Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Livros : Robert L. Stevenson : Ilha do Tesouro . recursos

 

 

livro-ilha-do-tesouro-stevenson.jpg

 

A Ilha do Tesouro

Robert Louis Stevenson

tradução: António Pescada

https://www.wook.pt/

 

É numa noite de Dezembro que uma faroleira descobre um velho livro num baú que dera à costa. As letras douradas do título estão quase apagadas, as páginas cobertas de bolor são ilegíveis; só o papel das ilustrações resistiu... De súbito, essas imagens ganham vida e, um após outro, os heróis do livro contam à jovem a sua fabulosa história!

 

Google Doodle:

 

 

Google doodle 160º Aniversário Robert. A. Stevenson

https://www.google.com/doodles/

 

Google celebra Robert Louis Stevenson com um Doodle no dia 13 Novembro 2010, isto a propósito do 160º aniversário do escritor inglês com um tema alusivo ao seu livro A Ilha do Tesouro.

 

 

Google doodle 160º Aniversário Robert. A. Stevenson

https://www.google.com/doodles/

 

O Doodle encerra nas imagens, as letras da palavra Google. G tomou a forma de pirata, o primeiro O é a bússola e o segundo O, a montanha. O navio representa a letra G, a bandeira de pirata o L e a caixa do tesourso o E. Muito criativo, não acham?

 

 

livro-ilha-do-tesouro-robert-louis-stevenson-1880.

 

Robert Louis Stevenson, 1800

https://www.britannica.com/

 

Dados biográficos:

 

Robert Louis Stevenson nasceu a 13 de Novembro de 1850, em Edimburgo, Escócia.Ingressou, com 17 anos, na Universidade de Edimburgo para seguir a tradição familiar de estudos de Engenharia.  Mais tarde, com consentimento, cursou Direito.

 

No ano de 1873, após concluir a faculdade, Robert mudou-se para a cidade de Londres, pois sentia-se deslocado no ambiente familiar, marcado por um clima coercivo e pela inexorável moral e religiosidade familiar.

 

Em sua curta estadia na cidade, passa a frequentar os salões literários para, algum tempo depois, partir numa longa viagem pela Europa.

 

Em 1876, Stevenson conheceu Fanny Osbourne, uma americana que, na altura, era separada. Essa relação não foi bem aceite pelos pais, mas Stevenson não desistiu e seguiu Fanny até à Califórnia.

 

 

Robert Louis Stevenson

https://pt.wikipedia.org/

 

A viagem foi atribulada e isso acabou por servir de fonte de inspiração para alguns dos seus escritos. Fanny e Robert acabaram por casar e regressaram à Escócia onde o autor se reconciliou com os pais.

 

livro-ilha-do-tesouro_Robert_Louis_Stevenson_and_H

 

Robert Stevenson e sua mulher Fanny Osbourne

retrato: John Singer Sargent, 1887

https://en.wikipedia.org/

 

Por sofrer de tuberculose, Stevenson teve que se mudar para países menos húmidos. Viveu na Suíça e mais tarde no sul de França.

 

Os anos seguintes foram passados à procura de um clima que não agravasse a sua doença, até que finalmente se fixou com a família em Samoa, onde morreu em 1894.

 

livro-ilha-do-tesouro-stevenson-book.png

 

Treasure Island/ Ilha do Tesouro

original, 1ª edição

https://en.wikipedia.org/

 

Poeta, ensaísta, autor de romances e livros de viagens, o livro que o imortalizou foi A Ilha do Tesouro, publicado em 1883.

 

 É um dos 26 autores mais traduzidos no mundo.

 

 

A Ilha do Tesouro

Robert Louis Stevenson

https://www.portoeditora.pt/

 

 

 Ilha do Tesouro, um clássico da literatura infanto-juvenil que todos os que gostam de aventuras lerão com certeza. Aliás, há excertos desta obra em quase todos os manuais escolares de Língua Portuguesa.

 

Pois é! Quando se ouve falar de piratas, pensamos logo na saga O Pirata das Caraíbas que muitos certamente viram no cinema. Mas o que poucos adivinham é que foi A Ilha do Tesouro de Stevenson que influenciou esta saga cinematográfica.

 

 

Pirata das Caraíbas

 Gore Verbinski. 2003
 
 
 
Livro
 

No livro, a história é contada por um garoto chamado Jim Hawkins cujos pais são proprietários da Hospedaria Almirante Benbow. Jim vive diversas aventuras após a chegada de um velho pirata Long John Silver.

 

 

http://news.bbcimg.co.uk/

 

 

 

Mapa desenhado por Stevenson

www.google.pt/images

 

Muitas peripécias vão acontecendo até o jovem Jim se ver num navio partindo em busca de um tesouro. O mapa mostra a ilha ficcional onde se desenrolará a aventura prinicipal. 

 

Nota: O livro é recomendado pelo Plano Nacional de Leitura, 7.º ano de escolaridade.

 

Bom, para completar a leitura por que não ver um dos filmes da sequela O Pirata das Caraíbas?

 

 

 

Este, por exemplo, "Pirata das Caraíbas: Dead Men Tell No Tales, 2017? 

 

Só mais uma curiosidade! A Ilha do Tesouro faz parte da lista dos "100 Livros para Ler antes de Morrer". Hum! Impossível não ler! 

 

 "Se isso não atrai as crianças, é porque elas mudaram muito desde o meu tempo".

 

 Robert Louis Stevenson

 

Sem dúvida! Mudaram e muito! Mas todos os adolescentes continuam a adorar ler! Não é mesmo?!

 

 Boas leituras!

 

 A Professora GSouto

 

 13.11.10

 

actualizado 16.10.2020

 

 Licença Creative Commons

 

 

 

9 comentários

Comentar post