Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia dos Avós : Finalmente podemos celebrar com os avós !

 

 

 

créditos: Autor não identificado

via Google Images

 

Chegou de novo o dia dedicado aos avós! Dia 26 Julho é dia de homenagear  os avós, seja qual for a vossa idade, Até porque os avós, felizmente, têm maior longevidade e há que saber aproveitar a sua companhia, afecto e sabedoria.

 

Esta é uma boa oportunidade para demonstrar todo o amor e carinho que temos por essas pessoas tão importantes na nossa vida e formação.

 

Regra geral, são  os avós responsáveis por proporcionar momentos de descontração e acolhimento aos netos, e muitas vezes, são também figuras bastante presentes na educação dos netos.

 

O Dia dos Avós é celebrado a 26 Julho, em Portugal, Espanha e no Brasil.

 

 

 

créditos: Disney

 

Origem Dia dos Avós:

 

Esta data comemorativa teve origem no século I a.C. Foi o Papa Paulo VI que decretou o dia 26 de Julho como Dia dos Avós. Anteriormente, essa comemoração foi festejada nos dias 20 de Março - junto com São José - e 16 de Agosto - Dia da Assunção de Maria.


O Dia dos Avós, em Portugal, é uma comemoração ‘recente’. Foi promulgada pela Assembleia da República no dia 4 de Junho de 2003. Faz este ano 19 anos.

 

Mas há uma versão mais recente. Em Portugal, o Dia dos Avós é comemorado hoje, 26 de Julho, por acção de Ana Elisa do Couto (1926-2007) mais conhecida por “Dona Aninhas”, uma portuguesa de Penafiel, avó de quatro netas e dois netos, tendo sido esta data escolhida em razão da comemoração do dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Cristo.

 

 

 

créditos:  imagem via Bom Dia,Europa

 

É por isso, que na cidade de Penafiel, está afixada em praça pública, uma placa em honra da avó portuguesa. Foram necessários muitos anos, mais precisamente 19, para que este dia fosse celebrado, graças à luta persistente desta senhora D. Aninhas, uma avó de Penafiel.

 

Confesso que desconhecia totalmente esta versão. Mas sendo dada como verídica, não deixa de ser interssante esta homenagem pública a uma avó portuguesa.

 

 

créditos: imagem via Universidade Aberta

 

Alice Viera que tão bem conhecemos através dos seus livros, escreveu no jornal Visão uma carta digital para um "neto adoptado" e dá a versão da avó de Penafiel:

 

"Quando se fala do ‘Dia dos Avós’ é assim um pouco como se falássemos do Dia da Mãe, ou Dia da Criança, existe, e ainda bem que existe, mas ninguém se preocupa em saber como é que ele chegou até nós.

Realmente, se nos últimos 19 anos celebramos esse dia em Portugal é graças à resiliência e persistência de D. Aninhas de Penafiel.

Nascida em 1926, Ana Elisa do Couto Faria cedo percebeu o valor  dos mais velhos na vida dos mais novos - como transmissores de cultura, de história, de valores. E como mesmo as normais relações diárias entre avós e netos eram importantes porque, como dizia muitas vezes, «é mais importante pedir conselhos do que dá-los». E como por tudo isso o país se devia empenhar em ter, oficialmente, um Dia dos Avós.

 

Contactou grandes figuras da Igreja, políticos, deputados, ministros, presidentes da república, autarquias, artistas, escritores, atletas, comunicação social.

(...)

Hoje as avós, tal como as mães, trabalham fora de casa, têm namorados, gostam de viajar, têm os seus grupos de amigos, gostam de ter tempo para o que querem e, muitas, não estão para ser avós a dias… Mas, por isso mesmo, é bom que sejam lembradas."

 

Alice Vieira, Diário de Uma Avó

in Visão, 26.07.2022

 

 

 

créditos: Autor não identificado

via Google Images

 

Há também o caso de  alguns avós estarem impossibilitados de sair de casa por algum problema de saúde. Há ainda os que vivem em casas de acolhimento para os mais velhos. Nesses casos, é essencial uma visita.

 

A vida muda, assim como as circunstâncias da própria vida e as tendências da sociedade em que vivemos. Mas o amor entre avós e netos é imutável.

 

Que o Dia dos Avós seja celebrado com alegria e felicidade conscientes e plenas.

 

 

A Professora GSouto

 

26.07.2022

 

Licença Creative Commons

Dia Mundial do Chocolate ! Wow ! Vamos então falar de chocolate ?

 

 

 

Dia Mundial do Chocolate

via Super Healthing Living

Google Images

 

7 de Julho é um dos dias mais saborosos do ano, pois é celebrado o Dia Mundial do Chocolate. O ouro negro, como é chamado o chocolate, carrega toda a importância dessa iguaria para o mundo.

 

História:

 

Os primeiros registros do cacau no mundo são por volta de 1.500 a.C, na América Central e Latina. O cacau era utilizado por civilizações antigas, como os povos Olmecas e, posteriormente, os Maias.

Os primeiros a consumir chocolate regularmente, por volta de 1500 a.C., foram os membros da civilização Olmeca, habitantes dos actuais países México e Guatemala. Depois, passaram esse gosto de beber chocolate aos vizinhos, Maias e Astecas, sendo considerado até um produto sagrado.

 

 

bebida de chocolate

via Google Images

 

Torravam as sementes, acrescentavam-lhes uma base de milho fermentado e misturavam-nas com especiarias, pimenta, por exemplo. Nas cerimónias religiosas, o cacau torrado era servido com especiarias e mel.

Para os Maias, o chocolate era uma moeda de troca (comos o euro para nós), por ser “uma dádiva dos deuses” e serviam cacau aos guerreiros para lhes dar força.

O cacau era servido em forma de bebida quente, com misturas de sementes de cacau torrado, água e outras especiarias como pimenta ou baunilha. A bebida era considerada sagrada e só era servida em momentos ritualísticos. 

O chocolate popularizou-se depois que os colonizadores espanhóis levaram o cacau para a Europa, tornando o chocolate uma especiaria destinada à classe alta. Esse foi o início da propagação do chocolate pelo mundo. Supostamente, quem trouxe o cacau para a Europa foi Cristóvão Colombo, em 1502, numa das suas viagens entre Espanha e a América.

 

 

Cacau fruto dos deuses

https://revistajardins.pt/

 

Fruto dos deuses?

 

O cacau, matéria-prima do chocolate, é considerado o fruto dos deuses. O chocolate pode ser usado em práticas mágicas para adoçar uma relação ou atrair momentos mais doces e gloriosos. Hum !

 

 

Cacaueiro

via Google Images

Origem:

O chocolate é um alimento derivado da amêndoa fermentada e torrada do cacau. A sua árvore é o cacaueiro, que se dá bem em climas tropicais : Brasil (o maior produtor de chocolate da América Latina), Equador, Costa do Marfim, Gana e S. Tomé e Príncipe, são bons exemplos de países famosos pelas suas produções de chocolate.

Diz-se que a origem do cacau ficava nas florestas da região do rio Amazonas, ou na região do Orinoco, na Venezuela.

 

 

Cacaueiro: fruto cacau

via Google Images

Curiosidades:

 

  • A bebida com cacau já foi utilizada de forma sagrada pela Igreja Católica.
  • O chocolate derrete com temperatura 34°C, ou seja, derrete quando entra em contato com o corpo humano.
  • O chocolate ajuda na libertação de serotonina no organismo, o hormónio da felicidade, o que torna o doce viciante. 
  • O chocolate de leite teve origem na Suíça. Era misturado leite em pó com cacau.
  • Quanto maior a porcentagem de cacau no chocolate, mais nutritivo e benéfico ele é. 
  • O chocolate branco utiliza apenas manteiga de cacau, açúcar e leite, diferentemente do chocolate escuro que utiliza sementes torradas de cacau em sua composição. 
  • Os países que mais consomem chocolate no mundo são: Alemanha, Suíça, e Bélgica.
  • No Brasil, existe a Cerimónia do Cacau, na qual a bebida é servida de forma ritualística.
  • O chocolate pode ser tóxico para os animais, principalmente, cachorros.
  • Apesar do cacau ser originário da América Latina, mais especificamente na Bacia do Rio Amazonas, a maior parte da produção actual está concentrada na Costa do Marfim, em África.
  • O maior período de vendas de chocolate no mundo não é na Páscoa, mas sim no dia de São Valentim, em 14 de Fevereiro. É tradição dar chocolate para as pessoas que você gosta, sobretudo entre namorados. 

 

 

dia-mundial-chocolate-film-chocolat1.jpg

 

Chocolat

Lasse Hallström, 2001

https://www.imdb.com/

 

Filme:

 

Sabia s que existe um filme cujo título e tema é o chocolate, Chocolat, 2001, do famoso realizador Lasse Hallström, que juntou o par romântico Johnny Depp e Juliette Binoche numa adaptação do romance com o mesmo título de Joanne Harris,, onde é mostrado como a confecção do chocolate, a decoração de montras de chocolate, ou a prova de chocolate fazem perder a cabeça dos amantes do chocolate.

 

 

Chocolat

Lasse Hallström, 2001

https://www.imdb.com/

 

Livro: 

 

dia-mundial-chocolate-livro-Chocolate.jpg

 

Chocolate

Joanne Harris

edição em português, 1999

https://www.fnac.pt/

 

Resumo:

 

A aldeia de Lansquenet-sur-Tannes tem duas novas moradoras: Vianne Rocher, jovem mãe solteira, e a sua filha Anouk. Ambas correram mundo e querem agora estabelecer-se, pelo que Vianne pensa montar um negócio. Um negócio aromático e guloso mas, naquelas paragens, pouco comum: uma chocolataria com o nome de "La Céleste Praline".

 

 

dia-mundial-chocolate-film-chocolat2.jpg

 

Chocolat

Lasse Hallström, 2001

https://www.imdb.com/


Para a aldeia, "La Céleste Praline" e a sua encantadora proprietária são um sopro de ar fresco frente à tirania de Francis Reynaud, um jovem padre de uma austeridade a raiar o fanatismo, que não...

 

Museu do chocolate Porto Wow:

 

 

Museu do Chocolate

Wow, Porto

https://wow.pt/pt/experiencias-museus/chocolate-story-museu/

 

Conheces o Museu do Chocolate , no Porto. Vale bem uma visita! Lá encontras a história do chocolate, desde a origem até ao fabrico, tudo diante dos teus olhos. E no final, podes provar...

 

"Vamos contar-lhe uma história fascinante, num lugar mágico, onde todos os segredos são desvendados: torrar o cacau, moer o cacau, fazer e conchar o chocolate."

Museu do Chocolate

 

E para terminar, alguns Benefícios do Chocolate:

O chocolate contribui para:

  • O aumento da concentração;
  • A redução no risco de ter uma doença cardíaca;
  • O alívio do stress;
  • A proteção da pele contra os raios solares.

 

Então hoje é dia de comer chocolate sem peso na consciência, mas sempre com moderação

 

A Professora GSouto

 

07.07.2022

 

Licença Creative Commons