Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Celebrar Charles Dickens : livros & recursos !

 

 

 

 

Charles Dickens

http://timeentertainment.files.wordpress.com/

 

Foi no dia 7 Fevereiro que Charles Dickens nasceu. Este ano celebra-se assim o seu 200º aniverário em todo o mundo, tal como em 2005 se celebraram  os 200 anos do nascimento de Hans Christian Andersen.

 

 

 

Google Doodle 200º Aniversário de Charles Dickens

https://www.google.com/doodles/

 

Google celebra com um Doodle o 200º aniversário de Charles Dickens, o grande escritor inglês que conhecemos através dos seus livros. Várias cidades a nível mundial celebraram com palestras, exposições e outros eventos culturais esta efeméride.

 

Charles John Huffam Dickens nasceu em Portsmouth a 7 de Fevereiro de 1812. Experimentou o jornalismo e foi editor de várias publicações periódicas. Para garantir o sustento da família, trabalhou também numa fábrica. 

 

 

 

Google Doodle 200º Aniversário de Charles Dickens

close-up Doodle

https://www.google.com/doodles/

 

Dickens iniciou a sua carreira com a narrativa breve em 1833  "A Dinner at Poplar's Walk" (em fascículos) no jornal Monthly Magazine  e só depois veio a editar em livro.

 

O mesmo aconteceu com o seu primeiro romance, The Pickwik Papers (1836-1837), e com os seguintes, que foram primeiramente publicados em folhetim mensal ou mesmo semanal. 

 

O Bicentenário do nascimento do escritor Charles Dickens foi assinalado em Portugal com a inauguração de duas exposições e uma palestra que tiveram lugar em Lisboa.

 

 

 

 

Oliver Twist/ Charles Dickens

http://www.bnportugal.pt

 

Uma das exposições é a mostra que está patente na Biblioteca Nacional desde 7 Fevereiro 2012, e que poderá ser visitada até 10 Março 2012.

 

"Esta iniciativa pretende evocar a recepção de Dickens em Portugal até à actualidade, predominantemente por via da tradução, publicada entre nós, em periódico e em volume, desde 1839, data em que surge a sua primeira obra traduzida."

 

 

 

Google Doodle 200º Aniversário de Charles Dickens

close-up  Doodle

https://www.google.com/doodles/ 

 

Foi no século XIX  que foram apresentadas ao público leitor as primeiras traduções em língua portuguesa de cinco dos romances de DickensOliver Twist (1837-1839), The Life and Adventures of Nicholas Nickleby (1838-1839), A Tale of two Cities (1859), Great Expectations (1860-1861)  e The Posthumous Papers of the Pickwick Club (1836-1837). 

 

Mas é no final do século XX que se assiste à tradução da narrativa de Dickens dedicada ao público infantil e juvenil.

 

 

  

 

 

David Copperfield/ Charles Dickens

Relógio d'Água (2011) 

http://2.bp.blogspot.com

 

O seu romance favorito, de evidentes traços autobiográficos, David Copperfield (1849-1859), foi traduzido, pela primeira vez, em 1909, sendo retraduzido e publicado em Portugal mais sete vezes. 

 

A última edição é da Relógio D’Água. O romance é uma belíssima obra de inspiração autobiográfica em que se misturam tragédia, esperança, comédia, amor e morte.

 

Suponho que todos leram David Copperfield ou pelo menos viram a adaptação da obra ao cinema.

 

 

 

 

 David Copperfield

Roman Polansky, 2005

http://www.imdb.com/

 

E se não leram David Copperfield, leram Oliver Twist, uma narrativa também de carácter autobiográfico. Charles Dickens teve um infância e adolescência muito difíceis. Abandonou a escola para ajudar a família, dado que o pai estava preso. Mas, isso não o fez desistir de se tornar um célebre escritor.

 

Oliver Twist foi adaptado váras vezes ao cinema. A versão mais actual é a de 2005, dirigida pelo cineasta franco-polaco, Roman Polansky. Ganhou 5 'Oscars'.

 

Oliver Twist retrata uma mera semelhança da real infância de Charles Dickens, pobre e sofrida. Vi o filme e adorei! O filme é excelente em narrativa e interpretações, o  protagonista “Oliver” é cativante, o que fez com que ganhasse milhares de admiradores em todo o planeta.

 

 

 

  

 
Actividades: 
 
  • É pois o momento de ler ou reler as obras mais importantes! Certamente que os vossos professores não deixarão passar esta efeméride sem voltarem à leitura dos belos e emocionantes livros de Charles Dickens.
  • Também as adaptações ao cinema de algumas obras de Dickens são excelentes recursos pedagógicos para explorar em sala de aula.
  • Aproveitem, desde já o fim-de-semana para procurar os filmes em DVD ou então ir à vossa estante e reler um dos livros aqui apresentados. É claro que todos leram "Conto de Natal". E viram em cinema.
 
 
A Professora GSouto
 
 
24.02.2012
 
 
Licença Creative Commons
 
 
Referências: BNP | Expresso
 
 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    G.S. 04.03.2012 14:34

    Muito obrigada Maria João

    As suas palavras são mais um incentivo para eu continuat a manter 'vivo' este blogue.

    Sim, os meus alunos seguiram com bastante entusiasmo este recurso educativo que complementava as aprendizagens em sala de aula. Foi um dos primeiros blogues em educação.

    E, durante anos, gerações diferentes empenharam-se nele.
    Hoje serve como ponto de contacto entre nós.

    Mas também é uma excelente referência para outros alunos espalhados pelo mundo e para jovens professores.

    Foi um prazer! Espero lê-la de novo por aqui!

    Bom domingo

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.