Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Tributo a Garrick Ollivander / John Hurt : Harry Potter

 

 

 

HarryPotter-Ollivanders.jpg

 

Garrick Ollivander & Harry Potter

ilustração: © JKR/Pottermore Ltd. Warner Bros.

https://www.pottermore.com/

 

"It's really the wand that chooses the wizard, oc ourse."

 

Garrick Ollivander, Harry Potter 

 

Sir John Hurt, o galardoado actor britânico morreu ontem, depois de uma longa luta contra o cancro, informaram representantes do actor.

 

Tal como já dedicámos um tributo ao Professor Severius Snape/ Alan Rickman que morreu há um ano, precisamente em Janeiro 2016, é a vez de homenagear Garrick Ollivander/ Sir John Hurt.

 

john-hurt1.jpg

 

Sir John Hurt

créditos: AP

http://www.foxnews.com/

 

Saber +

 

Sir John Hurt nasceu a 22 de Janeiro na cidade inglesa de Derbyshire. Participou em mais de 200 filmes e séries de televisão ao longo de seis décadas de carreira.

 

Ficou conhecido pelos papéis O Expresso da Meia-Noite e O Homem Elefante, que lhe valeram nomeações para os Óscares.

 

Teve também um papel fundamental no clássico de ficção científica Alien - O Oitavo Passageiro, protagonizando uma das cenas do filme que marcam a história do cinema.

 

Mais recentemente, ficou conhecido pelo papel de Garrick Olilivander em três filmes da série Harry Potter.

 

 

 

Fãs prestam tributo a Garrick Ollivander/ Sir John Hurt

Wizarding World of Harry

créditos: Universal Orlando

@Universal_ORL

 

"Wands up. We've lost Mr. Ollivander."

 

A fotografia foi partilhada no site oficial Pottermore Instagram, com a descrição :  ‘As the second day of #HPCelebration begins, wands are raised outside Ollivanders in memory of John Hurt.’

 

O momento aconteceu durante a celebração anual de dois dias ao parque temático Wizarding World of Harryem Orlando (Estados Unidos). 

 

Fãs de Harry Potter prestaram assim um emotivo tributo a Sir John Hurt/ Garrick Ollivander.

 

HarryPotter-John-Hurt.jpg

 

Fâs prestam tributo a Garrick Ollivander/ Sir John Hurt

créditos: Instagram/Pottermore

https://www.instagram.com/pottermore/

 

"We miss you Mr. Ollivander."

 

Centenas de fãs Harry Potter reuniram-se em frente à loja a de Garrick Ollivander, nos atractivos estúdios universais, e levantaram as suas varinhas mágicas enquanto recordavam o galardoado actor que interpretava a personagem de fabricante perito da varinha mágica, na saga de J.K. Rowling.

 

HarryPotter-Ollivanders3.jpg

 

Harry Potter & Garrick Ollivander/ Sir John Hurt

A Pedra Filosofal/ filme

créditos: Warner Bros.

https://metrouk2.files.wordpress.com/

 

 

 “I remember every wand I’ve ever sold, Mr. Potter. Every single wand."

 

Garrick Ollivander

 

Como Ollivander, Sir John Hurt cumprimentou Harry Potter e ajudou-o a encontrar a sua primera varinha mágica, na adaptação ao cinema do livro Pedra Filosofal, da saga Harry Potter.

 

 

 Harry Potter & Garrick Ollivander

A Pedra Filosofal/ filme

http://harrypotter.wikia.com/wiki/Garrick_Ollivander

 

"A varinha escolhe o feiticeiro, Sr. Potter."

 

Ir + longe:

 

Garrick Ollivander nasceu a 25 Setembro 1907. Era o proprietário de Ollivanders na rua de Diagon durante a maior parte do séc. XX.

 

 

https://pt.pinterest.com/explore/harry-potter-characters-birthdays/

 

Ollivander era considerado o melhor fabricante de varinhas mágicas do mundo. E muitos feiticeiros e feiticeiras vieram ali comprar suas varinhas.

 

Em 1996, Ollivander foi capturado e torturado por Lord Voldemort. Foi resgatado em 1998 por Harry Potter, Ron Weasley, Hermione Granger e Dobby.

 

 

Garrick Ollivander & Lord Voldmort

https://qph.ec.quoracdn.net/

 

Ollivander transmitiu informações importantes sobre a sabedoria das varinhas mágicas a Harry Potter, ajudando-o assim a entender as Relíquias da Morte.

 

 Actividades:

 

Reler os livros da saga que contemplam  a personagem Garrick Ollivander, o fabricante de varinhas mágicas. E rever os filmes em que OliverGarrick/ Sir John Hurt participa.

 

Explorar a informação dedicada a Garrick Ollivander no site oficial Pottermore.

 

Ler e retirar informações da personagem em Harry Potter Wiki/ Garrick Ollivander

 

A Professora GSouto

 

29.01.2017

 

Licença Creative Commons

 

Dia Internacional da Escrita à Mão

 

 

 

http://www.gannett-cdn.com/

 

Escrever à mão, é uma invenção milenar que está em vias de extinção. Com mais de 3 500 anos, a escrita à mão foi testemunha de acordos internacionais, declarações de amor, de obras literárias que todos temos nas nossa biblioteca e que tanto gostamos de ler.

 

Pois hoje, dia 23 Janeiro, celebra-se o Dia da Escrita à Mão.

 

 

 

 

Agustina Bessa Luís

créditos: Autor não identificado

www.pinterest.com

 

 "Quem ama a escrita, escreve à mão."

 

Agustina Bessa-Luís

 

Hà escritores que continuam a escrever á mão. Agustina Bessa-Luís sempre confessou escrever à mão. Agustina foi a homenageada na Feira do Livro do Porto 2015.

 

Mas outros escritores continuam a escrever os seus livros à mão.  Mesmo da nova geração de escritores portugueses.

 

 

 

https://s.calendarr.com/

 

Saber + 

 

Esta ideia teve origem nos Estados Unidos da América. Celebra assim uma invenção que tem pelo menos 3 500 anos.

 

Com a utilização cada vez maior das novas tecnologias, a escrita à mão tornou-se quase inexistente. Só nas escolas ainda é utilizada no dia-a-dia, dependendo do grau de ensino.

 

 

hand-writing-day.jpg

 

 

 

O Dia da Escrita à Mão pretende não deixar esquecer uma arte que durante muitas gerações foi utilizada para passar ideias revolucionárias, escrever obras imortais, assinar acordos internacionais, declarar amores intensos e fazer ameaças, entre muitos outros.

 

Apesar de toda a evolução e revolução tecnológica, a escrita à mão mantém-se e faz parte do nosso dia-a-dia.

 

 

Há mesmo uma nova pedagogia que indicia que a aprendizagem melhora bastante quando os alunos tomam as suas notas à mão. Estou de acordo. E já foi provado, mesmo ao nível do ensino universitário. Os alunos memorizam melhor quando as suas anotações durante as aulas são escritas à mão.

 

 

hand-writing1.jpg

 

http://www.moleskine.com/

 

“Eu acho que o que morreu foi a carta escrita, que passou a ser substituída pelos e-mails e pelas mensagens. Qual foi a última vez que escreveu uma carta a um amigo?” é o que questiona João Brandão, professor de Design Gráfico, Design de Comunicação e Design Multimédia na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa.

 

 Ir + longe:

 

Como cada pessoa tem a sua escrita única, gémeos inclusive, a escrita permite identificar a autenticidade de documentos, assim como criar ligações emocionais mais fortes entre as pessoas.

 

Sendo a escrita à mão de cada pessoa estável, ela permite também verificar a existência de certas doenças.

 

“Já ninguém escreve aquelas cartas que se escreviam antes, que ainda por cima ficava um registo de correspondência muito interessante”,continua João Brandão.

 

Mas na opinião do especialista em caligrafia, “a escrita à mão não vai desaparecer. Continuamos a necessitar imenso de escrever à mão e acho que há um revivalismo da escrita à mão hoje em dia. Há uma moda e vê-se nas campanhas publicitárias, nas capas dos livros, nas marcas”.

 

 

 

http://www.moleskine.com/

 

Sugestões:

 

Neste dia as pessoas são encorajadas a deixar teclados de lado e a escrever à mão, em papel, e, se necessário, a fazer a digitalização e o upload do documento escrito à mão.

 

Escrever uma carta, um poema ou entrar num curso de caligrafia, são algumas sugestões para comemorar este dia.

 

 

hand_writing_day.jpg

 

http://www.moleskine.com/

 

Actividades:

 

Junte-se a nós e escreva as suas publicações nas redes sociais à mão para celebrar o Dia da Escrita à Mão.
 
 
Para participar, ponha de parte por um dia o teclado e escreva as suas publicações ou comentários nas redes sociais à mão, no Twitter, no Facebook ou no Instagram.
 
Não esqueça de usar as hashtags #HandwritingDay e #mHDay.
 
 
Por um dia, pedimos que você contribua com a singularidade da sua escrita pessoal à medida que a tinta a grava na folha de página/folha que tem à sua frente. 
 
 
A Professora GSouto
 
 
23.01.2017
 
Licença Creative Commons
 
Referências:
 
Sapo/ Lifestyle

Escritores no Palácio de Belém : Encontro (s) com alunos

 

 

escritores-em-Belem1.jpg

 

créditos: Visão

http://images-cdn.impresa.pt/

 

Marcelo Rebelo Sousa, anfitrião da ideia Escritores no Palácio de Belém promovida pela Presidência da República contou no primeiro dia da iniciativa com a presença dos escritores Ana Maria Magalhães, José Jorge Letria e Luísa Ducla Soares. Neste encontro estiveram presentes cerca de 60 alunos da Escola de São João de Deus.

 

Foi o primeiro dia de um programa de promoção da leitura que vai decorrer até 23 de Maio. Marcelo Rebelo de Sousa não faltou ao encontro,como é óbvio. 

 

 

escritores-em-Belem3.jpg

 

Livros infanto-juvenis Luisa Ducla Soares

https://lerparacrer.files.wordpress.com/

 

A escritora Luisa Ducla Soares que tem mais de 150 livros publicados, respondeu durante 30 minutos às questões colocadas pelos pequenos leitores, que estudaram previamente a sua obra em sala de aula.

 

 

escritores-em-Belem2.jpg

 

créditos: RTP

http://www.rtp.pt/noticias/cultura/

 

Escritores no Palácio de Belém tem como objectivo incentivar a leitura, promover o sucesso escolar e dar a conhecer a Presidência da República a alunos do ensino básico e secundário de 250 escolas públicas, privadas e cooperativas de Portugal continental.

 

Nesta primeira ronda, correspondente ao presente ano lectivo, apenas participarão 60 escolas.

 

 

valter-hugo.jpg

 

o nosso reino

Valter Hugo Mãe

 

 

Sinopse:

 

Delicadíssima história de uma criança em torno da ansiedade por uma resposta de Deus. Retrato de um Portugal recôndito ao tempo da Revolução dos Cravos que nos conta como em lugares pequenos as ideias maiores são relativamente intemporais e o que acontece ignora largamente o tempo exato do mundo. O belo livro de estreia de valter hugo mãe é uma fulgurante prova de imaginação e beleza. Entre a profunda ternura e a difícil aprendizagem da vida, cada dia é um esforço para que se prove a existência do milagre de se ser alguém.

 

 Nota: Este livro proposto pelo PNL, 3º ciclo, foi retirado devido agumas expressões e linguagem terem sido consideradas desadequadas, excessivas, para o nível etário.

 

Assim, os educadores devem previamente ler o livro, analisando se, apesar do excesso de informação a que os alunos estão habituados, serve o interesse literário e temáticas como a sexualidade, ao perfil do grupo/turma que leccionam.

 

 

lidiajorge.jpg

 

O Vale da Paixão

Lídia Jorge

Livro PNL/ Ensino Secundário

http://www.fnac.pt/

 

Sinopse:

 

O retrato de uma família, por uma mulher da qual nunca saberemos o nome. "Como na noite em que Walter Dias visitou a filha, de novo os seus passos se detêm no patamar, descalça-se rente à parede com a agilidade duma sombra, prepara-se para subir a escada, e eu não posso dissuadi-lo nem detê-lo, pela simples razão de que desejo que atinja rapidamente o último degrau, abra a porta sem bater e entre pelo limiar apertado, sem dizer uma palavra. E foi assim que aconteceu." (...)

 

A iniciativa presidencial vai decorrer às terças-feiras, até 23 de Maio. Dela constarão 30 autores de literatura infanto-juvenil, tais como António Torrado, Miguel Sousa Tavares, Alice Vieira, Valter Hugo Mãe ou Lídia Jorge.

 

 

 

O Velho que esperava por D. Sebastião

Encontro com António Manuel Venda

http://fragmentosvirtuaisdumaprofessora.blogspot.pt/

 

 

Alguns pensamentos:

 

Excelente inciativa. Os alunos adoram estar em contacto com os autores dos livros quel lêm.

Prática muito corrente, desde há muito anos, nas nossas escolas.

 

 

 

Pó de Estrelas

Jorge de Sousa Braga

ilustradora: Cristina Valadas

 http://blogdoscaloiros.blogs.sapo.pt/

 

Eu própria tive essa actividade como recurso educativo ao longo de vários anos. Seleccionávamos, alunos e professora, os livros de determinado autor ou autora, líamos nas aulas curriculares e depois partíamos para o convite do respectivo autor para uma Conversa com Escritores ou Ilustradores (dos livros lidos).

 

 

 

O Inventão

Manuel António Pina

http://blogdoscaloiros.blogs.sapo.pt/

 

Foram casos de sucesso o Encontro com um Jovem Escritor com António Manuel Venda ou Sessão Livros de Ilustradora com Cristina Valadas, entre outros, como Manuel António Pina.

 

Esssas conversas, para além do estudo prévio dos livros (texto/ ilustração) desenvolvido na área curricular de Língua Portuguesa, secundado pelas áreas curriculares de Educação Visual, Música e outras, deram origem a projectos transcurriculares com a participação de diferentes áreas curriculares e desenvolvimento de actividades pedagógicas que muito alargaram as competências e aprendizagens dos alunos.

 

Congratulo-me assim com esta iniciativa do Presidente da República Prof. Marcelo Rebelo de Sousa de abrir o Palácio de Belém aos alunos das escolas de todo o país, assim espero, através da leitura.

 

A Professora GSouto

 

18.01.2017

 

Licença Creative Commons

 

Sandford Fleming : inventor dos fusos horários

 

 

Google Doodle 190º aniversário de Sandford Fleming 

https://www.google.com/doodles/

 

No passado dia 7 Janeiro 2017, Google homenageou com um Doodle Sir Sandford Fleming. engenheiro civil e inventor, no 190º aniversário do seu nascimento.

 

O nome não te diz muito? Talvez não saibas que é a Sandford Fleming que se deve o sistema ds fusos horários a nível mundial.

 

 

 

Sandford Fleming

Retrato feito por d in a portrait by John Wycliffe Lowes Forster

https://upload.wikimedia.org/

 

Saber +

 

Sandford Fleming (1827-1915) foi um engenheiro civil e cientista. Nasceu em 1827, em Kirkcaldy, Fife, (Escócia). Mas em 1845,  tinha 18 anos, emigrou com seu irmão mais velho, David para a então colónia do Canadá.

 

Em 1857, Fleming foi nomeado o principal engenheiro das ferroviárias Ontario, Simcoe e Huron. Em 1871, tornou-se coordenador-chefe de Canadian Pacific Railway. Reformou-se em 1880.

 

 

 

 

Royal Observatory Greenwich

http://www.thegreenwichphantom.co.uk/

 

Depois de perder um comboio em 1876, na Irlanda, devido ao facto de os horários estarem impressos em p.m. em lugar de a.m., Fleming propôs um único relógio de 24 horas para o mundo inteiro, localizado no centro da Terra, não ligado a qualquer meridiano da superfície.

 

 

Denomina-se meridianos de Greenwich porque atravessa o Observatório Real de Londres no distrito de Greenwich, situado na região sudeste da capital britânica. O observatório é a maior atracção do local. 

 

 

fuso_horario_mundial3.jpg

 

Sandford Fleming

www.pinterest.com

 

Numa reunião do Royal Canadian Institute, em 8 de Fevereiro de 1879, Fleming ligou-o ao meridiano de Greenwich.

 

Fleming sugeriu que os fusos horários padrão poderiam ser usados localmente, mas estariam subordinados à sua única hora mundial, que chamou de 'Tempo Cósmico'.

 

Fleming continuou depois a promover o seu sistema em conferências internacionais, incluindo a Conferência Meridian Internacional em 1884. Na conferência foi aceite uma versão diferente do Tempo Universal, mas recusou aceitar as suas zonas, afirmando que elas eram uma questão local fora do seu alcance.

 

 

fuso_horario_mundial1.gif

 

Fusos horários 

http://atlasescolarmundi.blogspot.pt/

 

Em 1 de Janeiro 1885,a proposta de Sandford Fleming para os fusos horários ' Time & time zones' foi adoptada por 25 países em todo o mundo.

 

Em 1929, todos os principais países do mundo acabaram por  uniformizar o tempo universal com a introdução dos fusos horários.

 

O local em Toronto onde Fleming propôs pela primeira vez o tempo standard está asinalado com esta placa.

 

 

 

 

Placa comemorativa

https://en.wikipedia.org/

 

De 1880 a 1915, serviu como chanceler da Universidade da rainha em Kingston, Ontário. Ao longo desses anos, Fleming dedicou-se à escrita e pesquisa científica, com contribuições para o estabelecimento do fuso horário padrão e da comunicação telegráfica.

 

Em 1851, ele desenhou o primeiro selo postal do Canadá. Além de seu trabalho científico, Fleming era também um excelente artista . Foi nomeado para desenhar o primeiro selo postal de Canadá. Ficou conhecido como o "three-penny beaver". O castor era a imagem central do selo.

 

Foi nomeado cavaleiro em 1897pela rainha Victoria de Inglaterra.

 

 

fuso_horario_mundial4.jpg

 

http://media4.allnumis.com/

 

Fleming morreu em Julho de 1915 com 88 anos. A ele se deve a invenção do tempo padrão.

Antes de sua inovação, as regiões dependiam do tempo solar para ajudá-los a ajustar seus relógios.

 

 

 

 

 

Actividades:

 

Sandford Fleming e a sua invenção de fusos horários será um assunto bastante interessante para incluir nos currículos de Geografia.

 

A Professora GSouto

 

09.01.2017

 

Licença Creative Commons