Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Escolas : Centenário José Saramago : A Maior Flor do Mundo : recursos billingues, livros & animações

 

saramago-centenario.png

https://www.facebook.com/fjsaramago

 

 

saramago-quote.jpeg

 

José Saramago, Prémio Nobel de Literatura 1998

https://www.josesaramago.org/

 

Foram muitas as gerações que leram comigo Saramago! Por missão, por gosto. A isso juntámos a admiração, mais tarde, quando foi laureado com o Prémio Nobel da Literatura em 1998.

 

"Começar a ler foi para mim como entrar num bosque pela primeira vez e encontrar-me, de repente, com todas as árvores, todas as flores, todos os pássaros. Quando fazes isso, o que te deslumbra é o conjunto. Não dizes: gosto desta árvore mais que das outras. Não, cada livro em que entrava, tomava-o como algo único."

 

José Saramago, El País Semanal, Madrid, 29 de Novembro de 1998

 

 

saramago2a.jpg

 

 

Saramago [1922-2010]

Lisboa, Outubro 2010

https://en.wikipedia.org/

 

Saramago foi muito controverso nas suas ideias. Mas para nós, abriu novos rumos na literatura portuguesa. É importante o estudo e o debate crítico do valor inestimável da sua obra reflectida na literatura contemporânea portuguesa. E que hoje se reflecte na literatura mundial.

 

Não se cingindo às regras morfossintácticas da norma padrão da língua, a sua escrita, talvez por isso mesmo, atraíu e atrai as novas gerações em todo o mundo. 

 

No entanto, José Saramago defendeu o valor da língua portuguesa no momento em que se discutia o Acordo Ortográfico.

 

"A Língua Portuguesa é um 'bem precioso' e os portugueses devem tratá-ls melhor."

 

José Saramago, 23.04.2008

 

Literatura infantil :

 

 

 

 

 

A Maior Flor do Mundo

José Saramago

edições Caminho

https://www.josesaramago.org/

 

José Saramago não escreveu muito para crianças e adolescentes! Não que considerasse a literatura infantil e juvenil um género menor da Literatura. Pelo contrário! Pela dificuldade que sentia, como ele próprio escreveu no livro A Maior Flor do Mundo.

 

Livro & Filme animado:

 

Pela dificuldade que sentia, como ele próprio escreveu no livro A Maior Flor do Mundo que assim começa:

 

 

saramago-livro-infant.jpeg

 

 

A Maior Flor do Mundo

filme animado

José Saramago

https://www.josesaramago.org/

 

"As histórias para crianças devem ser escritas com palavras muito simples, porque as crianças, sendo pequenas, sabem poucas palavras e não gostam de usá-las complicadas.

 

Quem me dera saber escrever essas histórias, mas nunca fui capaz de aprender, e tenho pena."

 

José Saramago, A Maior Flor do Mundo,

Ed. Caminho, Dezembro 2002, 1ª edição

 

 

 

 

"Teenho muita pena de não saber escrever histórias para crianças" e continua, desafiando a criatividade dos seus jovens leitores " Quem sabe se um dia virei a ler outra vez esta história, escrita por ti que me lês, mas muito mais bonita?..."

 

José Saramago, A Maior Flor do Mundo,

Ed. Caminho, Dezembro 2002, 1ª edição

 

 

saramago-livro-infant1.jpeg

 

 

A Maior Flor do Mundo

filme animado

José Saramago

https://www.josesaramago.org/

 

Um livro escrito com uma grande simplicidade, para melhor chegar aos leitores mais jovens. Os alunos gostaram muito de ler. 

 

Tem também uma vertente ecológica que muito nos agrada, dado que somos 'ecologistas' assumidos.

 

A função dos escritores, poetas e prosadores não é mesmo abrir caminho para o sonho através da criatividade?!

 

 

saramago-centenario.png

https://www.facebook.com/fjsaramago

 

 

Centenário José Saramago:  Escolas 1º ciclo

 

O Centenário de José Saramago celebra-se em 2021-2022. Está aberto um projecto "Saramago nas Escolas. Leituras Centenárias". No dia 16 de Novembro realizar-se-ão em 100 Escolas Básicas portuguesas, sessões de leitura do conto A Maior Flor do Mundo, que faz parte do PNL, 4º ano do ensino básico.

 

Poderão participat nas Leituras Centenárias alunos e alunas do Ensino Básico,  escolas públicas, privadas e cooperativas.

 

Nota: A leitura poderá ser alargada a outros anos do ensino básico 1º ciclo, se as escolas o entenderem. 

 

As sessões de leituras terão lugar, nas escolas portuguesas e de Lanzarote (Espanha).

 

Dia :16 de Novembro 2021

 

Hora: 10: 00 horas

 

Objectivo: 

 

Motivar os jovens para a leitura, o aperfeiçoamento da língua, a compreensão da Narrativa e o questionamento e diálogo sobre nós próprios, a sociedade e o meio ambiente.

 

Inscrição.

 

A inscrição deverá ser feita até 10 de Outubro de 2021, através do endereço: centenario@josesaramago.org

 

Edição bilingue: Espanhol

 

O livro foi escrito também em espanhol, dado que Saramago viveu a maior parte da sua vida em Espanha, na ilha de Lanzarote. Assim, o projecto alargar-se-à às escolas primárias em Lanzarote.

 

A leitura em espanhol poderá ter lugar nas escolas em que a língua espanhola faça parte do currículos, como língua estrangeira.

 

 

saramago-livro-infant-esp.jpeg

 

 

La Flór Más Grande del Mundo

filme animado (versão língua espanhola)

http://estaticos.elmundo.es/

 

As sessões de leitura terão lugar também nas escolas  de Lanzarote (Espanha).

 

Dia :16 de Novembro 2021

 

Hora: 10: 00 horas

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Solicitar aos alunos que leiam o livro;
  • Aceder ao filme animado em Português e/ou Espanhol, via online (tablets ou pcs na sala de aula) e deixar que os alunos o visionem.
  • Alertar para o facto de existir a versão em língua espanhola que poderão ouvir também (mais acima), mesmo que não seja língua curricular;
  • Abrir debate na sala de aula sobre a importância do livro impresso e dos filmes animados como recursos pedagógicos;
  • Em grupo, os alunos poderão redigir um pequeno texto comentando os dois recursos pedagógicos;
  • Solicitar o apoio de professores curriculares de Espanhol língua estrangeira  para apoiar no vocabulário, e Educação Visual para uma possível ilustração elaborada pelos alunos.

 

 

A Professora GSouto

 

19.06.2010

 

actualizado 30.09.2021

 

 Licença Creative Commons

 

 

Dia Europeu das Línguas . 20 anos ? Vamos celebrar !

 

 

 

https://edl.ecml.at/

 

jel2021-20anos.png

 

https://edl.ecml.at/

Setembro é o mês das Línguas Europeias !  Desde 2001, a Comissão Europeia em Portugal celebra esta data para comemorar a diversidade linguística da Europa. E este ano o Dia Europeu das Línguas celebra 20 anos ! 

 

Por toda a Europa, 800 milhões de Europeus dos 47 estados-membros do Conselho da Europa são encorajados a aprender mais línguas, em qualquer idade, dentro e fora da escola. O Conselho da Europa promove o plurilinguismo em todo o continente europeu, com base na convicção de que a diversidade linguística é uma via para alcançar uma maior compreensão intercultural e um elemento-chave da riqueza do património cultural da Europa.
 

Tema 2021:

 

O tema geral para 2021 é «Línguas e Sustentabilidade».

 

 

 

Dia Europeu das Línguas 

https://edl.ecml.at/

Saber +

 

Em 2001 celebrou-se pela primeira vez o Ano Europeu das Línguas (AEL), por iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, visando celebrar a diversidade linguística como uma riqueza do património comum da Europa a preservar. Foi ainda objectivo de AEL-2001 promover o multilinguismo e motivar os cidadãos europeus, nomeadamente os estudantes, para a aprendizagem de línguas.


Hoje em dia, mais do que nunca, a língua e a comunicação representam aspetos cruciais da nossa sociedade. A aprendizagem de línguas é uma forma de abrir a mente a novas perspetivas e culturas.

 

 

edl2021-infographic.jpg

 

https://edl.ecml.at/Portals/33/documents/

 

Actividades & Recursos

 

Apenas em línguas estrangeiras. Sugere-se que os alunos recorram a línguas que fazem parte dos currículos escolares como línguas estrangeiras: línguas inglesa e francesa. Mas podem e devem explorar outras línguas.

 

Infelizmente  no que concerne a língua portuguesa, quase nada. Permanece tudo igual, apenas alguns títulos e já lá vão 16 anos, desde 2005. O ano em que participámos pela primeira vez.

 

Será que não há tradutores portugueses na União Europeia?! Ou junto das entidades portuguesas ligadas a esta celebração anual? 

 

Sugere-se a consulta do sítio Web do DEL, onde consta informação detalhada, em várias línguas, sobre a diversidade linguística, em particular no continente europeu, sobre o DEL e propostas de actividades.

 

https://edl.ecml.at/Activities/

 

Juntem-se ao Grande Bake-Off do 20º aniversário da EDL:

 

O Dia Europeu das Línguas é celebrado todos os dias 26 de Setembro desde 2001 por centenas de milhares de estudantes de todo o mundo. Este ano, para comemorar o 20º aniversário da sua inauguração, o Centro Europeu de Línguas Modernas convida todos os alunos a participarem no Grande Bake-Off do nosso EDL.

 

Objectivo:

 

Reunir receitas de aniversário de diferentes partes do mundo e em diferentes idiomas para as 20 Sobremesas mais originais (e saborosas! )  num Livro de Receitas especial da edição do 20º aniversário.

 

Se gostariam que as vossas sobremesas (grupo/turma) do 20 º aniversário do DEL 2021 fossem incluídas (após rigoroso processo de selecção! ), leiam as indicações aqui e preparem-se para trazer à tona o Chef que há em vós!!

 

Prazo:

Até 30 de Setembro 2021

 

 

créditos: Poster: Agrupamento de escolas de Soure

 

A todas as Escolas e outras entidades organizadoras de actividades no âmbito das celebrações do DEL, recomenda-se vivamente o seu registo na base de dados de Eventos.

 

O Dia Europeu das Línguas é para todos! Visitem o site oficial, escolham a língua estrangeira que mais vos seduza e vejam as Actividades que vos são propostas. Desde infograpfias, apps, livros, jogos, quizz e outras, muito há para explorar!

A Professora GSouto

 

26.09.2021

 

Licença Creative Commons

Enid Blyton ? Em banda desenhada ! Wow ! Tentador !

 

 

 

enid-blyton os_cinco_bd1a.jpg

 

Os Cinco e a Ilha do Tesouro BD

Enid Blyton

adaptação: Béja e Nataël

ilustração: Rachel Ledrich

Oficina do Livro

https://oficinadolivro.leya.com/pt/

 

Os Cinco de Enid Blyton, de novo?! Pois. parece que sim... mas desta vez em banda desenhada. Suspense e mistério, eram as palavras que preenchiam o vosso imaginário de aventuras, quando em miúdos liam as histórias de Os Cinco.

 

Um grupo de jovens aventureiros formado pelos irmãos Júlio, Ana e David, e a prima deles, Zé acompanhados do cão Tim, nascidos da prolifera imaginação da escritora inglesa Enid Blyton. Depois do enorme sucesso que a colecção de livros obteve, e da sua adaptação para série televisão, bem como celebração do 75 Anos de os Cinco, assinalados em 2017, Enyd Blyte (1897-1965): 75 anos de Os Cincos com um Mostra na BN de Portugal, chegaram a Portugal em 2020, na versão em banda desenhada, pela editora Oficina do Livro.

 

enid-blyton-os-cinco-bd-ilha-tesouro1.jpg

 

Os Cinco e a Ilha do Tesouro BD

Enid Blyton

adaptação: Béja e Nataël

ilustração: Rachel Ledrich

Oficina do Livro

https://oficinadolivro.leya.com/pt/

 

As vinhetas começaram a ser desenhados em 2020  e foram lançado em português, nesse mesmo ano. Agora já disponíveis quatro volumes de banda desenhada da saga Os Cinco já estão disponíveis.

 

As aventuras dos irmãos Júlio, David e Ana, a prima maria-rapaz Zé e o cão Tim, que fizeram parte da infância de muitas pequenos que hoje já são pais, estão de volta para passar às novas gerações o legado que começou nos anos 40 pela romancista inglesa Enid Blyon.

 

 

enid_blyton1.jpg

 

Enid Blyton

créditos: Dorothy Wilson

via BN Portugal

 

Há uma diferença, claramente. O modo como as histórias eram contadas há mais de 70 anos alterou-se ligeiramente. Agora, em vez da narrativa apenas escrita, temos a banda desenhada, cujas imagens permitem que as aventuras não estejam apenas no imaginário e pareçam ainda mais reais. 

 

enid-blyton-os-cinco-bd-ilha-tesouro2.jpg

 

Os Cinco e a Ilha do Tesouro BD

Enid Blyton

adaptação: Béja e Nataël

ilustração: Rachel Ledrich

Oficina do Livro

https://oficinadolivro.leya.com/pt/

 

Resumo:

 

Pela primeira vez, o Júlio, o David e a Ana vão passar férias a casa da tia Clara, onde conhecem a prima Zé, uma verdadeira maria-rapaz. Acompanhados pelo fiel cão Tim, partem à descoberta de um tesouro indicado num velho mapa que encontraram na ilha de Kirrin. Mas têm de ser rápidos, pois OS CINCO não são os únicos na caça ao tesouro…

 

Saber +

 

A nova coleção de banda desenhada, adaptada pela dupla Béja e Nataël, com desenhos de Rachel Ledrich, chegou a Portugal em Fevereiro de 2020 e começou com "Os Cinco e a Ilha do Tesouro" e "Os Cinco e a Passagem Secreta" — nos quais (spoiler alert!) os quatro amigos humanos e o quinto amigo, o cão, vão atrás de tesouros misteriosos, passagens secretas e bandidos malvados. Entretanto, a estes volumes juntaram-se novos títulos no final do ano passado.

 

 

enid-blyton-os-cinco-bd2-passagem.jpg

 

 

Os Cinco e a Passagem Secreta BD

Enid Blyton

adaptação: Béja e Nataël

ilustração: Rachel Ledrich

Oficina do Livro

https://oficinadolivro.leya.com/pt/

 

Resumo:

 

As férias no Casal Kirrin não parecem boas para OS CINCO. A Zé e os primos estão presos em casa: tiveram más notas e o Sr. Roland, o precetor, está lá para fazê-los trabalhar. Mas os quatro jovens detetives e o seu cão, Tim, estão alerta. Acabam de descobrir uma passagem secreta sob a casa...

 

enid-blyton-os-cinco-bd2-passagem1.jpg

 

Os Cinco e a Passagem Secreta BD

Enid Blyton

adaptação: Béja e Nataël

ilustração: Rachel Ledrich

Oficina do Livro

https://oficinadolivro.leya.com/pt/

 

enid-blyton-os-cinco-bd2-passagem2.jpg

 

Os Cinco e a Passagem Secreta BD

Enid Blyton

adaptação: Béja e Nataël

ilustração: Rachel Ledrich

Oficina do Livro

https://oficinadolivro.leya.com/pt/

 

Preço: 10,90€

 

Talvez tenham encontrrado na Feira do Livro do Porto. Os livros tinha um preço bastante apelativo. Se não, poderão procurar nas livrarias, com um pequeno desconto.

 

 

enid-blyton1.png

 

Enid Blyton

créditos: Auton não identificado

via Google Images

 

Enid Blyton terá escrito mais de 800 obras ao longo da sua vida, sendo as mais famosas,  as histórias de Os Sete, a coleção Gémeas, o emblemático Noddy e, claro, os Os Cinco. Esta última obra teve um sucesso de tal forma, que continua a vender cerca de dois milhões de exemplares todos os anos.

 

Actividades: 

 

  • A Narrativa e a banda desenhada : Através dos livros e dos albuns em banda desenhada, poderão rever o texto narrativo. Ler ou reler os livros,  e passar então à leitura dos dois primeiros albuns aqui apresentados. Fazer a comparação do tipo de narrativa através de fichas de trabalho, textos escirtos, diálogo em grupo, entre outras actividades propostas em sala de aula ou em ensino à distância.
 
  • Poderão trabalhar a Narrativa, bem como a Banda Desenhada, não sem fazer a adaptação ao ensino presencial e e ensino à distância..
 
  • E por que não desenvover um projecto transcurricular com os currículos de Artes Visuais?
O ano lectivo vai iniciar-se na próxima 2ª feira, dia 20 Setembro. Felizes por voltar às ecolas, encontrar os amigos, colegas e professores. 
Não esqueçam regras sanitárias. O facto de estar vacinados, não impede que o virus circule. Protejam-se em boa convivência. 
Bom ano ! Bom trabalho!
A Professora GSouto
18.09.2021
Licença Creative Commons
fonte: ilustrações via blog Notas Bedéfilas

Setembro 11, 2001 -2021 : uma aula que não se esquecerá !

 

setembro11-20years-remembering.jpg

 

11 Setembro 2001/ 20 Anos 2021

créditos: Autor não identifcado

via Google Images

 

Há 20 anos, as duas torres de World Trade Center ruíram. O impacto foi terrível. O mundo parou, estático, olhando para os canais de televisão que transmitiam em directo. O atentado contra o World Trade Center e o Pentágono “mudou o mundo”. 

 

setembro11-tribute-light.jpg

 

Tribute in lights NY

via ABC News

 

Impossível esquecer aquele 11 Setembro 2001! O novo ano lectivo já começara. As turmas de 6º ano funcionavam no turno da tarde, enquanto as turmas de 5º ano ficaram no turno da manhã.

 

Nesse início de tarde, todos chegaram um pouco mais atrasados às aulas. O pavor, a incredulidade que se espelhavam no rosto de todos os jovens alunos, que iam chegando lentamente, alguns na companhia dos pais, eram semelhantes à minha profunda inquietação. Apenas disfarçada num sereno sorriso. Não podia deixar transparecer quão angustiada me sentia também! Impossível ! Eram tão novinhos, esses 6º anos ! E pareciam tão assustados !

 

 

setembro11-todd.jpg

 

créditos : Todd Maisel/Getty Images

https://www.nationalgeographic.com/history/

 

Tentei desdramatizar o facto de os alunos entrarem na sala, um a um, num ritmo inusitado, e já fora do tempo de tolerância. O meu olhar e o dos pais era de grande cumplicidade. Não dei importância a esse atraso, e a cada pedido de desculpas, eu respondia com um sorriso... triste.

 

Os alunos - lembro que nessa tarde - a primeira turma foi a turma do Bernardo, do Guilherme, do Luís, da Catarina, da Maria, do Miguel Angel... tentavam com gestos inseguros, retirar o material das mochilas. O nervosismo era tão visível!

 

Então, o Guilherme, sempre muito participativo em todas as aulas, não se contendo, perguntou :

- Professora! Viu as notícias na televisão? 

 

E a partir dessa quase simples pergunta, desataram todos a falar, falar, falar. O dramatismo real que os noticiários nos fizeram vivenciar em directo, as imagens terríveis, deixaram horrorisados. 

 

Impossível esquecer esse dia!

 

 

 WWC | New York tragedy 2001

https://1.bp.blogspot.com/

 

Testemunho dos alunos sobre a tragédia:

 

Esta foi a visão escrita de um pequeno grupo de alunos, vossos colegas de escola, em 2001. As impressões desses jovens de 10-11 anos ficaram arquivadas nos meus dossiês pedagógicos. 

Hoje pude relembrar. Relembro com ternura e muita tristeza por tudo o que presenciámos:

 

 

setembro11-nat-geo.jpg

 

créditos : Thomas Nilsson/Getty Images

https://www.nationalgeographic.com/history/

 

"O século XXI parecia começar muito bem mas... o terrorismo invadiu o mundo. Dois aviões foram de encontro ao World Trade Center em Nova Iorque, outro destruiu uma pequena parte do Pentágono, em Washington D.C. e um quarto que tinha como alvo a Casa Branca, também em Washington D.C. despenhou-se na floresta da Pensilvânia.

 

Houve milhares de mortos. Desde esse dia, começou uma guerra entre o mundo ocidental e o mundo oriental.

 

Nós queremos que o século XXI seja melhor para todos!"

 

 Miguel Pinto, Guilherme Delgado, Luís Valente – 11 anos 

Setembro 2001

 

Sim, os alunos não conseguiram esquecer o horror de todas aquelas imagens! E durante meses, muitas vezes pediam para voltar a falar no ataque ao World Trade Center ! E eu, mais uma vez, abria o diálogo, deixando desabar, ouvindo, escalarecendo, conversando, para lhes suavizar um pouco o horror da lembrança visual daquele dia.

 

 

setembro11-fr.jpg

 

créditos : . archives Doug Kanter/AFP

via DNA.fr

 

Vês?

- Veio o destino apartar-nos; (...)

António Botto, Vês ? , Canções

 

(memorial de 11 Setembro 2001)

A Professora GSouto

 

11.09.2010

 

actualização 09.09.2021

 

Licença Creative Commons