Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Mundial da Criança, um direito

arte-natureza.jpg

 Street Art

https://www.facebook.com/1MillionArtists

 

O Dia Mundial da Criança assinala-se amanhã, dia 1 de Junho, mas as celebrações foram tendo lugar ao longo do fim-de-semana, para aproveitar o tempo livre dos mais novos junto das famílias, já que o dia coincide com dia de aulas.

 

Mas também as escolas festejam com muitas actividades o Dia Mundial das Crianças.

 

As Nações Unidas aprovaram a 20 de Novembro de 1959 a Declaração dos Direitos da Criança, proclamando os direitos das crianças de todo o mundo.

 

Tudo começou depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945. Muitos países da Europa, Médio Oriente e China entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.

 

As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns tinham mesmo perdido os pais durante a guerra.

 

 

credits : BBC

http://www.bbc.co.uk/schools/

 

 

Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante muitas horas e a fazer coisas muito duras. Metade das crianças europeias não sabia ler nem escrever. E também viviam em péssimas condições para a sua saúde.

 

E ainda muitas outras foram perseguidas e mortas em campos de concentração. Nunca esquecer este horror passado há tão poucos anos.

 

Até que as Nações Unidas aprovaram a  Declaração dos Direitos, como já sabes, em 1959.

 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Dia Mundial da Criança não é só uma festa onde as crianças são mimadas pelos pais, família, escola.

 

É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações. E que estão impedidas de ir à escola, para aprender a ler e escrever.

 

 

http://img.obsnocookie.com/

 

O Dia da Criança é celebrado em vários países. Mas a data de comemoração difere de país para país.

 

 

Em Portugal, bem como na maioria dos países, este dia celebra-se a 1 de Junho. Nos cinco continentes, a festa das crianças encontra-se dispersa pelo calendário.

 

 

Celebra-se, a 12 de Outubro no Brasil, a 25 de Dezembro na África Central, a 20 de Novembro na Finlândia e a 1 de Outubro na Suécia.

 

Seja qual for o dia o importante é que as crianças sejam celebradas e protegidas. Possam crescer com todos os direitos e tenham uma infância feliz.

 

Vejamos um video da Amnistia Internacional Portugal que nos enche de esperança:

 

 

 

 

Como vêem muito se pode fazer para que todas as crianças possam ser felizes.

 

Para cumprir um dos princípios e proporcionar-lhes alegria, há inúmeras propostas de espectáculos e actividades infanto-juvenis que celebram a data, de norte a sul do país.

 

Comecemos com algumas actividades a levar a cabo nas escolas:

 

Actividades:

  • Visitar museus. 
  • Visitar jardins zoológicos.
  • Organizar workshops de artes plásticas.
  • Realizar sessões fotográficas.
  • Visitar o estádio de futebol da cidade.
  • Ir a uma feira do livro.
  • Visitar o parque da cidade.
  • Organizar um piquenique.
  • Ir a um espectáculo de teatro ou marionetas.
  • Ler textos feitos pelas crianças.
  • Colorir imagens com crianças mais pequenas.

 

Deixo agora alguns links para que todas as crianças se possam divertir. E para que os graúdos, pais e professores se deixem contagiar pelos seus sorrisos:

 

Links

 

Para todas as crianças do mundo, que possa ser um dia feliz... mesmo que pelo momento de um sorriso.

 

A Professora GSouto

 

31.05.2015

Licença Creative Commons

Dia Mundial Contra a Pena de Morte

 

 

 

http://cogitamundo.files.wordpress.com

 

Criado em 2002 pela Coligação Mundial contra a Pena de Morte, o dia 10 de Outubro tornou-se sinónimo de um dia de acção e reflexão no qual várias Organizações Internacionais Não Governamentais, Associações, governos locais e cidadãos anónimos incentivam e sensibilizam os Estados que mantêm a pena de morte, a abolir tal prática das suas leis penais.

 

Embora a tendência seja para continuarmos a caminhar lentamente para um mundo sem pena de morte, há países que teimam em contrariar a corrente.

 

Alguns violam mesmo a legislação internacional e condenam à pena capital jovens por crimes cometidos quando tinham menos de 18 anos.

 

 

http://www.amnistia-internacional.pt/

 

Neste Dia Mundial Contra a Pena de Morte, vamos tentar salvar a vida de todos aqueles que estão em risco iminente!

 

A Coligação Mundial contra a Pena de Morte, da qual a Amnistia Internacional faz parte, escolheu como tema central do Dia Mundial 2009 o “Ensino da abolição”.  Para tal concebeu um Guia pedagógico com actividades para jovens dos 14 aos 18 anos.

 

A Amnistia Internacional trouxe para Portugal o projecto Escolas Amigas dos Direitos Humanos, que visa transformar as instituições de ensino em espaços que educam para os direitos humanos.

 

"O objetivo é que façam parte do dia-a-dia da escola valores como a democracia, a igualdade, a não discriminação, a justiça e a responsabilidade. Tal implica reformular e adaptar regras, práticas e vivências, tornando a escola mais plural, participativa, diversa e inclusiva.

 

Mudanças que passam pelo envolvimento de todos, alunos, encarregados de educação, professores e pessoal não docente, embora exista em cada escola um professor coordenador."

 

 

Para nós, não é novidade. Nem nunca precisamos de um professor coordenador. Esteve sempre na minha consciência como pedagoga, introduzir, há muitos anos, os valores de igualdes, não discriminação , nos nossos curriculos de Lingua Portuguesa, como valores fundamentais para uma bom entendimento grupal em turmas interculturais e interaciais. 

 

Foram muitas as actividades desenvolvidas em sala de aula e na comunidade escolar.

 

 A Professora GSouto

 

10.10.2009

Licença Creative Commons