Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza : Agir juntos para não deixar ninguén para trás !

 

 

https://www.adcoesao.pt/

 

O Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza celebra-se a 17 de Outubro desde m 1992, com o objectivo de alertar a população para a necessidade de defender um direito básico do ser humano.

 

Acabar com a pobreza extrema está no cerne dos esforços mundiais para alcançar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e construir um futuro sustentável para todos. No entanto, o objectivo de não deixar ninguém para trás não se tornará realidade se não apoiarmos primeiro os mais renegadas.

 

 

https://news.un.org/

 

Tema 2021:

 

“Agir juntos para alcançar justiça social e ambiental para todos”

 

A pandemia Covid-19 pode deixar 115 milhões de pessoas no nível dos mais pobres em 2021. Mais 736 milhões de pessoas já vivem abaixo da linha de pobreza. As Nações Unidas apontam a pandemia como uma “dupla crise” para os mais pobres do mundo.

 

 

dia-erradicacao-pobreza2021-goals1.png

 

Objectivo Global para o Desenvolvimento

https://news.un.org/

 

Objectivo 1: Erradicação da Pobreza

 

A ONU ressalta que o mundo reconhece, de uma forma crescente, que a pobreza tem vários níveis e as duas questões estão interligadas.

 

A pobreza também está dentro das escolas e em 2019 mais de 380 mil alunos do ensino público não superior tiveram apoio socioeconómico, e quase 223 mil tiveram refeições subsidiadas pela Acção Social Escolar.

 

Por toda a UE 27, o risco de pobreza é mais acentuado entre indivíduos sem escolaridade ou com um nível Básico de escolaridade.

 

Em Portugal, cerca de um em cada quatro indivíduos com, no máximo, o 9º ano de escolaridade é pobre. Na Bulgária e Roménia, esta proporção é de cerca de metade entre o grupo menos escolarizado.

 

Na verdade, em diversos países da UE (9 de 23 com dados disponíveis para 2020: Alemanha, Espanha, França, Países Baixos, Suécia, Dinamarca, Estónia, Malta e Chipre) o número de pobres até aumentou face a 2008."

 

via Expresso, 17.10.2021

 

dia-erradicacao-pobreza2021.jpg.crdownload

 

https://www.apn.org.pt/

 

As crianças têm o dobro da probabilidade dos adultos de viver em pobreza extrema. A pobreza condena muitas crianças a dificuldades constantes ao longo da vida e perpetua uma transferência intergeracional de privações. Além disso, se não formos mais ambiciosos, as crianças de hoje irão viver com as consequências devastadoras das alterações climáticas.

 

Das zonas de conflito ao ciberespaço, do trabalho forçado à exploração sexual, as meninas correm grandes riscos mas também são forças de mudança. Por cada ano escolar que uma menina completa, os seus rendimentos médios aumentam ao longo da vida, a probabilidade de se casar precocemente diminui e há benefícios evidentes para a saúde e educação dos seus filhos, o que o torna um fator essencial para acabar com o ciclo de pobreza.

 

 

dia-erradicacao-pobreza2021-goals2.jpg

 

https://news.un.org/

 

Hoje, quase dois terços das crianças não têm serviços de proteção social, mas o acesso a serviços sociais de qualidade deve ser uma prioridade. As políticas referentes à família também são indispensáveis, incluindo os acordos de trabalho flexíveis, a licença parental e o apoio às crianças.

 

Neste Dia Internacional, comprometemo-nos a alcançar o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável #1 e uma globalização justa que funcione para todas as crianças, famílias e comunidades.

 

 

 

Banco Alimentar Contra a Fome

via Expresso

Actividades:

 

  • Torna-te voluntário para recolha de alimentos nas grandes superfícies;

 

  • Distribui alimentaçao e/ ou vestuário que já não uses;

 

  • Visita uma família perto de ti que tens conhecimento das dificuldades que esteja a passar por desemprego de um dos pais.

 

A Professora GSouto

 

17.10.2021

 

Licença Creative Commons