Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Livros : Oceanos & Plástico ? Vamos ser activos ? Como fazer ?

livro-plasticus-maritimus1.jpg

 

 

Plasticus Maritumus

Uma Espécie Invasora

Ana Pêgo

ilustração : Bernardo P.Carvalho/  Isabel Minhós Martins

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

A cada hora que passa, mil toneladas de plástico vão parar aos oceanos. 
O equivalente a um camião cheio de plástico, por minuto!
Já é tempo de fazermos alguma coisa.

in Planeta Tangerina

 

É uma 'espécie exótica e invasora' que se encontra em todos os mares e zonas costeiras do mundo. Pode apresentar-se sob uma grande variedade de formas e em todas as cores, incluindo a transparente ou mesmo “invisível”.

 

Em geral, desloca-se fácil e rapidamente, em função dos ventos e correntes. Tem grande facilidade de se adaptar a todos os ecossistemas.

 

Nome científico? Plasticus maritimus, uma designação inventada pela bióloga Ana Pêgo - e agora em livro - que nos últimos quatro anos tem feito questão de publicitar para falar do problema do plástico nos oceanos.

 

 

livro-plasticus-maritimus4.jpg

 

Plasticus Maritumus

Uma Espécie Invasora

Ana Pêgo

ilustração : Bernardo P.Carvalho/  Isabel Minhós Martins

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

Saber +
 
 

Quando era pequena, a bióloga Ana Pêgo não brincava no quintal, mas quase sempre na praia. Fazia passeios, observava as poças de maré e coleccionava fósseis.

 

À medida que foi crescendo, apercebeu-se, porém, de que uma nova espécie invasora se tornava cada vez mais comum na areia: o plástico.

 

 

livro-plasticus-maritimus3.jpg

 

Plasticus Maritumus

Uma Espécie Invasora

Ana Pêgo

ilustração : Bernardo P.Carvalho/  Isabel Minhós Martins

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

 

Ir + longe:

 

“O meu objectivo é chegar ao máximo de pessoas. Essa tem sido a minha arma de combate: informar”,

 

Ana Pêgo

 

Para melhor alertar para as suas consequências na vida do planeta, Ana decidiu coleccionar e dar um nome a esta espécie. Chamou-lhe Plasticus maritimus, e desde então nunca mais parou, iniciando um projecto de sensibilização para um uso mais sensato dos plásticos. 

 

Inspirado nesse projecto, o livro contém informação sobre a relação entre o plástico e os oceanos.

 

Inclui também um guia para preparar idas à praia, com o objectivo de coleccionar e analisar exemplares desta espécie.

 

livro-plasticus-maritimus5.jpg

 

Plasticus Maritumus

Uma Espécie Invasora

Ana Pêgo

ilustração : Bernardo P.Carvalho/  Isabel Minhós Martins

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

 

Objectivo: Motivar para a mudança.

 

Sensibilizar para um uso mais sensato dos plásticos (metade usados apenas uma vez), formar activistas, levar à mudança.

 

“Acho que se as pessoas forem informadas sobre o impacto dos nossos hábitos diários, se souberem que as largadas de balões e os cotonetes que atiram para a sanita vão parar ao mar, vão querer fazer alguma coisa. Não podemos continuar à espera que os outros resolvam os assuntos. Temos de ser activos.”

 

A paixão pelo mar veio-lhe dos tempos de criança quando morava a 200 metros da Praia das Avencas, “o quintal mais incrível que alguém podia ter”.

 

Adora baleias e esta é, resume, a sua forma de as salvar.

 

“O meu objectivo é chegar ao máximo de pessoas. Essa tem sido a minha arma de combate: informar”,

 

Ana Pêgo, bióloga

 

 

livro-plasticus-maritimus6.jpg

 

 

Plasticus Maritumus

Uma Espécie Invasora

Ana Pêgo

ilustração : Bernardo P.Carvalho/  Isabel Minhós Martins

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

 

O o espírito do livro é dar sugestões concretas, descomplicar o que é complicado e tornar um dos maiores problemas e desafios do nosso planeta acessível a uma criança de oito anos.

 

Explica o que é o plástico, com direito a uma “pequena aula de Físico-Química” que mostra como se fabrica e por que é um material tão especial e duradouro, podendo ficar dezenas, centenas de anos no Meio Ambiente.

 

É por isso também que depois dos números assustadores - “todos os anos, cerca de oito milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos, o que equivale a serem despejados no mar, a cada hora que passa, cerca de mil toneladas de plástico, um camião cheio por minuto” - se mostram alternativas e bons exemplos que já estão a ser seguidos noutros países. A França já aprovou uma lei para banir a louça descartável de plástico até 2020.

 

Dá ainda sugestões de hábitos a implementar no dia-a-dia: como lidar com a atitude dos outros se estranharem quando recusamos coisas que não são essenciais, ou mandarmos arranjar objectos que se estragam em vez de ir logo comprar outros.

 

 

livro-plasticus-maritimus2.jpg

 

Plasticus Maritumus

Uma Espécie Invasora

Ana Pêgo

ilustração : Bernardo P.Carvalho/  Isabel Minhós Martins

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

 

Actividades: Saídas para limpar praias

 

A desenvolver em projecto transcurricular: Línguas; Ciências Natureza; Educação Física; Educação Visual; Educação Cívica.

 

No seu guia de campo, e como uma verdadeira especialista à procura de uma determinada espécie no seu habitat natural, ensina a preparar uma saída para limpar as praias do Plasticus maritimus:

 

  • Equipamento a levar;
  • Cuidados a ter;
  • Melhores locais e épocas. 

 

Para além de bióloga marinha, Ana Pêgo assume-se como beachcomber, isto é, alguém que não se limita a recolher lixo nas praias mas que coleciona e se interessa pela origem e a história dos objetos que encontra.

 

Já apanhou 133 palhinhas na mesma praia e 253 tampas de garrafas em 20 minutos, num passeio no Cabo Raso E tem colecções de pentes, peças de Lego, rodas, isqueiros, escovas de dentes ou embalagens de soro (todas incluídas no livro).

 

A Professora GSouto

 

28.11.2018

 

Licença Creative Commons

 

fontes: Planeta Tangerina/ Observador-Literatura Infantil

 

Mickey Mouse : 90 anos ? História & recursos do mítico rato !

 

mickey-mouse90.jpg

 

Mickey Mouse  1928 - 2018

via eBay

https://www.ebay.com/

 

Mickey Mouse faz 90 anos? Imagine-se! O primeiro filme de animação protagonizado pelo Mickey, o rato mais famoso do mundo chegou às salas de cinema a 18 de Novembro de 1928. Noventa anos depois, Mickey Mouse é um ícone da cultura pop.

 

É possível? Há 90 anos, nascia a personagem de animação com mais sucesso em todo o mundo. Mickey Mouse. Walt Disney e Ub Iwerks, os seus criadores, quiseram que o ícone do estúdio de animação fosse esse divertido rato.

 

 

mickey-mouse90b1.jpg

 

 

Mickey Mouse

Steamboat Willie, 1928

 

Em 1928, chegou a preto e branco.E mudo. Foi sofrendo transformações e a ele se juntou um  grupo de amigos. 

 

Nove décadas depois, o rato mais famoso do mundo já não é só uma personagem infantil. É mesmo um ícone cultural e um símbolo mundial.

 

 

 

 

Saber +

 

Produzida pela Walt Disney na Primavera de 1928, a personagem animada fez a sua primeira aparição no filme Steamboat Willie, uma curta-metragem de animação com menos de oito minutos, realizada por Ub Iwerks e pelo próprio Walt Disney.

 

Mais do que a estreia oficial de Mickey e da sua namorada, Minnie, o filme foi também a primeira animação com som sincronizado produzida pelos estúdios.

 

 

mickeymouse90c.jpg

 

 

Mickey Mouse & Minnie

Disney Channel

 

Ir + longe:

 

Mas a história do Mickey começa meses antes. Embora tenha chegado ao grande público através do filme de Novembro de 1928 — para todos os efeitos, a sua estreia oficial — o famoso rato já tinha protagonizado uma outra curta-metragem, em Maio desse mesmo ano. 

 

 

 

 

Plane Crazy, um filme de animação mudo com seis minutos. Minnie já aparecia no papel de coprotagonista. A curta animação chegou a ser apresentada em sala de cinema, mas não despertou o interesse de nenhum distribuidor.

 

 

mickeymouse90d.jpeg

 

 

Walt Disney

Disney Channel

http://time.com/

 

Walt Disney terá canalizado a sua frustração na produção de uma segunda curta-metragem, The Gallopin’ Gaucho. Também mudo, o filme foi finalizado em Agosto de 1928. Não conseguiu distribuidor, acabando por ser relançado numa versão sonorizada, já depois de Steamboat Willie. O mesmo aconteceu com Plane Crazy, que em Março de 1929, chegou ao grande ecrã já com som.

 

 

mickeymouse90f.jpg

 

 

Walt Disney: envelope da empresa com o auto-retrato de Walt Disney, 1921

https://en.wikipedia.org/

 

Em todos eles, Walt Disney deu voz a ambas as personagens.

 

Provavelmente, sem Oswald não haveria Mickey. As personagens com figura de animais estavam claramente na moda. Felix the Cat aparecera em 1919 e Krazy Kat, do cartoonista George Herriman, começara a aparecer nas páginas dos jornais em 1913.

 

 

mickeymouse90e2.jpg

 

Oswald the Lucky Rabbit

in Trolley Troubles

credits : Walt Disney productions

https://en.wikipedia.org/

 

Mais gatos? Não! Desenhado por Walt Disney e por Ub Iwerks, Oswald the Lucky Rabbit apareceu pela primeira em setembro de 1927 e ficou para a história como a primeira personagem animada do Walt Disney Studio. As semelhanças são flagrantes. Oswald e Mickey são praticamente iguais, só muda a forma das orelhas.

 

O sucesso foi imediato, logo com a banda desenhada de estreia, com o título Trolley Troubles.

 

Depois de alguns problemas tentativa de colaboração com o seu distribuidor, Charles Mintz, foi relançada pelos Universal Studios, que inicialmente haviam encomendado Oswald à dupla de criativos. Foi no esforço de substituir o famoso coelho que Disney e Iwerks criaram Mickey nesse mesmo ano (1928).

 

 

 

 

Mickey Mouse

personagem animada

créditos: Luigi Portugal

 

Durante o processo de desenvolvimento da nova personagem, foram muitas as tentativas, antes de chegar ao Mickey que hoje conhecemos. Os primeiros esboços ficaram a cargo de Iwerks. Mas foi o rato de estimação de Walt Disney a inspirar Iwerks.

 

Quando estava tudo pronto para baptizar a nova personagem com o nome Mortimer, foi Lillian, a mulher de Walt, a insistir para que o nome fosse mudado. Mickey acabou por surgir como ideia mais unânime. 

 

Mickey já passou por algumas transformações. Essas modificações foram para fazer dele uma personagem cada vez mais carismática. Em 1929, no filme The Opry House, aparece, pela primeira vez, com luvas brancas, possivelmente porque se vê a tocar piano. Também houve evolução com os dedos de Mickey. E nas orelhas.

 

 

mickeymouse-christmascarol.jpg

 

 

Mickey’s Christmas Carol, 1983

© Disney Channel

 

Com os 90 anos vem a natural celebração. Mickey é uma figura apetecível. Inúmeros eventos em comemoração do 90º aniversário do Mickey Mouse acontecem no mundo.

 

As homenagens a Mickey fazem por todo o mundo e nas mais variadas áreas. Incluem eventos especiais, cinema, editoras, empresas jogos, colaborações com artistas plásticos, designers, fotógrafos, músicos, actores e celebridades.

 

Os jogos não poderiam ficar de fora! Eis que Kingdom Hearts se junta a esta efémeride.

 

 

mickeymouse90-game.jpg

 

 

mickeymouse90-game1.jpg

 

 

Kingdom Hearts 3

 ðŸ‘‘

King Mickey & Riku

via @KINGDOMHEARTS

 

Jogo:  Kingdom Hearts 3

 

Os fãs de Kingdom Hearts 3 irão ser levados numa viagem ao longo da vida de Mickey Mouse. Apesar de a personagem se ter estreado como um rato a preto e branco, desenhado manualmente na curta animação do americano Walt Disney em 1928, transformou-se num ícone internacional. E é definitivamente notável. A tecnologia associa-se à arte da banda desenhada.

 

Fica aqui o trailer: 

 

 

 

 

Square Enix não divulgou muitos pormenores sobre como Mickey Mouse se vai encaixar na narrativa de Kingdom Hearts 3. É sabido que Mickey e Riku viajam para o Mundo das Trevas para tentar e resgatar Aqua do controle do Mestre Xehanort, mas será tarde demais. 

 

Muitos fãs esperam que a Square Enix forneça mais detalhes, até porque o Kingdom Hearts 3 está previsto para ser lançado no início do próximo ano. O editor e o criativo têm tempo de sobra para explicar aos fãs tudo o que está para vir.

 

Data:  Janeiro 29, 2019 para PlayStation 4 and Xbox One. Agora? É esperar...

 

A Professora GSouto

 

18 Novembro 2018

 

Licença Creative Commons

 

Fontes: Disney / Wikipedia/ Kingdom Hearts