Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Língua Portuguesa : 800 anos

 

 

 

 

http://images.cdn.impresa.pt/

 

É verdade. Hoje, 27 de Junho, a nossa língua, a Língua Portuguesa celebra 800 anos, data em que o primeiro texto oficial foi conhecido. Trata-se do testamento de D. Afonso II, em 1214.

 

Apesar de ser rei e soberano absoluto, D. Afonso II, em 27 de Junho de 1214, escreveu um texto, não um decreto. Afonso II escreveu apenas o seu testamento, usando a língua que já existia e já era usada pelo seu povo, antes de ele a usar também.

 

"O simbolismo deste momento e desse marco é que é a primeira vez que isso foi feito. Nunca antes dele, um Rei, um Estado, um soberano usara a nossa língua, escrevera oficialmente a nossa língua."

 

 

 

 http://www.hardmusica.pt/

 

Para assinalar a data vai ser entregue um manifesto no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa.  O documento, que pretende destacar a importância da língua portuguesa no mundo, é subscrito por vários politicos, músicos, escritores, professores e jornalistas de Portugal, Cabo Verde, Timor e Guiné-Bissau.

 

O "Manifesto 2014 - 800 anos da Língua Portuguesa" é uma iniciativa que pretende celebrar os oito séculos do Português, tendo como base o testamento de D. Afonso II (1214), o mais antigo documento régio e oficial escrito em língua portuguesa.

 

A apresentação oficial do "Manifesto 2014" e da respectiva lista definitiva de subscritores vai decorrer no Padrão dos Descobrimentos, em Belém.

 

 

http://www.google.pt/


A cerimónia começará com a apresentação de 16 poemas dos oitos países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

 

"Nós, em Timor-Leste, vamos fazer os possíveis para que dentro de alguns anos seja uma língua falada em todo o território e que as novas gerações possam também comunicar em português", afirmou à agência Lusa.

 

O chefe da diplomacia timorense considerou que o manifesto é uma forma de "honrar a língua portuguesa que hoje é falada em todos os continentes do mundo."

 

Lindo não é? E vem de Timor-Leste este elogio à língua portuguesa. Como é bom saber que uma língua pode ser motivo de respeito e honras por parte de um país que não Portugal.


O "Manifesto 2014" traduz a "consciencialização de que a língua portuguesa é para o futuro, uma poderosa ferramenta no contexto da globalização", disse à Lusa José Ribeiro e Castro, um dos promotores da iniciativa do Movimento 2014.

 

 

Créditos : SIC

O "Manifesto 2014" traduz a "consciencialização de que a língua portuguesa é para o futuro, uma poderosa ferramenta no contexto da globalização", disse à Lusa José Ribeiro e Castro, um dos promotores da iniciativa do Movimento 2014.

 

Ao início da tarde, em Belém, vão ser ainda lançados 800 balões.

 

 

 

 Língua Portuguesa

http://4.bp.blogspot.com/

 

Quem melhor do que falar língua portuguesa do que os nossos escritores, Miguel Torga, Fernando PessoaManuel António Pina, Agustina Bessa-Luís, entre muitos outros, as nossas 'poetas' Natália Correia, Sophia Mello Breyner ou José Luis Peixoto que esteve à conversa com um grupo de alunos e comigo, há uns anos,  Luisa Dacosta, uma lista interminável, já que somos um país de poetas e escritores.

Há dois dias, aqui no Porto, o filho de Sophia, Miguel Sousa Tavares em  "Porto de Encontro" na Casa da Música, disse que a melhor homenagem que se pode prestar hoje a Sophia de Mello Breyner Andresen é o reconhecimento de que a sua obra continua "deslumbrantemente actual".

O jornalista, filho da poeta, afirmou que, perante um país "onde a selecção nacional vale mais do que a língua" e que é caracterizado pelo "novo-riquismo" e pela "piroseira literária", "a melhor homenagem que se pode fazer à escrita de Sophia, dez anos após a sua morte, é reconhecer que ela continua deslumbrantemente actual."

 

 

http://mensagens.culturamix.com/

 

 

"Pedra, luz, fruto, manhã, mar, vento, nisto todos nos reconhecemos, por isso citamos de cor os seus poemas e passamos de geração em geração os seus livros infantis, com que tantos de nós aprendemos o fascínio da leitura"

 

Miguel Sousa Tavares

 

Pede-se assim que a Língua Portuguesa seja melhor tratada e se acabe de vez com um pseudo acordo ortográfico.

 

 

A Professora GSouto

 

27.06.2014

 

 Creative Commons License

 

Referências :

 

SIC | Notícias

Público | Cultura

Jornal Hard Música