Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Escolas : Outubro Rosa nos currículos ! Recursos e Actividades !

 

 

outubro-rosa2015-mulheres.png

 

créditos: Autor não identifcado

via Google Images

 

O movimento conhecido por Outubro Rosa  - Pink October - nasceu nos Estados Unidos da América, na década de 90, com o objectivo de inspirar a mudança e mobilizar a sociedade para a luta contra o cancro.

 

 

 

Empire State Building, Nova Iorque

 

Desde então, por todo o mundo, a cor rosa é utilizada para homenagear as mulheres com cancro, mas não só. E sensibilizar para a prevenção e diagnóstico precoce e apoiar a investigação nesta área.

 

No mundo inteiro, milhões de pessoas, entre as quais jovens e crianças, vivem com o diagnóstico de cancro. E algumas, infelizmente, não o vencem, Ninguém esquece a pequenina "Princesa Nonõ".  Morreu aos cinco anos, depois de uma luta tão corajosa para uma menina tão doce..

 

 

outubro-rosa2021-nono-livro.jpg

 

Princesa Nonô [2009-2014]

Jorge Coutiho (pai)

https://www.wook.pt/

 

A investigação constante, numa área de intervenção tão importante como o cancro é, inquestionavelmente, necessária. Cada vez se sabe mais sobre as suas causas, sobre a forma como se desenvolve e cresce, ou seja, como progride. Estão, também, a ser estudadas novas formas de o prevenir, detectar e tratar, tendo sempre em atenção a melhoria da qualidade de vida das pessoas com cancro, durante e após o tratamento.​

 

 

 

https://www.ligacontracancro.pt/outubrorosa/

 

Saber +

 

A celebração do Dia Mundial baseia-se na Carta de Paris, aprovada em 4 de Fevereiro de 2000, na Cimeira Mundial Contra o Cancro para o Novo Milénio. 

 

A Carta apela à aliança entre investigadores, profissionais de saúde, doentes, governos e parceiros da indústria no âmbito da prevenção e tratamento do cancro

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 40% de todos os cancros podem ser prevenidos e outros podem ser detectados numa fase precoce do seu desenvolvimento, tratados e curados.

 

 

 

via Google Images

 

Este post é a minha homenagem aos queridos alunos que perderam o combate, mas não deixaram de lutar. Um toque especial deixaram en nossas vidas. Na minha, em especial.

 

É também uma homenagem aos alunos que possam ter sofrido uma perda na família e com quem nos cruzamos no dia-a-dia na escola, nas nossas aulas.

 

Deixo algumas sugestões de livros sobre o tema...

 

Livros :

 

 

Nonô, A Princesa Côdesa

Jorge Coutiho (pai)

https://www.wook.pt/

 

 Ensino Básico: 2º ciclo

 

Nonô, A Princesa Côdesa, de Jorge Coutinho (pai) é uma sensível biografia da sua filha Leonor

 

Sinopse:

 

"Porquê?
Porque a Leonor cumpriu a sua Missão!
A Leonor viveu 5 anos, 7 meses, 7 dias e 5 horas. E viveu com Amor cada segundo da sua curta, mas eterna passagem pelas nossas vidas.
O mundo não foi indiferente à sua passagem. Fez rir, fez chorar, inspirou e apaixonou quem de alguma forma a conheceu.
A sua Missão foi, é e vai ser o Amor. Esse é o seu legado: Amor.
A Leonor ensinou-nos a ver mais com Amor. A escutar mais com Amor. A sentir mais com Amor. O seu legado SER Amor, para FAZER com Amor e para só assim TER Amor é o verdadeiro desafio de cada Ser Humano.


A si que lê, se tudo tiver à excepção de Amor vive ou sobrevive? A Leonor viveu toda a sua vida com Amor. E o.a leitor.a, quanto tempo vive ou viveu com Amor? E quando agora seria uma boa altura para decidir viver ainda mais com Amor na sua vida?

Leonor rima com Amor, nunca com dor ou rancor

 

Ensino Básico: 3º ciclo

 

outubro-rosa2021-so-vivemos-2vezes-livro.png

 

Só Vivemos Duas Vezes

Ana Martins Silva

Guerra & Paz

https://www.wook.pt/

Sinopse:

 

"A história de Ana pode ser a nossa ou a de alguém de quem gostamos muito. O relato impressionante e corajoso de uma menina de 14 anos que enfrenta um linfoma. Conseguirá Ana vencer a doença? Poderá a menina tornar-se mulher e concretizar o seu maior sonho - ser mãe?"

Um livro em forma de diário, comovente e inspirador, até à última página. Uma história feliz!

 

 

Slideshare de apoio ao livro

créditos: Mariana Silva

 

Ensino Básico - 9º ano/ Ensino Secundário

 

 

outubro-rosa2021-Safira-livro.jpg

 

 

Safira e a Luta contra o Cancro

Patrícia Fonseca

Asa

https://www.fnac.pt/

 

Sinopse:

 

"Esta é a história de Safira - uma menina a quem, aos quatro anos de idade, foi diagnosticado um tumor de Wilms, um tipo de cancro no rim tão raro quanto agressivo - e da luta dos seus pais, que correram o mundo em busca de uma terapêutica alternativa para a curar. Eles recusaram prosseguir o tratamento que, à partida, lhes era apresentado como a única salvação para a filha: a quimioterapia. E para isso tiveram de enfrentar não só o corpo clínico do Instituto Português de Oncologia como o Tribunal de Menores, num processo legal sem paralelo no nosso país.

 

A história de Safira tem ingredientes únicos e levanta questões muito pertinentes: Devem os pais ter o direito de escolher os tratamentos dos seus filhos? Podem os tribunais forçar um internamento, retirando uma criança da guarda dos seus pais? Devem explicar-se detalhadamente às famílias todos os efeitos secundários envolvidos em tratamentos tão agressivos como os que se aplicam na área da oncologia? Estará a prática do «consentimento informado» instituída apenas para desculpabilizar médicos e hospitais no caso de alguma coisa correr mal? Que espaço podem ter as terapêuticas não-convencionais nos tratamentos médicos de menores?

 

Todas estas questões foram intensamente debatidas pelos pais quando se recusaram a ficar à espera de um milagre que a salvasse. foram, contra tudo e contra todos, à procura desse milagre. Esta é a história de como o encontraram. Mais um final feliz.

 

Ensino Secundário:

 

outubro-rosa2021-dar-luta-ao-cancro-livro.jpg

 

Dar Luta ao Cancro

Os Exemplos Encorajadores

de vinte portugueses que enfrentaram a doença

Carla Jesus

Leya 

https://www.leyaonline.com/pt/

 

Sinopse:

 

O cancro mata muitas pessoas, sim, mas há outras que lhe sobrevivem ou, no mínimo, lhe dão luta. Este é o relato de vinte pessoas que o enfrentaram, que o combateram com todas as forças que tinham e, ainda, com aquelas que desconheciam ter. Choraram, sofreram mas também sorriram a cada vitória. Coube-lhes a bênção, a sorte ou a felicidade de o ultrapassar, de vencer uma ou várias batalhas desta guerra.


Um livro sobre determinação, amor e esperança.

 

Outros Recursos:

 

Não esqueçam de consultar os posts Outubro Rosa (filmes & outros livros) 2015 no blog LínguaPortuguesa. E Octobre Rose (livros, filme) no blog Français langue étrangère.

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Quatro livros que podem ser introduzidos nos currículos escolares, segundo o nível etário dos alunos e o nível de ensino que frequentam.

 

  • Livros que depois da leitura, levaráo a um debate sobre a doença, podendo este ser apoiado no projecto transcurricular Línguas/ Ciências.

 

  • Valores / sentimentos: Amor, esperança, coragem, determinação, resiliência. 

 

  • Iniciativas solidárias: corridas na área da escola, Solicitar o apoio da Escola Segura;
  • Um dia em que alunos e professores usarão uma tee-shirt, sweat, blusão cor-de-rosa;
  • Recolha de lenços/écharpes/ cascóis/ brinquedos, a serem enviados para um hospital, juntamente com um bilhete individualizado dirigido a cada doente criança e/ou adulto que os receberem, com palavras de apoio, e carinho pelo momento que atravessam. 

 

  • Outubro Rosa nas redes sociais (contas escola/turmas) : Twitter, Instagram, TikTok, Facebook : troca de mensagens entre alunos de diferentes escolas, ou nas contas de organizações de luta contra o cancro que farão chegar as missivas aos vários pacientes.

 

“Outubro Rosa” celebra-se todo o mês de Outubro.

 

A Porfessora GSouto

 

20.10.2021

 

Licença Creative Commons

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza : Agir juntos para não deixar ninguén para trás !

 

 

https://www.adcoesao.pt/

 

O Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza celebra-se a 17 de Outubro desde m 1992, com o objectivo de alertar a população para a necessidade de defender um direito básico do ser humano.

 

Acabar com a pobreza extrema está no cerne dos esforços mundiais para alcançar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e construir um futuro sustentável para todos. No entanto, o objectivo de não deixar ninguém para trás não se tornará realidade se não apoiarmos primeiro os mais renegadas.

 

 

https://news.un.org/

 

Tema 2021:

 

“Agir juntos para alcançar justiça social e ambiental para todos”

 

A pandemia Covid-19 pode deixar 115 milhões de pessoas no nível dos mais pobres em 2021. Mais 736 milhões de pessoas já vivem abaixo da linha de pobreza. As Nações Unidas apontam a pandemia como uma “dupla crise” para os mais pobres do mundo.

 

 

dia-erradicacao-pobreza2021-goals1.png

 

Objectivo Global para o Desenvolvimento

https://news.un.org/

 

Objectivo 1: Erradicação da Pobreza

 

A ONU ressalta que o mundo reconhece, de uma forma crescente, que a pobreza tem vários níveis e as duas questões estão interligadas.

 

A pobreza também está dentro das escolas e em 2019 mais de 380 mil alunos do ensino público não superior tiveram apoio socioeconómico, e quase 223 mil tiveram refeições subsidiadas pela Acção Social Escolar.

 

Por toda a UE 27, o risco de pobreza é mais acentuado entre indivíduos sem escolaridade ou com um nível Básico de escolaridade.

 

Em Portugal, cerca de um em cada quatro indivíduos com, no máximo, o 9º ano de escolaridade é pobre. Na Bulgária e Roménia, esta proporção é de cerca de metade entre o grupo menos escolarizado.

 

Na verdade, em diversos países da UE (9 de 23 com dados disponíveis para 2020: Alemanha, Espanha, França, Países Baixos, Suécia, Dinamarca, Estónia, Malta e Chipre) o número de pobres até aumentou face a 2008."

 

via Expresso, 17.10.2021

 

dia-erradicacao-pobreza2021.jpg.crdownload

 

https://www.apn.org.pt/

 

As crianças têm o dobro da probabilidade dos adultos de viver em pobreza extrema. A pobreza condena muitas crianças a dificuldades constantes ao longo da vida e perpetua uma transferência intergeracional de privações. Além disso, se não formos mais ambiciosos, as crianças de hoje irão viver com as consequências devastadoras das alterações climáticas.

 

Das zonas de conflito ao ciberespaço, do trabalho forçado à exploração sexual, as meninas correm grandes riscos mas também são forças de mudança. Por cada ano escolar que uma menina completa, os seus rendimentos médios aumentam ao longo da vida, a probabilidade de se casar precocemente diminui e há benefícios evidentes para a saúde e educação dos seus filhos, o que o torna um fator essencial para acabar com o ciclo de pobreza.

 

 

dia-erradicacao-pobreza2021-goals2.jpg

 

https://news.un.org/

 

Hoje, quase dois terços das crianças não têm serviços de proteção social, mas o acesso a serviços sociais de qualidade deve ser uma prioridade. As políticas referentes à família também são indispensáveis, incluindo os acordos de trabalho flexíveis, a licença parental e o apoio às crianças.

 

Neste Dia Internacional, comprometemo-nos a alcançar o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável #1 e uma globalização justa que funcione para todas as crianças, famílias e comunidades.

 

 

 

Banco Alimentar Contra a Fome

via Expresso

Actividades:

 

  • Torna-te voluntário para recolha de alimentos nas grandes superfícies;

 

  • Distribui alimentaçao e/ ou vestuário que já não uses;

 

  • Visita uma família perto de ti que tens conhecimento das dificuldades que esteja a passar por desemprego de um dos pais.

 

A Professora GSouto

 

17.10.2021

 

Licença Creative Commons