Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Prova de Aferição : indicações fundamentais

 

 

 

 

Como não podia deixar de ser, aqui estou eu preocupada com meus Torrinhas do 6º ano, turmas F-G-H, dando as útimas dicas para a Prova de Aferição!

 

"As Provas de Aferição de Língua Portuguesa e de Matemática dos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico visam avaliar o modo como os objectivos e as competências essenciais de cada ciclo estão a ser alcançados pelo sistema de ensino. A informação que os resultados destas provas fornecem mostra-se relevante para todos os intervenientes no sistema educativo, alunos, pais, encarregados de educação, professores, administração e para os cidadãos em geral. Estes resultados permitem uma monitorização da eficácia do sistema de ensino, devendo ser objecto de uma reflexão ao nível de escola que contribua para alterar práticas em sala de aula, que assim podem e devem ser ajustadas de modo sustentado.

 

As provas realizaram-se nos dias 16 e 20 deste mês. O objecto de avaliação, a estrutura de cada prova, o tipo de itens, os materiais a utilizar, bem como exemplos de itens podem ser encontrados nas seguintes informações..."

Informação Provas de Aferição - 2009

 

 Prova de Aferição, 2º ciclo

Lingua Portuguesa

 

A prova, enquanto instrumento de avaliação de aferição, tem por referência as competências específicas da disciplina de Língua Portuguesa apresentadas no documento Currículo Nacional do Ensino Básico – Competências Essenciais e o programa em vigor. A prova centra-se, assim, em três competências:

  • Compreensão da leitura
  • Conhecimento explícito da língua e expressão
  • Escrita.

 

Estrutura da Prova - página 5 [ler com muita atenção]

 

Material - Caneta ou esferográfica de tinta indelével azul ou preta.

 

Lápis, borracha e apara-lápis só podem ser usados no rascunho.

 

 Não é permitido o uso de corrector.

 

 www.gave.min-edu.pt

 

Sabem que a minha expectativa na vossa prestação é grande! Uns mais do que outros terão muita facilidade! Mas todos vão demonstrar que se aplicaram nas aprendizagens e que estão aptos a passar esta prova!

 

Aspectos mais importantes: estar com a cabeça no lugar, não entrar em stresse, controlar o tempo (poisar o relógio de pulso em cima da mesa, como ensinei), ler a Prova na sua globalidade, responder com ponderação, não esquecendo de dar uma apresentação adequada.

 

 

Claro! E lembrar todas as minhas indicações:

 

1. Ler a Prova na sua globalidade, antes de começar a escrever, para que as vossas cabecinhas registem de imediato os conteúdos que vão incidir nas aprendizagens realizadas.

 

2. O(s) texto(s) deverão ser lidos com muita atenção,  para compreender bem a ideia principal, reconhecer o vocabulário (consultar o Glossário  que consta no final da página).

 

3. Relembrar, antes de mais, as tipologias de textos, todas leccionadas, suas prinicipais características e elementos.

 

4. Só depois, passar à elaboração da Prova, começando pelas questões mais fáceis: escolha múltipla, ordenação alfabética, outros.

 

5. Nas respostas, que exigem expressão escrita, não esquecer de elaborar frases completas, bem estruturadas.

 

6. Não responder sem primeiro contextualizar as questões , isto é,  verificar no(s) texto(s) onde se encontram inseridas as expressões e/ou frases.

 

7. Nao 'se colar' ao(s) texto(s). Exprimir ideias próprias, responder com expressões do(s) texto(s) quando for solicitado ou para justificar alguma ideia exposta. Atenção às citações (código escrito).

 

Funcionamento da língua e expressão:

 

Relembrar tudo muito bem, já que os conteúdos foram todos leccionados, ficaram muito bem organizados na vossas cabecinhas e nos vossos cadernos diários!

 

8. Se considerarem que se enganaram na resposta, risquem (atenção às riscadelas), e reescrevam!

 

Escrita: Não começar logo a escrever na folha da Prova! Para isso, é que vos é dada uma ou mais folhas de rascunho.

 

9. Estar atentos à(s) estrutura(s) do(s) texto(s) que vos forem solicitados e só depois começar a desenvolver as vossas ideias para chegar à elaboração final do(s) mesmo(s).

 

10. Rever o(s) texto(s) elaborado(s) antes de o(s) passara para a folha da Prova: construção frásica, ortografia, pontuação, vocabulário, conectores, se for o caso, outros aspectos leccionados e aplicados.

 

11. Sempre que possível, evitar repetição de ideias e/ou vocábulos.

 

12. Aplicar Recursos Expressivos para enriquecimento do texto elaborado, sempre que for pertinente.

 

Estou convicta que todos farão o possível por ter uma boa prestação dentro das capacidades de cada um. Mas todos, vão dar o seu melhor para demonstrar como valeu a pena a minha dedicação, durante este dois anos! Será a minha melhor recompensa!

 

Eu estarei por perto...

 

Um beijo para todos!

 

Ah! Queria deixar um beijinho muito especial para a Dânia, uma menina muito corajosa ao participar hoje na Prova de Aferição! Muita coragem, querida, vai tudo correr muito bem. Será essa a tua alegria, nestes momentos de tão grande tristeza...

 

Lá estarei no final da Prova de Aferição, esperando por todos no recinto descoberto, para trocarmos impressões e desfazer os receios de ter acertado ou não.

 

Tenho a certeza que os resultados vão ser muito bons. Afinal demos mais do que o programa para 6º ano. O 7º ano já vai bem encaminhado.

 

Até mais logo!

 

A Professora GSouto

 

16.05.2009

 

Licença Creative Commons

 

19 comentários

Comentar post