Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Ler Amy Krouse Rosenthal : Livros infantis ? Não só !

 

 

Plant a Kiss

Amy Krouse Rosenthal

illustração: Peter H Reynolds

http://www.harpercollinschildrens.com/

 

Lembram Amy Krouse Rosenthal na BEA 2009 e o vídeo original de apresentação com a ajuda de sua filha? Eu sei! Já não estão mais na idade de ler livros infantis! Mas tem uma mensagem linda para crianças e adultos. Plant a Kiss é um livro maravilhoso.

 

Desta vez Amy Krouse Rosenthal escreveu e Peter H. Reynolds ilustrou este encantador livro infantil Plant a Kiss, editado em Dezembro 2011 pela HarperCollins. Hoje os autores estão a autografar o livro em Nova Iorque.

 

Plant a Kiss está disponível em versão impressa e versão digital e-book. Para já, só em Inglês, mas estou certa que não terão dificuldade em ler. Eu também apoiarei nas aulas curriculares.

 

plant-kiss1.jpg

 

Plant a Kiss

Amy Krouse Rosenthal

illustração: Peter H Reynolds

https://www.amazon.com/Plant-Kiss-Board-Krouse-Rosenthal/

 

 

Sinopsis (em inglês):

 

Little Miss planted a kiss ...

 

One small act of love blooms into something bigger and more dazzling than Little Miss could have ever imagined in this epic journey about life, kindness, and giving.

 

Amy Krouse Rosenthal,Plant a Kiss

 

 

 

 
 
Mas Amy Rosenthal escreve também para os mais crescidos. Por exemplo, este livro, Encyclopedia of an Ordinary Life.
 
 
Sinopse:
 
 
Usando a maior parte das vezes capítulos curt0s organizad0s de A a Z, muitos dos quais são referências cruzadas, Rosenthal captura em maravilhosos detalhes e episódicos, momentos, observações e emoções que compõem a vida contemporânea. Comece em qualquer letra, de preferência do A, e veja como a existência de uma jovem mulher letrada pode abrir e definir o mundo de novas e inesperadas maneiras.
 
 
Não me parece que esteja editado em língua portuguesa (Portugal). Apenas encontrei edições em língua inglesa,mesmo editadas em Portugal. Mas para as alunas que já dominam bem o inglês, pode ser uma boa sugestão. E por que não para os rapazes?
 
 
 
 
 
 
 
Encyclopedia of an Ordinary Life
Amy Krouse Rosenthal
Crown/Random House, 2005
 
 
Crítica:
 
I rarely give a book a perfect 10 on the ratings scale, but I have to do so in this case. It’s not that the book itself is perfect, nor the author extremely engaging in her own right, but I found the experience of reading it to be a magical one. I was thoroughly inspired at every sitting, my creativity just bursting upon reading each entry. I want to create an encyclopedia of my own life! And for that boost I applaud Rosenthal. I am viewing my world with new eyes and a notepad in hand. No other reading experience has brought me to this place, and I suspect few will ever come close again. Encyclopedia is a book tailor-made for those who seek inspiration in their surroundings, and it succeeds in bringing to life all the minutiae that seems to oppress but is actually the cocoon that shapes us into what we can become.
 
 
Goodreads
 
Crown/Random House, 2005
 
 

plant-kiss.jpg

 

Plant a Kiss

Amy Krouse Rosenthal

illustração: Peter H Reynolds

https://www.amazon.com/Plant-Kiss-Board-Krouse-Rosenthal/

 
 
Peter H Reynolds é um ilustrador de sucesso que já obteve vários prémios. É reputado pela sua interacção com alunos em várias escolas norte americanas onde anima ateliês de ilustração.  
 
 
 

peter-h-reynolds-the-dot.png

 

The Dot

Peter H. Reynolds

http://www.peterhreynolds.com/

 
 
O seu livro mais conhecido tem por título The Dot que significa o dom (jeito, habilidade) para ser um artista, ilustrador, pintor. Um livro que delicioso onde Reynolds incentiva todas as crianças e jovens a desenhar e criar a sua própria arte!
 
 
 

 

 

 
Actividades:
 
 

 

 

 Amy Krouse Rosenthal

créditos: Autor não identificado

https://www.presenca.pt/

 
 
Tomei conhecimento ontem, pelo Peter H. Reynolds que Amy Krouse Rosenthal tem uma doença terminal.
 
 
Fiquei com coração partido.Sem palavras. Amy K Rosenthal tem uma sensibilidade linda! Mesmo assim, acabou de publicar um novo em Dezembro 2016.
 
 
 

 

That's Me Loving You
Amy Krouse Rosenthal
ilustração: Teagan White
Random House, Dez. 2016
 
 
 
Wherever you are,
Wherever you go,
Always remember
And always know. . . 

That feeling you always have in your heart?
That’s me loving you.
 
 
Amy Krouse Rosenthal, That's Me Loving You
 
 
 

 

That's Me Loving You
Amy Krouse Rosenthal
ilustração: Teagan White
 
 
Amy Krouse Rosenthal capta o desejo dos pais de estar sempre presentes neste poema simples e tocante, oferecendo a tranquilidade do seu amor. Sinais de afecto podem ser encontrados no mundo natural em nosso redor - da brisa suave a uma estrela cintilante.
 
 
Crítica:
 
 
Nota:
 
 
Publicado em 4 Fevereiro 2012, foi hoje actualizado, depois de tomar conhecimento que Amy Krouse Rosenthal sofre de doença terminal.
 
Quero assim celebrar a vida, com a doce esperança que possa receber boas vibrações para o seu estado de saúde. Meus pensamentos estão com Amy!
 
Foi com muita tristeza que li. Amy Krouse Rosenthal morreu hoje
 
 
A Professora GSouto
 
 
04.02.2012
 
 
Actualizado: 05.03.2017/ 13.03.2017
 
 
Licença Creative Commons
 

O Rapaz do Pijama às Riscas : livro e filme

 

 

 http://static.fnac-static.com/

 

"As barreiras poem dividir-nos... mas a esperança vai unir-nos."

 

Baseado no livro de John Boyne, o filme O Rapaz do Pijama às Riscas estreou em 2009.

 

Há quem tenha considerado o livro de má qualidade literária. Não vou contestar! Depende do ponto de vista e da qualidade da leitura.

 

No entanto, é um livro que teve imenso sucesso! E que continua a apaixonar jovens  em todo o mundo.

 

Publicado no Reino Unido em 2006, simultâneamente em edições para jovens e para adultos, O Rapaz do Pijama às Riscas encontra-se actualmente traduzido em 32 línguas, e tem suscitado o interesse da crítica e dos leitores jovens e adultos, um pouco por todo o mundo.

 

A provar, está a sua adaptação ao cinema em 2008, pelo realizador Mark Herman, conhecido realizador inglês. 

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas 

ediçõe Asa

 

 

Vencedor de dois prémios literários na Irlanda "Children's Book of the Year" e "Listener's Choice Book of the Year",  bem como "Bisto Children's Book Award".

 

Foi nomeado para mais de 15 prémios literários internacionais, entre os quais "British Book Award" (Reino Unido), "Premio Paolo Ungary" (Itália), "Prix Farmiente" (Bélgica), e "Borders Original Voices Award" (Estados Unidos). Foi ainda nomeado para a "Carnegie Medal" de 2007.

 

(fonte bookingcross.com)

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

John Boyne

http://www.bulhosa.pt/

 

Na contracapa pode ler-se:

 

"Esta é uma história especial e muito difícil de descrever. Embora fosse normal incluir aqui algumas pistas sobre o conteúdo, entendemos que neste caso isso iria prejudicar a experiência da leitura.

 

Pensamos, de facto, que é importante começar a ler esta obra sem saber do que ela trata e, para os mais curiosos, avançamos apenas isto: quem ler este livro vai embarcar numa viagem com um rapaz de nove anos chamado Bruno; e, mais cedo ou mais tarde, vai chegar com o Bruno a uma vedação...

 

Vedação como essa, existem um pouco por todo o mundo. Oxalá o leitor nunca encontre nenhuma igual."

 

Edições Asa, contracapa

 

Repito as palavras finais. Espero sinceramente que nunca mais na vida de nenhuma criança hajam vedadções. E parte alguma do mundo.

 

Deixo o trailer do filme para que possam relembrar as nossas aulas, ou então ver pela primeira vez, quem sabe. Um livro que devem ler, e um filme que vale a pena ver, mesmo em DVD.

 

  

 

 

Lemos o livro nas aulas curriculares de Língua Portuguesa em 2009. Os alunos que viram o filme com os pais ou amigos ficaram muito impressionados e pediram para lermos o livro nas aulas de Língua Portuguesa.

 

O debate e todas as actvidades inerentes, desde a investigação, ao termo de comparação com o livro já lido Diário de Anne Frank bem como as propostas de escrita criativa tornaram o tema muito envolvente, visto por jovens que desconhecem o que pode ser uma infância ou juventude atravessada pela guerra, pior ainda, por campos de concentração. 

 

Só mais tarde, O Rapaz do Pijama às Riscas foi incluido no programa Ler + . E para relembrar todas as  crianças e adultos que morreram em campos de concentração, o mundo hoje relembra:

 

auschwitz2.jpg

 

Auschwitz

 http://wmtheboyinthestripedpajamas.files.wordpress/

 

Faz hoje 70 anos que o Campo de Concentração de Auschwitz foi libertado por tropas russas no final da 2ª Guerra Mundial.

 

A Professora GSouto

 

27.01.2015

 

 

 Licença Creative Commons

Harry Potter de volta ?

 

 

Harry Potter saga

www.google.com/

 

Há aqui um grupo de ex-alunos, hoje jovens profissionais em diversas áreas que foram os primeiros fãs de Harry Potter, mal o primeiro livro da saga foi publicado em Portugal. E foram eles que me levaram a introduzir Harry Potter nas aulas de Língua Portuguesa como leitura integral.

 

E muitas foram as actividades de escrita criativa que se desenvolveram ao longos desses anos lectivos.

 

E na altura, nem se sabia sequer que iria dar origem à saga mais célebre do mundo, no mundo da leitura juvenil, superando a trilogia do Senhor dos Anéis.

 

Depois seguiram-se outras gerações, mas todas harrypottianas, até aparecer numa fase posterior a geração Twilight.

 

 

 

 

 

Harry Potter

http://harrypotterspells.net/

 

Mas falo sobretudo para os Harry Potter 1ª geração da Pottermania que ficaram tristes quando J. K. Rowling anunciou que dava por terminada a saga Harry Potter. E para satisfazer os seus milhares de leitores, abriu o site Pottermore, como bem se lembram.

 

Esta semana, ficaram felizes ! Ou melhor, desde terça-feira, dia 8 Julho que andam encantados. Com motivo. Rowling publicou um conto de 1500 palavras no site Pottermore, dedicado ao universo de Harry Potter, e nele se coloca na pele deRita Skeeter, jornalista do «Daily Prophet», relatando uma reunião de ex-alunos da escola Hogwarts.

 

O reencontro ocorre na Patagónia, por ocasião do Mundial de Quidditch, o desporto inventado nos livros de Harry Potter. Inspiração no Campeonato Mundial? 

 

Potter, imortalizado primeiro nos sete livros da sada e depois no cinema em oito filmes pelo britânico Daniel Radcliffe. Radcliffe tem agora 34 anos e o seu cabelo preto começa a ficar grisalho. O seu amigo Ron Weasley envelheceu mais, e seu cabelo ruivo diminuiu muito.

 

 

 

Harry Potter

http://i.telegraph.co.uk/

 

O menino bruxo Harry Potter já não é tão jovem assim e começa a ter cabelos brancos, segundo o novo conto da escritora J.K. Rowling no qual o personagem de ficção reaparece anos após o último episódio da saga.

 

O conto revela : "prestes a completar 34 anos, há algumas madeixas grisalhas no cabelo negro, mas continua a usar os carismásticos óculos redondos que alguns dizem ser mais adequados a um miúdo de 12 anos, sem estiilo próprio. A famosa cicatriz em forma de relâmpago tem companhia: Potter tem um corte violento na bochecha direita".

 

As mulheres e filhos de ambos também têm espaço neste falso artigo, em que reencontramos Hermione Granger, Neville Longbottom e Luna Lovegood.

 

J. K. Rowling passou da pobreza à riqueza e à fama com a saga de Harry Potter, que vendeu 450 milhões de livros em todo o mundo e gerou oito filmes de completo sucesso. Em 2012, a escritora terminou as aventuras literárias do aprendiz de feiticeiro, que agora é alvo de aparições pontuais.

 

 

Harry Potter Quidditch World Cup Finals

photo: AP

http://media4.s-nbcnews.com/

 

Neste conto, Rowling escreve história sobre o Campeonato do Mundo de Quidditch de 2014 Quidditch World Cup Finals, como a que surgiu esta terça-feira e pode ser lida gratuitamente no site Pottermore.

 

Rowling publicou o conto de 1500 palavras no site Pottermore, dedicado ao universo de Harry Potter, e nele se coloca-se na pele de Rita Skeeter, jornalista do «Daily Prophet», a relatar uma reunião de ex-alunos da escola Hogwarts. 

 

Pois bem ! Os fãs estão felizes. No primeiro dia, o site Pottermore foi abaixo pela avalanche de leitores que ocorreu e só algumas horas mais tarde ficou operacional.

 

{#emotions_dlg.meeting}

Actividades :

 

Depois das férias de verão, ao iniciar o novo ano escolar em Setembro, os professores terão aqui uma excelente actividade para o uso das tecnologias nas aulas curriculares de Línguas.

 

  • Leitura do conto (disponível online) no site Pottermore.;
  • Registo dos alunos via email da escola e/ou email turma;
  • Utilização dos dispositivos móveis dos alunos (tablet, smartphone);
  • Desenvolvimento de actividades preparadas previamente segundo o nível de ensino.

 

 Poderá ser feito ainda um estudo da saga que o precedeu.

 

A Professora GSouto

 

13.07.2014

 

 Creative Commons License

Pausa Páscoa

 

 

 

 

 Ovos de chocolate | Tradições Páscoa

www.google.com/

 

Férias de Páscoa aí estão! Todos a pensar saborear as tradcionais doçarias da época: ovos de chocolate, amêndoas, pão-de-ló para muitos o tradicional folar.

A Páscoa é a maior festa da religião cristã. Cristãos do mundo inteiro festejam a Ressurreição de Jesus nesta festa. A data da Páscoa depende da primeira lua cheia na primavera. No ano de 2014 a Páscoa cai no dia 20 de Abril.

 

A Páscoa celebra-se no Domingo depois da primeira lua cheia da primavera. No entanto, este ano a lua cheia apareceu no dia 15 de Abril, mas o Domingo de Páscoa é no próximo domingo, dia 20 de Abril.

 

Domingo de Páscoa é festejado em todos os países cristãos do mundo. Em alguns países, Segunda-feira de Páscoa é feriado também. E por cá há algumas localidades ou municípios em que a segunda-feira é feriado.

que festejam a Páscoa na segunda-feira.

 

Há países em que a Seunda-feira de Páscoa é feriado oficial. É o caso de Alemanha, Áustria, Italia, França, Bélgica, Luxemburgo, nos Países Baixos, em algumas regiões da Suíça e muitos outros países.

 

 

 

Festival Chocolate Óbidos | Portugal

http://www.festivalchocolate.cm-obidos.pt/


Este ano, pelo facto de a Páscoa ser mais tardia, não puderam aproveitar estas férias para ir até ao Festival do Chocolate de Óbidos que já decorreu em Março e terminou na primeira semana Abril. Certamente se teriam divertido muito, para além de provar das melhores receitas de chocolate.

 

Mas a Semana Santa de Óbidos, é já um evento nacional. Decorre de 13 a 20 de Abril. Todos os anos, as cerimónias religiosas e culturais atraem milhares de pessoas nesta época do ano à vila de Óbidos.

 

É verdade também que devido às férias escolares, muitos aproveitam para fazer uns dia de lazer, em família ou com amigos, procurando um pouco mais de sol e calor.

  

 

 

 

albufeira.pt

 

Há ainda os campos de férias para todos os adolescentes, mais crescidos ou mais 'teen', com passatempos e actividades desportivas e culturais. Excelentes iniciativas que se espalham um pouco por todo o país, como esta em Albufeira. Se estiverem por lá, aproveitem, pois parece um óptimo cartaz.

 

 

 

Oficinas Páscoa | Serralves

http://www.serralves.pt/

 

Para os que ficam por cá, têm Serralves, Casa da Música, ou uma sessão de cinema. Há filmes para todas as idades, e todos os gostos. Que tal o Rio 2 para os irmãos mais novos ou Capitão America 2, baseado na BD de Marvel, para os mais crescidos?

 

 

 

 

 Capitão America 2 , o Soldado do Inverno

http://marvel.com/captainamerica

 

Eu fui ver. Gostei. Tem uma banda sonora excelente, efeitos especiais multimedia brutais. Filmes na senda de Avengers, um completo festival Marvel com quase todos os seus heróis. E por que não falar de Fantástico Homem Aranha. Muita aventura, muito divertimento.

 

Bom, tudo propostas para umas férias bem passadas, sem esquecer, claro está as leituras. E para isso, deixei-vos uma dica no post anterior com o Diário de Adrian Mole.

 

Para todos, umas excelentes férias ! Divirtam-se e aproveitam para descansar porque o período escolar final, com exames, para uma grande parte vai ser duro !

 

A Professora GSouto

 

16.04.2014

 

 Creative Commons License

 

 

JK Rowling: Quando o Cuco chama

 

J.K. Rowling | Quando o cuco chama

Editorial Presença

http://www.presenca.pt

                                                                   

Amigos pottermania! Lembram a notícia que vos dei em Julho? Sim, sobre o novo livro de J. K. Rowling? Não, já não falo de Morte Súbita. Falo, como já reconheceram pela capa, de Quando o Cuco Chama sob pseudónimo Robert Galbraith.

 

Pois o novo livro da vossa escritora favorita, ao longo da vossa adolescência - quantas vezes lemos os livros Harry Potter nas aulas de Língua Portuguesa - já está traduzido e à venda em Portugal desde ontem, dia 15 Outubro.

 

Entre as muitas novidades que as editoras portuguesas anunciaram nas últimas semanas para este Outono, está Quando o Cuco Chama, o primeiro policial da escritora da saga Harry Potter, assinado sob o pseudónimo Robert Galbraith.

 

O objectivo de J. K. Rowling era escrever um policial sem que se soubesse a sua identidade, só que o seu 'segredo' - ou estratégia ? - foi descoberto e revelado num jornal britânico, Sunday Times, em Julho passado, dois meses depois da publicação e recepção positiva por parte da crítica.

 

Pois é ! A partir dessa fuga de informação as vendas subiram vertiginosamente e o policial passou para o top de livros mais vendidos na Inglaterra, destronando outros autores, como por exemplo Dan Brown e o seu mais recente ‘thriller’.

 

 

J.K. Rowling | Quando o Cuco Chama

Oferta Editorial Presença

http://4.bp.blogspot.com/

 

Quando o Cuco Chama, publicado pela Editora Presença,  está à venda então em Portugal. Para os mais curiosos, tem 496 páginas e conta a história de Cormoran Strike, um veterano da guerra do Afeganistão que se torna detective privado e tenta desvendar o caso do suicídio de uma modelo.

 

Segundo o jornal USA Today este é "um dos livros do ano". Assim, depois de uma tentativa falhada com Morte Súbita, o seu primeiro romance para o público adulto, em 2012, a escritora multimilionária que vendeu mais de 450 milhões de exemplares em todo o mundo, volta aos tops mundiais de venda, desta vez não com histórias de escolas de jovens feiticeiros, mas com histórias mais complexas e de suspense. E, segundo a autora anunciou em Julho, o próximo policial já está pronto, e deverá sair para o ano.

 

 

 

http://i2.cdnds.net/

 

Mas, preparem-se ! Há mais ! A Warner Bros. anunciou em Setembro último que J.K. Rowling faria a sua estreia com guionista  com 'Fantastic Beasts and Where to Find Them', o primeiro de uma nova série de filmes que faz parte de sua parceria criativa com J.K. Rowling.

 

Os filmes serão baseados num livro citado muitas vezes citado pelos alunos de Hogwarts na saga mundialmente famosa de Rowling. 

 

Uau! Só boas notícias para os seus fãs. Pelos vistos J. K. Rowling não desiste tão facilmente dos livros. Entra em novos desafios. Excelente! Vamos aguardar, para ver!

 

A Professora GSouto

 

 16.10.2013

 

Licença Creative Commons

Novo livro de J. K. Rowling :

 

 

 

 

Ante-estreia Harry Potter e as Relíquias da Morte

Londres

http://img.hsmagazine.net/

 

Todos os fãs de Harry Potter ficaram tristíssimos quando a autora, J. K. Rowling anunciou o fim definitivo da saga do jovem feiticeiro mais famoso do mundo, dando assim inicio a uma nova fase da sua carreira de escritora.

 

 

 

Morte Súbita | J.K. Rowling

http://faru.files.wordpress.com/

 

E a loucura terminou com o último fime adaptado da saga Harry Potter Harry Potter e as Relíquias da Morte divido em duas partes, já que Pottermore ficou abaixo das expectativas de todos.

 

Rowling declarou então que se iria dedicar à literatura para adultos. Um novo livro Morte Súbita para uma nova geração (que afinal não passa da geração que a seguiu desde a infância e adolescência) foi então lançado no nosso país no final de 2012. 

 

Pois bem! A escritora surpreendou todos, há poucos dias, quando se descobriu que publicara um outro livro, um romance policial, mas sob  escrito o pseudónimo Robert Galbraith.

 

 

 

 

The Cukoo's Calling (capa inglesa)

Robert Galbraith|J.K. Rowling

http://www.amazon,uk/

 

 Ora, mal o Sunday Times divulgou no domingo passado que J.K. Rowling publicara há pouco tempo The Cukoo's Calling sob o pseudónimo masculino de Robert Galbraith, os seus fãs correram para as livrarias ou editoras virtuais e o livro passou ao topo da lista dos livros mais vendidos no Reino Unido.

 

Saber + 

 

The Cuckoo's Calling foi publicado em Abril deste ano 2013, e relata a história de um veterano de guerra que passa a actuar como o detective particular Cormorant Strike, investigando a morte de uma modelo.

 

O livro é descrito como “um emocionante mistério elegante mergulhado na atmosfera de Londres – das ruas abafadas de Mayfair para os bares clandestinos do East End para a agitação de Soho."

 

Desde o lançamento em Abril passado, haviam sido vendidos 1,5 mil exemplares da edição de capa dura, fora a edição digital, e-book, mas nesta segunda-feira, dia 15 Julho, depois da notícia dos média no domingo, o livro chegou ao topo da lista dos best-sellers da Amazon britânica e deixou as livrarias e lojas online sem condições de atender os pedidos.

 

 

 

The Cukoo's Calling (capa americana)

Robert Galbraith|J.K. Rowling

http://www.blackgate.com/

 

Ir + longe:

 

"Eu esperava guardar este segredo durante um tempo mais porque ser Robert Galbraith foi uma experiência libertadora" disse J.K. Rowling "Foi maravilhoso publicar sem expectativa, e por puro prazer para obter o feed-back com um nome diferente", acrescentou.

 

Uma das pistas lançadas na rede social Twitter que levaram a descobri-la é que Rowling e"Galbraith" compartilhavam o mesmo agente e a mesma editora.

 

O livro foi publicado pela Sphere, a mesma editora que lançou no ano passado seu primeiro romance para adultos The Casual Vacancy traduzido para português Morte Súbita. A autora anunciou então que no verão de 2014 será publicado o segundo volume deste policial.

 

Rowling disse ter sido "maravilhoso" publicar sem forte promoção ou expectativas e ficar a par da acolhimento dos leitores, estando oculta por um pseudóniimo, o que fez com que muitos editores tivessem rejeitado este trabalho.

 

A saga Harry Potter também foi rejeitada por 12 editores até o primeiro dos sete livros ser publicado em 1997 (em Portugal 1998).

 

Rowling publicou este novo livro 15 anos depois de lançar o primeiro tomo da saga de Harry Potter, traduzida para 73 idiomas e da qual vendeu 450 milhões de cópias em mais de 200 países.

 

Actividades:

 

Eu adoro policiais ! E como li com todos vós a saga Harry Potter, estou muito curiosa para ler este novo livro.

 

  • Se não puderem esperar pela edição portuguesa, podemos sempre ler em inglês, já que a edição francesa também não tem data. Teremos que esperar um pouco. A 1ª edição esgotou em menos de três dias, depois da notícia ter sido divlugada. 
  • Deixo então esta sugestão de leitura para todos os que estão de férias e para os que acabam a 2ª fase dos exames de 12º ano, uma pausa no estudo.

 

Uma nova saga? Quem sabe?

 

Boas leituras!

 

A Professora GSouto

 

16.07.2013

 

Licença Creative Commons

 

Garfield já tem 35 anos ?

 

 

 

Pois imaginem! Uma da minhas personagens favoritas de banda desenhada faz hoje 35 anos! Garfield! Nem dá para crer! Vamos lá ver se ganha juízo!

 

Garfield foi criado por Jim Davis em 1978. Foi recorde  do Guiness, por ser a banda desenhada mais publicada em jornais de todo o mundo, tendo ultrapassado, na altura, as 2.580 publicações.

 

Jim Davis, cartonista norte-americano, cresceu numa quinta em FairmountIndiana (EUA) rodeado  de mais de 20 gatos, e desde cedo mostrou que tinha jeito para desenhar. As primeiras tiras de BD que publicou, "Gnorm Gnat", baseavam-se em  todo o tipo de insectos, mas não tiveram muito sucesso.

 

Foi preciso recuar à sua infância, e aos tempos em que conviveu com tantos gatos em casa, para descobrir a fonte de inspiração que o tornou mundialmente conhecido. E hoje famoso.

 

Desenhou um gato laranja, gordo e resmungão, que adora dormir, como personagem para histórias protagonizadas pelo dono, Jon Arbuckle. Mas depressa Garfield ganhou protagonismo e passou a estrela das tiras diárias.

 

Baptizado com um dos nomes do avô do cartonista - James Garfield Davis - Garfield começou por aparecer em jornais norte-americanos, e rapidamente passou à imprensa estrangeira.

 

 

 

http://upload.wikimedia.org/

 

A par da banda desenhada, Jim Davis viu crescer todo um império em torno da sua personagem, facilmente identificável e compreendida em diferentes  línguas e culturas. Foi o produtor da série televisiva de grande sucesso, Garfield & Friends.

 

Séries televisivas, filmes, telefilmes, jogos de computador e dezenas de produtos (canecas, cartazes, cadernos, peluches) foram criados com a marca do gato.

 

Garfield foi ainda usado em publicidade de marcas bem conhecidas.

 

 

 

 
 
Bem, como a maior parte dos alunos já está em férias, começamos a publicar temas mais lúdicos, de modo a aliviar o stresse de um ano lectivo. Não quer isto dizer que não possam aprender ou relembrar algo de interessante.
 
Ler banda desenhada pode ser uma divertida opção para actividade de lazer em férias... entre outras leituras.

 

Para os que estão a prestar provas de exame de 12º ano, aproveitem para descontrair vindo até aqui ler alguns assuntos mais leves mas sempre de interesse geral.

 

A cultura social digital é uma mais valia .

 

 A Professsora GSouto

 

19.06.2013

 

Licença Creative Commons

 

Ler Manuel António Pina

 

 

 

 

Manuel António Pina (1943-2012)

http://sicnoticias.sapo.pt/

 

 

"Os livros são para quem gosta deles..."

 

Manuel António Pina

 

É verdade! Não pude falar de Manuel António Pina, na semana em que morreu (2012). Mas não há momentos específicos.

 

Falar deste escritor que tantos de nós lemos nas aulas de Lingua Portuguesa, por prazer mais do que obrigação de programas de leitura impostos, tantas vezes descontextualizados do perfil actual dos alunos é uma imensa devoção.

 

Lembremos então alguns livros juvenis de Manuel António Pina. E o seu primeiro livro foi “O país das pessoas de pernas para o ar”, publicado em 1973 pela editora Regra do Jogo, criada pelo autor para o efeito dado que na "antiga Assírio e Alvim, ninguém quis”, explicou o autor.

 

  

 

Editores Tcharan (1973)

http://4.bp.blogspot.com/

 

Um país onde as pessoas vivem de pernas para o ar.  Fazendo uso do humor e do nonsense, o livro reúne 4 histórias divertidas: Um Pais onde as Pessoas vivem de Pernas para o Ar; A vida de um peixinho vermelho que escrevia um livro que a Sara não sabia ler; Um menino Jesus que não queria ser Deus; Um bolo que queria ser comido mas que não o foi por causa do pecado da gula.

 

Em cada história deste livro, que teve a sua primeira edição em 1973, Manuel António Pina, autor de um extenso conjunto de livros para crianças e jovens, surpreende-nos e diverte-nos com as narrativas que apresenta. 

 

  

 

 

 

O Inventão (1987)

 http://visao.sapo.pt/

 

"O Inventão" reúne vários textos escritos para uma série de filmes para televisão, que a RTP transmitiu em 1979 e 1980 com o título genérico de "Histórias com Pés e Cabeça".

 

A obra recebeu, em 1987, o "Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças" e, bem assim, uma menção especial do júri do" Prémio Europeu Pier Paolo Vergerio", da Universidade de Pádua (Itália)

 

Esta nova edição (2003), com que se inaugura a Biblioteca Juvenil do Autor que a ASA acaba de lançar, tem ilustrações de Luiz Darocha e , para além dos textos da edição original, inclui «O Maior Intelectual do Mundo», que é agora pela primeira vez publicado em livro. 

 

 

 

História do Sábio Fechado na sua Biblioteca (2009)

Teatro

http://visao.sapo.pt/

 

Um homem sábio julga que sabe as respostas para tudo, porque vive rodeado de livros cheios de conhecimentos. Ele bem gostava que alguém lhe colocasse uma pergunta à qual ele não soubesse dar a resposta, mas isso nunca acontece. Quando sai cá para fora, para o mundo real, o sábio descobre que, afinal, os seus conhecimentos têm limites. Ou seja, nunca é possível saber tudo sobre o mundo.

  

Os livros falam na língua, do mesmo modo que a língua fala nos livros. “A língua que os livros falam”, belíssima expressão que preside a este Encontro, é e não é a língua comum da fala quotidiana. Se, por um lado, onde não fala o porteiro, deve calar-se o poeta (a expressão é de Umberto Eco), é igualmente certo que a palavra poética não se esgota na língua social. Permita-se-me que me interrogue então sobre o que a palavra poética seja, tentando identificar o que, nela, é [ou acho eu que é] fundamentalmente e hesitantemente infância da língua e que talvez explique a misteriosa sedução que a poesia [e uso aqui o termo ‘poesia’ como metonímia do vasto e problemático conceito de literatura] exerce nas crianças e naquilo que, de criança, persiste irremediavelmente em todos nós [mesmo se mais nuns que noutros…]

 

Manuel António Pina, Encontro sobre Literatura Infantil e Juvenil

 

Gulbenkian, Palavras de Trapos, 2008

  

 

 

Manuel António Pina | Prémio Camões 2011

 http://cadeiraovoltaire.files.wordpress.com

 

Vem a propósito então divulgar uma mostra, intitulada "Manuel António Pina - escrever para vencer os pesadelos e salvar a vida", que integra livros, artigos publicados em jornais e revistas, fotos e referências a prémios que foram atribuídos ao escritor, poeta e jornalista falecido em 2012.

 

A mostra vai estar patente, no átrio central da biblioteca do Instituto Politécnico da Guarda, até ao dia 27 de Março.

 

Segundo Carlos Reis, director da Escola Superior de Comunicação e Desporto do IPG e coordenador da biblioteca, a exposição insere-se no ciclo de iniciativas com que a instituição "pretende homenagear personalidades da região da Guarda que se destacaram no mundo da cultura e da arte, promovendo em paralelo o gosto pela leitura".

 

Fica então a saber que Manuel António Pina nasceu no Sabugal, distrito da Guarda, em 1943, e morreu no dia 19 de outubro de 2012, no Porto, cidade onde viveu desde a sua juventude e que considerava "a sua cidade".

 

Manuel António Pina é autor de poesia, ficção, crónica, literatura infantil e juvenil e de duas dezenas de peças de teatro.

 

Foi distinguido com o Prémio Camões 2011.

 

Manuel António Pina, um marco na literatura infantil e juvenil portuguesa, polémico mas pioneiro, de um estilo único e ousado no panorama da escrita infanto-uvenil da época, ainda hoje tão actual.

 

A leitura torna-se assim uma “escolha pessoal” em que “a literatura não é um general e dançar na discoteca um soldado raso”. “São formas diferentes de felicidade”

 

Manuel António Pina

 

A Professora Gsouto

 

03.03.2013

 

Licença Creative Commons

Maria Keil

 

 

 

 

 

Maria Keil 1914-2012

 

http://purl.pt/708/1/

 

Maria Keil, a ilustradora de tantos dos livros  infantis e juvenis que lemos em aulas curriculares de Língua Portuguesa, morreu.  

 

Maria Keil nasceu em Silves no dia 9 de Agosto de 1914. Frequentou o curso de Pintura da Escola de Belas Artes de Lisboa.

 

Deixou uma obra vasta e multifacetada: pintura, sobretudo retratos, publicidade, decoração de interiores, cartões para tapeçarias, pinturas murais a fresco, cenários e figurinos para bailados. selos.

 

São célebres os seus azulejos  que podem ser admirados no Metropolitano de Lisboa, Av. Infante Santo, TAP de Paris e Nova Iorque, União Eléctrica Portuguesa, e em outros locais, um deles em Angola.

 

 

 

 

Sophia Mello Breyner | Maria Keil

ed. Ática

 

http://purl.pt/708/1/

 

Foi também uma ilustradora. E é neste campo que melhor a conhecemos. Ilustrou numerosos livros para crianças: "A Noite de Natal" de Sophia de Mello Breyner Andresen "O Livro de Marianinha" de Aquilino Ribeiro;

 

Ilustrou os livros infantis e juvenis de Matilde Rosa Araújo: "O Cantar da Tila", "As Botas de meu Pai", "O Cavaleiro sem Espada", "História de um Rapaz", "Joana Ana", "O Palhaço Verde" e "Segredos e Brinquedos".

 

"O Lago dos Cisnes" e "A Banhoca da Baleia", de Alexandre Honrado e "Lote 12 2.º frente", de Alice Vieira.

 

Ilustração Maria Keil | ed. Caminho

 http://purl.pt/708/1/

 

 

Maria Keil também escreveu e ilustrou três livros para crianças, "O Pau-de-fileira", "Os Presentes" e "As Três Maçãs"; e dois para adultos, Árvores de Domingo e Anjos do Mal.

 

 

 Maria Keil, escritora| ilustradora

ed. Livros Horizonte

http://purl.pt/708/1/

 

E outros, como Histórias da minha casa, Histórias da minha rua e Histórias de pretos e brancos, de Maria Cecília Correia; ; A Primavera é o tempo a crescer, O Outono é o tempo a envelhecer, O Verão é o tempo grande, O Inverno é o tempo já velho, de Maria Isabel César Anjo; A abelha Zulmira, de Teresa Balté; ; e Do lado de cá das fadas, de Graça Vilhena. 

 

A Biblioteca Nacional consagrou uma mostra à faceta de ilustradora de Maria Keil, numa exposição em 2004 que se desenvolveu em dois espaços distintos. Hoje consta fa Biblioteca Virtual da BN e poderá ser consultada aqui

 

 

 (...) Maria, que suas mãos continuem, por muito tempo, a voar. Menina sábia em sua varanda.

Matilde Rosa Araújo 

 Maria Keil, escritora| ilustradora

ed. Livros Horizonte

http://purl.pt/708/1/images/obras-thumbs/30-m.jpg

 

Não poderia deixar de homenagear Maria Keil, tal como homenageei Ilse Losa. Duas grandes figuras femininas portuguesas que nos habituámos a admirar ao ler as suas obras nas aulas de Língua Portuguesa. 

 

Como em tantas outras aulas lemos Sophia de Mello Breynner,  Matilde Rosa Araújo, Luisa Dacosta, Maria Teresa Gonzalez e tantas autoras e autores, bem como a ilustradora Cristina Valadas

 

 

A Professora GSouto

 

13.06.2012

 

Licença Creative Commons

 

 

Referências:

 

Maria Keil, Ilustradora na Biblioteca Nacional

Feliz São Valentim !

 

 

 

 
Certamente, já repararam ao aceder a Google que hoje há algo de especial! Basta clicar no envelope e entrar neste encantador vídeo! Eu sei| A música não faz muito o vosso género! Mas a homenagem interactiva ao Dia dos Namorados é deliciosa! Não acham?
 
 
Bem, já o meu post anterior Livros infantis e não só... avançava outra ideia muito bonita para miúdos e graúdos... com alma de criança!
 
 
 
 
 
Um livro encantador que me fez relembrar um outro que vos desvendei em Desencuentros. Mais triste, mas muito bonito.
 
 
 
Pois é ! O Amor não pede licença para entrar em nossas vidas e não há um só ser humano que já não o tenha sentido, ao menos uma vez na vida. E como os meus amiguinhos sabem disso! Mas eles sentem mais do que uma vez na vida. E às vezes, até no mesmo ano. Claro! Estou a meter-me com os mais atiradiços. 
 
Já que não há como fugir... o melhor que temos a fazer é nos entregar...
 
 
 



 
 
A Professora GSouto
 
14.02.2012
 
Licença Creative Commons