Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

PNL - A Peregrinação : vamos ler ?

 

 

Documentário Fernão Mendes Pinto: Uma vida em Peregrinação from Nuno Neves on Vimeo.

 

Documentário realizado em 2007 para a inauguração do Museu do Oriente

 

«Contributo maior para o conhecimento do Oriente escrito por uma das personalidades de aventureiro mais interessantes do século XVI, a "Peregrinação" é seguramente a mais conhecida e estimada obra portuguesa de literatura de viagens de todos os tempos e o primeiro testemunho directo de um europeu sobre o Japão.

 

O longo relato estaria concluído por volta de 1578 (data referida na própria obra), mas apenas veio a ser publicado em Lisboa, por Pedro Craesbeeck, em 1614, a expensas de Belchior de Faria. Não por temor da Inquisição, mas apenas por falta de dinheiro para custear a impressão.

 

 

Fernão Mendes Pinto

http://photos1.blogger.com/

 

Fernão Mendes Pinto tentou durante os seus últimos anos de vida, sem sucesso, obter os apoios indispensáveis à edição da sua "Peregrinação": primeiro junto do Rei (a quem está feita a Dedicatória), depois dos Jesuítas e finalmente do grão-duque Cosme de Médicis.

 

O manuscrito original foi deixado por sua morte à Casa Pia dos Penitentes ou das Recolhidas de Lisboa e está perdido.

 

O exemplar da Biblioteca Geral ostenta um pertence manuscrito "Do Sñr Dom Duarte" que o coloca, sem dúvida, na biblioteca de um grande senhor português do final do século XVI ou inícios do XVII.»

 

Biblioteca Joanina*

 

 

Adaptação de Aquilino Ribeiro

Bertrand Editora

 

Sinopse:

 

A obra relata a chegada de Fernão Mendes Pinto ao Oriente. Nas suas crónicas, apresenta as expedições dos descobridores e conquistadores portugueses. A imagem dos navegadores portugueses que passa nesta obra é sobretudo a do herói como um anti-herói, capaz das piores façanhas para lograr os seus objectivos, geralmente pilhar e roubar as populações nativas para enriquecer e regressar à pátria.

 

Actividades:

 

A Peregrinação de Fernão Mendes Pinto andou muito tempo afastada das escolas. Hoje faz parte do Plano Nacional de Leitura (PNL).

 

Não são todos os alunos que se sentem atraídos por este género de leitura. A adaptação de Aquilino Ribeiro aproximou um pouco mais o texto do público jovem.

 

 

 

Peregrinação | Fernão M. Pinto

Banda desenhada : José Ruy

http://clix.visao.pt/

 

Mas, a versão em banda desenhada é a que atrai mais as novas gerações para a  obra de Fernão Mendes Pinto. A primeira edição em banda desenhada a preto-e-branco data dos anos 50 e é da autoria de José Ruy que começou a publicar a Peregrinação em BD, na revista da época Cavaleiro Andante.*

 

Na altura, o desenhador achou importante recuperar temas históricos portugueses. Primeiro adaptou "O Bobo", de Alexandre Herculano, esse vulto enorme da literatura portuguesa, e depois "Peregrinação" de Fernão Mendes Pinto.

 

"É uma aventura apaixonante", diz ao JL, José Ruy. E explica: "Na altura o Fernão Mendes Pinto era um herói quase maldito, e esta BD foi uma forma de dar a conhecer a personagem".

 

Apenas três décadas depois, passou a livro e ganhou cor. "As cores são sempre esbatidas, para que prevaleça o traço",

José Ruy

 

Em 2011, o livro já vai a caminho da quarta edição, com a chancela da Âncora, e está a tornar-se um clássico da BD em português.

 

Fica assim, desta vez, uma sugestão de leitura para apoiar a compreensão de algumas temáticas que agora encontram no vosso currículo escolar.

 

Espero que seja uma boa ferramenta de estudo para as vossas pesquisas!

 

Bom trabalho!

 

A Professora GSouto

 

31.01.2011

 

Licença Creative Commons

 

Referências:

 

Biblioteca Joanina

http://bibliotecajoanina.uc.pt/obras_raras/perigrinacao

 

Jornal de Letras

http://clix.visao.pt/a-peregrinacao-em-bd=f584162