Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Harry Potter : Ante-estreia peça teatro & lançamento Lello

 

 

Palace Theater, Londres

créditos: Ben A. Pruchnie/ Getty Images

http://assets.nydailynews.com/

 

A antestreia de Harry Potter and the Cursed Child, peça de teatro que decorre 19 anos depois do final da saga de J.K. Rowling, teve lugar segunda-feira, 25 de Julho, no Palace Theater, em Londres.

 

 

Famíla Harry Potter

créditos:

http://www.telegraph.co.uk/

 

Harry Potter and the Cursed Child arranca no momento em que termina o livro e filmes Harry Potter e os Talismãs da Morte, quando Harry, Ginny, Ron e Hermione deixam os filhos na estação de comboio com ligação a Hogwarts. Lembram? 

 

Nesta peça de teatro, Jaime Parker veste interpreta Harry Potter, que actualmente tem 37 anos e trabalha no Ministério da Magia. Já Hermione (Noma Dumezweni) é Ministra da Magia e Ron (Paul Thornley) continua bem humorado.

  

 

Harry Potter and The Cursed Child

créditos: Manuel Harden/ Variety

http://variety.com/

 

Os fãs do jovem feiticeiro que marcaram presença nesta ante-estreia, como por exemplo Marie Smith, confessou que não conseguiu conter as lágrimas no final do primeiro acto.

 

"As palavras não conseguem descrever o quão feliz estava"

 

Mary Smith

 

Para a revista Variety, a história que retrata ao longo de cinco horas e dois actos a vida de Albus Potter em Hogwarts supera todas as expectativas. “Há dez anos, J.K. Rowling levou uma geração à leitura. Agora, The Cursed Child poderá fazer o mesmo pelo teatro”.

 

 

Harry Potter and The Cursed Child

créditos: Manuel Harden/ Variety

https://pmcvariety.files.wordpress.com/

 

“O guião de Jack Thorne mostra que a rejeição leva ao ressentimento e que ninguém nasce vilão”.

 

Já para o jornalista Ben Bratley do New York Times, "Harry Potter and the Cursed Child" é uma peça "afetuosa" e "divertida". "A peça consegue capturar a sensibilidade de J.K. Rowling ainda melhor que os efeitos especiais dos filmes", frisa.

 

Os bilhetes para a temporada de estreia da peça de teatro esgotaram uma hora depois da abertura da bilheteira. No site Pottermore, a escritora e criadora da saga, J.K. Rowling, explica a base da peça. 

 

 

Harry Potter, mulher e filhos

Albus (the cursed child)

http://images.radiotimes.com/

 

“Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é muito mais fácil agora que ele é um empregado atarefado do Ministério da Magia, marido, pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry se debate com um passado que se recusa a ficar onde deveria, o seu filho mais novo, Albus, tem de lutar contra o peso do legado familiar que nunca quis. Passado e presente fundem-se sinistramente e tanto o pai quanto o filho descobrem a verdade desconfortável de que, às vezes, as trevas vêm de sítios inesperados”

 

J.K. Rowling, Pottermore

 

 

 Harry Potter And The Cursed Child, book

https://upload.wikimedia.org/

 

O livro Harry Potter and the Cursed Child chega às lojas de todo o mundo na noite de 30 para 31 Julho. No Porto, a Livraria Lello está a preparar um evento especial para o lançamento do livro.

 

O livro, desenvolvido por J. K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, é oficialmente a oitava história da série e irá retratar os 19 anos que se seguiram após o final de Harry Potter e os Talismãs da Morte - Parte 2.

 

O livro centra-se no primeiro ano de Albus em Hogwarts, em que é constantemente confrontado com o seu legado familiar. 

 

"Perigosamente, passado e presente confundem-se e pai e filho terão que lidar com a desconfortável verdade: por vezes, a escuridão vem de lugares inesperados",

 

Pottermore. 

 

A Lello avisa:

 

Os fãs de Harry Potter que queiram comprar, na Livraria Lello, o novo livro, poderão fazer pré-pagamento a partir das 10:00 de sexta-feira, podendo levantar o livro a partir da meia-noite de domingo, dia 31 Julho 2016.

 

No interior da Livraria Lello, a partir da meia-noite de sábado para domingo, de 30 para 31 Julho, será possível levantar os exemplares da obra, mediante a apresentação do comprovativo de pré-pagamento do livro.

 

Relembra, uma vez mais, que J.K. Rowling não estará presente. Os livros podem ser carimbados com um selo especial, que atesta a presença nesta data na Livraria Lello, não estando os exemplares autografados pelos autores.

 

Guia:

 

Guia 

https://www.facebook.com/LivrariaLello/

 

A cidade do Porto já havia inspirado a autora da saga, que em 1991 viajou para a cidade do Porto, onde viveu durante cerca de três anos e escreveu os primeiros rascunhos do livro Harry Potter e a Pedra Filosofal, que viria a ser lançado em 1997. 

 

Vários órgãos de comunicação social especializada têm avançado que a autora se inspirou em vários aspectos da cidade como as escadas da Livraria Lello, os trajes académicos e o Café Majestic.  

 

 

 

 Alan Rickman/ Severus Snape

credits: Pottermore

https://www.pottermore.com/

 

Alguma imprensa anunciou que dois actores da saga estariam presentes na Lello, bem como J.K. Rowling. Mas a Lello já desmentiu, como se pode ler no Aviso (ver acima). 

 

Há fãs de vários países inscritos:

 

"O evento está a ser viral e estamos com imensos subscritores de todo o país bem como também do estrangeiro" 

Livraria Lello

 

 Actividades:

 

Que melhor actividade poderiam desejar para férias do que uma ida a este evento, participar nas propostas que a Lello tem para todos, comprar o livro (versão inglesa) e ler durante a férias?

 

Desejo a todos os harrypotterheads uma noite muito mágica!

 

A Professora GSouto

 

28.07.2016

 

 

 

Londres, que aventura!

 

 

 

Londres

créditos: AP

http://images.google.pt

 

Depois de ficar retida dez horas num aeroporto e quatro horas em um outro, em risco de ver, mais uma vez, o meu voo cancelado, eis-me de volta ao Porto! Ufa!! Que aventura!

 

Ao partir para Londres para participar na conferência e workshop Where next for Digital Identity que teve lugar numa das salas do centro de conferências da British Library, jamais imaginara ter que enfrentar semelhante intempérie!

 

 

londres2

 

Londres

créditos: autor não identificado

http://farm1.static.flickr.com

 

Temperaturas muito abaixo de 0º C, andar na rua (entre -2º e -8º) a neve a cair abundamente no rosto, deslocar-me nos passeios ou atravessar ruas, a 'skatar' , foram algumas das aventuras!

 

 

British_Museum.jpg

 

British Museu/ Great Court

créditos: Diliff - Own work

https://en.wikipedia.org/

 

Bom! Mas tenho coisas boas! As visitas à British Library logo após a conferência que terminou mais cedo devido ao nevão que se abateu sobre a capital londrina, e British Museum foram experiências deslumbrantes! Os únicos espaços que tive tempo disponível para visitar mas que foram uma experiência singular de cultura nos seus vários aspectos.

 

Brevemente vos conto pormenorizadamente. Aguardem!

 

A Professora GSouto

 

09.01.2010

 

Licença Creative Commons

 

SOS Baleias : rio Tamisa não foi possível salvar baleia

 

 

 

 

Voluntários e biólogos tentam salvar baleia

 rio Tamisa/ Londres

créditos: Getty Images

http://www.gettyimages.co.uk/

 

 

 

Voluntário tenta salvar baleia

 rio Tamisa/ Londres

http://graphics8.nytimes.com/

 

Uma baleia bottle-nosed morreu a alguns quilómetros do seu habitat, o Oceano Atlântico. A baleia subiu o rio Tamisa, Londres, e apesar de todos os esforços dos londrinos (houve pessoas que saltaram para as águas geladas do rio Tamisa), de biólogos e autoridades britânicas, a baleia bottle-nosed não sobreviveu.

 

 

 

Biólogo no rio Tamisa tenta ajudar baleia

créditos: Getty Images

http://www.gettyimages.pt/

 

Saber +

 

 

Em 2004, cerca que 3 330 espécies de animais e vegetais ameaçados de extinção foram acrescentadas à lista vermelha da União Mundial pela Natureza (UICN). Ou seja, um mamífero a cada quatro, um anfíbio a cada três, um pássaro a cada oito.

(...)

 

Daqui a menos de meio século, de 15 a 50% das espécies animais e vegetais poderão ter desaparecido da superfície da Terra. O declínio da biodiversidade é tal que os cientistas referem-se a ele como a sexta grande crise de extinção das espécies desde que a vida apareceu em nosso planeta. O homem é o principal responsável.

 

As novas gerações empenham-se cada vez mais na defesa do ambiente e da biodiversidade. Os desportos radicais pratiados ao ar livre sensibilizaram os jovens para as causas fundamentais ligadas ao Planeta Terra! Estamos pois perante novos defensores ambientalistas que terão uma palavra a dizer.

 

Actividades:

 

  • Pesquisa sobre Ambiente e espécies ameaçadas ou em vias de extinção, poluição dos mares, desertificação florestal!
  • Recolher notícias, fotografias para elaboração de jornal de parede;
  • Debater as conclusões e possíveis meios de reverter a situação;
  • Solicitar apoio da professora de Cìências da Natureza para projecto transcurricular;
  • Passar mensagens SOS a amigos e família.
  • Propor actividades a desenvolver na escola!

 

 Links úteis:

 

http://whales.greenpeace.org/2137.htm

 http://animals.nationalgeographic.com/animals/mammals/blue-whale/

 

 

 A Professora GSouto

 

23.01.2006

 

(homenagem a uma baleia bottle-nosed)

 


Licença Creative Commons

 

Curiosidade pela tentativa de salvar uma baleia rio Tamisa

 

 

 

 

Tentativa de salvar uma baleira bottle-nosed no rio Tamisa

créditos: Getty Images

http://media.gettyimages.com/

 

 

 

Alunos des escolas londrinas atentos

à tentativa de salvar baleia rio Tamisa

créditos: Dylan Martinez| Reuters

http://news.yahoo.com/

 

Alunos de escolas londrinas observam com muita curiosidade e alguma ansiedade a tentativa de salvar uma baleia bottle-nosed que subiu desorientada o rio Tamisa, Londres, perto da ponte Battersea. 

 

A baleia subiu o rio Tamisa até ao centro da cidade, quinta-feira 20 Janeiro 2006. Foram muitas as tentativas de reorientar a baleia em direcção ao oceano.

 

 

 

Multidão junto ao rio Tamisa

para observar a tentativa de salvar uma baleia 

créditos: Getty Images

http://media.gettyimages.com/

 

Esta tentativa de salvamento inusitado fez com que muitos curiosos se aglomerassem nas margens do rio, tornando o tráfego da cidade caótico.

 

Actividades:

 

  • Pesquisar sobre esta espécie de baleia;
  • Recolher informação deste infeliz aconteciemento.

 

 A Professora GSouto

 

21.01.2006

 

Licença Creative Commons