Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Ler para saber : Livros sobre 25 Abril

 

 

abril25-andré-carrilho.jpg

 

25 de Abril

cartoon: André Carrilho

http://www.dn.pt/

 

 

De mãos é cada flor cada cidade.
Ninguém pode vencer estas espadas:
nas tuas mãos começa a liberdade.

 

Manuel Alegre, As Mãos (excerto)

 

Foi há 43 anos que a liberdade se fez em Portugal. Se perguntarmos aos jovens estudantes quem descobriu a Índia ou o Brasil estarão informados, pois é inquestionável o papel da escola e da literatura na transmissão desse saber e desse imaginário.

 

 

abril25d.jpg

 

slideshare aluna 11º ano

Francisca Silva, 2014

https://pt.slideshare.net/

 

 

"Todavia, se perguntarmos sobre 25 Abril de 74 poucos saberão da importância deste acontecimento da História de Portugal que tanto contribuiu para a mudança e para a evolução quer do ponto de vista da condição humana, quer do ponto de vista social."

 

Maria Manuela Cruzeiro/ Augusto José Monteiro

 

 

abril25-cravos1.jpg

 

slideshare aluna 11º ano

Francisca Silva, 2014

https://pt.slideshare.net/

 

E qual a simbologia do cravo ligada a este dia 25 Abril? Há várias versões, mas uma delas pode ser esta.

 

Mas está  nos livros. Faz parte, naturalmente, da nossa história. E, nem que seja só por isso, tem de ser estudada.

 

Deixo então uma sugestão de leitura: Vinte Cinco a sete vozes de Alice Vieira. Já tinha falado neste livro quando dediquei um post aos 30 Anos de livros de Alice Vieira.

 

 

vinte-cinco-sete-vozes.jpg

 

Vinte Cinco

a sete vozes

Alice Vieira

edições Caminho

 

 

Sinopse:

 

Que foi que aconteceu no dia 25 de Abril de 1974? Aparentemente a resposta é fácil. Mas só aparentemente, pois tudo vai depender da idade que têm os que a ela respondem... Para os mais novos, aqueles a quem 1974 é a Pré-História, 25 de Abril, 10 de Junho, 5 de Outubro ou 1.º de Dezembro é tudo o mesmo, ou seja, é feriado e isso é que importa. Mas para os mais velhos, as coisas não são assim tão simples.

 

Do conjunto de sete vozes diferentes se faz esta história - com um final feliz, já que a liberdade também se pode festejar de mãos dadas num centro comercial da cidade...

 

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 6º ano: leitura orientada na sala de aula. Grau de Dificuldade III, currículos de Língua Portuguesa.

 

 

abril25g.jpg

 

A Flor de Abril

uma história da revolução dos cravos

Pedro Olavo Simões 

ilustrações: Abigail Ascenso

http://www.fnac.pt/

 

Sinopse:

 

Um pai, pintor, busca na memória as respostas à curiosidade do filho, que viu um cravo desenhado sobre o cano de uma espingarda.

 

Com a simplicidade dessa conversa a dois, vemos como Portugal despontou para a liberdade numa madrugada de 1974. 

 

O livro conta a história de um quadro pintado numa oficina iluminada por 37 anos de liberdade. A flor no cano de uma espingarda que o pai de João imortaliza no quadro que pinta, explica aos mais novos como um cravo vermelho no cano de uma espingarda se fez símbolo da alvorada de um novo Portugal.

 

Nível etário: 8-12 anos.

 

 

abril25-livro.jpg

 

25 de Abril

Revolução dos Cravos

História de Portugal

Paula Cardoso Almeida
ilustrações: Carla Nazareth, Patrícia Alves & Miguel Gabriel
Quidnovi, 2008

http://bibliofiliajsd.blogspot.pt/

 

Sinopse: 

 

Numa colecção de História de Portugal, este livro centra-se na narrativa da Revolução de Abril propriamente dita, consequência quase natural de várias décadas de opressão, censura, pobreza e guerra colonial.

 

 

abril25-livro1.jpg

 

 História de uma flor

Matilde Rosa Araújo

ilustração: João Fazenda

edições Caminho

https://www.wook.pt/

 

Sinopse:

 

«Nas ruas havia flores vermelhas por toda a parte. No peito das mulheres, dos homens, nos olhos das crianças, nos canos silenciosos das espingardas. Nem era uma guerra, nem uma festa. Era o mundo de coração aberto.»

 

Livro de Matilde Rosa Araújo, publicado em 1983 na colectânea A Velha do Bosque, editado autonomamente em 2008, com ilustrações de João Fazenda. A autora cruza a dimensão simbólica com a histórica, criando uma metáfora particularmente expressiva da libertação ocorrida em Portugal a seguir ao 25 de Abril. 

 

Um livro que é um poema à beleza e à liberdade. Ganha nova dimensão nesta edição autónoma, exemplarmente ilustrada.

 

Disponível em versão impressa e ebook

 

Nível etário: infantil

 

Não devemos descurar a partilha de uma 'memória histórica', que passa testemunhos mais autênticos.  Passaram 43 anos sobre 'esse momento'.

 

“A história é como uma montanha que só de longe se pode admirar na sua grandeza e nos seus abismos”

 

Müller, citado por Torgal, 1989: 214

 

Aqueles que viveram os factos, e que ainda estão entre nós, conseguem revivê-los e reconstruí-los de uma forma mais precisa e eventualmente, já com alguma isenção, por se ter passado o tempo suficiente para sacudir o pó da excessiva emoção.

 

 A Professora GSouto

 

25.04.2017

 

 Licença Creative Commons

Vamos falar de televisão ? Hidetsugu Yagi & John Baird

 

 

Google Doodle 130º aniversário de Hidetsugu Yagi

http://www.google.com/doodles/

 

E de novo Google surpreende-nos com mais um Doodle interactivo que encontrámos esta manhã quando acedemos à página principal do motor de busca.

 

Depois de Beatrice Tinsley, a cosmóloga que abriu caminho à actual Astronomia, ao decifrar as galáxias, chegou a vez de Hidetsugu Yagi que celebraria hoje, dia 28 Janeiro o seu 130º aniversário.

 

 Esboço Doodle

Esboço Doodle

Doodler Alyssa Winans

http://www.google.com/doodles/

 

A doodler Alyssa Winans mostrou o vários esboços que a levaram ao Doodle final, aquele que hoje vemos e com o qual interagimos.

 

Mas quem foi Hidetsugu Yagi? Ou por que razão existe a antena Yagi? Sim, trata-se de antena de televisão, quando interagimos com o Doodle.

 

 

Hidetsugu Yagi, engenheiro japonês

http://www.hitachi-kokusai.co.jp/

 

Saber +

 

Hidetsugu Yagi nasceu no dia 28 de Janeiro de 1886, em Osaka. Depois de se licenciar no Departamento de Engenharia Electrónica da Universidade Imperial de Tóquio, em 1909, estudou na Inglaterra, Estados Unidos e Alemanha entre 1913 e 1930. Voltou ao Japão mais tarde.

 

Tornou-se um distinto engenheiro eléctrónico enquanto trabalhava na Universidade de Tohoku. Escreveu vários artigos que permitiram ao seu colega Shintaro Uda introduzir no mercado ocidental um novo design de antena para difundir o rádio e, mais tarde, a televisão.

 

Yagi dedicou-se ao tema da comunicação sem fios durante toda a sua vida. Ele conseguiu prever que as ondas de frequência curta viriam a ser o principal elemento para a comunicação por rádio e direccionou a sua pesquisa nesse sentido.

 

A pesquisa resultou na publicação dos seus famosos artigos científicos. A antena Yagi (ou antena Yagi-Uda) baseia-se nessas publicações. Em1926, o engenheiro japonês obteve os direitos de patente para a sua invenção.

 

É óbvio que este tipo de antenas modernizou-se claramente ao longo dos anos e hoje são quase imperceptíveis.

 

 

Antena Yagi

http://www.nature.com/

 

Ir + longe: 

 

Como a invenção da antena Yagi utiliza uma construção muito simples, permite a comunicação direccional com ondas eléctricas. Esta construção é ainda hoje utilizada basicamente em todos os tipos de antena para captar as ondas de rádio e de televisão. 

 

O design da antena, tal como a conhecemos, foi criada para todo o mundo seu colega Shintaro Uda.

 

 

 

 

Yagi participou na criação do Instituto Chiba de Tecnologia e foi o quarto presidente da Universidade de Osaka, entre Fevereiro de 1946 e Dezembro de 1946.

 

Em 1942, tornou-se director da Faculdade de Ciências Industriais da Universidade de Tóquio. Dois anos mais tarde, em 1944, alcançou o mesmo cargo no Instituto de Tecnologia e no ano de 1946 também se tornou director geral da Universidade Imperial de Osaka.

 

Recebeu várias condecorações. A Medalha de Honra, o Prémio Blue Ribbon em 1951, a Ordem da Cultura em 1956 e, postumamente em 1976, foi-lhe atrbuido o Grande-Colar da Ordem do Sol Nascente.

 

O inventor japonês morreu pouco antes, em 19 de Janeiro de 1976. Tinha 89 anos de idade.

 

No dia 18 de Abril de 1985, o Escritório de Patentes do Japão considerou Yagi como um dos dez maiores inventores japoneses de sempre.

 

 

 

Google Doodle 90º aniversário da 1ª demonstração de televisão

John Logie Baird

http://www.google.com/doodles/

 

Curiosidades:

 

Não deixa de ser interessante que dois dias antes, em 26 Janeiro Google tenha celebrado o 90º aniversário da primeira demonstração/ emissão pública de televisão que se deve ao engenheiro escocês John Logie Baird.

 

 

 John Logie Baird

http://www.bbc.co.uk/

 

O doodle do Google celebrava os 90 anos da primeira demonstração pública de uma televisão com uma ilustração que relembrava o modelo da 'caixa mágica', como ficou conhecido na época.

 

O engenheiro escocês John Logie Baird apresentou a novidade no seu laboratório em Londres à Royal Institution of Great Britain e a um repórter do The Times, em 26 de janeiro de 1926.

 

 

 

 

A televisão de Baird foi o modelo definitivo de TVs electromecânicas porque o aparelho que capturava e apresentava as imagens foi baseado em um dispositivo criado por Paul Gottlieb Nipkow em 24 de Dezembro de 1883.

 

O modelo é diferente do utilizado actualmente, a televisão electrónica, mas ademonstração de Baird foi o primeiro passo importante de transmissão de televisão.

 

 

 

 Actividades:

 

  • Pesquisa sobre estes dois engenheiros que nos deram a possibilidade de ter hoje acesso à televisão e à captação do sinal.
  • Exploração do vídeo sobre John Logie Baird. Organizar actividades referentes a esta actividade.
  • Debate a importância da televisão como meio social público, bem como meio de divulgação da informação mundial à distância de minutos. E muitas vezes em directo.
  • Meios de captação : normal (via televisor/LED),internet ( via computador, ou smartphone).
  • Reforço da ideia da educação à distância, via televisão, o que aconteceu no nosso país até aos anos 90. Muitos jovens da província que viviam longe dos meios urbanos, ou até por falta de escolas, teve aulas, naquela altura através da Telescola.

 

A Professora GSouto

 

28.01.2016

 

Licença Creative Commons

É Natal ! É Natal !

 

 

 

Google Doodle, winter solstice (northerm hemisphere)

 http://www.google.com/logos/doodles/

 

Eis-nos de novo no Natal ! Celebrámos o solstício do Inverno, o dia mais curto do ano, no dia 21 Dezembro. Isto no hemisfério norte. Claramente, no hemisfério sul celebrou-se o solstício de verão, a 22 Dezembro, o dia mais longo do ano.

 

Desde a antiguidade que se celebra o solstício.  A noite mais longa do ano (por oposição ao dia mais curto) era celebrada por muitos povos pagãos, fosse para afastar os espíritos mais negros ou para marcar um renascimento (porque a partir daí os dias começam a ficar maiores).

 

As fogueiras, que iluminavam a longa noite, eram um elemento comum. O cristianismo, aproveitando esta época que simbolizava um novo começo na cultura romana, e terá escolhido celebrar o nascimento de Jesus – visto que não existe, segundo se diz, referências bíblicas ao dia 25 de Dezembro.

 

Apesar de há muito desaparecidos, as tradições dos antigos povos pagãos persistem - no acender das luzes de Natal, nas decorações, ou simplesmente pelas mãos de inúmeros devotos que seguem, ainda hoje, as crenças antigas.

 

Na história há muitas referências ao solstício de Inverno, uma data importante na Roma antiga ou na Europa pré-cristã. E cerimónias para o assinalar esta celebração acontecem na China, países da América do Sul, sobretudo as civilizações Maya e Druidas.

 

Um Cântico de Natal, Charles Dickens

Clube do Autor

https://www.facebook.com/Clube-do-Autor

 

Como sempre, nesta altura de férias escolares, deixo sugestões culturais. Então se não andas nas compras, já foste ver Guerra das Estrelase te apetece agora algumas horas de acalmia, fora do bulício da época, aqui tens a minha sugestão de leitura.

 

O livro «Um Cântico de Natal», de Charles Dickens que fala do verdadeiro espírito da quadra natalícia, foi eleito pelo escritor José Luís Peixoto para integrar a coleção "Os Livros da Minha Vida", do Clube do Autor.


A coleção do Clube do Autor tem destacado livros que, por qualquer razão, se tornaram especiais para determinadas personalidades públicas. Neste caso, nada melhor do que um escritor.

 

Saber +

 

Romancista inglês nascido em 1812, Charles Dickens publicou obras em que denunciava a vida difícil dos operários na sociedade industrial emergente - Grandes Esperanças, Tempos Difíceis - e, em particular, a miséria das classes sociais mais baixas, ou a precaridade da infância - em Oliver Twist, especialmente. Escreveu também um muito popular Conto de Natal.Morreu em 1870.

 

 

Um Cântico de Natal, Charles Dickens

Clube do Autor

http://static.fnac-static.com/

 

"Um Cântico de Natal" é uma das histórias mais famosas da literatura e, sem dúvida, o conto de Natal por excelência.

 

«Um daqueles raros livros que deu expressão a algo enorme. Acredito que a própria vivência do Natal foi tocada por estas páginas.(…) Uma obra que nos faz pensar e que nos faz sentir. É por isso que continuará a ser lida, não importa quantos séculos passem. As questões que levanta nunca perderão atualidade (…).»

 

«A arte de Dickens deu origem a algumas das obras mais marcantes de sempre.»

 

José Luís Peixoto, in Prefácio

 

(The New York Times)

 

A obra de Dickens faz parte da vida de José Luís Peixoto, «uma obra que nos faz pensar e que nos faz sentir. É por isso que continuará a ser lida, não importa quantos séculos passem».


" Quis, neste pequeno conto fantástico, evocar o fantasma de uma ideia que não porá os meus leitores de mau humor nem consigo próprios, nem uns com os outros, nem com a quadra, nem comigo. Possa essa ideia assombrar-lhes agradavelmente as casas e que ninguém deseje excluí-la.


O vosso fiel servidor e amigo,
Charles Dickens"


(Dezembro, 1843)

 

Quero acreditar que esta postagem de férias de Natal vos possa agradar, já que encerra dois assuntos tão ligados ao Natal.

 

 

Santa Tracker 2015, Google

https://santatracker.google.com/#village

 

Ah! Entretanto passem pelo site da Viagem do Pai Natal que propõe a miúdos e crescidos tradições e jogos natalícios. 

 

É como um tradicional calendário de Natal, mas sem chocolates nem doces. Todos os dias há uma surpresa, ao mesmo tempo que faz a contagem decrescente para a grande noite na qual o nosso Pai Natal distribui prendas por todo o mundo.

 

A partir desta noite, podem seguir a viagem quase em tempo real. Vantagens das tecnologias modernas! Não era o que sempre vos falava?


Para todos os que me lêem, mesmo sem deixar comentários (as estatísticas são bem reveladoras do número de leitores)ficam meus votos de um Bom Natal, na companhia de pais, avós e irmãos. 

 

E não esqueçam todas as pessoas, jovens e menos jovens, que estão nesta época a atravessar situações de incerteza, dor, tristeza, falta de emprego e bens essenciais. Estou certa que todos terão feito algo para as apoiar neste momento tão tocante.

 

Feliz Natal!

 

A Professora GSouto

 

23.12.2015

 

Licença Creative Commons

 

Guerra das Estrelas : O Despertar da Força

 

 

 

http://www.imdb.com/

 

Pois é ! O sétimo episódio de Guerra das Estrelas  ou melhor,  Guerra das Estrelas: O Depertar da Força já está nas salas portuguesas desde hoje, dia 17 Dezembro 2015. No tempo certo : férias de Natal.

 

A série de seis filmes de ficção científica de George Lucas teve início em 1977. Dezesseis anos depois, foi exibido nos cinemas o último filme da saga, em 2005.

 

Popular entre o público geek e nerd, Guerra nas Estrelas não ficou apenas nos cinemas, deu origem a video jogos, desenhos animados, brinquedos para colecção, entre outros produtos.

 

 

 

O Regresso de Jedi, 1983

https://upload.wikimedia.org/

 

No sexto capítulo, Star Wars: Episódio VI - O Regresso de Jedi (1983), Luke Skywalker (Mark Hamill) consegue fazer com que Darth Vader encontre o seu lado bom e elimine o Imperador Palpatine na segunda Estrela da Morte.

 

Guerra nas Estrelas é um filme é um filme de ficção científica, o sétimo filme da série Star Wars. Passaram-se aproximadamente 30 anos após O Regresso de Jedi.  

 

 

 

robôs C-3PO e R2-D2

Star Wars 

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/

 

Verdade! Trinta anos se passaram. Luke volta a unir forças com Princesa Leia, Han Solo, Chewbacca e os robôs C-3PO e R2-D2 para uma nova aventura espacial na disputa pela Força mas agora entregue à Disney. O realizador é JJ Abrams (lembras Star Trek?)

 

 

Personagens Star Wars (6 episódios)

http://cdn1.theodysseyonline.com/

 

Saber + 

 

Agora que este novo episódio já se está a tornar o maior sucesso de bilheteiras de 2015, convém recordar todos os filmes de Star Wars.

 

Sem grandes expectativas de sucesso, o primeiro filme foi lançado nos Estados Unidos a 25 de Maio de 1977. Mas a história teve tanto êxito que George Lucas acabou por construir em vários episódios um dos mais famosos enredos da ficção científica.

 

Estou certa que todos conhecem a máscara de Darth Vader. E a célebre expressão "A força esteja contigo".

 

As personagens, a história e os cenários apanham todas as gerações e têm sempre a acompanhar um merchandising fortíssimo com seguidores fiéis. Para quem nunca viu nenhum dos seis episódios anteriores, ou para quem já se esqueceu,deixo um video de um utilizador do YouTube que resume em três minutos esses seis filmes

:

 

 

 

Há semanas que só se fala desse filme revelador do futuro. Star Wars: O despertar da força, o capítulo mais recente de uma história de milhões de euros. Estreou hoje em mais de 150 salas portuguesas e havia 40 mil pessoas com bilhete comprado à espera da hora certa.

 

A crítica internacional parece rendida ao trabalho do realizador J.J. Abrams, o que não significa que o sétimo episódio da saga seja uma enorme nave espacial imperial capaz de resistir a qualquer crítica.

 

 

 

Novo robô BB8

Star Wars : O Despertar da Força

https://encrypted-tbn1.gstatic.com/

 

Mas parece que todos estão rendidos ao novo episódio. As críticas sucedem-se e são muito favoráveis. Os fãs antigos rendem-se.

 

O magazine americano Variety classifica o filme como um “restaurador” da energia que caracterizou os primeiros filmes da saga. A revista vai até mais longe: “Só um cataclismo global (ou talvez nem isso) vai impedi-lo de ser o filme mais visto do ano e talvez o mais bem-sucedido de sempre”.

in Expresso

 

Está já entre os filmes mais vistos de 2015! Wow! E ainda agora começou.

 

 

 

Han Solo (Harrisson Ford)

Star Wars : O Despertar da Força

http://static.srcdn.com/

 

Estão informados para melhor acompanhar a Guerra das Estrelas: O Desperta da Força? Espero bem que sim. Se não, poderão recorrer aos vossos pais, irmãos mais velhos que, estou certa, são fãs desta famosa saga.

 

Este é um fenómeno à escala mundial. Star Wars tem um argumento universal, narrando a luta do bem contra o mal e com personagens que nos fazem sonhar com os ideais de justiça, esperança e amor. 

Guerra das Estrelas (selos)

Personagens da Guerra das Estrelas

http://www.stampsportugal.com/

 

Curiosidades:

 

Para celebrar a saída do sétimo épisódio Guerra das Estrelas: O Despertar da Força, o Royal Mail fez sair uma colecção de selos que está a ser um sucesso entre os fãs da saga.

 

Os correios britânicos Royal Mail, Reino Unido, equivalente aos CTT, lançaram dezoitos selos com imagens de doze heróis da saga. Aqui ficam alguns... só para despertar a vossa curiosidade:

 

 

 

Guerra das Estrelas (selos)

30 Anos de Guerra das Estrelas

http://www.stampsportugal.com/

 

Yoda, Dark Vador, Luke Skywalker, Obi-Wan Kenobi, a princesa Leia, mas também os Stormtroopers.

 

 

 

Guerra das Estrelas (selos)

Heróis e Vilões

http://www.stampsportugal.com/

 

Estes e outros selos da Guerra das Estrelas estão disponíveis online no site Selos Portugal... mas não são muito baratos. Uma prenda de Natal?

 

Não sei se algum de vós gosta de filatelia. Um hobby deveras interessante que podem começar a ter a partir de agora.

 

 

 

Mas voltando à estreia do filme, o entusiasmo é mundial. Nos Estados Unidos, houve pessoas que acamparam perto das salas de cinema onde vai ser exibido o filme.


Guerra das Estrelas: O Acordar da Força é o primeiro filme da terceira trilogia da saga, agora nas mãos do grupo Walt Disney. E com realização de J.J. Abrams.

 

 

Daisy Ridley, a nova heroína

Star Wars : O Despertar da Força

http://static.srcdn.com/

 

Actividades:

 

  • Curriculos Lingua Portuguesa: A Narrativa tem aqui uma excelente ferramenta pedagógica para iniciar o estudo de ficção-científica.
  • Preparar actividades: fichas de apoio às várias aprendizagens que se pretendem .

 

No ano de tão importantes acontecimentos científicos que a NASA tem divulgado:

 

Proponho um trabalho a desenvolver em projecto transdisciplinar :

  • Lingua Portuguesa
  • Ciências 
  • Lingua Inglesa (L1)
  • Educação Visual

 

Excelente fonte de inspiração para desenvolver estas e outras actividades, depois das férias do Natal, já que os alunos entram de férias amanhã, dia 18 Dezembro 2015.

 

A Professora GSouto

 

17.12.2015

 

Licença Creative Commons

 

Parabéns José Xavier : Membro Honorário do BAS

 

 

José Xavier, cientista 

créditos: José Xavier

http://cientistapolarjxavier.blogspot.pt/

 

Foi com muita alegria que lemos que o nosso amigo José Xavier, investigador da Universidade de Coimbra, foi nomeado membro honorário do centro British Antarctic Survey (BAS).

 

José Xavier, actualmente um dos cientistas nacionais com maior produção científica sobre as regiões polares, e que tão bem conhecemos da nossa participação no Ano Polar 2007-2008.

 

Saber +

 

Para o instituto sediado em Cambridge (Reino Unido), "é um grande prestígio pretender reconhecer e evidenciar a contribuição" de "um número restrito de indivíduos chave", como José Xavier, para "a ciência, operações e inovação científicas do BAS", estas foram as declarações do director de ciência da instituição, David Vaughan, citado numa nota hoje divulgada pela UC.

 

O BAS está "muito orgulhoso com a nomeação de José Xavier como membro honorário, em reconhecimento da nossa colaboração"

 

David Vaughan

 

José Xavier, de 40 anos de idade, coordenador de projectos científicos do BAS na Antárctida e na UC, considerou que "este reconhecimento internacional reflecte o resultado de muitos anos de trabalho" na instituição inglesa.

 

"Trabalhar num instituto que lidera a investigação polar a nível mundial é um orgulho e levar jovens investigadores portugueses regularmente a Cambridge, para trabalharem com alguns dos melhores cientistas, continuará a ser uma das minhas prioridades"

 

José Xavier

 

 

Albatroz, 2015

créditos: José Xavier

http://cientistapolarjxavier.blogspot.pt/

 

José Xavier colabora com mais de dez países e com publicações regulares de artigos em «jornais de ciência de referência», e trabalha com o BAS desde 1997, tendo feito aí e na Universidade de Cambridge os seus doutoramento e pós-doutoramento, refere a UC.

 

Investigador convidado do BAS, José Xavier é, com outros colegas britânicos, coordenador do CEPH-BAS, programa que avalia a ecologia alimentar de pinguins, focas, albatrozes e outros predadores da Antárctida.

 

Foi assim que o conhecemos quando gentilmente acedeu a vir ao Porto participar no projecto curricular Conversa com um Cientista para falar com os alunos que activamente participavam nas actividades do Ano Polar 2007-2008.

 

 

José Xavier na Antárctida, 2008

créditos: José Xavier

http://cientistapolarjxavier.blogspot.pt/

 

Depois, fomos seguindo José Xavier através do seu "diário polar", o blogue que na época se denominava Cientista Polar José Xavier e que continua a actualizar agora com o nome Ciência Polar

 

Os alunos estavam muitos atentos ao que este jovem cientista polar investigava nas expedições à Antárctida. Admirávamos o seu trabalho, publicávamos algumas das fotos de animais polares no BlogdosCaloiros, fotos que davam apoio às várias actividades, bem como ao Jornal de Parede que semanalmente era actualizado pelas equipas de alunos.

 

 

Uma Aventura no Alto-Mar

edições Caminho

https://www.leyaonline.com/

 

Foi com base nas suas viagens e expedições à Antárctida que o livro Uma Aventura no Alto-Mar foi escrito, como a participação de José Xavier. Não esquecemos o exemplar autografado que nos deixou.

 

Lemos o livro em sala de aula, desenvolvemos actividades criativas com base nessa leitura relacionadas com o projecto Ano Polar 2007-2008.

 

Dois anos mais tarde, leguei o livro, em nome dos alunos que participaram nos projectos curriculares Ano Polar, à biblioteca da escola

 

  

José Xavier na Antárctida, 2008

créditos: José Xavier

http://cientistapolarjxavier.blogspot.pt/

 

É assim, com imensa alegria, repito, que divulgo esta excelente notícia da nomeação do amigo José Xavier, muito meritória, para membro honorário do BAS, pelo trabalho que tem vindo a desenvolver ao longo dos anos. 

 

O instituto, que desenvolve e coordena "investigação interdisciplinar de qualidade internacionalmente reconhecida nas regiões polares", faz parte da Natural Environment Research Council (NERC) e possui mais de 400 pessoas, trabalhando conjuntamente para produzir ciência nas regiões polares.

 

O BAS que opera em cinco estações científicas, dois navios e cinco aviões na Antárctida, "tenta responder a questões de importância global e regional" e a investigação que realiza envolve projectos científicos com mais de 120 colaborações nacionais e internacionais, incluindo Portugal.

 

 

 

 

Actividades:

 

  • Aqui encontrarão algumas das actividades desenvolvidas pelos alunos no projecto curricular desenvolvido na área disciplinar de Língua Portuguesa ao longo dos anos lectivos 2006-2007 e 2007-2008.
  • Foram muitas as actividades desenvolvidas : blogue, jornais de parede, exposição na biblioteca da escola, textos criativos, slides, entre outras.
  • Muitos alunos concorreram (individualmente ou em grupo) em diferentes géneros de escrita criativa: contos, poesias, fábulas, ensaios, textos dramáticos.

 

A Professora GSouto

 

01.12.2015

 

 Licença Creative Commons

 

 fonte : Lusa (nomeação José Xavier)

Lágrimas por Paris

 

Attaques-a-Paris-elyxyak.jpg

 

illustrateur YaK

http://yakillustrations.com/

 

"Estar de bem com a matemática é estar de bem com a vida. Respirar x vezes por hora é fundamental. Existe paz no rosto esculpido de Pitágoras. E a paz não se troca por nada porque inclui tudo o que é necessário."

 

José Luís Peixoto, Abraço

 

O mundo acordou mais triste, ontem, hoje ! Paris, a cidade que tanto admiramos, sofreu ataques violentos em vários locais, na noite de sexta-feira, 13 Novembro 2015. Na sala de espectáculos Le Bataclan*, onde cerca de 1 500 pessoas assistiam a um concerto da banda rock norte-americana Eagles of Death Metal; no exterior do stade de France onde decorria um jogo de futebol a que assistiam mais de 5 000 pessoas, entre as quais crianças; e finalmente em dois restaurantes parienses.

 

 

Paris, street art #PrayforParis

https://pbs.twimg.com/

 

No concerto dos Eagle of Death Metalestavam muitos adolescentes. Infelizmente entre as muitas vítimas, está também um elemento da equipa da banda. Tentava auxiliar outras pessoas. 

 

Paris está em todos os meios de comunicação social. Jornais, televisão, redes sociais, internet. Nas redes sociais, sucedem-se as mensagens de #PrayforParis de todos os internautas.

 

 

bataclan-1.jpg

 

Bataclan, sala espectáculos séc. XIX

Paris

http://www.apartrental.com/

 

*Le Bataclan é uma sala de espectáculos parisiense, construida em 1864, obra do arquitecto francês Charles Duval. O nome faz referência ao Ba-ta-clan, opereta de Offenbach.

 

A sala de espectáculos faz parte dos monumentos nacionais desde 11 Março 1991.

 

 

Attaques-a-Paris-louison.jpg

 

illustrateur Louison

http://louison.blog.lemonde.fr/

 

Perante os nossos olhos tristes, as imagens de sexta-feira, à noite, 13 Novembro, permanecem. Que humanidade é esta em que vivemos? É a pergunta que martela nosso pensamento.

 

Como é que pessoas que sentem como nós, são capazes de fazer algo tão terrível! Continuamos sem entender. Não há motivos que levem a matar, mesmo que o façam em nome de algo em que acreditam.

 

 

 

illustration : Grego Solsol

http://images7.livreshebdo.fr/

 

Professores, animadores extra-curriculares, pais, educadores em geral sentem a dificuldade de falar com alunos, educandos, sobre os tristes acontecimentos que tiveram lugar sexta-feira à noite, 13 Novembro, em Paris.

 

Vamos começar a semana. Amanhã, falaremos nas nossas aulas, mas sobretudo ouviremos, Sim, ouvir o que os alunos nos querem dizer, deixar que exprimem suas emoções sobre os ataques a Paris.

É conveniente, de qualquer modo, preparar alguns recursos pedagógicos para dialogar com os alunos.

 

Que dizer aos alunos : 

 

É fim-de-semana. Em Portugal, ao contrário de França, os alunos não têm aulas ao sábado de manhã.

 

Mas, amanhã, segunda-feira, os alunos estarão apreensivos, quererão contar o que viram, dar a sua versão, perante o que ouviram nos meios de comunicação social: jornais digitais, noticiários na televisão, redes sociais, internet. E também o que ouviram e família.

 

E depois, eles têm amigos musulmanos que frequentam a mesma escola, ou turma, e que condenam os atentados. Eles poderão sentir-se apreensivos sobre a reacção dos seus colegas na escola.

 

Algumas considerações para reflectir amanhã, segunda-feira.

 

  

Actividades:

 

Como encontrar as palavras adequadas para cada nível etário?  Sim, vai ser necessário falar. Mas essencialmente ouvir os alunos. E responder, deixando passar a mensagem que nem sempre temos resposta para as suas perguntas. É importante dar esse lado humano.

  • Se estiver em aula às 11:00 horas (12:00, Paris), solicitar aos alunos um minuto de silêncio, depois de lhes ter explicado a simbólica do gesto que poderá ser universal.
  • Ouvir o que os alunos entenderam, partindo das notícias ou comentários, imagens reais ou desenhos. Rectificar o que não compreenderam bem. E depois responder às dúvidas, interrogações, alguma angústia. Informações fundamentadas, ou a vossa maneira pessoal de como viveram estes dois dias.
  • Passar alguns dos cartoon que ilustradores franceses e mundiais criaram. Deixar que os alunos exprimam o que entendem de cada cartoon.
  • Ligar ao atentado de Chalie Hebdo e solicitar aos alunos que se exprimam sobre valores como tolerência, respeito pela vida humana, e pela identidade cultural de cada um.
  • Fazer passar a compreensão das ideias e opiniões dos outros, fomentar o diálogo, ajudar a desenvolver o sentido crítico, a condenação de todo o tipo de intolerância, valorizar valores como solidariedade.

 

Poderão encontrar mais recursos educativos em Talking about Freedom of Expression in School.

 

Bem conscientes das suas responsabilidades, mais fragilizados, também, os professores apresentar-se-ão diante dos seus alunos, amanhã, segunda-feira.


Lembremos que todos temos alunos de várias religiões, diferentes 
etnias, nas nossas salas de aula. Todos são amigos, e respeitam-se nas suas diferenças. Todos nos respeitamos nas nossas diferenças, preservamos a essência humana.

 

O mundo está mais triste. Estamos todos, hoje, menos livres, mais inseguros. Mas juntemos as nossa voz a #PrayforParis.

 

A Professora GSouto

 

15.11.2015

 

Licença Creative Commons

Noite Europeia dos Investigadores : #NEI 2015

 

 

nei1.png

 

http://noitedosinvestigadores.org/

 

E eis-nos de novo a festejar a Noite Europeia dos Investigadores. A NEI - European Researcher's Night - é uma iniciativa promovida pela Comissão Europeia no âmbito  das Acções Marie Curie.
 
 
Acontece todos os anos, desde 2005, na última sexta-feira de Setembro. E este ano, portanto festeja o 10º aniversário.
 
 
Está de parabéns pois tem sido um sucesso crescente ao longo dos anos. A Noite Europeia dos Investigadores tenta hoje juntar ciência e cidadãos nos planetários, museus, laboratórios para mostrar, com um programa pensado para todas as idades, que o que se faz em ciência e o impacto que tem na vida de todos.
 
 
Quase 400 investigadores, de cerca de 60 instituições científicas representadas no evento, entre as quais várias universidades, associações científicas, laboratórios de Estado e a Fundação para a Ciência e Tecnologia, vão levar a ciência para a rua, isto é, vão estabelececer uma relação de proximidade com as pessoas.
 
 
 

nei2.jpg

 

Museu da  Ciência, Lisboa

http://noitedosinvestigadores.org/

 
No Ano Internacional da Luz não poderiam faltar actividades relacionadas com o tema, como é o caso no Museu da Ciência.
 
 
Objectivos:
 
Celebrar a Ciência e aproximar a ciência dos cidadãos. É assim, um evento europeu que permite a cientistas e público em geral conviverem num ambiente descontraído. 
 
A troca de ideias e experiências que a NEI proporciona pretende contribuir para a construção de uma imagem saudável dos investigadores junto do público e demonstrar que, afinal, a ciência não é tão complicada nem tão distante quanto se julga.
 
Financiada pela Comissão Europeia, a NEI vai decorrer em mais de 30 cidades europeias contando com cerca de 300 eventos. 
 
 
 

nei3.jpg

 

Jardim Botânico Coimbra

http://noitedosinvestigadores.org/

 
A extensa programação nacional tem como objectivo mostrar ao público que os cientistas são pessoas comuns mas com trabalhos extraordinários.
 
O tema para os próximos dois anos é Ciência Cidadã, conceito que abrirá as portas para o mundo da investigação, dando aos cidadãos a oportunidade de participar em projectos nas mais diversas áreas científicas.
 
Pretende-se assim fomentar o "envolvimento dos cidadãos na Ciência promovendo uma sociedade mais activa e colaborativa com a comunidade científica.
 
 

 

Ciência e Arte, Lagos

http://www.sulinformacao.pt/

 

Educação:
 
É pois uma noite diferente  que nenhum professor quer perder, fazendo-se acompanhar  dos seus alunos numa experiência pedagógica prática sobre a Ciência.
 
Será imperdoável perder a oportunidade de participar de uma aula viva.
 
Os professores curriculares Ciências, Física  Biologia, Ciências da Terra, Matemática e Química, poderão acompanhar as suas turmas, e por que não solicitar o apoio de alguns pais voluntários.
 
Sim, porque as famílias também são convidadas a participar nesta noite tão especial.
 
Consultar mais aqui
 
Em Portugal, estão inscritas actividades em Lisboa, Coimbra e Aveiro. Mas também Braga, Lagos, e Madeira.
 
E o Porto? Não há eventos ligados à Noite Europeia dos Investigadores? Não encontrei nada, o que me entristece. Com um Planetário, Faculdade de Ciências da UP, museus, laboratórios...
 
 
Entrada : Todos os eventos  são gratuitos.
 
 
Utilização telemóveis e redes sociais:
 
Insisto na utilização dos telemóveis, e dos tablets que permitem a interacção entre participantes, e redes sociais para partilhar experiências entre escolas: Facebook ou Twitter hashtag #Nei2015
 

 

 

 http://oal.ul.pt/

 

Amanhã, dia 26 de Setembro 2015, a sessão mensal das Noites no Observatório celebra a Noite Europeia dos Investigadores 2015, com um programa diferente do habitual, centrado na Astronomia.

 

Nesta noite, o público será convidado a visitar o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) no Observatório Astronómico de Lisboa e participar numa série de actividades com início às 20:30 horas até à 01:00AM

 

Excepcionalmente esta noite não necessita de inscrição.

 

Programa : A consultar aqui

 

Poderá levar o seu computador portátil, tablet ou smartphone. Haverá wi-fi disponível para quem quiser participar de uma forma mais activa nesta sessão.

 

Actividades:

 

Querem mais actividades dos que estas todas ? Na próxima semana, estou certa que as vossas aulas curriculares vão ser bem animadas.

 

Boa Noite dos Investigadores na companhia dos professores, pais, amigos. Muita coisa para aprender e partilhar. 

 

A ciência é 'Wonder-ful' !

 

A Professora GSouto

 

24.09.2015

 

Licença Creative Commons

 

Dia dos Avós : tradições e leituras

 

 

doodle-avos2.png

 

doodle-avos1.jpg

 

 Google doodle Grandparents's Day

doodler : Olivia Huynh

https://www.google.com/doodles/

 

Hoje, 26 Julho, celebra-se o Dia dos Avós em Portugal e Espanha. E segundo li, também no Brasil.

 

Os netos e presenteiam simbolicamente os seus avós, de modo a agradecer o apoio e dedicação que dão à família e mostrar o quanto os avós são importantes nas suas vidas.

 

Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.

 

dia avós.jpg

 

 

A celebração do Dia dos Avós é feita através de eventos e de actividades que homenageiam os avós e que pretendem demonstrar carinho e apreço a todos os avós de cada país.

 

Google está presente neste dia especial, mostrando um doodle duplo (avó, avô) que ilustram cenas familiares de avós com netos.

 

esquisso doodle Dia dos Avós

 https://www.google.com/doodles/

 

A doodler Olivia Huynh tentou recriar essas cenas através das suas próprias lembranças de infância na companhia dos Avós.

 

Mas qual será a origem desta celebração?

 

A data escolhida para a celebração do Dia dos Avós é o dia 26 de julho, por ser o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria, e avós de Jesus Cristo, segundo a tradição católica.

 

Mas certamente que haverá uma outra origem para esta tradição.

 

Neste dia, os netos (e filhos, se os netos forem muito pequenos) almoçam fora com os avós, dão passeios a locais que são do agrado dos avós, participam de actividades colectivas para avós e netos, e vão ao cinema, se já têm autonomia para o fazer.

 

 

dia_dos_avos.jpg

 

 

Se os avós estão doentes, por qualquer motivo, passam a tarde na sua companhia, preparam o lanche festivo e contam histórias divertidas dos avós que tenham guardado nas suas lembranças.

 

Por isso, deixo aqui dois livros que poderão ser úteis aos netos mais novinhos. 

 

Propostas de leitura para jovens netos:

 

 

http://www.booksmile.pt/

 

Como Tomar Conta do um Avô da premiada autora norte-americana, Jean Reagan, ilustrações de Lee Wildish é um livro encantador onde poderás encontrar dicas essenciais para aprenderes a tomar conta do teu avô, incluindo:

 

• Como brincar com um avô (podem construir uma gruta de piratas, por exemplo);
 
• Coisas para fazer durante um passeio (quer chova ou faça sol);
 
• Os petiscos que um avô adora.
 
Da próxima vez que o teu avô tocar à campainha, vais estar mais do que preparado para ocupar o vosso tempo.

 

Podes espreitar o vídeo aqui ou ler excertos do livro online aqui.

 

Mas há mais. Pois, faltava a Avó, não é? Então vejamos:

 

 

http://www.booksmile.pt/

 

Como Tomar Conta de uma Avó dos mesmos autores, Jean Reagan e Lee Wildish, prémio Book Awards 2013 (ilustração), contém também dicas úteis para a babysitter perfeita na próxima vez que fores dormir a casa da tua avó. Aqui podes descobrir:

 

• Como manter uma avó ocupada (a fazer biscoitos de canela ou a brincar às escondidas);
 
• Coisas para fazer no parque (como aprender a andar de baloiço na perfeição);
 
• Sítios onde tu e a tua avó podem dormir, e o que fazer quando estiverem bem aconchegadinhas.
 
 

Podes espreitar o vídeo aqui ou ler excertos do livro online aqui.

 
Agarra na almofada e na máquina fotográfica. Promete aos teus pais que os voltarás a ver na manhã seguinte e prepara-te para passares umas horas muito especiais com a tua avó!

 

Livros cheios de ternura e humor que são uma celebração da relação entre avós e netos.

 

Feliz Dia a todos os Avós ! E obrigada por todo o carinho e dedicação que têm pelos netos, e por lhe ensinarem tantas coisas. 

 

A Professora GSouto

 

26.07.2015

 

Licença Creative Commons

A Hora de Plutão : actividades férias

...

créditos : NASA

https://instagram.com/

 

Hoje, dia 14 Julho 2015, a sonda New Horizons viajou até Plutão. Uma viagem que começou hà nove anos. Um acontecimento científico de grande relevo a que se juntou Google dedicando-lhe um doodle interactico que poderão descobrir na página de entrada do motor de busca.

 

 

Google doodle PlutoFlyby

doodler : Kevin Laughlin

https://www.google.com/

 

Pela primeira vez na história da astronomia, uma nave espacial não tripulada fez uma aproximação a Plutão, esta terça-feira, às 07h49 (12h49 em Lisboa), revelando detalhes da superfície do "planeta-anão", após quase uma década de viagem.


Talvez se lembrem que Plutão já fora o nono planeta do sistema solar mas, em 2006, foi despromovido a planeta anão.

 

 

PlutoFlyby

https://www.facebook.com/planetariodoporto/

 

Hoje os cientistas da NASA puderam constatar que Plutão é bem maior do que supunham.

 

A propósito deste acontecimento cientíco tão importante, o Jardim Botânico recebe amanhã, 15 de Julho, às 21h00, a abertura oficial das atividades do programa Ciência Viva no Verão, coordenadas pelo Planetário do Porto – Centro Ciência Viva.

 

Intitulada Vida na Hora de Plutão!, esta é uma acção conjunta do Planetário do Porto, com o Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO–InBIO) da U.Porto e com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

 

Numa evento multidisciplinar, Vida na Hora de Plutão! convida os participantes a descobrir "se ao meio dia em Plutão seria possível ler um livro apenas com a luz solar", passando depois à observação de insectos frequentadores de áreas verdes em ambiente urbano, à exploração das flores e plantas com actividade nocturna nesse mesmo ambiente, e finalmente, à observação do céu com telescópio.

 

pluto4.jpg

  

Nave espacial New Horizons

https://31.media.tumblr.com/

 

O mote da actividade é a passagem da sonda New Horizons (NASA) a apenas 12.500 quilómetros do planeta anão Plutão, hoje às 12h49m57s. Esta será a primeira vez que uma sonda espacial passa próximo de Plutão.

 

 

 

 http://solarsystem.nasa.gov/plutotime/

 

Para compreender melhor a distância a que Plutão se encontra (cerca de 32 unidades astronómicas), a NASA promove Pluto TimeA Hora de Plutão, uma actividade que convida o público a tirar fotos (que incluam um ponto de referência), sem flash, à mesma hora que aqui na Terra a iluminação é igual à de Plutão ao meio-dia.

 

No Porto, a Hora de Plutão corresponde à iluminação por volta das 21:12 horas, hora em que se iniciam as actividades.

 

Para transmitir algumas noções sobre a diversidade e ecologia das espécies que ocorrem em áreas verdes em ambiente urbano, serão montadas no Jardim Botânico fontes de luz artificial para atrair espécies de insectos presentes em jardins públicos e habitações, com especial ênfase nas borboletas, escaravelhos, moscas e vespas.

 

Será possível ainda observar a beleza e originalidade de flores e plantas com actividade nocturna digna de destaque, como por exemplo as flores de abertura nocturna dos Cereus no Jardim das Suculentas e o Choupo branco junto ao lago grande.

No final, os telescópios do Planetário do Porto – CCV estarão apontados para o céu, com particular destaque para a observação do planeta Saturno e dos seus anéis.

 

Informação :

 

Hora: 21:00

 

Duração : 3 horas

 

Idade mínima : 6 anos

 

Ponto de encontro:

Jardim Botânico do Porto (entrada).

Lista de Espera - Inscrição Obrigatória

 

Possível já não teres vaga. Mas inscreve-te de qualquer modo. Podem haver desistências de última hora.

 

Já viste como será ter acesso a todas estas actividades em espaço fantásticos como o Jardim Botânico e o Planetário do Porto?

 

Nota:

 

Bom, como todos os anos BlogdosCaloiros fará uma pequena pausa para férias no mês de Agosto. Durante este mês Julho, tempo de semi-férias, serão publicadas sugestões de leitura, cinema, ou então curiosiosidades, actividades tempos livros, cultura ou desporto.

 

 A Professora GSouto

 

14.07.2014

 

Licença Creative Commons

Kitesurf : Parabéns Francisco Lufinha !

 

 

kitesurf3.jpg

 

 Francisco Lufinha

https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

É sabido. Gostamos de desportos radicais. E nesta época do ano, em que uns estão já de férias, e outros, entre exames, vão até às ondas ao final da tarde relaxar antes de entrarem pela noite a estudar, aqui temos o nosso kitesurfer do momento.

 

Francisco Lufinha é um jovem português de 31 anos, completamente apaixonado por desportos náuticos. Com apenas 15 dias, foi levado para um barco pelos seus pais e nunca mais conseguiu, nem quis, desligar-se do mar.

 

 

kitesurf7.jpg

 

Franscisco Lufinha

 https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

O velejador português, praticante de kitesurf, Francisco Lufinha embarcou numa aventura de kitesurf, domingo, dia 05 de Julho 2015, às 16:30 horas, do Cais das Colunas, Lisboa.

 

O arranque da Mini Kitesurf Odissey foi um sucesso ! Centenas de apoiantes e curiosos juntaram-se no local para assistir à partida para esta odisseia.

 

 

kitesurf4.jpg

 

Mini Kitesurf Odissey

saida de Lisboa

https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

Em pleno Rio Tejo, o ambiente foi ainda mais surpreendente com dezenas de barcos a acompanhar Lufinha nos primeiros momentos desta aventura.

 

 

 

 Saída de Lisboa

http://francisco.lufinha.pt/

 

Na segunda-feira bateu o recorde mundial de maior viagem de kitesurf sem paragens, superando a anterior marca de 564 quilómetros, que já detinha. Conta assim, com mais de 28 horas de viagem 'non-stop'.

 

O recorde mundial tinha sido fixado por Lufinha em Setembro de 2013, numa viagem entre o Porto e Lagos.

 

 

francisco-lufinha.jpg

 

Francisco Lufinha

https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

Quem é Lufinha?

 

Francisco Lufinha é um jovem português de 31 anos, completamente apaixonado por desportos náuticos.

 

Aos 15 dias, foi levado para um barco pelos seus pais e nunca mais conseguiu, nem quis, desligar-se do mar.

 

Natural de Lisboa, iniciou-se na Vela, aos 11 anos. Desde os setes anos de competição, ganhou regatas nacionais e regionais e representou Portugal em diversas provas europeias.

 

Para além da Vela também praticou Ski Aquático, Wakeboard e Windsurf, mas foi o Kitesurf que o cativou, por ser uma mistura dos seus desportos favoritos.

 

Em 2005 sagrou-se campeão nacional e em 2006 vice-campeão, alcançando também nesse ano um 5º lugar na regata do circuito mundial PKRA em Portimão.

 

kitesurf8.jpg

 

Lufinha, Porto-Lagos 2013

créditos : António Cotrim/Lusa

http://www.jn.pt/

 

A primeira noite do Francisco em pleno oceano Atlântico não foi fácil! Numa noite com muitas núvens e pouca visibilidade, Francisco teve uma queda e perdeu a prancha.

 

Teve então que activar um very-light para que o barco de apoio conseguisse localizá-lo. Pudemos ouvir o atleta a contar o que se passou nessa noite.

 

No entanto e para compensar essa noite, na terça-feira já se encontrava quase a metade do caminho, com um bom ritmo (velocidade acima dos 30km/h) e muito motivado para alcançar um novo recorde do mundo! 

 

kitesurf6.jpg

 

Lufinha

https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

Lufinha tentou bater o seu próprio record de 564 Km, navegando de Lisboa até à Madeira em Kitesurf sem parar. Serão cerca de 40-50 horas non-stop em cima da prancha. E conseguiu mais um recorde.

 

Previa-se que a travessia demorasse mais de 40 horas non-stop, ao longo das quais o superatleta poderia vir a encontrar diversos obstáculos e adversidades.

 

 

francisco-lufinha2.jpg

 

Francisco Lufinha no Machico, Madeira

https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

Mas Lufinha venceu. E chegou à Madeira hoje, terça-feira, dia 07 Julho 2015. Missão cumprida. Recorde mundial de 472 nm (874 KM) em 47:37 horas, depois de algumas peripécias com o skitesurf.

 

O Francisco, detentor do actual recorde do mundo (564 km), foi o primeiro atleta a tentar completar esta travessia Lisboa-Madeira non-stop. E conseguiu.

 

Para navegar os 950 KM (530 mn) estavam previstas duas noites no mar com condições meteorológicas desafiantes, ventos fortes e ondas grandes e largas, típicas do Atlântico.

 

 

franciscolufinha5.jpg

 

francisco-lufinha4.jpg

 

Francisco Lufinha World Recorder Kitesur

 https://www.facebook.com/franciscolufinha/

 

Conseguiu completar a travessia. Francisco foi a primeira pessoa a ligar o continente ao arquipélago da Madeira em Kitesurf, conquistando assim mais um objectivo arrojado em torno do Mar Português.

 

E tal como puderam ver, foi muito bem recebido em Machico, onde se viu rodeado de Fortos admiradores. Foram muitos os madeirenses que lhe deram  as boas vindas.

 

Mais novidades? Sigam as redes sociais de Lufinha:

 

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

 

Parabéns Francisco Lufinha! E bom descanso!

 

A Professora GSouto

 

07.07.2015

Licença Creative Commons