Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Escolas : O Apelo Selvagem : livro & filme ! A explorar em sala de aula !

 

 

apelo-selvagem-film.jpg

 

O Apelo Selvagem/ The Call of the Wild

Chris Sanders, 2020

https://www.imdb.com/

 

 

O Apelo Selvagem, tradução de The Call of the Wild, é um  filme de aventuras baseado no romance com o mesmo nome, escrito em 1903, por Jack London.

 

Já fora adaptado ao grande ecrã por William A. Wellman, com o título "A Ambição do Ouro" (1935). A realização de Chris Sanders ( sua estreia em filme não animado),  depois de "Lilo & Stitch", Como Treinares o Teu Dragão e Os Croods, com guião de Michael Green.

 

Para além de Harrison Ford, o elenco inclui Omar Sy, Dan Stevens, Karen Gillan, Bradley Whitford e Colin Woodell.

 

Livro: 

 

apelo-selvagem-Jack-London-livro.jpg

 

The Call of the Wild

Jack London

illustrations: Philip R. Goodwin & Charles Livingstone Bull

New York, Macmillan Company, 1903

https://en.wikipedia.org/

 

O livro foi um best-seller imediato, recebido de forma entusiasta, tanto pela crítica como pelos leitores. O escritor viu a sua vida mudar após esse contrato e, apesar de não ter recebido nem mais um cêntimo pelos direitos do livro, ganhou o reconhecimento do mundo literário. 

 

Saber +

 

The Call of The Wild permaneceu em impressão desde a sua primeira edição. Chegou-nos às mãos pela reimpressão da Bertrand Editora, em 2017. A editora é a detentora dos direitos para publicação em língua portuguesa- Tem tradução de Rui Guedes da Silva.

 

apelo-selvagem-livro.jpg

 

O Apelo Selvagem

Jack London

tradução: Rui Guedes da Silva

1ª edição 1903

https://www.bertrandeditora.pt/

 

Sinopse:

 

Buck é um cão que se vê arrancado do conforto da quinta onde nasceu e lançado numa vida dura e perigosa. 


Nos rigores do Alasca, Buck tem de aprender a viver com quase nada e a adaptar-se à exigência e à crueldade dos seus sucessivos donos, até que conhece John Thornton, um ser humano que reconhece a sua inteligência e nobreza e de quem Buck se torna um amigo leal e devoto, salvando-lhe a vida por diversas vezes. 


Mas depois de ter sofrido tanto às mãos dos homens, o apelo da floresta parece-lhe cada vez mais irresistível….

 

 

 

Jack London, 1905

https://en.wikipedia.org/

 

Dados biográficos: Jack London

 

John Griffith London nasceu em 12 Janeiro 1876. Foi um romancista americano, jornalista, e activista.

 

Pioneiro no mundo da ficção de revistas comerciais, foi um dos primeiros escritores a  tornar-se célebre mundialmente e ganhar grande fortuna com a escrita. Foi também um inovador no género que mais tarde se tornaria conhecido como ficção científica.

 

 

apelo-selvgem-jack-london-hardcover-books.jpg

 

créditos: Não identificado

via Google Images

 

As obras mais famosas incluem The Call of the Wild e White Fang, ambas descrevendo a  Corrida ao Ouro de Klondike.

 

London escreveu os contos To Build a Fire, An Odyssey of the North e Love of Life. Escreveu também sobre o Pacífico Sul em histórias como The Pearls of Parlay e The Heathen.

 

Tem uma obra vastíssima. Morreu em Novembro 1916, no seu rancho.

 

 

apelo-selvagem-livro-livro-filme.jpg

 

 

O Apelo Selvagem

Jack London

 Cultura Editora

https://www.fnac.pt/O-Apelo-Selvagem-Jack-London/

 

 

Ir + longe:

 

O livro O Apelo Selvagem é uma alegoria, que explora a capacidade de adaptação e a relação entre a natureza e a individualidade, e de como esta inevitavelmente se molda àquela, num conflito que o London recria de forma virtuosa.

 

 

apelo-selvagem-filme.jpg

 

 

O Apelo Selvagem/ The Call of the Wild

Chris Sanders, 2020

https://www.imdb.com/

 

 

Narrativa:

 

O leitor fica preso ao modo como o escritor conduz a narrativa e nos dá conta da mudança de Buck. A subtileza com que faz, é quase como se fossemos mudando com Buck, sofrendo as mesmas dores, o mesmo desalento, o despertar do instinto selvagem.

 

A narrativa é feita sempre na 3ª pessoa, como se alguém conversasse connosco sobre a vida de Buck, e toda ela dirreccionada para comprendermos Buck. 

 

London não é grande fã de eufemismos, já que a sua narração é directa e objectiva. Em O Apelo Selvagem, a realidade é apresentada sem filtros: a morte é triste e feia, as feridas doem, tornando dificílimo ler certas passagens. Precisamos de uma pausa para respirar fundo. Mas adorámos.

 

apelo-selvagem-film.jpg

 

O Apelo Selvagem

Chris Sanders, 2020

https://www.imdb.com/

Filme:

 

A vida de Buck, um cão de raça São Bernardo, altera-se para sempre quando é retirado da sua família humana da Califórnia (EUA), e enviado para as florestas do Yukon, no Canadá, durante a frenética corrida ao ouro da década de 1890. Apesar do terror dos primeiras tempos e das dificuldades em adaptar-se à vida selvagem, o seu destino cruza-se com John Thornton (Harrison Ford), um garimpeiro que se tornará o seu melhor amigo e que lhe vai mostrar um novo sentido para a vida.
 
 
 
 

apelo-selvagem-film-poster.jpg

 

The Call of the Wild

Chris Sanders, 2020

https://www.imdb.com/

 
 
Um filme de aventuras baseado no romance com o mesmo nome escrito, em 1903, por Jack London,  realizado, como já escrevemos por Chris Sanders.

 

Uma ode à inteligência e à alma dos animais. Embora o uso da tecnologia CGI (computer generated imagery) seja, por vezes, demasiado visível mas excepcional, reflecte quase na perfeição o modo de ser de um cão e as suas atitudes.

 

As ternurentas expressões de Buck, a fotografia e cenários fabulosos, fazem da realização uma versão linda do livro. Mais suave, embora momentos de crispação estejam presentes.

 

 

 

 

Mas o filme, adaptação do livro, é também uma história de amor. Leva-nos a imaginar quão vazia seria a existência sem amor – amor puro, verdadeiro e desinteressado, que transforma a vida de um homem solitário, John Thorton, com a companhia de Buck, num ser mais tranquilo, na sua dor. O mesmo se sente em relação a Buck ao sentir-se amado de novo, por aquele ser humano, depois de tanta privação desde que fora roubado da família que o acolhera, desde pequeno.

 

Fá-lo através do amor de Buck por John Thornton (Harrison Ford). Nos seus olhos, recordamos a capacidade infinita de amar que cada ser transporta em si.

 

e assim brincando Buck ia convalescendo e entrava numa nova existência. Pela primeira vez conhecia o amor, o amor genuíno e impetuoso. Nunca tivera essa experiência na quinta do juiz Miller, no soalheiro Vale de Santa Clara. Com os filhos do juiz, caçando e vagabundeando, tratara-se de uma camaradagem de trabalho; com os netos do juiz, uma espécie de guarda altiva; e com o próprio juiz, uma amizade grave e digna. Mas aquele amor febril e ardente, que era adoração e que era loucura, coubera a John Thornton despertar-lhe.

 

James London, The Call of the Wild (pág. 92).

 

O último elo entre Buck e a humanidade é quebrado com a morte de  John Thornton. E Buck vai completamente seguir o seu instincto do apelo selvagem.

 

Actividades:

 

  • Leitura integral do livro O Apelo Selvagem (individualm com curtos excertos lidos em sala de aula) para debate entre alunos;

 

 

  • Visita de estudo: preparação de uma saída para assistir ao filme em sala de cinema;

 

  • A ordem será arbitrária. Cada professor(a) adaptará as propostas ao nível de ensino que lecciona;

 

  • Debate final para confrontação/ comparação entre o livro e a sua adaptação ao cinema.

 

  • Escrita criativa. Em trabalho de grupo, dar liberdade aos estudantes de recriar uma nova história com as mesmas personagens principais: John Thornton e seu amigo Buck.

 

A Professora GSouto

 

13.03.2020

 

Licença Creative Commons