Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Sally Ride : doodle homenageia a astronauta e pedagoga

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

E hoje temos uma homegeada muito especial no doodle do motor de busca Google. Sally Ride, a primeira mulher astronauta norte-americana, e uma das mais importantes cientistas do séc. XX.

 

Sally Ride nasceu em Los Angeles Estados Unidos, em 26 de maio de 1951 e hoje celebra-se o seu 64º aniversário.

 

Sally_Ride.jpg

 

Sally Ride, missão Challenger 1983

http://upload.wikimedia.org/

 

Apaixonada por ciência desde criança, Sally licenciou-se em física e inglês pela Universidade de Stanford. Foi seleccionada pela NASA entre 8 mil mulheres para fazer parte do primeiro grupo de astronautas femininas no programa espacial norte-americano.

 

Juntamente com Sally Rideforam também chamadas mais cinco mulheres: Anna Fisher, Judith Resnik, Kathryn Sullivan, Shannon Lucid e Rhea Seddon.

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

A missão de Sally ocorreu em 18 de Junho de 1983. A bordo da nave Challenger, a astronauta e restante tripulação colocaram em órbita dois satélites de comunicação.

 

Foram os primeiros astronautas a cumprir essa função, e também os pioneiros ao levar para dentro da nave espacial um satélite avariado. A missão STS-7 realizou ainda experiências com fármacos.

 

A doodler Olivia Huynh explica no vídeo “Behind the Doodle” (por trás do Doodle, ver mais abaixo) que Sally Ride quebrou diversas barreiras, pois além de ser uma das poucas mulheres cientistas na época, trabalhou mais tarde para incentivar jovens estudantes, especialmente meninas e minorias, a seguir carreira em STEM (sigla em inglês que resume o conjunto de estudos na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática)

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

No blogue oficial de GoogleTam O’Shaughnessy, colega de Sally e co-fundadora da escola Sally Ride Science,  homenageia a ex-colega e fala sobre sua incrível trajectória:

 

“Ao olhar para a Terra da janela da nave no espaço, Sally ficou comovida com a vista do planeta azul envolto em uma fina camada de atmosfera. Ela compreedeu então como era importante para todos nós cuidar de nosso lar no espaço, e tornou-se ambientalista.

 

 

Sally_Ride2.jpg

 

https://sallyridescience.com/

 

 

Sally_Ride3.jpg

 

When I grow up

Sally Ride

 https://sallyridescience.com/

 

Também no site da escola Sally Ride Science é realçado com grande orgulho este doodle através de um artigo escrito.

 

Anos depois, ela escreveu livros para jovens e adultos sobre as mudanças climáticas no planeta Terra. Escreveu também livros sobre ciência.

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

Sally morreu em 23 de Julho de 2012 devido a um cancro no pâncreas. Segundo Tam, a ideia do doodle é homenagear e reaçar o espírito pioneiro de Sally, bem como a sua habilidade para inspirar os jovens.

 

Por isso, Olivia Huynh criou cinco GIFs em homenagem à cientista, e a doodler (designer de doodles) espera assim poder inspirar mais mulheres e jovens a perseguir um sonho em ciência ou qualquer outro campo, como a própria Sally diz:

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

A doodler Olivia Huynh explica no vídeo “Behind the Doodle” (por trás do Doodle, ver mais abaixo) que Sally Ride quebrou diversas barreiras, pois além de ser uma das poucas mulheres cientistas na época, trabalhou mais tarde para incentivar jovens estudantes, especialmente meninas e minorias, a seguir carreira em STEM (sigla em inglês que resume o conjunto de estudos na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática)

 

 

 

 

"Everywhere I go I meet girls and boys who want to be astronauts and explore space, or they love the ocean and want to be oceanographers, or they love animals and want to be zoologists, or they love designing things and want to be engineers. I want to see those same stars in their eyes in 10 years and know they are on their way!"

 

Sally Ride

 

Sally_Ride-doodle2017.jpg

 

Google Doodle Dia Internacional da Mulher 2017

https://www.google.com/doodles/

 

Google voltou a homenagear Sally Ride, no Dia Internacional da Mulher 2017, incluindo-a no seu slideshow de 13 mulheres em todo o mundo que fizeram história.

 

O Doodle mostra Ride no espaço dando um 'dá cá 5' a uma menina. Sally Ride fez história a bordo do space shuttle Challenger em 18 de Junho de 1983, tornando-se a primeira mulher dos Estados Unidos a ir para o espaço.

 

Mais tarde, tornou-se um referência na educação científica, especialmente para as meninas.

 

Actividades:

 

  • Visitar a página de entrada de Google : permitir que os alunos explorem os vários GIfs que formam o doodle;
  • Solicitar informação sobre a vida e obras de Sally Ride através de pesquisa online ou vistando biblioteca da escola. Orientar os alunos mais jovens;
  • Neste blogue há dois posts sobre astronautas : 

Homem na Lua... foi há 40 Anos (Julho 2009)

Astronauta Chris Hadfield canta no Espaço (Maio 2013)

  • Solicitar aos alunos a leitura e informação através da caixa de de pesquisa (canto superior direito do blogue);
  • Debate sobre experiências no espaço, o avanço científico e futuro da humanidade;
  • Incentivar as alunas a seguir a área de STEM, partindo do exemplo de Sally Ride, e várias outras mulheres cientistas que poderão encontrar neste blogue.

 

A Professora GSouto

 

26.05.2015

 

actualizado: 08.03.2017

 

Licença Creative Commons