Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Um livro para o Dia da Mãe ?

 

 

 Google Doodle Dia das Mães

doodler: Sophie Diao

https://www.google.com/doodles/

 

E o dia estará lindo! Só podia! Amanhã é um dia muito especial. Dia das Mães. E as mães merecem um dia lindo de sol.

 

Saber +

 

O Dia da Mãe é celebrado em quase todos os países, mas em dias diferentes, entre os meses de Abril e Maio. Em França, o Dia das Mães celebra-se no quarto domingo de Maio.

 

O Dia das Mães, no primeiro domingo de Maio, celebra-se em Portugal, Espanha, Hungria e Lituânia.

 

Ir + longe:

 

A celebração do Dia da Mãe teve origem na Grécia Antiga, ligada às comemorações primaveris, em honra de Rhea, mulher de Cronos e Mãe dos Deuses.

 

Em Roma, as festas do Dia da Mãe eram dedicadas a Cybele, a Mãe dos Deuses romanos, e as cerimónias em sua homenagem começaram por volta de 250 anos antes do nascimento de Cristo. Também em Roma esteve associado ao festival de Hilaria 

 

Nas civilizações mais modernas, remonta ao século XVII. Em Portugal, o Dia das Mães é celebrado no primeiro domingo de Maio. É uma das homenagens mais especiais, já que mãe é a pessoa mais importante da nossa vida.

 

Gosto sempre de dar uma sugestão de livros. Em 2015, sugeri o poético livro de José Luís Peixoto, A Mãe que Chovia. lembram?

 

 

dia-mae.jpg

 

Um Mundo de Mamãs

Marta Gómez Mata  

ilustração: Carla Nazareth

Texto Editora

http://static.fnac-static.com/

 

Este ano, sugiro um livro para os mais pequenos oferecerem às mães: Um Mundo de Mamãs de Marta Gómez Mata cpm ilustrações de Carla Nazareth.

 

Um pouco mais tarde, quando regressa a noite, como acontece todos os dias em todos os lugares do mundo, a Mamã Fada e a Mamã Coca-Cola conversam ao telefone com uma mão e fazem o jantar com a outra.”

 

Um Mundo de Mamãs (excerto)

 

 

 

Um Mundo de Mamãs

Marta Gómez Mata  

ilustração: Carla Nazareth

Texto Editora

http://www.nosnalinha.pt/

 

 Sinopse:

 

Num mundo de Mamãs em que os braços da Mamã Bicicleta se transformam num guiador fofinho onde podemos apoiar a cabeça e dormir um soninho, a Mamã Morango cora de felicidade sempre que quer e a Mamã Acordeão soa sempre melodiosa e alegre…


Num mundo de Mamãs em que a Mamã Dragão tem um lombo comprido, por onde escorregam os seus filhos como se estivessem num trenó, a Mamã Bela Adormecida enche a cama de brinquedos, livros e bandejas de pequeno-almoço com chocolate quente...


Num mundo de Mamãs em que os olhos da Mamã Sereia são tão lindos como os poemas escritos sobre o mar, a Mamã Picasso sabe como observar o mundo e desenhá-lo depois e a Mamã Comboio é um prodígio de logística perfeita, mecânica precisa e potência de motor...


E, num mundo cheio de Mamãs, todas elas são Mamãs Princesas, que acreditam em histórias de encantar e têm a certeza de que existem finais felizes. Um belo e terno livro, dedicado a todas as mães do mundo.

 

 

dia-mae1.jpg

 

 

Um Mundo de Mamãs

Marta Gómez Mata  

ilustração: Carla Nazareth

Texto Editora

http://image.slidesharecdn.com/

 

Um livro para um dia especial, mas para muitas noites. Cada noite, a descobrir uma mamã diferente, para ler e conversar, para ouvir e completar com as ideias das mamãs que lêm e das crianças que ouvem contar.

 

Há uma Mamã Morango, uma Mamã Chocolate, uma Mamã Coca-Cola, uma Mamã Bela Adormecida, uma Mamã Pirata, uma Mamã Sereia, uma Mamã Picasso ou uma Mamã Monet, uma Mamã Comboio que está sempre a horas, uma Mamã Tesoura que é imprescindível em qualquer casa.

 

Mães que agradam aos filhos, que embalam, que dão chocolate quente, que gostam de dormir que ralham,que acordam antes das dez da manhã... Enfim, todas são Mamãs Princesas. Uma história com um final muito feliz e cheio de sorrisos.

 

 

Um Mundo de Mamãs

Marta Gómez Mata  

ilustração: Carla Nazareth

Texto Editora

http://www.nosnalinha.pt/

 

Todas  mães têm um pedacinho de cada uma destas mães tão especiais. E é isso que as torna as melhores do mundo para os seus filhos!

 

Poderão ler antecipadamente o livro em slideshare que encontrei online:

 

 

 

 

 

Obviamente, não vão deixar de oferecer o livro às Mães. É uma prenda encantadora que a mãe vai receber deliciada e ler com muito carinho à hora de deitar, ou ao final de semana, quando há mais disponibilidade de tempo.

 

Há algum vocabulário mais difícil, mas a mãe vai explicar com palavras suas, segundo o nível etário dos seus filhotes.

 

Um livro engraçado, com ilustrações lindas, que revela inúmeras formas de ser mãe, incontáveis maneiras divertidas de transportar os filhos, de os entreter, de os amar. Nele descobriremos muitas mamãs do nosso planeta.

 

Um hino a todas as mães do mundo.Livro para ensino pré primário e 1º ciclo (1º/2º anos).

 

Para todas as mães, um dia muito especial, muito carinhoso!

 

A Professora GSouto

 

30.04.2016

 

Licença Creative Commons

 

 

Dia das Jovens nas TIC : Vamos celebrar !

 

 

 

http://www.fpc.pt/

 

Dia das Jovens nas TIC / Girls in ICT Day 2016 é comemorado desde 2011 por volta na última quarta-feira de Abril. Este ano 2016 terá lugar no dia 28 Abril, embora as actividades se possam prolongar.
 
Saber + 
 
 
Este dia foi estabelecido pela resolução 70 da União Internacional de Telecomunicações (UIT), com o objectivo de celebrar os interesses e oportunidades que as novas tecnologias podem oferecer às jovens estudantes, incentivando-as a escolher uma formação académica e uma carreira profissional nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). 
 
 
Desde 2011, este dia é celebrado por mais de 90 países membros da UIT, através de diversas iniciativas nas escolas, nas universidades, em organizações vocacionadas para as TIC, entre outras. 
 
 

 

Girls in ICT 2014

https://c2.staticflickr.com/

 
 
Ir + longe:
 
Portugal, como membro da UIT tem-se associado todos os anos a este dia, através da realização de duas iniciativas organizadas pela Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações.
 
 
Desafio em que se convidam as escolas e as universidades a criarem trabalhos digitais alusivos aos temas:
 
  • Somos todos digitais?
  • Que Professor no futuro?
 
 
Os temas visam sensibilizar o público mais jovem para a necessidade de inclusão e literacia digitais e promover uma reflexão sobre a Escola do Futuro, seus recursos e ferramentas.
 
 
O desafio culminará com a participação dos alunos numa mesa-redonda a decorrer nas instalações da Fundação no dia 6 de Maio 2016, em programação a apresentar oportunamente.
 
 
Os trabalhos - dos 3 ciclos do ensino básico, do ensino secundário e do ensino universitário – recebidos até 17 de Abril, serão apresentados no Museu e partilhados na página de Facebook no dia 28 de Abril, onde serão amplamente divulgados, devendo todos votar nos que mais gostam e consideram que melhor respondem a pelo menos um dos desafios lançados.
 
 

 

girls-ICT1.jpg

 

http://www.fpc.pt/pt/
 
 
  • Debate
 
O debate aberto ao público e partilhado entre profissionais da área das TIC e alunos que participaram no desafio digital terá no dia 6 Maio 2016
 
 
Desde 1998 que venho motivando as alunas a prossseguir os estudos pela via das TIC. Suponho que fui das primeiras professoras a incluir as TIC como parte integrante dos currículos de Lingua Portuguesa. O BlogdosCaloiros nasceu desse projecto, já em 2005.
 
 

 

 http://fragmentosvirtuaisdumaprofessora.blogspot.pt/

 
Começámos a nível nacional com o Projecto Escolas online escrita criativa em Porto Capital Europeia 2001. O grupo de alunas dedicou-se a :
 
  • Recolha e elaboração de materiais digitais
  • Participação na videoconferência com outras escolas
  • Criação de uma página web que esteve disponível no sítio oficial Porto 2001. O site que foi posteriormente desactivado.
 
 

 

25 Abril/ Mário Cesariny

http://fragmentosvirtuaisdumaprofessora.blogspot.pt/

 
Seguimos com Palavr@s para o Século XXI, um concurso a nível nacional patrocinado pelo extinto Instituto de Inovação Educativa (IIE), uma das primeiras iniciativas para motivar alunos e Professores a incluir as TIC nos currículos. Já nós navegávamos desde 1998.
 
 
O grupo misto de alunos, embora com uma parte feminina muito significativa elaborou:
 
 
Uma página digital (palavra, som e imagem) subordinada ao tema Cidadania com visibilidade a nível nacional em Cidade Virtual (site posteriormente desactivado, após extinção do IIE).
 
 
O trabalho mais criativo foi, sem dúvida, o trabalho de uma aluna Rita Sá, 10 anos, associação perfeita de palavra, imagem e som em versão digital tendo por tema Poluição.
 
 
Para grande gáudio de todos as alunas e alunos envolvidos no Concurso Palavr@s para o SéculoXXI o grupo ganhou o 1º Prémio Ex-Aequo. Mas só alguns puderam estar presentes na entrega do Prémio, em Lisboa, acompanhados por mim e por um colega docente.
 
 

 

http://www.idselpaso.com/

 

Dos projectos não resta memória digital, pelo facto acima exposto: sites desactivados. E na época, os trabalhos registavam-se em disquetes (a maioria nem saberá o que era uma disquete e muito menos que as disquetes são as ancestrais origens das pen).
 
 
Não havia iCloud, e as disquetes perderam-se no decorrer de mais de trinta anos de docência. Os computadores deixaram de ter entrada para disquete há muitos anos.
 
Mas a memória não é virtual. E essa guarda com afecto todas as actividades e projectos que desenvolvi com os discentes. E todas as alegrias que partilhámos  em cada tarefa pedagógica .
 
 
Actividades:
 
 
  • Estejam atentas à página Facebook da ITU Facebook e participem nas actividades Girls inICT Day que serão transmitidas stresming live da ITU HQ dia 28 Abril, 11am CET/ 9.00 GMT (hora Portugal.
  • Coloquen as vossas questões via Comentários.
  • Participem nas várias actividades que as vossas escolas prepararam para celebrar o Dia das Jovens nas TIC 2016.
 
 
 
A Professora GSouto
 
 
27.04.2016
 
 
Licença Creative Commons
 

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor 2016

 

 

dglab.jpg

 

Dia Mundial do Livro 2016

créditos: LUPA Design

http://www.dglb.pt/

 

“Um livro é um elo entre o passado e o futuro. É uma ponte entre gerações e entre culturas. É uma força para a criação e a partilha de sabedoria e conhecimento.Franz Kafka disse uma vez “um livro deve ser um picador de gelo para quebrar os mares congelados dentro da nossa alma.” Uma janela para nossas vidas interiores, os livros também são a porta de entrada para o respeito mútuo e a compreensão entre as pessoas, através de todas as fronteiras e todas as diferenças.”

 

Irina Bokova, Directora-Geral UNESCO, mensagem Dia Intl do Livro, 2016

  

O Dia Mundial do Livro comemora-se desde 1996, por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Simboliza uma data em que se celebra os livros e os seus autores, em respeito a importantes escritores: Cervantes e Shakespeare, entre outros.

 

 

 

 Google Doodle Dia Shakespeare e São Jorge 

http://www.google.com/

 

2016 celebra os 400 anos sobre a morte de Shakespeare e Cervantes. E são muitas as actividades propostas pelos países de origem ,embora se estendem a muitos outros países.

 

 

sant_jordi.jpg

 

 Lenda São Jorge

http://kedinkids.com/

  

Saber +

 

O Dia Mundial do Livro comemora-se desde 1996, por decisão da UNESCO, a 23 de Abril, Dia de São Jorge.

 

A ideia da comemoração teve origem na Catalunha: a 23 de Abril, dia de São Jorge. Nesse dia, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro.

 

 

https://encrypted-tbn2.gstatic.com/

 

Esta data foi escolhida  para honrar a velha tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma Rosa Vermelha de São Jorge (Sant Jordi) e recebem, em troca, um Livro.

 

Mais recentemente, a troca de uma rosa por um livro tornou-se uma tradição em vários países do mundo.

 

VergilioFerreiraCem.jpg

 

Vergílio Ferreira 1916-2016

http://ensina.rtp.pt/

 

Ir + longe

 

Em Portugal, 2016 é também um ano de celebrações de escritores portugueses: Centenário do nascimento de Vergílo Ferreira (1916-1996) e Centenário da morte de Mário de Sá-Carneiro (1890-1916)

 

 

mario-sa-carneriro-cent.jpg

 

Mário de Sá-Carneiro 1890-1916

http://www.viva-agenda.com/

 

 

O nosso blogue associa-se como sempre ao Dia Internacional do Livro e dos Direitos de Autor, bem como às celebrações destes dois grandes vultos da literatura portuguesa.

 

Destaca assim algumas frases dos quatro escritores cuja obra é de particular importância para a literatura portuguesa e mundial.

 

 

dia-mundial-livro20161.jpg

 

 

 Citações:

 

"Escrever é ter a companhia do outro de nós que escreve."

 

Vergílio Ferreira

 

(As minhas grandes saudades / São do que nunca enlacei. /Ai, como eu tenho saudades /Dos sonhos que não sonhei!...)

 

Mário de Sá-Carneiro, Dispersão

 

"El suenõ es el alivio de las miserias para los que las súfren despiertos."

 

Miguel de Cervantes

 

"No legacy is so rich as honesty." 

 

William Shakespeare, All's Well That Ends Well

 

Actividades:

 

  • Pesquisa sobre autores citados e eventos Dia Intl Do Livro e dos Direitos de Autor bem como Dia de São Jorge (Catalunha, Espanha);
  • Seleccção de citação e/ou excerto para dizer na sala de aula.
  • Apresentação na Biblioteca escola, uma Expoisição sobre um dos autores;
  • Compra de um livro. E se possível oferta de uma rosa... vermelha de preferência.

 

 

A Professora GSouto

 

22.04.2016

 

Licença Creative Commons

Dia Internacional de Monumentos e Sítios 2016

 

 

monumentossitios2016.jpg

 

 

http://www.patrimoniocultural.pt/

 

Celebra-se hoje, dia 18 Abril, o Dia Internacional dos Museus e Sítios embora as actividades se tenham estendido de 16-17 Abril 2016 para aproveitamento do fim-de-semana.

 

Comemorado cada vez mais em Museus de todo o mundo, o Dia Internacional dos Museus tornou-se uma actividade cultural para todos, já que a entrada nos museus é gratuita. E muito bem ! Assim, deveria ser.

 

Saber +

 

Dia Internacional dos Museus e Sítios  é agora um acontecimento europeu e mundial de grande tradição no mundo dos museus e data de 1977, por proposta do ICOM
 
O Conselho Internacional dos Museus (ICOM) criou este dia para sensibilizar o grande público sobre a importância dos espaços museológicos no desenvolvimento da sociedade.
 
 

Da América à Oceania, passando pela Europa, Ásia, e África, o Dia  Internacional dos Museus é um momento único para a comunidade dos museus a nivel mundial.

 

Todos os anos é proposto um tema pelo ICOM. E o tema de 2016 ara as comemorações do Dia Internacional dos Museus é "Museus e Paisagens Culturais" que visa promover a ideia de museu enquanto centro territorial de uma proteção activa da paisagem cultural.

 

"Essa função pode ser exercida em diferentes níveis, nomeadamente através da sensibilização das comunidades para o papel interventivo que podem desempenhar na conservação e valorização deste universo patrimonial tão vulnerável, e contribuir para minimizar a sua degradação ou até mesmo o seu aniquilamento."

 

 

O Património do Desporto

http://www.patrimoniocultural.pt/

 

Património do Desporto:

 

Em Portugal, o tema específico para o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios celebrado pelo ICOMOS a 18 de abril é: O Património do Desporto.

 

"O desporto faz parte do património de todo o homem e de toda a mulher e nada poderá jamais compensar a sua ausência."

 

Pierre de Coubertin

 

Por todo o Território Continental e Regiões Autónomas terão lugar mais de 750 actividades, nos dias 16, 17 e 18 de Abril, distribuídas por 152 concelhos e promovidas por 610 entidades públicas e privadas.

 

"O programa é vasto e diversificado, englobando 302 visitas guiadas/percursos orientados, 79 atividades desportivas, 67 encontros/Conferências/Seminários, 59 exposições, 54 ateliers lúdicos/oficinas pedagógicas/Workshops, 42 rotas patrimoniais/itinerários culturais, 29 jogos tradicionais, 30 peddy papers/ rally papers, 31 espetáculos artísticos e 74 outras actividades."

 

Consulte o Programa geral aqui

 

Os Serviços Centrais da DGPC organizam também actividades próprias designadamente:  o Passeio de Bicicleta: Do Estádio Universitário ao Museu do Desporto e a Jornada sobre o Património do Desporto em Portugal.

 

 

 

Noite dos Museus

http://www.patrimoniocultural.pt/


A Noite Europeia dos Museus, criada pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação, irá decorrer a 21 de maio, e os museus portugueses irão associar-se, uma vez mais, a estas celebrações.

 

A Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC), coordenadora nacional do evento, convida os espaços museológicos integrados na Rede Portuguesa de Museus a juntarem-se a estas duas iniciativas, organizando programas e actividades atractivos para o público.

 

Os Serviços Centrais da DGPC organizam também actividades próprias designadamente:  o Passeio de Bicicleta: Do Estádio Universitário ao Museu do Desporto e a Jornada sobre o Património do Desporto em Portugal.

 

Actividades:

 

  • As escolas terão certamente programado várias visitas de estudo para seus alunos, de modo a que estes possam ter acesso ao património cultural do seu país, num dia em que o acesso as todos os Museus e Sítios são gratuitos.
  • As escolas, com o apoio dos Professores de Educação Física programarão Actividades variadas de desporto, dentro e fora do recinto escolar para celebrar o tema 2016: O Património do Desporto.
  • Programar desde já as Actividades para a Noite dos Museus, convidando pais e encarregados de educação a acompahar essas mesmas saídas nocturnas.

 

A Professora GSouto

 

17.04.2016

 

Licença Creative Commons

As Memórias de Marnie, filme a explorar nas escolas

-

marnie1.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

As Memórias de Marnie, o filme do japonês Yoshiaki Nishimura, produzido pelos estúdios Ghibli estreou ontem, quinta-feira, nas salas portuguesas.

 

As Memórias de Marnie foi um dos nomeados ao Óscar de Melhor Filme de Animação em 2016.

 

Foi o vencedor da 15ª edição do Grande Prémio Monstra, o Festival de Animação de Lisboa que teve lugar no Cinema São Jorge durante o mês de Março 2016.

 

As Memórias de Marnie do realizador Yoshiaki Nishimura foi considerado uma obra prima do cinema de animação de 2014. Conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 15ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

É também a nova animação do conceituado estúdio Ghibli, do galardoado realizador japonês Hayao Miyazaki. Ninguém esquece o Conto da Princesa Kaguya que apresentei aqui em Maio 2015: Conto da Princesa Kaguya: um filme a explorar

 

O Conto da Princesa Kaguya, tradução de The Tale of the Princess Kaguya, do realizador Isao Takahata foi considerado uma obra prima do cinema de animação em 2013. Conquistou o ‪‎Grande Prémio‬ para melhor longa-metragem da 14ª edição da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

 

 

 

 Saber+

 

As Memórias de Marnie, tradução de When Marnie Was There é uma longa-metragem animada, realizada pelo japonês Yoshiaki Nishimura em 2014. “Mostra-nos a natureza dos laços humanos, com um uso inteligente do tempo, um ritmo da natureza que nos conduz para a harmonia“, salientou o júri da MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.

 

 

marnie6.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Sinopse:

 

"A história de Anna, uma jovem de 12 anos que, por razões de saúde, vai passar o verão a Kushiro, uma cidade à beira-mar na província de Hokkaido. Anna sempre foi muito solitária e nunca fez amigos. Acredita estar fora do círculo mágico invisível a que a maior parte das pessoas pertencem e por isso isola-se de todos os que a rodeiam. E é durante um dos seus passeios solitários pelo pântano que Anna descobre uma mansão isolada onde mora Marnie. Anna nunca pensou ter uma amiga como Marnie que não a julga por ser como é. Mas ao mesmo tempo que descobre a beleza da amizade, Anna começa a perceber que Marnie pode não ser bem aquilo que aparenta."

 

 

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

https://38.media.tumblr.com/

 

As Memórias de Marnie, longa metragem de animação, conta a história de uma adolescente fascinada por uma mansão, onde descobre Marnie, uma amiga "mágica",

 

"O mais fascinante é o modo como se apodera de nós uma perfeita indefinição entre o que será realidade ou fruto da imaginação da protagonista: quem é Marnie? De onde vem? Ficamos sob o seu feitiço."

 

DN | Artes

 

marnie3.png

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Curiosidades:

 

O filme vencedor da Monstra 2015 foi, como sabemos, O Conto da Princesa Kaguya, também saído dos estúdios Ghibli e igualmente nomeado para o Oscar de Melhor Filme de Animação.

 

marnie4.jpg

 

When Marnie Was There

Joan G. Robinson, 1967

http://ecx.images-amazon.com/

 

O filme é baseado no livro When Marnie Was There (não encontrei referências da tradução do livro em português), um clássico da literatura juvenil escrito pot Joan G. Robinson. uma escritora e ilustradora inglesa com vasta obra publicada. Morreu em 1988. Suponho When Marnie Was There só está disponível em língua inglesa, e em tradução para língua japonesa.

 

Poderá ouvir um excerto do livro em Listening Library aqui

 

 

marnie2.jpg

 

As Memórias de Marnie

Yoshiaki Nishimura, 2013

http://www.filmesghibli.com/

 

Sugestões pedagógicas:

 

As Memórias de Marnie é um filme animado encantador que reflecte a realidade de muitos adolescentes, a natureza dos laços humanos, a solidão na adolescência.

 

Uma reflexão sobre sentimentos e afectos na fase da adolescência. Uma importante históra de aprendizagem.

 

A protagonista/ personagem principal, Anna é uma jovem adolescente muito solitária que se fecha, como tantos jovens, num mundo imaginário irreal. A sua fuga do mundo real é o desenho.

 

Partindo do aspecto da narrativa intimista e efabulada, As Memória de Marnie descreve com incrível realidade a solidão imensa que assola, tantas vezes, algumas crianças e adolescentes.
 
 
Os professores são, regra geral, aqueles que mais rapidamente detectam sintomas de depressão e solidão nos jovens que frequentam as escolas. E são eles, regra geral, que apoiam estes adolescentes, alertando também os pais e educadores e encaminhando-os para os serviços de Psicologia na escolas.
 
 

Actividades: 

 

  • Rever género literário: a Narrativa;
  • Fazer estudo comparado da literatura infantil e juvenil;
  • No caso de aluno/aluna que já ultrapassaram situações de depressão e/ou solidão, apelar para o seu testeiunho (mediante conversa prévia para saber se os alunos estáo disponíveis para o fazer) em sala de aula.
  • Experienciar sentimentos de solidão por parte dos alunos por escrito (diário);
  • Antes ou depois da exploração de algumas destas actividades, segundo o tempo de exibição em salas de cinema, agendar uma visita de estudo: ida ao cinema ver As Memórias de Marnie.
  • Posterior debate em sala de aula. 
  • Possível projecto transcurricular: Lingua Portuguesa, Educação Visual, Música.

 

Nota: Não aconselhável a alunos cujo nível etário seja inferior a 9/10 anos se não forem previamente preparados para a temática do filme.

 

A Professora GSouto

 

15.04.2016

 

Licença Creative Commons

 

Tributo a João Carvalho

.

 

 

 

João Carvalho 1988-2016

créditos: DN (não identfcados)

http://static.globalnoticias.pt/

 

"O desporto capacita, inspira e une."

 

Nações Unidas, Dia Intl Desporto 2016

 

João Carvalho, 28 anos, fazia a sua estreia internacional no mundo das Artes Marciais Mistas (MMA), no National Boxing Stadium, e morreu.

 

O lutador português estava internado no hospital Beaumont, em Dublin, desde sábado, depois de ter ficado em estado crítico na sequência de um combate na Irlanda

 

 

intl-day-4-sport-peace16.jpg

 

Dia Intl do Desporto  para o Desenvolvimento e Paz

http://www.un.org/

 

As Nações Unidas e a UNESCO celebraram no passado dia 6 Abril o Dia Intl do Desporto para o Desenvolvimento e para a Paz.

 

Saber +

 

En 2013, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou o dia 6 Abril como Dia International do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz, destinadi a celebrar a contribuição do desporto e da actividade física na educação, desenvolvimento humano, adopção de modos de vida sã e construção de um mundo pacífico. 

 

O Dia Intl do Desporto para o Desenvolvimento e para a Paz celebra o Desporto como um momento de elevar os valores fundamentais da partilha, respeito mútuo, que devem ser a alma do desporto.

 

Precisamente este ano, a UNESCO iniciou "uma campanha para promover o papel do desporto na aprendizagem de valores."

 

 

João Carvalho, 28 anos

creditos. Facebook

http://static.globalnoticias.pt/

 

João "Rafeiro" Carvalho fazia a sua estreia internacional no mundo das Artes Marciais Mistas (MMA), no National Boxing Stadium, quando foi alvo de sucessivos golpes por parte de Charlie Ward, conhecido pela alcunha the Hospital (a alcunha é explícita).

 

O português ficou em estado crítico. Foi assistido ainda no local pela equipa médica presente e depois transportado para o hospital onde foi submetido a intervenção cirúrgica cerebral. O atleta não resistiu às fracturas cerebrais.

 

Pergunto-me. Onde estiveram os valores da partilha, e do respeito preconizados pelas Nações Unidas por parte do lutador irlandês perante a vida do lutador João Carvalho? 

 

Chamavam-lhe "Rafeiro", era a alcunha de João Carvalho nos combates de Artes Marciais Mistas (MMA). Tinha 28 anos e morreu esta segunda-feira à noite, no hospital Beaumont, em Dublin, depois de ter sofrido lesões cerebrais graves num combate na capital irlandesa. O Total Extreme Fighting (TEF) no National Boxing Stadium, em Dublin foi tudo menos desporto. Foi barbárie.

 

As imagens  do atleta português João Carvalho no chão a ser alvo de violentos murros na cabeça por parte do atleta irlandês Charlie Ward estão a correr mundo, chocando muitas pessoas, dada a violência praticada no lutador caído.

 

 

 

 

Não me venham dizer que "as regras foram todas cumpridas". Se assim fosse, João não teria sido espancado sem ter meios para se defender, acabando por morrer dois dias depois devido às pancadas violentas na cabeça.

 

Rcuso-me a ver os vídeos repetidamente espalhados pelos media.E o respeito pelo João em momento tão trágico? Não têm os media também o dever de educar para a cidadania? 

 

Sou contra todo o tipo de desporto violento, e muito mais em desportos onde a ética desportista está tantas vezes ausente. É um vale tudo até acabar com um dos dos praticantes, sem dó nem piedade.

 

"O desporto é um poderoso vector de inclusão social, de igualdade de géneris e de autonomia dos jovens."

 

Irina Bokova, Director.General UNESCO (mensagem 2016)

 

Sim, o desporto deve ter essa função. O desporto, bem como a música oferecem a tantos adolescentes valores como a inclusão social, a igualdade de oportunidades, o respeito por si e pelos outros.

 

Não os encaminha para a morte. Retira-os da violência das ruas para um outro tipo de violência, com riscos muito maiores? O espancamento brutal é visível nas tristes imagens que percorrem o mundo do desporto.

 

O João poderia ter sido um aluno meu. Não foi o caso. Mas a sua morte entristece-me tanto como se tivesse cruzado a minha vida de docente. E foram tantos os alunos que encaminhei para o desporto, para a música ou para outras áreas que os realizaram e fizeram com que se afastassem de caminhos complexos da vida. Hoje muitos deles valorizados na carreira que seguiram.

 

Não chegam  os votos de pesar, nem a consternação da equipa de João Carvalho. Há que impôr regras rígidas de ética, sobretudo em desportos de grande risco. Não pode valer tudo.

 

Que esta morte possa ser valorizada para o estudo ético deste tipo de artes marciais.

 

RIP João Carvalho :-(

 

A Professora GSouto

 

13.04.2016

 

Licença Creative Commons

 

Uma aula de vela... com gofinhos ?

 

 

golfinhos4.jpg

 

Gofinhos no rio Tejo

créditos: Bernardo Queiroz

https://www.facebook.com/terraincognitacentronautico/

 

 

golfinhos1.jpg

 

Gofinhos no rio Tejo

créditos: Bernardo Queiroz

https://www.facebook.com/terraincognitacentronautico/

 

Um grupo de jovens praticantes de vela sairam para o Tejo para uma aula quando foram surpreendidos por... golfinhos! Verdade!

 

Os golfinhos foram avistados durante a aula de vela, junto à margem sul do rio Tejo, não muito longe da Ponte sobre o Tejo.

 

golfinhos2.jpg

 

Gofinhos no rio Tejo

créditos: Bernardo Queiroz

https://www.facebook.com/terraincognitacentronautico/

 

 

Segundo biólogos, os golfinhos entram habitualmente nos nos estuários para procurar alimento. Isto aconteceu no sábado passado, dia 2 Abril 2016.

 

Os golfinhos até participaram da aula e brincaram com os alunos de vela que ficaram excitadíssimos! Não é para menos.

 

O vídeo captado pelos professores de vela mostra os golfinhos a brincar e os jovens praticante surpreendidos e rendidos aos seus companheiros de aprendizagem.

 

 

 

 

O video foi publicado pela escola de vela e tem a seguinte mensagem: "o nosso encontro com golfinhos durante as aulas de vela deste fim de semana. É muito gratificante saber que marcamos as memórias destes miúdos para sempre de uma forma muito intensa."

 

Estou perfeitamente de acordo com estes professores. Nada há mais compensador  para um(a) professor(a) do que permitir experiências vivenciais intensas aos alunos, mesmo que estas venham ao nosso encontro. A aprendizagem é profundamente enriquecedora. Jamais esquecerão, alunos e professores.

 

golfinhos1.jpg

 

Gofinhos no rio Tejo

créditos: Bernardo Queiroz

https://www.facebook.com/terraincognitacentronautico/

 

Saber +

 

A presença de golfinhos no estuário do rioTejo era comum até meados do século passado, altura em que desapareceram quando os níveis de poluição se tornaram muito elevados.

 

A presença de instalações industriais como as fábricas na margem norte, e Barreiro, na margem sul, assim como os estaleiros de Almada, contribuíram para tornar o estuário uma zona de elevada contaminação.

 

O investimento na despoluição do Tejo está a permitir o regresso dos golfinhos, bem como a cultura de ostras à região da Moita.

 

Uma aula que jamais será esquecida. Estou certa que as aprendizagens de vela e de contacto com a natureza na companhia destes golfinhos jamais serão esquecidas.

 

 

crédtitos: UNESCO

http://unesdoc.unesco.org/

 

Ir + longe:

 

Ora nada melhor para celebrar o Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz que se celebra desde 2014, no dia 6 Abril.

 

Actividades:

 

  • Informar os alunos sobre este evento, convidando-os a pesquisar no site ofical da UN sobre a importância do desporto na vida dos povos, bem como os valores desenvolvido através da prática do desporto.
  • Alargar as aprendizagens ao ar livre. Um assunto cada vez mais debatido a nível da pedagogia actual. Os alunos carecem de actividades ao ar livre. É tempo de repensar novas estratégias.

 

A Professora GSouto

 

05.04.2016

 

Licença Creative Commons

 

Referência: créditos video Terra Incognita Sailing

 

 

Dia Internacional Livro Infantil 2016

 

 

Dia Internacional Livro Infantil 2016

ilustração: Afonso Cruz

http://dglab.gov.pt/

 

"A leitura é uma necessidade biológica da espécie. Nenhum ecrã e nenhuma tecnologia conseguirão suprimir a necessidade de leitura tradicional."

 

Umberto Eco

 

Celebra-se no dia 2 Abril, o Dia Internacional do Livro Infantil, em homenagem à data de nascimento do nosso querido autor Hans Christian Andersen

 

A partir de 1967, este dia passou a ser designado por Dia Internacional do Livro Infantil, chamando-se a atenção para a importância da leitura e para o papel fundamental dos livros para a infância.

 

Para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil 2016, a 2 de Abril, a DGLAB convidou o ilustrador Afonso Cruz, vencedor do Prémio Nacional de Ilustração do ano passado, para ser o autor da imagem do cartaz. 

 

 

internationalchildrenscancerday3.jpg

 

International Children's Book Day 2016

illustration: Ziraldo (Brasil)

http://www.ibby.org/

 

A celebração deste dia é uma iniciativa do IBBY (International Board on Books for Young People). Tem como principal objectivo promover o livro infantil e o prazer da leitura nas crianças.

 

Este ano, o patrocinador oficial do Dia Internacional do Livro Infantil é a secção do Brasil que convidou duas entidades importantes de seu país, a escritora de livros infantis, Luciana Sandroni que escreveu a mensagem sob o tema "Once upon a time..."e o ilustrador Ziraldo (designer do poster)

 

Mensagem: Era uma vez...

 

“Era uma vez”… “Era uma vez uma… Princesa? Não. Era uma vez uma biblioteca. E também era uma vez a Luísa que foi à biblioteca pela primeira vez. A menina andava devagar, puxando uma mochila de rodinhas enoooorme. Ela olhava tudo muito admirada: Estantes e mais estantes recheadas de livros. Mesas, cadeiras, almofadas coloridas, desenhos e cartazes nas paredes. – Eu trouxe a foto – disse timidamente para a bibliotecária. – Ótimo, Luísa! Vou fazer sua carteira de sócia. Enquanto isso pode escolher o livro. Você pode escolher um livro para levar para casa, tá? – Só um?! – perguntou desapontada. De repente, tocou o telefone e a bibliotecária deixou a menina com aquela difícil tarefa de escolher somente um livro diante daquela infinidade de estantes. Luísa puxou a mochila e procurou, procurou até que achou o seu favorito: Branca de Neve. Era uma edição de capa dura, com lindas ilustrações. Com o livro na mão, puxou a mochila novamente e, quando já saía, alguém bateu no seu ombro. A menina se virou e quase caiu para trás de susto: era nada mais, nada menos que o Gato de Botas com o livro dele nas mãos, quer dizer, nas patas! (...)

Ler mensagem integral (tradução portuguesa) aqui

 

 

Este ano, Bologna Children's Book Fair vai decorrer de 2-7 Abril 2016. Falamos pois da Feira do Livro Infantil de Bologna. Em 2015, apresentámos duas autoras/ilustradoras portuguesas galardoadas. 

 

A lista de escritores e ilustradores portugueses que representam e divulgam a nossa Literatura Infantil e Juvenil é extensa. Aguardemos então.

 

Mas como estamos a celebrar o Dia Internacional do Livro Infantil, deixo duas ou três sugestões de livros de literatura infantil e juvenil:

 

  

 

Gato Procura-se

Ana Saldanha

ilustração Yara Kono

Caminho, 2016

http://www.caminho.leya.com/pt/

 

Um gato desaparecido serve de tema ao livro que tenta explicar aos mais novos o sentimento de perda. O livro "Gato procura-se”, foi distinguido com o Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância 2016, e é, na opinião do júri, 'um livro que aborda de forma delicada e sensível o tema da perda.'

 

 

Gato Procura-se

Ana Saldanha

ilustração Yara Kono

Caminho, 2016

http://www.caminho.leya.com/pt/

 

"Gato procura-se" é mais um livro que ajuda a ultrapassar a tristeza ou a aliviá-la quando se perde um animal de estimação querido. Uma espécie de consolo sobre a inevitabilidade. Mas Ana Saldanha não esquece, através da enumeração, de nos descrever a vida boa que este gato teve.

 

 

 

Gato Procura-se

Ana Saldanha

ilustração Yara Kono

Caminho, 2016

http://www.caminho.leya.com/pt/

 

Sinopse:

 

"O que terá acontecido ao gato? O gato, na realidade, morreu. Esta é uma bela história que pode muito bem servir para contar às crianças, de uma forma sensível, o problema da morte."

 

A obra apresenta um “texto inteligentemente simples, trazido até ao leitor pela voz da criança” e “ encontra, na ilustração, os prolongamentos discretos que refletem o processo de descoberta e crescimento proporcionado pelas vivências do quotidiano” segundo o júri.

 

 

 

O dono da lua

texto e ilustração : Carlos J. Campos

Edição Verso da História, Brasil

https://www.versodahistoria.pt/543-infantil/o-dono-da-lua

 

Sinopse:

 

"Gastão Latife é um rapaz como outro qualquer, apesar do incidente que fez com que ficasse com cara de coelho (ou de rato, as opiniões variam). Por ser muito trapalhão e distraído Gastão acaba por ser expulso da Grande Escola de Magia onde estudava e parte sozinho e sem rumo pela floresta. Não tarda a encontrar novos amigos, Cão Pulguento e Pirí, o pirilampo que trocou a capacidade de dar luz pela capacidade de falar, nem consegue evitar meter-se em sarilhos. Ao sair da floresta, Gastão é preso por um rei que pensa ser dono da lua. Para se salvar, assim como a todos aqueles que são vítimas da tirania do rei, o ex-aprendiz de feiticeiro vai ter de provar aquilo que vale."

 

Uma criatura estranha dentro de uma masmorra mal iluminada e cheia de ratos é a primeira imagem que este livro nos oferece.

 

Resumo:

 

“Olá, o meu nome é Gastão. Gastão Latife. Pode não parecer, mas sou um menino como qualquer outro”, apresenta-se o protagonista, que tem cara de coelho (ou de rato, segundo alguns). A acompanhá-lo está um cão cheio de pulgas e um pirilampo apagado (preferiu ter voz a ter luz).

 

Nas páginas seguintes ficamos a saber que o rapaz-coelho-rato foi expulso da Grande Escola de Magia por se revelar desajeitado demais para ser feiticeiro. É Gastão quem vai contando a sua própria história, mas sempre contrariado. “Se julgam que eu vou explicar porque um menino como qualquer outro tem esta cara de coelho, desistam. Hoje não me apetece… Ainda por cima, é uma longa história. Fica para outra oportunidade”, diz no início. Estado de espírito que se repete mais adiante: “Esqueçam! Eu já disse que esta é uma longa história, e eu não vou contar. OK?!”

 

Mas lá vai dando conta das suas vicissitudes e descrevendo como iludiu um rei que se julgava dono da lua. Pelo meio, este feiticeiro falhado descobre o que é o esforço, o crescimento, a amizade e a cooperação.

 

Carlos J. Campos assina a colecção "A Vida Difícil de Gaston Latife", que já tem o segundo título editado, "A Rainha Linguaruda". A seguir virá "A Galinha do Inferno". Uma subversão divertida do universo dos contos infantis clássicos aliada a imagens que remetem para o cinema de animação. Resultado: um bom feitiço… para conquistar jovens leitores. 

 

 

 

O Veado Florido

António Torrado

ilustração: Cristina Valadas

ASA editores, 2016

 

O Veado Florido de António Torrado e Cristina Valadas, dois autores que tão bem conhecemos e com privámos de perto, em conversas informais com os alunos, em Sessões de Livros e Autores.

 

Sinopse:

 

“A história que vou contar passou-se há muito e muito tempo, numa terra que muitos arados revolveram, muitos pés pisaram, muitos rios sulcaram, muitas árvores cobriram, muitas secas secaram.

 

Era uma vez um senhor muito rico que possuía nos jardins do seu palácio os mais exóticos animais. Para que nunca esses jardins ficassem vazios, o senhor enviava para todas as terras, conhecidas ou desconhecidas, criados seus, em busca de novos animais. Um deles, o mais experiente, encontrou um veado com hastes adornadas com as mais belas e delicadas flores. Consegue atraí-lo e levá-lo para o palácio do seu senhor. Mas, chegado lá, o veado deixa de ser florido…"

 

 

O Veado Florido

António Torrado

ilustração: Manuela Bacelar

Civilização Editora, 1972

http://www.catalivros.org/

 

Uma parte da 1ª edição poderá ser lida online (leitura digital) no site Cata Livros. É este o delicioso estilo de António Torrado, «Honour List» do Prémio Hans Christian Andersen (1974), e nomeado para o Prémio Hans Christian Andersen 2014, conto que foi publicado pela primeira vez em 1972. Agora, acompanhado pela beleza e sensibilidade das ilustrações de Cristina Valadas, também ela com um estilo que a diferenciae lhe dá um destaque único na ilustração contemporânea.

 

Cristina Valadas foi vencedora do Prémio Nacional de Ilustração 2007 pelo trabalho em "O rapaz que sabia acordar a Primavera", com texto de Luísa Dacosta que lemos nos currículos de Língua Portuguesa e foi um dos livros que fez parte da nossa Conversa Livros de Ilustradora: Cristina Valadas

 

O Veado Florido é uma história sobre a liberdade, escrita numa época em que só pronunciar a palavra era perigoso. Um senhor rico estava rodeado de “uma colecção singular de animais nunca vistos”. Trazidos pelos criados, habitavam gaiolas douradas. Um dos exploradores que forneciam os animais ao palácio descobriu um veado de hastes floridas e logo o caçou, na mira de avultada recompensa. Mas não teve sorte.

 

Assim que se sentiu preso, o veado perdeu as flores. Mesmo na Primavera, “as hastes continuaram secas como raízes arrancadas da areia”. Só quando o homem rico desistiu de todos os animais e libertou também o veado, é que as hastes de novo se “cobriram de folhas luzidias, quase transparentes, e de flores muito brancas”. O homem rico nunca as viu. Ainda bem.

 

Actividades:

 

  • Vão até à biblioteca ler um livro, ou requisitarem para ler em casa. Também poderão ler ou requisitar para ler um ebook, se tiverem um kindle. Há bibliotecas escolares que já têm alguns para poderem ser requistados pelos alunos.
  • Passem numa livraria, já que estão de férias, (isso mesmo, depois de saírem da sessão de cinema) para comprar um novo livro a juntar à vossa biblioteca. Mas antes, é preciso lê-lo... não esqueçam.

 

A Professora GSouto

 

02.04.2016

 

Licença Creative Commons

Dia das Mentiras ! Origem e tradições

 

 

 

Lenbro quando os alunos tentavam contar-me uma mentira neste dia dia 1 de abril? Como já tinha alguma experiência destas partidas, deixa-vos brincar comigo por alguns minutos, fingindo que acreditava.

 

Já na imprensa é um pouco mais difícil distinguir uma notícia falsa de verdadeira. Até porque há jornalistas de qualidade a pregarem-nos algumas partidas... muito a sério.

 

No passado próximo, o "dia das mentiras" chegou a ter honras de primeira página nos jornais mas, nos últimos anos, a imaginação tem escasseado ou os jornalistas sentem-se menos motivados.

 

Houve Autocarros com três pisos que estavam a chegar, o Centro Cultural de Belém estava a afundar ou a Câmara de Lisboa ia mudar-se para um hotel. Mais recentemente foi noticiado que a "troika" exigia que a velocidade da internet baixasse.

 

O motor de pesquisa mais conhecido, o Google, é o que continua a surpreender. Veremos mais abaixo.

 

Saber +

 

Mas qual a origem desta tradição do Dia das Mentiras? 

 

A origem do Dia das Mentiras é incerta. Conta-se que tem origem provável em 1564, quando o rei francês Carlos IX, ou a sua mãe, fez publicar um decreto alterando a data de início do ano civil, que passou de 01 de abril para 01 de janeiro.

 

Isto fez com na Grã Bretanha, as pessoas que acreditaram  passaram a ser 'gozados' e apelidados de «April fools», sendo ainda hoje o Dia das Mentiras conhecido como April Fool’s Day.

 

Como na altura do ano novo se costumavam trocar presentes, os adeptos do novo calendário mudaram a tradição para Janeiro, mas mantiveram subtilmente o costume de Abril, desta vez, porém, com presentes falsos e falsas mensagens de felicitações, que resultaram depois em partidas e mentiras.

 

A tradição foi posteriormente alargada a toda a Europa, com a difusão da cultura francesa, ao continente americano e ao resto do mundo, acabando por se contar mentiras em toda a parte.

 

Há ainda quem associae esta data aos festivais de primavera que assinalavam o fim do inverno, e onde os foliões libertavam alguma da loucura contida durante os meses de frio.

 

O Dia das Mentiras no mundo:

 

São muitos os países que valorizam o Dia das Mentiras, como é o caso da Polónia, da Escócia e até, surpreendentemente, do Irão.

 

 

cartoon Poisson d'avril

 

 

Em França, o dia denomina-se  Poisson d’Avril. Nas escolas, muitos alunos têm o hábito de colar o desenho de um peixe nas costas dos colegas sem que estes se apercebam, rindo-se discretamente deles.

 

Algumas regiões italianas também já adoptaram esta brincadeira. 

 

Na Escócia, a data tem o nome de «Huntigowk Day», sendo «gowk» a palavra usada pelos escoceses para se referirem ao cuco ou a uma pessoa tola. Muitas pessoas aproveitam o dia para passar a tarde no ar livre com amigos, pregando mutuamente partidas.

 

 

Holi summer

http://www.ibizatrendy.com/

 

Na Índia, o festival Holi, a 31 de Março, é a oportunidade ideal para lançar pós coloridos. Festival que se repete hoje em muitos países ocidentais.

 

Em Portugal, antigamente, em algumas regiõs, neste dia 1 Abril atirava-se farinha.Uma prática inspirada no evento indiano.

 

Na Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia, o Dia das Mentiras é marcado, sobretudo nas zonas mais rurais, com fogueiras, celebrando a chegada da Primavera e a (ligeira) subida nas temperaturas.

 

 

Google, o maior motor de busca do mundo é um perito em pregar mentiras neste dia. Já tem fama e leva-nos sempre a uma vasta lista de mentiras. Ora leiam a lista de partidas da Google 2016

 

 

 

 

Será verdade ou mentira o que se reproduz neste video? Saberemos daqui a uns dias. 

 

Actividades:

 

Estão de férias de Páscoa, Este ano não vai ser possível pregarem partidas aos colegas  ou contar mentiras aos professores.

 

Mas por que não fazer uma pesquisa sobre tradições de 'Dia das Mentiras' em vários países e debatê-las na próxima segunda-feira, primeiro dia de aulas, com amigos e professores?

 

Divirtam-se hoje! E tenham cuidado com as partidas que pregam. É que há pessoas que não aprecian muito...

 

A Professora GSouto

 

01.04.2016

 

Licença Creative Commons

 

Referências DN| Media