Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Mundial da Asma : Vitinho está de volta & sugestões leitura

 

 

 

Vitinho/ Dia Mundial da Asma

Campanha Que a Asma não te Páre

https://www.facebook.com/pg/Que-a-asma-

 

Para quem nasceu nos anos 1970 ou 1980, o Vitinho dispensa apresentações. Faz parte do imaginário de uma geração que se habituou a vê-lo antes de ir para cama, aceitando os seus conselhos para uma noite descansada.Aliás, Vitinho celebrou 30 anos em 2017.

 

 

 

 

Vitinho

créditos:José Miaria Pimentel

 

Para os mais novos, ficam os registos que a Internet não deixa esquecer. Ainda bem !

 

 

 

 

 

 

Pois, desta vez, a personagem animada criada por José Maria Pimentel, está de volta, agora com conselhos sobre a asma no Dia Mundial da Asma que tem lugar no dia 1 Maio.

 

O Instituto Mundipharma devolveu o Vitinho à ribalta, na nova edição da Campanha Que a Asma não te Pare, que visa sensibilizar os doentes para a importância de ter a doença controlada.

 

 

Vitinho vem para dar a cara pela campanha Que a Asma não te Pare, num vídeo que visa sensibilizar os doentes para a importância de ter a doença controlada

 

 

 

 

 

 

Saber +

 

Asma

 

Nove em cada 10 doentes têm perceção errada nesta matéria. O Presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão, estima que a asma afecte 700 mil doentes, sendo que do total, 175 mil são crianças e adolescentes, "a grande maioria ainda com a percepção errada do seu estado de saúde e de como pode viver melhor, a começar pela autoavaliação dos sintomas". 

 

Vários estudos indicam que mais de 50% da população em idade pediátrica não tem a asma controlada. Nos adultos, estimam-se 43%.

 

De tão ou maior importância, é a correcta inalação porque grande parte dos asmáticos ainda a faz de forma ineficaz, explica o especialista: "muitas vezes chegam aos consultórios, depois de anos convictos de que estão a usar correctamente os inaladores e nem sequer estão a inalar qualquer medicação".

 

 

Vitinho/ Dia Mundial da Asma

Campanha Que a Asma não te Páre

https://www.facebook.com/pg/Que-a-asma-

 

Ajudar a mudar estes números é a tarefa do Vitinho, numa campanha que inclui um vídeo animado, onde são descritos alguns dos sintomas da doença e a importância da criação de hábitos para a adesão à terapêutica.

 

É que a asma, quando controlada, não tem que ser sinónimo de restrições ou limitações, não tem que impedir idas à escola ou ao trabalho, a prática de atividades desportivas ou uma vida normal.

 

No Dia Mundial da Asma, que se assinala hoje, dia 1 Maio, vem alertar para uma doença respiratória crónica que afecta 700 mil portugueses, e 300 milhões em todo o mundo.

 

 

vitinho6.jpg

 

José Maria Pimentel

 Imagem cedida pelo autor

http://expresso.sapo.pt/

 

História do Vitinho:

 

No início da década de 1980, o 'designer' José Maria Pimentel desenhou o menino de chapéu de palha e jardineiras amarelas, com um V ao peito como os super-heróis, para a agência de publicidade onde trabalhava, a pedido de uma marca de cereais, pensando que ao fim de seis meses se livraria dele.

 

Mas o "miúdo", como José Maria Pimentel se refere a Vitinho, autonomizou-se dessa publicidade e a 16 de Outubro de 1986, o Vitinho saltou para os ecrãs de televisão com a rubrica "Boa Noite", que acabaria por marcar uma geração.

 

"Está na hora da caminha, vamos lá dormir! / Vê, lá fora as estrelas dormem a sorrir" eram os primeiros versos de uma música repetida diariamente no canal 1 da RTP, numa altura em que em Portugal, havia apenas dois canais de televisão.

 

 

 

Vitinho. Um dia vou ser grande

José Maria Pimentel

edições Dom Quixote

https://www.fnac.pt/

 

Ir + longe:

 

Em 2017, no 30º aniversário, Vitinho voltou, mas dessa vez em livro para os mais novos. O regresso do boneco no formato de colecção de livros surgiu então por se ter uma vertente pedagógica. Os dois volumes da coleção de livros para crianças foram editados pela D. Quixote.

 

 

 

 

Vitinho. É a dormir que se cresce!

José Maria Pimentel

edições Dom Quixote

https://www.fnac.pt/

 

Além da colecção de livros para crianças, José Maria Pimentel decidiu fazer um livro a pensar nos "miúdos que iam deitar com o Vitinho, a geração Vitinho, que são pais dos miúdos de agora". E assim surgiu, em 2017, ano do 33º aniversário, "O Grande Livro do Vitinho", também editado pela D. Quixote.

 

 

vitinho5.jpg

 

 O Grande Livro do Vitinho

José Maria Pimentel

https://www.fnac.pt/

 

O livro é uma "recolha do que foram os 30 anos de Vitinho".Nesta visita guiada aos bastidores do Vitinho, o autor aproveita para homenagear todos aqueles que foram tornando possível esta prolongada epopeia de produções.

 

"Aqueles, afinal, a quem o Vitinho (paradoxalmente) obrigou a passarem noites e noites em claro…"

 

Actividades:

 

  • Vídeo e informações sobre a Asma que devem fazer parte de uma campanha nas escolas. Inserir em actividades curriculares e transcurriculares.
  • Liiteratura infantil: Livros com vertente pedagógica a inserir nos currículos do ensino Pré-Primário e Primário (1º ano.)

 

A Professora GSouto

 

01.04.2018

 

Licença Creative Commons

 

 

Dia Internacional da Dança : A celebrar nas escolas !

 

 

 

 

Qartett4/ Bela Bartok

Coreografia : Anne Teresa de Keersmaeker

Opéra de Paris

https://www.operadeparis.fr/

 

Hoje, dia 29 de Abril celebra-se o Dia Internacional da Dança ou Dia Mundial da Dança. Criado pela UNESCO (1982) que celebra assim Jean-Georges Noverre

 

Jean-Georges Noverre foi um dos grandes nomes da dança. Bailarino francês, nascido a 29 Abril 1729 é considerado o precursor do "ballet d'action"

 

 

 

 

Jean-Georges Noverre

Perronneau, 1764, Louvre

https://en.wikipedia.org/

 

Jean-George Noverre:

 

Mestre da Ópera-Comique, Jean Georges Noverre (1727-1810) propôs um um retorno da dança à Natureza, à alma, e à simplicidade. Termos esses que encontramos nas famosas páginas de Lettres sur la Danse et sur les Ballets“.

 

O belo, segundo Noverre, exige a "razão, em vez da imbecilidade, o espírito, em vez de golpes de força, a expressão em vez de dificuldades técnicas, a graça, em vez de gracejos, o sentimento, em vez de rotinas de passos, o jogo característico da fisionomia, em vez de máscaras inexpressivas." (...)

 

Criado em 1982 pelo Comité Internacional da Dança da UNESCO como uma homenagem ao criador do ballet moderno, Jean Georges Noverre (1727-1810), o dia tem por objectivo chamar a atenção do público em geral para a importância da dança, incentivarndo ao mesmo tempo o apoio por parte das entidades educativas governamentais para esta arte.

 

 

 

 

5 Messagens/ 5 Autores 
Salia Sanou/Georgette Gebara/Willy Tsao/Marianela Boan/Ohad Naharin

 

Todos os anos, a Unesco homenageia uma personalidade ligada ao mundo da dança. Este ano, para celebrar o 70º aniversário do International Theatre Institut, e para sublinhar o aspecto culturai e internacional desta linguagem comum - a dança - o Conselho Executivo bem como  ITI  selectionaram cinco autores para a mensagem: um de cada cinco regiões da UNESCO:  África, Américas, países árabes, Ásia- Pacífco e Europa.

 

 

 

 

A Meio da Noite/ Olga Roriz

créditos: EPA

http://rr.sapo.pt/noticia/

 

Em Portugal, os espetáculos começam na sexta-feira e estendem-se a todo o país. Grupos de dança, escolas e associações realizam espectáculos e oficinasl, com o objectivo de festejar uma arte cuja universalidade é incomensurável.

.

A nova coreografia de Olga Roriz "A meio da noite" teve antestreia no Festival de Música de Leiria. E tem estreia marcada para dia 28 no Teatro Nacional São João, com repetição no sábado e no domingo.

 

"O título reenvia-nos para a hora do lobo, essa hora entre a noite e o dia, quando todos os fantasmas se libertam, quando mais pessoas morrem e mais pessoas nascem. Eco ou reminiscência de A Hora do Lobo (1968), um dos mais impressivos títulos da filmografia de Ingmar Bergman, em cuja obra Olga Roriz mergulha agora em busca de inspiração e diálogo."

 

 

 

 

Este teatro continua com dias dedicado à dança com o Festival DDD - Dias da Dança 2018 com vários espectáculos ao longo do mês de Maio, a iniciar a 2 Maio, com Impro Sharana.

 

Em Lisboa, a Companhia Nacional de Bailado apresenta a peça Impromptus, de Sasha Waltz, coreógrafa alemã de 55 anos que colabora pela primeira vez com a CNB, com a apresentação desta peça, estreada em 2004.

 

"*Impromptus* fala da beleza e da vulnerabilidade do corpo humano. Sasha Waltz, coreógrafa reconhecida mundialmente, é presença regular em Portugal desde 1997. Este momento marca o primeiro contacto de Sasha Waltz com a CNB, com a promessa de novos desafios no futuro."

 

Sobe ao palco do Teatro Camões às 16h00. A música é de Franz Schubert, a cenografia de Thomas Schenk e Sasha Waltz, o desenho de luz de Martin Hauk e os figurinos de Cristine Birkle.

 

Até 5 Maio 2018

 

 

 

Passo/ Ambra Senatore

http://www.cnb.pt/eventos/

 

Escolas:

 

A coreógrafa italiana Ambra Senatore, actual directora do Centre Chorégraphique National de Nantes, é convidada a remontar uma das suas obras mais emblemáticas, Passo*, de 2010, e a fazer uma nova criação para a CNB.

 

Local: Teatro Camões

 

Quando: 23 Maio 2018

 

Preço: 3€

 

Nível etário : + 6 anos

 

"Questões como a partilha e o encontro são, para a coreógrafa, elementos essenciais do espetáculo ao vivo. O humano atravessa todo o seu trabalho e a sua dança vai sempre ao encontro das pessoas. Entre a dança, o teatro e as artes visuais, Ambra Senatore explora as fronteiras entre ficção e realidade, entre “o dentro e o fora da ação”.  As suas criações alimentam-se de elementos como a teatralidade, as ações e os gestos do quotidiano, cujos detalhes ela observa à lupa, antes de os transpor para um universo surreal."


Ambra Senatore pretende, com as suas peças, tocar as pessoas, propondo uma relação humana, deixando espaço para a fragilidade, a dúvida, o sentido crítico, a partilha e o humor.

 

A Professora GSouto

 

29.04.2018

 

 Licença Creative Commons

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor : Ler é meu direito ! Sugestões

 

dia-mundial-livro2018.jpg

 

 Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

créditos: Luisa Ferreira (fotogradia/ LUPA (designer)

http://www.dglb.pt/

 

Todos os anos, escrevo sobre o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. Tem a ver com o meu imenso gosto pela leitura. E foi esse sentimento que tentei passar aos meus alunos desde 2006 neste blogue, mas muitos anos antes em ensino presencial.

 

Sobre o Cartaz:

 

O cartaz deste ano, baseado numa fotografia que a fotógrafa Luísa Ferreira concebeu no Arquivo Nacional Torre do Tombo, com design da LUPA Designers, pretende "transmitir, metonimicamente, que um livro cruza justamente tudo isto: tempo, espaço, língua, cultura, imagem, suporte, fotografia, escrita, mas também uma leitura e muitas leituras, prazer e fruição."  

 

 

 

 

 créditos: Autor não identificado

 

 Tema 2018:

 

"Ler é meu direito!"

 

Saber + 

 

Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Pretende anualmente promover o prazer da leitura e o respeito pelos livros e pelos seus autores.​ Um dos aspectos pelo qual batalhei desde sempre junto dos alunos. Direitos de autor, ainda nem se falava nisso nas escolas. 

 

Os autores eram citados em contexto educativo, sem se ter o cuidado de informar que autor ou obra.

 

 

dia-mundial-livro2018a.jpg

 

 
Já todos sabemos,também que a data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os homens oferecem às suas «damas» uma rosa vermelha de S. Jorge e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como ShakespeareCervantes e Garcilaso de la Vega, falecidos em Abril de 1616.
 
 
 
 

ano-europ-cultur1.png

 

 

Ano Europeu do Património Cultural

http://anoeuropeu.patrimoniocultural.gov.pt/

 

 
Ir + longe:

 

Como escrevemos no post Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, em 2018 celebra-se  o Ano Europeu do Património Cultural. Os Arquivos e as Bibliotecas pretendem relacionar a noção de Património com o valor cultural e intemporal do Livro e da Leitura. Sem dúvida, os livros são património cultural europeu e da Humanidade.

 

Resultando do conjunto de várias entidades, desde o autor ao leitor, passando pelo editor, tradutor, revisor, designer, ilustrador, tipógrafo, livreiro, animador da leitura, o Livro encontra o seu valor intemporal quando é lido e 'passado de geração em geração', de uma língua para outra língua, de um suporte para outro suporte de leitura.

 

 

dia-mund-livro2018.jpg

 

 

 Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

http://www.dglb.pt/

 

Livros:

 

No cartaz ofical do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, podemos reconhecer obras de Sophia de Mello Breyner, Fernando PessoaMário de Sá-Carneiro e José Saramago. Mas, convido-vos a percorrer os muitos posts que tenho dedicado a livros e autores portugueses e estrangeiros desde a criação de BlogdosCaloiros (2005)

 

Entre outros, Manuel António Pina, Agustina Bessa-Luís, José Luís PeixotoHélia Correia ou Luisa Dacosta.

 

Dos escritores estrangeiros, destaco Stephen Hawking, Jules Verne, Amy Krouse RosenthalBeatrix Potter, Miguel de CervantesLewis Carroll ou J.K. Rowling, claro!

 

 

Reading-REA.png

 

 

 créditos: Autor não identificado

 

Sugestões livros:

 

Mas há muitos mais autores e livros a pesquisar no BlogdosCaloiros. Façam-no! Vale a pena.

 

Como adoro ler, sempre me preocupei, ao longo dos anos, em ler muito nos currículos de Línguas e Cidadania. E também ia sugeririndo outras leituras aos alunos através deste blogue ou levando livros de literatura juvenil para a sala de aula. Lia então, pequenos excertos para que os alunos ficassem cativados, e fizessem as suas próprias escolhas.

 

 "Ler muito é um dos caminhos para a originalidade; uma pessoa é tão mais original e peculiar quanto mais conhecer o que disseram os outros."

 

Miguel Unamuno

 

 A Professora GSouto

 

23.04.2018

 

 Licença Creative Commons

 

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios : Ano Cultural Europeu 2018

 

dia-museus2018cartaz-oficial.jpg

 

 

 Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/

 

Celebra-se hoje, dia 18 Abril, o Dia Internacional dos Museus e Sítios. Comemorado todos os anos, este dia dedicado ao património cultural abre-se aos Museus e Sítios de todo o mundo.

 

A Direção-Geral do Património Cultural, coordenadora nacional do DIMS, em colaboração com o ICOMOS Portugal, convida-nos a associar a esta comemoração através da participação nas iniciativas que decorrem em todo o país.

 

Prevêm-se cerca de 600 actividades, organizadas por 540 entidades em 160 concelhos. Entre visitas guiadas, exposições, concertos, roteiros culturais, a DGPC prevê uma adesão de 100 mil pessoas às diferentes iniciativas.

 

 

dia-museus2018.PNG

 

 

Ano Europeu do Património Cultura 2018

http://anoeuropeu.patrimoniocultural.gov.pt/

 

Tema 2018

 

"Património Cultural: de geração em geração."

 

O conceito "Património Cultural: de Geração para Geração" assenta na própria definição de "património cultural, enquanto legado de artefactos e construções físicas e atributos intangíveis de um grupo ou sociedade, herdados de gerações passadas, mantidos no presente e transmitidos para o benefício de gerações futuras”.

 

 

Dinâmicas inter-geracionais do Património Cultural
Museu do Côa

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/

 

A DGPC detalha, referindo as “mais de 800 iniciativas”, “até agora em 81 municípios”, destacando as previstas 257 visitas livres/orientadas e rotas patrimoniais, os 161 encontros e congressos, 122 exposições, 108 ateliês, 77 espetáculos e “muitas outras iniciativas, como lançamentos de publicações, festivais, campanhas de informação, animações de rua, concursos, recriações históricas, atividades de investigação, projetos digitais, documentários/filmes e sessões de leitura”.

 

dia-museus2018a.png

 

Saber +

 

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS), foi criado pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) a 18 de Abril de 1982, e aprovado pela UNESCO no ano seguinte, com o objectivo de sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização.

 

Celebrando o património nacional, comemora também a solidariedade internacional em torno do conhecimento, da salvaguarda e da valorização do património em todo o mundo.

 

E este ano 2018 é ainda mais importante para todos nós europeus, dado que estamos a celebrar o Ano Europeu do Património Cultural

 

 

ano-europ-cultur1.png

 

 

Ano Europeu do Património Cultural

http://anoeuropeu.patrimoniocultural.gov.pt/

 

 

Ano Europeu do Património Cultural

 

Por iniciativa da União Europeia celebra-se este ano 2018, pela primeira vez, o Ano Europeu do Património Cultural. Enquadrado pelos grandes objectivos da promoção da diversidade e do diálogo interculturais e da coesão social, tem como objectivo chamar a atenção para o papel da cultura e do património no desenvolvimento social e económico na Europa e nas suas relações externas, e motivar os cidadãos para os valores comuns europeus.

 

 

 

 

 

 

Objectivos do AEPC 2018:

 

  • contribuir para a promoção do papel do património cultural europeu enquanto elemento central da diversidade e do diálogo inter-culturais;
  • potenciar o contributo do património cultural europeu para a economia e para a sociedade, através do seu potencial direto e indireto;
  • contribuir para a promoção do património cultural como um elemento importante da dimensão internacional da União Europeia.

 

 

Programa Geral

 

Actividades programadas para o dia 18 de Abril, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2018 a consultar aqui

 

 

 

 

Auto da Ìndia/ Palácio Nacional de Sintra

Sala dos Cisnes

https://www.parquesdesintra.pt/event/

 

Actividades escolas:

 

Em Portugal é promovido um programa de actividades cujo acesso, na grande maioria, é gratuito.

 

A DGPC promove a divulgação do programa nacional do DIMS 2018, procurando cativar cada vez mais participantes para estas comemorações.

 

  • As escolas terão certamente programado várias visitas de estudo para seus alunos, de modo a que estes possam ter acesso ao património cultural do seu país, num ano especialamente importante para as novas gerações que é o Ano Europeu do Património Cultural.
  • As escolas, com o apoio dos Professores das várias áreas curriculares programaram Actividades variadas para celebrar o tema 2018: "Património Cultural: de geração em geração."

 

A Professora GSouto

 

18.04.2018

 

Licença Creative Commons

Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz

 

 

 

 

Dia Internacional do Desporto para 

o Desenvolvimento e a Paz

créditos: UNESCO

https://en.unesco.org/

 

Celebra-se hoje , dia 6 Abril o Dia  Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz. Em Agosto 2013, a Assembleia Geral das Nações Unidas tomou uma decisão histórica ao aprovar a criação de um Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz.

 

A data será assinalada a 6 de Abril, dado ter sido o dia da cerimónia de abertura dos primeiros jogos da era moderna em 1896, em Atenas, pelos estados-membro das Nações Unidas.

 

 

 

créditos : ONU Brazil

 

No âmbito desta decisão, a AG das Nações Unidas relembrou ainda o papel fulcral que o Comité Olímpico Internacional desempenha na promoção de estilos de vida saudáveis e na criação de acesso ao desporto ao maior número de pessoas possível em todo o mundo.

 

Valores:

 

O desporto é simultaneamente um esforço individual e colectivo, é uma actividade individual e uma prática colectiva; baseia-se nos princípios do respeito, compreensão, integração e diálogo, e contribui para o desenvolvimento e a realização pessoal do indivíduo, independentemente da sua idade, género, origem, das suas crenças e opiniões. Por tudo isto, o desporto assume um lugar privilegiado de acção e reflexão no processo de transformação das nossas sociedades.

 

 

 

Desporto, porquê?

 

O desporto tem desempenhado historicamente um papel importante em todas as sociedades, seja na forma de desportos competitivosactividades físicas ou jogos. Mas alguém pode perguntar-se:

 

O que tem o desportp a ver com as Nações Unidas? De facto, o desporto apresenta uma parceria natural para o sistema das Nações Unidas (ONU), incluindo a UNESCO:

 

  • O desporto ou actividades desportivas são direitos humanos que devem ser respeitados e aplicados em todo o mundo;

  • O desporto tem sido cada vez mais reconhecido e usado como uma ferramenta de baixo custo e alto impacto nos esforços humanitários, de desenvolvimento e construção da paz, não apenas pelo sistema das Nações Unidas, mas também por organizações não-governamentais (ONGs), governos, agências de desenvolvimento, desportos. federações, forças armadas e meios de comunicação;

  • O desporto não pode mais ser considerado um luxo em qualquer sociedade, mas sim um investimento importante no presente e no futuro, particularmente nos países em desenvolvimento.

 

 

 

 

Plano de Acção de Kazan

créditos: UNESCO

https://en.unesco.org/

 

Ir + longe:

 

A UNESCO desempenha um papel de liderança neste processo. O Plano de Acção de Kazan é disso um bom exemplo. Aprovado na Rússia, em 2017, pelos Ministros responsáveis pela Educação Física e Desporto, promove uma maior cooperação internacional em matéria de políticas desportivas e tem como objectivo permitir a vinculação directa entre políticas desportivas e os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030.

 

Goals-poster-pt.jpg

 

Objectivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030

https://en.unesco.org/

 

É nesse espírito que a UNESCO celebra no 6 de Abril, pelo quinto ano consecutivo, o Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz.

 

sportday2018e.jpg

 

 

Projecto Gogolf Europa

créditos : Comité Olímpico de Portugal

olimpicoportugal.pt/

 

Actividades:

 

Ao longo do dia, vai ser levar a cabo uma forte mobilização on-line, para a qual todas as escolas estão convidadas a participar, nomeadamente através das hashtag #IDSDP2018 e #Sport2030 e da partilha de eventos e actividades em plataformas como a Sportanddev.org.

 

Registo das actividades aqui

 

"Os valores do desporto são valores de universalidade e concordância. Neste dia unamos as nossas forças e entusiamo para que, através do desporto, contribuamos para a construção de um mundo de respeito, de partilha e de paz."

 

Audrey Azoulay, Directora-Geral UNESCO (excerto mensagem)

 

A Professora GSouto

 

06.04.2018

 

Licença Creative Commons

Pausa Páscoa : Férias com livros & actividades !

 

pascoa3.jpg

 

 

Chegou o tempo de pausa. Férias da Páscoa. Alunos, crianças e adolescentes andam já a usufruir deste tempo de liberdade, para saída com os amigos e passeios com a família. o tempo não está aajudar muito. Mas, mesmo assim, é bom estar livre de obrigações e horários apertados.

 

Já vi muitos por aí, em busca de entretenimento, ou saboreando algumas tradicionais doçarias da época: ovos de chocolate, amêndoas, pão-de-ló, e para os familiares mais tradicinais, o folar de Páscoa.

 

Para os mais novinhos, é mais complicado. Os pais tentam arranjar actividades, como a leitura ou então actividades lúdico-pedagógicas.

 

Livros:

 

 

 

O Coelhinho Branco
António Torrado
https://www.fnac.pt/
 
 
As histórias da Colecção Ver e Ler são importantes auxiliares de uma aprendizagem da leitura, em que a criança descobrirá por si uma nova aptidão como se o livro falasse só para ela. Ver e Ler como o Coelhinho Branco foi ajudado pela formiga.
 
 
Livro recomendado para o 1º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.
 
 
 

 

Hora de Deitar, Baltasar !

texto e ilustração: Yasmen Ismail

http://www.booksmile.pt/livros/

 

Livros:

 

Ah, a hora de deitar. Ter de ir para a cama quando só apetece continuar a brincar, correr e saltar. Poças de lama? Calma, o protagonista deste livro não é uma criança - parecia, não parecia? - mas sim um cão chamado Baltasar, que foge do dono quando percebe que é hora de fechar os olhos. As parecenças com a rotina nocturna dos mais pequenos, mesmo em tempo de férias, são muitas.

 

Pois é! É claramente o objectivo da autora Yasmen com uma história feita à medida da hora de ir para a cama. Este livro o prémio Melhor Livro Ilustrado do New York Times.

 

Sinopsis:

 

São horas de ir para a cama, mas o Baltasar não se quer ir deitar. Sempre fugidio e brincalhão, ele esconde-se na copa das árvores, nas poças de lama e na pia da cozinha. O Baltasar até prefere tomar banho, só para não ter de ir dormir! Mas, com toda esta correria, não é que o Baltasar ficou com sono?

 

 

 

 

Colecção Tesouros da Literatura

vários autores

http://www.fabula.pt/

 

 

 

 

Colecção Tesouros da Literatura

vários autores

http://www.fabula.pt/

 

 

 

 

Colecção Tesouros da Literatura

vários autores

http://www.fabula.pt/catalogo/

 

Para os mais crescidos, uma chancela que tenta recuperar velhos livros. Velhos, isto é clássicos.

Uma colecção denominada Tesouros da Literatura. A colécção já tem nove volumes publicados, entre os quais A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Jules VerneOs Maias, de Eça de QueirósContos Maravilhosos, de Hans Christian Andersen, e As Aventuras de Pinóquio, de Carlo Collodi.

 

Todos traduzidos directamente dos originais (à excepção de Os Maias, bem entendido) e em edições de capa mole e acessíveis. Quem sabe um primeiro passo  para uma biblioteca ?

 

 

 Actividades:

 

 

 

Páscoa na Quinta

actividades

https://pumpkin.pt/eventos/

 

Na quinta Casa do Sete as crianças podem experimentar diferentes actividades que estão a decorrer desde 26 de Março e vão até 6 de Abril: ioga, jardinagem, leitura são só algumas das actividades previstas.

 

As oficinas têm lugar entre as 9h00 e as 17h00. Não gratuito.

 

 

 

A ciência não vai de férias... de páscoa

Exploratório Ciência Viva Coimbra

http://exploratorio.pt/

 

No Exploratório Ciência Viva de Coimbra os pequenos cientistas vestem a bata e vão até ao laboratório, isto porque há Biologia, Geologia, Astronomia, Botânica, Matemática e Química para aprender.

 

Para além disso, há ainda tempo dedicado à leitura com a celebração do Dia Internacional do Livro Infantil, no dia 2 de Abril. O programa conta com os horários das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. Não gratuito.


Muitas outras haverá. O que é necessário é imaginação e muita criatividade para propor actividades que prendam a atenção dos jovens e os incentivem a querer sempre aprender.

 

Só lamento que, tantas vezes, os preços sejam tão elevados para a maioria das famílias. Sobretudo quando há mais do que uma criança.

 

Acima de tudo, divirtam-se. E nãi abusem nas doçarias...

 

A Professora GSouto

 

28.03.2018

 

Licença Creative Commons

 



A Professora GSouto


08.04.2017

 

 

Dia Mundial da Poesia & Equinócio da Primavera ? Celebremos !

 

 

Dia Mundial da Poesia

créditos: UNESCO

@UNESCO

 

Ontem, terça-feira, dia 20 Março, às 4:15pm, as posições dos astros marcaram o início oficial da estação da Primavera, a estação das flores, das árvores cheias de folha e flor e dos pássaros.

 

Às 4:15pm (GMT) de 20 Março aconteceu o equinócio da Primavera, o momento em que o Sol, no seu movimento anual aparente, passa no equador celeste. É pois o tempo em que o dia e a noite têm aproximadamente o mesmo número de horas.

 

 

 

Google Doodle Equinócio Primavera 2018

doodler : Sophie Dao

https://www.google.com/doodles/

 

O equinócio de Março, celebrado por Google com um belíssimo Doodle interactivo muito criativo que anunciou o momento do início da Primavera no hemisfério norte. E um outro anunciou o início do Equinócio do Outono no hemisfério sul.

 

 

 

créditos: CMB

 

Mas, dia 21 é também  Dia Internacional da Árvore e da Floresta. Com a Primavera vem então a Poesia e a Floresta

 

Saber +

 

Este ano, o Dia Mundial da Poesia celebra celebra uma das mais preciosas formas de expressão e identidade cultural e linguística da humanidade.

 

Praticados ao longo da história - em todas as culturas e em todos os continentes - a poesia fala com nossa humanidade comum e nossos valores compartilhados, transformando o poesto mais simples em um poderoso catalisador para o diálogo e a paz.

 

UNESCO

 

“A poesia restitui a magia das palavras e abre um espaço de reflexão e diálogo sobre o mundo actual"

 

UNESCO

 

 

Natália Correia

http://www.e-cultura.sapo.pt/evento/

 

CCB comemora o Dia Mundial da Poesia no próximo sábado, dia 24 Março com a celebração de Natália Correia. Natália Correia que desapareceu há 25 anos, é pois a poeta escolhida em 2018.

 

Dados biográficos:

 

Importante figura da cultura portuguesa da segunda metade do século XX, Natália Correia nasceu na Fajã de Baixo, na ilha de São Miguel, Açores, a 13 de setembro de 1923. Aos 11 anos veio viver para Lisboa com a mãe e a irmã, enquanto o pai emigrava para o Brasil.

 

 

nataliacorreia-livro.jpg

 

Grandes Aventuras de um Pequeno Herói

Natália Correia, 1945

https://www.fnac.pt/

 

Ficou conhecida pelo seu espírito irreverente e pela sua actividade política e cultural mas poucos sabem que Natália Correia se estreou na escrita, em 1945, com um romance infantil: Grandes Aventuras de um Pequeno Herói.

 

Uma história que já revelava todo o talento da escritora e que ainda hoje revela potencialidades para conquistar o público mais jovem - e não só. Edição fac-similada da primeira edição da obra, obra de estreia da autora em fição, publicada pela primeira vez em 1945.

 

Fez os estudos no Liceu D. Filipa de Lencastre e iniciou-se na literatura com livros infanto-juvenis. Seria como poeta que se viria a afirmar, mas a sua produção literária foi profícua e diversificada. Escreveu ficção, literatura de viagens, diário, ensaio e teatro. Foi jornalista, editora, e deputada na Assembleia da República. Morreu em Lisboa, no dia 16 de Março de 1993.

 

Curiosidade:

 

 A letra do hino açoriano é da sua autoria.

 

 

 

Natália Correia

 

créditos: Autor não identificado

https://espalhafactos.com/2018/

 

Fiz um conto para me embalar

 

Fiz com as fadas uma aliança.

A deste conto nunca contar.

Mas como ainda sou criança

Quero a mim própria embalar.

 

Estavam na praia três donzelas

Como três laranjas num pomar.

Nenhuma sabia para qual delas

Cantava o príncipe do mar.

 

Rosas fatais, as três donzelas

A mão de espuma as desfolhou.

Nenhum soube para qual delas

O príncipe do mar cantou.

 

Natália Correia, Fiz um conto para me embalar



 
 
 
 
 
CCB : Celebração de Natália Correia
 
 
 
São sete os programas e intervenções dedicados à obra de Natália Correia no Centro Cultural de Belém: "Natália Correia, Deputada Parlamentar", "Vida na Poesia e Poesia na Vida: Origens Açorianas de Natália Correia", "1968-1974. Natália Correia Superstar?", "A diversidade criativa", "Natália Correia, a rebelde" e "À conversa com amigos de Natália", cruzando depoimentos de Cruzeiro Seixas, Manuel Murteira, António Valdemar e António Victorino de Almeida.
 
 
Actividades:
 
 
Alunos entram em férias a partir do dia 23 Março. Mas alunos do Ensino Secundário poderão participar em alguns destes programas no CCB.
 
Natália Correia faz parte dos currículos de Literatura.
 
Após pausa lectiva ler alguns poemas de Natália Correia na área curricular de Língua Portuguesa.
 
 
 
A Professora GSouto
 
 
21.03.2018
 
 
Licença Creative Commons
 

Prof. Stephen Hawing : Olhando as estrelas !

 

 

stephen-hawking6.jpg

 

 

Stephen Hawking

créditos: NASA/ Paul Alers

https://www.nasa.gov/

 

Hoje ficámos todos mais pobres. Stephen Hawking morreu esta madrugada, dia 14 Março 2018, aos 76 anos. Um dos raros que conseguem ver o que está lá mas mais ninguém vê.

 

Aos 21 anos pensou que apenas viveria mais dois. Fora-lhe diagnosticada uma doença degenerativa que, de forma progressiva, lhe paralisou os músculos.

 

 

stephen-hawkings.jpg

 

 

Stephen Hawking

Wikipedia

https://pt.wikipedia.org/

 

Stephen Hawking, o físico britânico que revolucionou a forma como olhamos o Universo Os filhos do cientista, Lucy, Robert e Tim, publicaram num comunicado: O nosso pai foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos”.

 

"Este não seria um grande universo se não fosse a casa das pessoas que amamos"

 

Stephen Hawking

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: Autor não identificado

http://portocanal.sapo.pt/

 

Hawking é um dos cientistas com maior destaque desde o físico alemão Albert Einstein. A sua obra "Uma Breve História do Tempo" é um dos livros mais vendidos no mundo.

 

Doutor em Cosmologia, foi professor lucasiano emérito na Universidade de Cambridge, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

 

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: David L. Ryan / The Boston Globe / Getty Images

https://www.newyorker.com/tech/

 

Foi, pouco antes de morrer, director de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica (DAMTP) e fundador do Centro de Cosmologia Teórica (CTC) da Universidade de Cambridge

 

Nada fez parar o físico britânico que fica conhecido como a estrela da física ou o 'embaixador da ciência' segundo grandes cientistas das actualidade.

 

 

 

Stephen Hawking

créditos: ZERO-G/ Steve Boxall

http://www.bbc.com/news/

 

Alguns dados biográficos:

 

Stephen William Hawking nasceu a 8 de Janeiro de 1942 em ]Oxford, Oxfordshir (Reino Unido), exactamente no aniversário de 300 anos da morte de Galileu.

 

Filho de Frank Hawking, um biólogo pesquisador que trabalhava como parasitólogo no Instituto Nacional de Pesquisa Médica de Londres, e Isabel Hawking.

 

Hawking foi sempre interessado pela ciência. Durante a infância foi um bom aluno, mas não considerado excepcional.

 

Entro em 1959 na University College, Oxford, onde pretendia estudar matemática. Como não existia essa área em Oxford, optou então por física, licenciando-se em 1962.

 

 

 

 

Stephen Hawking & Jane Hawking 

créditos: via Facebook

https://www.facebook.com/stephenhawking/

 

Casou pela primeira vez em Julho de 1965 com Jane Hawking com quem teve três fillhos. Separou-se em 1991. 

 

Em 1985, uma grave pneumonia deixou-o a respirar por um tubo, forçando-o, desde então, a comunicar através de um sintetizador de voz eletrónico. Mas Hawking continuou a desenvolver as suas pesquisas na área da ciência, a aparecer na televisão.

 

Casou com sua enfermeira Elaine Mason 1995. Divorciou em 2006, devido a maus tratos que esta lhe infligiu ao longo dos anos que viveu com o cientista.

 

Doutorou-se na Trinity Hall,Cambridge em 1966, de onde era um membro honorário. Depois de obter doutorado, passou a ser pesquisador e, mais tarde, professor no Gonville and Caius College.

 

Depois de abandonar o Instituto de Astronomia em 1973, Stephen entrou para o Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica tendo, entre 1979 e 2009, ano em que atingiu a idade limite para o cargo, ocupado o posto de professor lucasiano de Matemática, cátedra que fora de Newton, tendo sido professor lucasiano emérito da Universidade de Cambridge.

 

Hawking continuou sua investigação em física teórica, ao mesmo tempo com vasto programa de viagens e conferências apoioado na vida em família junto dos três filhos e três netos.

 

Em 2007 Stephen Hawking embarcou num Boeing 727 modificado em Kennedy Space CenterNASA, na Florida (Estados Unidos), que então realizou arcos parabólicos onde a aeronave está em queda livre, permitindo que o Hawking experimentasse momentos de gravitação no espaço, imitando assim flutuar no espaço e que é usado para treinar astronautas.

 

stephen-hawking-cartoon.jpg

 

Stephen Hawking

tributo caricatura William Medeiros

 

Livros:

 

Entre o legado imenso que nos deixa, estão os livros. A Minha Breve História e Breve História do Tempo entre outros.

 

 

 

 

Breve História do Tempo

Stephen Hawking

edições Gradiva

https://www.fnac.pt/

 

Breve Hsitória do Tempo de Stephen Hawking foi publicado em 1988. Tornou-se uma referência incontornável da divulgação científica, com mais de 9 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

 

Sinopse: actualizada

 

Essa edição encontrava-se no limiar do que era então conhecido acerca da natureza do universo. Mas a última década tem assistido a avanços extraordinários na tecnologia de observação dos mundos micro e macroescópicos, confirmando muitas das previsões teóricas do professor Hawking.

 

Com o intuito de incluir os novos conhecimentos revelados por essas observações no texto original, o cientista escreveu uma nova introdução, actualizou os capítulos originais e acrescentou um capítulo inteiramente novo sobre o tema fascinante dos buracos negros e das viagens no tempo.

 

A Breve História do Tempo conduziu habilmente os não-cientistas de todo o mundo na busca contínua dos segredos escondidos no coração do tempo e do espaço. Esta edição mostra claramente o motivo pelo qual o eloquente clássico do professor Hawking transformou a nossa visão do universo.

 

Nota: Livro recomendado pelo PNL para o Ensino Secundário.

 

 

 

 

George e a Caça ao Tesouro Cósmico

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Hawking também escreveu para crianças em parceria com sua filha Lucy Hawking. Uma trilogia sobre o espaço que incentiva os mais novos a apaixonar-se pela ciência.

 

 

 

 

George e a Chave Secreta para o Universo

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

 

 

 

George e o Big Bang

Stephen & Lucy Hawking

ilustração: Gary Parsons

https://www.fnac.pt/

 

Emocionantes histórias de aventuras, que nos levam de volta ao momento em que surgiram o espaço e o tempo. Recheado de voltas e reviravoltas, por buracos de minhoca até ao limiar do conhecimento.

 

Incluem ensaios de alguns dos mais importantes cosmologistas, enredos emocionantes e uma série de entradas científicas de fácil leitura. Incluindo um conjunto de fotografias a cores, ilustrando as maravilhas do cosmos, George e o Big Bang, o volume final da trilogia, encerra as aventuras de George pelo universo.

 

Nota: Livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura , 3º Ciclo. E por que não 2º ciclo?

 

 

 

 

A Teoria de Tudo

Stephen Hawking

https://www.fnac.pt/

 

 

Biopic: livro & filme:

 

Livro/ Sinopse:

 

Hawking acreditava que os avanços da física teórica deviam «poder ser compreendedidos pelo grande público, e não apenas por alguns cientistas». Neste livro, propõe a extraordinária aventura da descoberta do cosmos e do nosso lugar nele.

 

Em sete lições, responde à curiosidade de todos aqueles que já olharam fascinados para o firmamento e se perguntaram o que há lá em cima e como foi lá parar.

 

 

 

 A Teoria de Tudo

James Marsh, 2014

 

 

Filme:

 

Um filme autoibiográfico sobre o amor e capacidade de superação. A Teoria de Tudo adapta a obra biográfica Travelling to Infinity: My Life with Stephen, onde Jane Wilde Hawking descreve os anos ao lado de Stephen.

 

Suponho que todos nós vimos este filme tão dramático, mas belo e muito inspirador.

 

 

 

 

The Simpson

série televisão

https://giphy.com/gifs/

 

 Actividades:

 

  • Fica ao critério de cada professor a introdução da vida e obra de Stephen Hawking. Os recursos educativos são muitos.
  • Biografia, conversas em conferências, livros, filmes séries de televisão The Simpson e a Teoria de Big Bang. Os alunos também deverão contribuir com as suas próprias sugestões.
  • Um projecto transcurricular será muito enriquecedor dada a riqueza desta personalidade carismática da ciêcnia e da Cosmologia.

 

 "Mesmo que a vida pareça difícil, há sempre algo que podemos fazer para ter sucesso nela."

 

Stephen Hawking

 

A Professora GSouto

 

16.03.2018

 

Licença Creative Commons

Dia Internacional da Mulher... com histórias !

 

 

 

Google Doodle Dia Internacional da Mulher

https://www.google.com/doodles/

 

Google celebra o Dia Internacional da Mulher, hoje dia 8 de Março. Para marcar a data assinalada desde o século XX para exigir a igualdade entre géneros, o motor de busca dedicou o Doodle as histórias de aventura, desafios mas também de alegrias de 12 mulheres comuns.

 

 

 

Google Doodle 

Estelí Meza

“My Aunt Blossoms”

https://www.google.com/doodles/

 

O projecto, orientado por Lydia Nichols e Alyssa Winans, juntou ilustradoras como Anna HaifischFrancesca Sanna e Karabo Poppy Moletsane. entre outras.

 

A equipa deDoodles convida todas as mulheres do mundo a partilharem as suas próprias histórias com a hashtag #HerStoryOurStory. Uma ideia que se poderá traduzir por “a história dela, a nossa história”.

 

 

 

 

A Vitória de Ntsoaki/ Ntsoaki’s Victory

Karabo Poppy Moletsane

https://www.google.com/doodles/

 

Uma das histórias chama-se A Vitória de Ntsoaki ilustrada por Karabo Poppy Moletsane. Conta a aventura de uma rapariga que “estava destinada a fugir aos costumes da sua cultura”. Ntsoaki queria juntar-se aos rapazes, participar com eles no ritual de passagem para a vida adulta e depois poder lutar com os leões. O chefe da tribo acedeu ao pedido de Ntsoaki, que encontrou uma técnica diferente para vencer o leão: dançar até que ele se rendesse.

 

A história, como todas as contadas no Doodle interactivo, termina bem: “A aldeia exultou-se com canções de júbilo pela vitória de Ntsoaki”.

 

 

 

Philippa Rice

Trust”

https://www.google.com/doodles/

 

A ilustradora Philippa Rice escolheu contar as histórias de uma pré-mãe angustiada pelos medos da chegada de um bebé.

 

“Porque deve o meu bebé confiar em mim?”, pergunta-se a personagem principal do conto enquanto pesquisa pelo tamanho do pé de um bebé na Internet. Até quando ele nasce, a mãe vive constantemente preocupada pelo facto de a criança chorar sempre que ela lhe tira a fralda, arrota depois de beber leite ou toma banho.

 

A mãe desabafa: “É suposto confiar na minha intuição, mas não confio”. Na esperança de encontrar respostas, a mulher procura outras mães com quem partilha os seus medos.

 

 

 

 

No Telhado/ Up on the Roof

Kaveri Gopalakrishnan

https://www.google.com/doodles/

 

Algumas das ilustrações nem sequer têm falas. É o caso de No Telhado, uma história desenvolvida pela artista Kaveri Gopalakrishan.

 

Neste conto, uma rapariga leva grandes volumes de livros e jornais para um telhado e lê todos eles até ao fim: quanto mais lê, mais se transforma. A certa altura, já metamorfoseada, a rapariga fica transformada numa grande andorinha e levanta voo.

 

 

womens-day2018c.jpg

 

 

“Nov 1989”

Anna Haifisch

https://www.google.com/doodles/

 

A história da queda do mundo de Berlim que dividiu a Alemanha após a II Guerra Mundial contada por Anna Haifisch é interessante porque fala de um facto histórico.

 

E Anna termina a sua história com uma mensagem que devemos reter:  "Uma coisa que as pessoas devem concluir da minha história é que as circunstâncias podem mudar para melhor, mesmo que o mundo possa parecer, por vezes, um lugar sombrio e sombrio".

 

 

 

“The Box”

Francesca Sanna

https://www.google.com/doodles/

 

 

Actividades:

 

Para ler ou ver as outras nove histórias, acede ao site de Google Doodles e clica no centro do logótipo para abrir um painel com as 12 histórias interactivas.

 

Clica em cada uma, ao teu gosto, e vai deslizando as imagens com o rato de modo a explorar cada história.

 

A Professora GSouto

 

08. 03. 2018

 

 Licença Creative Commons

 

Ilustradores Portugueses na Feira Bologna 2018 : Propostas de leitura !

 

bolognafair2018.jpg

 

Bologna Children's Book Fair 2018

http://www.bolognafiere.it/

 

A 55ª edição da Feira do Livro Infanto-Juvenil de Bolonha vai ter lugar entre 26 e 29 de Março,tal como se deduz, em Bologna,Itália. Como todos os anos este é o certame mais importante a nível da ilustração infantil e juvenil mundial.

 

Feira do Livro Infanto-Juvenil de Bolonha é um dos mais importantes eventos da área editorial, dedicado à literatura e ilustração para a infância e juventude, e este ano celebra a sua a 55.ª edição.

 

 

 

 

Bologna Children's Book Fair 2018

http://www.bolognachildrensbookfair.com/

 

 

País convidado de honra:

 

China é o país convidado de honra.

 

 

 

http://www.bolognafiere.it/

 

Saber +

 

Durante os quatro dias, a feira apresenta centenas de editores, livreiros, autores e ilustradores vindos de todo o mundo que, em conjunto, promovem e divulgam o livro ilustrado para a infância e juventude.

 

Paralelamente, há um programa de debates, exposições, lançamentos e prémios.

 

As obras seleccionadas para a exposição serão reunidas num anuário, que será editado em três idiomas – Inglês, Italiano e Japonês – e distribuído por diversas livrarias especializadas em todo o mundo.

 

 

 

 

 Bologna Children's Book Fair 2018

https://wsimag.com/culture/

 

A exposição mostrará trabalhos de cerca de 80 ilustradores de 25 países diferentes. A edição 2018 contará com a presença de quatro ilustradores portugueses. 

 

Depois de Bolonha, a exposição entrará em itinerância e poderá ser visitada em vários países, como China, Dinamarca, Estados Unidos, Japão e Tailândia.

 

Ilustradores Portugueses:

 

Este ano, foram selecionados quatro ilustradores portugueses: Filipe Abranches, Madalena Matoso, Mariana Rio e Yara Kono.

 

bolognafair2018c.jpg

 

 

O Sonhador da África Perdida

Alexandre Serpa Pinto

ilustrador: Filipe Abranches

https://www.pato-logico.com/noticias/

 

Filipe Abranches apresentará, em Bolonha, as ilustrações que fez para o livro Alexandre Serpa Pinto: O Sonhador da África Perdida, da colecção Grandes Vidas Portuguesas, uma edição conjunta da Imprensa Nacional Casa da Moeda e da Pato Lógico.

 

É uma estreia para Filipe Abranches. Filipe Abranches, que tem trabalhado sobretudo em banda desenhada e cinema de animação.

 

 

 

bolognafair2018b.png

 

 

O Sonhador da África Perdida

Alexandre Serpa Pinto

ilustrador: Filipe Abranches

https://www.pato-logico.com/noticias/

 

É um dos 77 ilustradores, oriundos de 25 países, seleccionados de entre mais de 3 000  candidatos pelo júri da exposição internacional que se realiza desde 1967.

 

Desde 2012 que o Pato Lógico participa na Bologna Book Fair considerado um dos maiores e mais importantes eventos dedicado à literatura e ilustração para a infância e juventude. Em 2017, as ilustrações de Marta Monteiro para o título Ana de Castro Osório, a Mulher Que Votou na Literatura, da mesma colecção, também foram seleccionadas e expostas em Bolonha.

 

 

bolognafair2018d.jpg

 

 

Não é Nada Difícil - O Livro dos Labirintos

ilustradora: Madalena Matoso

Planeta Tangerina

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

Madalena Matoso é já uma presença assídua na Feira do Livro Infanto-Juvenil de Bolonha. Este ano, estreia-se na exposição, com mostras de colagens do livro Não é Nada Difícil – O Livro dos Labirintos, uma edição da Planeta Tangerina.

 

 

 

Não é Nada Difícil - O Livro dos Labirintos

ilustradora: Madalena Matoso

Planeta Tangerina

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

Já todos ouvimos a expressão:


“Isso é mais difícil do que encontrar uma agulha num palheiro!”.


Mas quem disse que encontrar uma agulha num palheiro é assim tão difícil? Este livro vem provar que muitas coisas aparentemente difíceis (e há tantas!) podem ser, afinal, bem mais fáceis do que pensávamos.

Neste livro, a história só avança à medida que atravessas labirintos (uns mais fáceis, outros mais difíceis). 
Há 14 labirintos à tua espera!

 

bolognafair2018f.jpg

 

As Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis

ilustradora: Mariana Rio

Sexto Piso

http://www.sextopiso.es/esp/

 

Mariana Rio expôs em Bolonha, em 2013. Este 2018, leva as ilustrações feitas para uma edição espanhola de As Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, que deverá ser publicado em breve pela editora Sexto Piso.

 

 

bolognafair2018g.jpg

 

 

Cem sementes que voaram

Isabel Minhós Martins

ilustradora: Yara Kono

Planeta Tangerina

https://www.planetatangerina.com/pt/

 

Yara Kono galardoada em 2015 nesta feira com o livro Gato Procura-se, livro de Ana Saldanha, esteve presente na Bologna Book Fair 2017 com o livro Batata Chaca-Chaca. Desta vez, apresentará as ilustrações do livro Cem sementes que voaram, editado pela Planeta Tangerina.

 

Uma árvore está à espera, esperançosa…
O que espera ela? 
O dia ideal para lançar as sementes.
O dia certo, o dia tal. 
O dia chega, mas a aventura ainda só está a começar…
Porque, se nos pusermos a fazer contas, das cem sementes que voaram, quantas cairão em bom solo? Quantas serão comidas por pássaros? Quantas acabarão no fundo de um rio? Quantas se transformarão, finalmente, numa árvore adulta?

Neste livro, fazemos contas, sem nunca perder a esperança. Mesmo que a história nos traga aquilo que parece ser uma infinita conta de subtrair!
Quem consegue acreditar até ao fim, como esta árvore-mãe, que tudo vai correr bem?

(Será que vai mesmo? Vamos torcer por isso!)

 

Um livro que traz a floresta para o centro das atenções, celebrando a resistência das sementes e a inteligência das árvores e da natureza. Para leitores de todas as idades.

 

 

 

 

Bologna Children's Book Fair 2018

http://www.bolognachildrensbookfair.com/

 

Os ilustradores com idade inferior a 35 anos são ainda candidatos a um prémio, criado em parceria com a SM Fundación Internacional. O prémio, no valor de 12 mil euros, inclui ainda a edição de um livro.

 

 

 O Meu Avô

Catarina Sobral

 

https://www.fnac.pt/

 

Em 2014, esta distinção foi atribuída à ilustradora portuguesa Catarina Sobral. Prémio Bologna Raggazzi - 2014.

 

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura 2º Ano de Escolaridade Leitura Autónoma.

 

Actividades:

 

  • Sugestões de leitura a propor aos alunos, segundo o nível de ensino e nível etário, nos currículos de Língua Portuguesa.
  • Desenvolver projecto transcurricular Línguas/ Educação Visual de eventual tradução e novas ilustrações das obras estudadas.

 

Bom trabalho!

 

A Professora GSouto

 

27.02.2018

 

Licença Creative Commons