Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Escolas : Winnie the Pooh : conheces a verdadeira história ? Recursos

 

 

winnie-the-pooh8a.jpeg

 

 

illustração 'For a long time they looked at the river beneath them'

capítulo 6 do livro 'The House At Pooh Corner'

AA Milne, 1926

https://www.bbc.co.uk/

 

A ilustração 'For a long time they looked at the river beneath them' faz parte do capítulo VI intitulado 'Pooh invents a new game and Eeyore joins in' do livro 'The House At Pooh Corner' do escritor AA Milne,  publicado em 1928. Foi leiloada em 2014.

 

Talvez não saibas que Winnie the Pooh também já completou 90 anos! Mas já foi em 2016. 

 

 

winnie-the-pooh5.jpg

 

 

Winnie

true Story of the Bear who

Inspired Winnie-the-Pooh

Sally M. Walker

illustration: Jonathan D. Voss

https://www.amazon.com.mx/

 

Sabias que Winnie the Pooh foi inspirado numa ursa? Pois é! A revelação é feita por Lindsay Mattick, autora do livro ‘Finding Winnie: The True Story of the World’s Most Famous Bear’ publicado em 2015. Não há publicação traduzida em Portugal. Apenas no Brasil.

 

 

winnie-the-pooh1.jpg

 

 

Finding Winnie: The True Story of the World’s Most Famous Bear

Lindsay Mattick

illustration: Sophie Blackall

https://www.amazon.com/

 

Na obra, a escritora canadiana conta a história do seu bisavô, Harry Colebourn, um veterano da Primeira Grande Guerra que decidiu ir viver para Londres para tratar de cavalos do exército.

 

Quando ia apanhar o comboio, Harry viu uma pequena ursa presa a um poste. O homem decidiu salvá-la, levá-la para Inglaterra e dar-lhe o nome Winnie, o diminutivo de Winnipeg, a sua terra natal no Canadá.

 

 

winnie-the-pooh4.jpg

 

 

Harry Colebourn & real Winnie bear

créditos: Library and Archives Canada

https://en.wikipedia.org/

 

Harry manteve Winnie a ser lado até partir para França. Sabendo que a ursa não podia viajar com ele, o homem decidiu entregar Winnie ao jardim zoológico de Londres.

 

Apesar de Colebourn ter deixado a ursa para trás, Winnie esteve muito pouco tempo sozinha. Um menino chamado Christopher Robin ia várias vezes ao zoo visitá-la. Gostava tanto do animal que até decidiu mudar o nome do seu urso de peluche de Edward para Winnie.

 

 

winnie-the-pooh3a.jpg

 

 

 AA Milne/ Christopher Robin & Pooh Bear, 1926

créditos: Alamy

https://www.theguardian.com/books/

 

Quem era o pai de Christopher Robin? O escritor A. A. Milne, autor das histórias que se ‘vividas’ no Bosque dos 100 Acres por Winnie the Pooh, Piglet e os seus amigos. 

 

 

winnie-the-pooh7.jpg

 

 

Harry Colebourn & a ursa Winnie

Winnie-the-Bear statue in Assiniboine Park Zoo

 Winnipeg, Manitoba, Canada

https://en.wikipedia.org/wiki/

 

No Canadá existe mesmo a estátua em tamanho real de Harry Colebourn e a ursa Winnie no Park Zoo Winnipeg.

 

Em Agosto 2018, segundo um jornal inglês, ficamos a saber que os fãs de Winnie the Pooh podem explorar os locais reais que inspiraram as histórias de A.A. Milne. Wow!

 

Milne começou a escrever livros infantis depois de ver o filho, Christopher Robin, a brincar na floresta perto da sua casa de campo em Ashdown Forest, em East Sussex, Inglaterra.

 

 

winnie-the-pooh-film1.jpg

 

 

Ashdown Forest, East Sussex, Inglaterra

Goodbye Christopher Robin

Simon Curtis, 2017

https://www.imdb.com/

 

Para aqueles que querem participar na aventura, o jornalista recomenda caminhar a partir da aldeia de Nutley.

 

Os locais nessa área que inspiraram lugares dos livros incluem o Bosque dos Quinhentos Acres (conhecido como o Bosque dos Cem Acres no mundo de Pooh) e o Gill’s Lap (conhecido como Galleon’s Lap nas histórias).

 

 

 

 

Ir + longe:

 

Em 2017 o filme Goodbye Christopher Robin, foi baseado na relação do escritor AA Milne e seu filho, Christopher Robin, e como tudo isso se tornou inspiração para Wnnie the Pooh.

 

Goodbye Christopher Robin é um filme baseado na verdadeira história do escritor que criou o Winnie the Pooh, um dos mais apreciados contos infantis.

 

 

winnie-the-pooh-film.jpg

 

 

Goodbye Christopher Robin

Simon Curtis, 2017

https://www.imdb.com/

 

Sinopse:


O filme tem lugar depois da 1ª Guerra Mundial e acompanha a vida de A.A. Milne e do seu filho, enquanto criam o mundo encantado do Winnie the Pooh, que ajudou a afastar a tristeza do pós-guerra.

 

Não sei passou em Portugal. Quem sabe poderás descobrir?

 

Actividades:

 

“A day without a friend is like a pot without a single drop of honey left inside.”


Winnie-the-Pooh

 

  • Ver o vídeo do filme em sala de aula e explorar com apoio de fichas pedagógicas;

 

  • Ler citações dos livros de Winnie the Pooh (Inglês) aqui e soliciar aos alunos a tradução em Português.

 

  • Seleccionar as melhores traduções e fazer um Jornal de Parede.

 

A Professora GSouto

 

29.01.2019

 

Licença Creative Commons

 

Top posts mais lidos 2018 : semestre #2

 

 

mindfulness3.jpg

 

 

Mindfulness

crédito: Autor não identifcado

 

Continuando a retrospectiva do ano 2018, desta vez semestre #2. Tal como já fiz em anos anteriores, 2015 e 2016, 2017, partilho então o Top dos posts mais lidos de 2018 #semestre2 de BlogdosCaloiros.

 

BlogdosCaloiros que teve como objectivo, ao ser criado, introduzir as tecnologias nos currículos escolares de Língua Portuguesa e apoiar, como recurso educativo digital, as competências e aprendizagens de 2005 (ano em que foi criado) e 2009 (ano em que me retirei do ensino presencial). O BlogdosCaloiros (assim denominado porque os alunos eram caloiros naquela escola) contou com participação activa de muitos alunos ao longo desses anos.

 

Os conteúdos contemplam vários temas: literatura, ciência, língua portuguesa, matemática, ambiente, livros, filmes, jogos, cultura, cidadania, e recursos educativos digitais na sua maiora para apoio do ensino e aprendizagem da Língua Portuguesa.

 

 

hugcartoon-huffpost.jpg

 

 

créditos: Autor não identificado

via Google Images

 

Dia Internacional da Rapariga : Uma nova geração de raparigas preparadas !

Mickey Mouse : 90 anos ? História & recursos do mítico rato !

Parques temáticos da Disney ? Google Street View ? Wow ! E não só !

Tailândia : Resgate grupo de jovens e tutor, presos numa gruta, sobrevivem graças à meditação

Louisa-May Alcott : Mulherzinhas, 150 Anos !

Visitas de Estudo : O Que de Verdade Importa, um filme solidário

Pausa Férias : História do Rock ? Um livro para filhos e pais !

Mês da Biblioteca Escolar : Eu amo a biblioteca escolar ! Actividades

Dia Mundial dos Professores : Direito à Qualificação dos Professores

Escolas : Dia Internacional da Música : Selos comemorativos, recursos

Livros : Oceanos & Plástico ? Vamos ser activos ? Como fazer ?

Actividades Halloween : Jogos & filmes

Fábulas Recortadas ? Uma nova colecção a conhecer pelos mais novos !

 

 

 

o-que-de-verdade-importa-poster-pt.jpg

 

 

O Que de Verdade Importa/ The Healer

Paco Arango, 2017

 https://www.imdb.com/

 

O meu crush do semestre #2 ? Visitas de Estudo : O Que de Verdade Importa, um filme solidário. Por que razão?  Porque o cancro é uma doença que atinge cada vez mais crianças e adolescentes.

 

O Que de Verdade Importa, tradução de The Healer, realizado por Paco Arango, esteve nas salas de cinema portuguesas durante o mês de Setembro 2018, e suponho que Outubro também.

 

Um filme solidário que contribuiu para apoiar milhares de crianças com cancro nos países onde oi exibido, através da colaboração com diferentes ONG’s.

 

 

 

 

Uma causa pessoal, a do cineasta espanhol Paco Arango, que apoia pacientes infanto-juvenis com cancro através de sua Fundação Aladina.

 

Dedicado ao actor Paul Newman que também tinha uma organização de auxílio à crianças vítimas desta doença,  The Hole in the Wall Gang Camp, fundada em 1988.

 

O campo onde "todas as crianças, independemente da sua doença, poderia experienciar o espírito da transformação e a amizade que andam de mãos dadas no campus".

 

 

 

O realizador Paco Arango faz voluntariado junto de crianças com cancro e os lucros mundiais do filme revertem a favor de instituições que apoiam quem sofre de cancro, sobretudo crianças e adolescentes. Potenciar e dar tempo de vida a estes jovens doentes, pensar que a humanidade é uma familia e deixar o mundo um pouco melhor do que o encontramos,é o seu objectivo.

 

 

o-que-de-verdade-importa1.jpg

 

 

O Que de Verdade Importa/ The Healer

Paco Arango, 2017

 https://www.imdb.com/

 

Milhões de espectadores assistiram ao filme em Espanha, México, Colômbia, Brasil, Costa Rica, El Salvador, Panamá e Guatemala. 
 
 
Em Portugal, embora se mamtivesse basatante tempo em salas comerciais, não obteve talvez, pr falta de maior divulgação, ou até informação direccionada para as escolas. 
 
 
As receitas do produtor reverteram para a nova Unidade de Transplante de Medula do IPO de Lisboa.  Foi o primeiro filme 100% positivo e solidário. 
 
 
 
 

o-que-de-verdade-importa2.jpg

 

 

O Que de Verdade Importa/ The Healer

Paco Arango, 2017

 https://www.imdb.com/

 

 
Actividades:
 
 
 
As escolas, através das suas mediatecas escolares, poderão adquirir este filme em DVD para ser exibido em sessões de sensiblização dos estudantes para esta doença que muitas vezes atinge seus amigos ou familiares.
 
 
Uma aprendizagem de vida, para além de um acto de solidariedade, dado que professores, alunos e comunidade escolar poderão angariar fundos que entregarão ao IPO do Porto ou Lisboa.
 
 

Que 2018 continue a ser um excelente ano para alunos e professores. E todos aqueles que têm a paixão de ensinar e que vêem nos seus alunos, espíritos criativos. Preparar os alunos para o futuro multidisciplinar deve ser uma das funções-chave de todos os professores e das escolas.

 

Para os estudantes que visitam BlogdosCaloiros, excelentes resultados académicos. E não esquecem! Sejam solidários. Abracem uma causa.

 

Bom Ano 2018!

 

A Professora GSouto

 

18.01.2018

 

Licença Creative Commons

 

* Fonte: crédito vídeo 2 Fundación Aladina

Banda Desenhada : Ei ! Popeye fez 90 ! Histórias & Recursos

 

popeye_90.jpg

 

 

Popeye

créditos: Elton Pon/ Devian Art

https://www.deviantart.com/eltonpot/

 

E depois de Mickey Mouse, 18 Novembro 2018, Tintin, 10 Janeiro 2019, terem celebrado 90 anos, é a vez de Popeye, o marinheiro, completar 90 anos de vida. No entanto, o retrato que o imaginário colectivo guarda dele, não podia estar mais distante da personagem que lhe deu origem. 

 

 

popeyed.png

 

 

E.C. Segar 

Autor não identificado: Mystery Picture

http://comicskingdom.com/blog/

 

Quando o cartoonista norte-americano Elzie Crisler Segar criou Popeye em 1929, não imaginava que o marinheiro que comia espinafres iria ser um sucesso por nove décadas.

 

 

 

 

Popeye/ Classic Comics

E.C. Segar

https://www.idwpublishing.com/

 

Antes do marinheiro aparecer, o enredo era focado na família Oyl (Palito, na versão portuguesa), que existia desde 1919. Só mais de uma década depois é que Popeye fez a sua primeira aparição.

 

 

popeye90a.jpg

 

 

The Thimble Theatre

E.C. Segar

 

Apareceu pela primeira vez a 17 de Janeiro de 1929, numa tira de banda desenhada intitulada "The Thimble Theatre" (Teatro em Miniatura). Criado por Elzie Crisler Segar, Popeye tornou-se mais popular em Portugal pelas adaptações em animação do que pela sua origem, a banda desenhada.

 

 

 

 

A Animação clássica foi produzida a partir de 1933, primeiro pela Fleischer Studios (que encerrou em 1942), e depois pela Famous Studios para a Paramout Pictures,até 1957.

 

Dada a sua aparência, nada faria esperar que o marinheiro zarolho, careca, de corpo deformado, baixo e pouco inteligente viesse a tornar-se um herói mundial. Mas foi o que aconteceu a Popeye, que logo na sua primeira aparição revelava a sua forma desconcertante de estar na vida.

 

 

popeye90.jpg

 

 

créditos: Autor não identificado

via Google images

 

Saber +

 

A galeria de personagens alargou-se com a chegada do pai, Poopedeck Pappy, o estranho animal Eugene the Jeep, a malévola Sea Hag (Bruxa do Mar), o sonhador devorador de hambúrgueres, Wimpy, ou o brutamontes Blutus. E Olívia Palito! Pois, como já leram mais acima, Olívia Palito é mai velha! Celebrará 100 anos em Dezembro 2019

 

 

popeye90b.jpg

 

 

Popeye & Firiends

https://www.fnac.pt/

 

Juntamente com o marinheiro, que na altura tinha força sobre-humana e era resistente a tiros e a todo o tipo de violência física, deram corpo a narrativas cada vez mais surreais, até à morte de Segar, vítima de leucemia, em 1938.

 

doodle-popeye2009.jpg

 

Google Doodle 115º Aniversário de E.C. Segar

https://www.google.com/doodles/

 

Doodle:

 

Google celebrou Popeye com um Doodle em 8 Janeiro 2009, ao homenagear o 115º aniversário de E.C. Segar ( o autor).

 

Curiosidades:

 

Popeye nasceu como marinheiro, que fica forte sempre que come espinafres. Com duas tatuagens de âncoras nos dois braços e o cachimbo na boca, conquistou o coração de Olivia Palito, disputado também por Brutus.

 

O caso de amor entre as duas personagens começou a 27 de Agosto, quando Olívia, por engano, beijou Popeye na bocheca. O que quase ninguém sabe é que a famosa namorada do marinheiro tinha outro namorado antes da chegada de Popeye, que se chamava Ham Gravy.

 

Em Portugal, no que à BD diz respeito, o marinheiro nunca gozou da mesma popularidade que teve no seu país de origem, mas a verdade é que se estreou logo em 1939, em "O Pirilau".

 

Na maioria das publicações limitou-se a aparições breves, em dezenas de revistas, embora entre elas se contem títulos de referência como o "Mundo de Aventuras", o "Condor Popular" ou o "Jornal do Cuto".

 

 

popeyef.jpg

 

 

Popeye, o Marinheiro

nº 32

E.C.Segar

Aguiar & Dias / Agência Portuguesa de Revistas, 1982

via Coisas/ compras 2ª mão

 

Teve igualmente direito a duas compilações de histórias de Segar (em 1973 e em 2004) e mesmo a uma publicação com o seu nome, editada pela Agência Portuguesa de Revistas em 1980, que durou algumas dezenas de números.

 

Ir + longe:

 

 

Popeye

Robert Altman, 1980

https://www.imdb.com/

 

Houve uma adaptação cinematográfica Popeye (imagem real) 1980, protagonizada por Robin Williams no papel do marinheiro e Shelley Duvall como Olivia Palito. 

 

Depois do filme, a Paramount Pictures e a Walt Disney Company decidiram retirar o cenário da baía Anchor ( Malta), mas a pedido de vários habitantes, a pequena cidade construída para a rodagem foi edificada de novo, dando origem ao Popeye Village Fun Park, um parque temático que se tornou um museu a céu aberto.

 

 

 

 

No canal Youtube Popeye And Friends Official, surgiu uma nova versão do conhecido marinheiro. O primeiro episódio de "Popeye's Island Adventures" estreou no mês passado e traz a personagem numa versão mais jovem e com várias alterações significativas. No lugar do cachimbo, Popeye aparece de apito e até é dono de uma plantação de espinafres.

 

Em resposta à pergunta "É um marinheiro?", disparava esta curiosa resposta: "Penso que sou um cowboy!", mais tarde substituída pela carismática: "Eu sou o que sou!"

 

Mas a verdade é que a adesão dos leitores foi imediata. E logo em 1931, o seu nome passou a aparecer no cabeçalho: "The Thimble Theatre Starring Popeye".

 

 

 

 

Actividades:

 

  • A explorar os vários recursos em papel, digital, e site oficial (língua inglesa);

 

Ensino Primário / Ensino Básico (2º ciclo)

 

A Professora GSouto

 

17 Janeiro 2019

 

Licença Creative Commons

Top posts mais lidos 2018 : semestre #1

 

 

tintin-90b.jpg

 

 

Tintim faz 90 anos

https://tintinomania.com/

 

Wow! Nada melhor do que começar o Novo Ano com o 90º Aniversário de Tintim! Festejámos no BlogdoCaloiros, os 80 Anos de Tintim (2009, e no BlogSkidz o 87º Aniversário de Tintin (2016), lembram? 

 

Noventa anos depois da sua primeira aparição, leitores de todas as idades continuam a ler as aventuras de Tintim.

 

Neste dia, 10 Janeiro de 1929, Tintim entra num comboio com destino a Moscovo. Era a primeira aventura do agora mundialmente famoso repórter, publicada pela primeira vez no Le Petit Vingtième, suplemento semanal do jornal belga Le Vingtième Siècle.

 

 

 

 

E agora, voltemos à retrospectiva do ano 2018! Recursos educativos digitais que serviram de apoio a muitos jovens professores, a alunos ensino básico (6º ao 9º anos), bem como a alunos do ensino secundário.

 

Tal como já fiz em anos anteriores, 2015, 2016, e 2017, partilho então o Top dos posts mais lidos de 2018, #Semestre1 de BlogdosCaloiros.

 

O BlogdosCaloiros teve como objectivo, ao ser criado, introduzir as tecnologias nos currículos escolares de Língua Portuguesa e apoiar, como recurso educativo digital, as competências e aprendizagens de 2005 (ano em que foi criado) e 2009 (ano em que me retirei do ensino presencial). O BlogdosCaloiros (assim denominado porque a primeira geração de alunos que coeditou comigo, eram caloiros naquela escola). Contou depois com participação activa de muitos outros alunos ao longo dos anos.

 

 

blog1.jpg

 

 

imagem via Google 

Autor não identificado

 

Propostas de actividades de enriquecimento curricular mais informal que passou pela introdução das ICT nos currículos escolares, numa altura que nem se falava disso, nem computadores existian nas escolas. Foi um dos primeiros blogs educativos em Portugal.

 

A partir de 2010, tem continuado esse objectivo pedagógico, mas agora mais destinado a apoiar os leitores que pretendam alargar conhecimentos, jovens professores que buscam diferentes recursos para introduzir nas suas aulas, estudantes curiosos que gostam de aprender mais.

 

Os conteúdos contemplam vários temas: literatura, ciência, língua portuguesa, história, ambiente, livros, filmes, bullying, jogos, cultura, cidadania, desporto, saúde e bem estar, ciência, e recursos educativos digitais na sua maiora para apoio do ensino e aprendizagem da Língua Portuguesa.

 

Top dos posts du 1º semestre 2018 :

 

Dia Intl Memória do Holocausto : Recursos : Diário Anne Frank, diferentes versões

Prof. Stephen Hawing : Olhando as estrelas !

Dia Mundial da Poesia & Equinócio da Primavera ? Celebremos !

Noite dos Livros Harry Potter : Monstros Fantásticos ! Recursos & actividades

Escolas : Dia Intl da Não Violência e da Paz nas Escolas : recursos 

Ilustradores Portugueses na Feira Bologna 2018 : Propostas de leitura !

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios : Ano Cultural Europeu 2018 

Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang 2018 : Portugal está presente ! 

Dia Mundial do Cancro : Nós Podemos, Eu Posso !

Pausa Páscoa : Férias com livros & actividades !

Dia Internacional da Mulher... com histórias !

Chegou o Verão ! No Dia Intl do Yoga ! Livros

Dia Internacional da Dança : A celebrar nas escolas ! 

Escolas : Miúdos a Votos : Quais os livros mais fixes ? Os Vencedores ! 

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor : Ler é meu direito ! Sugestões

Pausas Estudo para Exames ? Jogo dos Gnomos !

Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz

Dia do Autor Português : Desdicionário de Língua Portuguesa ?

Dia Mundial da Asma : Vitinho está de volta & sugestões leitura 

Campeonato do Mundo de Futebol : Portugal

 

 

stephen-hawking6.jpg

 


Stephen Hawking

créditos: NASA/ Paul Alers

https://www.nasa.gov/

 

Post preferido do semestre #1 ? Prof. Stephen Hawing : Olhando as estrelas ! E por que razão ? Pela coragem com que enfrentou uma doença degenerativa que, de forma progressiva, lhe paralisou os músculos. Foi-lhe detectada aos 21 anos. Apesar disso, licenciou-se em  Física (1962, na University College, Oxford.

 

Doutorou-se em Cosmologia, foi professor lucasiano emérito na Universidade de Cambridge, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

 

 

stephen-hawking5.jpg

 

 

Stephen Hawking

créditos: David L. Ryan / The Boston Globe / Getty Images

https://www.newyorker.com/tech/

 

Prof. Stephen Hawking, físico britânico que revolucionou a forma como olhamos o Universo. Todos nós passamos a olhar o Universo como algo de maravilhoso e com tantos mistérios para descobrir na área da ciência.

 

 

stephen-hawking-livro1.jpg

 

 

Breve História do Tempo

Stephen Hawking

edições Gradiva

https://www.fnac.pt/

 

A Breve História do Tempo conduziu habilmente os não-cientistas de todo o mundo na busca contínua dos segredos escondidos no coração do tempo e do espaço. Esta edição mostra claramente o motivo pelo qual o eloquente clássico do professor Hawking transformou a nossa visão do universo. 

 

Breve Hsitória do Tempo de Stephen Hawking foi publicado em 1988. Tornou-se uma referência incontornável da divulgação científica, com mais de 9 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

 

Nota: Livro recomendado pelo PNL para o Ensino Secundário.

 

Que o ano 2019 seja de muito sucesso para todos aqueles que têm a paixão de ensinar e que vêem nos seus alunos, espíritos criativos. Preparar os alunos para um futuro multidisciplinar deve ser uma das funções-chave de todos os professores e das escolas.

 

Para os estudantes que visitam BlogdosCaloiros, excelentes resultados académicos.

 

Bom Ano 2019!

 

"Este não seria um grande universo se não fosse a casa das pessoas que amamos"

 

Stephen Hawking

 

A Professora GSouto

 

10.01.2019

 

Licença Creative Commons