 

 

Doodler: Olivia Huynh, esquisso

http://www.google.com/doodles/

 

Saber +


O dia 29 de Fevereiro só acontece a cada quatro anos. E por que razão? Há uma explicação científica.

 

Isto acontece para manter o nosso calendário em sincronia com a rotação da Terra em torno do sol. Sem o Dia do Pulo, estaríamos fora de sincronia por cerca de seis horas por ano.

 

Mas espere, ainda há mais ... Dia do Pulo, em inglês Leap Day acontece portanto de quatro em quatro anos, a menos que o ano seja divisível por 100.

 

 

Doodler: Olivia Huynh, esquisso

http://www.google.com/doodles/

 

Ir + longe:

 

O ano tem 365 dias, excepto os anos bissextos que têm 366. Certamente que já sabe isso desde a escola primária. Mas sabe por que existem anos bissextos? Ou que dia seria hoje se estes não existissem?

 

É um pouco com o Segundo intercalar, outro facto científico que já estudámos em Junho 2015.

 

O dia 29 de Fevereiro tem uma razão. Se nunca tivéssemos usado anos bissextos estaríamos, neste momento, a 15 de Julho de 2017. Ui ! Já se imaginou em “pleno verão” com temperaturas negativas? Ora veja o timelapse interactivo aqui. Interessante não?

 

Para entender por que os anos bissextos existem, devemos ter em atenção o movimento da Terra ao redor do Sol. A Terra demora 365 dias 6h 9m 10s a completar uma volta ao Sol (ano sideral). No entanto, o movimento aparente do Sol no nosso céu demora apenas 365 dias, 5h 48m 45s (ano solar). Ou seja, o ano sideral é cerca de 20m mais longo que o solar.

 

O ano bissexto tem pois uma explicação. Se não acrescentássemos um dia completo a cada quatro anos, as estações acabariam descompassadas do calendário, de tal maneira que, depois de 700 anos, no Hemisfério Sul, o Natal teria lugar em pleno inverno, enquanto no Hemisfério Norte aconteceria o contrário.

 

 Ano bissexto Romanos

http://img-s-msn-com.akamaized.net/

 

História:

 

Os Romanos seguiram os ciclos lunares – de 29,5 dias cada – durante muito tempo, o que resultava em 355 dias por ano. Com menos dez dias em cada ano, é fácil perceber em que estado estava o calendário ao fim de umas dezenas de anos.

 

Júlio César, inspirado pela sabedoria egípcia, resolveu o problema. Ou pensou que sim. No ano 46 a.C. introduziu 80 dias para acertar as contas e implementou o ano bissexto. Mas a forma como o fez acabou por resultar em 10 dias a mais em meados da década de 1570.

 

Foi no ano 44 A.C.(antes de Cristo) quando da adaptação ao calendário Juliano – baseado no movimento solar –, que os anos passaram a ter 365 dias, divididos em 12 meses de 30 ou 31 dias, excepto Fevereiro, com 28. Os Romanos estavam cientes de que os 365 dias não eram um cálculo exacto, por isso a cada quatro anos acrescentavam um dia a mais ao calendário.

 

 

Calendario-Gregoriano1.jpg

 

 

Calendário gregoriano

http://images-cdn.impresa.pt/expresso/

 

 

Em 1582, o Papa Gregório XIII – aquele que deu o nome ao calendário que usamos – recomendou que se retirassem os 10 dias a mais e criou um novo calendário. O Papa estabeleceu também que se passasse a usar um dia a mais nos anos divisíveis por quatro, se não fossem divisíveis por 100 (excepto quando divisíveis por 400).

 

Mas o calendário gregoriano que usamos tem 365 dias certos, por isso a cada ano vamos perdendo cerca de 6 horas, que ao fim de quatro anos somam um dia extra – o dia 29 de Fevereiro. A isto chamamos um ano bissexto.

 

Assim, bissextos são todos os anos que são divisíveis por 4 (por exemplo, 2012/4 = 503), excepto se forem também divisíveis por 100 (caso do ano 1900) e nesse caso não são bissextos… a não ser que também sejam divisíveis por 400 (como o ano 2000), porque aí voltam a ser bissextos!

 

Confusos? Também eu... mas pelo menos há a explicação científica. 

 

Mesmo assim,o calendário gregoriano não é perfeito: neste momento já levamos três horas de avanço, vimos mais acima na timelapse interactiva do jornal LA Times

 

 

 

Dia das Doenças Raras

29 Fevereiro

http://www.grupocentralmed.pt/

 

O dia 29 de Fevereiro é o Dia das Doenças RarasO Dia das Doenças Raras 2016 é celebrado a 29 de Fevereiro de 2016, também um dia raro! objecivo principal deste dia é sensibilizar a sociedade para as doenças raras e o seu impacto na vida dos pacientes. O tema 2016 é "A Voz do Paciente."

 

 

Curiosidades:

 

Pedidos de casamento : A tradição de mulheres serem propostas em casamento em ano bissexto tem muitas referências históricas.

 

Uma crença remonta ao século V, quando Santa Brígida se queixou a São Patrício que as mulheres tinham de esperar muito tempo para serem pedidas em casamento. São Patrício então liberou o último dia de Fevereiro para esse fim

 

Os astrólogos dizem que pessoas nascidas em dia bissexto têm habilidades extraordinárias, reflexo da peculiaridade do dia em que nasceram

 

Em alguns países, os anos bissextos são associados à má sorte. Na Grécia, por exemplo, aconselha-se a não tomar decisões como casar-se ou comprar casa. Na Rússia, anos bissextos são associados a mudanças abruptas do clima e a má sorte.

 

Existe a crença que vegetais e tubérculos plantados no dia bissexto vão crescer "do jeito errado"

 

 

 

Gioacchino Rossini 29 Fevereiro 1792

compositor

Retrato de Friedrich Lieder, 1822

https://upload.wikimedia.org/

 

Famosos + conhecidos nascidos no dia 29 Fevereiro

 

Papa Pablo III (1468)
Alberto V de Baviera (1528)
John Byron (1692)
Sir James Wilson (1812)
William A. Wellman (1896)
Chucky Brown (1968)
Gioacchino Rossini (1972)
Antonio Sabato Jr (1972)
Rubén Plaza (1980)
Mark Foster (1984)
Lena Gerck (1988)

 

 Actividades:

 

Trabalho transcurricular Língua Portuguesa/ Geografia/ Ciências Naturais/ História / Música

  • Pesquisa sobre explicação científica;
  • Calendário juliano e Calendário gregoriano;
  • Curiosidades liigadas ao Dia do Pulo;
  • Personalidades famosas: da Lista acima mencionada - quem são; qual a área em que se notabilizaram; factos, outros;
  • Gioacchino Rossini : estudo do compositor e da sua obra musical.

 

Para as pessoas nascidas no Dia do Pulo ou Leap Day, menos um festa de aniversário, o que ajuda a compensar o tempo perdido! Será assim?

 

A Professora GSouto

 

29.02.2016

 

 Licença Creative Commons

 

fontes: Observador | LA Times