Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia de Reis : tradições & actividades

 

 

noite-de-reis.jpeg

 

Dia de Reis

 

Hoje é Dia de Reis! O Dia de Reis é celebrado anualmente a 6 de Janeiro. Por norma, o Dia de Reis é celebrado já na noite de 5 para 6 de Janeiro, ou seja, na véspera do Dia de Reis. Embora agora não seja feriado.

 

Saber + 

 

Este dia é também conhecido como Festa da Epifania. Esta celebração católica está associada à tradição natalícia, que diz que três reis magos do Oriente, visitaram o Menino Jesus na noite de 5 para 6 de Janeiro, depois de serem guiados por uma estrela. Os três reis magos chamavam-se Belchior, Baltazar e Gaspar e levaram de presente ao Menino Jesus, ouro, incenso e mirra.

Bolo-rei tradicional de Portugal

 

Tradições:

 

A tradição dizia que neste dia, a família se voltava a reunir para celebrar o fim dos festejos de Natal. Na Noite de Reis estão na mesa: o bolo-rei, pão-de-ló, rabanadas, sonhos, entre outras iguarias semelhantes às do Natal.

 

Em França, compra-se ou prepara-se a célebre Galette des Rois. Um bolo que tem mutias semelhanças com o Bolo-Rei português e encerra as mesma tradição.

 

É também o dia em que se cantam as Janeiras. O cântico das Janeiras começa no dia após o Natal e prolonga-se até ao Dia de Reis.

 

Em certas regiões (e países) existe uma tradição em que grupos de crianças cantam cânticos e canções de Natal de porta em porta, na esperança de que as pessoas ofereçam doces, chocolates...

 

 

Grupo cantares Janeiras

http://www.cm-cinfaes.pt/

 

Esses cânticos de Natal de rua têm nomes diferentes e ocorrem em dias diferentes conforme os países:

  • Na Grécia, no dia 24 de Dezembro, cantam-se as Kalandas.
  • No Reino Unidos e nos Estados Unidos, no dia 26 de Dezembro cantam-se os Christmas Carols.

Em Portugal cantam-se as Janeiras, a 6 de Janeiro, no Dia de Reis e, no mesmo dia, cantam-se em Espanha os Villancicos, geralmente acompanhados por pandeiretas e castanholas.

 

Vieram os três Reis Magos

Das suas terras distantes
Guiados por uma estrela,
Cujos raios cintilantes
Os levaram ao Deus Menino
Que, a sorrir de bondade,
Recebeu os seus presentes
E os acolheu com amizade.

Anónimo (?)

 

Nos grupos de 'Janeireiros', toca-se pandeireta, ferrinhos, tambor, acordeão e viola.


Em muitas aldeias, esta tradição mantém-se viva, especialmente no Norte de Portugal e nas Beiras. Juntam-se os amigos que vão cantar as janeiras a casa dos vizinhos. No entanto, cantar as Janeiras ainda se faz um pouco por todo o País.

 

 

Las Cabalgadas de Reys Magos, Espanha

http://madridaldia.es/

 

Ir mais longe:

 

Espanha é um dos países que mantém a tradição de Reis que difere bastante da maioria dos restantes países ocidentais.

 

Na tradição espanhola, o Dia de los Reys Magos é celebrado por grande parte da população. É neste dia que as crianças recebem as prendas de Natal, pois, de acordo com a tradição cristã, são os Reis Magos que trazem as presentes para as crianças, como levaram os presentes a Belém. Assim, o Dia de Reis é o grande dia das crianças!

 

Uma das tradicionais celebrações do Dia de Reis, em Espanha, é a Cavalgada dos Reis Magos, que simbolizam o caminho dos Reis Magos depois do nascimento de Jesus.

 

E já que o Dia de Reis é bem diferente para nós, já que as as aulas recomeçaram no dia 4 Janeiro, e hoje Dia de Reis é um dia normal para alunos e professores que continuam as suas actividades curriculares normais, deixo uma proposta de leitura:

 

Noite de Reis de Trisha Ashley, best-seller do jornal Sunday Times, já traduzido em língua portuguesa pela editora... Uma história deliciosa, cheia de humor, segredos… e milagres. Aceitas a proposta?

 

noite-de-reis.jpg

 

Noite de Reis

Trisha Asheley

Porto Editora

https://www.leyaonline.com/

 

Sinopsis:

 

O Natal sempre foi uma época triste para a jovem viúva Holly Brown, por isso, quando lhe pedem para cuidar de uma casa remota nas charnecas do Lancashire, a oportunidade de se esconder é irresistível - a desculpa perfeita para esquecer as festividades.

 

Escultor, Jude Martland, decidiu que este ano não haverá Natal depois de o irmão ter fugido com a sua noiva, e faz questão de evitar a casa da família.

 

No entanto, terá de voltar na Noite de Reis, quando a aldeia de Little Mumming celebra as suas festividades e toda a família é obrigada a comparecer.

 

Enquanto isso, Holly começa a descobrir que, se quer evitar a Natal, veio para o local errado. Quando Jude regressa inesperadamente na véspera de Natal não fica nada contente ao constatar que Holly parece estar a organizar a festa de família que ele esperava evitar.

 

De repente, uma tempestade de neve surge do nada e toda a aldeia fica isolada. Sem fuga possível, Holly e Jude encontram muito mais do que esperavam - parece que a quadra natalícia vai ser bastante interessante!

 

«O romance perfeito com que se aninhar numa noite de inverno.»
Closer

 

«Uma leitura adorável e terna.»
My Weekly

 

Actividades:

 

  • Cidadania: Comparar tradições de vários países europeus nesta época festiva do ano que começa com o Natal e termina com o Dia de Reis.
  • Pesquisar notícias, receitas, literatura específica, entre outros assuntos
  • Saber o que são as Janeiras, cânticos tradicionais portugueses desta época. Saber em que localidades ainda se cantam, e em que consistem.
  • Solicitar apoio de professor de Música e reunir um grupo que cante as Janeiras na escola, (biblioteca, mediateca, corredores, salas de aulas devidamente preparadas).
  • Leitura do livro Noite de Reis como actividade extracurricular.

 

Só posso deixar votos de umn excelente Dia de Reis para todos os que mantêm as tradições e insistem em divulgá-las às novas gerações para que as memórias não morram.

 

A Professora GSouto

 

05.01.2016

 

Licença Creative Commons