Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Hora Planeta : Não esquecer ! Desliga as luzes e liga-te ao Planeta !

 

earth-hour-unesco-fb.jpg

 

Hora do Planeta

créditos: UNESCO

https://www.facebook.com/unesco/

 

É hoje, dia 30 Março que todos nós estaremos empenhados em respeitar a Hora do Planeta, entre as 20:30 e as 21:30, hora local.

 

Hora do Planeta é uma iniciativa global ambiental em parceria com a WWF. Empresas, governos, comunidades, cidades e cidadãos  são convidados a desligarem as suas luzes durante uma hora neste sábado, dia 30 de Março de 2019 às 20:30 para apoiar a acção ambientalmente sustentável.

 

 

 

 

Saber +

 

10 anos depois a Hora do Planeta tornou-se num movimento de sustentabilidade global com mais de 3.5 mil milhões de pessoas em 188 países a mostrarem o seu apoio a esta causa ao desligarem simbolicamente as suas luzes.

 

Os principais monumentos internacionais e nacionais apagam as luzes por uma hora no último sábado do mês de Março, o número de municípios aderentes no nosso país já chegou aos 120. Este ano esperamos superar este número.

 

 

hora-planeta2019b.jpg

 

 

Hora do Planeta/ LigateAoPlaneta

via CM Cabeceiras de Basto

 

 

Ir + longe:

 

Vivemos uma época em que se somam os anos mais quentes da história, com fenómenos meteorológicos extremos cada vez mais frequentes e migrações populacionais devido aos efeitos das alterações climáticasque levam à perda de biodiversidade.

 

Porque está tudo ligado, porque são dois lados da mesma moeda, a Hora do Planeta quer ligar milhões de pessoas em todo o mundo para que ajam contra as alterações climáticas e a perda de biodiversidade.

 

Em 2019, a Hora do Planeta pede uma vez mais a união de todos, cidadãos, municípios, empresas e organizações, para apagarem a luz. Não faltam razões para o fazermos.

 

 

 

 

Hora do Planeta/ Caminhar pelo Planeta

via Museu da Oliveira e do Azeite/ Mirandela

 

 

Actividades:

 

A Hora do Planeta, movimento global criado pela WWF para travar as alterações climáticas e a perda de biodiversidade, celebra-se este ano em Portugal com uma Pedalada pelo Planeta, a decorrer em Lisboa. 

 

Mas muitos outros municípios colaboram com actividades, para além de desligar as luzes dos seus principais monumentos.

 

Procura os eventos mais próximos de ti aqui

 

Não esqueças! É hoje 30 Março que as luzes se deligam entre as 20:30 horas e 21:30 horas (hora local).

 

A Professora GSouto

 

30.03.2019

 

Licença Creative Commons

 

História : O sismo que abalou Portugal em 1969

 

 

sismo-portugal2.jpg

 

 

Sismo Portugal 1969

https://www.rtp.pt/noticias/pais/

 

"Eram 3 horas e 41 minutos, exatamente, quando os relógios pararam, os próprios sismógrafos avariaram e o medo assaltou uma população inteira, que na sua maioria veio para a rua aterrorizada”

 

in Diário de Lisboa

 

Na madrugada do dia 28 de Fevereiro de 1969, um abalo de 7.5 na escala de Richter com epicentro no Atlântico a 230 quilómetros a sudoeste de Lisboa (mais tarde corrigido para 7.3) abalou o país. Seguiu-se um abalo mais perto de Lisboa, sentido pelas 5h28.

 

O terramoto que afectou sobretudo a região do Algarve e a área metropolitana de Lisboa, também se fez sentir no Porto. Faz hoje 50 anos.

 

 

sismo-portugal4.jpg

 

 

Sismo 1969

via Sábado

https://www.sabado.pt/

 

Saber +

 

Chegou a ser sentido a 1300 quilómetros do epicentro em Bordéus e nas Canárias. Foi  o mais forte sentido em 70 anos e tornou-se o quinto mais forte alguma vez registado na zona de Portugal Continental e Atlântico adjacente.

 

Morreram 13 pessoas  — duas atingidas pelos destroços dos edifícios, e 11 pessoas no pânico de querer fugir. O sismo de 28 de Fevereiro de 1969 foi considerado o mais forte do século XX a atingir Portugal. Pior só o de 1755.

 

"Este é o sismo de maior magnitude sentido na Europa desde o grande terramoto de Lisboa de 1755. Ocorreu na madrugada de 28 de fevereiro de 1969 tendo gerado alarme e pânico entre a população, cortes nas telecomunicações e no fornecimento de energia elétrica. Para além do continente português, foi sentido na Madeira, Espanha, Marrocos e França, com registo de vítimas mortais em Portugal e Marrocos, tendo ainda sido gerado um pequeno tsunami registado instrumentalmente."

 

IPMA

 

sismo-portugal1.jpg

 

 

A destruição em Fontes Louzeiro

créditos: CERU Europa

https://observador.pt/

 

O sismo, além da sua grande intensidade, “foi particularmente violento pela extraordinária duração: cerca de um minuto – um minuto que durou horas”, lia-se no diário vespertino, dando conta de fugas para telhados e para o meio da rua durante a madrugada. 

 

De um momento para o outro “um forte abanão acordou toda a gente”. Havia um barulho “bastante grande que vinha de todas as direcções” a invadir a casa. As loiças caíam das mobílias e os quadros desprendiam-se das paredes. Fugiram todos para a rua. 

 

Jorge Miguel Miranda lembra-se de estar de pijama e de ver toda a vizinhança com roupa de dormir a enfrentar a noite fria de Inverno. O abanão sentiu-se durante um minuto. Depois dissipou-se e todos voltaram para casa.

 

 

sismo-portugal.jpg

 

 

Pessoas de pijama fogem dos edifícios

créditos: Jornal de Notícias

https://observador.pt/

 

Os sismógrafos dos institutos geofísicos de Lisboa e Coimbra falharam e o único registo completo foi o do aparelho instalado na Ponte 25 de Abril, que foi preciso complementar com dados enviados de Berkeley, nos Estados Unidos.

 

Para assinalar a efeméride, o IPMA, Instituto Superior Técnico e o laboratório associado Instituto Dom Luiz lançaram um inquérito nacional para recolher relatos sobre o que acabou por ser, ainda hoje, o sismo de maior magnitude sentido na Europa desde o grande terramoto de Lisboa de 1755.

 

 

sismo-portugal.png

 

 

créditos: IPMA

https://www.facebook.com/ipma.pt

 

A ideia é recolher o maior número de testemunhos entre a população afectada para complementar os parcos registos da época, agora que as tecnologias de comunicação o permitem.

 

“Não haverá no futuro outra ocasião com este significado e com real possibilidade de se salvaguardar esta memória”, apelam os autores do projecto, na data em que se volta a lembrar a noite em que a terra tremeu a sério.

 

 

 

 

Destruição em Vila do Bispo em 1969

via Folha de Domingo

 

 

Actividades:

 

  • Pesquisar e recolher dados sobre o acontecimento: familiares; imprensa; media de efeméride.

 

  • Dinamizar na comunidade escolar, um simulacro de sismo, solicitando o apoio de pessoal especializado.

 

A Professora GSouto

 

28.02.2019

 

Licença Creative Commons

 

Direitos dos Animais :vamos ler sobre animais !

 

 

dia-animais-humanos.jpg

 

créditos: Autor não identifcado

 

Hoje celebra-se o Dia Internacional dos Direitos Animais, paralelamente com o Dia Internacional dos Direitos Humanos. É um dia em que nos devemos manifestar pelos Direitos Humanos, mas também pelos Direitos dos Animais.
 
E este post é dedicado aos nossos amigos de quatro patas que nos são tão dedicados, e que, tantas vezes, são maltratados sem poder entender por que razão.
 
 
Saber +
 
O dia 10 de Dezembro começou a ser celebrado como um dia pelos direitos desde 1948, quando, nessa data, a Assembleia Geral das Nações Unidas ratificou a Declaração Universal dos Direitos Humanos..
 
 
 

dia-animais-humanos1.png

 

créditos: Autor não identifcado

 
 
Desde 1998 o dia também tem sido dos Animais, com acções de sensibilização em países de todo mundo.
 
 
A batalha deste dia tem sido pelo reconhecimento da Declaração Universal dos Direitos Animais, em campanhas de inúmeras ONGs em países como Portugal, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Estados Unidos, França, Alemanha, Hong Kong, Itália, México, Rùssia, África do Sul e Suíça..
 
 
A data de hoje não é de comemoração, mas sim de luta, para que a situação de escravidão a que os animais são diariamente submetidos seja combatida e abolida algum dia.
 
 
"Nossos animais de estimação têm vida tão curta e, ainda assim, passam a maior parte do tempo esperando que voltemos para casa todos os dias. É impressionante quanto amor e alegria trazem para nossas vidas, e quanto nos aproximamos uns dos outros por causa deles."
 
 
Marley e Eu, John Grogan
 
 
Assim deixo a sugestão de livros, filmes ou musical sobre os nossos melhores amigos:
 

 

 

Marley & Eu

John Grogan

https://www.fnac.pt/

 

Sinopse:

 

A história enternecedora e inesquecível de uma família e do seu cão mal comportado que ensina o que realmente importa na vida

 

Chamavam-se John e Jenny, eram jovens, apaixonados e estavam a começar a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, «um bola de pêlo amarelo em forma de cachorro», que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos.

 

Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava-se todo por cima das visitas, roubava roupa interior feminina e abocanhava tudo a que pudesse deitar o dente.

 

marley-eu3.jpg

 

Marley & Eu

slideshare alunas 10º anos

Bárbara Amorim/ Inês Duarte

https://image.slidesharecdn.com/

 

De nada lhe valeram os tranquilizantes receitados pelo veterinário, nem, tão pouco, a «escola de boas maneiras», de onde, aliás, foi expulso.Só que Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional.

 

Partilhou a alegria da primeira gravidez do casal e o seu desgosto com a morte prematura do feto, esteve sempre presente no nascimento dos bebés ou quando os gritos de uma vítima de esfaqueamento ecoaram pela noite dentro.

 

Conseguiu ainda a «proeza» de encerrar uma praia pública e arranjou um papel numa longa-metragem, através do qual se fartou de «conquistar» corações humanos. .A família Grogan aprendeu, na prática, que o amor se manifesta de muitas maneiras... E feitios. 

 

 

Família Grogan

créditos: Getty Images

http://www.gettyimages.com/

 

Autor:

 

John Grogan nasceu em Detroit, em 1957. É colunista do Philadelphia Inquirer. Foi editor-chefe da revista Organic Gardening, tendo trabalhado ainda, como repórter, chefe de redacção e colunista, em vários jornais americanos sediados no Michigan e na Florida.

 

Entre os prémios com que tem sido distinguido ao longo da sua carreira, merece referência, designadamente, o de Jornalismo do National Press Club. Vive actualmente num monte da Pensilvânia, com a mulher, Jenny, os três filhos e uma cadela labrador, a Gracie.

 

marley-eu2.jpg

 

 

Marley & Eu

John Grogan

https://www.fnac.pt/

 

 PNL

 

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura - 7º Ano  de escolaridade - leitura orientada na Sala de Aula - Grau de dificuldade I A.

 

O livro deu origem ao filme com o mesmo título Marley e Eu (2008) que muitos de nós fomos ver às salas de cinema, depois de ler o livro.

 

 

 

 

 

Lembram do gato Didi? Sim, o gato que não tem uma orelhita e que por ser diferente, ninguém o queria? Até que os alunos de uma escola primária o adoptou. Uma história verdadeira que quase parece um conto de Natal.

 

Vamos então repetir, adoptando outros animais, cão ou gato. Há tantos nas associações de animais abandonado à espera de um lar!

 

 

didi1.jpg

 

 

Didi, o gato adoptado por alunos da escola do Dianteiro

créditos: Paulo Novais/ Lusa

http://static.globalnoticias.pt/

 

Nada melhor do que reler a história e quem sabe? Adoptar um gato neste Natal como prenda especial? Vais ser capaz de uma boa acção como esta não é verdade? Tantos gatitos lá fora, abandonados, com fome e com frio? Eu já adoptei uma gatinha siamesa.

 

 

 

O Livro dos Gatos

T.S. Eliot

https://www.bertrand.pt/

 

Sinopse:

 

Mister Mistofélix, o velho Fortunato que só quer dormir, e o Rufino Finório, que é um gato esquisito. Mas terão muita sorte se derem com o Mascarilho, criminoso perfeito que se ri da lei e que nunca ninguém consegue apanhar.

 

PNL:

 

Plano Nacional de Leitura : Livro recomendado para o 5º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

 

 

Saber +

 

O Livro dos Gatos, no original Old Possum's Book of Pratical Cats, é uma colectânea de curiosos e animados poemas dedicados à psicologia e sociologia felina.

 

Escritos nos anos 30 por T. S. Eliot e incluídos pelo próprio, sob o nome "Old Possum", nas cartas que enviava aos seus afilhados.

 

 

 

Old Possum's Book of Pratical Cats

T.S. Eliot

illustrator: Axel Scheffler

https://axelscheffler.com/books-for-older-children/

 

Em 1939, a editora que tinha o exclusivo da sua obra decidiu reunir e publicar 15 desses poemas sob a forma de livro.

 

O sucesso foi imediato e as reedições, bem como as traduções para outras línguas, sucedem-se.

 

Estes poemas ficariam ainda mais famosos a partir de 1981 com a adaptação ao musical Cats, de Andrew Lloyd Webber, um dos mais vistos de sempre em todo o mundo.

 

 

cats.jpg

 

Cats

adaptação de Andrew Lloyd Webber

da obra de T.S. Eliot

http://www.broadwayrose.org/shows/cats

 

Ir + longe:

 

Inspirado na poesia universalmente popular de T.S. EliotCats conta a história, em música e dança, da reunião anual de gatos Jellicle, altura em que um gato especial é selecionado para ascender à casta de Heaviside.

 

Um verdadeiro fenômeno do teatro musical, Cats abriu no New London Theatre de Londres em 1981 e ficou em cena durante 21 anos.

 

O sucesso de Cats em Londres foi quase igualado ao da Broadway, onde ficou em cena cerca de 18 anos.

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Podes participar deste dia e fazer com que haja o mais breve possível o primeiro Dia Internacional dos Direitos Animais realmente comemorado e festejado.
  • Junta-te com a turma a uma associação de defesa de animais. luta pela abolição de touradas, utilização de animais nos circos e adopta um animal de companhia, gato ou cão.
  • E agora, nada melhor do que ler : Marley e Eu de John Grogan e O Livro dos Gatos de T.S. Eliot.
 
 
Só assim os animais poderão “comemorar” este dia, marcado pelo esforço humano para fazer com que os direitos dos animais sejam enfim reconhecidos.
 
 
 
 A Professora GSouto
 
 
10.12.2017
 
 
Licença Creative Commons
 

Escolas : Concurso Jovens pela Prevenção Violência Doméstica

 

 

 

http://cdoc606.wixsite.com/concursovideo

 

Na continuação do tema Prevenção da Violência no Namoro que escrevi em Ensino: Muda de curso: violência no namoro não é para ti! venho agora propôr uma outra actividade.

 

A Rede Europeia Women against Violence Europe WAVE e as suas organizações parceiras convidam os/as jovens a participarem no Concurso Europeu Jovens pela Prevenção da Violência Doméstica e Violência Sexual, a decorrer no âmbito da Campanha Europeia  Step Up!.

 

 

 

 

https://static.wixstatic.com/

 

Saber +

 

A rede WAVE estabelecida em 1994 foi constituída formalmente como uma Rede de ONGs em 2014. Engloba ONGs de mulheres que actuam a nível nacional no combate à violência contra mulheres e crianças, apoiando actualmente 114 Membros de 46 países Europeus.

 

Tema: 

 

"Jovens pela Prevenção da Violência Doméstica e Violência Sexual"

 

 

palombo-emmawatson.jpg

 

 Emma Watson

créditos: Alexsandro Palombo

https://www.facebook.com/Alexsandro-Palombo
 
 

Objectivo:

 

O objectivo é consciencializar os jovens para a violência contra as mulheres e alertar as sobreviventes para a importância de procurar serviços de apoio.

 

O presente concurso é dirigido aos/às jovens com idades entre os 18 e os 25 anos.

 

 

 

Vídeo:

 

O conteúdo do vídeo deve focalizar-se no empoderamento das sobreviventes. Nas situações de violência, as sobreviventes mostram a sua força pela capacidade de resistência que apresentam, bem como pelo esforço que fazem para quebrar o ciclo de violência.

 

O intuito é consciencializar a sociedade para as necessidades de resposta à violência doméstica e sexual:

  • como poderemos melhor apoiar mulheres sobreviventes?

  • como poderemos garantir o fim das relações de violência na nossa sociedade?

Também devem mostrar às sobreviventes formas de sair de relações de violência.

 

No final do vídeo, deve ser disponibilizado um número de apoio:

 

  • linha nacional de emergência social – 144
  • serviço de informação às vítimas de violência doméstica – 800 202 148 
  • contacto de um serviço de apoio especializado.

 

Consultar CIG - Comissão para a Cidadaina e Igualdade de Género para mais informação sobre os serviços existentes.

Logo:

 

É obrigatório que todos os trabalhos integrem o logo da campanha (disponível em www.amcv.org.pt), sendo factor eliminatório.

 

Formato:

 

A duração máxima dos vídeos é de 3 minutos. Não há limitações técnicas para deixar fluir a criatividade (silencioso ou com som, animados, com actores/acrizes, teatral, etc.).

 

Língua: 

 

Se os vídeos não forem em Inglês devem incluir legendas em Inglês (uma vez que se trata de um concurso europeu).

 

Devem ser tidas em conta as considerações éticas, como por exemplo:

  • Qual é a mensagem e quais são os seus aspectos éticos?

Os vídeos não devem ser discriminatórios ou revitimizar as vítimas em qualquer caso.

 

 

palombo-kristen.jpg

 

Kristen Stewart

créditos: Alexsandro Palombo

https://www.facebook.com/Alexsandro-Palombo

 

Inscrição:

 

  • Para efeitos de formalização da candidatura ao concurso será necessário preencher uma ficha de inscrição e concordar com as normas previstas neste regulamento.

  • Todos os trabalhos terão de ser enviados por correio electrónico para seminarios@amcv.org.pt. Na impossibilidade de enviar, por favor contacte a organização.

  • Os vídeos devem ser enviados em formato .avi (áudio vídeo interleave), .mov (quicktime movie) ou .mp4 (mpeg-4), juntamente com a ficha de inscrição.

  • Os/As participantes poderão participar com várias propostas, efectuando a inscrição para cada vídeo;

  • O vídeo submetido a concurso poderá ter mais do que um/a autor/a.

 

Nivel etário:

 

Concorrentes devem ter entre os 18 e os 25 anos.

 

Prazo de candidatura:

 

30 de Novembro 2016

Cerimónia de Entrega dos Prémios:

 

13 de Dezembro 2016

 

Prémios:

 

Serão premiados os três melhores vídeos, com os seguintes prémios:

 

1º Classificado/a: Máquina de filmar

2º Classificado/a: Computador 

3º Classificado/a: Tablet

 

Os prémios serão anunciados e entregues na Cerimónia de Entrega dos Prémios.

 

Regulamento

 

Fazer o download do Regulamento

 

Se tens entre os 18 e os 25 anos envia o teu vídeo!

 

A Professora GSouto

 

20.10.2016

 

Licença Creative Commons

 

 

 

Dia da Terra 2012 : Um conto para celebrar

 

 
 
 
 
Fotografia: Matt Berry/Butterfly Conservation/PA
http://static.guim.co.uk/

 

Pois é! No Dia da Terra 2011  dei-vos a conhecer a história de uma escritora ambientalista canadiana, lembram?
 
Para festejar este dia tão especial, hoje relembro um texto muito bonito, escrito pela Leonor, uma menina que na altura frequentava uma turma de 5º Ano e era minha aluna na área curricular de Língua Portuguesa.
 
Sempre considerei que a escrita criativa é uma das aprendizagens mais completas a desenvolver no currículo de Línguas.
 
Então, vamos lá ler a história...
 


 
 
 
créditos: autor não identificado
 
 
 
Que cor queremos para o mundo?

 
Numa manhã em que o sol brilhava, sorrindo para o mundo, uma lagartinha dentro do seu casulo esperava, muito quentinha e quietinha, tornar-se numa borboleta com muitas cores.
 
Enquanto a sua transformação decorria, ela espreitava por um buraquinho muito pequeno o mundo fantástico que ela queria conhecer.
 
Oh! – suspirava ela - Como tudo é lindo!
 
Lá fora, os pássaros chilreavam, as flores dançavam ao som do vento brincalhão, enquanto um grupo de meninas brincavam muito divertidas.
 
De repente, tudo aconteceu! O buraquinho abriu-se um pouco mais… e a lagartinha saiu do seu casulo, e numa linda borboleta se transformou.
 
Toda contente, voava junto às flores, fazendo ziguezagues com suas asas multicores. Eis quando, de repente, viu uma flor, muito estranha! É que a flor tinha em cada pétala, uma cor diferente. Foi logo ter com ela.
 
- Olá, eu chamo-me Pintalguinhas - disse a borboleta - e tu?
 
- O meu nome é Colorida. Todas as flores dizem que eu… Mas, a Colorida não conseguiu acabar a frase, pois uma enorme e escura nuvem de fumo veio bater-lhe nas pétalas de rompante. E depois outra, e outra e outra… sem nunca mais parar! Sentia-se asfixiar!
 
E um barulho ensurdecedor, transtornava-a ainda mais. Tudo o que era colorido ficou cinzento pardo.
 
As duas amiguinhas não sabiam o que lhes tinha acontecido. Mas era horrível! As pétalas da Colorida tornaram-se escuras, da cor do carvão, e as asas da Pintalgada estavam cobertas de um pó fininho semelhante ao pó das cinzas. Além disso, sentiram-se zonzas de tanta poluição sonora!
 
A borboleta Riscadinha e a flor Colorida procuraram então um local onde se sentissem seguras, mas não havia nenhum!
 
A poluição lançara seu manto negro sobre a cidade. As duas amigas não sabiam o que fazer…
 
E nós? Será que todos juntos conseguiremos mudar a cor do fim desta história?
 
 
Leonor Carneiro, 11 anos, 5H
 
2008
 
{#emotions_dlg.dnd}
Proibida a reprodução de textos de alunos

 
Linda, não é mesmo? E com uma mensagem muito importante! Será que todos juntos conseguiremos mudar a cor cinzenta de um mundo modernos cada vez mais poluído? Sei que sim!
 
 
Para a Leonor, parabéns! Mais uma vez! Espero que continue com o gosto de escrever...
 
 
 

 

 

 

 

 

 

 Google Doodle Dia da Terra 2012
 
 
E para finalizar esta mão cheia de cor do jardim da equipa Doodle, nada melhor do que visionar o video do Doodle interactivo que Google dedica hoje ao Dia da Terra na sua 42ª celebração a nível mundial.

 

 

 

 

 

Protejam o planeta! Juntem-se a millhares de jovens que hoje, Dia da Terra 2012, celebram o planeta com um acto verde!
 
 
E tu? Já tens o teu acto verde pensado? Com certeza!
 
 
Ah! Também poderão actualizar as novidades "Dia da Terra" via Facebook
 
 
Excelente Dia da Terra 2012!
 
 
A Professora GSouto
 
 
22.04.2012
 
 
Licença Creative Commons

 

 

Hora do Planeta 2010 : vamos aderir ?

 

 

 

 

Hora do Planeta

www.earthhour.0rg

 

 

Hoje, 27 Março, pelas 20:30, todos os Portugueses são convidados a participar na Hora do Planeta, um movimento mundial que reúne milhões de pessoas pelo mundo em favor do ambiente e do aquecimento climático.

 

Apagar as luzes por uma hora - a Hora do Planeta - é não só contribuir para a preservação do nosso Planeta, como fazer parte da maior plataforma voluntária de cidadãos contra as alterações climáticas.

 

www.wwf.pt

 

 

 

 

Hora do Planete 2010

http://farm3.static.flickr.com/

 

Pelo segundo ano consecutivo, Portugal aderiu à Hora do Planeta e os resultados ultrapassaram as expectativas!

 

Em 2009, durante uma hora, mais de 4 mil cidades, entre as quais 11 cidades portuguesas, de 88 países, 21 mil empresas e o estrondoso número de 1200 milhões de pessoas em todo o mundo deram o seu voto ao Planeta.

 

Este ano, 25 cidades portuguesas participarão na Hora Terra! Como podem constatar, o número duplicou de um ano para o outro, sinal que os Portugueses estão muito mais atentos aos problemas ambientais! E isso, só no pode encher de orgulho! Não é mesmo?

 

 

hora-planeta2010.JPG

 

Cartaz Hora do Planeta 2010

créditos: WWW Portugal

 

Este movimento, como bem se lembram, dado que aderimos desde 2008, foi uma iniciativa do WWF (World Wildlife Fund) apoiado, desde logo pelas associações ambientalistas não governamentais. Poderás saber quais as novidades deste ano aqui

 


Não esqueças! Marca a diferença e une-te mais logo, pelas 20:30 ao movimento mundial!

 

Eu já me inscrevi em 2008 e mais uma vez participarei nesta Hora do Planeta!

 

Nota: Não devem inscrever-se por serem menores de idade. Basta participarem!

 

 

A Professora GSouto

 

27.03.2010

 

 Licença Creative Commons

 

Luta contra a Pobreza ! Faz a tua campanha !

 

 

 

dia-pobreza.jpg

 

www.pobrezazero.org

 

 

Dia 17 de Outubro é o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. Em Portugal, será assinalado com o evento nacional “Levanta-te e Actua”, que este ano conta com três dias de actividades (sexta, sábado e domingo). No ano passado registaram-se mais de 65 mil participações.

 

Pobreza Zero

 

Saber +

 

No Mundo existem 840 milhões de pessoas (mais de 70% mulheres) vivem sem as condições mínimas de sobrevivência e sofrem de fome crónica. Luta Contra a Pobreza. Um problema grave, uma luta desigual.

 

 


 

 

Em Portugal, um em cada cinco pessoas vive em situação de pobreza.

 

12% da população global - ou seja, o grupo dos 22 países mais ricos do mundo, em que se inclui Portugal - consome 80% dos recursos naturais disponíveis.

 

1,2 mil milhões de pessoas sobrevive em condições de extrema pobreza, sobrevivendo com menos de 0,85 euros por dia.

 

 

 

 pobrezazero.org 

 

Actividades:

 

Os aluno das turmas F/G/H do 6º ano, nos currículos de língua Portuguesa estão a levar a cabo uma singela campanha de solidariedade unindo esforços para apoiar esta causa.

 

 

 

 

 

Faz como eles! Junta-te a esta causa e organiza uma campanha de Pobreza Zero na tua escola. Podes começas na tua turma.

 

A Professora GSouto

 

16.10.2008

 

 Licença Creative Commons