Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

PNL - A Casa das Bengalas - 6C : Ficha Digital

 

 

 

 A Casa das Bengalas 

António Mota

http://www.gailivro.pt

 

"O avô estava sentado na borda da cama daquele quarto acanhado e a cheirar a mofo. E não retirava o olhar do quadro que decorava a parede branca, golpeada aqui e ali pela negrura da humidade. Encaixilhado em grossa moldura, onde os bichos da madeira já pastavam, o quadro, com vidro estalado, mostrava uma mulher rechonchudinha e quase sorridente, dona de duas formidáveis arrecadas penduradas cada uma em sua orelha pequenina.

(...)

Da cozinha, minha mãe gritou:

- Vá tomar banho, meu pai.

E eu ali de pé, em frente do avô. E eu ali de costas voltadas para os restos de sol daquela tarde de Outubro que entravam  pela janela de guilhotina. E eu ali, de braços cruzados, a olhar  para aquela cara lavrada de rugas e barba rala com mais de oito dias.

- Se deixasse crescer a barba, até lhe ficava bem.

O avô  fez de conta  que não ouviu. Aprendi  com ele a arte da surdez. O velho ensinou-me que não é importante ouvir tudo, o que é preciso é saber escutar o que nos interessa. Foge  de quem  muito fala e tudo sabe, dizia ele. (...)

 

António Mota, A Casa das Bengalas, capítulo 1, Edições Gailivro, 2002

(excerto)

 

Livro do Plano Nacional de Leitura : leitura fluente ;

Nível etário: 9-11 anos

 

 

antonio-mota-a-casa-das-bengalas2.jpg

 

 A Casa das Bengalas 

António Mota

https://www.fnac.pt/

 
 
Lembras quando o avô foi  para um lar de idosos, em Torna-O-Rego. Claro que ele detestou a ideia, mas ao longo do tempo foi-se acostumando, convivendo com os outros idosos que lá estavam.
 
 
E um dia pediu a Henrique (seu neto) que lhe trouxesse uns pezinhos de violetas, para que os pudesse plantar. 
   
 
A última frase, e a mais marcante foi “As violetas avisam os homens que estamos aqui de passagem, mas isso não impede que cheiremos bem enquanto por cá caminharmos”.
 
 

 

 

 

 

slide de Sara Matilde

http://image.slidesharecdn.com/

 

 Ficha Digital

 

A. Leitura

 

 1. Comenta a leitura feita em sala de aula, ao longo dos vários dias.

2. No final da leitura integral, regista nest post um curto excerto que mais te tenha impressionado.

 

B. Expressão escrita

 

 1. Dá um final diferente ao livro.

2. Cria um novo capítulo (trabalho de grupo)

 

C. Comentário final

 

Sabes que o livro trata de um problema humano (solidão na 3ª idade) e assunto familiar (o lugar dos Avós na família).

 

1. Comenta como o assunto foi tratado no livro. Lembra o excerto das violetas. 

2. Dá a tua opinião sobre o papel dos Avós na tua vida (8/10 linhas)




 A Professora GSouto

 

15.01.2007

 

actualizado 27.05.2019

 

 

Licença Creative Commons

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.