Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Geração Youtuber : Charlie Puth

 

 

charlie-puth5.jpg

 

Charlie Puth

Rock in Rio Lisboa 2016

créditos: NurPhoto/ Getty Images

http://media.gettyimages.com/

 

Conhecem? Claramente. Charlie Puth é o novo ídolo dos adolescentes. Ou para ser mais exacta, das adolescentes em Portugal e no mundo.

 

Quem pode, marcou presença no seu primeiro concerto em Portugal. E logo no palco principal do Rock in Rio Lisboa que terminou no fim-de-semana passado.

 

 

Charlie Puth

créditos: autor não identificado

http://thumbs.web.sapo.io/

 

Saber + 

 

Eles são o Cristiano Ronaldo ou Avril Lavigne ou Johnny Depp do planeta YouTube. Os famosos 'youtubers' são jovens abaixo dos 20 anos de idade, regra geral, que adoptam 'codinomes' como CharliesVlogs leia-se Charlie Puth que filmam as suas aptências artísticas ou então excentricidades.

 

É o fenómeno youtuber, um movimento mundial que já atraiu o olhar de grandes produtoras de televisão, que vêem nessa plataforma o mesmo êxito que os videoclipes musicais tiveram nos anos 80.

 

 

 

charlie-puth4.jpg

 

Charlie Puth

Rock in Rio Lisboa 2016

créditos: Pedro Gomes/ Getty Images

http://media.gettyimages.com/

 

Para centenas de milhares de jovens, a vida acontece no YouTube. Actualmente, o canal atrai mais de 1 bilhão de visitantes por mês, que dedicam 6 bilhões de horas aos vídeos ali colocados.

 

Charlie Puth pertence a esta 'geração youtuber' e tornou-se conhecido por um dos temas que veio tocar a Lisboa. 'Marvin Gaye' que no YouTube apareceu em parceria com Meghan Trainor. Melhor dizendo Marvin Gaye ft. Meghan Tranor.

 

 

 

 

Em estreia em Portugal, o músico de 24 anos (embora pareça mais jovem em atitudes em palco de teenager irrequieto), mostrou-se visivelmente feliz e surpreendido com a plateia maioritariamente feminina e adolescente, que o recebeu em histeria e, entre gritos e choros.

 

Isto faz-nos recuar até aos anos 60 e à histeria das adolescentes da época (hoje avós de alguns de vós) quando nos concertos e presenças dos Beatles.

 

 

Charlie Puth

Rock in Rio Lisboa 2016

créditos: Agência Zero

https://farm8.staticflickr.com/

 

Em palco, com o sol a bater-lhe em cheio, Charlie Puth cantou e tocou ao piano as canções do único álbum editado, já que a maioria das suas canções foram gravadas directamente no seu canal do YouTube.

 

“Nine track mind”. Não faltaram “Marvin Gaye”, “One call away” e “See you again”. Desta última canção que fechou o concerto, disse ter escrito em dez minutos.

 

 

Charlie Puth

Rock in Rio Lisboa 2016

créditos:Pedro Borges/ Getty Images

http://media.gettyimages.com/

 

Os temas, mas em particular estes três, foram recebidos pelos espectadores/ espectadoras de braços no ar e telemóveis na mão prontas a fixar a memória dos momentos que para eles serão inolvidáveis. Sem esquecer a publicação instantânea nas redes sociais de que são fãs.

 

Charlie Puth como bom  YoutTuber  e ‘smartphoner’, pegou no seu smartphone durante o concerto e gravou um curto vídeo que partilhou na rede Snapchat, outra grande rede social que os adolescentes 'praticam' imenso. No final ele e a banda fizeram um retrato com o público.

 

 

Charlie Puth

créditos: autor não identificado

http://thumbs.web.sapo.io/

 

“Há um ano estava no quarto a escrever estas canções e agora estou aqui. Isto é de loucos”.

Charlie Puth

 

Foi o músico que o disse, num dos vários contactos com o público. E desdobrou-se em elogios à beleza das portuguesas. Ora aí está! Delírio total!

 

Hoje, Charlie Puth está também no iTunes, Google Play e Spotify.

 

 

Charlie Puth

Rock in Rio Lisboa 2016

créditos: Pedro Gomes/ Getty Images

http://media.gettyimages.com/

 

O músico que diz cantar em “fachadês”, a sua “língua paterna”, reduziu ao mínimo - ritmos e melodias num sintetizador - canções como “Não pratico habilidades”, “Deus, pátria & família” e “Só te falta seres mulher”. A plateia estava bem composta. Público especial, frequentador do YouTube.

 

 

 

 

O cantor, compositor e produtor musical norte-americano, que tem mais de 2 milhões e meio de subscrições - Wow! - no seu canal do YouTube, através do qual ganhou popularidade, brilhou na cidade do Rock.

 

Actividades:

 

Sim! Uma boa pausa para o tempo de estudo de todos os alunos que se preparam para a avaliação final do ano escolar, ou para exames nacionais.

 

Fundamental fazerem paragens para que o estudo e as revisões sejam mais rentáveis. E uma pausa música é sem dúvida, muito apetecível e anti-stressante.

 

A Professora GSouto

 

01.06.2016

 

Licença Creative Commons