Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Internacional dos Museus

 

 

 

http://network.icom.museum/

 

Celebra-se hoje, dia 18 Maio, o Dia Internacional dos Museus. Comemorado um pouco por todo o mundo, o Dia Internacional dos Museus está de volta.

 

Dia Internacional dos Museus é um acontecimento de grande tradição no mundo dos museus  e data de 1977, por proposta do ICOM O Conselho Internacional dos Museus (ICOM) criou este dia para sensibilizar o grande público sobre a importância dos espaços museológicos no desenvolvimento da sociedade.

 
Da América à Oceania passando pela Europa, Ásia e África, o Dia  Internacional dos Museus é um momento único para a comunidade dos museus a nivel mundial. Este ano, participam perto de 33 000 museus de 129 países.
 
O tema 2013 é: 

 

Museus (memória + criatividade) = progresso social

 

Optimista, este tema em forma de equação reune de maneira dinâmica diferentes conceitos essenciais para definir o que é hoje um museu, sublinhando a natureza universal destas instituições  e a influência positiva que exercem na sociedade. Resume o grande afastamento que os museus têm, por vezes, e alerta para a sua vocação de contribuir para o desenvolvimento e a união da comunidade.

 

 


 

http://www.museumaritimo.cm-ilhavo.pt/

 

Então, hoje,  há toda uma panóplia de actividades que vão dinamizar os espaços dos diversos museus portugueses. À semelhança de edições anteriores, concertos, filmes, exposições, ateliês para crianças, visitas guiadas ou palestras serão algumas das propostas. Por exemplo, o Museu Marítimo de Ílhavo que me chamou à atenção pela modernidade do seu espaço, apresenta uma série de actividades bastante interessantes.

 

 

 Museu Marítimo de Ílhavo

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/

 

A celebração do Dia Internacional dos Museus junta-se à iniciativa Noite Eurpeia dos Museus, proposta em 2005 pelo Ministério da Cultura e da Comunicação de França, mas que o ICOM patrocina desde 2011. Engloba actividades especiais que decorrem em horário nocturno.

 

Para saberes que espaços podes visitar neste Dia Internacional dos Museus basta consultar AQUI o programa. Mas vale a pena passar pelas páginas da Noite Europeia dos Museus e do Dia Internacional dos Museus no Facebook para ficares com uma visão cultural do que se passa mo mundo neste dia e nesta noite de 18 Maio dedicados aos Museus.

 

Sei que em Portugal não há uma grande tradição de noites nos Museus. Mas seria interessante começar a partilhar deste conceito que poderá proporcionar uma diferente noção de cultura.

 

Votos de um excelente fim-de-semana no Museu mais perto de ti!

 

A Professora GSouto

 

18.05.2013

 

Licença Creative Commons

 

Tradições de Páscoa ? Muitas !

 
 
 

pascoa-ovos.jpg

 
Ovos de chocolate
Ovos de chocolate | Tradições Páscoa
 
 
A Páscoa aí está! Já de férias, todos se preparam para saborear as tradcionais doçarias da época: ovos de chocolate, amêndoas, pão-de-ló e o tradicional folar.
 
Tal como o bolo-rei, também o folar se tem modernizado e aparece agora nas pastelarias com sabor a chocolate.
 
Os chocolateiros portugueses são dos mais conceituados, fazendo frente aos chocolateiros franceses, belgas ou suiços. Basta is à Festa do Chocolate de Óbidos para deixamos de ter dúvidas.
 
 
Saber +
 
 
Bom, mas falemos da Páscoa. Já sabemos a origem da palavra Páscoa, a tradição da celebração desta festa que se comemora em todo o mundo, com significados diferentes.
 
 
Sabemos a origem dos ovos de Páscoa. E sabemos também que os países anglo-saxónicos têm uma cultura muito própria. A de esconder ovos pintados (ou de chocolate) pelos jardins para que as crianças os possam encontrar. Uma verdadeira alegria para os mais novos.
 
 
Mas a tradição portuguesa da doçaria desta época do ano é algo diferente. Ouvimos falar do folar que passamos a encontrar em todas as pastelarias.

 

 

 
Folar, bolo tradicional português de Páscoa
 
 
Ir + longe: Folar de Pãscoa
 
 
Segundo os mais velhos, antigamente, apenas se comia folar na Páscoa, bem como as amêndoas, nas suas variedades regionais.
 
 
A expressão 'Amêndoas' tinha a conotação de 'presentes' que se trocavam nesta época. Tal como o folar. Para muitos, 'Folar', era o presente que os padrinhos e madrinhas davam aos seus afilhados na Páscoa.
 
 
 

 

Folar com carnes de Trás-os-Montes

http://images.vidaativa.pt/

 

 
Mas folar, em termos de doce ou iguaria de Páscoa é genericamente uma massa de trigo, com ovos, doce ou salgado.
 
 
Em Trás-os-Montes, o 'folar' é salgado e tem recheio de carnes. Em outras regiões, encontramos os 'folares doces', particularmente no Alentejo  e Algarve, muitas vezes com ovos inteiros na cobertura que cozem em simultâneo.
 
 
Os folares salgados (origem transmontana) e os folares doces (origem algarvia e alentejana) encontram-se agora por todo o país, à venda nas pastelarias, embora a maioria se cinja ao folar pão doce com ovos.
 
 
 

 

Amêndoas de Páscoa

http://www.maimagazine.net/

 
 
Tradições Europa
 
 
A tradição de doces nesta época não é exclusiva de Portugal. Um pouco por toda a Europa, e não só, se celebra a Páscoa com festas de família.
 
 
Por exemplo, na Alemanha faz-se um bolo em forma de cordeiro, e uma 'coroa' de Páscoa de massa de bolo com amêndoas e chocolate e depois é enfeitada com ovos coloridos.
 
 
Em Espanha, as famosas Tortas de Páscoa. Em Itália, os Aros de Páscoa. E em França, os célebres 'Oeufs au chocolat'.
 
 
 

 

Rebuçados Senhor dos Passos

https://saberescruzados.files.wordpress.com/

 
 
Bom, mas voltemos a Portugal. E imaginem que esta semana fiquei a conhecer os rebuçados do Senhor dos Passos! É verdade! Eu que adoro a cidade de Viana do Castelo, e vou lá tantas vezes, nunca tinha ouvido falar destes rebuçados. E conheço bem a tradicional pastelaria que os fabrica. Quem não conhece?

 

Mas vejamos então o vídeo que fala dos 'Rebuçados do Senhor dos Passos, da confeitaria mais tradicional e antiga de Viana do Castelo:

 

 
 
 
 
 
 
Vêem como não estava a brincar? Pois é, os 'rebuçados do Senhor dos Passos' existem mesmo. Sempre a aprender! E é bom partilhar estas tradições antes que se percam com a mundialização.
 
Eu sou a favor da multiculturalidade! Mas cada país deveria preservar as suas tradições, partilhando-as sim com outros países, a nível mundial. Numa troca de saberes. Não acham?
 
 
Então, se forem passar a Páscoa ao Alto Minho, não se esqueçam de passar por Viana do Castelo, e dar um saltito até à pastelaria, quanto mais não seja, para ficarem a conhecer os rebuçados 'Senhor dos Passos' agora dvulgados. Depois digam se gostaram!
 
 

Então, para todos, uma Páscoa feliz, com a família, e com amigos. Comam ovos ou amêndoas de chocolate! Mas essencialmente repartam! Não esqueçam aqueles que não poderão comprar doces ou amêndoas, tanto no nosso país como em muitos outros paises.

 

Boa Páscoa! E claro! Excelentes férias!

 

A Professora GSouto
 
 
27.03.2013

 


Licença Creative Commons
 

Festival do Chocolate em Óbidos

 

 

 

 

Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, Portugal

foto: créditos Julie Dawn Fox 

http://i0.wp.com/juliedawnfox.com/  

 

Desde 23 Fevereiro está a decorrer o Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, um evento muto doce que vai prolongar-se até 17 Março 2013 na lindíssima vila medieval.

 

Reúna a família e parta com destino à doce vila medieval de Óbidos! Devido ao mau tempo, a organização do festival alterou o arranque do evento para sábado, em vez de sexta-feira, como estava inicialmente previsto.

 

Saber +

 

Este ano, as esculturas do Festival Internacional de Chocolate de Óbidos são inspiradas no filme Charlie e a Fábrica de Chocolate.

 

Lembram-se do filme? Vimos nas aulas de Português para estudarmos o Texto Narrativo e debatermos valores tantas vezes esquecidos, actualmente.

 

 

 

Ir + longe:

 

Festival Internacional de Chocolate de Óbidos acontece essencialmente na Cerca do Castelo de Óbidos.

 

Começa a tua visita pela zona histórica e lá no alto, aprecia como esta vila medieval se decompõe, por entre ruas estreitas e vielas apertadinhas, até às portas da vila.

 

Até lá chegar, procura também o Padrão Camoniano e o Pelourinho. As igrejas de Santa Maria (igreja Matriz) e da Misericórdia estão logo aí. Ao descer, a família pode admirar as lojas de artesanato.

 

Do lado exterior às muralhas avista-se o Aqueduto de Óbidos e da Usseira e, a cinco quilómetros da vila, a Lagoa de Óbidos

 

  

 

 Óbidos vila e muralha | Portugal

http://upload.wikimedia.org/

 

Actividades lazer:

 

Pois bem, aqui temos um convite irrecusável! Vão até lá com a família, inspirem-se e participem num dos quatro cursos de chocolateria, assistam à confecção de receitas “na hora” pelos chefes formadores da Escola de Hotelaria de Turismo do Oeste ou tentem conhecer as Ementas em Chocolate, uma iniciativa que põe alguns dos restaurantes locais a puxar pela imaginação para fazer a melhor sobremesa de chocolate!

 

Mas não se fiquem por aí. Descubram na página das Actividades todas as aventuras possíveis! São imensas e tão divertidas!

 

E porque o festival funciona de sexta-feira a domingo, não se esqueçam de aproveitar o passeio e encher 'mais os olhos do que a barriga'.

 

Vá lá um pouco de chocolate de vez em quando até é bem sudável! Só não vale exagerar como aquele menino, Augustus Gloop, que de tanta gulodice caiu no lago do chocolate na sala do chocolate.

  

 

 

 Festival Internacional de Chocolate de Óbidos

http://www.festivalchocolate.cm-obidos.pt/

 

Se tens irmão aos novos, eles vão adorar! Já viste as coisas fabulosas que se podem fazer em chocolate? Quanta criatividade... e sabedoria.

 

As férias de Páscoa  estão aí. Aproveitem para se divertirem um pouco e conhecer Obidos um dos mais recantos do nosso país em ritmo de fantasia contagiante!

 

Um belo roteiro histórico a juntar à iguaria do chocolate para umas férias bem docinhas.

 

A Professora GSouto

 

10.03.2013

 

 Licença Creative Commons

 

Solidariedade : Pobreza infantil em Portugal, países da UE e não só

 

 

 

 

 

 Pobreza infantil na Europa

Parlamento Europeu

 

Uma em cada cinco crianças portuguesas estão em risco de pobreza. Situação abrange menores que vivem em lares onde há desemprego mas também onde há trabalho. Nos países da UE, Portugal aparece em penúltimo lugar, apenas ultrapassado pelo Polónia.

 

Portugal é um dos oito países da União Europeia (UE) onde se registam os níveis mais elevados de pobreza nas crianças, nomeadamente nas que vivem com adultos empregados, segundo um relatório da Comissão Europeia, a que a Lusa teve acesso.

Segundo o relatório conjunto sobre a protecção social e inclusão social, que é apresentado na segunda-feira e deverá ser adoptado no dia 29 pelo Conselho de Ministros do Emprego e Segurança Social, em Portugal há mais de 20 por cento de crianças (uma em cada cinco) expostas ao risco de pobreza.

 

Um relatório da Comissão Europeia aponta Portugal com um dos oito países europeus com maior nível de pobreza infantil.

 

Neste caso, Portugal está em penúltimo lugar e é apenas ultrapassado pela Polónia - ambos com mais de 20 por cento de risco de exposição à pobreza - de uma tabela liderada pela Finlândia e Suécia, com sete por cento de risco.

 

Mas a pobreza infantil também alcança países bem mais desenvolvidos como os Estados Unidos.

 

 

 

 

Pobreza crianças nos Estados Unidos

http://www.occupy.com/

 

Saber +

 

A pobreza infantil tem vindo a aumentar nos países ricos, segundo um estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância ontem divulgado. Em Portugal, a pobreza atinge uma em cada seis crianças.

 

Portugal também faz parte da lista dos países que viram a condição infantil degradar-se desde a década de 90 (a pobreza entre as crianças aumentou 3,2 por cento).

 

Em 17 de 24 países da OCDE para os quais há dados, as taxas de pobreza infantil subiram desde o início dos anos 90. Apenas a Austrália, Noruega, Reino Unido e Estados Unidos apresentam melhorias significativas.

 

 

 

Pobreza infantil

créditos: Martirena, Alfredo

https://s3.amazonaws.com/

 

 

Ir + longe:

 

Não podemos esquecer estes meninos que, em idades semelhantes, ou até mais pequeninos, estão neste momento a sofrer limitações terríveis em muitos países da OCDE.

 

Como apoiar?

 

 

 

Pobreza infantil no mundo

créditos:  Rahmat Gul/AP

http://inapcache.boston.com/

 

Vamos libertar-nos de muitos objectos - jogos, livros, brinquedos, roupa, alimentação] - que temos a mais lá por casa e entregar a organizações humanitárias?

 

gas-solidario-porto.jpg

 https://www.facebook.com/gasporto/

 

G.A.S. Porto, Grupo de Acção Social do Porto -grupo de voluntariado em que colaboro- desenvolve actividades de acção social na área do Grande Porto.

 

No sentido de dar continuidade a essas actividades e de responder às imensas necessidades das pessoas ainda mais carenciadas, o grupo desenvolve projectos missionários, em Portugal e em Países em Vias de Desenvolvimento, nomeadamente em Moçambique e Timor.

 

 

 

 É isso. Vamos todos contribuir para esta campanha de3 luta contra a pobreza infantil em Portugal, Timor e Moçambique?

 

Todos juntos, poderemos pôr um sorriso no rosto de uma criança!

 

A Professora GSouto

 

03.06.2008

 

Licença Creative Commons

 

Referências: IOL.pt/ Agência Financeira

 

 

Ficha Portugal : Olá !

 

 

 

caravela.jpg

 

 

Caravela Portuguesa

http://www.klepsidra.net/

 

 

 Olá! Chamo-me Elisabete Lopes. Tenho 12 anos, sou o nº 14 do 5C.

 

A Língua Portuguesa está espalhada por todos os continentes e ocupa o quinto lugar entre as línguas mais faladas do mundo.*

 

Eu gosto do meu país! Eu digo Olá !

 

 

Elisabete Lopes*, 5C

 

19.10.2005

 

*NEE

 

Licença Creative Commons

 

* fonte: Saber Português hoje, Luisa Oliveira/ Leonor Sardinha, Didáctica Editora