Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Apollo 11 : 50º Aniversário : recursos educativos digitais : escolas

 

apollo11a.jpg

 

Apollo 11 

créditos: NASA

 

Parecia ficção científica, mas não era. O primeiro voo tripulado do programa Apollo foi em Outubro de 1968. Menos de um ano depois, a Apollo 11 foi lançada.

 

Entre 1968 e 1972, um total de seis missões permitiu que 12 astronautas americanos pisassem a superfície da Lua.

 

A missão Apollo 11 é o acontecimento no qual é dita a famosa frase:

 

“Um pequeno passo para o homem, um salto gigante para a humanidade”.

Neil Armstrong

 

A frase foi proferida por Neil Armstrong, o 1.º dos 12 astronautas que, até hoje, pisaram solo lunar. Foi há 50 anos, a 20 de Julho de 1969.

 

A missão da Apollo 11 começou oficialmente a 16 de Julho de 1969, no Centro Espacial John F. Kennedy, em Cabo Canaveral, EUA, com a partida do foguetão: A alunagem a 20 de Julho foi o ponto fulcral do projecto.

 

Se quiseres saber mais sobre tudo o que se passou durante os oito dias em que os astronautas estiveram no espaço, pode ver cada minuto, em tempo real.

 

 

apollo11b.png

 

screenshot Apollo 11 in real time

créditos: NASA

https://apolloinrealtime.org/11/

 

O site Apollo 11 in real time é uma viagem extraordinária aos registos de todos os dados relativos à missão. Tem ainda informação posterior para que se possa melhor compreender a complexidade e a importância do momento.

 

apollo11b1.jpg

 

screenshot Apollo 11 in real time

créditos: NASA

https://apolloinrealtime.org/11/

 

Saber +

 

São 11 mil horas de aúdio do contrôlo da missão, 2 000 fotografias, 240 horas de áudio e informação sobre cada uma das amostras de superfície lunar recolhidas por Armstrong e Buzz Aldrin.

 

Pode começar a viagem 1 minuto antes do lançamento, ou ver o que estava a acontecer nesse segundo, há 50 anos atrás. Uma linha do tempo -T Minus 1M - à direita no topo da página acompanha cada minuto da missão e destaca os momentos mais interessantes, enquanto uma função de pesquisa permite percorrer as transcrições, comentários e amostras. 

 

apollo11b2.jpg

 

screenshot Apollo 11 in real time

créditos: NASA

https://apolloinrealtime.org/11/

 

Ben Feist e seu colaborador, o arquivista Stephen Slater, conceberam um painel que dá aos visitantes uma visão completa e transversal, mais alargada do que aquela a que os operadores no centro de contrôlo e os astronautas tiveram durante a missão à Lua.

 

É excitante ouvir abrir um painel que contém o áudio de cada posição de contrôlo no Contrôlo da Missão e vários outros loops de comunicação. Podemos abrir esse painel a qualquer segundo da missão e podemor ouvir aspectos como o médico de vôo a ameaçar colocar em quarentena todo o USS Hornet (34:48:49).

 

apollo11b3.png

 

screenshot Apollo 11 in real time

créditos: NASA

https://apolloinrealtime.org/11/

 

Actividades: Recursos

 

  • Apollo 11 in real time

 

Explora o site que te permite uma viagem na história sem paralelo. Se clicares no botão Now (lado direito), podes acompanhar o que s passou em cada momento, ou recuperar os momentos históricos, como o lançamento do foguetão (00:00:00), os primeiros passos na lua (109: 23: 40), o desembarque da Eagle (102: 46: 02).

 

apollo11-2019-publico.jpg

 

Espaço 1969

https://www.publico.pt/2019/07/14/infografia/

 

  • Espaço 1969/ 50 Anos Apollo 11:

 

Num recurso digital interactivo podes ter perspectiva desse histórico momento através da Infografia.

 

apollo11-2019-publico2.jpg

 

A Lua 50 anos depois

https://www.publico.pt/a-missao-que-deu-mais-espaco-ao-mundo

 

  • A Lua 50 anos depois:

 

A missão que deu mais espaço ao mundo: plataforma digital que te permite ter uma visão alargada do que aconteceu em 1969  e o que se segue actualmente.

 

 

 

 

  • Apollo 11 360º em RV

 

Já publicáramos uma outra actividade Apollo 11: Vamos a bordo com a #RV (2016) Trata-se de um conteúdo lúdico, em 360°, que te permite conhecer a missão que adiantou os Estados Unidos face à União Soviética naquela que, durante a Guerra Fria, foi conhecida como a Corrida ao Espaço

 

Põe o cinto, recobra o fôlego e atreve-te a entrar na nave espacial Apollo11.  O site é gratuito e está acessível a todos os que pretendem experienciar esta incrível aventura.

 

apollo11-sapo-jogo1.png

 

screenshot Jogo sapo Moon Lander

créditos: Sapo

https://js.sapo.pt/Projects/SapoMoonLander/

 

  • Jogo Sapo Moon Lander:

 

Podes jogar Moon Lander! Basta clicar, ler as Regras e jogar! Mas pulso firme... se não  pode correr mal e perderes!

 

A Professora GSouto

 

20.07.2019

 

fontes: NASA/ Sapo

 

Licença Creative Commons

 

O Sol Também é uma Estrela : livro & filme em tempo de férias

 

sol-tb-e-uma-estrela-livro1.jpg

 

O Sol também é uma Estrela

Nicola Yoon, 2017

Editora Presença

https://www.wook.pt/

 

" O romantismo associado ao pôr-do-sol não é diminuido pelo facto de o compreendermos um pouco."

 

Carl Sagan, O Ponto Azul Claro, in Introdução

 

O Sol também é uma Estrela é um livro de Nicola Yoon, adaptado agora ao cinema com o memo título.

 

Tem como protagonistas Natasha e Daniel. Estas duas personagens, devido a múltiplas coincidências, algumas um pouco loucas, vão dar certo, por incrível que pareça. Há o universo como guia...

 

 

sol-tb-e-uma-estrela2.jpeg

 

Natacha & Daniel

Yara Shahidi & Charles Melton

via ComingSoon.net

 

Sinopse:

 

A história de uma rapariga, um rapaz e o universo. 


Natasha: Sou uma rapariga que acredita na ciência e nos factos. Não acredito no destino. Ou nos sonhos que nunca se concretizam. Não sou de todo aquele tipo de rapariga que encontra um rapaz simpático numa rua nova-iorquina cheia de gente e se apaixona por ele. Não quando a minha família está a doze horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não será a minha história. 

Daniel: Sou o bom filho, o bom estudante, correspondendo sempre às elevadas expectativas dos meus pais. Nunca fui o poeta. Ou o sonhador. Mas quando a vejo, esqueço tudo isso. Algo em Natasha faz-me pensar que o destino nos reserva, a ambos, alguma coisa muito mais extraordinária. 

O universo: Cada momento das nossas vidas conduziu-nos a este momento único. Há um milhão de futuros perante nós. Qual deles se tornará realidade?

 

 

sol-tb-e-uma-estrela-livro.jpeg

 

The Suna Is Also a Star

Nicola Yoon, 2016

http://www.nicolayoon.com/

 

Traduzido do livro norte-americano The Sun Is Also a Star, da autora Nicole Yoon, cresceu entre a Jamaica e Brooklin, vive actuamente em Los Angeles.

 

 

sol-tb-e-uma-estrela-nicole-yoon1.jpg

 

Nicole Yoon

http://www.nicolayoon.com/

 

Nicole Yoon tem sido galardoado com vários prémios, entre os quais National Book Award for Young People's Literature Finalist e New York Times Notable Children's Book of the Year 2016

 

Voltando a Natacha e Daniel, estes encontram-se numa rua movimentada de Nova Iorque, e a partir de muitas coincidências, apaixonam-se.

 

 

sol-tb-e-uma-estrela5.jpg

 

O Sol também é uma Estrela

 Ry Russo-Young, 2019

https://www.imdb.com/

 

Filme

 

Tudo agradável, não fora o facto de Natasha estar a 12 horas de ser deportada do país para a Jamaica (seu país natal). Daniel tem pais sul-coreanos e já vive legalmente nos Estados Unidos.

 

A família jamaicana de Natacha encontra-se em solo norte-americano ilegalmente há nove anos e quando a situação é descoberta, chega a ordem de deportação.

 

 

sol-tb-e-uma-estrela4.jpg

 

O Sol também é uma Estrela

 Ry Russo-Young, 2019

https://www.imdb.com/

 

Para duas pessoas apaixonadas, Natasha e Daniel não podiam ser mais diferentes: ele é um romântico que pretende ser poeta, embora os pais exijam que tire o curso de Medicina.

 

Ele acredita no amor, no destino, nos seus sonhos, e nas coincidências da vida. Ela é uma rapariga que acredita na ciência, em factos, em verdades absolutas, não é uma sonhadora que acredita em amor e finais felizes.

 

Natasha e Daniel conhecem-se no último dia que tem ela tem para tentar alterar a situação, recorrendo a um advogado.

 

sol-tb-e-uma-estrela-filme.jpg

 

O Sol também é uma Estrela

 Ry Russo-Young, 2019

https://www.imdb.com/

 

Gostei do facto de os dois protagonistas serem de nacionalidade estrangeira. Como já disse, Natasha é da Jamaica e Daniel tem pais sul-coreanos.

 

O livro, bem como o filme abordam a diversidade cultural que se faz sentir na América do Norte e principalmente na multicultural Nova Iorque. Dá a conhecer uma outra vertente. Geralmente temos a tendência a pensar que os emigrantes sofrem discriminação por parte dos nativos, mas neste livro passa-se algo de diferente e interessante: os emigrantes sofrem discriminação por parte de outros emigrantes.

 

 

 

 

E temos a questão da esperança. Para alguém que só acredita em factos e verdades comprovadas, Natasha mantém até ao fim a esperança de ficar no país com Daniel.

 

Problemas e reflexões sobre esta história querida, adorável e moderadamente dramática.

 

 

sol-tb-e-uma-estrela-filme3.jpg

 

O Sol também é uma Estrela

 Ry Russo-Young, 2019

https://www.imdb.com/

 

Por fim, como pano de fundo desta história temos algo que muito nos agradará muito: o universo.Acredito em coincidências, acredito que o universo nos liga por alguma razão. 

 

Concluindo, não posso deixar de vos recomendar este livro e filme para as vossas férias! o filme conta uma história leve, um pouco lenta, por vezes, mas com um final feliz. Acontece.

 

O livro, relativamente pequeno, de leitura fácil, conta uma história simples, mas consistente.

 

sol-tb-e-uma-estrela-filme2.jpg

 

O Sol também é uma Estrela

 Ry Russo-Young, 2019

https://www.imdb.com/

 

Actividades:

 

Poderão ler um excerto online aqui

Para os românticos, e por que não para os cépticos destas coisas do acaso...

 

A Professora GSouto

 

14.07.2019

 

Licença Creative Commons

Livros para ler em férias : Hello LightHouse, ler em Inglês LE

 

 

lighthouse-book1a.jpg

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

As férias começaram. E muitos alunos partem de férias com família ou em grupo de amigos.

 

Praia e costa são dos destinos mais procurados para usufruir do mar. Eis um livro que pode levar à descoberta de faróis.

 

O livro pareceu-nos uma bela homenagem a todos os que, de forma bem solitária, durante anos, dedicaram a vida a guardar e a assegurar o funcionamento daquelas "casas de luz".

 

 

lighthouse-book6.jpg

 

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Hello Lighthouse é um livro ilustrado escrito e ilustrado pela autora e ilustradora australiana, radicada nos Estados Unidos, Sophie Blackall. Sophie Blackall já ilustrou mais de 30 livros para crianças e adolescentes.

 

Podem conhecer um pouco mais sobre Sophie Blackall, biografia e bibliografia aqui

 

 

lighthouse-book-autora.jpg

 

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

créditos: Matt Carr

 

O livro parece-nos uma bela homenagem a todos os que, de forma bem solitária, durante anos, dedicaram a vida a guardar e a assegurar o funcionamento daquelas "casas de luz".

 

O livro conta a história de um farol e seu último faroleiro. Foi galardoado Janeiro, com a Medalha Caldecott 2019 pelas ilustrações. 

 

"“Children will delight in immersing themselves in the captivating discoveries each new look at Hello Lighthouse will bring."

 

Caldecott Medal Committee Chair Mary Fellows

 

Esta é a segunda vez que Blackall vence a Caldecott Medal. Em 2016, foi distinguida com Finding Winnie : The True Story of the World's Most Famous Bear, um livro que já conhecem.

 

Lembram quando escrevi sobre Winnie  e a sua verdadeira história?

 

 

lighthouse-book-winnie.jpg

 

 

Finding Winnie: The True Story of the World’s Most Famous Bear

Lindsay Mattick

illustration: Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Será que,  um destes dias,  atravessam o oceano, e chegam a Portugal? Em Português, claramente!

 

 

lighthouse-book8.jpg

 

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Visitar um farol por dentro significa viajar no tempo e imaginar  a vida daqueles que viveram confinados a espaços tão pequenos e isolados. Entendemos as rotinas dos seus guardiões, conhecemos os espaços onde passavam os dias e as noites, onde dividiam a vida com as famílias. Uma vida contada ao pormenor no diário de bordo de cada faroleiro.
 

 

 

lighthouse-book7.jpg

 

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Temos assim, uma visita guiada por Sophie Blackall, magnificamente ilustrada e bem documentada. As rotinas e os factos relatados revelam a dimensão da abnegação destes guardiões e das suas famílias, não deixando ninguém indiferente.
 
 
A chegada de um novo faroleiro, os alteralões e ajustes que faz, a solidão de um tempo que custa a passar, a chegada da mulher, o nascimento do filho, as estações do ano...são detalhes descritos primorosamente por Blackall, que nos faz viver cada um deles de forma singular.
 

 

 

 

 

Actividades férias:

 

Ler nas férias, é uma belíssima actividade para os estudantes. Desta vez, em Inglês, língua estrangeira I que só desenvolverá as suas capacidades de compreensão e alargamento de vocabulário.

 

 

lighthouse-book9.jpg

 

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Synopsis (English):

 

"Hello Lighthouse is a beautifully rendered story about a lighthouse keeper and the ins and outs of his daily life. The illustrations truly lift the story to another level, allowing readers to gather information from both the words and images to make meaning. It is sure to be a book that children return to again and again!"

 

 

lighthouse-book10.jpg

 

 

Hello LightHouse

Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Objectivo: 
 
 
Inglês, ler, estratégias de leitura (leitura autónoma, férias).
 
 
Níveis curriculares:
 
 
5º/6º ano ensino básico
 
 
A Professora GSouto
 
 
01.07.2019
 
 
Licença Creative Commons