Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Judith Kerr, autora & ilustradora : Clássicos da literatura infantil e juvenil !

 

 

judith-kerr12.jpg

 

 

Judith Kerr [1923-2019]

créditos: Richard Pohle/ Times

https://www.thetimes.co.uk/

 

Judith Kerr, famosa escritora de livros infantis, morreu esta quarta-feira, dia 22 Maio. Tinha 95 anos. Entre seus livros mais conhecidos estão O Tigre que veio para o chá, Mog, A Gata Esquecida e o autobiográfico Quando Hitler roubou o coelho cor-de-rosa

 

Estava prestes a completar 96 anos de vida, depois de ter já ultrapassado  50 anos de publicações literárias.

 

 

judith-kerr-livro-mog.png

 

 Mog, a Gata Esquecida

autora & ilustradora: Judith Kerr

1ª edição 2017

https://www.fnac.pt/

 

A coleção em que MOG, uma gata é protagonista tornou-se um clássico da literatura infantil. Dezassete histórias (não estão todas publicadas em Portugal): Mog, a Gata Esquecida, Mog e o bebé, Mog e o Coelhinho e O Natal da Mog.

 

 

judith-kerr-livro-mog1.jpg

 

 

Colecção Mog

autora e ilustradora Judith Kerr

 

Com mais de quatro milhões de livros vendidos em todo o mundo, a MOG é uma das maiores personagens da literatura infanto-juvenil. Publicada pela primeira vez em 1970, esta colecção está associada a valores como: família, afecto, amizade e entreajuda. 

 

Mog, a Gata Esquecida e Mog e o Bebé são os dois primeiros títulos que a Booksmile tem no seu catálogo.

 

 

judith-kerr1.jpg

 

 

O Tigre que veio tomar Chá

Autora & ilustradora Judith Kerr

http://www.kalandraka.com/

 

O tigre que veio tomar chá  é outro dos clássicos da autora, que publicou mais de 30 livros. Destacou-se também na ilustração. O ano passado foi mesmo premiada pela British Book Awards.

 

Durante décadas, todos os seus trabalhos, foram mantidos num estúdio da autora em Londres. Agora estão num centro infantil em Newcastle, noroeste de Inglaterra.

 

 

judith-kerr-mog1.jpg

 

 

Judith Kerr e Katinka (gata) no estúdio em Londres

créditos: Andrew Crowley

https://www.telegraph.co.uk/

 

 

 Saber +

 

Judith Kerr nasceu em Berlim, Alemanha (à data República de Weimar), em 1923, filha do escritor e crítico alemão Alfred Kerr, de ascendência judaica. O facto da família ser de origem judaica e tambémo de o pai ser um feroz opositor ao regime nazi, levaram a jovem Judith a passar a infância e a adolescência noutros países, como Suíça, França e Inglaterra. É por lá que começa a sua história como autora.

 

 

judith-kerr6.jpg

 

 

Quando Hitler Me Roubou o Coelho Cor-de-Rosa

Judith Kerr

http://www.sitiodolivro.pt/

 

Judith publicou Quando Hitler Roubou o Coelho Cor-de-Rosa (1971), história baseada na sua experiência pessoal que se tornou um símbolo da literatura infanto-juvenil autobiográfico, onde conta os horrores da Guerra como adolescente, embora use de um certo humor para aligeirar o sofrimento. O livro foi publicado em Portugal em 1971 e reeditado em 2015.

 

 

judith-kerr-book.jpg

 

 

A Small Person Far Away

Judith Kerr, 1987

https://www.amazon.co.uk/

 

Ir + longe:

 

Judith Kerr escreveu ainda outros dois romances semi-biográficos e inspirados nesse passado familiar e no período da Segunda Guerra Mundial: Bombs on aunt Dainty (1975) e A small person far away (1987), inéditos em Portugal.

 

 

judith-kerr-book1.jpg

 

 

Bombs on Aunt Dainty

Judith Kerr, 1975

https://www.amazon.co.uk/

 

A estreia literária de Judith Kerr deu-se aos 45 anos, em 1968, com O Tigre que Veio para o Chá, a partir de uma história que contou à filha, depois de uma visita a um jardim zoológico.

 

Considerado um clássico da literatura para a infância, vendeu já milhares de exemplares e está publicado em Portugal.

 

Em 1945, Judith ganhou uma bolsa para a Central School of Arts, e, desde então, trabalhou como artista, guionista de televisão e, ao longo dos últimos trinta anos, como autora e ilustradora de livros infanto-juvenis. 

 

judith-kerr-book2.jpg

 

 

Judith Kerr [1923-2019]

créditos: Judith Kerr/Getty Images

https://www.bbc.com/news/

 

Numa entrevista publicada a semana passada no britânico The Guardian, Judith Kerr confessou que o seu maior medo era “não poder trabalhar”. E que "o momento mais feliz da sua vida fora quando recebeu uma bolsa para estudar numa escola de arte em Londres", (1945). E que o livro O tigre que veio para o chá "lhe mudara a vida".

 

 

judith-kerr-book3.jpg

 

 

Katinka's Tail

Judith Kerr, 2017

https://www.amazon.co.uk/

 

Apesar da idade, Judith Kerr manteve-se activa na escrita e na ilustração. Publicou em 2015 Mr. Cleghorn's Seal e em 2017 Katinka's Tail.

 

 

judith-kerr5.jpg

 

 

Mr. Cleghorn's Seal

Judith Kerr, 2015

 http://ecx.images-amazon.com/

 

Segundo a editora HarperCollins, em Junho sairá The Curse of the School Rabbit. O representante da editora, Charlie Redmayne, afirmou que ela era uma pessoa maravilhosa, inspiradora, sempre discreta, muito engraçada e que “amava uma festa”.

 

"Era uma artista e contadora de histórias brilhantemente talentosa que nos deixou um trabalho extraordinário. Sou abençoado por tê-la conhecido”. 

 

Judith Kerr é uma das autoras de livros infantis mais populares do século XX.

 

Actividades:

 

Leitura de livros de Judith  Kerr em Português e/ou Inglês, segundo o currículo escolar leccionado e nível etário dos alunos.

 

A Professora GSouto

 

24.05.2019

 

Licença Creative Commons

 

Dia Internacional dos Museus & Noite Europeia Museus : Participem !

 

 

dia-museus2019.jpg

 

 

Dia Internacional dos Museus

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/

 

O Dia Internacional dos Museus, criado pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, celebra-se anualmente  por volta de 18 de Maio, através da organização de diversas actividades.

 

O Dia Internacional dos Museus celebra-se com entradas gratuitas em museus, monumentos e palácios, tutelados pela Direção-Geral do Património Cultural, por todo o país. Consulte aqui o programa

 

Centenas de actividades vão assinalar, no país, com entradas gratuitas, o Dia Internacional dos Museus, e a Noite Europeia dos Museus, entre 18 e 19 de Maio.

 

 

dia-museus2019a.png

 

 

Dia Internacional dos Museus

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/

 

As comemorações estendem-se à Noite Europeia dos Museus, no mesmo dia, com abertura excepcional ao público à noite.

 

As entradas serão gratuitas em todos os Museus, Palácios e Monumentos tutelados pela DGPC:

 

  • no Dia Internacional dos Museus, em todos os Museus, Palácios e Monumentos tutelados pela DGPC, no horário normal de funcionamento.

 

  • na Noite Europeia dos Museus, em todos os Museus, Palácios e Monumentos tutelados pela DGPC abertos nessa Noite, após o horário normal de encerramento, excepto nos casos a ver aqui

 

 

dia-museus2019b.jpg

 

 

Dia Internacional dos Museus

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/

 

Para além das entradas gratuitas nos espaços tutelados pela DGPC, o dia é assinalado com concertos, espectáculos de teatro e dança, intervenções musicais, performances, visitas guiadas e encenadas, entre muitas outras, usufruindo os visitantes, deste modo, de experiências atractivas e fora da oferta habitual. 

 

Tema 2019: "Os Museus como Plataformas Culturais - Museus e Cidadania."

 

 

nuit-musees2019a.jpg

 

 

Nuit Européenne des Musées

https://nuitdesmusees.culture.gouv.fr/

 

 

A Noite Europeia dos Museus, criada pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação decorrerá no mesmo dia 18 Maio, como já lemos mais acima. Os museus portugueses ssociam-se, de novo, a esta celebração mágica.

 

 

dia-museus2019e.jpg

 

 

Dia Internacional dos Museus/ Noite Europeia dos Museus

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/

 

A nível nacional, a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), coordenadora do evento, desafia a todos os Museus - desde nacionais, municipais, privados, de fundações ou religiosos - a participarem com actividades. Os espaços museológicos que integram a Rede Portuguesa de Museus irão realizar diversas iniciativas com o objectivo de aprofundar a sua ligação com os visitantes e de envolver novos públicos, essencialmente o público jovem e as escolas, em torno do conhecimento das colecções e da salvaguarda e valorização do património cultural.

 

Neste sentido, os visitantes poderão participar em actividades, tais como espectáculos de teatro e dança, intervenções musicais, performances, visitas guiadas e encenadas, entre muitas outras, usufruindo deste modo de experiências atrativas e fora da oferta habitual.

 

 

dia-museus2019f.jpg

 

© Lusa

via Notícias ao Minuto

 

Programa Geral:

 

  •  Dia Internacional dos Museus - 18 Maio 2019

Consultar aqui

 

  • Noite Europeia dos Museus - 19 Maio 2019

Consultar aqui

 

 

dia-museus2019-serralves.jpg

 

Dia Mundial dos Museus/ Noite Europeia dos Museus

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/

 

 

Sugestões Porto:

 

 

dia-museus2019-cartoon.jpg

 

 

O PortoCartoon trocado por miúdos

DMM 2019

http://www.museudaimprensa.pt/

 

No Porto, o Museu Nacional da Imprensa organiza durante todo o dia uma visita-jogo intitulada "O Porto Cartoon trocado por miúdos", e na Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio vão decorrer visitas livres.

 

 

dia-museus2019-marta.JPG

 

 

Casa Museu Marta Ortigão Sampaio

http://www.porto.pt/

 

Na Fundação de Serralves, no DMM apresenta um dia e noite preenchido de Actividades para os mais jovens... e não só, das 10:00 horas às 24:00 horas. Música, oficinas, visitas, teatro, jardins, feira do livro, menu especial.

 

 

 

 

 
A Exposição de Joana Vasconcelos I'm Your Mirror, nas salas do Museu e nos jardins é imperdível.
 
 
Esta exposição reúne mais de 30 peças, datadas de 1997 até à actualidade, cobrindo duas décadas de prática artística, analiisando o seu desenvolvimento como artista.
 
 
 
 

dia-museus2019-joana1.jpg

 

 

I'm Your Mirror Joana Vasconcelos

Jardins Museu de Serralves

créditos: Otávio Passos/ Observador

https://www.serralves.pt/

 
A exposição é composta por mais de 30 peças icónicas da sua obra, datadas desde 1997, distribuídas pelo Museu e pelos jardins de Serralves, onde podem ser vistas até 24 de Junho 2019. Monumentais esculturas de exterior com este bule gigante ou os isapatos de Marylin ou ainda o Solitário.
 
 
Actividades:
 
 
  • Vão ao Museus em família, grupo de amigos ou grupo escolar.
 
  • Partilhem os momentos que mais goastarem no Instagram, Facebook ou Twitter. Nada de selfies! Apenas o que mais vos agradou.
 
 
 
A Porfessora GSouto
 
 
17 Maio 2019
 
Licença Creative Commons
 

 

Mini-conferência : Teatro Maria Matos, para jovens curiosos

 

 

conf-infant1.jpg

 

 http://www.teatromariamatos.pt/

 

 

Há uma miní-conferência para miúdos muito curiosos no Teatro Maria Matos. Tem lugar de 4 a 6 Maio 2017.

 

Vai falar de Utopia, o tema que mais nos tem desassossegado neste ano. É possível explicar o que é a utopia a crianças? Como se faz? Será que conseguimos juntar um conteúdo tão específico à forma de arte quase perfeita para o exemplificar?

 

 

Saber +

 

Este é o desafio. Através de uma série de teatro-conferências ancoradas no universo da não-ficção, os oradores-artistas vão procurar apresentar o mundo e os seus discursos ao público mais jovem.

 

Conceitos complexos e assuntos difíceis com que nos cruzamos no dia-a-dia serão habilmente desconstruídos. Tudo isto, como sugere Marcel Proust, porque se quer que a grande viagem da descoberta nos leve a ver antigas e novas paisagens com um olhar curioso. E, assim, velhas interrogações se tornam novas.

 

conf-infant.jpg

 

 

http://www.teatromariamatos.pt/

 

Não há projectores, slides, comando para os passar ou um palco com lugar de destaque. Haverá uma mesa, um sofá, um sumo de laranja, uns pés de extraterrestre, um orador e uma plateia desassossegada com muita imaginação.

 

Estes os elementos necessários para que a primeira conferência para miúdos curiosos, do Teatro Maria Matos, aconteça e dê resposta à questão:

 

O que é a utopia?

 

utopia-thomas-more.jpg

 

Utopia/ Thomas More

edição juvenil

tradução:  Nílson José Machado & jovem leitor

http://www.extra.com.br/livros/

 

 

Ir + longe:

 

Tentar explicar a crianças que este conceito se traduz numa ideia de civilização ideal, imaginária, ou um sonho de algo que se gostaria muito que acontecesse; e que um dia um escritor, Thomas More, inventou uma ilha chamada utopia e escreveu um livro que é um manifesto para um mundo melhor, não é assim tão simples.

 

É preciso sonhar com uma vida melhor para todos, como na ilha de Utopia, fruto da capacidade de sonhar de Thomas More.

 

Apresentadores:

 

André Leonor, professor de Psicologia e Filosofia, com o apoio dramatúrgico de Maria Gil, vai levar os jovens conferencistas/ espectadores, a partir dos oito anos por uma viagem pela imaginação, para desconstruir e compreender o que é a Utopia.

 

De forma simples, adaptada ao nível etário dos jovens participantes, esta mini-conferência vai assim decorrer. Com acessórios e de personagens reais ou imaginários, "aproximam-se conceitos tidos como complicados de realidades próximas das crianças."

 

 

conf-infant3.jpg

 

 

Alice in Wonderland

150 Anos publicação do livro

Lewis Carrol

https://gsouto-digitalteacher.blogspot.pt/2016/

 

Por exemplo, durante a conferência, na t-shirt do orador André vai estar ilustrada uma das cenas do filme Alice no País das Maravilhas,  o momento em que Alice se encontra com o gato de Cheshire:

 

 

Alice: “Sabes qual o caminho que devo escolher para sair daqui?”


Gato: “Isso depende do sítio onde queres chegar.”


Alice: “Não me importo muito para onde vou, quero mesmo é sair daqui…”


Gato: “Então não importa o caminho que escolhas.”

 

 

conf-infant4.jpg

 

Alice no País das Maravilhas

eidção livro impresso 

https://www.bl.uk/works/alices-adventures-in-wonderland

 

 

É através deste diálogo que André Leonor vai tentar transmitir a ideia de que “a utopia é um sonho especial que orienta e ajuda a escolher um caminho” e que “esta ajuda para se saber para onde se quer ir chama-se utopia”.

 

Além deste momento, vão ser expostas ao público situações que o orador gostava que acontecessem; e outras que os jovens prticipantes sonham e gostariam que acontecessem.

 

Haverá também espaço para recordar pessoas que um dia imaginaram objectos ou eventos que pensavam ser impossíveis, como o paraquedas que um dia Leonardo Da Vinci esboçou; e um espaço para que os mini conferencistas participem e interajam com os elementos da conferência.

 

 

utopia.jpg

 

 

http://www.teatromariamatos.pt/

 

 

Informações úteis:

 

Local: Teatro Maria Matos / Sala de Ensaios

 

Público: crianças e jovens + 8 anos

 

Horários: 4 a 7 Maio 2017

 

Semana: 10:00 horas; Sábado: 16:30 horas; Domingo: 11:00 horas/ 16:30 horas

 

Duração: 30 minutos

 

Preço: 2€

 

Actividades: Escolas e famílias

 

 

A Professsora GSouto

 

03.05.2017

 

Licença Creative Commons

 

 

Referências: Teatro Maria Matos/ Observador 

Dia Mundial do Livro & dos Direitos de Autor vs. Abolição Pena de Morte Portugal

 

 

Dia-Mundial-do-Livro2017-cristinasampaio.jpg

 

 

Dia Mundial do Livro 2017

Faça da Leitura uma Causa de Vida

ilustração: Cristina Sampaio

http://www.dglb.pt/

 

A 23 de Abril celebra-se o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. A data tem como objectivo reconhecer a importância e a utilidade dos livros, assim como incentivar hábitos de leitura nas crianças e nos adultos.

 

Os livros são um importante meio de transmissão de cultura e informação, e elemento fundamental no processo educativo.

 

 

cervantes1.jpg

 

 

 Miguel de Cervantes

http://purl.pt/

 

 Saber +

 

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que, segundo os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Cervantes e Shakespeare, entre outros.

 

É assim prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, falecidos em 22 e 23 de Abril de 1616, respectivamente.

 

O Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril.

 

 Ir + longe:

 

A ideia da comemoração teve origem na Catalunha: a 23 de Abril, dia de São Jorge. Nesse dia, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro.

 

 

Sant Jordi

www.pinterest.com

 

Esta data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros ofereceriam às suas damas uma rosa vermelha de S. Jorge, e em troca um livro, testemunho das aventuras do heroico cavaleiro.

 

Google dedica hoje um Doodle que celebra St George, padroeiro do Reino Unido que aparece na página de entrada do motor de busca desse país.

 

 

 

Criança invisual lendo em Braille

https://www.ccmaine.org/

 

 

 Tema 2017

 

Este ano, o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor faz especial atenção às pessoas invisuais ou com limitações de visão.

 

Segundo a União Mundial de Cegos, aproximadamente uma pessoa em cada 200 - 39 milhões - são invisuais e 246 milhões têm visão muto reduzida. Estima-se que estas “pessoas com incapacidade visual” ou “pessoas com incapacidade para ler letra impressa” poder aceder a 10% de toda a informação escrita e obras literárias que as pessoas sem problemas visuais podem ler.

 

 

 Facto histórico: Abolição Pena de Morte em Portugal no Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

 

 

 

 

150º Aniversário Abolição Pena de Morte em Portugal

http://150anosdaabolicaodapenademorteemportugal.dglab.gov.pt/

 

Facto histórico: Abolição Pena de Morte em Portugal

 

O Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor celebra-se pois hoje, em todo o mundo, mas em Portugal a efeméride associa-se ainda a um facto histórico muito importante.

 

Celebram-se os 150 anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal (1867-2017).

 

 

 

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor 2017

http://www.municipio-portodemos.pt/

 

Talvez entendam melhor o cartaz desenhado pela cartoonista Cristina Sampaio (bem nossa conhecida) no qual se vê um carrasco a rejeitar o acto da morte para ler um livro.

 

Com um cartaz desenhado por Cristina Sampaio, no qual se vê um carrasco a rejeitar o acto da morte para ler um livro, incita-seassim à leitura e à celebração do livro como "um hino à vida" e, ao mesmo tempo, recorda que Portugal foi um dos primeiros países a abolir a pena de morte, no século XIX.

 

 

 

 

Carta de Lei

http://150anosdaabolicaodapenademorteemportugal.dglab.gov.pt/carta-de-lei/

 

Saber +

 

Portugal foi um dos primeiros países a inscrever no seu sistema legal uma lei de abolição da pena de morte para crimes civis, colocando-se na linha da frente dos países pioneiros do desiderato inspirador do filósofo milanês Cesar Beccaria. A dimensão do acto teve forte impacto no contexto europeu da época.

 

A Carta de Lei de Abolição da Pena de Morte em Portugal, documento do Arquivo Nacional da Torre do Tombo recebeu, no dia 15 de Abril de 2015, a distinção de Marca do Património Europeu.

 

 

 

aniv-abol-pena-morte.jpg

 

 Selo comemorativo 150 anos Abolição Pena de Morte, Portugal

créditos: CTT

 

Os CTT assinalanaram o 150.º aniversário da abolição da pena de morte em Portugal através da emissão de selos comemorativos a 1 de Julho 2017.

 

A emissão é composta por dois selos que apresentam imagens dos dois principais responsáveis políticos pela abolição da pena de morte:  D. Luís, num retrato a óleo da autoria de Eduardo Machado, e Augusto César Barjona de Freitas, o ministro da Justiça, num retrato produzido pelo pintor catalão Salvador Escolá Arimany.

 

O ministro conseguiu fazer aprovar no Parlamento um novo código civil que excluía a pena de morte, o monarca sancionou o decreto através da Carta da Lei, publicada a 1 de Julho de 1867.

 

Em 2017, e porque se comemoram os 150 Anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas quis relacionar o Dia Mundial do Livro com esta efeméride, incitando à leitura e celebrando o livro como um hino à vida .

 

O cartaz do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor pretende mostrar simbolicamente que o livro e a leitura são factores fundamentais para o crescimento económico, político, social e cultural, e que se encontram na base da cidadania plena.

 

Nota:

 

Não é que concorde com esta dicotomia que sob o ponto de vista visual, é o que atrai mais rapidamente o público infantil e juvenil. Não favorecerá o gosto pela leitura. É demasiado sombrio e confuso ao primeiro olhar. São as escohas de quem decide... mas é preciso descer ao nível etário que se pretende atingir. E o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor é dirigido a todos, mas com particular incidência aos leitores mais jovens.

 

Caberá então aos professores a integração adequada deste cartaz para motivar os alunos para o gosto da leitura.

 

 

Actividades:

 

No Dia Mundial do Livro decorrem várias acções de promoção dos livros e da leitura, organizados por livrarias, associações culturais, escolas, universidades e outras entidades.

 

  • Neste dia também se podem comprar livros a preço especial em várias livrarias.
  • Actos individuais: Leia hoje um livro ou excerto de livro a uma criança invisual ou a uma pessoa com deficiência visual.
  • Como complemento, informar-se sobre a abolição da pena de morte em Portugal. 

 

"Hoje, uma das tristes realidades é que pouquíssimas pessoas, em especial jovens, lêem livros. A menos que encontremos formas imaginativas de resolver esse problema, as futuras gerações arriscam-se a perder a sua história."

 

Mandela, discurso 2005

 

A Professora GSouto

 

22.04.2017

 

actualizado 01.07.2017

 

 

Licença Creative Commons

 

Monstrinha 2017 : festival de animação para escolas & famílias

 

 

Monstrinha2017a.jpg

 

 

Monstrinha 2017

ilustração: Rosana Urbes

http://www.monstrafestival.com/

 

Este ano, a MONSTRINHA completa 16 edições! 

Ao longo destes 17 anos, cerca de 500 mil crianças, jovens e famílias vieram à MONSTRINHAe contactaram com o mundo mágico do cinema de animação.

 

Em 2017 a Monstrinha quer continuar o trabalho de disseminação do cinema de animação junto do público infantil e juvenil, criando ou aumentado o hábito de ver cinema de animação alternativo à televisão e cinema comercial.

 

 

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

Saber +

 

Para além de sessões de cinema, a MONSTRINHA leva às escolas workshops para crianças, jovens e professores e organiza ateliers para pais e filhos, de forma a que todos possam aprender as bases da arte de bem animar.

 

A Ilustração para  MONSTRINHA desta edição foi pensada e desenhada pela realizadora brasileira Rosana Urbes.

 

A programação da MONSTRINHA 2017, para escolas, Pais e Filhos, que se realiza entre 16 e 26 de Março foi divulgada.

 

 

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

Programa divide-se:

 

 

A programação é extensa. Consultar por nível etário.

 

  • Pais e Filhos: São vários os filmes animados. A ver aqui

 

 

monstrinha.jpg

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

 Inscrições:


Inscreva a sua turma, para assistir ao melhor de cinema de animação a não perder, antes que esgote!

 

Para inscrever a sua escola ou turma use este link

 

 

 

 

Ma vie de Courgette
Claude Barras
http://www.allocine.fr/

 

 

O filme suíço Ma Vie de Courgette (My Life as a Zucchini), de Claude Barras, é uma co-produção franco-suissa. E é um dos grandes destaques da edição deste ano.

 

Ma vie de courgette está na programação para Pais e Filhos. No entanto, aconselho-o vivamente a professores e alunos.

 

Nível etário: + 10 anos.

 

Ciclos: 2º ciclo; 3º ciclo.

 

 

 

 

Sinopse: 

 

Courgette é uma alcunha intrigante para um rapaz de 9 anos. Contudo a sua história única é surpreendentemente universal. Depois da morte súbita da sua mãe, Courgette torna-se amigo de um amável polícia, Raymond, que o acompanha para a sua nova casa adotiva, cheia de outros meninos órfãos da sua idade. Courgette luta no início para encontrar o seu lugar neste ambiente estranho, e às vezes hostil. Mas com a ajuda de Raymond e os seus novos amigos, Courgette aprende a confiar, encontrar o verdadeiro amor e uma nova família só para si.

 

 

 

 

Ma vie de courgette

Claude Barras, 2016

http://www.monstrafestival.com/

 

O filme animado foi nomeado para os Oscars 2017, na categoria de Melhor Filme de Animação. Já tm muitos outros prémios. E continua em digressão de festivais.

 

O filme A Minha Vida de Courgette", de Claude Barras, venceu o Grande Prémio Monstra, bem como o Prémio do Público

 

A cerimónia de anúncio e entrega dos prémios do Festival aconteceu sábado, dia 25 Março, à noite em Lisboa, com o realizador suíço a ser distinguido com o prémio máximo "pela sensibilidade e capacidade de expressar o espírito das crianças, através de um trabalho de uma animação subtil". 

 

Os filmes vencedores podem ser vistos domingo, dia 26 Março, no Cinema São Jorge e na segunda-feira, 27 Março, apenas as curtas premiadas no Cinema Ideal.

 

 

 

 

Molly Monster/ Molly, a Monstrinha

Ted Sieger, 2016

http://www.monstrafestival.com/

 

Vai estar em Competição Internacional de Longas-Metragens, juntamente com Molly Monster, filme realizado por Ted Sieger, uma coprodução Suiço-alemã-sueca.

 

Sinopse:

 

A Monstrinha Molly está a viver algo novo. Ela deixou de ser o centro das atenções na sua família. O foco é agora o ovo, que a mamã entregou ao papá para chocar. Os pais de Molly deixaram completamente de ter tempo para ela. Na Monstrolândia os pais levam os ovos para a ilha para poderem chocá-los. Molly, contudo, deve ficar em casa sob os cuidados do seu tio. Além do mais, Molly tricotou um belo chapéu para o novo bebé monstro e agora os seus pais esqueceram-se dele em casa. Molly parte para uma longa e difícil viagem até à ilha dos ovos.

 

 

 

 

Estes dois filmes de animação são estreias absolutas no nosso país!

 

No ano em que a Itália é o país homenageado, para Pais e Filhos a MONSTRA organiza seis programas distintos durante os fins-de-semana do Festival:

 

  • Retrospetiva de filmes italianos;
  • Filmes da escola italiana Csc Animazione;
  • Curtas 8 ½;
  • Competição de curtas; duas longas-metragens;
  • Baby Monstra!

 

Uma das novidades deste ano é o Cabify Baby, que resulta de uma parceria com a Cabify e permite que os pais usem este serviço com um desconto de 10% para se deslocarem com os seus filhos de forma segura ao Cinema São Jorge.

 

Para as Escolas, a MONSTRINHA apresenta três programas, com filmes produzidos, na sua grande maioria, em 2016, premiados em vários festivais, e alguns com estreia nacional na MONSTRA.

 

Ainda é possível inscrever a sua escola aqui.

 

 

 

 

Monstrinha 2017

ilustração: Rosana Urbes

http://www.monstrafestival.com/

 

 

Informações úteis:

 

Bilhetes: 4€

 

Bilhetes com desconto: 3.5€ (estudantes; + 65 anos e desempregados)

 

Sessões Monstrinha para escolas: 1€

 

Sessões Pais e Filhos: adultos 4€, crianças 1€ (até um máximo de 3 crianças acompanhadas por cada adulto)

 

Baby Monstra: entrada livre

 

Voucher 5 bilhetes: 15€ – à venda na loja MONSTRA (apenas podem ser usados no Cinema São Jorge e Cinema City Alvalade)

 

Bilhetes Cinemateca:

 

Geral: 3.20€

 

Amigos da Cinemateca, Estudantes de cinema, Desempregados: 1.35€

 

Estudantes, Cartão Jovem, + 65 anos, Reformados: 2.15€


Reservas: Sessão “Monstrinha”: apoio@monstrafestival.com


A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.

 

 

 

 

Monstra 2017

Festival de Cinema de Animação

http://www.monstrafestival.com/

 

A MONSTRA e a MONSTRINHA tornaram-se um motivador espaço de criação e aprendizagem para muitas crianças, jovens, adultos, profissionais, professores e familias.

 

Não percam! Desfrutem deste programa diversificado, enriquecedor para todos. As experiências pedagógicas serão uma mais valia para os currículos escolares.

 

 

A Professora GSouto

 

15.03.2017

 

Actualizado 25.03.2017

 

Licença Creative Commons

 

 

Beatrix Potter : 150º Aniversário Nascimento : A Gata das Botas !

 

 

A História da Gata das Botas

Beatrix Potter

ilustrações: Quentin Blake

https://www.bertrand.pt/

 

O livro para crianças "A história da Gata das Botas", que a autora britânica Beatrix Potter escreveu em 1914 e deixou inédito, é publicado hoje, dia 17 Fevereiro, em Portugal, revelou a editora Asa.

 

 

 

150º Aniversário do Nascimento de Beatrix Potter

http://www.hop-skip-jump.com/beatrix-potter-150-years/

 

A edição portuguesa de The Tale of Kitty in Boots com tradução de Paula Neves, tem lugar alguns meses depois da publicação em língua inglesa, por ocasião do 150.º aniversário do nascimento de Beatrix Potter, com ilustrações inéditas de Quentin Blake.

 

 

 

 

150º Aniversário do Nascimento de Beatrix Potter

http://umeandthekids.com/

 

Saber+

 

Esta edição ilustrada do conto infantil chega agora aos leitores, mais de um século depois de Beatrix Potter o ter escrito, em 1914, mas nunca o conseguiu publicar. A par do texto, a autora e ilustradora deixou apenas uma aguarela completa, que revela uma gata vestida com casaco e botas de caçador, com uma espingarda ao ombro e um rato numa das patas.

 

 

Beatrix-Potter3.jpg

  

O único desenho/aguarela pintado por Beatrix Potter de Kitty-in-Boots

Ilustração: courtesy Frederick Warne & Co and the V&A Museum

https://www.theguardian.com/books/

 

Ir + longe:

 

O manuscrito foi descoberto em 2013, nos arquivos do Victoria & Albert Museum, por uma responsável da editora Penguin Random House, que leu correspondência de Beatrix Potter, de 1914.

 

Nela se fazia referência a um conto sobre uma gata preta, bem-comportada, que tinha uma vida dupla, porque saía para caçar nas noites de lua cheia vestida como o Gato das Botas.

 

Uma narrativa que permaneceu esquecida durante 100 anos e que agora, 150 anos após o nascimento da sua autora Beatrix Potter, é igualmente publicada pela primeira vez como história individual e ilustrada na íntegra.

 

 

 

 The Tale of Kitty in Boots

Beatrix Potter

https://www.amazon.co.uk/

 

Sinopse:

 

Era uma vez uma gata preta, séria e bem-comportada. Pelo menos era assim que a via a velhinha simpática que era sua dona; porque, na verdade, a Kitty (ou Miss Catherine St. Quintin, como gostava que lhe chamassem) apreciava fugir de casa na penumbra da noite para caçar, devidamente armada, vestida e calçada.

Mas não se pense que esta vida dupla que levava lhe trazia privilégios. Pelo contrário, os dissabores eram mais que muitos. E estão todos deliciosamente retratados, bem ao jeito de Beatrix Potter, neste maravilhoso conto, ao qual se juntam as ilustrações do não menos icónico Quentin Blake, dando origem a um verdadeiro novo clássico.

 

 

 

The Tale of Kitty in Boots/ Beatrix Potter

ilustração : Quentin Blake

courtesy of Frederick Warne & Co and the V&A Museum

http://www.bbc.com/

 

Ir + longe:

 

"Escrita num tempo muito diferente daquele em que nos encontramos, esta narrativa, que relata as aventuras e desventuras de caça de uma gata, evoca o encanto britânico da vida no campo em inícios do século XX."

editor da obra

 

Além da gata, que se chama Catherine St. Quintin, embora seja carinhosamente apelidada de 'Kitty' pela dona, nesta história entram ainda outros gatos, furões, uma raposa, um coelho e um ouriço-cacheiro.

 

"Pode ter demorado um século para a Gata das Botas ter sido descoberta, mas o momento actual não podia ser mais oportuno. Um tempo de 'Transparent' (série televisão norte-americana cuja personagem é transgénero), materializado por uma gata que desafia o género binário".

 

beatrix-potter1.jpg

 

Beatrix Potter 

The National Trust & Frederick Warne Ltd

 http://ichef-1.bbci.co.uk/

 

Beatrix Potter nasceu em 28 Julho 1866 em Kensingtion, Londres.Foi botânica, escritora e pintora.

 

Morreu em 1943, aos 77 anos. É uma das mais célebres autoras britânicas de livros para a infância. Escreveu 23 livros, sem contar agora com este que está a ser publicado, A História da Gata das Botas.

 

 

 

The Tale of Peter Rabbit/ A História de Pedro Coelho

Beatrix Potter

http://www.companhiadasletras.com.br/

 

O mais conhecido dos seus livros é A História de Pedro Coelho, hoje um clássico da literatura. Foi publicado em 1902, depois de ter sido recusado pelas editoras durante alguns anos

 

Os contos de Beatrix Potter, de pendor naturalista, protagonizados por animais, começaram por ser recusados pelas editoras da época. Actualmente somam mais de cem milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

 

 

Beatrix-Potter4.jpg

 

Contos Completos

Beatrix Potter

edtora Pim, 2016

edição comemorativa 150 anos Beatrix Potter

http://www.fnac.pt/

 

Apesar de ter histórias publicadas de forma dispersa, as obras completas da autora só começaram a ser editadas na íntegra e em conjunto em Portugal em 2016 pela editora Pim!. Este ano a Relógio d'Água deverá também fazer uma edição semelhante.

 

 

 

 

 

 

Curiosidades: 

 

Beatrix Potter procurou várias editoras para publicar seu primeiro livro. Ao todo, fez setenta tentativas e teve seu livro recusado sessenta e nove vezes. Tanta persistência valeu mesmo a pena. O livro é considerado um clássico da literatura infantil mundial;
 
 
 
 
 

beatrix-potter-film.jpg

 

 

Miss Potter

Chris Noonan, 2006

http://www.imdb.com/

 
 
A vida de Beatrix deu origem a um filme Miss Potter, traduzido em português O Mundo Encantado de Beatrix Potter, 2006, com a actriz Renée Zellweger no papel de Beatrix Potter;
 
 
Dizem que J. K. Rowling deu o nome de Harry Potter (Potter, Beatrix), a célebre personagem que todos nós conhecemos, em homenagem a Beatrix Potter. Mas, a autora nunca confirmou isso.
 
 
 
Actividades:
 
 
  • Livros de literatura infantil a ser lidos  explorados nos currículos de 1º ciclo;
  • Visionar o filme Miss Potter e explorar em actividades complementares das obras lidas;
  • 150º Anversário de Beatrix Potter: elaborar um dossiê (trabalho de grupo); uma exposição, entre outras actividades;
  • Género: o tema poderá ser abordado nos 3º e 4º anos.
 
 
A Professora GSouto
 
 
17.02.2017
 
 
Licença Creative Commons
 
 

Quase uma história de Natal : Didi, um gato diferente com final feliz

 

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://static.globalnoticias.pt/

 

 

Didi é um gato que não tem uma orelhita. Por ser diferente, ninguém o queria. No gatil viu todos os seus irmãos serem adoptados e ele foi ficando para trás... mas um programa municipal inovador ajudou Didi a ter uma nova família.

 

 

 

didi-gato1.jpg

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://mediaserver4.rr.pt/

 

 

Há três mais semanas, Didi ganhou uma nova casa. E sabem onde? Na Escola do Dianteiro. Mas também ganhou  um nome. Didi.

 

Didi é o primeiro gato a fazer parte do projecto "Os gatos vão à escola!", do Serviço Médico Veterinário (SMV) de Coimbra, que permite aos estabelecimentos de ensino adoptarem gatos que se encontram no gatil municipal.

 

“Pensámos que os gatos poderiam ir para as escolas para (as crianças) desenvolverem competências de educação ambiental e de responsabilização”, referiu Vera Fernandes, secretária de apoio ao vereador da CM de Coimbra, responsável pelo pelouro do gabinete médico-veterinário.

 

 

didi-gato4.jpg

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://mediaserver4.rr.pt/

 

 

Assim que as 28 crianças da Escola 1º Ciclo do Dianteiro, comunidade escolar do Agrupamento Eugénio de Castro, chegam ao pátio, durante o recreio, Didi é cercado pelos alunos que não se cansam de brincar ou de dar festas ao espevitado gato de quatro meses, que tanto passeia pelo pátio, como se esgueira para dentro das salas de aula.

 

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro 

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://static.globalnoticias.pt/

 

O gatinho Didi, sem uma orelhita, foi "desparasitado, castrado, vacinado" e esteve em famílias de acolhimento com crianças "que o prepararam para a adopção na escola". O gatito será sempre acompanhado por clínicas veterinárias, gratuitamente.

 

 

didi-gato3.jpg

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro 

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://mediaserver4.rr.pt/

 

Na escola, o Didi poderá ajudar a falar-se "do respeito pelos animais", mas também de reciclagem - a cama e os brinquedos devem ser criados com materiais reutilizados - ou até de integração social no caso específico deste gatito, que "tem uma deficiência, mas que está perfeitamente integrado na escola como um gato normal", sublinha a vereadora da CMC.

 

O convite foi recebido com surpresa por parte da escola que decidiu abraçar o projecto por ser "uma forma de sensibilizar as crianças para os cuidados a ter com os animais e o respeito" que devem ter por eles, explica o professor da turma de 3.º e 4.º anos, Luís Bidarra.

 

Hoje, Didi já é a estrela do recreio. Na interacção com o animal, as crianças também ficam a perceber que "o gato assusta-se quando gritam" e que é preciso "brincar com respeito", porque se sentir o seu espaço invadido "pode ter uma resposta mais ou menos arisca", conta o docente.

 

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://static.globalnoticias.pt/

 

"Brincamos com ele e às vezes damos-lhe festinhas", explica Afonso, de oito anos, com o gato ao colo, que admite que agora a escola "é mais divertida".

 

Francisca, de sete anos, explica que os alunos, para além de brincarem, ajudam a dar comida e água ao gato, põem a "cama confortável para ele dormir à noite" e há voluntários para "levar o gato para casa para ele não se sentir sozinho" durante o fim-de-semana.

 

António, do 4.º ano, usa um pauzinho que arrasta pelo chão para brincar com o Didi, que "custa a apanhar".

 

"Está a ser muito divertido", dizem em uníssono quatro meninas do 1.º ano.

 

Para além da Escola do Dianteiro, também o lar da Casa dos Pobres, em Coimbra, já conta com um novo inquilino.

 

O Serviço Médico Veterinário pretende agora chegar a mais escolas, lares de idosos e outro tipo de instituições, que se queiram assumir como famílias adoptivas de gatos, mas também de cães, à espera de uma nova casa.

 

 

didi-gato.jpg

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro

 créditos: Carlos Jorge Monteiro/ DB 

http://www.asbeiras.pt/

 

 

Actividades:

 

Linda, a história verídica do gatinho Didi que apesar da diferença, arranjou um lar/escola e casas de 28 alunos da escola do Dianteiro.

 

  • Vamos participar deste projecto? Assim, se a sua escola (alunos, professores) ficar na área de Coimbra adopte este projecto e leve um gatinho diferente para a sua escola.
  • Um extraordinário projecto que apoia  os Direitos dos Animais, agora representados na Assembleia, e ajuda a incutir valores de respeito pela diferença, e pelos animais.

 

 A Professora GSouto

 

14.12.2016

 

Licença Creative Commons

 

 

Apollo 11 : Vamos a bordo com a #RV ? Recursos

 

 

 

 

Ida à Lua/ Neil Amstrong, 1º astronauta a pisar a lua

Apollo11

créditos: Astrogeology Science Center

 http://astrogeology.usgs.gov

 

A missão data do século passado. Foi em a 20 de Julho de 1969 que o astronauta americano Neil Armstrong entrava para a História como o primeiro homem a pisar a Lua! Pois já lá vão 47 anos desde a chegada do Homem à Lua!

 

Os astronautas Neil Armstrong e Edwin "Buzz" Aldrin foram os dois primeiros homens a pisar na Lua, em 20 de julho de 1969, naquele "pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade", assim se ouviu Armstrong!

 

 

 

 

Neil Armonstrong, Michael Collins, Edward Buzz Aldrin

Apollo 11

http://thesuperslice.com/

 

Seu companheiro Michael Collins permaneceu como piloto no comando da cápsula que os traria de volta à Terra.

 

Bom! Na inexistência de uma máquina do tempo, a realidade virtual leva-nos a conhecer o interior de uma nave histórica.

 

Sabemos que não estavas a bordo do Apollo 11 quando a nave aterrou na Lua, no verão de 1969. Mas a tecnologia tem o poder extraordinário de não querer saber do que a realidade lhe oferece. E isso torna-a tão especial.

 

 

 

 

Apollo 11 3D

screenshot Apollo 11 360º

 https://thumbs.web.sapo.io/

 

Assim, se o teu desejo é fazer, ainda que só num curto momento, parte da primeira alunagem, toma atenção a esta experiência.

 

Saber + 

 

Trata-se de um conteúdo lúdico, em 360°, que te permite conhecer a missão que adiantou os Estados Unidos face à União Soviética naquela que, durante a Guerra Fria, foi conhecida como a Corrida ao Espaço.

 

Põe o cinto, recobra o fôlego e atreve-te a entrar na nave espacial Apollo11.  O site é gratuito e está acessível a todos os que pretendem experienciar esta incrível aventura.

 

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Explorar o vídeo incluido neste post, com o apoio dos professores de Ciências e Geografia.
  • Indicar o link aos alunos e dar-lhes lberdade de explorar toda a informação científica que consta desta fascinante aventura, em plena sala de aula.
  • Depois da experiência, debater na sala de aula, as impressões dos alunos, bem como testar todos os conhecimentos que dela retiraram através das informações contidas no site.

 

A Professora GSouto

 

06.12.2016

 

Licença Creative Commons

 

 

Sir Frederick Banting no Dia Mundial da Diabetes : recursos

 

 

frederick-bantings-125th-birthday1.jpg

 

Doutor Frederick Banting

http://farm3.staticflickr.com/

 

Frederick Grant Banting, médico canadiano, nasceu em Alliston, no dia 14 Novembro de 1891 e morrer na  Terra Nova em 21 de fevereiro de 1941.

 

Estudou na Universidade de Toronto e foi médico militar durante a Primeira Guerra Mundial. Posteriormente foi ajudante de fisiologia na Universidade do Ontário Ocidental e a partir de 1921 professor na Universidade de Toronto.

 

Google Doodle:

 

frederick-bantings-125th-birthday.jpg

 

Google Doodle 125º Aniversário de Sir Frederick Banting 

https://www.google.com/doodles/

 

No Dia Mundial da Diabetes, Google homenageia com o Doodle o cientista canadiano que descobriu a insulina. Sir Frederick Banting celebraria hoje o seu 125º aniversário.

 

A celebração do Dia Mundial da Diabetes, tem como finalidade primária chamar a atenção das entidades oficiais, dos profissionais de saúde, da comunicação social e da comunidade em geral para a problem tica da Diabetes Mellitus.

 

Até 1920, não havia tratamento possível para esta doença que atinge milhões de pessoas em todo o mundo.

 

 

 

Saber +

 

Criado em 1991 pela International Diabetes Federation (IDF) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), este dia tem como objectivo dar resposta ao aumento alarmante de casos de diabetes no mundo.

 

A data tornou-se, no ano de 2007, dia oficial de saúde da ONU, após aprovação das Nações Unidas em Dezembro de 2006.



O Dia Mundial da Diabetes (World Diabetes Day) é comemorado a 14 de Novembro, em memória do dia de aniversário de Sir Frederick Banting, que, juntamente com Charles Best, criou a primeira ideia que levou à descoberta da insulina em 1922.

 

frederick-bantings-125th-birthday4.jpg

 

Doutor Frederick Banting

https://insulinnation.com/treatment/

 

Ir + longe:

 

O cientista e doutor Frederick Banting nasceu em 4 Novembro 1891, Alliston, Canada. Estudou na Universidade de Toronto e foi médico militar durante a Primeira Guerra Mundial.

 

Posteriormente foi ajudante de fisiologia na Universidade do Ontário Ocidental e a partir de 1921 professor na Universidade de Toronto.

 

Recebeu o Prémio Nobel da Fisiologia e Medicina em 1923 pelo facto de ter descoberto a hormona da insulina em colaboração com o cientista John Macleod.

 

 

 

https://historyatkingston.files.wordpress.com/

 

Em 1930, o Parlamento do Canadá apoiou-o na instalação de um laboratório de investigação - Instituto Banting -  e a sua universidade criou uma cátedra com o seu nome.

 

Aí trabalhou em várias linhas: as suas últimas investigações no Instituto debruçavam-se sobre o cancro, o córtex adrenal e a silicose.

 

Durante a Segunda Guerra Mundial foi major do Corpo Médico e chefe da secção médica do Conselho Nacional de Investigação do Canadá.

 

Morreu devido aos ferimentos sofridos em um acidente de aviação na Terra Nova.

 

Actividades:

 

diabetic-dog-game.jpg

 

Jogo do Cão Diabético

https://www.nobelprize.org/

 

Recursos: Jogo Cão Diabético

 

Os alunos dos currículos de Ciências podem aprender mais sobre a diabetes tomando conta de um cão diabético.

 

Nota: 

 

O video orignal foi descontinuado do site de Nobel Prize. Existe apenas um vídeo de um yotuber que faz a demonstração

 

 

 

Esta a versão de um video exemplificativo. O jogo Diabetic Dog Game já não está online . Lamentável, dado que os aunos podeiam aprender  mais sobre a doença da diabetes, ao tomar conta de um cão diabético.

 

O jogo está também inserido neste post, pelo que os estudantes podem, ao menos, ver esta actividade.

 

Línguas: O jogo existia em Inglês e Sueco.

 

A Professora GSouto

 

14.11.2016

 

Licença Creative Commons

 

Stephenie Meyer de regresso : A Química

 

 

 

the-chemist.stepmeyer.jpg

 

The Chemist | Stephenie Meyer

http://stepheniemeyer.com/

 

É óbvio que sabem quem é Stephenie Meyer, até porque lemos os seus livros da série Twilight! Fomos também ver alguns filmes, adaptação desses mesmos best-sellers da literatura juvenil que em Portugal ficou conhecida por Crespúsculo.

 

 

Twilight-books1.jpeg

 

Twilight saga/ Crepúsculo

http://stepheniemeyer.com/the-twilight-saga/

 

Todos se apaixonaram pela saga em livro e em filme. Até porque o par amoroso do filme interpretado por  Robert Pattinson e Kristen Stewart se viria a casar. Hoje, já divorciados há alguns anos, seguem a carreira cinematográfica, mas por caminhos diferentes.

 

 

Twilight-film.jpg

 

Robert Pattinson/Kristen Stewart/Stephenie Meyer/ Taylor Lautner

créditos: Reuters, 2011

http://s1.ibtimes.com/

 

 

Os livros da saga Crepúsculo venderam mais de 150 milhões de exemplares, e foram transformados na  série de filmes protagonizados por Robert Pattinson e Kristen Stewart. Fomos ver alguns para o estudo comparativo livro-filme.

Desta vez, a autora da saga teen, Stephenie Meyer, opta pelo suspense, sem vampiros ou outras criaturas fantásticas. 

 

Stephenie Meyer regressa com um novo livro que vai ser editado mundialmente no próximo dia 8 Novembro 2016. Em Portugal também, pois claro! A Química já está em pré-venda em várias livrarias online em Portugal e no mundo.

 

 

 

 

 

O novo livro de Stephenie Meyer é um mistério electrizante, romântico, e e tensão permanente.

Neste thriller empolgante, uma ex-funcionária perseguida pela agência governamental para a qual trabalhava tem de executar uma última missão para limpar o seu nome e salvar a sua vida.

 

 

the-chemist-stephaniemeyer.jpg

 

A Química/ Stephenie Meyer

editora Presença

http://www.presenca.pt/livro/a-quimica/

 

A Química é romance de tensão permanente. Stephenie Meyer criou uma nova heroína determinada, fascinante e com talentos únicos, demonstrando mais uma vez o que a leva a ser uma das autoras mais admiradas da actualidade.

 

 

Sinopse:


"Ela trabalhava para o governo dos EUA, mas poucos sabiam disso. Considerada uma especialista, era um dos elementos mais ocultos de uma agência tão secreta que nem sequer tem nome. Quando entenderam que a sua ex-funcionária os punha em perigo, tomaram de imediato a decisão de a perseguir.


Agora, ela tem de mudar constantemente de lugar e de identidade. Os seus perseguidores mataram a única pessoa em quem confiava, mas as informações secretas que guarda são uma ameaça. Quando o seu antigo supervisor lhe propõe uma alternativa para sair desta situação, ela crê estar perante a única oportunidade de escapar. Para tal, terá de aceitar uma última missão para a agência.


Decidida a lutar, prepara-se para o confronto mais difícil da sua vida, mas dá por si apaixonada por um homem que apenas complica as suas possibilidades de sobrevivência."


A Química é romance de tensão permanente. Stephenie Meyer 'criou uma nova heroína determinada, fascinante e com talentos únicos', demonstrando mais uma vez o que a leva a ser uma das autoras mais admiradas da actualidade.

 

 

Stephenie Meyer's The Chemist Facebook Live

18 Novembro 2016/ 8:30 PM - 9:30 PM EST

https://www.facebook.com/events/

 

Actividades:

 

Enquanto aguardam pela saída do livro, já no próximo dia 8 Novembro 2016

 

  • Ler a sinopse do livro The Chemist (língua inglesa) aqui

 

Ir + longe:

 

Ver o ouvir a entrevista live de Rainbow Rowell com Stephen Meyer, via Facebook no dia 18 Novembro 2016, pelas 8:30 PM - 9:30 PM EST a propósito do livro A Química

 

Nota: O livro vai estar também disponível em: ebook e audiobook. 

 

Espero que gostem deste novo livro de uma das autoras de literatura juvenil que mais sucesso fez com a saga Twilight. Suponho que nãp resistirão a conhecer mais uma aventura, desta vez bem diferente.

 

A Professora GSouto

 

02.11.2016

 

Licença Creative Commons