Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Dia Mundial da Criança, um direito

arte-natureza.jpg

 Street Art

https://www.facebook.com/1MillionArtists

 

O Dia Mundial da Criança assinala-se amanhã, dia 1 de Junho, mas as celebrações foram tendo lugar ao longo do fim-de-semana, para aproveitar o tempo livre dos mais novos junto das famílias, já que o dia coincide com dia de aulas.

 

Mas também as escolas festejam com muitas actividades o Dia Mundial das Crianças.

 

As Nações Unidas aprovaram a 20 de Novembro de 1959 a Declaração dos Direitos da Criança, proclamando os direitos das crianças de todo o mundo.

 

Tudo começou depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945. Muitos países da Europa, Médio Oriente e China entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.

 

As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns tinham mesmo perdido os pais durante a guerra.

 

 

credits : BBC

http://www.bbc.co.uk/schools/

 

 

Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante muitas horas e a fazer coisas muito duras. Metade das crianças europeias não sabia ler nem escrever. E também viviam em péssimas condições para a sua saúde.

 

E ainda muitas outras foram perseguidas e mortas em campos de concentração. Nunca esquecer este horror passado há tão poucos anos.

 

Até que as Nações Unidas aprovaram a  Declaração dos Direitos, como já sabes, em 1959.

 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Dia Mundial da Criança não é só uma festa onde as crianças são mimadas pelos pais, família, escola.

 

É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações. E que estão impedidas de ir à escola, para aprender a ler e escrever.

 

 

http://img.obsnocookie.com/

 

O Dia da Criança é celebrado em vários países. Mas a data de comemoração difere de país para país.

 

 

Em Portugal, bem como na maioria dos países, este dia celebra-se a 1 de Junho. Nos cinco continentes, a festa das crianças encontra-se dispersa pelo calendário.

 

 

Celebra-se, a 12 de Outubro no Brasil, a 25 de Dezembro na África Central, a 20 de Novembro na Finlândia e a 1 de Outubro na Suécia.

 

Seja qual for o dia o importante é que as crianças sejam celebradas e protegidas. Possam crescer com todos os direitos e tenham uma infância feliz.

 

Vejamos um video da Amnistia Internacional Portugal que nos enche de esperança:

 

 

 

 

Como vêem muito se pode fazer para que todas as crianças possam ser felizes.

 

Para cumprir um dos princípios e proporcionar-lhes alegria, há inúmeras propostas de espectáculos e actividades infanto-juvenis que celebram a data, de norte a sul do país.

 

Comecemos com algumas actividades a levar a cabo nas escolas:

 

Actividades:

  • Visitar museus. 
  • Visitar jardins zoológicos.
  • Organizar workshops de artes plásticas.
  • Realizar sessões fotográficas.
  • Visitar o estádio de futebol da cidade.
  • Ir a uma feira do livro.
  • Visitar o parque da cidade.
  • Organizar um piquenique.
  • Ir a um espectáculo de teatro ou marionetas.
  • Ler textos feitos pelas crianças.
  • Colorir imagens com crianças mais pequenas.

 

Deixo agora alguns links para que todas as crianças se possam divertir. E para que os graúdos, pais e professores se deixem contagiar pelos seus sorrisos:

 

Links

 

Para todas as crianças do mundo, que possa ser um dia feliz... mesmo que pelo momento de um sorriso.

 

A Professora GSouto

 

31.05.2015

Licença Creative Commons

Sally Ride : doodle homenageia a astronauta e pedagoga

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

E hoje temos uma homegeada muito especial no doodle do motor de busca Google. Sally Ride, a primeira mulher astronauta norte-americana, e uma das mais importantes cientistas do séc. XX.

 

Sally Ride nasceu em Los Angeles Estados Unidos, em 26 de maio de 1951 e hoje celebra-se o seu 64º aniversário.

 

Sally_Ride.jpg

 

Sally Ride, missão Challenger 1983

http://upload.wikimedia.org/

 

Apaixonada por ciência desde criança, Sally licenciou-se em física e inglês pela Universidade de Stanford. Foi seleccionada pela NASA entre 8 mil mulheres para fazer parte do primeiro grupo de astronautas femininas no programa espacial norte-americano.

 

Juntamente com Sally Rideforam também chamadas mais cinco mulheres: Anna Fisher, Judith Resnik, Kathryn Sullivan, Shannon Lucid e Rhea Seddon.

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

A missão de Sally ocorreu em 18 de Junho de 1983. A bordo da nave Challenger, a astronauta e restante tripulação colocaram em órbita dois satélites de comunicação.

 

Foram os primeiros astronautas a cumprir essa função, e também os pioneiros ao levar para dentro da nave espacial um satélite avariado. A missão STS-7 realizou ainda experiências com fármacos.

 

A doodler Olivia Huynh explica no vídeo “Behind the Doodle” (por trás do Doodle, ver mais abaixo) que Sally Ride quebrou diversas barreiras, pois além de ser uma das poucas mulheres cientistas na época, trabalhou mais tarde para incentivar jovens estudantes, especialmente meninas e minorias, a seguir carreira em STEM (sigla em inglês que resume o conjunto de estudos na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática)

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

No blogue oficial de GoogleTam O’Shaughnessy, colega de Sally e co-fundadora da escola Sally Ride Science,  homenageia a ex-colega e fala sobre sua incrível trajectória:

 

“Ao olhar para a Terra da janela da nave no espaço, Sally ficou comovida com a vista do planeta azul envolto em uma fina camada de atmosfera. Ela compreedeu então como era importante para todos nós cuidar de nosso lar no espaço, e tornou-se ambientalista.

 

 

Sally_Ride2.jpg

 

https://sallyridescience.com/

 

 

Sally_Ride3.jpg

 

When I grow up

Sally Ride

 https://sallyridescience.com/

 

Também no site da escola Sally Ride Science é realçado com grande orgulho este doodle através de um artigo escrito.

 

Anos depois, ela escreveu livros para jovens e adultos sobre as mudanças climáticas no planeta Terra. Escreveu também livros sobre ciência.

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

Sally morreu em 23 de Julho de 2012 devido a um cancro no pâncreas. Segundo Tam, a ideia do doodle é homenagear e reaçar o espírito pioneiro de Sally, bem como a sua habilidade para inspirar os jovens.

 

Por isso, Olivia Huynh criou cinco GIFs em homenagem à cientista, e a doodler (designer de doodles) espera assim poder inspirar mais mulheres e jovens a perseguir um sonho em ciência ou qualquer outro campo, como a própria Sally diz:

 

 

Google doodle Sally 

doodler Olivia Huynh

 https://www.google.com/doodles/

 

A doodler Olivia Huynh explica no vídeo “Behind the Doodle” (por trás do Doodle, ver mais abaixo) que Sally Ride quebrou diversas barreiras, pois além de ser uma das poucas mulheres cientistas na época, trabalhou mais tarde para incentivar jovens estudantes, especialmente meninas e minorias, a seguir carreira em STEM (sigla em inglês que resume o conjunto de estudos na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática)

 

 

 

 

"Everywhere I go I meet girls and boys who want to be astronauts and explore space, or they love the ocean and want to be oceanographers, or they love animals and want to be zoologists, or they love designing things and want to be engineers. I want to see those same stars in their eyes in 10 years and know they are on their way!"

 

Sally Ride

 

Sally_Ride-doodle2017.jpg

 

Google Doodle Dia Internacional da Mulher 2017

https://www.google.com/doodles/

 

Google voltou a homenagear Sally Ride, no Dia Internacional da Mulher 2017, incluindo-a no seu slideshow de 13 mulheres em todo o mundo que fizeram história.

 

O Doodle mostra Ride no espaço dando um 'dá cá 5' a uma menina. Sally Ride fez história a bordo do space shuttle Challenger em 18 de Junho de 1983, tornando-se a primeira mulher dos Estados Unidos a ir para o espaço.

 

Mais tarde, tornou-se um referência na educação científica, especialmente para as meninas.

 

Actividades:

 

  • Visitar a página de entrada de Google : permitir que os alunos explorem os vários GIfs que formam o doodle;
  • Solicitar informação sobre a vida e obras de Sally Ride através de pesquisa online ou vistando biblioteca da escola. Orientar os alunos mais jovens;
  • Visitar o site Sally Ride Science e explorar as várias informações e/ou actividades;
  • Neste blogue há dois posts sobre astronautas : 

Homem na Lua... foi há 40 Anos (Julho 2009)

Astronauta Chris Hadfield canta no Espaço (Maio 2013)

  • Solicitar aos alunos a leitura e informação através da caixa de de pesquisa (canto superior direito do blogue);
  • Debate sobre experiências no espaço, o avanço científico e futuro da humanidade;
  • Incentivar as alunas a seguir a área de STEM, partindo do exemplo de Sally Ride, e várias outras mulheres cientistas que poderão encontrar neste blogue.

 

A Professora GSouto

 

26.05.2015

 

actualizado: 08.03.2017

 

Licença Creative Commons

 

Concurso Num Instante... o Património

 

 

 http://www.patrimoniocultural.pt/

 

Como sabem, celebrou-se o Dia Internacional dos Museus ontem, dia 18 Maio  2015, embora os museus tivessem organizado actividades desde a noite de 16 Maio 2015, Noite Europeia dos Museus.

 

Pois bem ! A DGPC propõem um passatempo para os estudantes que gostem de fotografia. Queres participar?

 

Concurso:

 

Trata-se de um concurso dirigido a jovens, dos 14 aos 21 anos. Até 22 de Junho de 2015, decorre está a decorrer mais uma edição do passatempo de fotografia para jovens Num instante… o Património!, organizado pela Direção-Geral do Património Cultural em parceria com o Olhares.com.

 

mcdonald_aliados_porto_1.jpg

 

McDonalds | Império anos 30, Porto

http://www.muitofixe.pt/

 

Talvez não saibas que o McDonalds, no Porto, está situado num edifício que faz parte do património histórico dos anos 1930. 

 

 

 McDonalds | Império anos 30, Porto

http://www.muitofixe.pt/

 

A empresa preservou o património histórico do edifício dos anos trinta, conseguindo recuperar a fachada de entrada com a majestosa águia a dizer Imperial (antigo café da cidade), e mantendo o belíssimo tecto do bar de vidro fosco e cristal, bem como os lustres e vitrais da época.

 

Este foi apenas um exemplo de património da cidade. Mas muitos outros há que poderás vir a descobrir com a tua máquina fotográfica.

 

Objectivos: 

 

Despertar o interesse pela (re)descoberta do património cultural português, através da captação fotográfica de imagens inéditas

 

  • um sítio,
  • uma paisagem,
  • um monumento...

 

onde a atenção pode estar focada em enquadramentos, pormenores, superfícies, materiais, formas, espaço, luz, sombras.

 

Regulamento: 

 

Para participar basta consultar o Regulamento, criar depois uma conta no site Olhares (www.olhares.com), onde serão inseridas as fotografias a concurso.

 

Prazo:

 

Até 22 de Junho de 2015.

 

Seleccção e Prémios: 

 

Após selecção, os trabalhos mais criativos serão apresentados numa exposição na Central Tejo | Museu da Eletricidade, por ocasião da abertura oficial das Jornadas Europeias do Património #JEP2015 que terão lugar de 25-27 de Setembro.

 

O tema é : Património Industrial e Técnico, no âmbito do Ano Europeu do Património Industrial e Técnico.

 

A cerimónia de entrega de prémios aos três primeiros classificados decorrerão nesse acontecimento.

 

Actividades:

 

  • Propor esta actividade a alunos do 3º ciclo Ensino Básico e Ensino Secundário.
  • Os alunos universitários serão mais autónomos e poderão traçar os seus próprios percursos e objectivos.
  • Preparar visitas de estudo pelas cidades, localidades, aldeias.
  • Currículos de Artes Visuais ; Clubes de Fotografria.

 

Boa sorte para todos ! Excelente inspiração para a estética do olhar.

 

A Professora GSouto

 

19.05.2015

Licença Creative Commons

Dia Internacional dos Museus 2015

 

MuseumDay2015b.jpg

 http://network.icom.museum/

 

Celebra-se entre 16 Maio e 18 Maio, o Dia Internacional dos Museus. Comemora-se não só na Europa. O Dia Internacional dos Museus tornou-se uma actividade cultural para todas as idades e em todo o mundo.

A entrada nos museus é gratuita. E pode fazer-se fora de horas, já que a Noite dos Museus se celebra em 16 Maio. Os museus podem ser visitados a partir das 18:00 horas.

 

noite-museus.jpg

 

http://www.patrimoniocultural.pt/

 

A Noite Europeia dos Museus, #NuitdesMusées criada pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação, irá decorrer a 16 de maio.

 

 

http://www.culturecommunication.gouv.fr/

 

Dia Internacional dos Museus começou por ser um evento europeu o europeu e data de 1977, por proposta do ICOM O Conselho Internacional dos Museus (ICOM) criou este dia para sensibilizar o grande público sobre a importância dos espaços museológicos no desenvolvimento da sociedade. 
 
 
Tornou-se depois mundial. Da América à Oceania, passando pela Europa, Ásia, e África, o Dia Internacional dos Museus é um momento único para a comunidade dos museus a nivel mundial.
 
 

dia-intern-museus2015.jpg

 

 

Todos os anos é proposto um tema pelo ICOM - The World Museum Community - e o tema para 2015 para as comemorações do Dia Internacional dos Museus:

 

 "Museus para uma Sociedade Sustentável"

 

Visa promover o desenvolvimento de uma consciência geral para as consequências da acção humana sobre o meio em que vivemos e o impacto que os actuais modelos económicos e sociais acarretam, a médio e longo prazo, para a nossa casa comum.

 

“Um dos desafios contemporâneos mais importantes, compartilhado por pessoas de todo o mundo, é a adaptação a novas formas de viver e a um desenvolvimento que respeite os limites da natureza. Esta transição para uma sociedade sustentável requer a procura de novos métodos de pensar e agir. Os museus desempenham um papel fundamental nessa transição, promovendo o desenvolvimento sustentável e servindo como verdadeiros laboratórios para as melhores práticas. Os Museus contemporâneos devem tomar uma posição forte neste contexto e fazer ouvir a sua voz.”

 

ICOM

 

http://patrimoniocultural.pt/

 

Em Portugal, cerca de 70 Museus de todo o país participam este ano com cerca de mais de 400 actividades diversificadas. Só na Noite dos Museus irão ter lugar mais de 140 actividades, proporcionando experiências fora da oferta habitual porque permite ao público vivenciar os espaços numa perspectiva diferente. As actividades propositadamente organizadas para esse ambiente e horários específicos serão bem atractivas.

 

Museus, palácios e monumentos da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), assim como um conjunto muito significativo de outros espaços, nomeadamente da Rede Portuguesa de Museus, desenvolvem programação diversificada para todos os públicos. 


A programação pode ser consultada aqui, e envolve: inauguração de exposições, concertos de jazz e música erudita, sessões de cinema, peças de teatro e dança, workshops e ateliês educativos para jovens e seniores, sessões de poesia e apresentações de livros, visitas guiadas e encenadas, entre muitas outras. 

 

Só aqui na  zona Norte a listagem de actividades é imensa. Ora vejam aqui

 

 Museu de Serralves

Pode o Museu ser um Jardim?

http://www.serralves.pt/

 

De entre tantas propostas, seleccionei a actividade do  Museu de Serralves, no Porto que considero interessante. Pode o Museu se um Jardim?

 

 

Museu de Serralves

Paula Rego 2004

http://fragmentosvirtuaisdumaprofessora.blogspot.pt/

 

Todos sabem a ligação que tenho a Serralves. Devo ter sido uma das primeiras professoras a dar uma aula viva no Museu, já lá vão onze anos. Foi em 2004 decorria a Exposição Paula Rego.

 

Mas, voltemos à visita guiada à exposição "Pode o Museu ser um Jardim?" com entrada gratuita, para o máximo de 30 pessoas (famílias), com bilhetes a levantar no dia."

 

"Poderemos nós, enquanto espetadores, experimentar o espaço do museu como se estivéssemos num jardim? Ao longo dos 15 anos de existência do Museu, a Coleção de Serralves tem sido objeto de diferentes apresentações ao público. "Pode o Museu ser um Jardim" mostra de novo a Coleção, dando relevo aos vários modos como nela é evocada a experiência da paisagem e a relação, tão determinante na experiência do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, entre os espaços do Museu e os espaços dos jardins."

 

Mas há muitas mais, nos museus do nosso país. Temos aqui um curto guia.

 

Actividades:

 

  • Se é professor, poderá inscrever a escola ou a turma no site do ICOM no mapa interactivo que mostra já um interminável número de actviddades.
  • Se é aluno, não esqueça que a maior parte dos Museus já têm apps (aplicações) que poderá instalar no seu iphone, smartphone ou tablet!

 

Bom, suponho que jé dexei as coordenadas suficientes  para fruirem de uma fantástica #NoitedosMuseus amanhã, dia 16 Maio, e no próximo domingo, dia 18 Maio, Dia Internacional dos Museus

 

A Professora GSouto

 

15.05.2015

Licença Creative Commons

Dia da Europa : #opendoors

 

 

europe-day-2015d.jpg

 

Dia da Europa 2015

http://www.eca.europa.eu/

 

"A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem esforços criativos que estejam à altura dos perigos que a ameaçam."

 

A 9 de Maio, Dia da Europa, comemora-se a paz e a unidade no continente europeu. Esta data instituida em 1985, assinala o aniversário da histórica Declaração Schuman. Num discurso proferido em Paris, em 1950, cinco anos após o final da II Guerra MundialRobert Schuman, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, expôs a sua visão de uma nova forma de cooperação na Europa, que tornaria impensável a eclosão de uma outra guerra entre países europeus.

 

 

Robert-Schuman.png

 

 Robert Schuman

http://ec.europa.eu/

 

Robert Schuman sugeriu à então República Federal da Alemanha, e a outros países que se quisessem associar, a criação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA), que viria a tornar-se a primeira de uma série de instituições europeias supranacionais que deram origem à actual União Europeia.
 
 
Portugal faz parte da União Europeia desde 1986. Portugal, um país com uma história marcada pelos descobrimentos e pelos feitos dos seus navegadores, está situado na Península Ibérica, sendo a sua costa banhada pelo Oceano Atlântico. 
 
 

Todos os anos é escolhido um tema para as celebrações. O tema para 2014 e 2015 é #OpenDoors.

 

 

europe-day2015.jpeg

 

 

Dia da Europa 2015/ #OpenDoors

http://europa.eu/

 

 

Para comemorar o Dia da Europa, as instituições europeias abrem as portas ao público a 2 de Maio, em Estrasburgo, e a 9 de Maio, em Bruxelas e no Luxemburgo.

 

As representações da UE na Europa e as delegações da UE no resto do mundo organizam diversas atividades e eventos para todas as idades.

 

Todos os anos, milhares de pessoas participam em visitas, debates, concertos e outros eventos que assinalam o Dia da Europa e dão a conhecer melhor a UE.

 

 

europe-day-2015b.jpg

 

 http://europa.eu/

 

Actividades:

 

Dia da Europa é a motivação para os alunos reflectirem sobre os princípios que estão subjacentes à formação da União Europeia.

 

É um dia para sensibilizar os jovens portugueses e europeus sobre a política de ajuda e de cooperação para o desenvolvimento da União Europeia.

 

  • Fazer uma pesquisa séria sobre o #DiadaEuropa segundo o nível de ensino e nível etário;
  • Propor aos vossos professores debates sobre as vossa ideias no que concerne a Europa actual;
  • Partilhar novas ideias, sugestões, ideais sobre o futuro dos jovens na Uinão Europeia : estudos, Erarmus +, #jobs...

 

europe-day-2015_en.jpg

 

Dia da Europa 2015

 http://www.eca.europa.eu/

 

 

Informação:

 

Links úteis: 

http://europa.eu/about-eu/eu-history/index_pt.htm

http://europa.eu/about-eu/basic-information/symbols/europe-day/index_pt.htm

http://europa.eu/about-eu/index_pt.htm

http://europa.eu/50/across_europe/070509_a_pt.htm

https://www.facebook.com/EuropeanCommission

https://twitter.com/EU_Commissionion/apphttps://twitter.com/EU_Commission 

 https://plus.google.com/+EuropeanCommission/posts

 

Excellente trabalho ao longo da próxima semana !

 

Bom Dia da Europa a todos os alunos e professores portugueses e europeus !

 

A Professora GSouto

 

09.05.2015

 

 Licença Creative Commons

 

Portugueses apoiam as vítimas terramoto no Nepal

 

nepal-crianca.jpg

 

Nepal : terramoto

créditos : © Athit Perawongmetha / Reuters

http://images.cdn.impresa.pt/

 

O governo do Nepal informou que o terramoto que devastou o país no dia 25 Abril 2015, destruiu 668 escolas e pede o apoio a especialistas estrangeiros voluntários que certiquem se as restantes 2.228 escolas que sofreram danos são seguras antes de as crianças nepalesas voltarem às aulas.

 

Dois portugueses, Pedro Queirós e Lourenço Santos, estão no Nepal empenhados em dar auxílio às famílias vítimas do sismo. Sobreviveram ao abalo poucas horas depois de chegarem à capital, Katmandu, e decidiram adiar o regresso a Portugal para ajudar quem mais precisa.

 

Lançaram um apelo no Facebook e com os fundos compram comida e abrigos que distribuem pelas aldeias no Nepal. No total, já terão ajudado cerca de 10 mil nepaleses.

 

 

 

 

Também o vosso ídolo Cristiano Ronaldo, sempre atento a quem mais precisa no mundo, doou uma grande soma às vítimas do sismo Nepal.

 

Depois de ter apelado à ajuda dos seus fãns pelas redes sociais, o jogador decidiu contribuir também ele, com cerca de 7 milhões de euros, para ajudar a minimizar o sofrimento das vítimas do sísmo que abalou o Nepal.

 

 

Cristiano Ronaldo apoia crianças vítimas terramoto do Nepal

http://www.abola.pt/

 

Já antes, Cristiano Ronaldo publicara fotos da tragédia, no intuito de contribuírem para a organização Save The Children.

 

Ronaldo, que é embaixador daquela organização não-governamental, já tinha feito no Facebook um apelo aos mais de 102 milhões de seguidores que tem naquela rede social para que fossem feitos donativos no mesmo sentido.

 

 

 

 

Esta não foi a primeira vez que Cristiano Ronaldo contribuiu para uma causa social. Muitas das doações que faz não chegam ao conhecimento do público.

 

A Cruz Vermelha Portuguesa está, igualmente, a fazer uma campanha de angariação de fundos para ajuda das vítimas no Nepal. Poderás alertar pais ou avós para apoiar esta causa.

 

Lembramos algumas das postagens em que apelámos para a vossa solidariedade, ou chamámos a vossa atenção para as vitimas do sismo no Japão, 2011, terramoto na Nova Zelândia, 2011, sismo no Haiti, 2010, terramoto Abruzzo, Itália, 2009, sismo na China, 2008, vítimas do ciclone no Bangladesh, 2007, as cheias no Mississipi, 2005, crianças no Quénia, 2006, crianças Amish, 2006, e tantas outras calamidades ou acidentes com adolescentes.

 

Foi o caso também de alunos e professores vítimas de naufrágio na Coreia do Sul,  alunos e professores vítimas da queda de avião nos Alpes franceses, e outros desastres. A todos prestámos as nossa homenagem e chorámos com as famílias, amigos, colegas.

 

 

nepal-republic-day-2015.jpg

 

 

Actividades:

 

A solidariedade é um valor que deve ser incluido nos curriculos escolares, desenvolvendo várias actividades em projectos de turma. Vivemos uma época de grandes desigualdades sociais, grandes catástrofes que os media e as redes sociais projectam, e por vezes se tornam meios de partilha de ajuda internacional.

 

Valorizar a solidariedade e incrementá-la nas gerações mais jovens é de grande importância para criar futuros cidadãos empenhados.

 

Visionar os vídeos e abrir debate sobre as nossas acções diárias, tantas vezes manifestadas em pequenos gestos que vão rasgar um sorriso no ser humano que passa perto de nós ou que muito nos comove do outro lado do mundo.

 

Apoiar a campanha da Cruz Vermelha através de actividades a desenvolver na escola - feiras de livros, plantas, objectos - e assim colaborar na recolha de fundos. Pequenas acções que empenham os alunos no valor da solidariedade.

 

Os jovens são,regra geral, muito solidários. Devemos apenas despertar neles essa vontade de estar atentos aos outros, no dia-a-dia.

 

A Professora GSouto

 

07.05.2015

 

Licença Creative Commons

Feliz Dia das Mães !

dia-da-mae4.jpg

 

 

O dia está triste e chuvoso. As mães mereciam um dia lindo de sol. Sim, hoje é Dia das Mães.

 

O Dia da Mãe é celebrado em quase todos os países, mas em dias diferentes, entre os meses de Abril e Maio. Em França, o Dia das Mães celebra-se no quarto domingo de Maio.

 

O Dia das Mães, no primeiro domingo de Maio, celebra-se em Portugal, Espanha, Hungria e Lituânia.

 

A celebração do Dia da Mãe teve origem na Grécia Antiga, ligada às comemorações primaveris, em honra de Rhea, mulher de Cronos e Mãe dos Deuses.

 

Em Roma, as festas do Dia da Mãe eram dedicadas a Cybele, a Mãe dos Deuses romanos, e as cerimónias em sua homenagem começaram por volta de 250 anos antes do nascimento de Cristo. Também em Roma esteve associado ao festival de Hilaria 

 

Nas civilizações mais modernas, remonta ao século XVII. Em Portugal, o Dia das Mães é celebrado no primeiro domingo de Maio. É uma das homenagens mais especiais, já que mãe é a pessoa mais importante da nossa vida.

 

José Luis Peixoto, escritor bem nosso conhecido, tem um livro encantador sobre a mãe.

 

A Mãe Que Chovia ilustra bem a chuva no papel de mãe. Nada mais adequado neste Dia das Mães chuvoso.

 

 Edições Quetzal

http://c10.quickcachr.fotos.sapo.pt/

 

A Mãe Que Chovia é escrito por José Luís Peixoto, com ilustrações de Daniel Silvestre da Silva. É o primeiro livro infanto-juvenil do autor e foi publicado em 2012.

 

Muitas são as formas de presentearmos as mães. Mas o mais importante é o carinho, o cuidado e o respeito que temos por elas todos os dias ao longo dos anos.

 

 

 Edições Quetzal

http://c6.quickcachr.fotos.sapo.pt/

 

Este conto fala-nos da história de uma criança que é filha da chuva, e sendo a sua mãe algo tão importante para todos seres da Terra, ele terá de aprender a partilhar o amor materno com o mundo.

 

 Excerto de "A Mãe Que Chovia"

José Luís Peixoto | Daniel Silvestre Silva

https://foodwithameaning.files.wordpress.com/

 

Com uma mãe tão original, tão necessária a todos, o protagonista, filho da chuva, tem de aprender a partilhar com o mundo aquilo que lhe é mais importante: o amor materno. Uma dura prova de amor

 

 

 

 Edições Quetzal

http://www.cilingue.com/

 

 

 Edições Quetzal

 http://www.cilingue.com/

 

Acompanhamos a alegria e a tristeza do filho. A alegria quando a mãe está presente e o ajuda e mima. A tristeza quando a mãe está ausente, longe, e tem de saber partilhá-la com todas as outras crianças.

 

Através de uma ternura invulgar, de poesia e de uma simplicidade linda, este livro homenageia e exalta uma das forças mais poderosas da natureza: o amor incondicional das mães.

 

 

 Edições Quetzal

http://2.bp.blogspot.com/

 

"Desde sempre que toda a gente lhe dizia que era filho da chuva... assim começa a história e é com esta simplicidade que vos convido a conhecer de perto uma mãe e um filho tão especiais.

 

A Mãe Que Chovia “homenageia e exalta uma das forças mais poderosas da natureza: o amor incondicional das mães”

 

 

 Edições Quetzal

http://c6.quickcachr.fotos.sapo.pt/

 

Um livro lindo, uma linguagem poética num jogo de imaginação, cheio de metáforas onde a ternura surge naturalmente.

 

Um hino a todas as mães do mundo. Faz parte dos livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura, 3º Ciclo, Leitura Autónoma.

 

Actividades:

 

  • Leitura de excertos na sala de aula, exercitando o gosto pela leitura nos alunos;
  • Recomendar a leitura autónoma aos alunos mais avançados;
  • Elaborar fichas de leitura para as duas actividades;
  • Debater situações reais na relação mãe/filhos;
  • Leitura comparada de outros livros sobre a temática.

 

Para todas as mães, um dia muito especial, rodeadas do carinho dos filhos.

 

A Professora GSouto

 

04.05.2015

Licença Creative Commons