Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Hora Planeta : Não esquecer ! Desliga as luzes e liga-te ao Planeta !

 

earth-hour-unesco-fb.jpg

 

Hora do Planeta

créditos: UNESCO

https://www.facebook.com/unesco/

 

É hoje, dia 30 Março que todos nós estaremos empenhados em respeitar a Hora do Planeta, entre as 20:30 e as 21:30, hora local.

 

Hora do Planeta é uma iniciativa global ambiental em parceria com a WWF. Empresas, governos, comunidades, cidades e cidadãos  são convidados a desligarem as suas luzes durante uma hora neste sábado, dia 30 de Março de 2019 às 20:30 para apoiar a acção ambientalmente sustentável.

 

 

 

 

Saber +

 

10 anos depois a Hora do Planeta tornou-se num movimento de sustentabilidade global com mais de 3.5 mil milhões de pessoas em 188 países a mostrarem o seu apoio a esta causa ao desligarem simbolicamente as suas luzes.

 

Os principais monumentos internacionais e nacionais apagam as luzes por uma hora no último sábado do mês de Março, o número de municípios aderentes no nosso país já chegou aos 120. Este ano esperamos superar este número.

 

 

hora-planeta2019b.jpg

 

 

Hora do Planeta/ LigateAoPlaneta

via CM Cabeceiras de Basto

 

 

Ir + longe:

 

Vivemos uma época em que se somam os anos mais quentes da história, com fenómenos meteorológicos extremos cada vez mais frequentes e migrações populacionais devido aos efeitos das alterações climáticasque levam à perda de biodiversidade.

 

Porque está tudo ligado, porque são dois lados da mesma moeda, a Hora do Planeta quer ligar milhões de pessoas em todo o mundo para que ajam contra as alterações climáticas e a perda de biodiversidade.

 

Em 2019, a Hora do Planeta pede uma vez mais a união de todos, cidadãos, municípios, empresas e organizações, para apagarem a luz. Não faltam razões para o fazermos.

 

 

 

 

Hora do Planeta/ Caminhar pelo Planeta

via Museu da Oliveira e do Azeite/ Mirandela

 

 

Actividades:

 

A Hora do Planeta, movimento global criado pela WWF para travar as alterações climáticas e a perda de biodiversidade, celebra-se este ano em Portugal com uma Pedalada pelo Planeta, a decorrer em Lisboa. 

 

Mas muitos outros municípios colaboram com actividades, para além de desligar as luzes dos seus principais monumentos.

 

Procura os eventos mais próximos de ti aqui

 

Não esqueças! É hoje 30 Março que as luzes se deligam entre as 20:30 horas e 21:30 horas (hora local).

 

A Professora GSouto

 

30.03.2019

 

Licença Creative Commons

 

Celebrar Sophia : Dia Mundial da Poesia no CCB !

 

 

sophia3.PNG

 

 

Dia Mundial da Poesia

Centenário de Sophia de Mello Breyner

CCB

https://www.ccb.pt/

 

O Dia Mundial da Poesia começou a ser assinalado desde quinta-feira, com vários eventos, que incluem feiras de livros, leituras de poemas, cinema, conferências e lançamento de discos, com Sophia de Mello Breyner no centro, a assinalar o Centenário.

 

 

sophia100.jpg

 

https://centenariodesophia.com/

 

Os eventos previstos no o Centro Cultural de Belém (CCB), são de entrada livre, bem como a festa que está marcada para sábado.

 

O Dia da Poesia celebrou-se dia 21,  a festa da poesia, este ano, dedicada a Sophia de Mello Breyner terá lugar no sábado, dia 23 Março, das 15:00 às 19:00 horas.

 

 

sophia100a.jpg

 

Sophia Mello Breyner

créditos: Autor não identificado

via UA

 

Pelo décimo segundo ano consecutivo, o Centro Cultural de Belém comemora o Dia Mundial da Poesia, no dia 23 de março, assinalando este ano o Centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen.

 

Um ambiente de festa com muita cor e poesia, para todas as idades, invade os mais variados espaços do Centro Cultural de Belém.

 

A partir das 15:00, uma maratona de leitura, subordinada ao tema “Celebrar Sophia de Mello Breyner Andresen”, com apresentação de André Gago e leituras por várias individualidades.

 

Haverá também um espaço aberto para leituras de poesia em voz alta, que estarão a ser filmadas e exibidas junto à Sala de Leitura.

 

 

 

 

Para este dia está também programada a exibição de uma curta-metragem de João César Monteiro, de 1969, intitulada “Sophia de Mello Breyner Andresen”, seguida de um documentário, de 2007, intitulado “O nome das coisas”, da autoria de Cármen Inácio e realizado por Pedro Clérigo.

 

 

sophia2.jpg

 

Sophia Mello Breyner

créditos: Eduardo Gageiro
http://img.rtp.pt/

 

Sophia de Mello Breyner (1919-2004), que celebra este ano o centenário do seu nascimento, vai ainda estar no centro de  uma tarde para a poesia, não só de Sophia de Mello Breyner, mas de toda a poesia.

 

Sophia escreveu catorze livros de poesia, mas também contos - “Contos Exemplares”, histórias infantis, artigos, ensaios e peças de teatro, e traduziu Shakespeare, Eurípedes, Dante, Claudel, e, para a língua francesa, alguns autores portugueses.

 

 

 

 

Mar Novo

Sophia de Mello Breyner Andresen

https://www.fnac.pt/

 

Na sua poesia, encontramos muitas vezes a infância e a juventude, o Mar (podemos encontrar muitos dos seus poemas sobre este tema no Oceanário de Lisboa), a Cidade (muitas vezes em contraste com o campo) e o Tempo.

 

 

 

 

Casa de Sohia Porto

Busto Jardim Botânico

foto: Egídio Santos/ UP

https://www.facebook.com/universidadedoporto

 

Destacava a importância das casas na sua infância, descrevendo muitas vezes ao pormenor as casas de que gostava para que a memória delas não se perdesse.

 

A escritora afirmava que a poesia lhe acontecia, como a Fernando Pessoa, que é muitas vezes evocado nos seus poemas. Dizia ter encontrado a poesia antes de saber que havia literatura e que achava que os poemas não eram escritos por ninguém, que existiam por si mesmos. Nunca escrevia de manhã porque precisava “daquela concentração especial que se vai criando pela noite fora”.

 

 

 

Sophia, poesia

 

Dia Mundial da Poesia no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, é sábado à tarde, das 15h00 às 19h00, para comemorar Sophia de Mello Breyner, 100 anos depois do seu nascimento. A entrada é livre.

 

Haverá um debate no qual participam a pintora Graça Morais,  o escritor e poeta Manuel Alegre e o escritor José Manuel Santos.

 

“Sophia entre dois mares” é o tema de uma palestra que decorrerá, quase em simultâneo com o debate, sobre o cruzamento das raízes da herança mediterrânea e a presença dominadora do Atlântico na poesia de Sophia, bem como o seu contributo para a literatura infantojuvenil.

 

A partir das 17:00 haverá lugar para um concerto – “No impulso da barca” – interpretado por Sandra Martins, no violoncelo, e Carlos Barreto, no contrabaixo, que vão apresentar uma performance de peças compostas em tempo real, uma viagem sonora inspirada na obra de Sophia de Mello Breyner.

 

 

Licença Creative Commons

E foi assim ! Greve Global Estudantil pelo Ambiente !

 

elyx-greve-estudantes-amb.jpg

 

https://www.facebook.com/ElyxYak/

 

Os alunos portugueses juntaram-se ao movimento internacional de jovens que protestam pelo clima. Inspirados pela adolescente sueca Greta Thunberg, este grupo apelou aos estudantes de todo o país a unirem-se por uma causa: o clima, o futuro do Planeta. E eles responderam.

 

 

greta-strike-reuters-rafael-marchante.jpg

 

 

Marcha estudantil pelo Ambiente | Lisboa

créditos: Rafael Marchante/ Reuters

https://qz.com/

 

Em várias cidades portuguesas, os alunos pretenderam chamar a atenção do Governo para os problemas relacionados com as alterações climáticas. Por isso, juntando-se ao movimento global de jovens que protestam pelo clima, fizeram greve à escola neste dia 15 de Março. 

 

 

greta-strike-australia.jpg

 

 

Marcha estudantil ambiente | Sydney

créditos: Reuters/AAP Image/Mick Tsika

https://qz.com/

 

Centenas de milhares de alunos de 106 países, incluindo Portugal, uniram-se numa greve mundial à escola pelo clima, visando exigir dos políticos acções concretas contra as alterações climáticas.

 

 

htttp://www.fridaysforfuture.org

 

Segundo a página Global Strike For Future, que reúne as greves anunciadas em todo o mundo, estavam ontem à tarde previstas 1 693 manifestações em 106 países.

 

Segundo a página da organização, os países com mais protestos previstos para são França (210), Alemanha (196), Itália (182), Suécia (123), Estados Unidos (166) e Reino Unido (108), país onde mais de 10.000 alunos saíram à rua num protesto do mesmo género no mês passado.

 

Esta greve escolar mundial, que tem como lema "Fazer Greve por um Clima Seguro" culmina uma série de manifestações semanais iniciadas ao longo do ano, desde Agosto 2018, pela adolescente sueca Greta Thunberg.

 

 

greta-strike-skynews.jpg

 

Greta Thunberg em greve junto ao Parlamento Sueco

créditos: Catherine Edwards/The Local

via The Local

 

Quem é Greta Thunberg

 

Estávamos em Agosto de 2018, quando a adolescente sueca Greta Thunberg começou a manifestar-se pelo clima, fazendo greve às aulas e sentando-se todos os dias à porta do Parlamento em Estocolmo com um cartaz que dizia "Greve da Escola pelo Clima".

 

Ainda que franzina, a figura desta adolescente, na altura com 15 anos, não deixou indiferente quem por ali passava e terá despertado consciências num país que se debatia com o verão mais quente de sempre.

 

 

 

 

Mas foi com os discursos que fez na Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP), na Polónia, e no Fórum Económico Mundial, em Davos, na Suíça, que Thunberg ganhou atenção mediática a nível global e se tornou num símbolo do activismo ambiental.

 

Na Cimeira de Davos, 2019, Thunberg disse: "Não quero que vocês tenham esperança. Quero que entrem em pânico. E quero que sintam o medo que eu sinto todos os dias. E depois quero que ajam".

 

 

greve-clima-pt6.jpg

 

 

Marcha estudantil ambiente | Áustria

créditos: Leonhard Foeger

https://sicnoticias.pt/mundo/

 

Esta iniciativa inspirou jovens de outros países, que começaram a manifestar-se, nomeadamente na Bélgica, França e Alemanha, juntando milhares de alunos.

 

Numa concentração recente em Paris, os jovens gritavam: "Em 50 anos vocês estarão mortos, nós não".

 

 

greta-strike-reuters-gonzalo-fuentes.jpg

 

 

Marcha estudantil ambiente | Paris

créditos: Gonzalo Fuentes/ Reuters

https://qz.com/

 

Na Greve Mundial pelo Futuro desta sexta-feira, dia 15 Março, estudantes saíram das escolas para se manifestar de Sydney a Lisboa e Porto, de Tóquio a Montreal, de Hong Kong a Kampala, passando pelo Bangladesh e Argentina, ou Quénia, e muitos outros países.

 

greve-clima-pt3.jpeg

 

 

https://www.facebook.com/greveclimaticaestudantil/

 

Em Portugal estavam previstos protestos em pelo menos 25 cidades: Lisboa, Porto, Coimbra, Aveiro, Covilhã, Évora e Faro.

 

Entre as várias mensagens espalhadas ao longo das marchas estudantis pelo clima, encontravam-se cartazes com palavras em inglês como por exemplo “We are skipping our lessons to teach you one"/ Estamos a faltar às aulas para vos dar uma Lição." 

 

 

greve-clima-pt4.jpg

 

 

Estudantes Lisboa

créditos: António Pedro Santos

https://sicnoticias.pt/

 

Mas também slogans em português como este da marcha de alunos em Lisboa. E certamente no Porto.

 

greve-clima-pt5.jpg

 

 

Istambul, Turquia

créditos: Sedat Suna

https://sicnoticias.pt/mundo/

 

Há alguns anos que professras de escolas portuguesas ajudaram a formar novas gerações ambientalistas, alertando os alunos, como futuros cidadãos, para os problemas amibentais.

 

Foi o nosso caso, desde 1999, introduzindo nos currículos de Línguas e Cidadania temas ligados ao Ambiente.

 

 

greve-clima-pt9.jpg

 

 

Autor não identificado

via Google Images

 

Os alunos participaram em muitos projectos e actividades nacionais, europeus, e mundiais, como Earth Hour e Earth Day.

 

Criaram dois blogues de inspiração ambientalistas, como Geração Verde e Geração Polar.

 

Fico feliz por saber se tenho a minha parte envolvida nesta nova geração que sabe lutar pelos seus ideais e que não se rende.

 

Parabéns aos novos jovens ambientalistas!

 

A Professora GSouto

 

15.03.2019

 

Licença Creative Commons

 

Parabéns WWW ! Seu inventor ? Sir Tim Berners-Lee !

 

 

 

 

Google Doodle 30º Aniversário da WWW

https://www.google.com/doodles/

 

Foi neste dia, em 1989, que Sir Tim Berners-Lee apresentou a primeira proposta do que viria a ser conhecida como a World Wide Web. O 30º aniversário da Web não podia passar despercebido à Google, que lançou no seu motor de busca um pequeno Doodle para celebrar a ocasião.

 

 

Saber +

 

 

Foi a 11 de Março de 1989 que o engenheiro de software Tim Berners-Lee apresentou a sugestão para melhorar a partilha de informação entre os seus colegas do CERN, o Laboratório de Física Nuclear Europeu, sedeado na Suiça.

 

 

www30anos.png

 

 

créditos: via Wikipedia

https://pt.wikipedia.org/

 

A sua proposta foi aprovada e eis que começou então a desenvolver a linguagem HTML, a aplicação HTTP (Hypertext Transfer Protocol) e a WorldWideWeb.app, que viria a ser o primeiro browser e editor de página.

 

Em 1991, os servidores externos da Web estavam já em pleno funcionamento.

 

Foi no 25º aniversário da WWW que nós aqui celebrámos A WWW faz anos ! Tim Berners-Lee, seu criador

 

Google Doodle:

 

 

 

 

Para assinalar a data, a Google criou um Doodle alusivo a essa primeira fase da Web. Vemos um computador da época a descarregar lentamente o vídeo de um globo.

 

Desde então, refere a Google Doodle “a Web veio revolucionar a vida como a conhecemos”. Seria difícil imaginar como esta seria hoje sem a sua invenção.

 

Em breve a Web/ WWW viria a revolucionar a vida como a conhecemos, impulsionando a era da informação. É assim que hoje sabemos tudo o que se passa no mundo à distância de um clic ou touch.

 

A web tornou-se uma praça pública, uma biblioteca, um consultório médico, uma loja, uma escola, um estúdio de design, um escritório, um cinema, um banco e muitas outras coisas.

 

 

web-30years2.jpg

 

 

Sir Tim Berners-Lee

autor: Não identificado

via AeC

 

"No 30º Aniversário da World Wide Web. o fundador e inventor da web Sir Tim Berners-Lee reflecte sobre como a web transformou o nosso mundo e o que temos que fazer para construir uma web melhor para servir a humanidade."

 

Partilhem esta nota usando #Web30 #PelaWeb

 

Hoje, estão online quase dois mil milhões de sites. Quer uses a Web para consultar as tuas redes sociais, enviar e receber e-mails das tuas professoras, para apoio aos trabalhos de casa, jogar videojogos - claro! - ver vídeos de Youtubers da tua preferência, é provável que não consigas imaginar a vida sem Internet! Verdade?

 

Ah! também, quem sabe? A tua escola tem a área curricular de Programação! Boa !

 

Actividades:

 

Dia livre de utilização da Web.

 

A Professora GSouto

 

12.03.2019

 

Licença Creative Commons

 

Dia Internacional da Mulher : A mulher no universo Marvel !

 

adolie-day-journee-femmes.jpg

 

 

Dia Internacional de Luta dos

Direitos da Mulher

crédits: Adolie Day

https://www.facebook.com/Adolie-Day-

 

Amanhã, dia 8 Março celebra-se o Dia Internacional da Mulher. E Google não poderia deixar de estar presente neste dia.

 

Da ciência à pintura, da astronomia à literatura. Do ensino à justiça, passando pelo desportoinvestigação ou repórter de guerra, Google tem homenageado muitas mulheres. 

 

Não há área em que a mulher não esteja hoje presente e se destaque pelas suas qualidades e feitos inegáveis. Daí o merecido destaque de Google.

 

 

 

 

Google Doodle Dia Internacional da Mulher 2019

https://www.google.com/doodles/

 

Google Doodle:

 

E Google publica um Doodle interactivo contendo trezes citações inspiradoras de mulheres do presente e passado que marcam a História.

 

Ao clicar ou tocar no botão "Play", o Doodle começa a exibir uma sequência de 13 slides com citações em várias línguas com ilustrações de mulheres de diferentes países.

Saber +

 

 Clara Zetkin, professora e jornalista alemã, é uma das referências históricas  da origem desta celebração.

 

 

clara-zetkin2.jpg

 

Clara Zetkin

http://www.taz.de/

 

Em 26 de Agosto de 1910, durante uma conferência internacional de mulheres socialistas realizada na Casa do Povo (Folket Hus), em Copenhaga, Clara Zetkin lançou a ideia de criar um Dia Internacional da Mulher.

 

Mas, apesar de grandes progressos, a igualdade de género está longe de ser atingida no campo da cultura, ciência e tecnologia e cargos na sociedade. Na educação há efectivamente uma equidade.

 

É na ficção, sobretudo no universo Marvel que a mulher atinge níveis de igualdade muito fortes. Ora vejamos:

 

marvel-heroina1.jpg

 

 

 Capitã Marvel/ Captain Marvel

 Anna Boden, Ryan Fleck, 2019

https://www.imdb.com/

 

Há, a nível da ficção, grandes avanços. Como é caso no universo da Marvel. As heroínas Marvel fazem-se notar cada vez mais.

 

Surge agora, Capitão Marvel. Capitã Marvel (Captain Marvel) marca a primeira vez que uma mulher lidera completamente um filme do universo cinematográfico Marvel.

 

Mas falemos de outras super-heroínas memoráveis que têm surgido no grande ecrã, saidas das páginas de BD Marvel

 

marvel-black-widow.jpg

 

 

Avengers/ Black Widow

Scarlett Johansson

créditos: Universo Marvel cinema

 

Sim, as super-heroínas têm marcado presença nos  filmes da Marvel. A mais popular de todas talvez, até agora, sempre de uniforme justo e movimentos acrobáticos, será Natasha Romanoff, a Viúva Negra (encarnada por Scarlett Johansson), que foi também a primeira a surgir, logo em Homem de Ferro 2.

 

 

marvel-utron.jpg

 

Wanda Maximoff/ Scarlet Witch

 Elizabeth Olsen

Avengers: Age of Ultron

Joss Whedon, 2015

https://www.imdb.com/

 

A todo-poderosa Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), com capacidades telepáticas e telequinéticas, deu nas vistas logo a seguir em Vingadores: A Era de Ultron e nunca mais deixou a equipa de heróis.

 

 

marvel-vespa.jpg

 

 

Vespa/ Evangeline Lilly

Homem Formiga

Peyton Reed, 2018

https://www.imdb.com/

 

E como ninguém deve ser avaliado pelo tamanho, a diminuta Vespa (Evangeline Lilly), após provar o que valia em Homem-Formiga, vestiu o uniforme que a torna todo-poderosa na respectiva sequela, conseguindo até partilhar o título e o protagonismo com o herói: Homem-Formiga e a Vespa.

 

 

Pepper Potts/ Gwyneth Paltrow

Iron Man 3

Shane Black, 2015

https://www.imdb.com/

 

Isto sem esquecer que Pepper Potts (Gwyneth Paltrow), presente desde o filme fundador Homem de Ferro, acabou por ganhar poderes especiais em Homem de Ferro 3. Há rumores que pode voltar em Vingadores: Endgame.

 

 

 

marvel-gamora.jpg

 

 

Gamora/ Zoe Saldanha

Guardiões da Galáxia

James Gunn, 2017

https://www.imdb.com/

 

 No espaço sideral, a letal Gamora (Zoe Saldana), é uma figura central nas aventuras dos Guardiões da Galáxia.

 

marvel-tessa1.jpg

 

 

Valquíria/ Tessa Thompson

Thor. Ragnarok

Taika Waititi, 2017

https://www.imdb.com/

 

Também não faltam poderes a Valquíria, a que Tessa Thompson dá vida em Thor: Ragnarok, e que consegue estar lado a lado com o herói titular. Também nos dois primeiros filmes Thor, surge a guerreira Sif (Jaimie Alexander), como uma das espadachins mais poderosas de Asgard.

 

marvel-sif.jpg

 

 

Thor. Ragnarok

Taika Waititi, 2017

https://www.imdb.com/

 

Voltemos então a Capitão Marvel, esta semana nos cinemas...

 

marvel-heroina2.jpg

 

 

 Capitã Marvel/ Captain Marvel

 Anna Boden, Ryan Fleck, 2019

https://www.imdb.com/

 

 Capitão/ Capitã Marvel! Carol Danvers (Brie Larson) é uma piloto da Força Aérea dos EUA que se transforma numa das heroínas mais poderosas da galáxia em Capitão Marvel (Captain Marvel). Estreia em todo o mundo esta semana. Em Portugal foi o dia 6 Março, antevéspera do Dia Internacional da Mulher.

 

 

marvel-heroina3a.jpg

 

 

 Capitã Marvel/ Captain Marvel

 Anna Boden, Ryan Fleck, 2019

https://www.imdb.com/

 

Protagonizado por uma mulher,  Brie Larson, á detentora de um Oscar. Este filme é marcado pela preponderância de mulheres no projecto atrás das câmaras, desde a co-realizadora Anna Boden (em parceria com Ryan Fleck) às argumentistas Geneva Robertson-Dworet e Jac Schaeffer e à autora da banda sonora Pinar Toprak. Bom! Coisa séria.

 

Mas há mais! Capitão Marvel/ Capitã Marvel já tem lugar no célebre Museu Madame Tussaud (Nova Iorque). No Dia Internacional da Mulher, Capitão/ Capitã Marvel passou a ser uma das figuras de cera do Museu Madame Tussauds colocadas em frente a marcos emblemáticos nos EUA.

 

marvel-brie-larson.jpg

 

Captain Marvel/ Capitã Marvel

https://www.madametussauds.com/

 

Se está em Nova York, ou passa por lá brevemente, não esqueça! Vá admirar a mais recente superstar da Marvel Studios, Captain Marvel.

 

Actividades:

 

O Dia da Mulher deve empenhar-nos na luta pela igualdade dos direitos da mulher. E é na escola que professores e alunos devem começar a sentir a importância desses direitos.

 

Há também que dinamizar as raparigas para o seu futuro desempenho nos campos da ciência e tecnologia. No entanto, Portugal é o país da União Europeia com maior número de mulheres na investigação. Só pode encher-nos de orgulho.

 

  • Debate com alunos sobre o papel preponderante das mulheres na sociedade actual. 

 

  • Doodle: leitura e debate das diferentes citações de mulheres que podem tornar-se um exemplo a seguir. Aprofundar o conhecimento sobre essas mulheres num exercício brainig storm.

 

  • Estudo das personagens femininas no universo Marvel, seguido da leitura de alguns albuns de banda desenhada.

 

  • Programar uma visita estudo: Capitão/ Capitã Marvel no cinema com diferentes turmas, na temática texto narrativo BD.

 

 

A Professora GSouto

 

7. 03.2019

 

 Licença Creative Commons

 

 

Calouste Gulbenkian 150 anos : Concurso alunos Ensino Secundário

 

 

calouste1.png

 

Concurso Quem é Calouste Gulbenkian?

https://gulbenkian.pt/

 

Fundação Calouste Gulbenkian lançou o Concurso Quem é Calouste Gulbenkian? para comemorar 150 anos  do nascimento de Calouste Sarkis Gulbenkian.

 

Na comemoração dos 150 anos do nascimento de Calouste Sarkis Gulbenkian, a Fundação
Calouste Gulbenkian lançou concurso “Quem é Calouste?” 

 

 

calouste2.jpg

 

 

Calouste Gulbenkian, sentado num banco de jardim, Lisboa

créditos: Fundação Calouste Gulbenkian

https://gulbenkian.pt/

 

 

Objectivo:

 

Dar a conhecer junto dos jovens a figura do seu fundador. Os s jovens de todo o país entre os 15 e os 25 anos de idade foram convidados a apresentar, através de manifestações artísticas, as suas interpretações das diferentes fases da vida de Calouste Sarkis Gulbenkian.

 

 

 

 

Concurso Quem é Calouste Gulbenkian?

https://gulbenkian.pt/

 

Aberto a jovens entre 15 e 25 anos a viver em Portugal, e inscritos no Ensino Secundário. A submissão dos trabalhos online terminaram a 24 Fevereiro 2019.

 

 

 

 

Música

https://gulbenkian.pt/

 

Modalidades: 

 

Música, Artes Visuais, Texto e Filme.

 

 

 

 

Filme

 https://gulbenkian.pt/

 

Prémios:

 

Há 24 prémios a entregar aos melhores trabalhos, individuais ou de grupo, em quatro categorias: Música, Artes Visuais, Texto e Filme.

 

 

 

 

Concurso Quem é Calouste Gulbenkian?

https://gulbenkian.pt/

 

Júri selecionará os melhores 24 trabalhos:

 

  • 3 por cada uma das quatro categorias (Música, Artes Visuais, Texto ou Filme), em cada um dos escalões etários (15-18 e 19-25).

 

  • Cada trabalho vencedor receberá um prémio. No grupo 15-18, a escola onde cada um dos jovens distinguidos está inscrito também será premiada.

 

 

 

 Texto

https://gulbenkian.pt/

 

Divulgação Resultados:

 


  • Até ao dia 15 de Março de 2019, os finalistas de cada categoria serão contactados por telefone e/ou e-mail.

 


  • Os vencedores serão conhecidos durante um evento que terá lugar na Fundação Calouste
    Gulbenkian no dia 23 de Março de 2019.

 

Nota: A relação de trabalhos contemplados será divulgada no site do Concurso Gulbenkian.

 

Vamos aguardar para conhecer os vencedores que serão então aqui divulgados.

 

A Professora GSouto

 

01.03.2019

 

Licença Creative Commons