Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Europeu das Línguas 2017 : Sejamos plurilingues !

 

 

 

Dia Europeu das Línguas

http://edl.ecml.at/

 

O Dia Europeu das Línguas (DEL), instituído no Ano Europeu das Línguas 2001 por iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, tem por objetivo celebrar e preservar a diversidade linguística como uma riqueza do património comum da Europa.

 

 

 

Dia Europeu das Línguas

https://ec.europa.eu/education/

 

 

Foi há doze anos que participámos pela primeira vez no Dia Europeu das Línguas, 2005. Era a primeira geração da que então se denominava 'nativos digitais'. Eram muito jovens, tinham acabavam de entrar na escola. Mas os telemóveis já vinham nos seus bolsos.

 

E aderiram de imediato, entusiasmados, à criação deste blogue  para a demontração/ publicação das suas actividades na promover das línguas europeias.

 

Neste 16º aniversário especialmente dedicado à inovação na aprendizagem e no ensino das línguas, é  a ocasião perfeita para sublinhar o imenso valor da diversidade cultural europeia.

 

  • mais de 200 European languages
  • 24 UE oficial línguas
  • cerca de 60 línguas regionais/ minoritárias 
  • e muitos mais faladas por povos de diferentes continentes.

 

 

 

Saber + 

 

Por toda a Europa, 800 milhões de Europeus dos 47 estados-membros do Conselho da Europa são encorajados a aprender mais do que uma língua estrangeira, em qualquer idade, dentro e fora da escola.

 

O Conselho da Europa promove o plurilinguismo em todo o continente, com base na convicção de que a diversidade linguística é uma via para alcançar uma maior compreensão intercultural e um elemento-chave da riqueza do património cultural da Europa.

 

 

 

 Tongue twisters

https://www.facebook.com/EuropeanDayofLanguages/

 

Domingo/ Fun-Dia: faltam e dias para o DEL 2017. Língua? Alemão. E que quer dizer a frase?

 

'Two black slimy snakes sit between two pointed stones and hiss'. (em inglês). Queresa aprender outras expressões em diferentes línguas? Vai a Tongue Twisters

 

 

Tongue Twisters

http://edl.ecml.at/LanguageFun/Tonguetwisters/

 

Para mais informações e organização de actividades em torno do DEL 2017, sugere-se a consulta do website EDL, onde poderão encontrar informação detalhada em 36 línguas, incluindo em Português.

 

 

Educadores:

 

Solcita-se a todos os estabelecimentos escolares o registo das respectivas atividades no calendário online disponível no site EDL

 

Este calendário foi criado pelo Conselho da Europa especificamente para este efeito e inclui um mapa através do qual é possível verificarmos  que acividades vão ser desenvolvidas, quando e onde.

 

 

 

 

 

Salienta-se ainda a actividade Recorde mundial do Dia Europeu das Línguas. Em que consiste? Os alunos gravam um pequeno vídeo sobre o tema 'Eu adoro (uma língua à escolha) porque... e aí explicam por que gostam de uma língua (ou línguas) em particular.  

 

 

http://edl.ecml.at/Portals/33/documents/flyer/EDL-

 

  • O vídeo pode ser gravado em qualquer língua e pode ser sobre uma ou várias línguas;
  • Pode envolver um indivíduo, um grupo ou uma turma;
  • Não deve ter mais do que 10-20 segundos de duração e ser filmado em formato de paisagem.

 

Sejam Cri@tivos! Podem cantar, dançar, cantar rap, gritar, sussurrar, escrever, desenhar, construir…

 

Prazo:

 

Até 30 de setembro 2017

 

Podem descarregar o Flyer aqui (pdf)

 

 

 

 

Actividades +

 

  • Palavra mais longa - Longest Words - the Germans are renowned for their love of long words, but they are not the only ones who like to create complex compound words as nouns. The Ancient Greek playwright Aristophanes coined the 183 lettered (em inglês)

 

Vá lá! Não há nenhuma expressão em Português? Será que temos? Nada como tentar...

 

  • Celebridades - Celebrities speaking languages - Many successful people speak various languages. Not only does it help in their job, it also opens the door to understanding different cultures and enjoying other countries much deeper.

 And if that was not enough yet: studies have been showing that speaking several languages is one of the best exercises your brain can get. (em inglês)

 

Celebrem o Dia Europeu das Línguas nas vossas escolas. Se as professoras de línguas não propuseram actividades, sejam proactivos e solicitem a vossa participação em grupos ou grupo/ turma.

 

A Professora GSouto

 

24.09.2017

 

Licença Creative Commons

Monstrinha 2017 : festival de animação para escolas & famílias

 

 

Monstrinha2017a.jpg

 

Monstrinha 2017

ilustração: Rosana Urbes

http://www.monstrafestival.com/

 

Este ano, a MONSTRINHA completa 16 edições! 

Ao longo destes 17 anos, cerca de 500 mil crianças, jovens e famílias vieram à MONSTRINHAe contactaram com o mundo mágico do cinema de animação.

 

Em 2017 a Monstrinha quer continuar o trabalho de disseminação do cinema de animação junto do público infantil e juvenil, criando ou aumentado o hábito de ver cinema de animação alternativo à televisão e cinema comercial.

 

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

Saber +

 

Para além de sessões de cinema, a MONSTRINHA leva às escolas workshops para crianças, jovens e professores e organiza ateliers para pais e filhos, de forma a que todos possam aprender as bases da arte de bem animar.

 

A Ilustração para  MONSTRINHA desta edição foi pensada e desenhada pela realizadora brasileira Rosana Urbes.

 

A programação da MONSTRINHA 2017, para escolas, Pais e Filhos, que se realiza entre 16 e 26 de Março foi divulgada.

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

Programa divide-se:

 

 

A programação é extensa. Consultar por nível etário.

 

  • Pais e Filhos: São vários os filmes animados. A ver aqui

 

 

Monstrinha 2017

http://www.monstrafestival.com/

 

 Inscrições:


Inscreva a sua turma, para assistir ao melhor de cinema de animação a não perder, antes que esgote!

 

Para inscrever a sua escola ou turma use este link

 

 

 

Ma vie de Courgette
Claude Barras
http://www.allocine.fr/

 

 

O filme suíço Ma Vie de Courgette (My Life as a Zucchini), de Claude Barras, é uma co-produção franco-suissa. E é um dos grandes destaques da edição deste ano.

 

Ma vie de courgette está na programação para Pais e Filhos. No entanto, aconselho-o vivamente a professores e alunos.

 

Nível etário: + 10 anos.

 

Ciclos: 2º ciclo; 3º ciclo.

 

 

 

 

Sinopse: 

 

Courgette é uma alcunha intrigante para um rapaz de 9 anos. Contudo a sua história única é surpreendentemente universal. Depois da morte súbita da sua mãe, Courgette torna-se amigo de um amável polícia, Raymond, que o acompanha para a sua nova casa adotiva, cheia de outros meninos órfãos da sua idade. Courgette luta no início para encontrar o seu lugar neste ambiente estranho, e às vezes hostil. Mas com a ajuda de Raymond e os seus novos amigos, Courgette aprende a confiar, encontrar o verdadeiro amor e uma nova família só para si.

 

 

 

Ma vie de courgette

Claude Barras, 2016

http://www.monstrafestival.com/

 

O filme animado foi nomeado para os Oscars 2017, na categoria de Melhor Filme de Animação. Já tm muitos outros prémios. E continua em digressão de festivais.

 

O filme A Minha Vida de Courgette", de Claude Barras, venceu o Grande Prémio Monstra, bem como o Prémio do Público

 

A cerimónia de anúncio e entrega dos prémios do Festival aconteceu sábado, dia 25 Março, à noite em Lisboa, com o realizador suíço a ser distinguido com o prémio máximo "pela sensibilidade e capacidade de expressar o espírito das crianças, através de um trabalho de uma animação subtil". 

 

Os filmes vencedores podem ser vistos domingo, dia 26 Março, no Cinema São Jorge e na segunda-feira, 27 Março, apenas as curtas premiadas no Cinema Ideal.

 

 

 

Molly Monster/ Molly, a Monstrinha

Ted Sieger, 2016

http://www.monstrafestival.com/

 

Vai estar em Competição Internacional de Longas-Metragens, juntamente com Molly Monster, filme realizado por Ted Sieger, uma coprodução Suiço-alemã-sueca.

 

Sinopse:

 

A Monstrinha Molly está a viver algo novo. Ela deixou de ser o centro das atenções na sua família. O foco é agora o ovo, que a mamã entregou ao papá para chocar. Os pais de Molly deixaram completamente de ter tempo para ela. Na Monstrolândia os pais levam os ovos para a ilha para poderem chocá-los. Molly, contudo, deve ficar em casa sob os cuidados do seu tio. Além do mais, Molly tricotou um belo chapéu para o novo bebé monstro e agora os seus pais esqueceram-se dele em casa. Molly parte para uma longa e difícil viagem até à ilha dos ovos.

 

 

 

 

Estes dois filmes de animação são estreias absolutas no nosso país!

 

No ano em que a Itália é o país homenageado, para Pais e Filhos a MONSTRA organiza seis programas distintos durante os fins-de-semana do Festival:

 

  • Retrospetiva de filmes italianos;
  • Filmes da escola italiana Csc Animazione;
  • Curtas 8 ½;
  • Competição de curtas; duas longas-metragens;
  • Baby Monstra!

 

Uma das novidades deste ano é o Cabify Baby, que resulta de uma parceria com a Cabify e permite que os pais usem este serviço com um desconto de 10% para se deslocarem com os seus filhos de forma segura ao Cinema São Jorge.

 

Para as Escolas, a MONSTRINHA apresenta três programas, com filmes produzidos, na sua grande maioria, em 2016, premiados em vários festivais, e alguns com estreia nacional na MONSTRA.

 

Ainda é possível inscrever a sua escola aqui.

 

 

 

Monstrinha 2017

ilustração: Rosana Urbes

http://www.monstrafestival.com/

 

 

Informações úteis:

 

Bilhetes: 4€

 

Bilhetes com desconto: 3.5€ (estudantes; + 65 anos e desempregados)

 

Sessões Monstrinha para escolas: 1€

 

Sessões Pais e Filhos: adultos 4€, crianças 1€ (até um máximo de 3 crianças acompanhadas por cada adulto)

 

Baby Monstra: entrada livre

 

Voucher 5 bilhetes: 15€ – à venda na loja MONSTRA (apenas podem ser usados no Cinema São Jorge e Cinema City Alvalade)

 

Bilhetes Cinemateca:

 

Geral: 3.20€

 

Amigos da Cinemateca, Estudantes de cinema, Desempregados: 1.35€

 

Estudantes, Cartão Jovem, + 65 anos, Reformados: 2.15€


Reservas: Sessão “Monstrinha”: apoio@monstrafestival.com


A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.

 

 

 

Monstra 2017

Festival de Cinema de Animação

http://www.monstrafestival.com/

 

A MONSTRA e a MONSTRINHA tornaram-se um motivador espaço de criação e aprendizagem para muitas crianças, jovens, adultos, profissionais, professores e familias.

 

Não percam! Desfrutem deste programa diversificado, enriquecedor para todos. As experiências pedagógicas serão uma mais valia para os currículos escolares.

 

 

A Professora GSouto

 

15.03.2017

 

Actualizado 25.03.2017

 

Licença Creative Commons

 

 

Nos Olhos de Uma Tartaruga : ler para uma educação ambiental

 

 

Nos Olhos de uma Tartaruga

Pedro Gaia

ilustrações: Isabel Gaia

https://www.chiadoeditora.com/

 

O SEA LIFE Porto vai receber a apresentação do livro “Nos Olhos de Uma Tartaruga”. Um conto infantil de Pedro Gaia protagonizado por uma tartaruga. O livro incentiva à conservação e respeito pelos oceanos.

 

As tartarugas fazem as delícias dos visitantes do SEA LIFE Porto. No dia 12 de Março, às tartarugas-verdes Mariza e Yellow, que habitam o aquário portuense, junta-se Maria, a personagem principal do livro infantil “Nos Olhos de Uma Tartaruga”, de Pedro Gaia.

 

O autor do livro, que tem como protagonista uma tartaruga, escolheu como palco para a sua apresentação o SEA LIFE Porto.

 

Lado a lado com as tartarugas que habitam o aquário, Maria, a tartaruga do livro infantil ganha vida nas palavras do seu autor.

 

Na apresentação, a ficção e realidade vão interagir alertando para a educação ambiental.

 

 

 

Nos Olhos de uma Tartaruga

Pedro Gaia

ilustrações: Isabel Gaia

https://www.chiadoeditora.com/

 

"Para minha filha Maria

 

Queres uma história do livro ou da cabeça? 

 

História da cabeça, papá.

 

É assim que tudo começa. Um pedido de uma história inventada a um pai amante da natureza. É um pedido repetido todas as noites em que adormeço a minha filha, que originou este e muitos outros contos."

 

 

Saber +

 

“Nos Olhos de Uma Tartaruga” vai ser apresentado dia 12 de Março, pelas 15:15 horas,  na baia das Raias, com umasessão de leitura de excertos do conto infantil.

 

 Prefácio:

 

Muitas vezes desvalorizada, a educação ambiental à geração mais nova é um factor chave na preservação das espécies e dos seus habitats. Podem-se exercer todos os esforços para preservar de forma directa uma espécie, mas se não se tem o apoio da comunidade, é provável que esses esforços sejam em vão, e o futuro de qualquer comunidade são as crianças.

 

As comunidades locais e especialmente os mais novos representam a esperança. As gerações mais novas não apenas influenciam os adultos com quem se relacionam, como elas mesmas serão adultos um dia, e tomarão decisões que podem ir a favor, ou contra a preservação das espécies.

 

Que enriqueçamos a consciência ambiental nos nossos filhos para que tenham mais sucesso que nós na preservação dos ecossistemas do nosso planeta.

Enquanto Pai, sinto sobre mim a responsabilidade de educar a minha filha para ter consciência ambiental. Para respeitar todas as espécies que fazem parte do nosso ecossistema e por perceber que cada espécie tem parte integrante no equilíbrio do nosso ecossistema.

 

Foi por isso que as histórias de embalar tenderam sempre para a personificação de uma espécie em particular e dos desafios que esta encontra. Foi assim que nasceu a história da Tartaruga Maria. O primeiro de muitos contos.

 

 

 

Nos Olhos de uma Tartaruga

Pedro Gaia

ilustrações: Isabel Gaia

https://www.chiadoeditora.com/

 

 

Ir + longe:

 

Nos Olhos da Tartaruga é o primeiro livro de Pedro Gaia, com ilustrações de Isabel Gaia, mulher do autor.

 

Um conto criado em família, resultado da adoração pela natureza e vida selvagem e que é agora materializado num livro infantil com carácter educativo.

 

A apresentação do livro da Chiado Editora vai ter lugar antes da alimentação das raias, um momento diário de muita animação no SEA LIFE Porto.

 

Livro está disponível em versão impressa e e-book.

 

Actividade:

 

  • Pais : assistir com os filhos à apresentação e sessão de leitura do livro.
  • Educadores: leitura em sala de aula do livro.

 

A Professora GSouto

 

09.03.2017

 

Licença Creative Commons

Safer Internet Day 2016 : Vamos lá navegar melhor !

 

 

 

 

http://www.safernet.org.

 

No próximo dia 9 de Fevereiro celebra-se o Dia da Internet Mais 2016. Ao longo dos anos, o Dia da Internet Segura tornou-se um evento marcante no calendário da segurança na Internet, sendo hoje comemorado em mais de 100 países e em todos continentes, numa altura em que as tecnologias não são indiferente a ninguém. Um em cada três utilizadores da Internet são crianças.

 

 

O tema 2016 : "Faz a tua parte por uma Internet Segura".

 

 

safernet2016b.png

 

Dia Internet Segura

https://www.internetsegura.pt/

 

 

O Dia da Internet Mais Segura, celebrado no dia 9 Fevereiro vai pôr milhões de adolescentes, e educadores em todo o mundo a reflectir sobre como melhorar a segurança digital.

 

Para ver todos os países envolvidos, consultar mapa no site Safer Internet. 

 

E para tomar conhecimento de Actividades perto da vossa escola, visitem esta página. Pesquisem por país e cliquem na bandeira respectiva.

 

Em virtude do dia 9 Fevereiro coincidir com as férias lectivas de Carnaval, no nosso país, e claramente em vários países europeus, o projecto SeguraNet, convidou todas as Escolas a promoverem actividades no âmbito da segurança digital durante o mês de Fevereiro.

 

 

safernet_2016e.jpg

 

http://www.seguranet.pt/

 

Ir + longe:

 

"Vamos envolver a escola! Esta é a oportunidade perfeita para introduzir, ou reforçar, os temas da segurança digital entre alunos, professores, assistentes operacionais, encarregados de educação e pais."

 

Para poder ser dada a merecida visibilidade às iniciativas próprias de cada escola/agrupamento, é solicitado que procedam ao respectivo registo na página de apoio Actividades das Escolas 

 

 

 

 

 

Saber +

 

The Web We Want – A Internet que Queremos é uma brochura educativa, destinada a jovens entre os 13 e os 16 anos, que apresenta um conjunto de ferramentas que educa os adolescentes a saberem proteger-se quando estão online.

 

Este recurso pedagógico necessário a professores, jovens e pais, foi criado com a participação activa de adolescentes de toda a Europa, aprovado pela Comissão Europeia e traduzido para português.

Este recurso encontra-se disponível para descarregar (pdf) online aqui

 

 

Brochure The Wen We Want

UE 

http://www.avatargeneration.com/

 

O mundo da Internet é um mundo fantástico! Podemos encontrar os nossos amigos, partilhar as nossas músicas e imagens favoritas e até mudar o mundo se, como a Malala e a Martha, tivermos boas ideias, soubermos expô-las por escrito e ter iniciativa (ver página 15).

 

Com a ajuda deste manual, os alunos poderão testar as suas competências, saber mais sobre os seus direitos no universo da Internet e criar dicas e ferramentas que poderão partilhar com os jovens de todo o mundo.

 

Descobrirão ainda o que os outros jovens da sua idade pensam acerca de determinadas actividades online e o que procuram na Internet. Por isso, se definiu este manual WWW - A Rede que queremos! 

 

in Prefácio The Web We Want

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Tomar precauções quando navegam na Internet, para desfrutar com maior segurança das inúmeras vantagens que a Internet e as tecnologias lhes oferecem.
  • Para saber mais acerca dos riscos e das formas de se proteger, convidar os alunos a visitar as várias secções :

Exemplos: Jogos de vídeo, apps, Fóruns e redes sociais, salas de chat, cyberbullying, entre outras.

  • Elaborar cartazes, flyers, vídeos
  • Registar as Actividades desenvolvidas pelas turmas, mas sempre em nome da escola, embora identificando os alunos e turmas.
  • Atenção a selfies com alunos com -16 anos.

 

Recursos:

 

Recursos para educadores e alunos por nível de estudos: Jogos 1º e 2º ciclos; Jogos 3º ciclo; Jogos para pais/educadores.

 

 A Professora GSouto

 

08.02.2016

 

Licença Creative Commons

 

Que Amigo Levo Comigo ? Dr Seuss, inédito em Portugal

 

1507-1.jpg

 

 

Que Amigo Levo Comigo?

Dr. Seuss

tradução: José Dias Pires

http://static.fnac-static.com/

 

"Queremos um amigo.Queremos um amigo.Que tipo de amigo Vou levar comigo? O cachorro? O gatinho?A gata? Ou o cão? Oh, pá! Isto não vai ser fácil, não."

 

É óbvio que já ouviste falar em Dr. Seuss... em inglês, certamente. Pois agora o livro juvenil "Que amigo levo comigo?", do norte-americano Dr. Seuss, descoberto mais de vinte anos depois da morte do autor, foi editado em Dezembro 2015, em Portugal, pela Booksmile.

 

 

 

Theodor Seuss Geisel, cartoonista

http://myhero.com/

 

 

Saber +

 

Dr. Seuss é o nome pelo qual é conhecido o escritor, ilustrador e cartoonista norte-americano Theodor Seuss Geisel, que morreu em 1991, deixando mais de sessenta livros para crianças, quase todos de poesia. Tem traduções em mais de trinta línguas.

 

 

O Gato do Chapéu | Dr Seuss

http://images.portoeditora.pt/

 

Em Portugal, a publicação da obra do autor é esporádica, tendo sido editado o livro "O Gato do Chapéu", pela Gradiva.

 

 

O Gato do Chapéu

Dr. Seuss

http://catatu.catalivros.org/

 

 

 

O Gato do Chapéu

Dr. Seuss

http://recursos.wook.pt/

 

"Que amigo levo comigo?", teve em Julho uma tiragem de um milhão de exemplares nos Estados Unidos. É o primeiro de uma série de obras do autor que a Boooksmile vai editar nos próximos meses.

 

 

Theodor Seuss Geisel, cartoonista

http://www.hudsonbooksellers.com/sites/

 

Escrito em rimas, "Que amigo levo comigo?" terá sido escrito e ilustrado por Dr. Seuss, entre os anos 1950 e 1960, e foi descoberto pela viúva e por uma assistente em 2013, entre papéis e desenhos dispersos, reunidos numa caixa.

 

 

Que Amigo Levo Comigo?

Dr. Seuss

http://static.fnac-static.com/

 

 

Ir mais longe:

 

O livro com tradução portuguesa de José Dias Pires, conta a história de dois irmãos que vão a uma loja escolher um animal de estimação para levar para casa.

 

 

Que Amigo Levo Comigo?

Dr. Seuss

http://4.bp.blogspot.com/

 

As rimas sucedem-se consoante os dilemas de escolhas das crianças, entre um cão e um gato, um pássaro, peixes ou um coelho.

 

Theodor Seuss Geisel fez ilustração para publicidade, mas também para revistas como a Life e a Vanity Fair, antes de publicar o primeiro livro para crianças, "And to think that I saw it on Mulberry Street", em 1937.

 

Níveis de aprendizagem:

  • Ensino pré-primário;
  • Ensino Primário (4-6 anos)

 

 

Que Amigo Levo Comigo?

Dr. Seuss

http://static.fnac-static.com/

 

 

Actividades:

 

Ensino Pré-Pimário:

  • Ler livro em voz alta na sala de aula: Vamos contar uma história? A professora lê o livro em voz alta, os alunos apenas ouvem a história.
  • Depois, convidar os alunos a explorar o livro impresso, fazer e/ou ouvir as perguntas dos alunos, complementar qualquer ideia menos explícita.

 

Ensino Primário:

  • Introdução ao livro: Guiar os alunos para a leitura digital da apresentação do livro aqui
  • Convidar os alunos a ler o livro (impresso em papel)
  • Debater o papel dos animais de companhia em casa. Ascultar os alunos sobre as suas preferências de animal. 
  • Ficha de leitura: acompanhamento da leitura
  • Estudo da Rima: iniciar os alunos na elaboração de rimas.

 

Bom trabalho!

 

A Professora GSouto

 

09.01.2016

 

Licença Creative Commons

 

Sesame Street : Julia, a menina autista

 

 

Sesame Street

http://i.telegraph.co.uk/

 

A Rua Sésamo que todos conhecem da vossa infância criou uma personagem autista. Julia é uma menina como tantas outras que apenas se diferencia em pequenas coisas. O objectivo é sensibilizar a sociedade e ajudar crianças e pais.

 

 

Julia / Sesame Street

http://p3.publico.pt/

 

Julia tem cabelo laranja, olhos verdes, e é autista. A nova personagem da Rua Sésamo tem um papel de destaque na série. Quer mostrar às crianças "o que todas têm em comum e não as suas diferenças”.

 

A iniciativa Sesame Street and Autism: See All in Amazing Children alerta para o autismo entre os mais novos e quer ser uma ajuda para crianças e família.

 

No show televisivo, Elmo fala aos seus amigos de Julia.

 

"O pai de Elmo disse a Elmo que Julia tem autismo," diz ele.
"Assim, ela faz coisas um pouco diferentes. Por vezes Elmo fala com Julia usando poucas palavras e repete algumas vezes."

 

 

 

 

Saber +

Desenvolvido pela Sesame Workshop, o programa educacional, feito em parceria com 14 instituições, está disponível através do computador ou de uma aplicação descarregada para o "smartphone". Há livros de histórias, vídeos e vários recursos audiovisuais para ajudar as famílias e as crianças em rotinas diárias.

 

A opção pelo mundo digital tem uma explicação: “A maioria dos familiares dos jovens com este tipo de deficiências gravita em conteúdos digitais, daí ter-se criado a Julia digitalmente”, disse à revista People, Sherrie Westin, vice-presidente executiva dos impactos globais e filantropia.

 

As crianças com autismo "têm cinco vezes mais probabilidades de serem vítimas de 'bullying'", disse à mesma fonte a vice-presidente da Sesame Workshop, Jeanette Betancourt, sublinhando que, como as outras, as "crianças com autismo partilham a alegria pelas brincadeiras, por terem amigos e fazerem parte de um grupo".

 

 

 http://autism.sesamestreet.org/

 

Através da hashtag #SeeAmazing, a Rua Sésamo está a incentivar os utilizadores a partilharem histórias, vídeos e fotografias que abordem este tema.

 

Recursos educativos:

 

Livro : We're amazing 1,2,3!  um livro digital audivel que pode ser lido e folheado online

 

 

http://autism.sesamestreet.org/

 

Apps, Videos, livros, jogos

 

Nivel ensino : Pré-Primário ; Primário (1º e 2º anos)

 

Actividades:

 

Alunos poderão desenvolver várias actividades:

 

  • Histórias : elaboradas na sala de aula, ficcionadas ou não;
  • Fotografias : Sempre de grupo, e com consentimento dos pais e encarregados de educação);
  • Videos:  Desenhos alusivos ao autismo (elaborados na sala de aula com apoio de professores no canal YouTube.

 

A Professora GSouto

 

07.11.2915

Licença Creative Commons