Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Internacional da Escrita à Mão

 

 

 

http://www.gannett-cdn.com/

 

Escrever à mão, é uma invenção milenar que está em vias de extinção. Com mais de 3 500 anos, a escrita à mão foi testemunha de acordos internacionais, declarações de amor, de obras literárias que todos temos nas nossa biblioteca e que tanto gostamos de ler.

 

Pois hoje, dia 23 Janeiro, celebra-se o Dia da Escrita à Mão.

 

 

 

 

Agustina Bessa Luís

créditos: Autor não identificado

www.pinterest.com

 

 "Quem ama a escrita, escreve à mão."

 

Agustina Bessa-Luís

 

Hà escritores que continuam a escrever á mão. Agustina Bessa-Luís sempre confessou escrever à mão. Agustina foi a homenageada na Feira do Livro do Porto 2015.

 

Mas outros escritores continuam a escrever os seus livros à mão.  Mesmo da nova geração de escritores portugueses.

 

 

 

https://s.calendarr.com/

 

Saber + 

 

Esta ideia teve origem nos Estados Unidos da América. Celebra assim uma invenção que tem pelo menos 3 500 anos.

 

Com a utilização cada vez maior das novas tecnologias, a escrita à mão tornou-se quase inexistente. Só nas escolas ainda é utilizada no dia-a-dia, dependendo do grau de ensino.

 

 

hand-writing-day.jpg

 

 

 

O Dia da Escrita à Mão pretende não deixar esquecer uma arte que durante muitas gerações foi utilizada para passar ideias revolucionárias, escrever obras imortais, assinar acordos internacionais, declarar amores intensos e fazer ameaças, entre muitos outros.

 

Apesar de toda a evolução e revolução tecnológica, a escrita à mão mantém-se e faz parte do nosso dia-a-dia.

 

 

Há mesmo uma nova pedagogia que indicia que a aprendizagem melhora bastante quando os alunos tomam as suas notas à mão. Estou de acordo. E já foi provado, mesmo ao nível do ensino universitário. Os alunos memorizam melhor quando as suas anotações durante as aulas são escritas à mão.

 

 

hand-writing1.jpg

 

http://www.moleskine.com/

 

“Eu acho que o que morreu foi a carta escrita, que passou a ser substituída pelos e-mails e pelas mensagens. Qual foi a última vez que escreveu uma carta a um amigo?” é o que questiona João Brandão, professor de Design Gráfico, Design de Comunicação e Design Multimédia na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa.

 

 Ir + longe:

 

Como cada pessoa tem a sua escrita única, gémeos inclusive, a escrita permite identificar a autenticidade de documentos, assim como criar ligações emocionais mais fortes entre as pessoas.

 

Sendo a escrita à mão de cada pessoa estável, ela permite também verificar a existência de certas doenças.

 

“Já ninguém escreve aquelas cartas que se escreviam antes, que ainda por cima ficava um registo de correspondência muito interessante”,continua João Brandão.

 

Mas na opinião do especialista em caligrafia, “a escrita à mão não vai desaparecer. Continuamos a necessitar imenso de escrever à mão e acho que há um revivalismo da escrita à mão hoje em dia. Há uma moda e vê-se nas campanhas publicitárias, nas capas dos livros, nas marcas”.

 

 

 

http://www.moleskine.com/

 

Sugestões:

 

Neste dia as pessoas são encorajadas a deixar teclados de lado e a escrever à mão, em papel, e, se necessário, a fazer a digitalização e o upload do documento escrito à mão.

 

Escrever uma carta, um poema ou entrar num curso de caligrafia, são algumas sugestões para comemorar este dia.

 

 

hand_writing_day.jpg

 

http://www.moleskine.com/

 

Actividades:

 

Junte-se a nós e escreva as suas publicações nas redes sociais à mão para celebrar o Dia da Escrita à Mão.
 
 
Para participar, ponha de parte por um dia o teclado e escreva as suas publicações ou comentários nas redes sociais à mão, no Twitter, no Facebook ou no Instagram.
 
Não esqueça de usar as hashtags #HandwritingDay e #mHDay.
 
 
Por um dia, pedimos que você contribua com a singularidade da sua escrita pessoal à medida que a tinta a grava na folha de página/folha que tem à sua frente. 
 
 
A Professora GSouto
 
 
23.01.2017
 
Licença Creative Commons
 
Referências:
 
Sapo/ Lifestyle